Você está na página 1de 33

WBA0537_V1.

0
Empreendedorismo
Tema 02 – O empreendedor:
evolução do conceito
Bloco 1

Marcio de Cassio Juliano


O que significa empreender?

A palavra empreender vem


do latim e significa tomar a
decisão de realizar uma
tarefa difícil e laboriosa,
ou ainda, colocar um
plano em execução.
O que significa empreender?

O candidato a empreendedor deve ser


plenamente capaz de criar uma visão, ou
uma imagem projetada no futuro, do lugar
que se quer ver ocupado pelos seus
produtos no mercado, assim como a
imagem projetada do tipo de organização
necessária para consegui-lo.
Teoria visionária de Filion

Empreendedorismo é o
conjunto de atividades
para transformar uma
visão em realidade.
Para Filion “Um
empreendedor é uma
pessoa que imagina,
desenvolve e realiza visões”.
Retornando à Shumpeter

O empreendedor é aquela pessoa com


capacidade para transformar uma nova ideia
ou invenção em uma INOVAÇÃO, que por sua
vez será transformada em um negócio por
meio das práticas empreendedoras, causando
um impacto positivo no desenvolvimento
econômico de uma região.
Existem dois estudiosos no Brasil
que definiram empreendedorismo
(DORNELAS) Empreendedorismo é o
envolvimento de pessoas e processos que,
conjuntamente, transformam ideias em
oportunidades de negócio.
(DOLABELA) O empreendedor é alguém que
sonha e busca transformar seu sonho em
realidade.
Definição de empreendedorismo

Empreendedorismo é a designação para o


conjunto de ações planejadas, executadas e
controladas por uma pessoa na direção de
mobilizar recursos para edificar um
empreendimento e atingir os resultados
previamente propostos.
É possível descrever nove classes de
tipos de empreendedores
Empreendedor informal: ambulantes que
vendem mercadorias em locais públicos ou
nos transportes coletivos.
É possível descrever nove classes de
tipos de empreendedores
Eles pouco contribuem para o
desenvolvimento econômico, pois trabalham
(arduamente, seriamente e incansavelmente)
apenas para prover a sua subsistência, sem
agregar valor para a economia, pois criam
empreendimentos simples e sem qualquer
grau de inovação, repetindo práticas
empreendedoras já existentes.
Empreendedor cooperado

Cria uma cooperativa ou associação


reunindo forças com outros produtores ou
prestadores de serviço para ganhar escala e
poder de negociação ao vender os seus
produtos ou serviços.
Empreendedor individual

Antigo empreendedor informal que “pegou


gosto” por empreender e por conta disso
formalizou o seu negócio e agora possui
uma empresa de fato, com grande
possibilidade de contribuir com o
desenvolvimento econômico por oferecer
postos de trabalho e pagar taxas e impostos.
Empreendedor franqueado

Inicia um novo negócio partindo de um


modelo ou de uma marca já existente e
desenvolvida por um franqueador, correndo
menos risco ao contar com uma assessoria
específica e centrada no seu negócio.
Empreendedor social

Tem o perfil de missionários assistencialistas


que pretendem melhorar as condições
sociais ou ambientais para a construção de
um mundo mais justo e igual. O objetivo
não é o lucro ou os ganhos pessoais, mas
sim trazer resultados para os outros e não
para si próprio.
Tip empreendedor corporativo

Empregado de carteira assinada que mobiliza


os comportamentos ditos empreendedores
para alavancar os resultados da empresa na
qual ele trabalha (intraempreendedor).
Empreendedor público

Trabalhadores do primeiro setor que se


identificam e são comprometidos com o
coletivo, mesmo não usufruindo
diretamente dos benefícios do
empreendimento. São funcionários
públicos conscientes da sua missão de
melhorar os serviços à população com a
otimização do uso dos recursos públicos.
Empreendedor do conhecimento

Profissionais liberais que conseguem mobilizar


recursos para a conquista de sua realização
profissional por meio do sucesso de seus
resultados, como um atleta ou um maestro.
Empreendedor do negócio próprio

Pessoa que nunca demonstrou vocação


para ser empregado e sempre procurou
autonomia, geralmente sem grandes
ambições de expandir a empresa, pois o
conforto e o padrão de vida que o negócio
lhe proporciona são suficientes para suprir
as suas necessidades e atender as suas
expectativas.
Empreendedorismo
Tema 02 – O empreendedor:
evolução do conceito
Bloco 2

Marcio de Cassio Juliano


Comportamentos empreendedores

A descrição mais concisa, completa e objetiva


dos comportamentos empreendedores foi
obtida pela ONU por meio de uma pesquisa
que visou levantar comportamentos comuns
entre empreendedores de sucesso.
A pesquisa foi realizada ao final da 2ª guerra,
após o desperdício de dinheiro investido para
reconstruir a Europa depois da 1ª guerra.
Foram identificados 10 comportamentos
empreendedores com 3 características cada
um. Esses 10 comportamentos foram
agrupados em três conjuntos denominados de:
1. Conjunto de comportamentos de
planejamento;
2. Conjunto de comportamentos
de realização;
3. Conjunto de comportamentos de poder.
Que tal conhecer as características dos
comportamentos empreendedores?
Conjunto Realização. Busca de
oportunidades e iniciativa.
CCE 1: Faz as coisas antes de ser solicitado
ou antes de forçado pelas circunstâncias.
CCE 2: Age para expandir o negócio a novas
áreas, produtos ou serviços.
Que tal conhecer as características dos
comportamentos empreendedores?
CCE 3: Aproveita oportunidades fora do
comum para começar um negócio, obter
financiamentos, equipamentos, terrenos,
local de trabalho ou assistência.
Conjunto Realização
Correr riscos calculados
CCE 1: Avalia alternativas e calcula riscos
deliberadamente.
CCE 2: Age para reduzir os riscos
deliberadamente.
CCE 3: Coloca-se em situações que
implicam desafios ou riscos moderados.
Conjunto Realização
Exigência de qualidade e eficiência
CCE 1: Encontra maneiras de fazer as coisas
melhores, mais rápidas, ou mais baratas.
CCE 2: Age de maneira a fazer as coisas que
satisfazem ou excedem padrões de
excelência.
CCE 3: Desenvolve ou utiliza procedimentos
para assegurar que o trabalho seja terminado
a tempo ou que o trabalho atenda a padrões
de qualidade previamente combinados.
Conjunto Realização
Persistência
CCE 1: Age diante de um obstáculo
significativo.
CCE 2: Age repetidamente ou muda de
estratégia a fim de enfrentar um desafio ou
superar um obstáculo.
CCE 3: Assume responsabilidade pessoal pelo
desempenho necessário à consecução de
metas e objetivos.
Conjunto Realização
Comprometimento
CCE 1: Faz um sacrifício pessoal ou
despende um esforço extraordinário para
completar uma tarefa.
CCE 2: Colabora com os empregados ou se
coloca no lugar deles, se necessário, para
terminar um trabalho.
Conjunto Realização
Comprometimento
CCE 3: Se esmera em manter os clientes
satisfeitos e coloca em primeiro lugar a
boa vontade a longo prazo, acima do
lucro a curto prazo.
Conjunto Planejamento
Busca de informações
CCE 1: Dedica-se pessoalmente a obter
informações de clientes, fornecedores ou
concorrentes.
CCE 2: Investiga pessoalmente como
fabricar um produto ou fornecer um serviço.
CCE 3: Consulta especialistas para obter
assessoria técnica comercial.
Conjunto Planejamento
Estabelecimento de metas
CCE 1: Estabelece metas e objetivos que são
desafiantes e que têm significado pessoal.
CCE 2: Tem visão de longo prazo, clara e
específica.
CCE 3: Estabelece objetivos de curto prazo,
mensuráveis.
Conjunto Planejamento
Planejamento e monitoramento sistemáticos
CCE 1: Planeja dividindo tarefas de grande
porte em sub tarefas com prazos definidos.
CCE 2: Constantemente revisa seus planos
levando em conta os resultados obtidos e
mudanças circunstanciais.
CCE 3: Mantém registros financeiros e
utiliza-os para tomar decisões.
Conjunto Poder
Persuasão e rede de contatos
CCE 1: Utiliza estratégias deliberadas para
influenciar ou persuadir os outros.
CCE 2: Utiliza pessoas-chave como agente
para atingir seus próprios objetivos.
CCE 3: Age para desenvolver e manter
relações comerciais.
Conjunto Poder
Independência e autoconfiança
CCE 1: Busca autonomia em relação a
normas e controles de outros.
CCE 2: Mantém seu ponto de vista, mesmo
diante da oposição ou de resultados
inicialmente desanimadores.
CCE 3: Expressa confiança na sua própria
capacidade de completar uma tarefa difícil
ou de enfrentar um desafio.

Você também pode gostar