Você está na página 1de 20

Guia de Instalação e

Operação

- CONJUNTO MOTO-BOMBA DIESEL –


- AGRÍCOLA -

Germek Equipamentos Ltda.


Hidromecânica Germek Ltda.
Avenida Brasil, nº 1001 – Vila Brasil
São José do Rio Pardo – São Paulo
CEP 13720-000
Telefone / Fax: +55 (19) 3682-7070

www.germek.com.br
M 10/11
Rev. 00
ÍNDICE

NOTAS SOBRE SEGURANÇA .................................................................................................................................... 4


CUIDADO COM INFLAMÁVEIS............................................................................................................................................. 4
SINALIZAÇÃO DE MANUTENÇÃO ......................................................................................................................................... 4
REQUISITOS TÉCNICOS PARA INSTALAÇÕES E MANUTENÇÕES ELÉTRICAS .................................................................................... 4
USO DE E.P.I’S............................................................................................................................................................... 4
IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO ....................................................................................................................... 5
CARACTERÍSTICAS DO CONJUNTO .......................................................................................................................... 5
INSTALAÇÃO ........................................................................................................................................................... 7
POSICIONAMENTO DA CARRETA......................................................................................................................................... 8
CONSIDERAÇÕES SOBRE A LINHA ADUTORA.......................................................................................................................... 8
OPERAÇÃO ............................................................................................................................................................. 9
ITENS DE OPERAÇÃO ....................................................................................................................................................... 9
PAINEL DE COMANDO...................................................................................................................................................... 9
OPERANDO O CONJUNTO MOTO-BOMBA ........................................................................................................................... 10
Partida do Conjunto ............................................................................................................................................ 10
Parada do Conjunto ............................................................................................................................................ 10
Aceleração do conjunto ...................................................................................................................................... 10
Abertura da Válvula Borboleta (Escorva) ............................................................................................................ 11
ALARMES .................................................................................................................................................................... 12
CUIDADOS COM O EQUIPAMENTO ....................................................................................................................... 13
RECOMENDAÇÕES......................................................................................................................................................... 13
PRECAUÇÕES ........................................................................................................................................................... 14
ARMAZENAMENTO POR LONGO PERÍODO .......................................................................................................................... 14
MANUTENÇÃO ..................................................................................................................................................... 15
BOMBA CENTRÍFUGA..................................................................................................................................................... 15
MOTOR DIESEL ............................................................................................................................................................ 15
ENTREGA TÉCNICA (START UP) ............................................................................................................................. 16
CHECK LIST .................................................................................................................................................................. 16
CONTATO DE SUPORTE TÉCNICO ...................................................................................................................................... 16
GARANTIA ............................................................................................................................................................ 17
TERMOS DE GARANTIA ............................................................................................................................................ 17
ANOTAÇÕES GERAIS ............................................................................................................................................. 18
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Notas sobre Segurança Requisitos Técnicos para


Instalações e Manutenções
A inobservância das instruções ou descaso para com Elétricas
os avisos de advertência pode resultar em ferimentos
ou morte.
INSTALAÇÃO ELÉTRICA: Somente pessoas com
conhecimento técnico em eletricidade devem
instalar e prestar manutenção neste equipamento.
Cuidado com inflamáveis

Jamais utilize éter, álcool, gasolina, removedor ou


qualquer outro tipo de líquido inflamável para
limpeza neste equipamento. A instalação e manutenção devem seguir as práticas
recomendadas da Norma Regulamentadora NR-10
da ABNT (Associação Brasileira de Normas
Técnicas), que asseguram os trabalhos praticados na
Sinalização de manutenção instalação e manutenção de serviços com
eletricidade.

Uso de E.P.I’s

Sempre que ocorrer manutenção no equipamento


ou ainda no sistema geral de combate a incêndio,
prenda uma etiqueta de advertência. Ao operar ou efetuar serviços no conjunto, use
protetores auriculares, óculos protetores, botinas
com biqueira e outros equipamentos de segurança
de acordo com as condições do trabalho.

Não use roupas soltas, jaleco aberto, cinto de


segurança solto, cabelos muito compridos ou
jóias que possam prender ou enroscar aos
controles ou em outras partes girantes do motor.

4
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Identificação do Equipamento
Moto-bomba Diesel sobre carreta

A plaqueta de Identificação está fixada na base do


conjunto, entre a bomba e a câmara de
sucção.

Figura 1: Localização da Plaqueta de Identificação.

Todos os equipamentos são identificados pelo Número de Série gravado na plaqueta de identificação para fins de
rastreabilidade. Ao entrar em contato com a Assistência Técnica da Germek, tenha em mãos o número de série.

Características do Conjunto
Nº Item Descrição
1 Crivo longo de Sucção Crivo de sucção em aço inox ou aço galvanizado.
2 Mangote Mangote nos diâmetros 6”, 8” ou 10”
3 Lança do Guincho com catraca Lança com guincho rebocável.
4 Câmara de Sucção Câmara de sucção em aço inox ou aço carbono.
5 " Y " com flanges Saída em formato Y em ferro fundido com flanges de 6”.
6 Curva dupla com flanges Curva dupla com flanges de 6”.
7 Válvula Borboleta Válvula borboleta de 6” com redutor .
Tanque de combustível de 300 Litros ou 400 Litros.
8 Tanque de Combustível
(pode variar em 1 ou 2 unidades dependendo do conjunto)
Comporta bateria automotiva de 150A/h.
9 Caixa de Bateria
(1 ou 2 unidades dependendo modelo do motor diesel 12/24Vcc).
10 Silencioso do escape Padrão industrial (outros modelos sob consulta).
11 Proteção das partes quentes Obrigatório previsto por lei.
12 Lança de reboque do conjunto Para articulação e transporte do conjunto.
13 Alavanca do Freio Trava de fixação e articulação do conjunto.
14 Painel de Comando Tensão 12V/24V conforme motor diesel.
15 Farol e Lanternas 1 Farol de milha e 2 lanternas (itens opcionais)

5
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Figura 2: Características do Conjunto


(Imagem apenas para fins ilustrativos)

OBSERVAÇÕES: As características do conjunto moto-bomba podem sofrer alterações conforme solicitação do


cliente ou ainda, variações nos modelos do painel, sistema de aceleração, dependendo do fabricante e modelo do
motor a diesel. O motor diesel pode ser do tipo eletrônico ou mecânico (com bomba injetora mecânica). A bomba
centrífuga pode variar o sistema de recalque para saída única ou dupla dependendo do modelo ser mono-estágio ou
multi-estágio.

6
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Instalação

Figura 4: Instalação do conjunto moto-bomba agrícola

1 – Atracar freio da carreta: Estacionar a carreta em


local plano, próximo ao poço ou canal, evitar o 7 – Conectar flange da mangueira na saída da
posicionamento em aclive / declive superior a 15º. válvula: Verificar conforme modelo do conjunto, tipo e
Trave a roda com a alavanca do freio. tamanho de conexão a ser utilizada. (Mangueira e
conexão não fornecidas).
2 – Verificar o abastecimento do radiador:
Inspecionar o nível do fluido no radiador. Importante! 8 – Alongar e posicionar mangueira de conexão
Verificar no manual do fabricante do motor a com a adutora sem que a mesma fique dobrada.
quantidade e tipo de aditivo adequado. Evitar posicionamento incorreto ou dobras para não
romper conexão durante o funcionamento do conjunto
3 – Verificar o nível de óleo lubrificante do motor: moto-bomba.
Antes de ligar o equipamento, inspecionar o nível do
óleo lubrificante do conjunto. Consulte o manual do 9 – Conectar a saída da mangueira (engate rápido)
fabricante do motor sobre quantidade e tipo de óleo. à válvula de retenção (sentido de fluxo). Atenção
quanto ao tipo e tamanho da conexão utilizada
4 – Abastecer o(s) tanque(s) de combustível: compatível com a da válvula.
Utilizar diesel de boa procedência para abastecimento
do conjunto. Combustíveis adulterados ou 10 – Utilizar válvula de retenção. Sua finalidade é
contaminados podem afetar o desempenho e anular proteger o conjunto contra golpe de aríete (refluxo)
garantia do motor. durante parada do conjunto. Deve ser conectada entre
a adutora e a mangueira conectada ao recalque do
5 – Conectar a(s) bateria(s) do conjunto: Conectar conjunto.
os cabos de bateria nos respectivos pólos da(s)
bateria(s) do conjunto. Cabo com marca verde: 11 – Utilizar o guincho e catraca posicionar e
negativo. Cabo com marca vermelha: positivo. descer o mangote de sucção.
Cuidado para não inverter!
12 – Crivo de sucção: Deixar submerso por pelo
6 – Abastecer câmara de sucção: Utilizar água ou menos meio metro evitando vórtice e cavitação na
vinhaça. Importante! Preencher todo o volume da bomba. Não permita que o crivo fique ancorado no
câmara para garantir que a bomba seja afogada. fundo do canal para evitar sucção de detritos
Jamais partir o conjunto sem que a bomba esteja sólidos que danifiquem o(s) rotor(es) da bomba.
afogada!

7
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Posicionamento da Carreta

Providenciar local plano para o


posicionamento correto da carreta em
local nivelado.

Não posicione o conjunto em aclive ou


declive acima de 15º, isso pode tornar a
lubrificação e arrefecimento do motor e
da bomba centrífuga insuficiente.

Figura 5: Inclinação máxima permitida do conjunto.

Considerações sobre a Linha Adutora


Verificar as condições da instalação da adutora e seus tipos de conexão.

Figura 6: Montagem e conexão da linha adutora com o conjunto.

1 – Linha adutora: Tubulação principal onde são adutora. Esta válvula deve ficar “estacada” no solo
conectados o(s) moto-bomba(s) e o(s) carretel (eis). para evitar rompimento das conexões.
2 – Bocal de conexão com a válvula de retenção 4 – Tubos de conexão: Utilizados entre a válvula de
(sentido de fluxo): Verificar tipos de curvas, flanges e retenção e a mangueira de alta pressão da saída da
conexões. Neste ponto da linha deverá ser instalada bomba.
uma válvula de retenção de fluxo. 5 – Mangueira de alta pressão: Composta por
3 – Válvula de retenção: Uso obrigatório para conexões flangeadas ou engate rápido. Interliga o
proteção do moto-bomba e retenção do fluido na linha recalque da bomba à tubulação para a adutora.

8
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Operação
Itens de Operação
1 – Painel de Comando.

2 – Cursor de Aceleração.

3 – Válvula Borboleta.

4 – Manômetro do Recalque. (Opcional)

Figura 7: Localização dos Itens de Operação do Conjunto.

Painel de Comando

Figura 8: Painel de Comando do conjunto moto-bomba.

1 – Chave de Ignição. 6 – Indicador de Alta 8 – Indicador de Baixa Pressão


2 – Botão de Parada. Temperatura. de Óleo.
3 – Tacômetro. 7 – Indicador de Carga do (Opcionais)
4 – Horímetro. Alternador. 9 – Chave do Farol de Milha.
5 – Termômetro. 10 – Chave das Lanternas.

9
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Operando o conjunto moto-bomba


Partida do Conjunto

IMPORTANTE: Antes de partir o conjunto, tenha certeza de:

- TODOS os itens da INSTALAÇÃO foram atendidos.


- Conferir se a bomba está AFOGADA (câmara de sucção abastecida)
- Conferir se as CONEXÕES entre a adutora e o conjunto estão CONECTADAS
corretamente.
- AJUSTE a rotação do motor para a mínima possível (“rotação lenta em torno
de 800RPM”).
- Verifique se a(s) válvula(s) da saída da bomba está(ão) FECHADA(S).

Para partir o motor, gire a chave de ignição até no fim do curso.

Parada do Conjunto

IMPORTANTE: Antes de parar o conjunto:

- REDUZIR a aceleração para a rotação mínima possível


(“rotação lenta em torno de 800RPM”). Isto evitará danos na bomba.
- FECHAR gradativamente a(s) válvula(s) da saída da bomba.

Para parar o conjunto, mantenha pressionado o Botão de Parada (STOP) até que o conjunto pare por completo.

Aceleração do conjunto

A aceleração / desaceleração do conjunto


é feita através de um cabo cursor interligado
diretamente na alavanca da bomba injetora.

Em rotação mínima, o conjunto estará apro-


ximadamente em 800RPM e em sua máxima
rotação 1800RPM.

Observe a figura ao lado que indica o sentido


Aceleração ou Desaceleração do conjunto.

O cursor pode ser girado gradativamente ou


pressionar o êmbolo e puxar.

Ao aumentar a rotação, mantenha atenção na


pressão da rede (manômetro da bomba opcional).
O conjunto normalmente é mantido em 1500 RPM Figura 9: Esquema de aceleração / desaceleração.
como rotação de trabalho.

10
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Abertura da Válvula Borboleta (Escorva)


Procedimento para efetuar a escorva:

- Ligue o conjunto e mantenha a aceleração em rotação lenta - 800RPM;

- Abra a válvula borboleta gradativamente (cerca da metade da abertura) até observar a vinhaça começar a
preencher o mangote;

- Assim que o mangote e a câmara de sucção do conjunto estejam preenchidos por completo, termine de
abrir a válvula toda;

- Aumente a rotação do conjunto somente quando tiver certeza de que toda a linha de abastecimento da
adutora esteja preenchida, para evitar rompimento da linha;

- É recomendado manter a rotação mínima de trabalho na faixa de 1500RPM. Evite utilizar o conjunto em
rotações acima de 1800RPM;

Figura 10: Esquema de escorva.

OBSERVAÇÃO: Verifique as especificações de modelo e fabricante.

Após a instalação correta, os demais agregados da linha adutora estarão pressurizados e operantes.

Figura 11: Conjunto moto-bomba operando.

11
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Alarmes
O sistema de proteção do conjunto foi projetado para DESLIGAR automaticamente o moto-bomba quando ocorrer
qualquer uma das seguintes anomalias:

ALTA TEMPERATURA BAIXA PRESSÃO DE ÓLEO FALHA NO ALTERNADOR

Ativa quando a temperatura Ativa quando a pressão do óleo Ativa quando a rotação do
atingir 92ºC. não é suficiente para a alternador é nula ou ineficiente
lubrificação interna do motor. para carga da(s) bateria(s) do
- Verificar abastecimento do conjunto.
Radiador com o motor frio. - Verificar abastecimento de óleo
- Verificar o nível de água/aditivo no cárter com o motor frio. - Verificar estado/vida útil da(s)
no radiador (abastecer na - Utilizar óleo lubrificante bateria(s).
proporção correta conforme especificado pelo fabricante no - Verificar os conectores da(s)
manual do motor). manual do motor (ver quantidade bateria(s). Zinabre/corrosão,
- Verificar se o conjunto está e tipo de óleo). bateria(s) em curto, etc.
trabalhando muito acima de sua - Verificar possíveis vazamentos, - Alternador muito sujo, escovas
capacidade de carga (quantidade retentores, etc. desgastadas, alternador
de rolões e pressão). danificado.

TEMPERATURA DE TRABALHO DO CONJUNTO

Nos primeiros 20 minutos de funcionamento, o motor ainda está na etapa de


aquecimento. Nesta etapa, a temperatura vai subir dos 40ºC até
aproximadamente 80ºC.

A temperatura de trabalho após estes 20 minutos se estabiliza entre 80ºC até


90ºC. Esta faixa de temperatura dependerá da região, clima e condições de
arrefecimento do motor adequadas.

A temperatura de risco (alta temperatura) é considerada a partir dos 92ºC quando


o sistema de arrefecimento já não é mais suficiente para refrigerar o motor. Neste
caso, o sistema de segurança do motor é ativado desligando o conjunto.

12
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Cuidados com o Equipamento


Recomendações
Este equipamento foi projetado para trabalhar em uso contínuo e exposto ao meio ambiente. Porém, seguem alguns
cuidados necessários a se tomar:

MANTER A BOMBA SEMPRE AFOGADA

- Nunca partir o equipamento


sem que a bomba esteja
afogada. Isto causará danos
permanentes na bomba.

- Partir conjunto sempre com a


câmara cheia.
______________________________________________________________________________________________

DESACELERAR E PARAR

- Nunca pare o equipamento em alta rotação. Isto


pode causar ruptura do cubo e danos
permanentes no rotor da bomba.

- Desacelere até a rotação mínima e depois


pressione e segure o botão até a parada do
conjunto.

__________________________________________________________________________________________

NÃO FAÇA MÚLTIPLAS TENTATIVAS DE PARTIDA

- Evite partidas consecutivas no conjunto. Isto


ocasiona sobreaquecimento no solenóide de
partida, acarretando diminuição da vida útil ou até
mesmo a queima.

- Faça no máximo 3 tentativas de partida por


minuto.
_____________________________________________________________________________________________

MÁQUINAS DE SOLDA

- Jamais utilize a base do


conjunto como malha de
aterramento para máquinas de
solda. Isto pode danificar
permanentemente os
componentes elétricos do
equipamento.

- Caso necessário efetuar


trabalhos com solda,
desconectar antes as
bateria(s), módulo(s), painel e
demais partes eletrônicas.

13
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

PRECAUÇÕES
As principais precauções estão descritas no adesivo anexo no equipamento:

Figura 12: Adesivo de Precauções do Conjunto

Armazenamento por Longo Período

O período máximo de armazenamento ou inatividade


do moto-bomba diesel sem que entre em
funcionamento é de aproximadamente 6 meses.

O motor diesel e a bomba centrífuga exigem


medidas de manutenção preventiva especiais para o
armazenamento por longo período.

Estas medidas de manutenção são encontradas no


manual do fabricante do motor diesel e no manual
do fabricante da bomba e deverão ser atendidas
antes de retornar o conjunto para o uso contínuo
novamente.

Figura 13: Armazenamento dos conjuntos.

14
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Manutenção
As manutenções periódicas do motor diesel e da bomba centrífuga estão detalhadas nos manuais de cada fabricante
e são fornecidos juntamente com o do conjunto. Siga as instruções do manual do fabricante para efetuar estas
manutenções periódicas.

Bomba Centrífuga

TABELA DE MANUTENÇÃO DA BOMBA Diário 250h 500h 1000h


Verificar a temperatura dos mancais da bomba. X
Verificar possíveis vazamentos nos retentores. X
Verificar se bomba opera em condições normais de serviço, ruídos, etc. X
Verificar nível de óleo da bomba através da vareta. X
Ajustar/Conferir o vazamento da caixa de gaxetas. X
Conferir alinhamento do acoplamento. X X X
Trocar gaxeta da bomba. X X
Trocar óleo da bomba. X X

Motor Diesel

TABELA DE MANUTENÇÃO DO MOTOR DIESEL Diário 250h 500h 1000h


Drenar água do tanque e/ou filtro primário de combustível X
Verificar nível de óleo lubrificante X
Verificar nível do fluido de arrefecimento X
Verificar estanqueidade do sistema de escapamento X
Verificar coloração dos gases de escape X
Verificar funcionamento das lâmpadas de monitoramento do painel X
Trocar óleo e substituir filtro (ou prazo de 6 meses) X X X
Substituir filtros de combustível (ou prazo de 6 meses) X X X
Substituir elemento do filtro de ar (ou prazo de 6 meses sob avaliação do filtro) X X
Verificar/ajustar folga de válvulas X X
Substituir correias – verificar condição dos coxins do alternador X
Verificar amortecedor de vibrações quanto a trincas e vazamentos X
Remover e testar bicos injetores – substituir elementos de vedação X
Remover e testar bomba injetora X
Verificar condição das mangueiras quanto a trincas e ressecamento X
Verificar condição de isolação e ressecamento do chicote elétrico, cabos e terminais X
Substituir fluido de arrefecimento X
Lubrificar anel dentado do volante X
Drenar e Limpar Tanque de Combustível X

15
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

ENTREGA TÉCNICA
Para solicitar seu Start-Up, as instalações e o
(START UP) Check List de instalação deverão ser concluídos.
Entre em contato com o Departamento de
O conceito "Start-Up" corresponde à primeira partida Assistência Técnica por telefone ou pelo site.
do equipamento realizada nas dependências do
cliente (planta da obra), onde também é demonstrada
a sua operação e realizados os treinamentos
operacionais, inspeção e de manutenção.

Check List
1) INSTALAÇÃO MOTO- BOMBA DIESEL

1.1 Definir local de trabalho do equipamento. Deslocar o equipamento para o local definido
(Analisando as condições de terreno e fluído a ser bombeado).

1.2 Verificar as condições da instalação da adutora, ancoragem e conexão e posicionamento da


tubulação de recalque para o sentido onde deverá ser bombeado e fixação e conexão do carretel.

1.3 Verificar as condições da moto-bomba como: óleo do cárter, abastecimento de óleo diesel,
fluído do radiador, óleo lubrificante da bomba, ajuste de aperta gaxetas da bomba, abastecimento de
fluído a ser bombeado pelo equipamento, verificar condições de carga das baterias do conjunto.

2) TREINAMENTO DE OPERADORES

2.1 Disponibilizar pessoal responsável necessário para manuseio, operação e procedimentos


corretos de manutenção do Equipamento para que não ocorram divergências ou duvidas de
interpretações dos manuais e dos procedimentos para solicitação de revisões e serviços autorizados
para manutenções.

3) TESTE PRÁTICO

3.1 Disponibilizar fluído a ser bombeado e combustível no mínimo para 4 horas de teste em
campo.

3.2 Disponibilizar responsáveis para acompanhar os testes com os operadores e técnicos da


Germek.

Contato de Suporte Técnico


Ou pelo site da Germek, no link:
www.germek.com.br

Para facilitar o atendimento, tenha em mãos o


número de série do equipamento, localizado na
placa de identificação do conjunto conforme ilustrado
neste guia.

16
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

- consumo de combustível, lubrificantes e/ou aditivos


contaminados ou com sua composição modificada
GARANTIA que esteja fora da tolerância especificada pelo
Todos os equipamentos fabricados e fornecidos pela fabricante do motor ou bomba;
HIDROMECÂNICA GERMEK LTDA terão garantia de - danos provocados por golpe de aríete, cavitação,
12 (doze) meses ou conforme proposta comercial intempéries, vibrações e tensões mecânicas oriundas
consolidada, contados da data de emissão da nota do sistema ou de outras máquinas ou equipamentos;
fiscal. A garantia é dada para eventuais falhas ou - danos provocados por variações ou oscilações
defeitos de fabricação do conjunto moto-bomba. elétricas, bem como quaisquer fontes geradoras não
previstas no projeto;
Os serviços envolvendo a garantia do conjunto devem
ser executados somente por técnicos credenciados e Jamais utilizar a base do conjunto como malha
expressamente autorizados pela Germek. para aterramento de máquinas de solda.

A Germek pode ainda acionar assistência direta da A não observação deste Guia de Instalação do
rede de serviços autorizada do fabricante do motor ou equipamento implica na perda desta garantia.
da bomba, dependendo da complexidade de reparos
específicos. Nos casos de equipamentos onde se empregam
materiais especiais, condições especiais bem como
local ou área classificada, áreas confinadas, a
TERMOS DE GARANTIA garantia é específica. Desta forma, serão solicitados a
A garantia tem validade desde que, satisfeitos os COMPRADORA certos cuidados e
seguintes requisitos: acompanhamentos, ora por parte da Hidromecânica
- transporte, manuseio e armazenamento adequados; Germek Ltda.
- instalação correta e start up realizado por técnicos
qualificados; Os componentes ou acessórios fabricados por
- utilização do equipamento de acordo com as terceiros, tais como: motores, bombas, controladores,
especificações de serviço para o qual foi selecionado; carregadores, conversores, geradores, etc., terão sua
- realização de reparos e/ou modificações somente garantia repassada conforme termo de garantia do
por pessoas credenciadas ou expressamente fabricante desses produtos, e terão vigor sobre este.
autorizadas pela Hidromecânica Germek Ltda;
- aviso imediato, por parte da COMPRADORA, de A garantia ora proposta restringe-se ao envio para o
qualquer possível irregularidade encontrada no cliente de peças/componentes para substituir as
equipamento a qual será passível de averiguação consideradas defeituosas, ou sua substituição dentro
para confirmação ou não de defeito de fabricação. das instalações da GERMEK, correndo por conta do
cliente as despesas de transporte ou envio. Se, por
Não se incluem nesta garantia peças, componentes qualquer motivo, técnicos da GERMEK ou terceiros
e/ou equipamentos sujeitos ao desgaste natural: autorizados por ela tiverem que se deslocar até a obra
- pelo uso; para efetuar manutenção ou reparos, as despesas de
- por trabalho/funcionamento em meio agressivo, não estadia, viagem e refeições gastas serão cobradas
especificado e previsto em projeto; com preços normais em vigor na época da solicitação.
- por decorrência de esforços não previstos em Caso constatado garantia improcedente, será cobrada
projeto; a mão-de-obra do técnico e peças/componentes.

Não se incluem nesta garantia peças, componentes Todo material, equipamento de fabricação GERMEK
e/ou equipamentos submetidos a: ou peças substituídas a título de garantia, passam a
- mau uso ou imperícia na operação/utilização; ser de propriedade da GERMEK, sendo que estas
- manutenção incorreta, indevida, deficiente ou deverão retornar à GERMEK.
inexistente. Falta de manutenção periódica conforme
plano de manutenção; Qualquer reparo, modificação ou substituição a título
- ocorrência de qualquer serviço, manutenção ou de garantia, não prorroga o prazo original de garantia
alteração por meio de terceiros não credenciados ou especificado, quer no equipamento em si, quer da
expressamente autorizados pela Hidromecânica peça substituída.
Germek Ltda;
- má conservação e/ou armazenamento ou colocação A presente garantia se limita ao produto fornecido. A
de equipamentos com fundações não apropriadas; Hidromecânica Germek Ltda, não se responsabiliza
- quaisquer danos ocasionados por meio físico, por danos a pessoas, a terceiros, a outros
químico e/ou fenômenos naturais tais como: equipamentos ou instalações, lucros cessantes ou
descargas atmosféricas, chuva, umidade, calor, outros danos emergentes ou conseqüentes.
oscilações ou choque térmico, oscilações e/ou choque
elétrico, maresias, etc.;

17
Guia de Instalação e Operação
Conjunto Moto-Bomba Diesel
Agrícola

Anotações Gerais
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
_________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
__________________________________________________________
____________________________________________________________

18
Germek Equipamentos
Hidromecânica Germek Ltda.
Avenida Brasil, nº 1001 – Vila Brasil
São José do Rio Pardo – São Paulo
CEP 13720-000
Telefone / Fax: +55 (19) 3682-7070
www.germek.com.br

Você também pode gostar