Você está na página 1de 2

Pv 20.27: O espírito do homem é a lâmpada do Senhor.

Corpo – físico; Alma – sociológico; Espírito – é o espiritual, a consciência, pessoa sem instrução não respeita a consciência.
Frequências Vibracionais: Quem criou a ciência? Devemos tirar o melhor do que Deus criou... um rádio fora de frequência ñ se
sintoniza. São as nossas frequências que criam o nosso estado espiritual. A oração é como uma estação de rádio, precisamos estar
na mesma frequência de Deus (I Jo 5.14); Gl 5.17: “Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se
opõem um ao outro, para que não façais o que quereis”.

A nossa alma vai se automatizando com os hábitos, isto vai mostrando a frequência dos pensamentos: Companhias: Música: a nossa
mente não precisa entender para receber influencia. Coisas que você assiste: filmes, pornografias, etc.

A frequência cria seu estado emocional e o estado espiritual.


A fala. Ela expressa os seus pensamentos. Nada acontece sem a liberação da mente. A fala é a expressão dos pensamentos por plv.
Pv 18.20-21: “O homem se fartará do fruto da sua boca; dos renovos dos seus lábios se fartará. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele
que a ama comerá do seu fruto”.
Pv 12.14: “Do fruto das suas palavras o homem se farta de bem; e das obras das suas mãos se lhe retribui”.
Ml 3.16-17: 16 Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele,
para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome. 17 E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos, minha possessão
particular naquele dia que prepararei; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve.

Ez 21.21-23: 21 Pois o rei de Babilônia está parado na encruzilhada (1), no princípio dos dois caminhos, para fazer adivinhações
(2); ele sacode as flechas (3), consulta os ídolos familiares (4), atenta para o fígado (5). 22 Na sua mão direita estava a adivinhação
sobre Jerusalém, para dispor os aríetes, para abrir a boca, ordenando a matança, para levantar a voz com júbilo, para pôr os aríetes
contra as portas, para levantar tranqueiras, para edificar baluartes. 23 Isso será como adivinhação vã aos olhos daqueles que lhes
fizerem juramentos; mas ele se lembrará da iniquidade, para que sejam apanhados .
1 Se para nas encruzilhadas, nos caminhos, observa a direção, observa o andar e os movimentos (as inquietações).
2 Consulta através de adivinhação, a condição do que queria atacar.
3 Sacode flechas, para começar a administrar no invisível coisas que atingissem o alvo que queria atacar.
4 Consulta os espíritos familiares, com aquilo que o povo estava conectado. Os altares geracionais, onde os pactos de gerações são
feitos através de simples reuniões familiares. Estava consultando o altar dos ídolos domésticos para ver se dentro do povo de Israel,
havia gente conectada com altares que ainda não haviam sido quebrados.

Ao parar nos caminhos, nas encruzilhadas, o primeiro que faz é:


1º Consultar Através da Adivinhação: Significa basicamente usar um demônio para obter informação de uma pessoa... e isto para
poder preparar um ataque, de tal maneira que a arte da adivinhação é a capacidade de conjurar demônios, para obter informação
para que se neutralize a atividade deste.
A adivinhação é perguntar acerca de uma pessoa, para planejar o tipo de trabalho ou ataque à esta pessoa. Um modo de operação,
ver At 16.16-18 = Mc 5.7, Mc 1.23-25, 34, ñ lhes permitia que falassem pq sabiam quem ele era.
I Sm 15: “22 Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à
sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. 23 Porque a
rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do
SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei”.

2º Sacode as Flechas: Era um ritual de declarar ou ministrar plv de força, enviar energia negativa através deste ritual. Significa enviar
maldições. Cada flecha representa um demônio, uma maldição. Ao sacudir as flechas, é como se o demônio estivesse falando, e
chega até os ouvidos, de uma maneira não audível, mas sim um ataque ao espírito da pessoa e turba toda uma vida.
O Sl 64.2-8, retrata de maneira magistral isto (Sl do mês – devemos ter entendimento do que estamos orando). Davi ora desde o
ponto de vista de Deus, ele era consciente desta bt.
Ef 6.16: Dardos inflamados do maligno. A fé na plv é escudo contra estas flechas. Temos que romper as flechas incendiárias,
declarando a plv p/quebrá-las.
Declara o Sl 76.1-3: 1 Conhecido é Deus em Judá; grande, o seu nome em Israel. 2 Em Salém, está o seu tabernáculo, e, em Sião, a
sua morada. 3 Ali, despedaçou ele os relâmpagos do arco, o escudo, a espada e a batalha. Isto é, através de uma oração de guerra
qdo fazemos declarações de contra ataque contra estas flechas sacudidas, pelas quais o db está enviando suas maldições – falar mal
é maldizer; falar contra é maldizer; comentários negativos é maldizer... (II Co 10.4-5 “pois as armas da nossa milícia não são carnais,
mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; 5 derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o
conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo”.

3º Espíritos Familiares: Um ídolo = uma potestade familiar que se consulta para indagar de uma pessoa, p/ desenvolver ataques
contra ela, por meio de fofocas enviadas por espíritos familiares, dar ouvidos a outros em oposição franca a plv de Deus é rebelião e
uma maneira de prestar culto a espíritos familiares. Mantém-se aberto pontos de contato e as legalidades por meio de dar ouvidos
a EF.