Você está na página 1de 6

DATA: 27/08/20202

COMPONENTE CURRICULAR: Redação


PROF.: NILZA SCHNEIDER ARRUDA
Nome:_______________________________________________
Orientações:
Copie somente as questões no caderno e responda. Não esqueça de escrever o nome e a data.
Atividade de interpretação
1. Leia o texto abaixo
Maria da Penha
Você não vai ter sossego na vida, seu moço
Se me der um tapa
Da dona “Maria da Penha”
Você não escapa
O bicho pegou, não tem mais a banca
De dar cesta básica, amor
Vacilou, tá na tranca
Respeito, afinal, é bom e eu gosto
[…]
Não vem que eu não sou
Mulher de ficar escutando esculacho
Aqui o buraco é mais embaixo
A nossa paixão já foi tarde
[…]
Se quer um conselho, não venha
Com essa arrogância ferrenha
Vai dar com a cara
Bem na mão da “Maria da Penha”
ALCIONE. De tudo o que eu gosto. Rio de Janeiro: Indie; Warner, 2007.

A letra da canção faz referência a uma iniciativa destinada a combater um tipo de desrespeito e exclusão
social associado, principalmente, à(s)

a) mudanças decorrentes da entrada da mulher no mercado de trabalho.

b) formas de ameaça doméstica que se restringem à violência física.

c) relações de gênero socialmente construídas ao longo da história.

d) violência doméstica contra a mulher relacionada à pobreza.

2. A respeito da relação entre o papel social da mulher e o mercado de trabalho, estão corretas as afirmativas
abaixo, exceto:

a) O salário da mulher ainda é proporcionalmente menor do que o dos homens na atualidade, fator que fica
ainda mais crítico quando nos referimos às mulheres negras.

b) O número de mulheres que ocupam cargos de nível superior e chefia nas empresas supera o de homens,
que se tornaram minoria nesses níveis hierárquicos privilegiados.
c) Apesar de uma maior presença no mercado de trabalho, ainda há uma desigualdade no que se refere aos
diferentes gêneros.

d) A mulher ainda procura conciliar as responsabilidades relacionadas com a sua atividade profissional e as
tarefas familiares e domésticas.

3. Leia o texto e analise a figura a seguir.

Em 1991, a renda média das brasileiras correspondia a 63% do rendimento masculino. Em 2000, chegou a
71%. As conquistas comprovam dedicação, mas também necessidade. As pesquisas revelam que quase 30%
delas apresentam em seus currículos mais de dez anos de escolaridade, contra 20% dos profissionais
masculinos.
PROBST, Elisiana Renata. “A evolução da mulher no mercado de trabalho”. Revista do Instituto
Catarinense de Pós Graduação. Disponível em: <www.icpg.com.br>. Acesso em: 4 abr. 2014

Tendo em vista o texto e o implícito no discurso iconográfico, percebe-se

a) as diferenças na valorização da força de trabalho entre os gêneros e a ampliação das demandas das
mulheres na luta pelo reconhecimento social.

b) a queda da taxa de fecundidade, elevando a renda feminina, e os tabus da adequação a padrões de beleza
vigentes.

c) a alteração do perfil das trabalhadoras que se tornam mais velhas, casadas e mães e a participação das
mulheres no movimento feminista.

d) a classificação do trabalho doméstico contabilizado como atividade econômica e a continuidade de


modelos familiares tradicionais.
4. O anúncio publicitário da década de 1940 reforça os seguintes estereótipos atribuídos historicamente a
uma suposta natureza feminina: 

a) Pudor inato e instinto maternal. 


b) Fragilidade física e necessidade de aceitação. 
c) Isolamento social e procura de autoconhecimento. 
d) Dependência econômica e desejo de ostentação. 

5. Leia o texto a seguir e assinale o que for correto sobre o tema das representações do poder. 

“Em 2010, o Brasil elegeu pela primeira vez uma presidente mulher. Dos 38 ministérios e órgãos
centrais da União, dez são atualmente chefiados por mulheres. Em fevereiro de 2012, Graça Foster
assume a presidência da Petrobras e torna-se a primeira mulher a comandar uma empresa petrolífera
no mundo. No mês seguinte, a ministra Cármen Lúcia é eleita a primeira mulher presidente do
Tribunal Superior Eleitoral.” 
(GOMES, C. C. Mulheres na política: igualdade de gênero? Revista Sociologia. São Paulo: Editora Escola.
Ano IV – n.o 40, junho-julho, 2012, p.15) 

a) Ao eleger uma mulher para o cargo de presidente, o Brasil resolveu o problema da baixa representação
feminina na arena política, pois, juntamente com a presidência, outros cargos importantes passaram a ser
ocupados por mulheres. 
b) A eleição da ministra Cármen Lúcia para a presidência do Tribunal Superior Eleitoral indica que, entre os
membros da justiça eleitoral, não há manifestação de machismo. 
c) A significativa participação das mulheres nos cargos de poder, no governo da presidenta Dilma Rousseff,
indica que o grau das desigualdades de gênero varia de acordo com momentos históricos, sociedades e
culturas. 
d) A participação das mulheres na estrutura central do poder é garantia de que, a partir de então, no Brasil,
serão promovidas ações que conduzam à igualdade de gênero, implantando-se, assim, uma agenda
feminista. 

DATA: 28/08/20202
COMPONENTE CURRICULAR: Redação
PROF.: NILZA SCHNEIDER ARRUDA
Nome:_______________________________________________
Orientações:
Copie somente as questões no caderno e responda. Não esqueça de escrever o nome e a data.
Texto I 

Texto II 

Metade da nova equipe da NASA é composta por mulheres 

Até hoje, cerca de 350 astronautas americanos já estiveram no espaço, enquanto as mulheres não chegam a
ser um terço desse número. Após o anúncio da turma composta 50% por mulheres, alguns internautas
escreveram comentários machistas e desrespeitosos sobre a escolha nas redes sociais. 
Disponível em: https://catracalivre.com.br. Acesso em: 10 mar. 2016. 

6. A comparação entre o anúncio publicitário de 1968 e a repercussão da notícia de 2016 mostra a 

a) elitização da carreira científica. 


b) qualificação da atividade doméstica. 
c) ambição de indústrias patrocinadoras. 
d) manutenção de estereótipos de gênero. 

7. Os textos que seguem, charge (texto 1) e tira (texto 2), servem de base para a questão.

Texto I

TEXTO II

Com base nos textos lidos, considere as seguintes afirmações:


I. Na charge, quando o personagem troca a conjugação do verbo respeitar pelo verbo merecer, ele conclui
uma ideia: a de que as mulheres merecem respeito.
II. Tanto na charge como na tira, os personagens masculinos revelam comportamento não preconceituoso
com relação às mulheres.
III. Na tira, o menino comporta-se de maneira machista quando diz “Isso é papo de homem”.
Está(ão) CORRETA(S):
A) Somente I e III;
B) I, II, III;
C) Somente I e II;
D) Somente II e III;
E) Somente III.
8. Observe a charge abaixo:

A charge retrata um fenômeno comum na sociedade brasileira: a desigualdade de gênero. Sobre esse
tema, é correto afirmar que:
a) é tão ínfimo que nos últimos anos deixou de fornecer dados relevantes para os estudos sobre a
desigualdade social brasileira.

b) a desigualdade de gênero existente no Brasil permanece restrita aos estratos pobres da população, tendo
em vista que nas elites ela não constitui o que se poderia chamar de um fenômeno recorrente.

c) a desigualdade social no Brasil é apenas econômica, de modo que a charge não expressa uma realidade
brasileira.

d) a desigualdade de gênero no Brasil é algo que remonta ao período colonial e apesar dos muitos avanços
ainda constitui um fenômeno bastante recorrente na sociedade.

Você também pode gostar