Você está na página 1de 30

OBRAS CONCLUÍDAS EM 50%

Complexo
do Kinanixi
projecta
ENCERRAMENTOS

Decreto
Presidencial
abertura arrasa
para 2024 restauração
COVID. As novas medidas apli-
cadas à restauração, na prevenção
contra a pandemia, obrigaram ao
EXCLUSIVO. As obras do Complexo do Kinaxixi nunca estiveram encerramento de várias unidades,
paralisadas e, se a evolução do cenário económico for positiva, colocando dezenas de emprego em
risco. Enquanto isso, há quem já
o shopping deverá ser inaugurado dentro de três anos. A revelação é
antecipe manter as pessoas em casa,
avançada pela administração do empreendimento que abriu as caso as restrições não sejam aligei-
portas do complexo ao VALOR e contabilizou investimento já aplicado radas na próxima actualização, pre-
na ordem dos 500 milhões de dólares. Págs. 10 e 11 vista para Junho. Pág. 8

EMPRESA ANGOLANA

BestFly prepara
operação
definitiva em
Cabo Verde
18 de Maio 2021 Pág. 12
Terça-feira
Semanário - Ano 5
Nº259
Director-Geral
Evaristo Mulaza

PETRÓLEO NO I TRIMESTRE ALVES DA ROCHA, DIRECTOR DO CEIC

Défice na "Não podemos esquecer


produção corta
820 milhões que 15 milhões de pessoas
USD na receita Pág. 6
estão na linha da pobreza"
Págs. 4 e 5

RIL 13 a 26 de Abril (milhões USD) 13 8.581,25 14 8.567,35 15 8.583,36 16 8.523,19 19 8.511,57 20 8.506,00 21 8.563,06 22 8.508,66 23 8.578,40 26 8.564,57
2 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Editorial
ESTADO DE LOUCURA

S
ejamos fran- cam a nossa trágica miséria, como para a realização das eleições, mas
cos. A forma se as razões de fundo não estives- não se pode debater a indicação dos
como determi- sem aos olhos de todos. membros da Comissão Nacional
nados intelec- Como já dissemos aqui, qual- Eleitoral pelo critério partidário. Na
tuais angolanos quer um que deixe de lado a cobar- Lei principal, até se podem alterar
se perdem na dia e a irracionalidade do discurso as funções do Banco Nacional de
permanente partidário sabe onde está o pro- Angola, mas não se pode desfazer
procura das razões do fracasso ango- blema. O problema é a incompetên- o absurdo de uma agência regu-
lano é também um sintoma vigo- cia e o envelhecimento do MPLA. E ladora como a Erca ser composta
roso da nossa demência colectiva. se dúvidas já não restavam no lon- pelo critério da representatividade
Na sua compreensão histórica, gevo consulado de José Eduardo parlamentar. Na Constituição, até
e por muito profano que pareça, o dos Santos, o ‘novo projecto de país’ se pode permitir que o Presidente
falhanço angolano até pode ter raí- oferecido por João Lourenço deixa tenha a 'rédea curta' na nomeação
zes na época dos descobrimentos, tudo mais sublinhado. do governador do BNA, mas não
pelo menos em parte. James Robin- A explicação mais consistente da é permitido revisar os seus amplos
son e Daron Acemoglu, ao expli- continuidade na aposta do empo- poderes que o habilitam a nomear
carem a evolução do Norte contra brecimento do país é o ideal de e a exonerar tudo e todos. Porquê?
o atraso do Sul, no caso das Amé- reforma proposto por Lourenço e Porque não é permitido discutir o
ricas, recuaram ao século XV para pelo seu MPLA. Nesse ‘novo’ país, sistema de governo que está na ori-
assinalar diferenças críticas na qua- o alcance de qualquer reforma só gem desses poderes. Enfim, qual-
lidade dos colonos e dos coloniza- vai até onde começa a concentra- quer reflexão ajuizada sabe que
dos de um e de outro extremo. Em ção do poder e a partidarização não é a guerra, nem as crises eco-
resumo, o percurso da felicidade de do Estado. É tudo muito simples nómicas, nem a covid que justifi-
uns e da tragédia de outros, na lei- e descarado. Na Constituição, até cam tamanha pobreza de hoje e
tura destes economistas, passou a se pode trocar a precedência pro- de amanhã. E sabe que, depois de
ser trilhado há mais de cinco sécu- tocolar de juízes de tribunais supe- 19 anos de paz, Angola não pode-
los. Porque foi nessa altura, como riores, mas não se pode discutir a ria estar longe dos mais avançados
assinalam, que começou a ser esbo- nomeação destes pelo paradigma pares africanos, mas deveria estar
çado o desenho das instituições que partidário. Na Lei Magna, até se a roçar-lhes os calcanhares, para
seriam construídas no tempo. Dito podem afixar datas obrigatórias pedir o mínimo.
isto, é admissível que um estudo
rigoroso e profundo sobre as razões
do nosso fracasso encontre resquí-
cios de fundamentos que remon-
tam aos primeiros contactos com
os portugueses.
Todavia, se esta hipótese é cien-
tificamente tolerável, não é menos
verdade que seria esquizofrénico
tentar explicar o excessivo atraso
de hoje com qualquer circunstân-
cia ou fenómeno de há cinco sécu-
los. Assim como se abeiram da
loucura as reflexões ‘intelectuali-
zadas’ que, de forma permanente,
tentam fabricar motivos que expli-

V
FICHA TÉCNICA
Director-Geral: Evaristo Mulaza Revisores: Edno Pimentel, Evaristo Mulaza e Geralda Embaló Departamento Comercial: Geovana Fernandes
Directora-Geral Adjunta: Geralda Embaló Colaboradores: Cândido Mendes, EY, Mário Paiva e Pedro Narciso Tel.: +244941784790-(1)-(2)
Propriedade e Distribuição: GEM Angola Global Media, Lda Nº de Contribuinte: 5401180721
Editor Executivo: César Silveira Tiragem: 00 Nº de Registo do MCS: 765/B/15 Nº de registo estatístico: 92/82 de 18/10/82
Redacção: Edno Pimentel, Emídio Fernando, Isabel Dinis, GEM ANGOLA GLOBAL MEDIA, LDA Administração:  Endereço: Avenida Hoji-Ya-Henda, 127, Marçal, Luanda-Angola;
Guilherme Francisco, Júlio Gomes e Suely de Melo Geralda Embaló e Evaristo Mulaza 222 320511 Fax: 222 320514
Fotografia: Mário Mujetes (Editor) e Santos Samuesseca Assistente da Administração: Geovana Fernandes E-mail: administracao@gem.co.ao;
Secretária de redacção: Rosa Ngola Departamento Administrativo: Jessy Ferrão e comercial@gem.co.ao
Paginação: Edvandro Malungo e João Vumbi Nelson Manuel 
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 3

A semana
3 PERGUNTAS A...
11
TERÇA - FEIRA
A ministra das Finanças,
Vera Daves, informa estar
em curso um plano de con-
clusão da centralidade de
Malanje e outras infra-estru-
10
turas a ela associadas, por via
do financiamento do Fundo
de Fomento Habitacional.

12 O secretário de Estado para


a Saúde Pública, Franco
QUARTA - FEIRA

Mufinda, revela que Angola


começou a vacinar a popula-
ção com a primeira dose da
BENEDITO ORNELA vacina russa Sputnik V, tendo SEGUNDA-FEIRA
HOMBO, recebido já 40 mil doses. O director-geral regional para os mercados internacionais do Grupo Nabeiro, José Beato, revela
engenheiro agrónomo
que a marca angolana ‘Café Ginga’ estará disponível nos mercados de França e da Suíça, até finais
deste mês, através da empresa Angonabeiro.
O que é preciso para a agri-
cultura ser mais competitiva?
O que tem de ser feito está há

13 14 08 09
muito escrito e documentado.
Mesmo o Programa de Sanea-
mento Económico e Financeiro, O Presidente da República A Autoridade Nacional A Biocom estima produ- A Sonangol firma um acordo
QUUITA - FEIRA

adoptado ainda na era da eco- é vacinado, tornando-se no de Inspecção e Segurança zir, este ano, 120 mil tone- com a empresa sul-coreana
SEXTA - FEIRA

nomia centralizada, já previa cidadão número 591.886 Alimentar (Aniesa) rea- ladas de açúcar branco. E, ‘Hyunday Samho Heavy
os trilhos em que a agricultura a receber a vacina no país liza operação de combate para a materialização deste Industry (HSHI)’, para a

DOMINGO
deveria caminhar. Os progra- e insistiu na solidariedade à especulação de preços, objectivo, foram cultivados construção de dois navios
SÁBADO

mas que se seguiram também internacional para um acesso em Luanda e refere haver mais de 27 mil hectares de petroleiros de grande porte,
são bons, mas não se consegue mais igualitário às vacinas já resultados em algumas cana-de-açúcar. no quadro da renovação da
impulsionar o sector. contra a covid-19, pois “nin- zonas da cidade. sua frota.
guém se vai salvar sozinho”.
O que falta?
Precisamos de acção e definir
bem o foco. Não são os gran-
des projectos como o da Qui-
minha que poderão resolver o
problema. Aliás, foram todos por
água abaixo, mal arrancaram. O
melhor seria potenciar o sector
camponês. Aproveitar a rega por
gravidade, a partir das nascen- COTAÇÃO
tes. Reter as águas das nascen-
tes em grandes reservatórios e
adquirir motobombas, e ainda
apostar em sementes adaptáveis
para aumentar o ciclo de pro-
dução e de colheita para, pelo
menos, duas a três vezes ao ano.

Os recursos financeiros não


têm sido bem aplicados, é isso?
Será que tem chegado mesmo
aos verdadeiros destinatários, ou
tem caído em mãos alheias? Há PETRÓLEO SEGUE POSITIVO… DÓLAR EM QUEDA…
relatórios feitos? Diz-se, muitas
vezes, que foram colhidas 700 O petróleo abriu a terça-feira no positivo, após iniciar a semana A moeda norte-americana caiu esta segunda-feira 0,09%, ten-
toneladas de produtos diversos. com ganhos de 1%, fruto da reabertura da economia na Europa e do começado a terça-feira também em baixa, com uma queda
Está tudo muito bem, mas que por um aumento da procura nos Estados Unidos. O brent, refe- de 0,35%. O recuo do dólar é explicado pela tendência gene-
produtos são estes? Precisamos rência às exportações angolanas, começou a negociar nos 69,58 ralizada de desvalorização, enquanto persistem expectativas
de um maior controlo. dólares. Já o WTI abriu a negociar nos 66,30 dólares. sobre a manutenção dos juros nos Estados Unidos da América.
4 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Entrevista
ALVES DA ROCHA, ECONOMISTA E DIRECTOR DO CEIC

"Não podemos esquecer que


15 milhões de angolanos
estão no limite da pobreza"
Numa intervenção de apoio. E, na situação actual,
à Rádio Essencial em esse apoio proveniente do Estado
pode ser difícil, porque o pró-
que também deixa prio Estado necessita de corri-
várias perguntas, o gir o orçamento, aumentar as
renomado economista receitas, nomeadamente para
atender a resolução de proble-
e director do CEIC mas da crise social em Angola
dá pistas sobre as que é absolutamente dramática.
razões do insucesso
As associações empresariais
dos programas do não ajudam, é isso?
Governo. Alves da As associações empresariais têm
Rocha questiona uma boa conexão com o Presidente
da República e com os ministros
o assistencialismo que comandam a economia e, por-
exigido pelas tanto, admito que essas empresas
empresas e lembra consigam obter esse tipo de apoio
para se manterem abertas. Mas isso
por que razão o tem de acabar.
investidor privado
não entra no país. De que forma?
O Estado tem de fornecer servi-
ços e apoio de real ajuda. Tem
de fornecer infra-estruturas
que permitam que as empre-
sas baixem sistematicamente
os seus custos. Como disse no
Mário Mujetes © VE

início, fala-se muito na questão


da oferta, do aumento da pro-
dução, mas, no fim, a pergunta
é: quem vai comprar? As famí-
lias não têm rendimentos, os
salários não são tocados e há
sectores de actividade onde se
mantém a quatro ou cinco anos.
Por Edno Pimentel e Júlio Gomes E ainda a questão da exporta-
ção está por ora fora de causa.

C
omo olha para de mercado, as empresas são os sariais sempre no sentido de que jar os seus meios próprios. São Porquê?
a situação elementos que fazem funcionar o Estado tem de dar subsídios, empresas que rasgam horizon- A nossa capacidade competi-
das empresas o sector produtivo e de serviços. reduzir impostos e promover tes, inovam, arriscam e desco- tiva no mercado internacional
e que medi- transferências para que elas pos- brem. Porque essa dependência é muito reduzida. A maioria das
das devem É a me sm a n a r r at i v a d o sam manter-se abertas e prova- permanente do Estado cria pro- empresas não consegue compe-
ser tomadas Governo, não? velmente resguardar o emprego. blemas no futuro. tir. Como disse, está a perder-
para saírem Estamos a esquecer um elemento -se a oportunidade de se criar
do sufoco? principal que são as famílias, Não é o caminho a seguir? A que problemas se refere, con- uma massa crítica endógena da
A esse propósito tenho um ponto a questão da procura interna. Aquilo que tenho observado é cretamente? economia. O Governo tem uma
de vista ligeiramente diferente. Tudo o que ouvimos são recla- que há muitas empresas que, Em Angola, o sector empresa- série de programas voltados para
Normalmente, numa economia mações das associações empre- felizmente, conseguem arran- rial sempre reivindicou esse tipo o aumento da produção, mas…
Terça-Feira 18 de Maio 2021 ~ Valor Económico 5

A burocracia continua, apesar de programas financiados pelo Banco


Mundial, a taxa de inflação homóloga, neste momento, está em 25%. Nós ainda não aprendemos a
fazer crescimento económico com taxas de inflação desta envergadura.
~
Todas as segundas-feiras
Angola tem mais...

‘zona conjunta’
ama recursos da
País vizinho recl

RD Congo exige
indemnização de
500 milhões USD
Petróleo

Potencial do
onshore ignorado

a Angola eral da Sonangol à Chevr


on para a
Com os custos de produç
petróleo a rondarem os
por barril, especia listas
para a explora ção onshore ,
ão do
35 dólares
apontam
que tem
baixos e
a autorização unilat m’ está na base custos de produç ão mais
na ‘Zona de Interesse Comu que promove a criação de
microe-
exploração de petróleo a ‘varrer’ do seu o. A
o presidente Joseph Kabila conomi as locais e de empreg
do conflito que já levou produç ão onshore em
Angola é
a Angola. Pág. 14
governo figuras ‘favoráveis’ margin al, abaixo dos
3%, con-
mundia l.
trariando a tendência
no mer-
67% de todo o petróle o
do
cado interna cional é explora
onshore. Págs. 4-9

Que soluções aponta para se ala- com o problema, e pergun- em causa a crise

Brasileiros querem
de divisas

vancar, por exemplo, o turismo? tar por que razão as coisas não conversão monetária
entre real e kwanza
O turismo interno vai ser feito na estão a acontecer. Fala-se muito A Associação de Empres
as Brasi-

base de quem? As famílias têm em reformas estruturais que


AN) é a
leiras em Angola (AEBR
que deve
autora de uma proposta
brasileiro,
ser submetida ao governo

rendimentos para comprar um são necessárias inclusivamente


as auto-
no sentido de acertos com
que o real
4 Abril 2016 ridades angolanas, para
o kwanza,
seja aceito em Angola e

Há muita
Segunda-Feira

bilhete de passagem para ir ao para atrair investimento privado


Semanário - Ano 1 no Brasil. Pág. 16
Nº3 / kz 400
Director-Geral
Evaristo Mulaza

Lubango, ao Namibe? Vai fazer- nacional. Porque temos de pen- económicas

desconfiança. O país
mantém Previsões
ta do OGE
esas
cativação de desP

Governo descarta revisão imedia


Luanda com seis novas
-se turismo na base de uma classe sar no investimento nacional centrais eléctricas

ainda não reúne


abaixo
do petróleo mantém-se
média que vai sendo empobre- porque o estrangeiro, nas con- Empresa de Produção de
– PRODEL - adquiriu seis
norte-americana Genera
Electricidade
centrais da
l Eletrics, no
À entrada do segundo
do preço fiscal inscrito
çam que o Govern o
trimest re, o valor do barril

não
no Orçamento Geral do
admite
Estado, mas fontes oficiais
avan-
ento. Os cortes nas
, para já, a revisão do docum ções para a indis-
explica
prioritá rias são uma das
cida na base de medidas que vão dições actuais do país, o inves- 300 milhõe s de dólares, que de investim ento não ano. Págs. 10-11
valor de despesa s do OGE deste
de 600 mil resi- o em alterar as referências

condições para
preveem abastecer mais ponibil idade do Govern
18
dências em Luanda. Pág.
s
s R An D Rand – 10,5 Kz (+0,1)

sendo tomadas? Não podemos tidor não vem.


s
Y UAn 24,7 Kz (+0,1)
s LibRA 229,7 Kz (-0,3)
s EUR 181,02Kz (+0,7)
AKZ USD 160,9 kz (+0,9)
Moedas

Descarregue a App
esquecer que a taxa de pobreza
anda à volta de 50%. Quer dizer
atrair esse É também uma questão de con-
que 15 milhões de pessoas estão investimento privado fiança? Visite o website: www.valorecon
omico.co.ao

na linha da pobreza. Há muita desconfiança. O país


estrangeiro.
01/04/16 22:32

ainda não reúne condições para EDIÇÃO#03.indd 1

Mas… atrair esse investimento privado


Não vou apontar medidas porque estrangeiro. Estava a referir-me
há vários planos. Há um plano às reformas estruturais que o Assinaturas:
de recuperação do turismo onde Governo faz questão de dizer que
se afirma que o sector tem de As cadeias estão a ser feitas. Mas, por exem- assinaturas@gem.co.ao
acontecer; há o Prodesi, para o
aumento da produção interna e
de televisão plo, em Angola, ninguém pode
ser proprietário de terra e, não
comercial@gem.co.ao
exportação; o programa de cria- do Estado fazem sendo, como é que vai ter garan-
ção de emprego, onde se afirma tia? O investidor não vem. A ques-
que o Estado vai aumentar a propaganda do tão do sector judicial... é o político
empregabilidade. Nós, por esta Prodesi que que comanda o sector judicial. A
via, não temos falta de medi- burocracia continua, apesar de
das. Não temos falta de ideias. o programa x programas financiados pelo Banco
Temos, eventualmente, falta de
dinheiro, porque as receitas de
foi implementado, Mundial, a taxa de inflação homó-
loga, neste momento, está em 25%.
exportação continuam a dimi- mas isso não se Nós ainda não aprendemos a fazer
nuir e a exportação de petró- crescimento económico com taxas
leo dentro de dois três anos vai
reflecte no de inflação desta envergadura.
deixar de ser o ponto essencial. crescimento. Portanto, aí estão questões que,
devidamente analisadas, talvez
Portanto... nos ajudem a entender por que
Vocês os jornalistas de investiga- razão as centenas de programas
ção devem perguntar porque os do Governo não resultam.
programas não resultam. É uma O que tem de ser feito?
pergunta que tem de ser feita. O que tem de ser feito está nesses A burocracia é outro cancro…
Nos apanhados e nos balanços o programas todos do Governo. As Talvez só quando os nossos
Governo, diz-se que o PIB cresce, cadeias de televisão do Estado secretários e ministros forem
mas, pelo contrário, decresce. fazem propaganda do Prodesi pessoalmente tratar de docu-
Ainda que cresça, cresce a uma que o programa x foi implemen- mentos às repartições públicas GEM ANGOLA GLOBAL MEDIA, LDA
taxa que não tem correspondên- tado, mas isso não se reflecte se vão aperceber da tremenda Contactos comerciais: 941 784 791 - 941 784 792
cia com o manancial de progra- no crescimento económico. É burocracia existente. Essa é
mas e medidas governamentais. o Governo que deve descobrir uma matéria que os empresários Rua Fernão Mendes Pinto, nº 35, Alvalade, Luanda - Angola
Cabe aos jornalistas avançarem porquê? O Governo deve falar têm colocado nas suas variadas
no seu trabalho. com os empresários que lidam intervenções.
6 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Economia/Política
NO PRIMEIRO TRIMESTRE

Défice na produção
retira 820 milhões USD
das receitas petrolíferas
PETRÓLEO. Previsão
OGE foi
de produção do elaborado
OGE fixa uma média prevendo
produção
trimestral de 111,375 de 445,5 de
barris
milhões de barris
de crude. Ao preço
médio ponderado
alcançado, receita
bruta seria de cerca
de 6,9 mil milhões
de dólares, mas
ficou-se pelos 6,040
milhões.

6,9
Por César Silveira ram, durante o primeiro trimestre tas 1.121.805.152.518, equivalente dos, 25,89% corresponde à quota
de 2021, um total de 97,89 milhões a 1.777.340.000 dólares. Ou seja, da Agência Nacional de Petróleo

A
de barris de petróleo bruto. Ou cerca de 29,4% da receita bruta de e Gás (ANPG), enquanto conces-
ngola perdeu, seja, um défice de 13,485 milhões 6,04 mil milhões de dólares decla- sionária. A exportação da ANPG
no primeiro tri- de barris, face à média estimada radas pelo Ministério dos Petró- terá sido assim de mais de 25,323
Mil milhões USD seria a receita
mestre do ano, para cada trimestre. bruta caso a produção estimada no
leos. Mas, caso a produção média milhões de barris e 95% das recei-
cerca de 829 O preço médio ponderado OGE fosse alcançada estimada fosse alcançada no tri- tas provenientes da referida expor-
milhões de dóla- das exportações angolanas foi mestre em análise, a receita fiscal tação têm como destino os cofres
res em receita de 61,68/bbl, fixando a receita seria 2.019.665.340 dólares, ou do Estado e os restantes 5% para a
bruta estimada, bruta do trimestre em aproxi- visto que a receita bruta seria de seja, mais 242,3 milhões de dóla- própria ANPG. Ainda de acordo
devido ao défice na produção de madamente 6,04 mil milhões de 6.869.610.000 de dólares. res em comparação à receita decla- com os dados do Ministério, a
petróleo, face às previsões do Orça- dólares. Face ao preço previsto rada pelo Ministério das Finanças. quota da Sonangol corresponde a
mento Geral do Estado (OGE) que no OGE (39 dólares), regista- QUEDA DE 18,20%, resultante da actividade
apontam para uma produção bruta -se um adicional nas receitas 242,3 MILHÕES USD PRODUÇÃO CAI 17,42% tanto de operadora como de asso-
anual de 445,5 milhões de barris, de 2,222 mil milhões de dóla- Sequencialmente, as receitas líqui- De acordo com os dados ministe- ciada de diversos blocos.
numa média trimestral de 111,375 res, face aos 3.817.710.000 que das alcançadas por Angola podem riais, as exportações, no período A China continua a ser o maior
milhões de barris. seriam obtidos com o barril a 39 ter registado um défice de cerca em análise, diminuíram cerca destino das exportações angola-
De acordo com dados do dólares e a produção alcançada. de 242,3 milhões de dólares, de de 17,42% comparativamente ao nas, representando cerca de com
Ministério dos Recursos Minei- Este adicional, porém, seria de acordo com cálculos do VALOR. período homólogo e 5,96% face 70,14%, seguindo-se a Índia e Sin-
ras, Petróleo e Gás, a Sonangol e 3.051.900.000 caso a produção Para o período em análise, o Minis- ao trimestre anterior. Do total de gapura com 8,61% e 4,84%, res-
as operadoras privadas exporta- prevista no OGE fosse alcançada, tério da Finanças declarou recei- 97,89 milhões de barris exporta- pectivamente.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 7
O PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO foi recebido na
manhã de terça-feira, no Palácio do Eliseu pelo Presidente
francês, Emmanuel Macron, para analisar "questões bila-
terais e regionais". O Presidente participa na Cimeira para
o Financiamento das Economias Africanas.

HOSPITAL DO UIGE

PR aprova mais
despesas fora do OGE
O Presidente João Lou- VALOR sobre as despesas fora
renço aprovou, esta segunda- do OGE, face à diferença con-
-feira, despesa de cerca de 50,5 siderável entre os valores pre-
milhões de euros para a cons- vistos no OGE e os que foram
trução e apetrechamento do agora aprovados pelo Presi-
Hospital Geral do Uíge, além dente João Lourenço.
de mais de 756,7 mil euros Além da referida despesa,
para a despesa de fiscalização João Lourenço aprovou ainda
TRÊS SEMANAS DE FUNCIONAMENTO ‘AOS SOLUÇOS’ da referida empreitada, através a despesa de 125,222 milhões
da “contratação simplificada de euros para a construção

Plataforma do pelo critério material”.


A referida despesa
engrossa o leque das aprova-
do Centro de Bioveterinária
e Produção de Vacinas, pro-
jecto que também não consta

comércio externo causa


das pelo Presidente da Repú- das previsões do OGE e cujo
blica fora das previsões do modelo de contratação tam-
Orçamento Geral de Estado bém é o simplificado pelo cri-
2021 e que, só este ano, já ron- tério material.

‘dores de cabeça’ dam cerca de 2,8 mil milhões


de dólares, segundo cálculos
do VALOR destacados na edi-
A aprovação de despe-
sas fora do OGE encontram
suporte na Lei que aprova o
ção passada. OGE e que dá ao Presidente
Nas projecções das des- da República a prerrogativa
COMÉRCIO. Ferramenta foi lançada em Março com objectivo de pesas para este ano consta, de “Inscrever novos projectos
simplificar a importação de bens, mas tem funcionado ao contrário, entretanto, a “conclusão da do Programa de Investimen-
reabilitação da pediatria do tos Públicos de significativa
causando vários constrangimentos aos operadores económicos. Hospital Geral Do Uíge”, pro- importância para o alcance
jecto avaliado em cerca de dos objectivos do Plano de
1,525 milhões de kwanzas, Desenvolvimento Nacio-
Por Isabel Dinis obriga a despesas, já que os des- ou três meses seria uma fase de correspondente a cerca de 2 nal 2018-2022, com fonte de
pachos só podem ser processados aprendizado e aperfeiçoamento. A milhões de euros. financiamento assegurada,

H
com as licenças e os pagamentos outra (plataforma) simplesmente Apesar de constarem das e por contrapartida de pro-
á mais de três bancários correctos. fechou”, explica. projecções do OGE, as despe- jectos de baixa ou nula exe-
semanas que a Um importador acusa, por sua O VALOR sabe que a plataforma sas para a construção dos hos- cução”. A lei, entretanto,
Plataforma Inte- vez, o Ministério do Comércio e ficou duas semanas parada. No pitais gerais do Bengo e do não fixa um limite de valo-
grada do Comér- Indústria de ter mudado a plata- entanto, esta semana começou a Bailundo, assim como o Hos- res, sendo esta uma lacuna no
cio Externo (Pice) forma “sem testar ou fazer uma melhorar e até já estava a emitir pital Pediátrico do Huambo, entender de analistas consul-
apresenta vários formação aos operadores e des- algumas autorizações. fazem parte dos cálculos do tados pelo VALOR.
problemas infor- pachantes”, exemplificando que Na semana passada, foi realizada
máticos, depois de ter substituído tem “pedidos pendentes” há uma reunião entre as partes ges-
a anterior estrutura ‘Siminco’, sem mais de dois meses que não con- toras da PICE e os despachantes
estar totalmente preparada, con- segue importar por causa da oficiais, na qual o ministério pro-
forme alegam vários operadores. mudança da plataforma. Outro meteu ultrapassar as principais
O mau funcionamento da despachante lamenta que o dificuldades.
plataforma tem provocado ministério não os tenha aus- A Pice foi lançada em Março deste
diversos constrangimentos aos cultado, antes da mudança de ano com o objectivo de simplifi-
empresários, particularmente plataforma.“Defendemos que car os processos de importação
na emissão de licenças para a esta nova plataforma, antes de ser de bens. A primeira apresentação
obtenção de facturas. implementada, devia passar por formal da plataforma foi dirigida
“As licenças vão saindo em uma formação para os dois lados”, aos membros do Comité Nacio-
número reduzido e muitas com repara, observando que assim os nal de Facilitação do Comércio
falhas. Temos de voltar a intro- “problemas e dificuldades” seriam (CNFC) e aos representantes das
duzir porque os dados, quando ultrapassados. Críticas às quais associações empresariais, durante
descarregamos, não vão como se junta um outro despachante, o conselho de direcção do Minis-
gostaríamos que fosse”, disse um para quem o ministério devia tério do Comércio e Indústria.
despachante ao VALOR, aler- ter dado uma moratória antes de O VALOR contactou o Ministério
tando que a falta de emissão de sair da plataforma ‘Siminco’ para que, entretanto, não esclareceu a
licenças, em tempo oportuno, a Pice. “Uma moratória de dois situação até ao fecho da edição.
8 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Economia/Política
PROPRIETÁRIOS FALAM DE UM SECTOR EM ‘COMA INDUZIDO’

Novas medidas de calamidade


afundam restaurantes
RESTAURAÇÃO. Uns estão a fechar
portas e outros estão a tentar sobreviver.
Proprietários criticam restrições e pedem
ao Governo que tome “medidas urgentes”
para salvaguardar empregos.

Por Isabel Dinis e César Silveira Sem apoios, não haverá sobrevi-
vência por causa dos gastos diá-
rios como água, energia e outros

A
serviços”, apela.
s novas medi- Para o sócio-gerente do res-
das do estado taurante Peixe do Cabo, na Ilha de
de calamidade Luanda, Bráulio Nobre, as novas
para a restaura- medidas “não fazem sentido”.
ção agravaram a Este operador lembra que os dias
situação finan- de maior de facturação para a res-
ceira dos restau- tauração são precisamente os finais
rantes e similares. de semana e confessa que tem ten-
Alguns proprietários lamen- tado reinventar-se para “sobrevi-
tam que o sector esteja em “coma ver”. O restaurante confecciona
induzido”, enquanto outros atira- peixe fresco há cinco anos e preci-
ram a ‘toalha ao tapete’, fechando sou abrir à segunda-feira, habitual
mesmo as portas. Outros ainda dia de descanso, para tentar com-
pedem “medidas urgentes” do pensar o final de semana, mas foi
Governo, defendendo ser possível “um dia fraco”. “Temos uma fatu-

20
a preservação simultânea da vida ração ao final de semana que jus-
humana e da economia. tifica a semana toda. Estamos a Dos 348 trabalhadores que a a saúde no sentido de evitar mais
Desde o dia 10 deste mês, com tentar ver se conseguimos sobre- unidade já teve, hoje contabilizam- desempregos”. O empresário sugere
o agravamento das restrições, que viver. Não sei se vamos aguentar -se apenas 20, mas estes mantêm- “medidas mais amigas como, por
os restaurantes e similares estão muito mais”, lamenta. -se apenas porque a “estrutura não exemplo, a emissão de alvarás pan-
proibidos de abrir portas aos fins- Outro restaurante que também tem portas e precisa de ser vigiada”. démicos que permitiriam funcionar
-de-semana. Estes estabelecimen- está a tentar contornar as novas O empresário explica a decisão dentro do normal”. “As unidades
tos só podem abrir de segunda a medidas é o Bueno Vivo, em Tala- de encerrar com a falta de recur- que manifestassem o interesse de
sexta-feira, das 6 às 18 horas, para tona. O gerente, Avelino Lucas, prevê sos financeiros para pagar salá- obter estes alvarás seriam obriga-
Númerode colaboradores do restaurante
atendimento presencial e até às 22 que as novas medidas signifiquem Jango Veleiro que ja empregou 348.
rios e sobretudo o dever de pagar das ao cumprimento de uma ‘check
horas para entregas ao domicílio. “quase uma paralisação”. Apon- o Imposto de Rendimento de Tra- list’ relacionada com as medidas
Ao VALOR, o presidente tando também os fins de semana balho (IRT), por exemplo. de segurança e, caso fossem apro-
de direcção da Associação de como “os dias com mais factura- “Noutras geografias, como nos vadas, receberiam o alvará e esta-
Hotéis, Restaurantes Similares ção”, Lucas coloca abaixo dos 10% por causa do aumento de casos, Estados Unidos, o governo encon- riam aptas para trabalhar dentro
e Catering de Angola (AHORE- a facturação nos dias úteis, face ao mas considera que não trabalhar ao trou soluções, fez injecção de capital do normal porque o objectivo é
SIA) critica o Governo por não total semanal. Com 57 funcioná- final de semana é um “problema”. a fundo desde que para garantir a apenas reduzir o nível de contágio”.
ter criado medidas que possam rios, até ao dia 10 de Março, o res- manutenção dos empregos. Aqui, a Notando que “todos os dias exis-
apoiar a restauração, a exemplo taurante teve de dispensar 44 por ‘EMBLEMÁTICO’ JANGO única possibilidade é pagar às pres- tem unidades de negócio a entra-
do que fez com alguns sectores conta do agravamento dasrestrições. VELEIRO FECHA PORTAS tações mas, mesmo assim, não tem rem em coma induzido”, Godinho
no início da pandemia. João Gon- “Não conseguimos pagar salários”, O conhecido restaurante Jango como se aguentar”, explica. pede “urgência” na tomada de medi-
çalves prevê dias mais “compli- justifica, confessando que as entre- Veleiro, na Ilha de Luanda, fechou Apesar de reconhecer os resul- das para a protecção dos empregos.
cados” para o sector que “está a gas têm sido um ‘escape’, apesar as portas por causa da pandemia. O tados positivos alcançados com as Relatos de vários outros restau-
sufocar e a definhar” e estabe- de “não ser suficiente e não cobrir proprietário do espaço, o empresá- medidas adoptadas pelo Governo rantes que optaram pelo encerra-
lece paralelos com outros paí- grande coisa”. rio Pedro Godinho, confirmou ao para evitar a expansão da covid- mento, ainda que temporário, estão
ses. “Em outras realidades, já O responsável do restaurante VALOR que o espaço está “tecni- 19, Pedro Godinho defende, no por confrmar, como é o caso do Club
há uma abertura do turismo e Bugilo Tropical admite, por sua vez, camente falido”, encerrado e sem entanto, que se encontre um “ponto S, no embarcadouro do Mussulo,
Angola tem seguido o contrário. entender as medidas do Governo previsões de reabertura. de equilíbrio entre a economia e e o Cais de 4, na Ilha de Luanda.
A nossa história é feita por www.bancobic.ao

mais de 1.600.000 nomes.


Seja um deles e entre
na família BIC.

O Banco BIC tem crescido ao longo destes 16 anos pela


dedicação e profissionalismo dos colaboradores e de todos
os que estão ao nosso lado. Já são mais de 1.600.000
clientes e o sucesso de cada um constrói o nosso sucesso.
Por isso, o nosso obrigado ao Wilson, ao Pedro, ao João, ao
António, à Maria, ao Carlos e a todos os que estão connosco
diariamente a crescer e a fazer o futuro.

AF VALOR ECONOMICO 248x315 16 ANOS.indd 1 13/05/21 16:36


10 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Economia/Política

Shopping A
OBRAS ACIMA DOS 50% final, as obras
do Complexo
do Kina xi xi
nunca estive-
ram paralisadas
e, ao contrário
das informações

Kinaxixi marca
que davam conta da inaugura-
ção do centro comercial em 2015
e as restantes torres em 2016, a
empresa proprietária do empreen-
dimento não havia equacionado,
pelo menos na altura, a data do
corte da fita.

inauguração
As revelações exclusivas ao
VALOR são de Luciano Dzik,
director do Kinaxixi Empreen-
dimentos, que insiste que as
obras nunca paralisaram, mesmo
quando a construtora Somague

para 2024
saiu em 2018.
Iniciado em 2008, com escava-
ções a cargo da portuguesa Soares
da Costa e continuada em ter-
mos de estrutura pela Somague
até 2018, o imponente empreen-
dimento erguido no centro da
cidade de Luanda está acima dos
REPORTAGEM. Desde o início da construção em 2008, as obras nunca pararam mesmo 50% de execução, estando a con-
com o aperto causado pela crise económica. Já na fase de conclusão, o maior centro comercial clusão a cargo da empresa Grow
Constrution, desde o ano passado.
de Angola espera abrir as portas dentro de três anos. Luciano Dzik estima concluir
o shopping, a principal área do
complexo com três torres de 25
Por Guilherme Francisco andares, no primeiro semestre
de 2024, na eventualidade de o
Terça-Feira 18 de Maio 2021 ~ Valor Económico 11

É um empreendimento privado, feito com recursos


da empresa (Kinaxixi Empreendimentos) e do mercado, e a sua viabilização depende do
cenário económico. Nós adaptamo-nos à situação.
~ tamentos encontram-se já estu-
cados, à espera de aplicação de
portas e janelas.
Apesar de três em um, as
entradas das torres de escritórios
e residencial são todas privadas e
só acederá às mesmas quem tiver
o cartão de acesso. Ou seja, quem
estiver no shopping não consegue
entrar ao espaço residencial ou
de escritórios. Ao contrário, os
moradores e usuários de escri-
tórios podem ter acesso à zona
comercial sem quaisquer cons-
trangimentos, desde que tenham
o cartão de acesso.
Com 116 apartamentos do T2
a T6, distribuídos em pisos de
Luciano Dzik, acordo com a tipologia, a torre
director do Kinaxixi
Empreendimentos residencial conta no último piso
com piscina, ginásio, sala de
jogos, salão de festas e churras-
queiras. Já as torres de escritórios,
com até 1.800 metros livres por
piso, dispõem de salas de negó-
cio, reunião corporativa. Ambas
começam a ser comercializadas
Previsão de depois da abertura do shopping.
Mário Mujetes © VE

abertura em
2024 considera
melhoria do cenário LARGO DO KINAXIXI
económico RECUPERADO
No início, a construção foi alvo de

220
várias críticas por abranger um
cenário económico começar a MEMORIZE registado em empreendimen- local bastante histórico e cultu-
mudar positivamente a partir do tos desta envergadura que che- ral. Daí que a empresa, em arti-
próximo ano. “É um empreendi- l No início, a constru- gam aos 5% do custo total. “O culação com administração local,
mento privado, feito com recursos ção foi alvo de várias crí- que não implicará aumento do acordou em manter o famoso
da empresa (Kinaxixi Empreen- ticas por abranger um investimento previsto desde o largo do Kinaxixi, cujas obras
dimentos) e do mercado, e a sua local bastante histó- início”, acautela. estão também com grau de exe-
Lojas estarão concetradas no
viabilização depende do cená- rico e cultural. Daí que sexto andar do centro comercial
cução avançado e mantém a está-
rio económico. Nós adaptamo- a empresa, em articula- SHOPPING E TORRES, “UM tua da rainha Nzinga Mbande.
-nos à situação. Hoje, o mundo, ção com administração CONCEITO INOVADOR” Diferente de há 13 anos, o largo
e particularmente Angola, vive local, acordou em man- “Já estão a caminho de Angola os conta um anfiteatro e balneá-

50
uma situação económica bastante ter o famoso largo do materiais de acabamento do cen- rios públicos.
constrangedora, então o nosso Kinaxixi. Os obras arran- tro comercial, entre os quais eleva-
ritmo está a a acompanhar isso. caram em 2008 e as pri- dores e a cobertura. Brevemente, PREÇOS NÃO SERÃO
À medida que houver uma recu- meiras informações a actual imagem terá um outro EXORBITANTES
peração, tanto a nível nacional apontavam para 2015 a aspecto externo, à semelhança Os preços das lojas, residências
e internacional, o ritmo da obra inauguração do centro do interior, escondido dos olhos e escritórios não serão “tão ele-
será outro”, explica o gestor, pre- comercial e para 2016 das de quem passa nas proximidades vados”, assegura Luciano Dzik,
cisando que trabalha com uma restantes torres. Proprie- e pode julgar não estar a decorrer com o argumento de ter os “cus-
Porcento, nível de execuçao
previsão de entre 30 e 36 meses tária garante que estas qualquer trabalho”, diz o gestor. física do projecto
tos controlados”. Todavia, a defi-
para terminar o shopping. datas nunca foram adian- O centro comercial sai do nição dependerá da realidade
Do total de mil milhões de tadas por eles. subterrâneo ao sexto andar, vai económica. “É claro que o pro-
dólares de investimento pre- albergar 220 lojas diversas, seis cesso de venda nunca é simples,

Mil
visto, já foi empregada metade salas de cinemas, cafés, restau- depende de outros factores que
e, embora não tenha pressa pelo momento actual não permite que rantes e espaços de cultura, além nunca estão nas nossas mãos.
facto de não estar “comprome- a gente tenha nesta vertente uma de uma zona para quitandeiras Por exemplo, só para citar um
tido com ninguém” tão-pouco solução imediata, os bancos hoje exporem produtos da terra. caso concreto, a actividade de
focado em financiamento ban- também se ressentem da crise. Prestes a concluir, a obra ini- construção não tinha IVA, de
cário, o também engenheiro A capacidade de investimento ciada por cerca de mil pessoas, um ano para cá passou a ter, isso
estima um financiamento para dos bancos está atrelada à situa- conta actualmente com 200 fun- significou incremento de 14% do
concluir antes da data de entre ção mundial, foi agravada com cionários, número neste momento Milhões USD, investimento previsto para a meu custo. É um dado, eu tenho
400 e 500 milhões de dóla- a covid-19”, observa. reduzido devido à pandemia da realização do projecto de me adaptar, buscar fórmulas
res. “Apoio financeiro é sempre Apesar do difícil contexto covid-19. E, segundo a empresa, para sobreviver a esta situação”,
necessário. Em qualquer parte económico, nota, a opção de uma são feitos à medida das possibi- argumenta.
do mundo, o empreendimento gestão “mais rigorosa” permitiu lidades financeiras alguns reto- A abertura do empreendimento
imobiliário é feito com recur- atingir, até ao momento, custos ques no centro comercial e na poderá gerar entre dois mil e qua-
sos próprios e da banca. Mas o indirectos de 1%, diferente do torre residencial. Alguns apar- tro mil empregos directos.
12 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Mercados & Negócios


público-privado AirConnection
A BestFly integrava o
©

consórcio público-privado
Express que havia sido anun-
AirConnection Express ciado pelo Governo como o pro-
jecto que haveria de assegurar os
voos domésticos, mas que nunca
chegou a ser efectivado. Nuno
Pereira garante que o projecto não
avançou não por falta de “con-
fiança” do Governo, mas por ser
um momento “particular na his-
tória" em que o Executivo decidiu
“optar por outro caminho” que
foi apostar no reforço da compa-
nhia pública Taag. “Mantivemos o
nosso foco e acreditamos na nossa
competência, independentemente
do que dizem nas redes sociais e
na comunicação social do nosso
país. E tenho uma crítica à comu-
nicação social nosso país, que, ao
invés de procurar a verdade, pro-
curou a difamação”, atira.
O processo de constituição da
AirConnection Express causou
polémica em 2018, envolvendo até o

©
COMPANHIA ANGOLANA ASSUME TRANSPORTE AÉREO Presidente da República. João Lou-

BestFly quer estar em


renço, em entrevista a uma televisão
estrangeira, garantira que a com-
panhia não iria avançar, chegando
mesmo a chamar ao consórcio de
“uma ficção”.

definitivo no mercado
Nuno Pereira desmente ainda
que o antigo ministro dos Trans-
portes pertencesse à estrutura
accionista da empresa, situação
que tem motivado também crí-

cabo-verdiano
ticas em alguns sectores de Cabo
Verde, que lembram a condena-
ção de Augusto Tomás pela justiça
angolana, além de mencionarem
várias outras figuras politica-
mente expostas e que alegada-
mente controlam a empresa, como
AVIAÇÃO. Companhia aérea esteve ligada ao polémico ‘caso AirConnection Express’. Fica o PCA do BNI, Mário Palhares, e o
com a concessão do serviço público aéreo entre as ilhas cabo-verdianas. Empresa prepara-se antigo chefe da Casa Civil Frede-
rico Cardoso, além do empresário
para comprar dois aviões. Lourenço Duarte e o malogrado
general João de Matos.

30
Sobre a alegada expulsão da
Por Isabel Dinis Esta segunda-feira, a empresa com um processo de instalação na BestFly do terminal aéreo militar,
realizou o primeiro voo que partiu República do Congo. em Luanda, Pereira refere que “o

A
de Praia para São Vicente, tendo, Os voos em Cabo Verde são asse- que aconteceu foi uma reorganiza-
companhia para esta semana, 30 voos pro- gurados, para já, com uma aeronave ção da estrutura de segurança do
aérea BestFly gramados. “Estamos muito felizes da frota angolana, que foi mobili- aeroporto", que obrigou a novas
assume, a partir com este sinal de confiança que o zada “de forma emergencial” para exigências. "A comunicação social
desta semana, e governo de Cabo Verde deu a uma assegurar a continuidade da cone- angolana só se foca no que é nega-
Voos estão programados para
por um período empresa privada angolana”, exulta a primeira semana de operação de
xão entre as ilhas, estando prevista a tivo”, criticar Pereira, para quem a
de seis meses, Pereira, explicando que se tratou de energia verde até 2030 aquisição de outros dois aparelhos. empresa que gere “é a mais auditada
a concessão do uma operação montada “em tempo “Já estamos no processo de aquisi- e mais inspeccionada de Angola
serviço público de transporte aéreo recorde e a título emergencial”, já ção de outras duas aeronaves para o na aviação”. “Em todas as audito-
inter-ilhas em Cabo-Verde. que estava prevista uma falha na Para Nuno Pereira, a oportu- mercado de Cabo Verde. E, quando rias e inspecções, passámos com
A intenção é estabelecer-se em conectividade inter-ilhas, a partir nidade representa “a continuidade as duas aeronaves entrarem em ser- distinção. Somos a única empresa
definitivo neste país, enquanto enti- desta segunda-feira. da estratégia de internacionaliza- viço, a de Angola regressa à base angolana autorizada a voar com as
dade de direito de Cabo Verde, Os voos entre as ilhas em Cabo ção da empresa”, iniciada em 2017, para o trabalho que fazia no país.” cinco petrolíferas que operam no
segundo declarou, ao VALOR, Verde corriam o risco de ficar sus- com a presença no Dubai (Emira- país através de inspecções rigoro-
Nuno Pereira, director executivo pensos, com a TICV, única empresa dos Árabes Unidos), e que inclui BESTFLY DESMENTE sas que eles fazem”, garante, assu-
do grupo, que admite a possibili- que assegurava as ligações, a não outros dois países. Em Portugal, NOTÍCIAS SOBRE mindo planos para a aquisição de
dade de renovação da concessão disponibilizar bilhetes para qual- o grupo comprou uma empresa AIRCONNECTION dois helicópteros novos de uma
por mais seis meses. quer destino há várias semanas. de assistência e prossegue agora A BestFly integrava o consórcio fabricante italiana.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 13
O BNA CONCLUIU recentemente o processo de adesão ao
Código Global de Conduta para o Mercado Cambial, desig-
nado na sigla inglesa, FX Global Code. O Banco Central justi-
fica a adesão coma intenção de promover um mercado robusto,
equitativo, líquido, aberto e suficientemente transparente.

REGULADOR É QUE ATRIBUI LICENÇA

Unitel à
espera do
INACOM
para
operar
em 5G
TELECOMUNICAÇÕES. Operadora
argumenta que atribuição de licença é
condição primeira para a concretização
de investimentos.Consultas ocorrem com
o regulador, mas ministro afirma que
processo está dependente das empresas.

Por Guilherme Francisco cionamento oficial que passe pelo Antecipando que a implemen- as vias de acesso e a falta de energia Para 2022, a operadora espera
leilão das licenças. tação da tecnologia deverá ser de em várias localidades. Dos 44 dis- estabelecer parcerias com insti-

A
O director-geral da Unitel apon- forma gradual, a começar pelas tritos existentes, não há cobertura tuições bancárias e implementar
maior operadora tou consultas com o Inacom, desta- zonas urbanas que dispõem de pólos de rede no Baia (em Viana) e na outras funções, como a compra de
de telefonia do cando que a atribuição da frequência industriais, Miguel Geraldes apon- Bela Vista (Icolo e Bengo), ambas bens e serviços a retalhistas, lojis-
país está somente é condição necessária para a reali- tou Luanda, Cabinda, Benguela e regiões de Luanda. No entanto, a tas e a taxistas.
à espera do ‘sinal zação do investimento. “Não temos Huíla como as províncias prioritá- empresa augura, este ano, efecti-
verde’ do Insti- investimentos concretizados. Esta- rias. A efectivação do 5G, segundo var a cobertura, passando a repre- PREÇOS DO EXTERIOR
tuto Nacional de mos em consulta com Inacom que se prevê, deverá proporcionar mais sentar um aumento dos actuais 14 As ligações de países como a
Telecomunicações tem de emitir a frequência de rádio. velocidade na internet, reduzir cus- mil quilómetros. África do Sul, Moçambique e
(Inacom) para começar a operar em Não podemos fazer investimento tos com o conceito de network, e Até ao fim do ano, a Unitel pre- Nigéria custam o equivalente
5G, segundo o seu director-geral, sem saber a frequência que vamos permitir poupança no consumo de tende ainda disponibilizar o ser- a 195,43 kwanzas por cada 60
durante um workshop sobre a tec- usar”, fundamentou Geraldes, no energia nos smartphones, além de viço de transferência monetária, o segundos. Já quem está na Europa
nologia promovido pela empresa, mesmo dia em que o minstro das revolucionar o sector económico. ‘mobile money’, através da Unitel e no Médio Oriente paga 434,29
esta segunda-feira. Telecomunicações, Tecnologias de Noutro ângulo, a Unitel reclama Serviços de Pagamentos Móveis, kwanzas por minuto; das Améri-
Miguel Geraldes sublinhou, Informação e Comunicação Social, dos “elevados custos” na manutenção empresa em que é accionista maio- cas fica por 510, 29 kwanzas e da
no entanto, que o regulador esta- Manuel Homem, atribuía, entretanto, dos equipamentos, fruto da desvalo- ritária. Esta, segundo Miguel Geral- Ásia e Pacífico, 510,29 kwanzas.
ria mais próximo de viabilizar a às empresas a responsabilidade para rização do kwanza. José Mavungo, des, vai facilitar a transferência de O mais caro fica para quem está
tecnologia, sendo que a empresa o arranque da tecnologia, em decla- director de operação e supervisão, dinheiro e compra de recarga atra- a bordo de aeronaves e navios,
continua a aguardar por um posi- rações ao ‘Jornal de Angola’. enumera outras dificuldades como vés do telemóvel. 1.058,57 kwanzas.
14 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

DE JURE
MINISTRO DA JUSTIÇA DIREITOS HUMANOS GARANTE

Angola de olhos na
prevenção de crimes
LEGISLAÇÃO. Diploma visa optimizar quadro da organização e funcionamento
da Provedoria de Justiça, conferindo-lhe independência, recursos e capacidade para
prossecução das atribuições institucionais.

NO UÍGE
Francisco Queiroz,
ministro da
Justiça e dos
Direitos Humanos
Ex-director
condenado a
três anos de
prisão
Mário Mujetes © VE

O antigo director do Comér-


cio, Hotelaria e Turismo do
Uíge, Busseke Mansony, foi
condenado, esta segunda-
-feira, pelo tribunal provincial
a pena de três anos de prisão,
pelos crimes de peculato e fal-
sificação de documentos.
Foi igualmente conde-
nado a pagar 400 mil kwan-
zas de taxa de justiça, a
devolver mais de 7,8 milhões
de kwanzas e a indemni-
zar o Estado na quantia de 1
milhão de kwanzas.
Por Redacção legislativas, administrativas e novos Códigos Penal e de Pro- nacionais de cooperação judi- O tribunal condenou tam-
políticas para enfrentar o fenó- cesso Penal, sobre a Prevenção e ciária com diversos Estados, bém o empresário Eugénio
meno global do crime, com vista Combate ao Branqueamento de em matérias penal e cível, com Ferraz a dois anos de prisão
ao fortalecimento do Estado Capitais e Financiamento ao Ter- vista à maior eficácia na preven- por cumplicidade nos cri-

A
Democrático e de Direito. rorismo, contra a Proliferação de ção do crime e a justiça penal. mes, e a pagar mais de 769 mil
ministro valorizou o fórum, enquanto Armas de Destruição em Massa, kwanzas de que se apropriou
da Just iça e momento de troca de conheci- sobre a utilização e formaliza- DIREITOS injustamente, indemnizar o
dos Direitos mentos, experiências e informa- ção da prova obtida por meio HUMANOS NAS ESCOLAS Estado no valor de um milhão
Hu ma nos, ções entre vários países. Para o de Videovigilância, de Acções Pelo menos, 15 acordos estão de kwanzas e pagar uma taxa
Francisco mundo global de hoje, disse, o Encobertas e de Escutas, sobre rubricados com instituições do de justiça de 400 mil kwanzas.
Queiroz diálogo multilateral tem grande a Protecção da Vítima, da Tes- ensino superior para que sejam Quanto aos crimes de
garante que relevância para o desenvolvi- temunha e de Arguidos Colabo- integrados conteúdos de direi- associação criminosa, o juiz
vai continuar a promover a coo- mento de estratégias nacionais radores, entre outra legislação. tos humanos nos programas e Mário dos Prazeres absolveu
peração internacional e a justiça e internacionais e para a cria- Dada a “complexidade” dos currículos académicos. o ex-director do Comércio,
penal em Angola, assim como ção de mecanismos de preven- crimes, Queiroz recordou que Neste momento, está em Hotelaria e Turismo, num jul-
implementar políticas e estraté- ção do crime e a justiça penal. foi solicitado o apoio de países curso um trabalho com o Ins- gamento que teve início a 12
gias para a prevenção do crime. De acordo com Francisco e organizações internacionais tituto Nacional de Investigação Março deste ano. A advogada
O dirigente, que participava, Queiroz, o Governo tem regis- especializadas como o Escri- e Desenvolvimento da Educação de defesa do antigo direc-
por videoconferência, na 30.ª tado “avanços substanciais” tório das Nações Unidas sobre (Inide), para a incorporação de tor, Edna Bambi, disse, entre-
sessão da Comissão sobre Pre- face às mudanças ocorridas na Droga e Crime (UNODC), um informação sobre o direito, a tanto, que vai recorrer da
venção do Crime e Justiça Penal, organização do Sistema de Jus- passo que se assume indispen- justiça e os direitos humanos, sentença, por considerar que
garantiu também “total empe- tiça, destacando, entre as leis sável por Angola ter assinado, no âmbito do projecto de revi- o seu constituinte é inocente.
nho” na aprovação de medidas aprovadas até ao momento, os nos últimos anos, acordos inter- são curricular,
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 15

Gestão
CASAL GATES SEPARA-SE

Divórcios
multibilionários
PARTILHA DE RIQUEZA. Um dos casais mais ricos do mundo, Bill e Melinda Gates, vai divorciar-se, e com uma fortuna de
perto de 150 mil milhões de dólares, a atenção dos media está voltada para o valor do acordo que vai selar o fim
do casamento de mais de duas décadas e meia, provavelmente um record do top dos divórcios mais caros do mundo.

Por Redacção de casamento, o acordo custou 1,2


Bill e Melinda
Gates estão
mil milhões de dólares ao execu-
tivo da Fórmula 1.

M
casados há 27
anos 5. Steve e Elaine Wynn: um
elinda casal repetente que já se tinha sepa-
Gates, aos rado depois de 23 anos juntos que
56 a nos, se voltou a casar em 1991 para se
filantropa, divorciar nove anos depois, sepa-
ex-gestora rou-se em 2010 com um custo de
da Micro- mil milhões de dólares mais 741
soft, pre- milhões em acções do negócio de
s e n ç a casinos em Las Vegas.
constante das listas de mulheres 6. Harold Hamm e Sue Arnall:
mais poderosas do mundo, com um cheque de 975 milhões de
uma fortuna avaliada em mais de dólares assinado pelo magnata
dois biliões de dólares, e casada dos petróleos pôs fim ao divórcio
com o quarto homem mais rico em 2014, mas Arnall só deposi-
do mundo, deu entrada, no início tou um ano mais tarde depois de
deste mês, do pedido de divórcio lutar para receber mais.
que sela a separação de Bill Gates, 7. Adnam e Soraya Khasho-
ao fim de 27 anos de casamento. ggi: o bilionário saudita pagou
Tudo aponta para que venha a 874 milhões para se divorciar
ser este o divórcio mais caro do em 1982.
mundo, que, assinado de comum 8. Dmitry e Elena Rybolovlev:
acordo, poderá custar ao funda- “Irremediavelmente que- OS OUTROS NOVE em arte, ao fim de 21 anos de casa- o casamento de 26 anos acabou
dor da Microsoft metade da for- brado” é como o casamento é DIVÓRCIOS MAIS mento, custou-lhe 2,5 mil milhões em 2008 com um juiz a ordenar
tuna combinada do casal que descrito no documento assinado CAROS EM REGISTO de dólares mais 100 milhões anuais o pagamento 4,5 mil milhões de
anda estimada em cerca de 146 e, nos últimos dias têm ressur- durante 13 anos, chegando a um dólares que foi reduzido para 600
mil milhões de dólares. gido, notícias sobre casos amo- 1. Jeff Bezos e Mackenzie Scott: total de 3,8 mil milhões de dólares. milhões depois de negociações.
Sendo que a família reside rosos que o multibilionário terá 38 mil milhões de dólares pagos 3. Rupert Murdoch e Anna 9. Craig e Wendy McCaw:
em Washington e que a lei deter- tido dentro da empresa, acusa- por Bezos, o homem mais rico do Mann: 1,7 mil milhões de dólares em 1998, o casal separou-se com
mina que todos os bens adquiri- ções de assédio sexual desajei- mundo com 197 mil milhões de é quanto terá custado ao bilioná- um custo de 460 milhões pago
dos depois do casamento sejam tado e sobre ligações entre o Bill dólares, a Scott em 2019, puseram rio investidor em media o divór- por Craig à mulher que ajudou a
divididos igualmente pelo casal, Gates e Jeffrey Epstein, que foi fim a um casamento de 26 anos. cio ao fim de 30 anos, em 1998. criar a empresa que a rede AT&T
o divórcio poderá custar 73 mil acusado de tráfico de meninas 2. Alec e Jocelyn Wildenstein: 4. Bernie Ecclestone e Slavica comprou mais tarde por 11,5 mil
milhões de dólares a Bill Gates. para exploração sexual. em 1999, o divórcio do negociador Radic: em 2009, ao fim de 25 anos milhões de dólares.

1 2 3 4 5
16 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

(In)formalizando
DEFENDEM ESPECIALISTAS tério, escreve, deverão estar sujei-

Implementação
tas a imposto as empresas digitais
que tenham uma presença digi-
tal relevante. “Sendo assim consi-
deradas aquelas que excedam, por
exemplo, 100 milhões de kwanzas
de rendimentos anuais, que tenham

do imposto digital
celebrado mais de mil contratos
empresariais de serviços digitais ou
que excedam 10 mil utilizadores”,
sugere. No caso do segundo crité-
rio (o que tributar), propõe que serão
relevantes “os rendimentos criados

"é urgente"
pela venda de espaço publicitário
online, ou os provenientes de plata-
formas de comércio electrónico ou
aqueles que são gerados pela venda
de dados dos utilizadores, como são
as aplicações para telefones e tablets
para um conjunto variado de ser-
viços: entrega de bens alimentares,
TRIBUTAÇÃO. Dois economistas e um jurista entendem ser tempo de o Estado revolucionar o mercadorias de pequeno porte, ser-
fisco, com a cobrança de impostos aos negócios no digital. Empreendedores não concordam e viço de táxi.”

alertam para o contexto económico e falta de condições. Em África, há exemplos pioneiros entre EMPREENDEDORES
os quais o Quénia e o quase vizinho Zimbábue. DISCORDAM
O empreendedor Daniel Pires, CEO
da Tussole, cujos serviços estão 70%
no digital, discorda dos especialis-
Por Guilherme Francisco

©
tas, argumentando que o momento
“não é adequado” para a implemen-

C
tação do imposto. “Serviços digitais
om a transição são a forma mais rápida que a juven-
aceler ad a do tude encontrou para se virar na vida
paradigma tra- hoje, consegue fazer os seus peque-
dicional para o nos trabalhos e ajeitar-se. O Governo
digital, em parte devia preocupar-se em dar oportu-
pela pandemia da nidades a esses jovens, como eu, de
covid-19, levan- crescer, criar estrutura e daí pensar
tou-se o debate sobre a tributação noutras responsabilidades”, defende.
de vários negócios do novo universo Matias Daniel, também empreen-
que escapam da fiscalidade dos paí- dedor digital, considera o momento
ses e, em Angola, vários especialistas “inoportuno” pelo facto de não estar
alertam para a “urgência”na concre- reunido um conjunto de condições,
tização de uma “revolução tributá- que vão desde o “bom sinal de inter-
Empreendedores
ria” que defina e delimite as novas contrariam net à legislação digital”.
formas de riquezas, até agora não especialistas Segundo um relatório sobre a
regulamentadas. evasão fiscal, divulgado pela orga-
Para o jurista Elton Adonias, nização não-governamental britâ-
a autoridade tributária deve estar do imposto digital permitirá uma intermediação digital que facilitem a nova era digital aplicada à tributa- nica Action Aid International, 12
atenta ao “grande avanço” que as “concorrência equitativa” entre as venda de bens e serviços. “Nesta ver- ção, que é a forma mais moderna de países da África subsariana per-
empresas digitais têm dado no mer- empresas digitais e tradicionais, por- tente, aplica-se o princípio da tribu- as empresas conseguirem financiar dem até 2,3 mil milhões de euros
cado angolano. “Actualmente, em quanto o comércio electrónico gera tação nas receitas e a não tributação o Estado”, assinala. em receitas fiscais do Facebook,
Angola, a maneira mais fácil de fugir rendimento que constitui garantia nos lucros. Mediante este princípio, O também fundador e CEO da Microsoft e Google.
da tributação é criar empresas digi- da existência de capacidade con- que é muito recorrente na tributa- startup de venda de produtos agrí- No sentido de contornar a actual
tais, por não termos leis que regulem tributiva. Pelo que, considera exis- ção digital, o Estado angolano pode cola, Field Right, defende ser “fun- realidade, este ano, o Quénia pas-
a tributação de empresas digitais. As tir injustiça tributária e recomenda tributar empresas digitais sem a sua damental” para se manter certa sou a cobrar às empresas digitais,
regras tributárias foram feitas para reformas urgentes. “O Estado ango- presença física em Angola”, defende. estabilidade na arrecadação tribu- independentemente da sede, 1,5%
serem aplicadas às empresas com lano deve fazer uma reforma pontual O economista Alexandre Sér- tária, mas adverte ser um processo de impostos, e prevê até ao pró-
presença física em Angola. Com no sistema tributário das empre- gio Manganda, por sua vez, consi- que demora. “Não é uma coisa que ximo mês arrecadar 37,8 milhões
o aparecimento de novas tecnolo- sas, criando vários critérios, entre dera que, antes da implementação, se implemente da noite para o dia, de euros. O Zimbábue é outro país
gias e modelos empresariais, têm os quais, o critério ‘user value crea- é necessário que o Estado estude as deve ser analisada com cuidado e africano que também optou por esse
surgido empresas que não têm pre- tion’, verificação das transacções “hipóteses factíveis”, porque, se “não tem de ser feita de uma maneira tipo de imposto.
sença física, mas têm lucros eleva- financeiras, obrigatoriedade infor- houver um estudo profundo, pode bem planeada”, insiste. Embora de forma lenta, a Orga-
dos no nosso mercado. Esta lacuna mativa, impostos digitais sobre os gerar distorções económicas” com Já para o economista Daniel nização para a Cooperação e Desen-
regulamentar tem demonstrado que serviços digitais”, propõe. E avança impacto negativo na inflação. “Faz Sapateiro, há dois critérios que volvimento Económico (OCDE)
o sistema tributário angolano está alguns serviços digitais a serem tri- sentido pensar numa forma de tri- podem mudar o paradigma tradi- trabalha num projecto de fiscali-
desactualizado”, observa. butados, como é o caso da publici- butação que quebre paradigmas. O cional de tributação: onde e o que dade uniforme, a ser subscrito por
Para o jurista, a regulamentação dade direccionada e actividades de imposto digital seria o reflexo dessa tributar. Quanto ao primeiro cri- 134 países.
Valor económico 248x315cm.pdf 1 21/04/21 12:58

CM

MY

CY

CMY

K
18 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Opiniões
A Iniciativa
"Cinturão e Rota" do
PCCh e a África
Gong Tao, quiser ser rico, deve construir estra-
Embaixador das antes". A construção conjunta
Chinês China-África e China-Angola da
“Cinturão e Rota” aumentará signifi-
cativamente o nível de liberalização
e facilitação do comércio e do inves-
timento em África e promoverá o
desenvolvimento económico e social

6
da África. O Fórum de Cooperação
00 anos atrás, o China-África, estabelecido em 2000,
famoso navega- tem sido a plataforma importante
dor chinês Zheng para o desenvolvimento das relações
He liderou uma China-África, definindo a direção
enorme frota e para a China-África desenvolver uma
visitou muitos nova parceria estável, igualitária e
países africanos mutuamente benéfica a longo prazo.
antigos, inclusive o Quênia por várias É a primeira plataforma de diálogo
vezes, carregando uma grande quan- institucional criada pela China e o
tidade de ouro, prata, seda, porce- primeiro mecanismo de cooperação
lana e chá para fazer negócio justo e para um continente total. Através do
©
igual com os africanos em troca de Fórum de Cooperação China-África
especialidades locais. A justiça e a e da "Cinturão e Rota", o volume de
complementaridade promoveram o 12,4 mil comboios de carga circula- e telecomunicações que a China comércio China-África saltou de
desenvolvimento do comércio marí- ram entre a China e Europa, carre- A China assinou tem participado. Eles não só pres- 10.6 mil milhões de USD em 2000
timo sino-africano. A integração da
África Oriental no sistema comercial
gando 1.135 milhão de contentores
e cobrindo 90 cidades em 20 países
mais de 200 tam assistência ao desenvolvimento
da economia e da sociedade ango-
para 204.19 mil milhões de USD em
2018, um aumento de 20 vezes. A
da Rota da Seda Marítima impul- europeus. Outro exemplo é o Cor- documentos de lana, mas também ajuda Angola a China manteve campeão comercial
sionou o desenvolvimento do trans- redor Econômico China-Paquis- aproveitar as suas vantagens geográ- da África por 11 anos consecutivos.
porte marítimo e do comércio entre tão, incluindo o Porto de Gwadar, cooperação para essa ficas com o fim de construir o elo Nos últimos 20 anos, a China aju-
a Ásia e a África. infraestrutura de transporte, ener- iniciativa com 140 entre o interior de África e o mundo. dou a África na construção de mais
Em 2013, o presidente Chi- gia e indústria, o que melhorou a Por exemplo, o comboio “Orgulho de 6 mil km de caminho-de-ferro,
nês Xi Jinping propôs a constru- situação de segurança regional e o países e 31 da África” passa por Angola, RDC, 6 mil km de estradas, 20 portos e
ção conjunta da iniciativa "Cinturão
e Rota". Até hoje, a China assinou
bem-estar do povo local.
A China é o maior país em vias
organizações Zâmbia e Tanzânia. Pela primeira
vez na história, o transporte ferro-
mais de 80 instalações de energia
em grande escala. O investimento
mais de 200 documentos de coo- de desenvolvimento, enquanto a internacionais. viário de passageiros foi utilizado direto da China na África aumen-
peração para essa iniciativa com África é o continente com a maior para ligar os oceanos Atlântico e tou 100 vezes, e as empresas chine-
140 países e 31 organizações inter- concentração de países em desenvol- Índico. Neste "Caminho-de-Ferro sas criaram mais de 4.5 milhões de
nacionais. Angola foi membro do vimento. A cooperação China-África -ferro Tanzânia-Zâmbia. De 2014 a de Dois Oceanos" com 4.300 km empregos aos africanos.
primeiro grupo africano a assinar o tem a base sólida e amplas perspec- 2017, a China construiu o caminho- que cruza o continente africano, Acreditamos que, enraizado
memorando de entendimento sobre tivas. A África é uma das direções -de-ferro Mombasa a Nairobi, ado- o Caminho-de-Ferro de Benguela no solo histórico da antiga Rota da
a construção conjunta da "Cinturão importantes da iniciatvia "Cinturão tando o modelo de gestão de capital, com uma extensão de 1.344 km tem Seda, nas relações duradouras entre
e Rota" com o governo chinês. A e Rota". Já em 1970, a China forne- design, construção, equipamento sido unanimemente elogiado pelos China-África, a cooperação das duar
prática tem demonstrado que a ini- ceu assistência técnica e financeira e operação totalmente da China. passageiros pelas suas boas condi- partes com base na igualdade, res-
ciativa é um mecanismo de coopera- e concretizou a cooperação tripar- É uma ferrovia moderna de bitola ções rodoviárias e confortável expe- peito, benefício mútuo e cooperação
ção econômica estável e sustentável tida China-Tanzânia-Zâmbia. Em padrão com 480 km, com a veloci- riência de passagem. Todos estes são ganha-ganha, a construção conjunta
que pode responder plenamente ao apenas cinco anos concluíu a grande dade de 120 km/h para passageiros projetos da iniciativa chinesa “Cin- da "Cinturão e Rota" certamente fará
impacto negativo da Covid-19. Em linha troncal conectando a África e 80 km/h para carga. 46 mil empre- turão e Rota” para conectar os obje- com que ambas as partes se juntarem
termos de promoção da interco- Oriental, Central e do Sul (de Dar gos foram criados diretamente para tivos de desenvolvimento da África de coração a coração, e construam
nexão na área de infraestrutura, o es Salaam da Tanzânia até Kapirim- a população africana. Em Angola, e a Agenda 2063 da União Africana. uma comunidade mais próxima do
caminho-de-ferro Expresso China- pohi na Zâmbia) , um comprimento existem também muitos projectos A China tem uma experiên- futuro compartilhado China-África
-Europa é um caso típico. Em 2020, total de 1860.5 km do caminho-de- do caminho-de-ferro, rodoviários cia de revitalização económica: "Se e China-Angola.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 ~ Valor Económico 19

Em primeiro lugar, é fundamental que as pessoas


encontrem um conforto na legislação, de forma a se sentirem confiantes
a denunciarem eventuais situações de assédio moral.
~
Mobbing – O monstro
silencioso das
relações laborais
Edivaldo João, económicos ou sexuais ao Colabo- os direitos do trabalhador, que nizações a criarem mecanismos
Consultant EY, rador” (homem ou mulher). Apesar podem ser facilmente “confundi- que visem eliminar manifesta-
People Advisory da definição da OIT, fazer referência dos”. Não existe assim uma clara ções do mobbing. Por lado, o Tri-
Services
ao local de trabalho, devemos enten- menção à temática do assédio moral bunal do Trabalho deve garantir
der o mobbing como sendo um fenó- nas relações laborais, criando con- que todos os processos relaciona-
meno muito mais abrangente, uma dições para que este fenómeno do dos com o assédio moral são devi-
vez que também inclui eventos que mal se prolifere dentro das Orga- damente tratados, e se necessário,
acontecem fora do local de trabalho. nizações. Mais um exemplo onde a com a aplicação de medidas seve-

N
Neste sentido, é mais correcto utili- legislação teima em não se ajustar ras punitivas e correctivas.
os últimos tem- zarmos o conceito de assédio moral às necessidades do mercado, apre- O assédio moral nas relações
pos, temos assis- nas relações laborais, pois acaba por sentando uma inércia agudizada. laborais é um mal que deve ser com-
tido a um “show” ser mais amplo. Em primeiro lugar, é fundamen- batido de todas as formas, pois ele é
de escândalos Além das directrizes da OIT, aos tal que as pessoas encontrem um capaz de trazer danos irreparáveis a
em Hollywood, poucos, o silêncio do mobbing tem conforto na legislação, de forma a nível físico, mental, social e não só
que trouxeram à vindo a ganhar voz dentro do qua- se sentirem confiantes a denuncia- aos colaboradores.
tona e às “telas“ dro legal dos países, que têm vindo rem eventuais situações de assédio Na EY estamos comprometidos
um dos lados mais obscuros e repu- a incluir a questão do mobbing nas moral. Em segundo lugar é crítico com o nosso propósito de apoiar
diáveis das relações laborais, o mob- suas legislações internas. que as Organizações desenvolvam os nossos parceiros e a sociedade
bing, ou, simplesmente, assédio Em Angola, a legislação é omissa mecanismos que visem eliminar na criação de um ambiente melhor
moral no trabalho. relativamente à questão do assé- manifestações de assédio moral nas de negócios, onde não há espaço
O assédio moral não deve ser dio moral nas relações de traba- relações de trabalho. Aqui, as áreas para o mobbing. Desenvolvemos
confundido com o assédio sexual, lho, ao contrário de outros países Jurídicas, de Compliance e de Ges- uma abordagem assente em quatro
apesar deste ser uma das manifes- como Portugal e Brasil, por exem- tão de Recursos Humanos devem pilares: a criação de um código de
tações mais recorrentes, conheci- plo, onde o assédio moral é consi- ter um papel activo. conduta que visa alinhar os compor-
das e reprováveis do assédio moral. derado crime. Com excepção de No contexto angolano, existem tamentos dos colaboradores com os
A Organização Internacional alguns artigos da Constituição da duas entidades que devem estar valores da Organização, a criação e
do Trabalho (2019), OIT, refere que República Angolana, que fazem na linha da frente na luta contra disponibilização de mecanismos de
o assédio moral no local do traba- referência aos direitos e à digni- o mobbing, são elas a Inspecção denúncias para eventuais situações
lho pode ser entendido como “um dade / integridade do Cidadão e Geral do Trabalho (IGT) e o Tri- de mobbing, a definição da estrutura
conjunto de comportamentos e prá- do Código Penal que faz referên- bunal do Trabalho. Enquanto res- de reporte e investigação dos casos
ticas inaceitáveis, isoladas ou con- cia ao assédio sexual, a Legislação ponsável por fiscalizar as condições de mobbing e o awareness e forma-
tinuadas, que têm como objectivo Geral do Trabalho Angolana, apre- de trabalho no território nacional, ção sobre o mobbing e os seus efei-
causar danos físicos, psicológicos, senta apenas alguns artigos sobre o IGT deve criar e apoiar as Orga- tos nas relações laborais.
©
20 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Opiniões
lectual e interventiva que têm

E agora pergunto eu...


para apontar caminhos diferentes,
melhores. Fazem isso em busca de
estabilidade pessoal, às vezes, só de
paz, porque naturalmente criticar
implica arriscar a colecta de ini-
migos da liberdade de expressão e
da capacidade de pensar pela pró-
pria cabeça, particularmente numa
Geralda Embaló ambiente à volta... é que a olhos vis- sociedade em que as vinganças pes-
©

Directora-Geral tos o país tem piorado. A inflação soais tomam primazia sobre o inte-
Adjunta que é dos indicadores que melhor resse público e do país, e em que se
radiografam o que vai na base da tornou comum vermos referên-
economia subiu 24,82% nos últimos cias do conhecimento em diferen-
12 meses devido à perda de valor tes áreas completamente abafadas
do kwanza e ao aumento dos pre- e bloqueadas porque algum chefe,
ços generalizado, mas sobretudo na frequentemente muito menos capa-

A
alimentação, que dizem os nossos citado, assim ditou.
s notícias a mar- governantes já termos condições de E há também responsabilidades
carem a actua- produzir para substituir as impor- partilhadas com a própria oposi-
lidade desta tações... Há piadas... Angola caiu ção que vive se queixando, mas que
semana em do terceiro para o oitavo lugar das não tinha feito até agora um traba-
Angola anda- economias africanas ao cabo de lho condigno a apresentar-se como
ram muito em cinco anos de crescimento negativo verdadeira alternativa. Uma alter-
torno da saúde, e, sobretudo, da segundo uma consultora que ela- nativa que traga oxigénio ao pano-
falta dela. bora estudos com dados dos ban- rama político e social, que ponha
O deputado Raul Danda per- cos centrais e INE. de lado o passado e ultrapasse as
deu a vida e as perguntas toca- Voltando à saúde, os casos de querelas pessoais para pensar país.
ram nesse tema questionando até covid aumentaram, as medidas Pode ser que isso mude com a
que ponto a falta de um sistema de apertaram, soluções essas é que nova plataforma política que junta
saúde funcional o poderia ter aju- falharam... Os transportes colecti- três pesos pesados da oposição, e
dado a tempo de evitar a morte que vos continuam a amontoar gente de que têm um ano para demonstrar
é mais uma perda de peso a nível do forma absolutamente escandalosa ao que vem, e que é capaz de se des-
panorama político nacional. Até que em tempo de pandemia, enquanto o pir dos partidarismos para traba-
ponto poderia ter sinalizado mais Governo exige um distanciamento lhar para construir uma Angola
cedo algum problema ou ter dado social impraticável. Os hospitais, feita de instituições fortes em vez
uma assistência mais emergencial linha da frente do combate à pan- de feita de homens fortes. Que seja
que sabemos ser fundamental para demia, são aquela miséria que os capaz de pôr a trabalhar lado a
salvar vidas. Em Angola, esperar vídeos e fotos online mostram, gente ladoopositores políticos, incluindo
uma ambulância com pessoal trei- amontoada nos corredores, macas mesmo alguns actualmente parte
nado e cuidados de emergência a divididas entre três pacientes cada do aparelho de Estado e por isso
tempo e horas é quase matéria de uma, as doenças, sobretudo diar- responsabilidade de governantes parte do problema, mas também
sonho e necessitar de qualquer tipo
de socorro de saúde urgente maté-
reicas tapadas pelo Governo com
a peneira da vergonha pela falta de
As notícias a incompetentes.
Da mesma forma que os direc-
instrumentais para o desenvolvi-
mento dessas instituições fortes.É
ria de pesadelo. As teorias sobre a saneamento e recolha de lixo que marcarem a tores dos hospitais expostos online preciso que qualquer alternativa
morte do deputado poder ter mão chegaram a níveis incomportáveis. foram despedidos sem serem os seja capaz de unificar em vez de
criminosa não levam em conta “Temos de esclarecer que não actualidade desta culpados únicos pela miséria pala- dividir e assim fazer mais pelo
que a falta aberrante da saúde no há cólera” – diz a ministra, - ok - semana em ciana que corrói as unidades que país. Têm todos muito que pro-
país é meio caminho andado para mas há certamente qualquer coisa dirigiam (provavelmente foram var como temos nós, eu e o que-
se morrer com qualquer situação que mata bastante a reduzir ainda Angola andaram despedidos mais porque deixaram rido leitor. Na semana que passou
que num país desenvolvido seria
tratada com normalidade ou nem
mais a capacidade hospitalar que
já era pouca. Quando ouvimos os
muito em torno da sair imagens do que por lá acontece)
também a ministra não é responsá-
neste espaço por escrito fiz refe-
rência a uma campanha que está a
aconteceria de todo. hospitais estão à beira do colapso saúde, e, sobretudo vel única ou última do estado des- decorrer para acudir à fome no sul
Também o PR colocou a saúde a pergunta óbvia é e agora per- graçado do sistema de saúde. Pela do país, procure a página do Face-
na agenda mediática quando foi apa- gunto eu... não colapsaram já há
da falta dela. mesma ordem de ideias também o book S.O.S Angola Sul voluntários
nhar a vacina contra a covid (que muito tempo? governo e o presidente não podem anónimos, um grupo feito de pes-
esta semana já matou cerca de duas Naturalmente que a culpa não ser responsáveis únicos e últimos soas que querem ajudar sem pre-
dezenas de pessoas no país) para pre- é da ministra, que herdou um sis- redores da morte dos hospitais, as pela desgraça da nossa economia, cisar de aparecer nas fotografias,
caver a sua saúde, mas certamente tema falhado e que enfrenta ‘doen- doenças diarreicas pioradas subs- apesar das decisões e prioridades e apoie essa iniciativa ou as outras
mais para dar o exemplo aos ango- ças Golias’. Mas tapar o sol com a tancialmente pela irresponsabili- erradas que tão frequentemente que de norte a sul fazem recolhas
lanos. Pergunto-me se não daria peneira, fingir que o sistema de dade criminosa com o saneamento demonstram. para acudir à calamidade que é bem
jeito também uma vacina antirrá- saúde é tão pouco digno desse nome, e a saúde pública, é insustentável. Há uma responsabilidade de mais grave do que o covid, uma
bica e de preferência que prevenisse dar primazia à covid porque está Este estado de colapso, que infe- alguma forma partilhada que calamidade feita de fome. Temos
os ímpetos revanchistas que preju- na moda e estar na moda implica lizmente não se limita ao sistema de importa reconhecer para possibi- essa responsabilidade e a do voto.
dicam a governação fazendo-a ficar contratos, compras de vacinas, saúde e se estende ao conjunto dos litar mudar o quadro de miséria. Com consciência das responsa-
cega, tão mais focada em castigar construção de alas covid-19, sub- factores e sectores que ditam a qua- Uma responsabilidade partilhada bilidades partilhadas e esperança
inimigos do que em transformar sídios internacionais e etc., e com lidade de vida de uma nação, esse por aqueles que sendo mais escla- em dias melhores, querido ouvinte,
o país para melhor. E que é conta- tudo isso tentar esconder o que vai estado de colapso é tão flagrante,tão recidos “não descem do muro”e marcamos encontro aqui e na sua
giosa a ponto de inquinar todo o matando todos os dias naqueles cor- visível que não já pode ser só da não usam a sua capacidade inte- Rádio Essencial às sextas-feiras.
VALORECONOMICO_QUALIDADE_248x315mm.indd 1 13/05/21 10:52
22 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Jornal Valor Económico Regista-te


Visite o site www.valoreconomico.co.ao

Facebook/Comentários
Lourenco Manuel
Perdeu rede, num tá dá conta do recado, nem respeita as leis de orçamento.
Humhum, marimbondo a vista

Reginaldo Regi'mour
Lobo disfarçado de ovelha.

Claudio Costa
Quando perseguem a pessoa, que estava a dar emprego no país... O que
esperam?

Nelo CF
Também quero uma fatia desse bolo fora do OGE.

Antónia Trindade
Edição 258 Likes 638 Partilhas 96 Tendência é piorar

A capa da ultima edição Valdemiro Pascoal


Gravíssimo
do Valor Económico que
dava destaque à
António Santos
aprovação pelo "Não é verdade"... O desemprego já existia antes do combate. O que se deu foi
Presidente da República apenas a continuidade
de pelo menos 2,8 mil
Michel Alfonso
milhões de USD não Naquele apartado que diz Pandemia derruba 51% de empregos em Angola.
previstos no OGE, ao Correição não foi a Pandemia, foi a AGT com a intolerância de cobrar impostos
mesmo sabendo que as empresas estão a trabalhar a 50% da sua mão de obra
corte de subsídios na e do seu tempo laboral.
TAAG e à entrevista a
Maurício Nguelessi, Joao Fortunato Fortunato
Taag corta até 100% nos subsídios... Cool Só falta a AGT reduzir.
economista que afirma
que “o combate brindou-
Joao de Abreu
nos com o desemprego” E ninguém pode fiscalizar a atuação do titular... E o marimbondo era o outro
alcançou mais de 35 mil
Para internautas no Facebook
receber o e mais de 3300
Bob Dilla
Vejam só esses incompetentes do MPLA...João Lourenço é um ditador, rancoroso
VALOR todas as interacções entre e incompetente, digo mais, é uma fraude total...
semanas, basta comentários partilhas e Benjamim Castello
enviar emoções. Novos tempos, velhos vícios. É fácil criticar. Mas, é difícil fazer melhor. Diz um
velho adágio bantu.
o seu e-mail para
Nelson Chivanja
941784791 / 2 Aprovou tantos milhões mas a fome só aumentou...

Калушо Ниростоь Манженже


Eu não sei de que tamanho é o cérebro daqueles que dizem que com a politica
do cota 333 a vida dos Angolas vai melhorar daqui mais alguns poucos anos.

José Rui de Carvalho


Angolano e incapaz de governar este país
Contribua
para manter Os comentários são selecio-
o jornalismo de nados segundo critérios que
Paulo Neto
Uma das bancadas parlamentares deveriam tomar iniciativa legislativa para
qualidade. visam reflectir a diversidade e limitar o nível de endividamento e de despesas fora do OGE. O OGE é lei se não é
qualidade de opiniões sobre cumprida é um problema.
GEM Angola Global os temas do Valor Económico.
Sandra Barroso
Media, Lda Gralhas e discussões pes-
Paulo Neto diga lá como é k a oposição com minoria poderia fazer isso?
soalizadas são editadas para O presidente é k se fosse uma pessoa honesta, assumia não ter capacidade de
Iban: publicação. governação e fazia eleições antecipadas
0051 0000 7172 Nelson Chivanja
9933 1512 7 Leia na íntegra em
www.valoreconomico.co.ao Paulo Neto é impossível se o MPLA tiver sempre com maioria absoluta...
unda-feira 28 de Maio 2018 Valor Económico 17

96.1 fm

96.1 fm

1.indd 17 25/05/18 21
24 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Covid-19
SPUTNIK V

PR
vacinado 2
meses
depois da
suposta
vacina no
Dubai
O Presidente João Lourenço foi ao país por intermédio do pro-
vacinado contra a covid-19, no grama Covax, administrado
Complexo Paz Flor, tendo-lhe pelas Nações Unidas.
PORTUGAL sido administrada a vacina russa Estavam previstas oito sema-
Sputnik V. O acto aconteceu na nas para a primeira fase da cam-

Estudo quinta-feira, 13, cerca de dois


meses depois das informações
que davam conta de Lourenço
panha. A segundo dose começou
a ser administrada a 3 de Maio,
estando, inicialmente, dispo-

aponta
teria apanhado a primeira dose níveis um milhão de doses da
da vacina contra a covid-19, a vacina da AstraZeneca. EM DIVEROS PAÍSES
15 de Março, no Dubai durante
uma viagem privada. PRIMEIRA-DAMA
OMS ponta
redução de
Na altura, as informações TAMBÉM VACINADA
faziam também referência que
o Presidente teria recebido a
Tal como João Lourenço, a pri-
meira-dama, Ana Dias Lourenço, situação
vacina russa, mas as autorida- também foi vacinada com a dose
preocupante
anticorpos
des não desmentiram nem con- da Sputnik V.
firmaram a informação. Angola Foram ainda vacinados o
iniciou a campanha de vacina- vice-Presidente da República,
ção no princípio de Março com Bornito de Sousa, tal como a sua A Organização Mundial da
600 mil doses da vacina fabri- esposa, e o presidente da Assem- Saúde (OMS) alertou, nesta
Um estudo coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. cada pelo laboratório anglo- bleia Nacional, Fernando da Pie- segunda-feira, que a situa-
Ricardo Jorge (INSA), em Portugal, alerta para a redução de -sueco AstraZeneca, chegadas dade Dias dos Santos. ção em alguns países é ainda
anticorpos contra o vírus SARS-CoV-2 três meses após a infec- “muito preocupante”, apesar
ção e defende a vacinação em pessoas anteriormente infectadas. da redução de casos positi-
Participado por 8.463 pessoas com idades de 1 a 79 vos de covid-19 pela segunda
anos, o levantamento, denominado Inquérito Serológico semana consecutiva.
Nacional Covid-19, foi feito entre 1 de Fevereiro a 31 de O diretor-geral da OMS,
Março de 2021 e alerta que as conclusões devem ser ava- Tedros Adhanom Ghebreye-
liadas em estudos específicos, face à pertinência de moni- sus, disse ainda que há países
torizar a prevalência de anticorpos específicos para o que tiveram bons resultados a
SARS-CoV-2, ao longo do tempo. conter os contágios, mas que
Por outro lado, esta hipótese de decaimento dos anticor- agora estão com um aumento
pos, aponta ainda o estudo, justifica a actual opção de vacinar dramático de casos de infeções
as pessoas previamente infectadas por SARS-CoV-2, apesar de o e mortes. Tedros Adhanom
decaimento de anticorpos ao longo do tempo, e mesmo ausên- falava na habitual videocon-
cia de anticorpos detetáveis, poderem não corresponder a uma ferência de imprensa sobre a
total ausência de protecção, dado o papel da memória imunitá- pandemia da covid-19, trans-
ria e da manutenção de mecanismos de imunidade celular. mitida da sede da organização,
em Genebra, na Suíça.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 25
A ÍNDIA REGISTOU na terça-
-feira novo recorde de mortes
por covid-19 com 4.329 óbitos em
24 horas, elevando para 278 mil
o número de vítimas mortais.

PORTUGAL
EM 24 HORAS
Cinco mil
Angola com novo suspeitas
record de óbitos de reacções
Angola registou, em 24 horas (de domingo,16, para segunda-
adversas à
-feira, 17), um novo recorde de mortes por covid-19, com 18
óbitos, de acordo com os dados apresentados pelo secretário
vacina
de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.
Segundo os dados, morreram 12 homens e seis mulheres Portugal registou 5.665 sus-
com idades que variam entre os 30 e 81 anos, todos angola- peitas de reacções adversas
nos. Luanda liderou as estatísticas com 11 óbitos, seguindo- à vacina contra a covid-19 e
-se a Huíla com quatro e Cabinda com três. houve 35 mortes comunica-
O recorde de mortes em 24 horas supera o registado a 6 das em idosos com várias doen-
de Outubro de 2020, quando foram anunciados 12 óbitos. O ças, não estando, entretanto,
maior registo de 2021 era de nove mortos, anunciados a 10 demonstrada a relação causa-
de Fevereiro e também a 5 de Maio. -efeito, segundo a Autoridade
Franco Mufinda anunciou também 154 novos casos Nacional do Medicamento e
de infecção, 131 dos quais registados em Luanda, 14 no Produtos de Saúde.
Huambo, quatro na Huíla e três no Bié. Benguela e Zaire UNIÃO EUROPEIA De acordo com o último
registaram um caso cada província. As idades variaram relatório da instituição, com
entre os 8 meses e os 83 anos, sendo 92 do sexo masculino e
62 do feminino.
No mesmo período, foram recuperados 12 pacientes com
Portugal, data de 14 de Maio, a maior
parte das recções adversas
(72,9%) está ligada à vacina
idades compreendidas entre os 20 e os 60 anos.
O documento da Direcção Nacional de Saúde Pública terceiro país da Pfizer/BioNtech, com 4129
casos, seguindo-se a da Astra-

com menos
indica ainda que, no período, foram processadas 2.484 Zeneca (Vaxzevria), com 1234,
amostras por RT-PCR, registando-se um cumulativo de e a da Moderna, com 302.
540.918 amostras realizadas desde o surgimento da pande- A instituição sublinha, con-

novos casos
mia. A taxa de positividade é de 5,7%. tudo, que “as reacções adversas
notificadas não têm necessaria-
mente uma relação causal com
a vacina administrada”.
O número médio de novos casos Dinamarca, com uma média de
por SARS-CoV-2 por milhão de 0,12, e Malta, que está em zero.
habitantes em Portugal subiu Segundo a média móvel da
ligeiramente de 32,29 para 36,43, EU para novas mortes diárias,
colocando este país como ter- houve uma descida de 3,73 para
ceiro entre os estados-membros 2,99 e a mundial desceu nos últi-
da União Europeia (EU) com mos sete dias de 1,66 para 1,58.
menos registos. Quanto a novos casos diários, a
O país da União Europeia com média móvel europeia desceu de
mais novos casos diários é a Sué- 185 para 143 e a mundial des-
cia com 414 de média por milhão ceu de 99 para 86.
de habitantes, seguida da Lituânia Fora da Europa, a média diá-
(404), Países Baixos (319), Letó- ria de novas mortes por milhão
nia (304) e Chipre (266). de habitantes atribuídas à covid-
Portugal mantém a média 19 mantém o Uruguai na pior
diária de novas mortes nos últi- situação (13,8), seguindo-se
mos sete dias em 0,21 e é o ter- a Argentina (10,1), Colômbia
ceiro país da União em melhor (9,6), Paraguai (9,3) Peru (9,1)
posição, diz o estudo, atrás da e Brasil (1).

RAKING GLOBAL DE VACINAS O Brasil caiu duas posições e é ção desse ranking e, na última Unidos com 81,79 e o Canadá
o 62.º, enquanto o Reino Unido sexta-feira (14), ocupava a 60.ª com 48,79. A Alemanha ocupa

Brasil cai duas continua a ser o líder do ranking


global de aplicação de doses da
posição. Entre os países que
compõem o G20, grupo das 20
a quarta posição com 47,04,
seguindo-se a Itália (45,34) e

posições, Reino Unido


vacina contra a covid-19 em cada maiores economias do mundo, França (42,81). A Arábia Sau-
100 habitantes, de acordo com os desceu uma posição e está em dita (32,80) está em sétimo
dados de segunda-feira (17). 10.º com 27,37 doses aplicadas a lugar, seguida pela Turquia,

continua a liderar O Brasil, que iniciou a vaci-


nação há exactamente quatro
meses, já esteve na 56ª posi-
cada 100 habitantes.
O Reino Unido lidera com
83,49, seguem-se os Estados
com 30,56 doses da vacina con-
tra a covid-19 aplicadas a cada
100 habitantes.
26 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Marcas & Estilos


AGENDA
LUANDA

21 DE MAIO
Oficina de artes sobre a escrita
de contos negreiros, com Milton
Filho no âmbito do projecto
Sextarte, no CCBA, a partir das
14h00. Inscrições gratuitas e os
interessados devem enviar e-mail
para contactoccba@gmail.com ou
ligar para o 931 732 214.

25 DE MAIO
Conferência online sobre a "Arte
Contemporânea Africana na Idade
da Pandemia", em alusão ao dia
de África. Organização do Museu
de Arte Africana de Belgrado, na
Sérvia, transmitida via online no
canal do Youtube do Color Media
Commuem nications. Às 10h00.
Sonos especiais Poder e força 28 DE MAIO
"Meu Negócio, Minha Experiência
A máscara de dormir da Lacey é Embora sejam projectadas para
- Encontro de Negócios", às
parte de uma cooperação de edição espumante, as taças de champa- 10h00, na Mediateca 28 de
limitada com a magnífica designer de nhe Elevo aceitam todos os tipos de Agosto. Bilhetes a 1000 kwanzas.
bonecas Amanda Fatherazi, famosa bebidas. São pedras preciosas escul- Informações e reservas ligue para
pelas estimadas bonecas bordadas pidas em ágata, pensadas para enco- o 931 148 746.
de forma especial. Tem uma capaci- rajar a calma e a paz. São de cristal e
dade fantástica de incorporar bone- feitas de ametista, que confere poder
cas ao mundo da moda, tendo sido e força.
fundamental para dar vida à musa da
marca Morgan Lane.
LIVROS

REV FLETCHER ainda luta com


demónios do passado. Mas, graças
ao amor dos pais adoptivos, tem
ficado bem. Uma carta do pai
AUTOMÓVEL biológico, porém, traz novamente TURISMO
à tona a memória de uma infância
Para bolsos velozes violenta. Um palácio entre os pinheiros
O Velar leve da Land Rover sempre foi destinado a apresentar um motor A própria sequóia crescente do Savoy fica de sentinela entre o
de alto desempenho, mas quem poderia imaginar que uma nova versão do histórico edifício principal em estilo Art Nouveau do hotel, o
SVAD seria o Range Rover mais rápido de todos os tempos? tipo a que Byron poderia ter dedicado um verso.
Abençoado com um motor V8 de 542 cavalos emprestado do Range Como um lápis de artista erguido para fornecer uma noção
Rover SVR mais pesado, o Velar SVAutobiography Dynamic de aparência de escala, uma conífera imponente emoldura um aspecto que se
escorregadia quebra de barreira de cinco segundos para 60 mph e continua estende desde as margens do Lago de Genebra, afinal, esta é a
acelerando até 176 mph. Existem muitos carros desportivos que vão manter Suíça francófona.
esse desempenho hoje em dia. Com vista para o local está o terraço ensolarado do hotel La
A empresa vendeu muito mais do que o esperado, o que significa que Brasserie du Royal, aqui pode imaginar os antigos patriotas val-
esta nova versão mais lisa nunca esteve em dúvida. De longe o modelo de denses de casacos matinais e calças enquanto saboreia o Lac
aparência mais moderna no estábulo do Range Rover, o Velar SVAD preci- Léman e a couve-flor tostada no restaurante.
sava de ser bom para competir com um monte de rivais sensuais, incluindo DE FORMA QUASE UNÂNIME, ao Os quartos, 196 no total, são tão luxuosos quanto uma cabina
o Alfa Romeo Stelvio Quadrifoglio e o Porsche Macan Turbo. ouvir os termos ‘liberal’, ‘democráti- no Expresso do Oriente, só que mais luxuoso. Aqueles na Savoy
Até mesmo o modelo básico de turbo-diesel de 3,0 litros é um acto de co’ e ‘liberal-democrático’ proferidos Wing têm televisores fixados na parede acima da banheira. Espa-
nos meios político ou jornalístico,
classe numa sombra de mais de 112 mil USD. as pessoas encontram dificuldade
lhafatoso? Há quem diga que sim!
em compreender o seu real signifi-
cado, e acabam por confundi-los.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 27

Educação & Tecnologia


Huawei pede cooperação
mais estreita entre o
sector público-privado para
restaurar a confiança na
tecnologia
PUBLICIDADE. Luanda, 7 de maio de 2021 - O Simpósio de St. Gallen, um encontro anual de líderes actuais
e futuros de todo o mundo, celebrou o seu 50º aniversário este ano. No evento, um total de 1.000 participantes,
provenientes do campus da Universidade de St. Gallen, de um centro internacional em Singapura, de dez embaixadas
suíças ao redor do mundo e de outros lugares online, mantiveram um diálogo intergeracional de três dias.

C
atherine sitivos apresentam conectivi- MEMORIZE deste ano começou em 5 de Maio. nuiu recentemente, sobretudo
Chen, Vice- dade, mais serviços passam a Os participantes do evento entre as gerações mais jovens,
-presidente ser online e mais infraestruturas l Fundada em 1987, a concordaram que a confiança é e tal foi agravado pela pande-
corpora- críticas dependem de trocas de Huawei é fornecedora líder fundamentalmente construída mia COVID-19.
tiva sénior dados em tempo real, os gover- global de infraestrutura e dis- com base na abertura e trans- " Nós, como membros da
e membro nos em todo o mundo devem, positivos inteligentes de tec- parência, e que é hora de tomar geração mais jovem, estamos
do BOD da consequentemente, garantir que nologia da informação e medidas concretas e viáveis para conectados a um número maior
Huawei, discursou na inicia- estejam todos protegidos pelos comunicação (ICT). Temos enfrentar os desafios e riscos de pessoas através das redes
tiva liderada por estudantes na mais altos padrões de segurança. mais de 197.000 funcionários e comuns que surgiram na esteira sociais, mas isso não corres-
manhã de 7 de Maio. Outros Apenas um conjunto comum de operamos em mais de 170 da pandemia COVID-19. ponde a um círculo de pessoas
palestrantes de referência do regras pode garantir um nível países e regiões, atendendo a A confiança pública nas ins- em quem possamos confiar," rei-
sector privado incluem Chris- de segurança que cria confiança mais de três bilhões de pessoas tituições políticas e económi- terou Simon Zulliger, um mem-
tophe Franz, Presidente do BOD na tecnologia," afirmou. em todo o mundo. cas, nas tecnologias emergentes bro da equipa de 35 alunos da
da Roche, Ola Källenius, Pre- O Simpósio de St. Gallen e na comunicação social dimi- Universidade de St. Gallen que
sidente do Conselho de Admi- organizou o simpósio deste ano.
nistração da Daimler, Satya A equipa apresentou a sua
Catherine Chen,
Nadella, CEO da Microsoft, e vice-presidente
opinião de que encontrar manei-
Roshni Nadar Malhotra, CEO corporativa sénior ras de preservar e fortalecer a
da HCL Corporation. e membro do BOD confiança é crucial para uma
Os participantes, dentre os da Huawei recuperação sustentável.
quais também líderes políticos, Chen espera que a próxima
como o Chanceler austríaco geração de líderes construa
Sebastian Kurz, e representantes confiança e molde um mundo
de organizações transnacionais, de conectividade generalizada.
como a Presidente da Iniciativa " Exorto-os a continuar a
Digital Suíça Doris Leuthard, desenvolver relacionamentos
reuniram-se para trocar opi- positivos entre comunidades,
niões sobre o tema do simpó- indivíduos e seus ambientes.
sio deste ano, "Trust Matters", Devemos construir uma forte
algo com o qual a Huawei está confiança na tecnologia, pro-
profundamente comprometida. porcionada por um conjunto
Chen acredita que tal exigirá comum de regras, inovações e
esforços conjuntos de legisla- progresso. Somente então nos
dores, reguladores e do sector podemos comprometer com o
privado. uso sustentável e confiável da
©

"À medida que mais dispo- tecnologia," garantiu.


28 Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

Ambiente
©

AINDA ESTE ANO

Agência quer formalizar


catadores de lixo
RECICLAGEM. Para a concretização do projecto, entidade conta com o apoio do Instituto Nacional de
Emprego e de Formação Profissional (Inefop).

28
Por Redacção mados os catadores de lixo, serão encaminhados para a apontando que a maior parte
numa primeira fase, em maté- formalização da actividade, da produção de resíduos reci-
ria sobre gestão de resíduos, em cooperativa. cláveis na província de Luanda

O
educação ambiental, higiene e Para a responsável, o é óleo de natureza vegetal, que
serviço de segurança no trabalho. acondicionamento dos resí- provêm das cozinhas domésti-
catadores A ANR, para a concreti- duos constitui uma preo- cas e restaurantes.
de resíduos zação do projecto, tem como cupação uma vez que não Três cooperativas que se
Mil litros de óleo são recolhidos mensal-
sólidos base o memorando com o Ins- se tem observado a separa- mente por tres cooperativas
dedicam à reciclagem deste
pode ser tituto Nacional de Emprego e ção do material reciclável do produto, como a Associação
formali- de Formação Profissional (Ine- orgânico, durante a deposi- de Mulheres Ambientalistas,
zado nos fop), assinado em Fevereiro. ção, o que tem criado inúme- MEMORIZE Cooperativa Barra de Sabão e
próximos dias. A iniciativa é O projecto teve início no ros constrangimentos, além Lox Recicla, recolhem, todos
da Agência Nacional de Resí- Huambo, com a formação de da falta de cumprimento da l Dia Internacional da os meses, cerca de 28 mil
duos (ANR) que, para o efeito, catadores de lixo. legislação em vigor sobre as Reciclagem foi celebrado litros de óleo que dão origem
está a desenvolver um projecto Após a formação, ser-lhes- políticas de gestão dos resí- a 17 deste mê. Data foi a 62 mil barras de sabão de
de formação de catadores de -ão atribuídos certificados e, duos tem preocupado a ANR, instituída pela Unesco sabão artesanal.
lixo, com vista à sua valoriza- com o Inefop, no âmbito do uma vez que as entidades e busca estimular uma Angola conta com 148
ção por meio da reciclagem. Plano de Acção de Promoção públicas e instalações que reflexão sobre a impor- empresas de gestão de resí-
O anúncio foi feito pela da Empregabilidade, está pre- definem resíduos não contra- tância de se proceder ao duos e 49 que se dedicam à
presidente do conselho de vista a concessão de créditos, tam operadoras vocacionadas. descarte correcto dos resí- reciclagem de lixo.
administração da ANR, para auxiliar na formação de “Os armazéns, lojas e duos sólidos. O Dia Internacional da
Nelma Caetano, em alusão cooperativas. outras instalações não estabe- Reciclagem foi instituído pela
ao Dia Internacional da Reci- Segundo Nelma Caetano, leceram um contrato com as Unesco e busca estimular uma
clagem que se assinalou esta para já, foram adquiridos os operadoras de gestão de resí- reflexão sobre a importân-
semana, no dia 17. Para já, kits de higiene e segurança no duos, o que é obrigatório por cia de se proceder ao descarte
estão a ser identificados e for- trabalho e, posteriormente, lei”, refere Nelma Caetano, correcto dos resíduos sólidos.
Terça-Feira 18 de Maio 2021 Valor Económico 29
O GOVERNO SÃO-TOMENSE quer legalizar o uso da
cannabis para fins medicinais e está em negociação com inves-
tidores estrangeiros para o cultivo no país, apesar da advertên-
cia sobre os riscos. O ministro da Agricultura, Francisco Ramos,
garante que os benefícios económicos superam os riscos.

BURUTUTU E OMBUNGULULU

Plantas em risco
de extinção Taça
FLORA. Especialista alerta para a hipótese de uma das plantas estar a
ser exportada, sem o controlo devido, e pede medidas urgentes para evitar
Cheia
o seu desaparecimento. Ministério desconhece, entretanto, a situação.

Por Gil Lucamba mercado, suplementos alimen- à disposição do Instituto Nacio-


tares cuja composição química nal de Investigação de Saúde
contém a planta. Nguepe não laudos científicos e publicações

O
descarta, entretanto, a hipótese de estudos sobre as espécies.
Cochlos de os suplementos serem feitos Bengo, Kwanza-Sul, Luanda e
permum em território nacional e ven- Huambo são algumas das pro-
Angolen- didos com rótulo que atribui o víncias que, de acordo com
sis, planta fabrico a Portugal. estudos, possuem a Cochlos-
rara que Alertando para outa espé- permum Angolensis.
se encon- cie em risco, a Ptaeroxylo- Contactado, o Ministério da
tra apenas nobliqum (ombungululu), Cultura, Turismo e Ambiente,
em Angola, vai desaparecer se usada sobretudo como lenha através da directora-geral do
nada for feito pelas autoridades, pelas famílias, Nguepe apela Instituto Nacional de Biodiver-
alerta o especialista em medi- à necessidade de aquisição de sidade e Áreas de Conservação,
cina natural José Nguepe.
Parte integrante da flora
laboratórios e de um melhor
controlo nas fronteiras. “Há
Albertina Nzuzi, referiu não
ter a confirmação de exporta-
Todos os
angolana é considerada “muito
rica”, esta espécie, popular-
uma grande necessidade de
esclarecer o público que essa
ção destas espécies, nem soli-
citações de exportação. E sábados,
mente conhecida por burututu, planta tem propriedades extre- avançou que o Ministério está
está em risco por falta de um
quadro legal de protecção e de
mamente importantes para a
prevenção de doenças e espe-
a fazer um levantamento de
todas as espécies de plantas uti-
às 19:00,
educação das populações.
Em declarações ao VALOR,
cificamente para a hipertensão
arterial e doenças cardiovascu-
lizadas na medicina tradicio-
nal para regulamentar a forma
com
José Nguepe refere que já mani-
festou a preocupação em vários
lares”, referiu.
Director-geral da clínica
de colheita e conservação, para
evitar a sua extinção. Sebastião
fóruns e apontou “alguns indí- Videira Nguepe de Angola e As duas espécies conside-
cios” que o levam a crer que a
espécie esteja a ser exportada,
membro do Conselho Nacional
da Medicina Natural, o especia-
ram-se vulneráveis pelo facto
de a sua exploração estar a
Vemba
particularmente para Portugal, lista em medicina natural disse acontecer em excesso (colheita
como o facto de existirem, no que a clínica que dirige colocou insustentável).

Rádio
Essencial
©
Valor Económico Terça-Feira 18 de Maio 2021

NÚMEROS DA SEMANA RECUOU DA TERCEIRA POSIÇÃO

Angola cai
para a 8º
economia da
África
subsaariana

4
Milhões USD Investimento realizado
pela Fazenda kwanzáfrica, em Malanje,
GESTORES CONSIDERADOS CULPADOS PELA FALÊNCIA
A economia angolana recuou cinco luga-
res no raking das maiores economias da
África subsariana, devido à depreciação do
kwanza e ao crescimento económico nega-
tivo dos últimos cinco anos.
A informação consta do mais recente relató-
para a criação e comercialização de
rio da consultora Focus Economics, que utiliza

Tribunal condena
porcos.
os dados dos bancos centrais e dos institutos
nacionais de estatística dos países desta região.

97,8
Segundo a consultora, a economia ango-

administradores
lana vale agora cerca de 74 mil milhões de
dólares (61,5 mil milhões de euros), cerca de
84% abaixo da Nigéria que lidera e cujo PIB

do BANC
chega aos 455 mil milhões de dólares, o equi-
valente a 377 mil milhões de euros.
A lista apresenta a África do Sul a seguir à
Milhões Barris de petróleo bruto
exportados por Angola no primeiro
Nigéria, com 344 mil milhões de dólares (285
trimestre deste ano, uma redução de Os administradores do extinto Banco çada pelos accionistas”. mil milhões de euros), e o Quénia, seguindo-
5,96%, face ao trimestre anterior. Angolano de Negócios e Comércio Para o tribunal, apesar de não ser -se Etiópia, Gana, Tanzânia e Costa do Mar-
(BANC) foram condenados a “respon- dos administradores a responsabili- fim, antes de aparecer Angola, que surge acima
der com todo o seu património” por dade do aumento do capital social, da República Democrática do Congo, Cama-
terem sido considerados culpados pela a instituição financeira encontrava- rões, Uganda, Zâmbia e Botsuana, figurando
falência da referida instituição finan- -se tecnicamente falida havia muito ainda Moçambique como a 14.ª maior econo-

929
ceira. tempo. “Agiram com incúria, não obe- mia da África subsariana.
De acordo com a sentença do jul- deceram às regras sobre o risco, uma No documento, que, segundo a Lusa, foi
gamento que aconteceu na 2.ª Sec- vez que que foram imprudentes na enviado a investidores, os analistas desta con-
ção da Sala de Comércio Propriedade concessão de créditos, em desobediên- sultora com sede em Barcelona apontam o PIB
Industrial e Intelectual do Tribunal da cia aos interesses dos credores, dos da região nos 1,5 biliões de dólares, que deverá
Comarca de Luanda, “a conduta dos investidores, dos depositantes e dos crescer para mais de 2 biliões de dólares, nos
Cidadãos detidos pela Polícia em uma
semana, por violação da cerca sanitária
administradores produziu como efeito accionistas”, refere a sentença. próximos cinco anos.
nacional. na sociedade a erosão nas contas, ban- O tribunal também conside- Para este ano, os analistas estimam um
carrota e o incumprimento das obriga- rou que os administradores falsea- crescimento económico de 1,4% em Angola,
ções da sociedade, pois que as políticas ram dados da escrituração mercantil e que deverá acelerar para 2,7% no próximo ano,
adoptadas por eles, ao concederem- nas transacções comerciais não foram antevendo uma subida dos preços na ordem
-se créditos, a não observarem as regras honestos.O conselho de administração dos 21% este ano e 15% em 2022.
prudenciais e sobre o risco, ao investi- era composto por José Aires Vaz (pre-

3,7
rem no imobilizado, fizeram com que sidente), Waldemar Augusto, Jerónimo
na data do fecho o saldo do banco era Francisco, César Cardoso e Sabino
negativo”. Francisco, administradores executi-
Os administradores não executivos vos, a quem eram distribuídos pelou-
e o independente, lê-se no documento, ros.Compunham a comissão executiva
não exerceram o seu papel de fiscali- os senhores José Aires Vaz do Rosá-
zar a actividade dos administradores rio, Waldemar Agostinho e Jerónimo
Mil milhões USD Intenções de in-
vestimento, em valores, registados
executivos e dos membros da comis- Francisco.Durães da Rocha e Luís da
pela Aipex de 2018 a Abril de são executiva, o que levou o tribunal a Graça Gameiro eram os administra-
2021 considerá-los igualmente responsáveis dores não executivos.
pelas suas omissões ao resultado pro- O Tribunal, por outro lado, enten-
duzido por eles. deu que, na altura em que ingressaram
O Banco Nacional de Angola revo- para o board do BANC os administra-
gou a licença do BANC a 29 de Janeiro dores César Cardoso e Sabino Mauro
de 2019. Na altura, o governador José das Neves, a instituição já apresentava
de Lima Massano justificou a medida insuficiência financeira, considerando
com o facto de terem sido detectadas que “não participaram os administra-
“deficiências no modelo de governa- dores em causa na alteração dos resul-
ção”, com “riscos que eram grandes e tados, nem tão pouco praticaram
foram mal geridos”, além da “reposi- qualquer acto” que, na perspectivado
ção do capital social que não foi avan- tribunal,“seja fraudulento”.