Você está na página 1de 14

Planejamento Operacional

PLANEJAMENTO

OPERACIONAL

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

OBJETIVOS:

 Explicar o que é planejamento operacional.


 Enumerar as principais variáveis do planejamento operacional.
 Descrever as principais técnicas de planejamento operacional.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

Análise dos Desenho do


objetivos cronograma

Planejamento do Elaboração do
uso do tempo orçamento

Planejamento dos Estrutura


recursos organizacional

Avaliação dos Políticas e


riscos procedimentos

Figura 8.1 O processo e as ferramentas de planejamento operacional.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

OLIMPÍADA DOS
ESTUDANTES DE
ADMINISTRAÇÃO

COMPETIÇÕES PÚBLICO LOCAL

• Atletas e equipes • Divulgação do • Organização dos


evento locais de
• Locais de
realização das
hospedagem • Venda de
competições
ingressos
• Organização das
• Sinalização dos
competições • Orientação para
locais
acesso aos locais
• Juízes
das competições • Imprensa
• Premiação

Figura 8.2 Estrutura analítica de uma competição esportiva. O objetivo principal (realizar a competição)
divide-se em produtos, que os organizadores da competição devem administrar.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

Análise dos
objetivos

Identificação
das atividades

Programação
do trabalho

Desenho do
cronograma

Figura 8.3 Processo de planejamento do uso do tempo.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

OLIMPÍADA DOS
ESTUDANTES DE
ADMINISTRAÇÃO

COMPETIÇÕES PÚBLICO LOCAL

• Convocar atletas e • Divulgar o evento • Identificar e garantir o


equipes uso dos locais das
• Organizar a venda dos
competições
• Definir e mobilizar ingressos
locais de hospedagem • Organizar e sinalizar os
• Organizar e sinalizar o
locais das competições
• Transportar e hospedar acesso aos locais de
atletas e equipes competições • Preparar a sala da
imprensa
• Definir as chaves das • Recepcionar e orientar o
competições público nos locais • Organizar a segurança
do local
• Contratar juízes • Organizar sistemas de
proteção do público
• Organizar premiação
• Iniciar e encerrar a
Olimpíada

Figura 8.4 Lista de atividades identificadas com base na estrutura analítica da competição esportiva.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

Atividade
Número Atividade Duração
precedente
1 Convocar atletas e equipes 1 mês 2
2 Divulgar o evento 9 meses 4
3 Realizar a competição 1 semana Todas
4 Organizar o local das competições 6 meses 5
5 Identificar e garantir o uso dos locais 6 meses 4
para as competições
6 Definir as chaves das competições 1 mês 1
7 Contratar juízes 1 mês 6

Figura 8.5 Uma tabela de atividades e precedências, que indica a duração e o sequenciamento das atividades. O
seqüenciamento é indicado pela coluna “atividade precedente” e depende de lógica ou decisão arbitrária dos
organizadores. O número na primeira coluna indica apenas a ordem das atividades na lista. A tabela deve ser feita com o
auxílio do diagrama de precedências.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

ATIVIDADE 5 ATIVIDADE 4
• Garantir locais • Organizar locais
das competições

ATIVIDADE 2
ATIVIDADE 3
• Divulgar evento
• Realizar
competição
ATIVIDADE 1
• Convocar atletas
e equipes

ATIVIDADE 7
ATIVIDADE 6
• Contratar juízes
• Definir chaves

Figura 8.6 Diagrama de precedências, das atividades da competição esportiva. O diagrama, uma ferramenta de auxílio à
decisão, mostra a seqüência das atividades.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

Realizar a competição

Contratar juízes

Definir chaves

Organizar locais

Garantir locais

Divulgar evento

Convocar atletas

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
Tempo (meses)
Figura 8.7 Cronograma ou gráfico de marcos (milestone chart) para a competição esportiva. Os marcos indicam as datas
até as quais as atividades devem ser concluídas.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Garantir locais

Organizar locais

Divulgar evento

Convocar atletas

Definir chaves

Contratar juízes

Realizar competição

FIGURA 8.8 Cronograma ou gráfico de barras (ou gráfico de Gantt). O gráfico tem duas linhas para cada atividade. A
primeira linha, preenchida, mostra o período planejado para a atividade. A segunda linha, em branco, será preenchida
para indicar o período efetivo de realização.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

Atividade 5 Atividade 5
6 meses 6 2 meses 8

Atividade 5
9 meses 9 Atividade 3
1 mês 10
Atividade 5
1 mês 1

Atividade 6 Atividade 7
1 mês 1 1 mês 2

Figura 8.9 Diagrama de rede das atividades da competição esportiva. O diagrama mostra a seqüência das atividades, o
tempo estimado para cada uma, o tempo total das atividades e o caminho crítico.
Introdução à Administração
Planejamento Operacional

ITENS DE CUSTO JAN. FEV. MAR. ABR. Total


Mão-de-obra
Material permanente
(investimentos)
Material de consumo
Serviços
Outras despesas

Figura 8.10 Planilha para preparação de um orçamento de despesas, em formato de cronograma de desembolsos.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

PROBABILIDADE

ALTA BAIXO IMPACTO ALTO IMPACTO


ALTA ALTA
PROBABILIDADE PROBABILIDADE

BAIXO IMPACTO ALTO IMPACTO


BAIXA
BAIXA BAIXA
PROBABILIDADE PROBABILIDADE

BAIXO ALTO
IMPACTO

Figura 8.11 Matriz para classificação de probabilidade e impacto dos riscos.

Introdução à Administração
Planejamento Operacional

EVENTO
PLANO
RESPOSTAS (AÇÃO DEFLAGRADOR
RISCO % IMPACTO % CONTINGENCIAL
PREVENTIVA) (EVIDÊNCIA
(AÇÃO CORRETIVA)
OBJETIVA)
1 Imóvel de origem 25 Recursos 100 Mapear Nenhuma oferta de Solicitar
não ser vendido financeiros não previamente compra feita até empréstimo
disponíveis potenciais Ago.03 bancário
25 25 compradores
2 Deixar de receber Dificuldades em Fazer lista completa Ausência de Verificar, durante 4
correspondências ser localizado de contatos durante correspondências meses, se há
e entregas pelos contatos os 9 meses que ou entregas de entregas no
costumeiras antecedem a periódicos por um endereço antigo.
mudança mês após a
mudança
3 Dano a bens 25 Aumento do custo 75 Fazer um seguro da Bem danificado Acionar o seguro
durante a do projeto mudança
mudança
4 Atraso no 10 Aumento do prazo 100 Selecionar bem a Transporte não Reservar outro local
transporte do projeto empresa chegar no destino para pernoite
transportadora no horário
(inclusive veículo)
5 Atraso na 50 Inviabilização da 100 Trabalhar com folga Móveis e Preparar
preparação do mudança no cronograma dos equipamentos não equipamentos e
novo apartamento fornecedores instalados no prazo móveis alternativos
desejado

Figura 8.12 Matriz para identificação e planejamento de respostas aos riscos em uma mudança de residência. Fonte:
Daniel Bernardino Monteiro, Marta dos Santos Ferreira, Fernando Carvalho, Francisco Borges Neto, Isaac Pinski, Sérgio
Mancini, Projeto de Mudança Residencial, FEA-USP, Curso de Pós-Graduação em Administração, 2002.
Introdução à Administração

Interesses relacionados