Você está na página 1de 7

RELATÓRIO SINTÉTICO – EXP.

IV: MEDIÇÃO DO MOMENTO DE INÉRCIA DE


UM SÓLIDO EM ROTAÇÃO

Alunos: José Cardoso da Silva Neto -201810211


Leticia Amaral Santana - 201912555

OBJETIVO DO EXPERIMENTO

O objetivo do experimento é medir o momento de inércia, sendo possível simplificar significativamente


os cálculos observando que as incertezas relativas para os tempos t e t0 são muito maiores que as
incertezas relativas para as outras variáveis, logo só as incertezas sobre os tempos devem ser
propagadas, enquanto as outras variáveis podem ser tratadas como se não tivessem incertezas.

HIPOTÊSES, APROXIMAÇÕES E MODELO DE MEDIÇÃO

O momento de inércia a ser medido indiretamente é uma propriedade do objeto e não depende,
naturalmente, da massa m amarrada ao fio. Por isso, a fim de obter dados experimentais suficientes
para que se calcule o momento de inércia por meio de uma média ponderada o procedimento descrito a
seguir será repetido com 3 massas distintas: m1, m2 e m3.

RESULTADOS DAS MEDIÇÕES

Para o modelo de medição dinâmico:

• ALTURA h , DIÂMETRO d, MASSAS m1, m2, m3

h= 0,820 m
d= 40,00 mm
m1 = 107,2 g
m2 = 54,4 g
m3 = 156,0 g

A altura h foi medida uma única vez com uma trena cuja resolução é 1 mm, devido às dificuldades
experimentais de medir acuradamente h e é prudente assumir que a resolução da trena seja 5 mm.

• TEMPOS DE QUEDA RELATIVOS À MASSA m1

t 1 (s)
7,96 7,73 8,11
8,18 7,80 8,05
7,95 8,19 7,93
7,93 7,75 8,05
7,98 7,55 7,66
8,13 8,11 7,61
8,04 8,00 7,97
8,00 7,68 7,89
8,28 7,81 8,12
8,13 7,87 8,20

t 1 ,0 (s)
7,23 7,35 7,29
7.47 7,05 7,27
7,14 6,93 7,23
6,91 7,11 7,12
7,11 7,16 6,80
7,33 6,95 7,08
7,12 7,43 7,11
6,82 7,13 6,99
7,90 7,27 7,19
7,09 6,83 7,23

• TEMPOS DE QUEDA RELATIVOS À MASSA m2

t2 (s)
11,41 11,40 11,24
12,40 10,96 11,23
11,68 10,84 11,37
10,72 11,20 10,92
11,00 10,61 11,39
11,56 10,76 10,78
11,04 10,50 11,50
11,18 11,13 11,78
11,60 11,71 11,05
10,99 10,93 11,50
t0,2 (s)
9,81 9,93 10,10
9,87 9,68 10,01
10,07 9,58 9,80
9,86 9,62 10,01
9,80 10,16 10,09
9,78 9,94 10,09
9,81 9,70 9,99
9,69 9,68 9,89
9,90 9,81 9,87
9,70 9,87 10,02

• TEMPOS DE QUEDA RELATIVOS À MASSA m3

t3 (s)
6,43 6,27 6,58
6,45 6,32 6,11
6,48 6,48 6,55
6,13 6,12 5,92
6,28 6,03 5,95
6,35 6,18 6,02
6,24 6,17 6,20
6,14 6,33 6,22
5,97 6,39 6,47
5.99 6.24 6,19
t0,3 (s)
5,91 5,98 5,93
5,71 5,96 5,41
5,87 5,60 5,75
5,20 5,30 5,27
5,90 5,54 5,42
5,73 5,66 5,68
5,63 5,67 5,72
5,52 5,53 5,45
5,58 5,47 5,30
5,69 5,71 5,60

Para o modelo de medição estático:

• LADO L1 , LADO L2 , MASSA M

L1 = 22,5 cm
L2 = 51,0 cm
M = 704,0 g

A massa M foi medida uma única vez com uma balança digital cuja resolução é 0,1 g, devido às
dificuldades experimentais de medir acuradamente.

ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS MEDIÇÕES

Escreva explicitamente a expressão da incerteza combinada uI para os dois modelos de medição


adotados.
ux ≪ uy
x y
Para o modelo dinâmico:

• ALTURA h , DIÂMETRO d

h = ( 0,82 ) m
d = ( 40,0 ) mm

• Medições relativas à situação na qual é utilizada a massa m1

m1 = (107,2 ) g
t = ( 8,28 ± 7,61 ) s
t0 = (7,90 ± 6,90 ) s

Utilizando g = ( 9.782028 ± 0.000023) m·s-2, reporte corretamente o valor do momento de inércia da


barra de metal:

I1 = ( 15,3 ) unidades

• Medições relativas à situação na qual é utilizada a massa m2

m2 = ( 54,4 ) g
t = ( 12,40 ± 10,50 ) s
t0 = ( 10,16 ± 9,58 ) s

Utilizando g = ( 9.782028 ± 0.000023) m·s-2, reporte corretamente o valor do momento de inércia da


barra de metal:

I2 = ( 9,5 ) unidades

• Medições relativas à situação na qual é utilizada a massa m1

m3 = ( 156,0 ) g
t = ( 6,58 ± 5,92 ) s
t0 = ( 5,98 ± 5,27 ) s

Utilizando g = ( 9.782028 ± 0.000023) m·s-2, reporte corretamente o valor do momento de inércia da


barra de metal:

I3 = ( 18,7 ) unidades

Confira se os resultados da medições de I1, I2 e I3 são compatíveis ou discrepantes.

A partir dos valores compatíveis I1, I2 e I3 determine um único valor para o momento de inércia da
barra com sua incerteza, por meio de uma média ponderada.

Im.p. = ( 27,0 ) unidades

Para o modelo estático:

• LADO L1 , LADO L2 , MASSA M


L1 = ( 22,5 ) m
L2 = ( 51,0 ) m
M = ( 704,0 ) g

Reporte corretamente o valor do momento de inércia da barra de metal a partir de suas características
geométricas:

Ies = ( 25,4 ) unidades

Confira se o resultado Im.p. é compatível ou discrepante com o resultado Ies.

CONCLUSÕES
Comparando os resultados dos momentos de inércia de um objeto seguindo o modelo de medição,
obtido pela solução da integral que define o momento de inércia, conclui-se que os parâmetros obtidos
do processo são dessemelhantes.

Você também pode gostar