Você está na página 1de 28

Engenharia de Requisitos: Software

Orientado ao Negócio
Guilherme Siqueira Simões
31/01/2017

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 1


MISSÃO
Apoiar nossos clientes a ter mais visibilidade do desempenho de seus processos de software e a
estabelecer modelos de negócios em que eles tenham o controle sobre os mesmos.

DIRECIONAMENTO ESTRATÉGICO COM:


Estimativas e Medição de Projetos de Software

Implantação da Análise de Pontos de Função (IFPUG, NESMA , COSMIC)

Auditoria de Medições de Projetos de Software Medidos com APF

Benchmarking e Análises de produtividade

Avaliação para Melhoria dos Processos de Software

Engenharia de Requisitos

Planejamento e avaliação do desempenho (Escopo, Esforço, custo, prazo, qualidade)

Construção e Monitoramento de Contratos de Software baseados em Resultados

Integração do Desenvolvimento Ágil com a Governança Corporativa de TI usando Métricas Funcionais

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 2


FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Capacitação em APF: Workshop APF:
APF: Fundamentos,
Medição e Metodologia
Benefícios e Implantação
Estimativa de Software e Práticas de Medição
8 horas (EAD e presencial)
16 horas (EAD e presencial) 16 horas (Presencial)

Medição e Estimativa de
Preparação para Oficina de Contagem
Software com o Método
o Exame CFPS de Pontos de Função
COSMIC
96 horas (EAD e presencial) Sessões de 8 ~ 40 horas
16 horas (Presencial)

Preparação para Engenharia de Requisitos de


o Exame COSMIC Oficina de Requisitos
Software
16 horas (EAD e presencial) Sessões de 8 ~ 40 horas
24 horas

Estimativa de Projetos de
Introdução ao Gerenciamento
Software: Fundamentos e Gestão de Riscos em Projetos
de Projetos
Técnicas 16 horas
16 horas
16 horas

Mais de 14.000 alunos capacitados


O livro mais vendido de APF no país foi escrito por nós
Formou >25% dos CFPS no Brasil
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 3
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 4
Objetivos desta apresentação

 O que é Engenharia de Requisitos


 A importância da Engenharia de Requisitos
 Por que “orientado ao negócio”?
 O que é requisito de software
 Os tipos de requisitos
 Os grupos de atividades da Engenharia de Requisitos

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 5


A Engenharia de Requisitos como
parte da Engenharia de Software
Engenharia de Software

(1) a aplicação de uma


abordagem sistemática,
disciplinada, quantificável
para o desenvolvimento,
operação e manutenção de
software, ou seja a aplicação
de engenharia ao software.

(2) o estudo de abordagens


como em (1).

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


6
As estratégias de desenvolvimento
organizam-se a partir das disciplinas

Disciplinas são
categorias que Não há ordem
agregam atividades entre as
similares. disciplinas.

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


7
Esforço por Disciplina no Processo
Unificado

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


8
O que é Engenharia de Requisitos

Disciplina da Engenharia de Software que consiste no uso sistemático e


repetitivo de técnicas para cobrir atividades de Obtenção, Documentação,
Manutenção de um conjunto de requisitos para software que atendam
aos objetivos de negócio e sejam de qualidade*

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


* Veja youtu.be/d8XmSaER2F4
9
Causas de fracasso em projetos*
 47% dos projetos fracassados tem como causa gestão de
requisitos deficiente

 Sintomas diretos ou indiretos desta deficiência:


– Scope Creep
– Comunicação deficiente
– Baixo envolvimento de partes interessadas e
– Suporte inadequado do patrocinador

 Organizações de baixo desempenho desperdiçam quase 10


vezes mais que as de alto desempenho
*PMI’s Pulse of the Profession: Requirements Management
A Core Competency for Project and Program Success - 2014
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
10
Origem dos defeitos
Em um estudo mais
recente, Capers
Jones afirma que
20% dos defeitos
têm origem no
trabalho de
requisitos
Software Defects Origins and
Removal Methods Capers Jones -
2014

~40% do Encontrar e corrigir erros


orçamento total originados em requisitos
dos projetos é consome entre 70 e 85%
gasto em do custo total de
retrabalho. Em retrabalho do projeto em
projetos maiores, função de sua quantidade
~50% e efeito multiplicativo
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
11
Custo de reparo de defeitos conforme
o ponto que surgem

Leffingwell, D; “Calculating the Return on Investment


Custo unitário para detectar e reparar from More Effective Requirements Management”;
um erro durante a codificação American Programmer 10(4); 13-16; 1997.

Software Defect Reduction – Top 10 List Barry


Boehm y Victor Basili - 2001
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
12
Definição de Requisito
ISO/IEC/IEEE 24765

(1) uma condição ou capacidade necessária


por um usuário para resolver um problema
ou alcançar um objetivo.

(2) uma condição ou capacidade que deve desejo (projeto)

ser atingida ou possuída por um sistema


ou componente de um sistema para
satisfazer um contrato, padrão, especificação
ou outro documento formalmente imposto
produto
(3) uma representação documentada de
uma condição ou capacidade como em (1)
ou (2)
...ou Especificação de Requisitos
Documentação das capacidades
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com do projeto ou produto 13
Tipos de Requisito

“o quê”
Funcionais
Não Funcionais
“como”

requisitos da solução requisitos de transição

Nível de Informação
fundamentados por fundamentados por

requisitos das partes interessadas Domínio da

Refinamento
fundamentados por Solução

requisitos (ou necessidades) Domínio do


de negócio – “porque” Problema
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
14
Requisitos de Negócio
…ou: razões pelas quais um projeto é iniciado
A contínua mudança no equilíbrio entre as
forças em que a organização está inserida Descrevem
cria novas necessidades de negócio metas e objetivos
 Problemas a serem resolvidos
que uma organização
 Oportunidades a serem aproveitadas
pretende atingir
Relacionadas a
 Alterações que se deseja operar
 Manutenção das condições atuais

Definem métricas usadas para medir o


sucesso do projeto
 Ex.: Reduzir 90% da devolução de cartas
por endereço incompleto (problema)
 Ex.: Aumentar 20% da receita do produto
A com serviços em mobile (oportunidade)
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
15
Requisitos de Negócio – E daí?
 Atender aos requisitos de negócio é o que satisfaz ao cliente
 Quando se conhece os reais requisitos de negócio, há mais
liberdade para se imaginar possíveis soluções para o problema
 Os requisitos de negócio ajudam a priorizar os projetos
 Os requisitos de negócio norteiam toda a Engenharia de
Requisitos
– São o ponto de partida do trabalho do analista de requisitos
– Ajudam a perceber qualquer desvio de escopo durante o
levantamento e análise dos requisitos
– Todos os requisitos da solução devem estar relacionados a ao menos
um dos requisito de negócio

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


16
Requisitos das Partes Interessadas

“o quê”
Funcionais
Não Funcionais
“como”

requisitos da solução requisitos de transição

Nível de Informação
fundamentados por fundamentados por

requisitos das partes interessadas Domínio da

Refinamento
fundamentados por Solução

requisitos (ou necessidades) Domínio do


de negócio – “porque” Problema
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
17
Requisitos das Partes
Interessadas
 Descrevem necessidades e como será a interação de uma parte
interessada com a solução
– Registrados em memórias de levantamento, em geral de forma não
estruturada (gravações, atas, notas, etc.)

 Produto do trabalho de Elicitação de Requisitos

 Ponte entre os requisitos de negócio e os da solução

 O conjunto dos requisitos das partes interessadas pode ter


– Requisitos similares podem ser unificados
– Requisitos em conflito devem ser resolvidos

 Matéria prima para a Análise de Requisitos


© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
18
Requisitos de Solução e Transição

“o quê”
Funcionais
Não Funcionais
“como”

requisitos da solução requisitos de transição

Nível de Informação
fundamentados por fundamentados por

requisitos das partes interessadas Domínio da

Refinamento
fundamentados por Solução

requisitos (ou necessidades) Domínio do


de negócio – “porque” Problema
© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
19
Requisitos de Transição
 Necessários para a transição da solução atual para a nova
solução entrar plenamente em operação

 Diferem dos demais tipos de requisitos pois são relevantes apenas


durante o período de transição da solução atual para a nova. Ou
seja, são descartados após o projeto, têm caráter temporário

 Ex.: Os dados de contrato deverão ser migrados do sistema legado


para o novo sistema

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


20
Requisitos da Solução e Transição
 Os requisitos da solução e da transição subdividem-se em

Descrevem o quê o software faz:


processos ou tarefas da solução (e
da transição) que suportam uma
“o quê”
prática ou procedimento de uma parte
Funcionais interessada
Não Funcionais
“como” Expressam atributos ou
restrições inerentes aos
requisitos funcionais e como
eles serão atendidos

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


21
Requisitos Funcionais
 Descrevem o quê a solução (ou transição) deve fazer em termos
das tarefas ou serviços do usuário, sem abordar sua
implementação

 Exemplos
– Efetuar gestão dos cursos
– Emitir certificado de participação do aluno no curso
– Somente alunos com frequência ≥ 75% podem emitir seu certificado

 Percebam que estes 3 requisitos funcionais tem diferentes níveis


de objetivo (ou granularidade)…

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


22
Níveis de Objetivo dos RFs
(Granularidade)

Writing Effective Use Cases , Alistair Cockburn


© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com
23
Requisitos Não Funcionais – O que
Abordam COMO as funcionalidades serão oferecidas ao usuário
 Incluem aspectos relacionados a
– Qualidade: usabilidade, confiabilidade, eficiência, portabilidade,
facilidade de manutenção
– Implementação: plataforma de software, hardware, linguagem de
programação.
– Ambiente: interoperabilidade, segurança, privacidade, sigilo
– Organização: locais para operação, hardware alvo, aderência a
padrões. Exemplo de padrões no governo federal:
 Padrões Web em Governo Eletrônico – e-PWG
 Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico – e-Mag
 Arquitetura de Interoperabilidade de Governo Eletrônico – e-PING

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


24
Grupos de Atividades

Elicitação Análise de
Entende o contexto e Requisitos
necessidades de um Documenta, modela,
conjunto de partes classifica em grupos
interessadas coerentes, verifica e valida
os requisitos

Administra conflitos, problemas e mudanças a fim de


garantir o acordo sobre o escopo da solução, prioriza
requisitos, identificando a melhor forma de comunicar
os requisitos e a maneira como será mantido o
conhecimento obtido para uso futuro

Gerência de Requisitos

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


25
Requisitos Grupos de Atividades
Partes
Interessadas
Requisitos
Elicitação Análise de Solução +
Transição
Informações Requisitos
Organiza, especifica,
Pesquisa, investiga verifica e valida
necessidades

Mudanças Requisitos

Administra conflitos
e mudanças, busca
aprovação, prioriza

Gerência de Requisitos

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com


26
Para saber mais
 Curso: Engenharia de Requisitos: Software Orientado ao Negócio
– On-line: http://fattocs.com/pt/ereq-ead

 Webinars:
– Dificuldades ao lidar com requisitos (youtu.be/mckx4m95Z88)
– Qualidade em Requisito (youtu.be/d8XmSaER2F4)

 Grupo de discussão: Engenharia de Requisitos


– https://br.groups.yahoo.com/groups/engenharia-requisitos

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 27


PERGUNTAS?

Obrigado pela sua atenção!

Guilherme Siqueira Simões


guilherme.simoes@fattocs.com
www.linkedin.com/in/guilhermesimoes
Skype: guilherme.s.simoes

Brasília: (61) 4063-7484


São Paulo: (11) 4063-4658
Vitória: (27) 3026-6304
Rio de Janeiro: (21) 4063-5311

© 2017 FATTO Consultoria e Sistemas | www.fattocs.com 28