Você está na página 1de 2

Como Poupar Dinheiro e Viver Melhor Poupar No Combustivel Page 1 of 2

COMO POUPAR NAS DESPESAS DE


COMBUSTÍVEL
Todos os dias queixamo-nos do preço dos combustíveis. Com o mesmo dinheiro, cada vez o conta-quilómetros marca
menos distância. Que fazer para atenuar isto?

Atenção à pressão dos pneus. Mantenha os pneus calibrados de acordo com as recomendações do fabricante. Uma
pressão inferior significará maior resistência ao rolamento e, consequentemente, maior consumo de combustível. Menos 0,3
bar nos pneus aumenta em cerca de 3 por cento a quantidade de gasolina necessária. Pneus com pressão abaixo do
recomendado criam mais resistência (atrito) ao movimento do carro, ou seja, o motor tem que fazer mais esforço logo gasta
mais combustível e produz mais CO2. Vá ao manual de instruções e veja na secção de pneus ou pressões qual a pressão
de pneus recomendada. Deve ter varias configurações de pressões para diferentes utilizações do veículo. Use as pressões
mais elevadas para poupar mais combustível.

Ar Condicionado vs Janelas aberto. Que o ar condicionado aumenta o consumo todos sabem. Por isso procure utilizá-lo
de uma forma racional: nos dias mais quentes, circule com os vidros abertos até que o calor acumulado no interior se
disperse. Depois ajuste a temperatura ligeiramente acima do ideal e, por pouco que seja, conseguirá economizar alguma
coisa. Por outro lado, na estrada não é aconselhável rodar com as janelas abertas, porque, além de provocar um ruído
desconfortável, aumenta a resistência aerodinâmica e o consumo em cerca de 5 por cento.

Conduza menos. Não se trata de ficar em casa, abandonando o passeio ao fim-de-semana. A ideia é não pegar no carro
para ir comprar o jornal na papelaria do quarteirão seguinte. Se for almoçar ao restaurante próximo do escritório, evite levar
o carro – ou então organize-se com os colegas para viajarem apenas numa viatura. Estima-se que 10 por cento dos trajectos
urbanos têm menos de um quilómetro e 25 por cento têm até três quilómetros. Nestes pequenos percursos, o motor funciona
a regimes muito varáveis e em carga parcial, aumentando a quantidade de combustível utilizado. Além disso, nos arranques
a frio, frequentes nestas situações, o motor precisa de mais gasolina para a mesma quantidade de ar e emite mais CO2.

Elimine os vícios. Certos hábitos, além de não se justificarem nos carros modernos, prejudicam a economia de gasolina.
Nunca acelere antes de desligar a ignição, não acelere com o carro parado e antes de arrancar, não desligue o motor em
paragens rápidas (o consumo é mínimo – 1 a 2 litros por hora – e ao ligar novamente está a exigir nova reposição de energia
na bateria, o que gera consumo de combustível – só vale a pena desligar o motor se a paragem for superior a três minutos).
Suavidade ao volante. Mantenha-se o máximo de tempo possível em marchas altas, mas não force o motor e não o deixe
andar aos solavancos. Conduza numa velocidade regular, sem grandes travagens ou acelerações repentinas (que
consomem muito combustível). Arranques com os pneus a chiar e a largar um rasto de fumarada estão fora de questão.
Alterar constantemente o ritmo de condução aumenta consumo e desgaste. Rápido ou calmo, escolha um ritmo e mantenha-
o. Não acelere nas subidas e aproveite as descidas para ganhar lanço para a próxima subida.

Aqueça o motor em andamento. Nunca aqueça o motor com o carro parado. O melhor é começar a andar devagar e ir
acelerando progressivamente, sem exigir grande potência do motor no início. Ao fim de poucos minutos, o motor (água e
óleo) atinge a temperatura normal.

Mantenha a velocidade constante. Evite as travagens e acelerações bruscas. Em estrada assuma uma condução
defensiva. Quando vir que o trânsito vai abrandar por alguma razão, como a de um automóvel que vai mudar de faixa,
antecipe-se, levantando o pé do acelerador com antecedência, fazendo com que o motor reduza ao mínimo o consumo de
combustível para mover o automóvel.

Vigie os consumos do automóvel. Um aumento repentino dos gastos de combustível pode significar um problema de
motor. Se vigiar os consumos de forma regular saberá quando algo funcionar mal. Mantenha um registo dos quilómetros que
o carro percorre e quantos litros abastece. Para controlar os consumos, divida os litros abastecidos pelos quilómetros
percorridos.

Conduza com moderação. Conduzir com moderação pode aumentar a autonomia do carro em mais de 100 km por
depósito. Os limites de velocidade existem para nossa segurança e não devemos exceder esses limites definidos,
especialmente se desejarmos poupar combustível. Sim, se andar mais depressa gasta mais gasolina! Em média para um
motor a gasolina, a 110kmh gasta mais 10% combustível do que a 95kmh e até mais 15% do que a 80kmh.

Limpe o filtro. o motor do vosso carro não gasta só gasolina: consome gasolina e oxigénio.
Se o fluxo de ar for reduzido devido ao filtro de ar sujo, o motor vai consumir mais. Limpe o filtro regularmente com um
compressor de ar (o filtro é de fácil desmontagem). Recomenda-se trocar o filtro a cada 20.000km mas veja o manual do seu
automóvel para mais detalhes.

Poupe nas contas do combustível (e do mecânico) utilizando o óleo recomendado pelo fabricante.

http://como-poupar-dinheiro.com/poupar_no_combustivel.html 02-02-2011
Como Poupar Dinheiro e Viver Melhor Poupar No Combustivel Page 2 of 2

http://como-poupar-dinheiro.com/poupar_no_combustivel.html 02-02-2011