Você está na página 1de 3

24/05/2021 Selecting an Anchor Windlass | West Marine

Selecionando uma Windlass âncora

O Conselheiro Do Selecionando uma Windlass âncora


Oeste
Artigos do Conselheiro
Por Tom Burden, Última atualização:
Ocidental
25/04/2019

Como está sua lombar


ultimamente?
Levantar uma âncora à mão pode ser um
verdadeiro exercício e se você possui um
barco de pesca, cruzador de energia ou
veleiro, um windlass facilita o barco nas costas.
Um windlass é o componente-chave em um
sistema de ancoragem de função completa,
que também inclui a âncora primária de um
Participe Do Fórum barco, rolo de âncora, rode, geralmente um
armário de corrente, e hardware de deck,
como uma rolha de corrente ou cleat.

Windlasses podem ser instalados por diy-


proprietário por um proprietário de barco com
habilidades mecânicas e elétricas
intermediárias. Sua escolha do windlass certo
depende do seu estilo e tamanho do barco,
condições de ancoragem antecipadas e do
peso/tipo de ground tackle. Você deve
considerar todos esses fatores ao escolher um
windlass e nós ofereceremos alguns conselhos
de seleção.

Saiba Mais Windlass Puxando energia


A capacidade de puxar ou capacidade de
carga necessária de um windlass é muito
debatida. Windlasses não são destinados a
puxar um barco contra um vento de 25 nós e
2' chop com o motor em ponto morto. Eles
não foram projetados para quebrar uma
âncora pesada sob 3' de areia dura. Como
qualquer texto sobre o assunto lhe dirá, é a
potência do motor que deve ser usada para
mover o barco para cima e é o movimento do
barco que deve quebrar a âncora — não a
ventosa. Eles são projetados para pesar uma
âncora e montar que não está sob tensão e para fornecer tensão suficiente para quebrar uma âncora
firmemente definida.

A tensão sobre o windlass deve ser limitada ao peso pendurado da âncora e montou, mas a tensão é
muitas vezes muito maior porque muitos barqueiros não fazem uso adequado da energia de seu barco.
Portanto, os fabricantes tendem a recomendar windlasses com potência de puxar pesada para que você
tenha a capacidade de pesar âncora mesmo que o seu motor esteja fora, já funcionando em plena
capacidade ou sua âncora está firmemente presa.

A Lewmar recomenda que a capacidade máxima de carga de um windlass seja quatro vezes a sua "carga
de trabalho" habitual — o peso combinado da âncora, do rode e do hardware. Ou seja, um barco de 33'
com 22 lb. Âncora delta, 200' de corda de 1/2" com 15' de corrente de 1/4" e uma algema (cerca de 40
lb.), com um peso total de ground tackle de 62lb., selecionaria um windlass com pelo menos 248 lb. de
puxar (62lb. de ground tackle, vezes quatro). Se o ground tackle for muito pesado ou perto da potência
máxima de puxar do windlass, ou se o barco tiver muito vento e/ou deslocamento, selecione o próximo
tamanho maior de windlass.

https://www.westmarine.com/WestAdvisor/Selecting-An-Anchor-Windlass 1/3
24/05/2021 Selecting an Anchor Windlass | West Marine

O tamanho do seu armário âncora e queda disponível


Meça a profundidade do armário de âncora para determinar a quantidade de "queda" disponível
(distância entre a parte superior do armário de âncora e a parte superior da âncora montada quando está
completamente armazenada dentro). Esta é a medida mais importante para ajudá-lo a decidir qual estilo
selecionar.

Escolhendo um Windlass horizontal ou vertical


Windlasses verticais são o estilo mais popular, porque eles
têm uma presença menor e menos obtrusiva em seu foredeck.
Mais da unidade de baixo perfil está escondida abaixo do
convés e fora do ambiente mais úmido. As rajadas de vento
verticais geralmente requerem um orifício maior para o
motor, que fica abaixo do convés. Adequado para barcos com
armários de corrente maiores; eles muitas vezes requerem
uma queda mais longa para a cadeia. O rodeio faz um
envoltório completo de 180° em torno do cigano, fornecendo
mais segurança, e alimenta através de um tubo de convés
para o armário de âncora, fazendo uma curva de 90°.

Horizontal Windlasses: most of the self-contained windlass


is located on deck. You only need to drill holes in the deck for
the chain pipe, wire and thru-bolts. Installation is easier than
with vertical windlasses. Horizontal models are good for boats
with small or unusually shaped chain lockers, usually needing
a minimum fall of only 12". The anchor rode enters the gypsy
and makes a 90° turn as it feeds down into the locker. Very
large yacht windlasses and most manual windlasses are also
horizontal. Side-to-side alignment of horizontal windlasses is critical since they cannot accept rodes
leading from off-center angles.

Choose a Windlass That Will Work With Your Anchor Rode


All-chain: All-chain gypsies are self-tailing, due to the nature of the chain as it engages the pockets in the
gypsy, and are self-stowing since the weight of the chain causes it to fall through the chain pipe into the
rode locker. Many cruising boaters favor all-chain rode. It is highly abrasion-resistant, lies on the bottom
in most conditions, and is strong. It is also heavy, expensive, and collects mud.

Rope-chain: Rope-chain windlasses use a single gypsy with normal chain pockets on the perimeter and V-
shaped grooves in the center to handle rope. This requires that your anchor rope be spliced directly to the
last link of the chain. This may be a source of concern to some boaters, but tests we’ve conducted have
made us comfortable with this approach. Naturally, the splice should be checked regularly for chafe.

Rope only: Simple rope capstans let you wrap the rode around a drum and use the electric motor for
power. By pressing a button on the deck or windlass case, you haul the rode in by hand the same way you
would tail a sailboat’s sheet winch. You’ll end up with a pile of line on deck to coil and stow, and you need
to go forward in order to operate the windlass. While helpful when anchors are stuck in the bottom, or
when singlehanding in lots of wind, we do not find rope-capstan windlasses to be much of an advantage.
Rope-only self-tailing windlasses wrap the line around an internal pulley and deposit it below, and are
generally restricted to one or two sizes of three-strand anchor line. You are limited to a length of chain
that does not exceed the distance from the windlass to the anchor roller, generally a few feet or less,
which we think is inadequate for most rodes.

Is the gypsy compatible with your anchor rode?


It is very important to match the windlass not only to the boat type but the type of rode as well. This
applies to both the size and the type of the chain, so a windlass gypsy designed for 5/16" High Test chain
will not work on 5/16" BBB, which has shorter, more compact links. Many windlasses have a selection of
gypsies, which can be Special Ordered to fit the existing rode on a your boat.

Do you want a remote operated windlass?


Finally, determine whether or not you want to be able to operate the windlass from a remote location.
Sailors commonly weigh anchor from the bow, but on many powerboats, it may be inconvenient to
https://www.westmarine.com/WestAdvisor/Selecting-An-Anchor-Windlass 2/3
24/05/2021 Selecting an Anchor Windlass | West Marine

operate the windlass from the bow.

On any boat it may be unsafe to stand on the deck in rough


weather. Deck-mounted foot switches, located near the
windlass, are useful even if remote operation is not desired.
Panel switches at the helm are popular on powerboats, and
handheld remotes (either wired or wireless) can be used on
sail or powerboats when remote operation is desired.

Maxwell RC12-10 vertical windlass uses


a Wave Design™ gypsy that fits High
Test, BBB or Proof Coil chain. Other
windlasses need careful matching
between rode and gypsy.

https://www.westmarine.com/WestAdvisor/Selecting-An-Anchor-Windlass 3/3

Você também pode gostar