Você está na página 1de 7

PLANO DE TRABALHO DOCENTE – 2018

Professor(a): GILBERTO GIOVANI COUTO Ano/Turma(s): 3os A, B, C

Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA

1º TRIMESTRE

CONTEÚDO ESTRUTURANTE CONTEÚDOS BÁSICOS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS


Discurso enquanto prática social Gêneros Discursivos Esferas sociais: cotidiana, escolar, literatura
Literatura artística. Elementos Fundamentais do texto
Produção de Texto dissertativo. Ponto de vista e delimitação de
Gramática tema.

Uso de textos sobre os temas da diversidade e


programas socioeducacionais *
Apresentação oral das produções, pesquisas
literárias, resenhas e divulgações científicas - em
todos os trimestres.
Releituras da Literatura Pré- Modernista
Brasileira.
Pré-Modernismo: Geracões de 1922, 1930 –
Caracteríticas sócio-históricas, autores e obras.

Uso de textos sobre os temas da diversidade e


programas socioeducacionais

Concordâncias verbal e nominal

Escrita: Análise Linguística

Sintaxe: Termos Essenciais da Oração

2º TRIMESTRE

CONTEÚDO ESTRUTURANTE CONTEÚDOS BÁSICOS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS


Discurso enquanto prática social Literatura Mostra Científica – Orientação metodológica e
Produção de Texto elaboração de Projeto de pesquisa
Gramática
Dissertação: parágrafo argumentativo e contra
argumentativo, elementos composicionais da
argumentação causal e exemplificativa
Apresentações orais e artísticas das releituras da
Literatura das Vanguardas e Moderna.

Período Composto por coordenação e


subordinação e Retomada de Pontuação
Sintaxe: Termos Integrantes e Acessórios da
Oração

Analisando o discurso das Vanguardas artísticas,


bem como o Modernismo das três Gerações
Literárias – Geração de 1945 - Caracteríticas
sócio-históricas, autores e obras.

3º TRIMESTRE

CONTEÚDO ESTRUTURANTE CONTEÚDOS BÁSICOS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS


Discurso enquanto prática social Literatura Dissertação, observando exposição de ideias,
Produção de Texto partes organizacionais e uso de exemplos.
Gramática Retomada de narrativa e poesia

Debates argumentativos e contra argumentos –


Releituras da Literatura Contemporânea.

Tendências e História da Literatura Con-


temporânea: Brasil, África, Portugal

Concordância Nominal e Verbal


Regência Nominal e Verbal

Colocação pronominal

JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E


METODOLÓGICOS E RECURSOS INSTRUMENTOS AVALIATIVOS
DIDÁTICOS
.4. O aperfeiçoamento da escrita se fará Apresentação de temas variados, ativida- A avaliação da oralidade levará em conta a ade-
através da produção de diferentes des realizadas em sala ou fora dela; lei- quação do discurso/texto atendendo situações e
gêneros, a qual levará o aluno a ampliar tura de poemas e romances; socialização levando em conta os interlocutores. Observar-se-
á se a participação dos alunos nas apresentações
seu conceitos, se posicionar como sujeito das leituras realizadas com apresenta-
e/ou representações orais, entrevistas e relatos
atuante e que interage com as práticas de ções e/ou representações teatrais, musi- atendem às exigências de adequação da fala; se
linguagem da sociedade. Desenvolver cais, ilustrações, pinturas e aulas exposi- mostra clareza ao expor idéias; argumenta e de-
ações que sistematizem o aprendizado tivas. Para estas atividades, usaremos o fende seu ponto de vista.
teórico, bem como as normas, auditório, TNT, ráfias coloridas, cartolinas,
aproveitamento e reflexão do uso papéis coloridos, pincéis, lápis de cor, ré- A leitura será avaliada observando-se a participa-
corrente da língua. guas, canetas, papéis A4, entre outros. ção nas discussões realizadas após a leitura dos
textos selecionados. Serão observados: a com-
A análise linguística será uma prática Estaremos trabalhando os conteúdos jun-
preensão do texto lido, o sentido construído, as
complementar às práticas de leitura, tamente com as disciplinas citadas acima, relações dialógicas entre textos, a causa e conse-
oralidade e escrita. Os aspectos tanto na complementação de informa- quência entre as partes, o reconhecimento de ide-
semânticos, morfológicos,
ções, quanto desenvolvimento de algu- ologias no texto. Serão considerados também as
mas atividades diferenças de leituras de mundo e o repertório de
Procurar-se-á trabalhar textos que aten- experiências dos alunos, observando se ocorre a
dam aos desafios contemporâneos atra- ampliação do horizonte de expectativas. A avalia-
vés de exemplificações e de elementos ção será realizada através de apresentações e/ou
encontrados nos textos estudados. Atra- representações orais e atividades escritas (pro-
vés das análises textuais, perceber a im- vas, relatórios, exercícios, cartazes, painéis).
portância da leitura. Textos longos, roman-
ces e poemas serão contemplados atra- Haverá, ao menos, três momentos avaliativos no
vés de diversas propostas trazidas em decorrer de cada trimestre.
sala. Neste trabalho, serão utilizados re-
cursos didáticos como computador, inter-
net, revistas, jornais, livros, TV, projetor,
auditório, corredores e refeitório. Estare-
mos trabalhando os conteúdos juntamente
com as disciplinas citadas acima, tanto na
complementação de informações, quanto
desenvolvimento de algumas atividades.

Leis acerca de temas transversais:

História e Cultura Afro-brasileira, Africana


e Indígena (Lei no 11.645/08); Prevenção
ao uso indevido de drogas, Sexualidade
Humana, Enfrentamento à Violência con-
tra a Criança e o Adolescente: Direito da
Criança e do Adolescente (Lei Federal
n.°11525/07); Educação Fiscal, Educação
Tributária (Decreto n.° 1143/99 – Portaria
n.° 413/02); Educação Ambiental (Lei Fe-
deral n.° 9795/99 – Decreto n.° 4281/02);
História do Paraná. (Lei n.° 13.181/01);
Música (Lei n.°11769/08); Estatuto do
Idoso (Lei 10741/03): conteúdos voltados
ao envelhecimento, ao respeito e a valori-
zação do idoso, de forma a eliminar o pre-
conceito e a produzir conhecimentos so-
bre a matéria; Educação para o Trânsito
(Lei 9503/97-Código de Trânsito Brasi-
leiro), Brigadas Escolares (Decreto
4837/2012), Hasteamento de Bandeiras e
execução de Hinos (somente para as es-
taduais) – Instrução no 013/2012
SUED/SEED e Lei no 12.031 de
21/09/2009, Educação Alimentar e Nutrici-
onal e Educação em Direitos Humanos –
Lei no 11.947 de 16/06/2009, Resolução
no 01/2012 – CNE/CP. "

RECUPERAÇÃO:

Na avaliação da escrita observar-se-á se a mesma está adequada às circunstâncias de sua produção; se há adequação à proposta e ao
gênero solicitado; se a linguagem está de acordo com o contexto exigido; se há coerência e coesão e organização dos parágrafos. A
avaliação acontecerá nas produções textuais e atividades diversas propostas em sala ou fora dela, com provas, trabalhos de pesquisa,
exercícios, além da observação do uso da linguagem culta.
Através dos textos trabalhados, levando em conta os gêneros discursivos, será observado se o aluno compreende a importância dos
elementos gramaticais como essenciais para a construção de textos coesos e coerentes. Essas avaliações – no mínimo duas - serão
realizadas através de atividades escritas e/ou orais, trabalhos e pesquisas.

REFERÊNCIAS:
BORDINI, Maria da Glória; AGUIAR, Vera. A formação do leitor- alternativas metodológicas.2.ed.Porto Alegre: Mercado
Aberto,1993.(Série Novas Perspectivas 27).
BUNGEN, Clécio. MENDONÇA, Márcia. Português no Ensino Médio e Formação do Professor. São Paulo: Parábola
Editorial,2006.

CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens: volumes 1,2,3: Ensino Médio- 5. Ed. São Paulo:
Atual,2005.

_____. Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso. V. 3. 1.ed. São Paulo: Saraiva, 2016 (material didático adotado para o
corrente ano letivo)

KLEIMAN, Ângela. Texto e leitor: Aspectos cognitivos da leitura. São Paulo: Pontes, 9. ed., 2004

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes Curriculares de Língua Portuguesa para os anos finais do Ensino
Fundamental e Ensino Médio. Curitiba: SEED, 2008.

SILVA, Theodoro Da. A produção da leitura na escola- pesquisas e propostas. 2.ed.São Paulo: Ática, 2005.