Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS


FACULDADE DE DIREITO

PROVA DE DIREITO CONSTITUCIONAL II


Prof.ª Jane Reis Gonçalves Pereira
21 de maio de 2021

INSTRUÇÕES:
- O tempo de duração da prova é de 1 hora e 40 minutos;
- As respostas devem ser enviadas em PDF para o e-mail disciplinajanereis@gmail.com
até 12h20, com 20 minutos de tolerância além desse horário;
- Não esqueça de colocar o nome na folha de resposta;
- Atenção ao limite de linhas por questão;
- A prova é de realização individual;
- As questões devem ser respondidas com as palavras do aluno;
- Se for detectado plágio e cópia de resposta dos colegas, a questão será zerada;
- Formatação: folha tamanho A4; margem superior e esquerda 3cm, inferior e esquerda
2cm; fonte Times New Roman 12; espaçamento 1,5; texto justificado.

QUESTÕES

1. É possível afirmar que há normas constitucionais inconstitucionais? Responda


de forma fundamentada, explicando como a questão foi solucionada no contexto
do constitucionalismo brasileiro. (2,0 pontos) (Limite de 15 linhas)

2. Em 2020, o Supremo Tribunal Federal declarou, no julgamento da ADPF n. 457,


a inconstitucionalidade de trechos dos artigos 2º, caput, e 3º, caput, da Lei n.
3.491/2015 do Município de Ipatinga (MG), os quais excluíam do ensino
público municipal qualquer referência sobre diversidade de gênero e orientação
sexual. O Tribunal considerou que os trechos que traziam essa exclusão
incorriam em violações da Constituição. Dentre os motivos para tanto, o STF
apontou que a Constituição estabelece que lei federal deve tratar de normas
gerais sobre a matéria, e não lei estadual; que a Lei de Ipatinga afronta
princípios e objetivos constitucionais relativos ao pluralismo político e à
construção de uma sociedade livre, justa e solidária; que a Lei é contrária ao
pluralismo de ideais e concepções pedagógicas; que a lei contraria normas
constitucionais proibitivas da discriminação; e que viola a liberdade de ensinar,
aprender, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber.

Com base nisso, identifique e explique os tipos de inconstitucionalidade


identificados pelo STF na Lei n. 3.491/2015 do Município de Ipatinga (MG).
(2,5 pontos) (Limite de 20 linhas)

3. Conceitue normas programáticas e enumere e explique os efeitos jurídicos por


elas desencadeados, fornecendo pelo menos dois exemplos dessa modalidade de
normas no texto da Constituição de 1988. (2,5 pontos) (Limite de 20 linhas)

BOA PROVA!