Você está na página 1de 8

INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO E EMPRENDEDORISMO GWAZA MUTHINI

EMPREENDEDORISMO

FICHA TEÓRICA 4

Oportunidade de Negócio VS Idéia de negócio

1. Oportunidade de negócio

É uma ocasião fértil resultante de um conjunto de condições favoráveis que possibilitam a criação de um
negócio com volume de vendas e satisfação dos clientes favoráveis.

Políticas Mão de
Disponibilidade obra
de infra- Favoráveis
barata
estruturas básicas
Clientes
com um
Ausênci poder de
a de OPORTUNIDADE compra
produtos
substitut
DE NEGÓCIO maior ou
igual a
os favorável

Disponibilida Poucos
Financiament de de matéria concorrentes
os acessíveis prima

NB: a condição é favoravel quando há aumento as receitas ou redução de custos.

Teoria de Detenção de Sinais e Modelo deReconhecimento de ON


A teoria de detecção de Sinais diz respeito a uma questão básica:
De que maneira decidimos se realmente há algo no mercado para ser notado???
Uma tarefa crucial que os empreendedores enfretam é discernir se a oportunidade está ou não
realmente presente.

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 1
Presença Real da Oportunidade
SIM NÃO
Acerto Alarme Falso
SIM A oportunidade está A oportunidade não está
Julgamento Sobre a presente e é reconhecida presente, mas é julgada
Oportunidade presente
Erro Rejeição correcta
NÃO A oportunidade está A ON não está presente e
presente mas não é é julgada ausente
julgada

Interpretação da Teoria
1. Acerto ou Identificação Correcta: A ON realmente existe e o empreendedor conclui
que ela está presente;
2. Erro: A ON efectivamente existe, mas o empreendedor falha em percebê-la;
3. Alarme Falso : A ON nao existe, mas o empreendedor conclui equivocamente que ela está
presente;
4. Rejeição Correcta : A ON não existe e o empreendedor conclui que ela não está presente.

2. Idéia de negócio

É uma iniciativa gerada a partir de um conjunto de condições favoráveis previamente identificados que
pode ser implementada no Mercado a fim de proporcionar lucros ao empreendedor.

3. Plano de análise da oportunidade de negócio

É um documento escrito que tende a avaliar ou analisar a viabilidade da oportunidade de negócio sem
recorrer a avaliações financeiras formais.

Finalidade

A principal finalidade deste plano é de servir como base a decisão de agir sobre uma oportunidade de
negócio ou esperar até que chegue uma outra oportunidade.

Plano de Negócios - é um documento escrito que descreve todos os elementos internos e externos
e as estratégias relevantes para iniciar um novo empreendimento (HISRICH att all: 219).

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 2
Diferença entre plano de análise da oportunidade de negócio e plano de negócios

Plano de analise da oportunidade de negocio Plano de negocios

Foca a ideia e o Mercado da ideia (a O.N) Foca o empreendimento


É curto É longo
Não contém quaisquer avaliações financeiras Contém todas avaliações financeiras formais do
formais do empreendimento empreendimento

4.2 PROCESSO DE IDENTIFICAÇÃO DE ON

Processo através do qual o empreendedor percebe a oportunidade para um novo negócio que
resulta:
 Da Atenção de um empreendedor às possibilidades;
 Do estabelecimento de mecanismos que identifiquem oportunidades em potencial.
Métodos de Identificação de ON - A maior parte de empreendedores não tem métodos formais
para identificação de oportunidades de negócios. Os mais usados são:
 Perguntas aos consumidores sobre o que se deve melhorar nos produtos/serviços;
 Monitorar hábitos, necessidades e desejos dos consumidores.

4.1. Fontes de oportunidades de negocios

 Mudança tecnológica - é fonte de oportunidade de negócio porque elas possibilitam que


as pessoas façam as coisas de maneiras novas e mais produtivas.
Ex: Antes as pessoas se comunicavam por meio de cartas, telefone e pessoalmente. Quando a
internet foi inventada, diversos empreendedores descobriram que as pessoas poderiam utilizar
o correio eletrônico (E-mail) para se comunicar, recentemente temos os whatssap que fazem até
vídeos chamadas Ou seja, a invenção de uma nova tecnologia tornou possível desenvolver uma
forma mais produtiva de comunicação: o e-mail, que se transformou em uma valiosa fonte de
oportunidades.

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 3
 Mudanças políticas e regulamentares - são fontes de oportunidade porque elas tornam
possível desenvolver idéias de negócios para utilizar os recursos de maneiras novas, mais
produtivas ou que redistribuem riqueza de uma pessoa para outra.
 A regulamentação podem proteger tipos específicos de actividades de negócios
encorajando empreendedores a tirarem vantagens nesses sectores assim como a
desregulamentação torna mais fácil para os empreendedores começarem promover novos
negócios;
Ex: Por exemplo, suponha que a cidade em que você viveu aprove uma lei determinando que todas
as casas históricas sejam pintadas utilizando o mesmo tipo de tinta.
Um empreendedor atento poderia tirar proveito dessa mudança se obtivesse os direitos exclusivos
sobre todas as fórmulas das tintas.
 Mudanças sociais e demográficas - são fontes de oportunidade porque elas alteram a
demanda por produtos e serviços e tornam possível gerar soluções que se mostram mais
produtivas para as necessidades dos clientes do que aquelas disponíveis.
Ex: Suponha que você soubesse que no próximo ano ocorreria uma mudança na moda entre os
estudantes universitários. Em lugar de calças jeans, camisetas e bonés de clubes, as pessoas
passariam a vestir ternos para ir às aulas. Você poderia tirar vantagem dessa mudança social para
iniciar uma empresa para produzir e vender ternos para universitários

4.2. Fontes de ideas de novos negocios

 Clientes – Através do contacto com clientes ou futuros clientes passamos a saber ou que
eles necessitam e desejam e o que podem consumir caso seja implementado em forma de
bens ou serviços;
 Consumidores – Estes fazem sempre observações sobre bens ou serviços já existentes, e
essas mesmas poderão levar-nos a introduzir novas ideias;
 Distribuidores – Estes tem contacto permanente com consumidores finais e clientes em
geral. Estão familiarizados com as necessidades reais do mercado por isso podem fornecer
boas ideias de novos negócios;

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 4
 Pessoal Técnico – Estes trabalham na produção e fornecimento de bens ou serviços.
Conhecem as formas de produção e podem sugerir muitas ideias novas de negócios. A
experiência pessoal é óbtida pelo conhecimento adquirido de empregos anteriores ou
recentes. Isto pode ajudar-nos a obter novas ideias de negócio;
 Hobbies ou Hábitos – Às vezes, os hobbies crescem além de sua condição de hobbies e
se tornam negócios;
 Descoberta Acidental – Qualquer pessoa pode topar com uma idéia útil no decorrer do
dia-adia;
 Busca Deliberada – Uma idéia de novo negócio pode também emergir de uma busca, uma
exploração proposital para encontrar uma nova idéia por implementar.

5. Secções do plano de análise da oportunidade de negócio

5.1 Descrição da idéia e sua concorrência;

Consiste na criação de um protótipo ou esquema do produto com todos seus aspectos e


características e identificar e listar todos os produtos e empresas concorrentes no espaço de
Mercado;

Comparar a nova idéia com, no mínimo, três produtos/serviços mais parecidos no atendimento à
necessidade do Mercado identificada.

Com a implementação destas actividades, pretende-se que se alcance a descrição da diferença e da


exclusividade do produto, assim como os propósitos de venda exclusiva (PVE’s).

Os propósitos de venda exclusiva (PVE’s) são um conjunto de atributos específicos e exclusivos


que influenciam a decisão de viabilidade de uma oportunidade de negócio, ou seja, são pontos
especificos e pelos quais a empresa se compromete a comercializar.

Estes propósitos precisam ser de carácter exclusivo, isto é, que não estejam a ser implementados
pelos concorrentes do mercado.

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 5
SE PVE < 3
PARE

Examina com muito mais cuidado se a ideia é ou não


suficientemente única para concorrer e obter êxito no
Mercado.

5.2 Analise do Mercado Interno e Internacional


Objectivos
 Determinar o tamanho e as caracteristicas do mercado;
 Apurar se ele e grande e suficientemente adequado para garantir o tempo e o esforco
necessario para desenvolver ainda mais um plano de negocio e entrar efectivamente no
mercado.

5.3 FUNIL Empresarial dos Empreendimentos

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 6
identificação do negócio mais adequado?

No quadro a seguir:

1) Aliste todas ideias de negocio que possues na coluna das iniciativas/ideias da mais interessante
para a menos interessante;
2) Atribua a pontuação a cada uma das variaveis que constam na primeira linha, de 0 a 3 pontos,
onde:

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 7
0 – Sem antecedentes 1 – Abaixo da média 2 – Media 3 – Acima da média
Iniciativas/ideia Conhecimento Experiencia Habilidade Facilidad Exclusividad TOTA
e de
s s s s e (PVEs) L
entrada

3) Faça o Somatorio dos pontos para cada iniciativa, faça a leitura e interprete os totais de acordo
com os critérios abaixo:
a) Iniciativas de negócio com menos de 10 pontos devem ser imediatamente abandonadas;
b) Iniciativas sem pelo menos 2 pontos em cada uma das variaveis devem ser eliminadas;
c) Iniciativas que não possuem um minimo de 3 pontos na variável exclusividade devem
ser eliminadas.
4) Quantas ideias sobram?
a) Se não sobra nem uma, então use mesma lista para ver onde e que precisas melhorar e/ou
desenvolver uma estrategia para melhorar a classificação por mais um ponto por variavel;
b) Se sobra mais do que uma, estas perante um prazeroso dilema: a escolha do negocio a
iniciar;
c) Se sobra apenas uma, podes ter encontrado a melhor ideia de negócio para si.

Aula Teórica de Empreendedorismo


Docente: Bernência Mabasso 8