Você está na página 1de 5

POEMA

O que é mesmo um Poema?


Poema é uma texto literário que pertence ao gênero da poesia, e cuja apresentação
pode surgir em forma de versos, estrofes ou prosa, com a finalidade de manifestar
sentimento e emoção.

O texto poético tem uma forte relação com a música, a arte e a beleza. A poesia
presente no texto é a componente que distingue o poema. Existem vários poemas
que foram convertidos em canções, porque foi acrescentada música.

Geralmente se apresenta em forma de versos e estrofes com rima e ritmo. O verso e


a estrofe são elementos do texto poético. Cada linha de um poema representa um
verso, já a estrofe é o conjunto de versos. A prosa poética tem o caráter de poesia
devido ao efeito emocional provocado pela linguagem.

A palavra “poema” deriva do verbo grego “poein” que significa “fazer, criar, compor”.
A literatura grega teve grande importância nas composições literárias de várias
épocas e culturas.

Vamos ler o poema “O gato”, de Vinícios de Morais

Mostre para os alunos que o uso do sentido conotativo e denotativo tem a ver com a
brincadeira com as palavras que o autor do primeiro poema fala. Pergunte para os
alunos como eles devem fazer para ler esse texto. Espera-se que eles percebam que
devem começar do meio e ir “desenrolando” as palavras para ler o texto.
Importante: Para as turmas iniciais a professora pode começar com pequenos
poemas, como a parlenda ou mesmo o trava-línguas, além de músicas com letras
em rima, como a cantiga de roda
Como ensinar a fazer um poema?
Dicas. Quando for ensinar linguagem poética: Selecione poemas não só pela
temática, mas, sobretudo, pela sonoridade e/ou metáforas. Proponha sempre a
leitura de poemas em voz alta para a percepção auditiva da sonoridade e do ritmo
dos versos.
Mostre para os alunos que o uso do sentido conotativo e denotativo tem a ver com a
brincadeira com as palavras que o autor do primeiro poema fala. Pergunte para os
alunos como eles devem fazer para ler esse texto. Espera-se que eles percebam que
devem começar do meio e ir “desenrolando” as palavras para ler o texto.
Como trabalhar a poesia na sala de aula?
O objetivo de se trabalhar a poesia em sala é o de estimular a oralidade, a
criatividade e a reflexão a respeito de fatos da vida de cada aluno. Além disso, o
educador pode trabalhar a escrita de poesias, contudo deixar os alunos livres de
temas, para que seus anseios interiores sejam retratados enquanto escreve.
Como e por que trabalhar com a poesia na sala de aula?
A aprendizagem da interpretação da poesia compreende o
desenvolvimento em coordenar conhecimentos dos vários senti-
dos que um texto poético proporciona. Uma forma para melhorar
a aprendizagem é a aproximação constante da poesia, como
também a utilização do conhecimento prévio.
Agora que adquiriu mais conhecimento, leia com
atenção ao poema “Aranha“, observando a
construção deste tipo de texto que pertence à
literatura.

ARANHA
Toda Charme, toda manha   
Como um trapezista
Equilibra-se a aranha
Verdadeira artista.

Ela nunca se assanha


Mas às vezes despista

Quando algo estranha.


Pegá-la? Desista.

Suavemente ganha
Sua finíssima pista
E ali se emaranha
E perde-se de vista.

PEREIRA, Otoniel S. Bichário. São Paulo: Formato,


2006, p.20.
Agora vamos entender o poema e responder as
perguntas sobre ele?
O SNOOPY ESTÁ COM O COMPUTADOR, MAS VOCÊ PODE
ESCREVER NO SEU CADERNO, OK?!

De que se trata o poema?


Que rimas há no poema?
Cite as qualidades da aranha.
Que faz ela para fugir de seu predador?
Quantas estrofes e versos tem o poema?

AGORA QUE VOCÊ JÁ ESTUDOU MUITO SOBRE O


ASSUNTO, PODERÁ CONHECER E LER MUITOS
OUTROS POEMAS OU USAR TAMBÉM A
CRIATIVIDADE E CRIAR OS PRÓPRIOS POEMAS!!

A NOSSA AULA TERMINA POR AQUI…

Você também pode gostar