Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA

Mecânica Geral 2 – Prof. Elvis Bertoti

Atividade Prática Supervisionada 1

Questão 1) Um projétil é lançado num fluido experimental no instante t = 0 s. Sua velocidade


inicial é e o ângulo formado com a horizontal é . O arrasto sobre o projétil resulta num
termo de aceleração , em que k é uma constante e é o vetor velocidade do
projétil. Inclua os efeitos da aceleração da gravidade.

a) Determine as componentes x e y da velocidade e do deslocamento como funções do


tempo.
b) Qual seria a velocidade terminal?
c) Plote por meio do programa de sua preferência (pode ser em Excel) a trajetória da
partícula para , para 3 diferentes valores de k e compare com a
trajetória de um projétil, isto é, para quando .

Questão 2) A haste do cilindro hidráulico está se movendo para a esquerda com uma
velocidade de 100 mm/s e esta velocidade está aumentando momentaneamente sob uma taxa
de 400 mm/s² para o instante em que sA = 425 mm. Determine a tensão no cabo para este
instante. A massa do carrinho B é de 0,5 kg, o comprimento do cabo é 1050 mm e os efeitos do
raio e do atrito na roldana A podem ser desprezados. Encontre os resultados para os casos em
que (a) o atrito no carrinho B é nulo e (b) µk = 0,4 para o carrinho B. O movimento é realizado
no plano vertical.
Questão 3) Num voo rasante, um avião A percorre durante o intervalo de tempo t=[0;7]s a
seguinte trajetória sobre um radar fixo na posição (0,0):

O tempo é dado em segundos. Para o instante em que a posição horizontal x do avião for de
-400 m medidos a partir do radar:
a) Represente esquematicamente sobre o desenho abaixo: os vetores velocidade e
aceleração para a aeronave; a orientação do sistema de coordenadas polares (
) com origem no ponto (0,0) e com o eixo +x como referência para o ângulo ; o
sistema de coordenadas normal-tangencial para a partícula. Determine os ângulos
formados com a horizontal, pois isso facilitará as questões seguintes.
b) Decomponha os vetores velocidade e aceleração para a partícula no sistema de
coordenadas polares.
c) Determine os valores de , , , , e para o radar neste instante;
d) Decomponha os vetores velocidade e aceleração no sistema de coordenadas
normal-tangencial e calcule o raio de curvatura da trajetória para este instante.

800

700

600

500
y [m]

400

300

200

100

0
-800 -700 -600 -500 -400 -300 -200 -100 0 100 200
x [m]

Questão 4) Um bloco de 2 kg (A) é empurrado contra uma mola, a qual é comprimida 0,1 m de
sua posição sem deformação (a mola não está presa ao bloco). O bloco é, então, liberado a
partir do repouso e desliza sobre a superfície inclinada em 20° até atingir a esfera de 1 kg (B), a
qual é suspensa por um cabo inextensível de 1 m de comprimento. Considerando que a
constante elástica da mola é k = 800 N/m, o coeficiente de atrito entre A e o solo é 0,2, a
distância percorrida pelo bloco desde a posição indeformada da mola até B é d = 1,5 m e o
coeficiente de restituição entre A e B é 0,8:
a) Determine a velocidade do bloco A instantes antes do choque com a esfera B;
b) Considerando que o impulso gerado pela força gravitacional, pela mola e pelo atrito
pode ser desprezado durante o impacto, há conservação da quantidade de movimento
durante choque na direção normal ao impacto? Justifique.
c) Calcule a velocidade da bola B após o impacto. Há perda de energia durante o
impacto? Justifique e se houver, calcule a perda em termos percentuais.
d) Determine a tração no cabo para quando α = 30°. Trace o diagrama de corpo livre para
esta posição;

Questão 5) A esfera de 5 kg e o bloco de 3 kg são sustentados pelo braço de massa desprezível


que gira no plano vertical em torno de um eixo vertical em O. O cilindro de 2 kg é liberado do
repouso em A e cai até atingir o rasgo no bloco, quando o braço atinge a posição horizontal.
Um instante antes da conexão o braço possui uma velocidade angular .
Determine a velocidade angular do braço imediatamente após o contato do cilindro com o
bloco.