Você está na página 1de 5

REPRODUÇÃO LIVRE

NBR 8964
JUL 1985

Arame de aço de baixo teor de carbono,


zincado, para gabiões
Origem: Projeto 01:022.05-004/1985
CB-01 - Comitê Brasileiro de Mineração e Metalurgia
CE-01:022.05 - Comissão de Estudo de Fio-Máquina e Trefilados

Palavras-chave: Aço, Arame, Gabião

SUMÁRIO

1 Objetivo
2 Documentos complementares
3 Definição
4 Condições gerais
5 Condições específicas
6 Inspeção
7 Aceitação e rejeição

1 Objetivo

1.1 Esta Norma fixa as condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de
arames de aço de baixo teor de carbono, redondos e zincados, usados na confecção de
gabiões.

1.2 Esta Norma se aplica a gabiões confeccionados em malha hexagonal de dupla torção.

2 Documentos complementares

Na aplicação desta Norma é necessário consultar:

NBR 5995 - Zinco primário - Especificação

NBR 6207 - Arame de aço - Ensaio de tração - Método de ensaio.

NBR 7397 - Produtos de aço ou ferro fundido - Verificação do revestimento de zinco -


Determinação da massa por unidade de área - Método de ensaio

NBR 7398 - Produtos de aço ou ferro fundido - Verificação do revestimento de zinco -


Verificação da aderência - Método de ensaio

3 Definição

Para os efeitos desta Norma é adotada a definição de 3.1


3.1 Arame de aço de baixo teor de carbono zincado

É o arame obtido por trefilação e, em geral, zincado por imersão em banho de zinco fundido e
definido pelo seu diâmetro, massa da camada de zinco e resistência a tração.

4 Condições Gerais

4.1 Modo de fazer a encomenda

Nos pedidos de arames de aço zincados segundo esta Norma devem constar:

a) Arame de aço de baixo teor de carbono zincado;

b) NBR 8964;

c) Diâmetro do arame, em mm;

d) Quantidade pedida, em kg.

4.2 Revestimento

4.2.1 Os arames devem ser revestidos com uma camada pesada de zinco.

4.2.2 Os arames são geralmente zincados por imersão contínua em um banho de zinco
fundido, permitindo revesti-los com uma camada protetora uniforme e aderente.
4.2.3 O zinco utilizado no banho é o zinco primário, em lingotes, e pode ser um dos tipos
indicados na NBR 5996.

4.3 Condições de superfície

O arame deve apresentar uma superfície lisa e isenta de defeitos que impeçam sua aplicação
no uso previsto.

4.4 Embalagem

4.4.1 Cada rolo de arame é amarrado convenientemente, de modo a assegurar seu manuseio
e transporte normais.

4.4.2 A massa e o tamanho dos rolos de arame devem ser motivo de acordo prévio entre
produtor e comprador.

4.5 Marcação

Cada rolo de arame deve ser identificado, por meio de uma etiqueta firmemente presa, com os
seguintes dizeres de forma indelével:

a) Nome ou símbolo do produtor;

b) Número de identificação do produtor que individualize o lote e permita o levantamento do


processamento do material durante a produção;

c) Diâmetro do arame, em mm;


d) Valor nominal da resistência à tração do arame;

e) Indicação de camada pesada de zinco.

5 Condições específicas

5.1 Processo de fabricação do aço

5.1.1 O aço para fabricação de arames deve ser obtido por um dos seguintes processos:
básico a oxigênio, Simens -Martin ou forno elétrico.

5.1.2 O aço deve ser do tipo acalmado ao silício.

5.2 Requisitos de composição química

Os requisitos de composição química são dados na Tabela 1.

Tabela 1 - Requisitos de composição química

Em percentagem

Elementos Teor
Carbono 0,10 máximo
Manganês 0,30 a 0,60
Silício 0,15 a 0,30
Fósforo 0,04 máximo
Enxofre 0,04 máximo

5.3 Diâmetros e tolerâncias

As dimensões dos diâmetros dos arames zincados, assim como suas tolerâncias, são dadas na
Tabela 2.

Nota: É reconhecido que a superfície da camada pesada, particularmente a produzida por


imersão a quente em banho de zinco, não é perfeitamente lisa e isenta de irregularidades.
Desse modo, não devem ser aplicadas as tolerâncias de diâmetros sobre as irregularidades
identificadas como inerentes ao processo de zincagem.

Tabela 2 - Diâmetros e tolerâncias

Unid.: mm

Diâmetro Afastamentos
2,0 +/- 0,05
2,2 +/- 0,05
2,4 +/- 0,06
2,7 +/- 0,06
3,0 +/- 0,07
3,4 +/- 0,07
3,9 +/- 0,08
4,4 +/- 0,08
5.4 Massa da camada de zinco

A massa mínima da camada de zinco para os arames não pode ser inferior à especificada na
Tabela 3.

Tabela 3 - Massa mínima da camada de zinco por metro quadrado

2
Diâmetro (mm) Massa mínima da camada de zinco (g/m )

2,0 240
2,2 240
2,4 260
2,7 260
3,0 275
3,4 275
3,9 290
4,4 290

5.5 Requisitos de propriedades mecânicas

5.5.1 A resistência à tração do arame deve estar entre 380 MPa a 500MPa.

5.5.2 O alongamento mínimo realizado em amostra com 300 mm de comprimento deve ser
13%.

6 Inspeção

6.1 Condições de inspeção

6.1.1 A inspeção e os ensaios devem ser realizados no produtor, desde que não seja
estabelecido de outro modo entre produtor e comprador.

6.1.2 A inspeção deve abranger os seguintes itens:

a) inspeção visual do lote no que se refere ao aspecto da superfície zincada do arame, visando
verificar defeitos grosseiros;

b) medição de diâmetro;

c) verificação da aderência da camada de zinco;

d) verificação da massa da camada de zinco;

e) verificação da resistência à tração.

6.2 Amostragem

6.2.1 As amostras devem ser retiradas dentro da rotina do produtor.

6.2.2 As amostras para os ensaios são retiradas de lotes, de 50 rolos ou fração. De cada lote
devem ser amostrados, ao acaso, cinco rolos.
6.2.3 De uma das extremidades de cada rolo amostrado retira-se uma amostra de
aproximadamente 1,0 m de comprimento. Essas cinco amostras são consideradas como
representativas de cada lote e são submetidas aos ensaios.

6.3 Ensaios

6.3.1 O ensaio para verificação da aderência da camada de zinco deve ser realizado conforme
a NBR 7398.

6.3.2 O ensaio para a verificação da massa do revestimento de zinco deve ser realizado
conforme a NBR 7397.

6.3.3 O ensaio para a determinação da resistência à tração deve ser realizado conforme a NBR
6207.

7 Aceitação e rejeição

7.1 O material deve ser considerado aceito quando atender aos requisitos especificados nesta
Norma.

7.2 Se uma amostra não satisfizer aos requisitos especificados, deve ser retirada uma nova
amostra. Se o resultado dos novos ensaios for satisfatório, o lote deve ser aceito. Se o
resultado dos novos ensaios não atender aos requisitos especificados, por acordo prévio entre
produtor e comprador, pode ser retirada mais uma amostra de cada rolo, sendo aceitos
somente os rolos que apresentarem resultados satisfatórios.

REPRODUÇÃO LIVRE

Você também pode gostar