Você está na página 1de 21

eBook online

Aprenda a

Investir em
Contratos
de Índice e
Dólar Futuro

Seja bem-vindo ao eBook que vai ensinar tudo


o que você precisa para começar a operar
contratos futuros na Bolsa
Se você está pensando em se tornar trader, profissional do mercado
financeiro que compra e vende ativos buscando lucros no curto prazo, você
não pode deixar de aprender a operar os contratos futuros de Dólar e
Índice, sobretudo os minicontratos.

Nos últimos dois anos, houve um aumento explosivo de pessoas físicas


operando os minicontratos, pois, além de serem muito acessíveis, existem
outras vantagens desses ativos em relação ao mercado acionário.

Se você quer viver exclusivamente de rendimentos obtidos na Bolsa de


Valores, diria que, hoje em dia, é quase obrigatório saber investir em
minicontratos de Dólar e Índice, pois esse é o caminho mais viável para os
traders iniciantes conseguirem seus primeiros resultados positivos.

Sabemos que esse tipo de mercado exige muito conhecimento, atitude,


disciplina, controle de risco, estabelecimento de metas e controle
emocional. Quem dominar esses itens estará mais preparado para lucrar
nesse mundo fascinante e desafiador! Aproveite a leitura.

Igor Graminhani

Analista Gráfico da Genial


Investimentos (CNPI-T)

Sumário
01
O que são Contratos Futuros?

02
A arte de especular

03
Contrato de Índice Futuro

04
Índice Cheio x Mini-Índice

05
Como funciona a Margem de Garantia?

06
Entenda como operar na prática Índice (IND) e Mini-Índice (WIN)
07
Diferenças entre contrato cheio de Índice e Mini-Índice

08
Contrato de Dólar Futuro

09
Entenda as diferenças entre o Contrato Cheio de
Dólar Futuro e o Minicontrato de Dólar Futuro
10
Entenda como operar na prática Dólar (DOL) e Mini-Dólar (WDO)

11
Por que investir em Índice e Dólar Futuro?

12
9 Dicas Essenciais para Operar

13
Código de negociação e vencimento dos contratos

14
O que é Ajuste Diário?

15
Como controlar o psicológico ao lucrar ou perder?

16
A dinâmica do hedge cambial

voltar para o sumário

O que são
Contratos Futuros?
Os contratos futuros são investimentos de renda variável, isto é, você nunca
saberá de forma definitiva e prévia qual será a sua rentabilidade. Eles se
enquadram no que o mercado conhece como derivativos, instrumentos
financeiros cujo preço deriva do valor de mercado de uma commodity
(milho, café, soja, boi gordo etc.) ou de um outro ativo (dólar, índice
Bovespa, taxa de juros etc.).

Mais especificamente, os contratos futuros são acordos de compra ou venda


de um ativo para uma data futura a um preço estabelecido entre as partes
em uma negociação.

Esses contratos, negociados no ambiente da Bolsa de Valores, são


padronizados de acordo com sua quantidade, qualidade, formas de
liquidação, garantias e prazos de entrega.

No mercado futuro, os participantes apostam em cotações futuras desses


ativos para se proteger (hedge) ou simplesmente especular para lucrar em
cima das variações em operações de curto prazo.
voltar para o sumário

A arte de especular
A atuação dos especuladores consiste na compra e venda de contratos futuros
apenas para ganhar o diferencial entre o preço de compra e o de venda. É,
basicamente, a função dos famosos traders!

A presença deles é fundamental no mercado futuro, pois são os únicos que


tomam maiores riscos, dando liquidez ao mercado e viabilizando a outra ponta
da operação (hedger).

Os traders não permanecem por muito tempo com os ativos no mercado e,


dificilmente, carregam suas posições até a data de liquidação do contrato.
A operação de especulação mais utilizada é o day trade, que consiste na
compra e venda dos ativos no mesmo dia.

Lembre-se:

Mercado futuro em Bolsa é um mercado de contratos, de intenções,


onde, na realidade, são negociados preços futuros de uma
mercadoria.

Deve-se destacar que muitos daqueles que negociam em mercados


futuros não estão preocupados em entregar ou receber uma
mercadoria física, mas estão preocupados em garantir um preço
futuro Principais
para a suacontratos
mercadoria,
futuros
em uma
negociados
data predeterminada.
na B3:

Dólar Petróleo Etanol


Euro Ouro Açúcar
Índice Soja Café
Bovespa Milho Arábica
Taxa DI Boi Gordo

voltar para o sumário

Contrato de Índice Futuro


O Índice Bovespa (Ibovespa) é formado pelas 66 ações mais negociadas
do mercado à vista da Bolsa de Valores oficial do Brasil, a B3. Não é
possível negociar o Ibovespa. Ele é apenas uma referência para o
mercado (benchmark).

Entretanto, é possível negociá-lo no mercado futuro, transformando-o


em um ativo real, padronizado pela própria Bolsa.
O contrato futuro do Ibovespa possibilita que o mercado negocie as
expectativas futuras de ações sem a necessidade de ter que comprar toda
a cesta de ativos que compõem o índice.

Assim como vimos que os contratos futuros são derivativos, o índice


futuro, portanto, é um derivativo do Ibovespa e essa relação possui uma
fórmula: Índice Futuro = Ibovespa (1 + Taxa de Juros no Período).
Existem 2 tipos de contrato: O índice cheio (IND) e o mini-índice (WIN),
que torna a operação mais acessível.

voltar para o sumário

Índice Cheio x Mini-Índice


Entenda a Diferença
Os minicontratos foram criados para dar oportunidade de negociação a
pequenos investidores. Por exemplo, quando negociamos o contrato cheio de
índice futuro, em que temos um lote mínimo de 5 contratos, o financeiro
envolvido na negociação é de aproximadamente R$ 450.000,00 (levando em
conta o índice a 90.000 pontos).

Na negociação com minicontratos, o valor envolvido é de R$ 18.000,00, pois


cada ponto no mini-índice vale R$ 0,20 e o lote mínimo é de 1 contrato.
Na negociação com minicontratos, você não precisa ter todo o capital
disponível para negociação. Para esse investimento é necessário somente a
margem de garantia (quantia em dinheiro depositada pelo cliente na corretora
em que opera).

Exemplo: Para fazer uma operação de day trade na Genial Investimentos com 1
minicontrato de índice, você precisa ter em conta apenas R$ 50,00.
Já se você fizer uma operação mais longa (posição), precisa ter em conta
aproximadamente R$ 2.900,00 por minicontrato de índice.

voltar para o sumário

Como funciona a
Margem de Garantia?
Pela margem de garantia é possível alavancar o patrimônio do investidor
e, assim, buscar ganhos expressivos em relação ao capital alocado. Isso é,
sem dúvida, um dos diferenciais mais fascinantes do mercado de
contratos futuros.

Esse valor da margem de garantia deve permanecer depositado na conta


da corretora enquanto compradores e vendedores mantiverem suas
posições em aberto. Quando as posições forem encerradas, a margem é
devolvida.

Ativos aceitos como margem de garantia:

- Títulos Públicos
- CDBs
- Ações (podem ter deságio)

Ativos que não servem como margem de


garantia:
- Fundos Imobiliários (FII)
- LCI e LCA
- CRI e CRA

voltar para o sumário

Entenda como operar na


prática Índice e Mini-Índice
Exemplo 1:
Day Trade: Compra de 10 contratos de Índice Futuro (IND) a 90.000 pontos.
Encerramos a posição vendendo 10 contratos a 90.100 pontos.
Utilize sempre a seguinte fórmula para saber o resultado da operação:
(Venda – Compra) x 1,00 x nº de contratos
Nesse caso, então, como fica?
Resultado da operação = (90.100 – 90.000) x 1,00 x 10 = R$ 1.000,00 de LUCRO

Exemplo 2:
Day Trade: Venda de 5 minicontratos de Índice Futuro (WIN) a 90.000 pontos.
Encerramos a posição comprando 5 minicontratos a 90.300 pontos.
(Venda – Compra) x 0,20 x nº de contratos
Resultado da operação = (90.000 – 90.300) x 0,20 x 5 = R$ 300,00 de PREJUÍZO

voltar para o sumário

Diferenças entre contrato


cheio de índice e mini-índice:
voltar para o sumário

Contrato de Dólar Futuro


O Contrato Futuro de Dólar Comercial é o segundo contrato derivativo
mais negociado no mercado brasileiro, perdendo apenas para o
Contrato Futuro de DI (taxa de juros).

Esse investimento possibilita que o mercado negocie as expectativas


futuras de variação da moeda. Assim como o contrato futuro de índice,
pode servir para proteção (hedge) ou especulação sobre o preço da
moeda norte-americana em uma data futura.

Existem 2 tipos de contrato: O Dólar Futuro cheio (DOL) e o Mini-Dólar


(WDO), que torna a operação mais acessível.

voltar para o sumário


Entenda as diferenças entre o
Contrato Cheio de Dólar Futuro e
o Minicontrato de Dólar Futuro

Margem de Garantia
A margem de garantia para fazer uma operação de day trade na
corretora Genial Investimentos com 1 contrato cheio de dólar é de
R$ 400, já para o minicontrato de dólar é de R$ 80,00.

voltar para o sumário


Entenda como operar na prática
Dólar (DOL) e Mini-Dólar (WDO)
Exemplo 1
Day Trade: Compra de 5 contratos de dólar futuro (DOL) a 3.960,50 pontos.
Encerramos a posição vendendo 5 contratos a 3.962,50 pontos.
Seguindo a mesma fórmula:
Resultado da Operação = (Venda – Compra) x 50 x Nº de contratos, temos:
Resultado da Operação = (3.962,50 – 3.960,50) x 50 x 5 = R$ 500,00 de LUCRO

Exemplo 2
Day Trade: Compra de 5 minicontratos de dólar futuro (WDO) a 3.960,50 pontos.
Encerramos a posição vendendo 5 minicontratos a 3.962,50 pontos.
Resultado da Operação = (Venda – Compra) x 10 x Nº de contratos
Resultado da operação = (3.962,50 – 3.960,50) x 10 x 5 = R$ 100,00 de LUCRO

voltar para o sumário

Por que investir em


Índice e Dólar Futuro?
1 - Alta Liquidez
Os minicontratos de índice e dólar futuro têm mais liquidez do que todas as ações
somadas do Ibovespa. Portanto, é extremamente fácil comprar e vender.

2 - Alavancagem
Ao comprar um minicontrato você não paga por ele, e sim pela sua variação. Dessa
forma, é exigido apenas uma fração do contrato como margem. Isso dá ao investidor a
possibilidade de alavancar capital em busca de um retorno mais contundente.
Por exemplo, para fazer uma operação de day trade com 10 minicontratos de dólar,
você precisa ter depositado em conta como margem apenas o valor de R$ 800,00 (R$
80,00 por contrato).

Supondo que você ganhe 5 pontos nesse day trade, dá um lucro bruto de R$ 500,00 (5
pontos x 10 x 10 minicontratos). Já no mercado acionário, o trader teria que operar
com um capital bem maior para extrair esse lucro.
Por exemplo, supondo que a meta do trader é de 0,5% de lucro. Seria necessário
investir R$ 100.000,00 na PETR4 para extrair os mesmos R$ 500,00 de lucro. A
diferença de aporte, portanto, é muito grande!

A alavancagem, se bem usada, pode impulsionar seus investimentos de curto prazo.


Porém, pode causar grande prejuízo aos investidores inexperientes. Comece
operando devagar e entenda todos os aspectos desse mercado antes de dar um
grande passo.

A duração de um day trade no dólar com esses 2 pontos pode ocorrer em menos de
1 minuto. Na Genial Investimentos, usamos o gráfico intraday de 5 minutos e muitas
operações são abertas e fechadas em menos de 10 segundos.

3 - Menor custo operacional


Se comparado ao mercado acionário, a corretagem é bem mais barata nas operações
de dólar e índice futuro.
voltar para o sumário

9 Dicas
Essenciais
para Operar
O analista gráfico da Genial Investimentos, Igor Graminhani, dá algumas dicas essenciais
para quem quer operar contratos futuros como trader. Os pontos levantados pelo
especialista servem tanto para profissionais que estão pensando em começar na
profissão quanto para os mais experientes.

Para os que estão começando, ele indica operar os minicontratos de dólar e os


minicontratos de índice. Abaixo, confira as principais dicas para ter sucesso como trader
profissional de contratos futuros:

1) Conhecimento
A educação do trader deve estar fundamentada sobre um método de referência. Seja
Análise Gráfica ou Tape Reading, o primeiro passo para ser um profissional é se basear
em alguma dessas metodologias.
2) Controle de Risco
A atenção deve ser redobrada nesse ponto. Ter controle de risco é estabelecer,
principalmente, qual é o máximo de prejuízo diário. O recurso Stop Loss, que determina
qual é esse limite de desvalorização, deve ser usado para controlar o risco. Segundo
Graminhani, não é recomendável deixar a operação aberta sem o Stop Loss.

3) Atitude
Quando o trader identificar uma formação no gráfico que indique ordem de compra ou
de venda, ele vai precisar ter a atitude de apertar o botão sem medo. Precisa pensar
rápido. Por isso, há o controle de risco. As operações são feitas em segundos e ser
cauteloso nesse mercado significa perder boas oportunidades.

4) Estratégia
O trader não pode operar no "achismo" nem no "feeling". O recomendado é seguir os
gráficos e padrões das metodologias de trading. Os gráficos servem para dar o timing
certo de entrada e saída das operações.

5) Disciplina
Se o trader não tiver disciplina para estabelecer as metas, ele certamente vai quebrar e
perder muito dinheiro. Se bater a meta diária de ganho ou prejuízo, pare tudo e só pense
em trabalho no dia seguinte. Para o trader, cada dia é um dia e isso deve ser respeitado.

6) Fator psicológico
Às vezes, um trader pode ter em suas características fatores, como controle de risco,
estratégia e conhecimento, mas na prática é diferente. Quanto maior o valor financeiro
usado no trading, mais a questão emocional, como ansiedade, medo, tristeza, alegria e
ganância, afeta o trader. Por isso, é preciso saber qual é o equilíbrio e o montante de
dinheiro que pode ganhar ou perder sem que afete o seu conforto.

7) Foco total
Trading não é brincadeira. Não existe escritório na praia nem moleza como muitos dizem
por aí. As operações podem ser em segundos e, por isso, é preciso atenção total. Ter uma
estação de trabalho própria e um local tranquilo é essencial para um bom desempenho.

8) Calendário econômico
O calendário econômico tem que estar na mão, todos os dias, para conseguir prever
alguns eventos. Assim, as operações ficam mais claras e não há surpresas na hora de
investir.

9) Plataforma profissional
O uso de uma plataforma profissional para operar é fundamental. Não é recomendável
operar minicontratos no day trade com o uso de Home Broker que possui maior delay e

não tem todos os recursos operacionais que tem uma plataforma profissional
!

Live - O checklist do Trader de sucesso

voltar para o sumário

Código de negociação e
vencimento dos contratos
Cada contrato futuro tem um código de negociação, assim como no mercado de
ações. Porém, uma característica comum a todos os contratos futuros é a existência
da data de vencimento. O investidor precisa ficar atento a isso!
Exemplo 1
Caso o investidor queira comprar um minicontrato de índice no dia 10 de maio de 2019,
deve negociar o WINM19.

WINM19 – Minicontrato de Índice Ibovespa que vence em junho de 2019.

Exemplo 2
Caso o investidor queira comprar um minicontrato de dólar no dia 10 de maio de 2019,
deve negociar o WDOM19. Lembrando que o dólar vence no primeiro dia útil do mês.
Portanto, no dia 10 de maio, estaríamos negociando o vencimento de junho.

WDOM19 – Minicontrato de Dólar que vence em junho de 2019.

voltar para o sumário


O que é Ajuste Diário?
Por solicitar apenas a margem para operações com os contratos futuros, as posições
em contratos futuros se tornam alavancadas. Diferentemente do mercado de ações,
nos contratos futuros existe um ajuste diário de posição.

Ao final de cada pregão, a B3 divulga o valor de ajuste, que é a diferença diária, a ser
paga ou recebida pelos investidores.

Para calcular o valor do ajuste, os contratos futuros formam o chamado preço de


ajuste, a partir dos últimos negócios antes do fechamento, como uma média
ponderada.

Na prática, o ajuste diário é um mecanismo de proteção do mercado futuro contra


possíveis inadimplências. Os participantes recebem seus lucros e pagam seus
prejuízos diariamente.
Exemplo (Posição): Compra de 10 minicontratos de Índice Futuro (WIN) a 90.000 pontos.

Dia 1: Ajuste 90.100 pontos


- (Ajuste – Compra) x 0,20 x nº de contratos
- (90.100 – 90.000) x 0,20 x 10 = R$ 200,00

Dia 2: Ajuste 89.800 pontos


- (Ajuste dia 2 – Ajuste dia 1) x 0,20 x nº de contratos
- (89.800 – 90.100) x 0,20 x 10 = - R$ 600,00

Dia 3: A operação é encerrada com a venda de 10 minicontratos de índice futuro a 90.300


- (Venda – Ajuste dia 2) x 0,20 x nº de contratos (90.300 – 89.800) x 0,20 x 10 = R$ 1.000,00
- Resultado da Operação = (Venda – Compra) x 0,20 x nº de contratos
- Resultado da Operação = (90.300 – 90.000) x 0,20 x 10 = R$ 600,00

voltar para o sumário


Como controlar o psicológico
ao lucrar ou perder?
Diferentemente de muitas coisas que acontecem em nossas vidas, no mercado
financeiro, não temos o menor controle do que irá acontecer. Não importa quem você
é, o quanto estudou e nem mesmo o quanto você queira que o mercado ande em
certa direção, não há nada que você possa fazer para isso acontecer. Nada mesmo!

Por isso, o trader de contratos futuros não tem nas mãos uma fórmula simples para
operar e se controlar. É preciso muita disciplina, equilíbrio psicológico e, claro,
conhecimento de mercado. Mas, aqui, a nossa intenção é focar na parte do
psicológico. Afinal, qual é o mindset ideal de um trader de sucesso?

Tenha resiliência!
Quanto mais você se esforçar para dominar uma situação, pior ela ficará.
Independentemente do que faça, não há garantias de sucesso nas operações. Mesmo
que você tenha conhecimento, recursos financeiros e tempo, algumas operações,
aliás várias, serão perdedoras. Faz parte e ninguém, nem os melhores, conseguem
evitar.

Como já mencionado, o mantra de um bom trader é: “Saiba perder dinheiro antes de


lidar com lucros”. Ou seja, uma das virtudes de um trader de sucesso é entender que
haverá perdas. É uma condição inerente à profissão. Os melhores traders já tiveram
muitos prejuízos, mas foram resilientes.

Resiliência é a palavra-chave de um trader de sucesso. Aprender a ressignificar os


sentimentos causados por erros e perdas de dinheiro e assumir a responsabilidade
sobre os próprios atos talvez sejam as tarefas mais difíceis para o trader.

Aprenda a ser objetivo


É necessário ter um plano com regras bem definidas e cumpri-las. Saber quando
descumprir as regras é uma característica a ser adquirida com o tempo. É muito raro
ouvirmos das pessoas “Eu errei”. O mais natural é escutarmos: “Deu errado porque
algo aconteceu.”. Tenha em mente que ninguém é culpado por seus resultados a não
ser você. O mercado não tem o menor conhecimento sobre a sua situação financeira,
sobre o resultado das operações anteriores e muito menos sobre a sua posição atual.

Culpar terceiros é uma forma de nunca olhar com objetividade para cada situação
adversa. Acompanhar o mercado com 100% de objetividade é o que vai aliviar o seu
psicológico. Objetividade é trabalhar com números exatos, o que vai ajudá-lo a
estabelecer as regras das suas operações e, por meio delas, montar o plano de
operações vencedor.

Essa objetividade vai lhe conferir confiança para entrar e sair de uma operação, pois a
probabilidade positiva traz conforto para a mente aceitar perdas sabendo que os
ganhos futuros compensarão esses prejuízos.

voltar para o sumário

A dinâmica do
hedge cambial
A palavra Hedge significa proteção. É uma posição oposta àquela que se possui no
mercado físico. O hedge surgiu da necessidade de um produtor manter um preço fixo
para vender seu produto.

Além disso, havia também a necessidade de comerciantes obterem um preço fixo para
comprar produtos.

Hedge Cambial:
É um tipo de operação financeira que protege os seus
investimentos no exterior. É uma prática comum usada
principalmente por importadores e exportadores.

Exemplo de Hedge Cambial:


Um importador fez uma compra de matéria-prima e pagará o valor da compra em 3
meses. Na data da compra, o dólar estava R$ 3,30 e, com esse valor, a empresa teria
uma boa margem de lucro do produto final.

Para se proteger contra uma possível alta do dólar, a empresa resolveu fazer um
hedge, travando a cotação do dólar de hoje para daqui 3 meses, quando fará o
pagamento da conta, podendo se planejar com precisão até lá.

Do outro lado, há uma empresa exportadora que já enviou o produto ao exterior,


mas só receberá o pagamento em alguns meses.

Caso o dólar esteja muito baixo quando receber o pagamento, poderá ocasionar um
prejuízo enorme para a empresa.
1. No dia das operações, o exportador e o importador fizeram as seguintes
operações, com o valor do dólar em R$ 3,14.

Agora, o importador e o exportador não estão mais sujeitos às variações do preço do


dólar. Como se costuma dizer no mercado, estão “hedgiados”.
No final do período, vamos supor que o dólar tenha recuado e, na data do vencimento
do contrato, esteja R$ 3,00.

Para encerrar as posições, cada um fez uma operação inversa à primeira: quem
vendeu contratos, agora, comprou e quem comprou, agora, vendeu o mesmo número
de contratos.

Veja como ficou a situação do exportador, importador e do especulador:


Vem ser Genial. Abra sua conta.
É simples, rápido e grátis.
Nome

e-mail

DDD + Telefone

*campos obrigatórios

ABRIR MINHA CONTA

A Genial é a plataforma de investimentos que oferece os


melhores produtos do mercado, assessoria sem custo
e faz o seu dinheiro render mais.

+ DE 32 BILHÕES + DE 200 MIL


EM ATIVOS CLIENTES

Esta instituição é aderente ao código ANBIMA de regulação e melhores práticas para atividade de
distribuição de produtos de investimento no varejo. Os instrumentos financeiros discutidos,
apresentados ou oferecidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Esta
comunicação não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou
necessidades específicas de qualquer investidor, não devendo servir como única fonte de informações
no processo decisório do investidor que, antes de decidir, deverá realizar uma avaliação minuciosa do
produto e respectivos riscos face a seus objetivos pessoais e à sua tolerância a risco (Suitability),
preferencialmente por meio de profissional qualificado. Investimentos nos mercados financeiros e de
capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. O conteúdo
apresentado não se trata de recomendação, indicação e/ou aconselhamento de investimento, sendo
única e exclusiva responsabilidade do investidor a tomada de decisão. A Genial não dá nenhuma
segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou
exatidão de estudos, relatórios, indicativos, previsões ou investimentos apresentados neste e-mail.
Este e-mail também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados,
investimentos, produtos ou desdobramentos neles abordados. As informações contidas neste e-mail
foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes consideradas
confiáveis, sendo válidas na data de sua publicação. Todos os detalhes a respeito do produto, como
classificação de risco, características, rentabilidade e qualquer outra informação estarão ao dispor do
cliente ao clicar no produto desejado, ocorrendo dessa forma, o redirecionamento para sítio eletrônico
específico. A Genial é uma instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, que está
democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente,
através de uma plataforma digital amigável, assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.
Caso tenha qualquer reclamação, dúvida ou elogio, entre em contato com nossa Ouvidoria por meio
do telefone 0800 605 8888.

Você também pode gostar