Você está na página 1de 12

FR Hardware

com Conector C
de 15 pinos

Obs. Aplicado em Caminhões e Ônibus Mercedes nas fases Euro 2 e parte 3 (2006 em
diante). Esse módulo tem muitas variações porém o hardware é idêntico tendo somente
o mudança no software.
Visão Geral dos Blocos FR 15 Pinos
Módulo importante que faz o gerenciamento de várias funções dentro da cabine e solicitação de
carga vinda do pedal de acelerador. Nos conjunto geral agrega funções de codificação do sistema
de imobilizador. Veja agora os blocos superficiais que compõem essa central

Bloco de
Alimentação:
Bloco
responsável pelo
tratamento e
distribuição de
alimentação para
toda placa.

Bloco Lógico
Bloco
responsável pelo
processamento
de dados de
entrada e
comunicação
Can Bus com
demais módulos
do sistema.

Bloco de
Atuadores
Bloco
responsável pelo
acionamento de
alguns atuadores
Mapeamento Completo FR 15 Pinos

01

02

03

12

11 04

10

09
05

08

06
01

07
Descrição dos Componentes

Nº Função
01 Circuito de Alimentação composto por capacitores eletrolítico e fonte estabilizadora.
Responsável também pela proteção contra picos de tensão e corrente esse circuito é
muito importante para o bom funcionamento da placa como um todo

02 Memoria PSOP AM29F400BB. Armazena dados de controle do sistema.

03 Processador SAKC167CS-L40M. Componente responsável pelo gerenciamento de todo


sinal de entrada e saída para ligação de atuadores do sistema.

04 Circuito integrado 9241ª. Responsável pela comunicação de linha K

Circuito integrado 10209A VDO 54204607. Auxilia nas Funções:


1- Alimentação de 5v para pistas resistivas do PEDAL DO ACELERADOR.
05
2- Comunicação de rede Can com modulo MR

06 Capacitor eletrolítico de 24v. Deve ter um tensão equivalente a tensão da fonte.

07 Filtro da Rede Can com conexão com modulo MR (Módulo do Motor)

Circuito integrado Driver BTS621L1. Controle das eletroválvulas do Grupo divisor 1 e 2.


Veja os pinos:
1- Saída de sinal de ativação para eletroválvula do grupo divisor 1
2- Aterramento
08 3- Entrada de sinal proveniente do processador para ativação da eletroválvula 1
4- Alimentação Positiva de 24v para ativação da válvula
5- Diagnóstico para verificação de consumo de corrente
6- Entrada de sinal proveniente do processador para ativação da eletroválvula 2
7- Saída de sinal de ativação para eletroválvula do grupo divisor 2

09 Circuito integrado Driver BTS117. Chaveamento Negativo das eletroválvulas do grupo


divisor 1 e 2

10 Circuito integrado Driver BTS117. Chaveamento Negativo das eletroválvulas do freio


motor 1 e 2

11 Circuito integrado Driver BTS621L1. Controle das eletroválvulas do Grupo divisor 1 e 2.


Veja os pinos:

1- Saída de sinal de ativação para eletroválvula do Freio motor 1


2- Aterramento
3- Entrada de sinal proveniente do processador para ativação do freio motor 1
4- Alimentação Positiva de 24v para ativação da válvula
5- Diagnóstico para verificação de consumo de corrente
6- Entrada de sinal proveniente do processador para ativação do freio motor 2
7- Saída de sinal de ativação para eletroválvula do Freio motor 2

12 Filtro da Rede Can com conexão com Ponto Estrela Can


Mapeamento Completo FR 15 Pinos (Verso)

01 02 03 04

06 05

Descrição dos Componentes

Nº Função
01 Capacitores de tântalo da linha de 5v. No teste de alimentação deve ter o equivalente a 5 volts

02 Diodos de proteção da entrada de alimentação. Com o modulo alimentado a fonte esse diodos
devem apresentar tensão de 24 volts

03 Circuito integrado 6511. Responsável pela codificação de protocolo para o Ponto Estrela CAN

04 Diodos de controle do sentido de corrente das eletroválvulas do grupo divisor 1 e 2 e da válvula


de freio motor 1 e 2

05 Circuito integrado responsável pela conversão do sinal do sensor de rotação da arvore


intermediária

06 Cristal piezoelétrico. (Clock)


FR Hardware
com Conector
de 21 pinos

Obs. Aplicado em Caminhões e Ônibus Mercedes nas fases Euro 3 e 5. Esse módulo tem
muitas variações porém o hardware é idêntico tendo somente o mudança no software.
Visão Geral dos Blocos FR 21 Pinos
Módulo importante que faz o gerenciamento de várias funções dentro da cabine e solicitação de
carga vinda do pedal de acelerador. Nos conjunto geral agrega funções de codificação do sistema
de imobilizador. Veja agora os blocos superficiais que compõem essa central.

Bloco de
Alimentação:
Bloco
responsável pelo
tratamento e
distribuição de
alimentação para
toda placa.

Bloco Lógico
Bloco
responsável pelo
processamento
de dados de
entrada e
comunicação
Can Bus com
demais módulos
do sistema.

Bloco de
Atuadores
Bloco
responsável pelo
acionamento de
alguns atuadores
Mapeamento Completo FR 21 Pinos

01

13

02
12

11
01

10 03

04

09 *

08
05
02
07

06
Descrição dos Componentes

Nº Função
Circuito de Alimentação composto por capacitores eletrolítico e fonte estabilizadora.
Responsável também pela proteção contra picos de tensão e corrente esse circuito é
01 muito importante para o bom funcionamento da placa como um todo

Circuito integrado HC45910 é um conversor de sinal analógico para digital do sensor de


rotação da arvore intermediária. Esse sensor é um item opcional e não está presente em
02 todos os sistemas.

Processador ST10F276. Inclui a memória flash integrada e pode ser lido através de um
bootstrap feito com a interface ST10 USB Flasher.
03

Cristal Piezoeletrico.
04

Circuito integrado 10209A VDO 54204607. Auxilia nas Funções:


05
3- Alimentação de 5v para pistas resistivas do PEDAL DO ACELERADOR.
4- Comunicação de rede Can com modulo MR e com Ponto Estrela CAN (pequena
placa de distribuição de comunicação).

Capacitor eletrolítico de 24v. Deve ter um tensão equivalente a tensão da fonte.


06

Circuito integrado Driver BTS5215. Controle do Modulo dos interruptores do comando de


07 marchas e Alavanca principal DOWN e UP

Filtro da Rede Can com conexão com modulo MR (Módulo do Motor)


08

09
Circuito integrado Driver BTS5215.Controle Positivo do Top Brake (Item opcional)

10
Circuito integrado Driver BTS5215.Controle Positivo do Freio Motor

11
Capacitor eletrolítico de 24v. Deve ter um tensão equivalente a tensão da fonte.

12
Filtro da Rede Can com conexão com Ponto Estrela Can

Diodo Tripolar da entrada de alimentação de Linha 30


13
Mapeamento Completo FR 21 Pinos (Verso)

01

11
02

03

10

09
04

08

05

06

07
Descrição dos Componentes

Nº Função
01 Circuito integrado HC4851. Auxilia nas seguintes funções:
1- Comunicação com painel de instrumentos e tacógrafo
2- Sinal de entrada do interruptor de marcha ré, da alavanca de câmbio e
interruptor automático manual
3- Interruptor split 1 e 2
4- Interruptor do retardador

02 Circuito integrado HC4851. Controle do sinal do sensor de rotação da arvore


intermediária (Item opcional)

03 Circuito integrado HC4851. Chaveamento de negativo para Sensor 1 de posição


do pedal do acelerador

04 Circuito integrado HC4851. Conexão e comunicação com o módulo Base

05 SOIC 95128. Contém a programação do imobilizador. Para ter o emparelhamento


com a MR é importante que essa memória esteja virgem.

06 Circuito integrado HC4851. Auxilia nas seguintes funções:


1- Interruptor de freio do estacionamento
2- Interruptor neutro da alavanca de cambio
3- Alternador
4- Interruptor do retardador

07 Circuito limitador de tensão

08 Driver BTS 716. Auxilia nas Funções:


1- Interruptor split
2- Interruptor do retardador
3- Interruptor da luz de freio

09 Transistor BSP78 controla o chaveamento negativo da eletroválvula do freio


motor 2

10 Circuito integrado que controla a comunicação com o modulo Base, conexão com
o pino C12 do bocal da FR

11 Transistor de alimentação BSP78 tem a função de fornecer tensão de


alimentação para Eletroválvula do grupo do divisor 1 e 2