Você está na página 1de 91

Instrutor: 1º TEN PM PIRES

E-mail: jrijpires@Hotmail.com
Instagram: @jrijpires
Apresentação

DIREÇÃO DEFENSIVA no CVE


Definições
Principais fatores de acidentes
Divisão e Elementos da Dir. Def.
Condições adversas
Evitando acidentes com animais
Cinto de segurança
Velocidade e estacionamento
Equipamentos Obrigatórios
Vídeo DETONAUTAS
Direção Defensiva

É dirigir de forma a evitar acidentes,


apesar das ações incorretas de outros e
das condições adversas.
É planejar todas as ações pessoais com
antecedência, a fim de prevenir-se contra
o mau comportamento de outros usuários
do trânsito e as condições adversas.
A finalidade – evitar acidentes.
ATENÇÃO!
JUDICIAL

NEGLIGÊNCIA = Descaso ou desleixo


IMPRUDÊNCIA = atos desnecessários
sem medir consequências
IMPERÍCIA = Falta de habilidade
Velocidade
Velocidade
Vídeo velocidade
VIATURAS PMBA
VIATURAS PC
VEÍCULOS MILITARES
SAMU
BOMBEIROS
BOMBEIROS
PRF
AMBULÂNCIA
Relação entre velocidade
e risco de impacto

Fonte: Artigo dos peritos do Instituto de Criminalística de São Paulo, Raphael Martello
e Valdir Florenzo
TEMPO DE FRENAGEM
DIVISÃO
da
Direção Defensiva
PREVENTIVA: Todo ato do condutor de
prevenção para qualquer possibilidades
de perigo, inclusive antes da condução do
veículo.
CORRETIVA: Toda a manobra realizada
com o veículo com vista a evitar o
acidente, em cima de fatos que não foram
previstos.
Elementos da
DIREÇÃO DEFENSIVA
C.H.A.P.A.
C - Conhecimento: Leis - CTB; veículo; vias;
trânsito; tel: ABIQUIM 0800118270,
emergenciais; condições adversas.
H - Habilidade: Manobras com o veículo.
A - Atenção: As condições adversas.
P - Previsão: Sempre antecipar
(Dir.Preventiva).
A - Ação: Conjunto dos procedimentos.
CONHECIMENTO
CTB – RESOLUÇÕES -PORTARIAS

- Ser maior de 21 anos;


- Ser habilitado na categoria do veículo e nas
ambulâncias do SAMU, Cat “D”
- Não ter sido multado, em infrações
GRAVÍSSIMA, GRAVE ou reincidente MÉDIA
(1 ano)
- Sem suspensão ou cassação
- “NÃO DESVIAR DA ATIVIDADE”
• ILUMINAÇÃO: (ofuscamento, noite,
penumbra, giro-flex)
• TEMPO (chuva, aquaplanagem, granizo,
vento, calor)
• VIAS (buracos, lombadas, curvas)
• TRÂNSITO (congestionamentos,
engarrafamentos, estacionamento, parada,
carga e descarga, brigas)
• VEÍCULO (equipamentos obrigatórios,
manutenção)
• CARGA: (dimensão e peso)
• PASSAGEIROS: (cinto de segurança,
comportamentos)
• CONDUTOR: (sono, drogas-medicamentos,
álcool, saúde, emocional)
CONDIÇÕES ADVERSAS

ILUMINAÇÃO:
Ofuscamento pela luz solar
Ofuscamento pelo farol do veículo
contrário
Ofuscamento pelo retrovisor
MEMÓRIA VISUAL
CONDIÇÕES ADVERSAS

TEMPO: CHUVA, PISTA MOLHADA E


ESCORREGADIA, RAIOS.
AQUAPLANAGEM
POÇA D’ÁGUA
VENTO LATERAL FORTE
VENTO OUTRO VEÍCULO
NEBLINA
PAINÉIS ELETRÔNICOS
PROPAGANDAS
CONDIÇÕES ADVERSAS TRÂNSITO
Ultrapassagem

Passagem à frente de outro veículo que se


desloca no mesmo sentido, em menor
velocidade, e na mesma faixa, necessitando
sair e retornar à faixa de origem.
c) retomar, após a efetivação da manobra, a
faixa de trânsito de origem, acionando a luz
indicadora de direção do veículo ou fazendo
gesto convencional de braço, adotando os
cuidados necessários para não pôr em perigo
ou obstruir o trânsito dos veículos que
ultrapassou;
Passagem por Outro Veículo

Passagem à frente de outro veículo que se


desloca no mesmo sentido, em menor
velocidade, em faixas distintas .
COMO EVITAR ACIDENTES COM ANIMAIS

Procedimentos com animais tamanho


PEQUENO: 1 – Parar o veículo; 2 – Desviar; 3
– Atropelar.
Procedimentos com animais tamanho MÉDIO:
1 – Parar o veículo; 2 – Desviar; 3 – Atropelar.
Procedimentos com animais tamanho
GRANDE: 1 – Parar; 2 – Desviar.
Vídeo sinalizando o perigo
ESTACIONAMENTO

Nas garagens saia sempre de frente. Isso


porque em marcha à ré a visão do
motorista fica prejudicada.
Por isso entre na garagem em marcha à
ré para poder sair de frente.
ESTACIONAMENTO
CTB – Art. 27

Antes de colocar o veículo em circulação


nas vias públicas, o condutor deverá
verificar a existência e as boas
condições de funcionamento dos
equipamentos de uso obrigatório, bem
como assegurar-se da existência de
combustível suficiente para chegar ao
local de destino.
CONDIÇÕES ADVERSAS VEÍCULO
CONHECIMENTO - VEÍCULO
Vídeo troca de pneus
A boa visibilidade é ponto
fundamental na regra do VER
e SER VISTO
SEU RETROVISOR (VIDRO FRONTAL) NÃO É SUFICIENTE

Mostra o tráfego
O que se pode ver
que está atrás de
somente com o
você
retrovisor

PO O
NT
OC C EG
EG VISÃO
PO NTO
O AMPLA

MAS
Não pode ver os veículos a sua direita e a sua
esquerda a não ser aqueles que estão bem próximos
POSIÇÃO NORMAL DOS ESPELHOS
LATERAIS (VISUALIZANDO A LATERAL DE SEU VEÍCULO)

utiliza o espelho os pontos cegos são


retrovisor e os menores
laterais

PO TO
C N N O
EG TO O
P EG
VISÃO
O C
AMPLA

os outros veículos permanecem a vista por mais


E tempo
NOVA POSIÇÃO DO RETROVISOR
(VOCÊ OBSERVA A PISTA, NÃO A LATERAL DO SEU VEÍCULO)

Mantenha os espelhos a Desta forma terá


90 graus – visualize a somente 4 pequenos
pista e não a lateral do pontos cegos
seu veículo

P
O
N VISÃO P
T P AMPLA P O
O O O N
C N N T
E T T O
G O O C
O C E
C
E G
E O
Visão G G
O O Visão
Ampla
Ampla
Você verá os outros veículos mais rapidamente e por mais
tempo
CONDIÇÕES ADVERSAS CARGAS
CONDIÇÕES ADVERSAS CONDUTOR

ÁLCOOL
DROGAS
MEDICAMENTOS
SONO
FILMES
MÚSICA
EMOCIONAL
VERDADES E MENTIRAS SOBRE A BEBIDA ALCOOLICA

"Vou tomar café forte." - Apesar de


estimulante, o café de nada altera o estado
de embriaguez.
• "Vou tomar banho frio." - Água fria
apenas dá a sensação de "acordar" no
instante da ducha. Os efeitos do álcool,
porém, permanecem inalterados.
"Vou beber esse tipo de bebida porque é mais
fraca." - Não existem bebidas fracas. O que
determina o estado de alcoolemia é a
quantidade de álcool ingerido. Ingerir 340ml
de uísque ou cachaça não faz muita diferença.
O certo é que, quem bebe, diminui os reflexos
e não pode de maneira alguma, dirigir.
• "Vou beber porque conheço o meu limite" -
Ninguém está tão acostumado a beber a
ponto de ficar livre dos efeitos do álcool. É
difícil saber exatamente a hora de parar. Até
porque a primeira função a ser
comprometida pela bebida é a capacidade
crítica.
"Vou tomar vento." - Os efeitos do álcool não se
dissipam com um "ventinho". Só o passar do
tempo elimina o álcool do organismo.
DVD, TV, GPS
BRIGAS
NAMORO
MINUTOS DEPOIS
CELULAR - RÁDIO
USE O CINTO DE SEGURANÇA

Vídeo do cinto de segurança


C
R
I
A
N
Ç
A
USE O CINTO DE SEGURANÇA

Vídeo capacete
HABILIDADE

Fator que só se adquire com o tempo e


treinamentos.
AÇÃO – Conjunto de procedimentos adotados
na condução do veículo com os elementos da
Direção defensiva.
PREVISÃO

DIREÇÃO DEFENSIVA # LEIS (Regras de Circulação)


- CRUZAMENTO não sinalizado
- ROTATÓRIAS sem sinalização
- VEÍCULOS DE EMERGÊNCIA
PREVISÃO

As regras Art 29, inc VII (CTB) e Res CONTRAN


268/08:
I) Corpo de Bombeiros;
II) Polícia;
III) Fiscalização de trânsito; e
IV) Ambulâncias.
PREVISÃO

URGÊNCIA - haverá grande prejuízo à incolumidade


pública
EMERGÊNCIA - VIDA
I) Deixar livre a esquerda, avançar o sinal vermelho
II) Pedestres aguardar no passeio
- ‘c’ inc VII Art 29 “o uso de alarme sonoro e
iluminação só na urgência”
- ‘d’ inc VII Art 29 “a prioridade com velocidade
reduzida e cuidados de segurança”
Ultrapassagens Proibidas

Art. 33. Nas interseções e suas


proximidades, o condutor não poderá
efetuar ultrapassagem.
Ultrapassagens Permitidas pela Direita

Art. 29. IX - a ultrapassagem de outro veículo em


movimento deverá ser feita pela esquerda,
obedecida a sinalização regulamentar e as
demais normas estabelecidas neste Código,
exceto quando o veículo a ser ultrapassado
estiver sinalizando o propósito de entrar à
esquerda.
Ultrapassagem a Ônibus Parado

CTB Art. 31. O condutor que queira


ultrapassar um ônibus parado deverá
reduzir a velocidade, redobrar a atenção ou
parar o veículo .
TÊNIS DO
MOTOCICLISTA
FLAGRANTE EM SEMÁFORO
Faixa de Pedestre

CTB - Art. 70. Os pedestres sobre as faixas


terão prioridade, exceto nos locais com
semáforo.
Art. 214. Deixar de dar preferência de
passagem a pedestre e a veículo não
motorizado:

II - que não haja concluído a travessia


mesmo que ocorra sinal verde para o
veículo;

Infração - gravíssima;
Penalidade - multa.
Atropelo de Pedestre
CUIDADOS

Vídeo car
Veículos Prioritários

Art. 29. O trânsito de veículos nas


vias terrestres abertas à circulação
obedecerá às seguintes normas:

VI - os veículos precedidos de
batedores terão prioridade de
passagem, respeitadas as demais
normas de circulação;
Veículos Prioritários
Distância de Segurança

CTB art. 192. Deixar de guardar distância de


segurança lateral e frontal entre o seu
veículo e os demais.
Multa Grave. Competência: Município
Direção Defensiva
Distância de 2 Segundos
Distância de Segurança

2 segundos

1 segundo = reação

1 segundo = frenagem
ATENÇÃO
PROFISSIONAL

Vídeo Super Policial


Vídeo premonição 2

Você também pode gostar