Você está na página 1de 2

5

RESUMO
Os conflitos organizacionais prejudicam a sinergia das equipes de trabalho e
reduzem os processos motivacionais.
O tema é relevante e tem sido discutido em nível de conhecimentos
comportamentais a partir de fundamentos da psicologia.
O objetivo deste estudo é identificar as estratégias das organizações para
eliminar os conflitos internos entre colaboradores. Pretendeu-se determinar as
causas dos conflitos organizacionais; avaliar os Programas de Apoio que as
organizações utilizam para eliminar os conflitos internos; apontar as teorias que
se apresentam os novos paradigmas de administração de pessoas em situação
de trabalho de conflito e determinar o papel da liderança nas situações de
conflito.
As organizações de médio e pequeno porte não possuem estratégias para lidar
com os conflitos internos, cuja falta de habilidade favorece um clima de
constante competitividade e conflitos.
A metodologia do estudo orientou-se pela pesquisa bibliográfica e exploratória
e fundamentos teóricos de autores como Montana (2005); Robbins (2002) e
Vila Nova (1996) avaliam a importância das estratégias variadas de controle de
conflitos nas organizações e permitem identificar que as resoluções de muitas
problemáticas que surgem no cotidiano empresarial depende de estratégias
relacionadas a psicodinâmicas.
Os resultados demonstraram que as organizações se preocupam em investir
na criação de estratégias para eliminar os conflitos internos com base em
Programas de Motivação, de Liderança e de Qualidade de Vida e Trabalho.
A realização desses programas tem a finalidade de melhorar a satisfação do
trabalhador estabelecendo ao mesmo tempo um elo de relações interpessoais.
O estudo determinou que as causas dos conflitos organizacionais sob o
enfoque da Psicologia Organizacional dimensionam a questão das diferenças
de personalidade, de interesses e a questão da competitividade que precisa ser
trabalhada para não se tornar um foco de conflitos.

Palavras-Chave: Conflitos Organizacionais; Estratégias; Psicologia


Organizacional;Personalidade.

6SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO..................................................................................................
07
2 OS CONFLITOS NAS ORGANIZAÇÕES.........................................................
09
2.1 OS CONFLITOS ORGANIZACIONAIS: CONCEITOS...................................
09
2.2 O PAPEL DA LIDERANÇA NAS SITUAÇÕES DE CONFLITO......................
10
3 AS ORGANIZAÇÕES: AMADURECENDO COM OS CONFLITOS.................
18
3.1 QUANDO O CONFLITO É NEGATIVO..........................................................
18
3.2 QUANDO O CONFLITO É POSITITIVO .......................................................
21
4 MÉTODOS DE RESOLUÇÃO DE CONFLITO NAS ORGANIZAÇÕES...........
23
4.1 ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DE CONFLITOS: FORTALECIMENTO DA
CULTURA ORGANIZACIONAL ..................................................................... 23
4.2 OS PROGRAMAS DE APOIO QUE AS ORGANIZAÇÕES UTILIZAM
PARA ELIMINAR OS CONFLITOS INTERNOS............................................. 26
4.3 GESTÃO DE PESSOAS EM SITUAÇÕES DE CONFLITO ...........................
32
4.4 OS FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O DESENCADEAMENTO DE
CONFLITOS................................................................................................... 36
4.5 OS FATORES QUE INFLUENCIAM OS ESTILOS UTILIZADOS PARA
LIDAR
COMO CONFLITO: DIFERENÇAS INDIVIDUAIS/PERSONALIDADE .......... 38
5 ASPECTOS GERAIS DA GESTÃO DO CONFLITO........................................
43
5.1 TIPOS DE CONFLITOS .................................................................................
43
6 CONSIDERAÇÕES FINAIS..............................................................................
46
7
REFERÊNCIAS.................................................................................................
48