Você está na página 1de 6

Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação


Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

Esboço Da Lição
09 Do 2º
Trimestre
De 2021
Por Murilo Alencar

DIREITOS AUTORAIS

Este subsídio está protegido por leis de direitos autorais. Todos os direitos sobre o subsídio são
reservados. Você não tem permissão para alterar ou vender este subsídio. Nem tem permissão
para copiar/reproduzir o conteúdo do subsídio em sites, blogs ou jornais. Qualquer tipo de
violação dos direitos autorais estará sujeita a ações legais. O subsídio é gratuito e sempre será!

SOBRE O ABRA A JAULA

O Abra a Jaula é um projeto de pregação, evangelismo e ensino da palavra de Deus. O abrir a jaula pode
ser comparado com a ordenança máxima dada a igreja por Jesus "Ide por todo mundo e pregai o evangelho
a toda criatura". Spurgeon disse que o evangelho é como um leão faminto que está enjaulado, de modo
que nosso papel não é salvar ninguém, mas abrir a jaula e deixar que o Leão saia e consuma os corações!

Nesse sentido, nos colocamos a disposição, principalmente de Deus, para promover um conteúdo bíblico e
pentecostal.

No acervo de vídeos do Abra a Jaula, temos pregações curtas, reflexões bíblicas, pré-aula da Escola
Dominical, dicas de pregação com O Pregador e a Pregação e o personagem da bíblia, além de vários
projetos que ainda estão para serem colocados em prática, pois estamos em constante crescimento.

É um privilégio muito grande contribuir com seu ministério. Nós gostaríamos de te conhecer melhor e
estar mais próximo de você. Faça parte da nossa família, é só clicar nos botões.

Site Canal Instagram Facebook Twitter (87) 99808-9816

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação


Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

DONS ESPIRITUAIS E MINISTERIAIS


Servindo a Deus e aos Homens com Poder Extraordinário

Domingo, 30 de Maio de 2021

O MINITÉRIO DE PASTOR

INTRODUÇÃO
Na aula de hoje estudaremos o nobre dom ministerial de pastor. Mostraremos que Jesus é o sumo
Pastor e, portanto, o exemplo supremo a ser seguido. Destacaremos as características do verdadeiro
pastor e por fim, discorreremos sobre o referido dom ministerial evidenciando as áreas de sua atuação.
Vamos juntos aprender a palavra de Deus.

ENTENDENDO O TÍTULO DA LIÇÃO

No seu sentido literal, “um pastor” é alguém que cuida dos rebanhos de ovelhas. Os pastores
eram conhecidos como profissionais que alimentavam e protegiam os rebanhos (Jr 31.10; Ez 34.2), que
procuravam as ovelhas perdidas (Ez 34.12) e que livravam dos animais ferozes as ovelhas que
estivessem sendo atacadas (Am 3.12)”. Em termos eclesiásticos, conforme pontua o pastor Claudionor
de Andrade, o “pastor” é o supervisor do rebanho. Sua função é administrar a Igreja de Cristo.

Na Bíblia, um pastor é uma pessoa que cuida dos outros membros da igreja, exercendo
liderança. O pastor ajuda os outros membros a crescer, exortando, corrigindo, aconselhando e
ensinando a viver de acordo com a Palavra de Deus.

Sempre tenha em mente a diferença entre a função eclesiástica e o dom ministerial concedido por
Cristo (Ef 4.11). Existem muitos pastores que têm o cargo, mas não têm o dom.

 Texto Áureo – Versões para comparar: Eu sou o bom pastor. O bom pastor sacrifica sua vida
pelas ovelhas. (Jo 10.11 NVT). Eu sou o Bom Pastor. O Bom Pastor dá mais valor às ovelhas que
a si mesmo e se sacrifica, se for necessário. (Jo .10.11 MSG).

Segundo Warren Wiersbe, o termo traduzido por “bom” significa: “intrinsecamente bom, belo,
amável”. Descreve algo ideal, um exemplo a ser seguido. Jesus é o supremo modelo de todo àquele que
almeja ser e aquele que já é pastor. Quem exerce o pastorado fora do padrão estabelecido por Cristo,
pode ser considerado mercenário, ladrão, salteador e falso pastor.

 Verdade prática: Conduzir significa: “guiar ou mostrar o caminho a alguém”. O ministério pastoral,
exercido com fidelidade, apascenta as ovelhas, levando-as em segurança ao aprisco do Sumo
pastor. O Deus da paz, que pelo sangue da aliança eterna trouxe de volta dentre os mortos a
nosso Senhor Jesus, o grande Pastor das ovelhas. (Hb 13.20). Quando se manifestar o
Supremo Pastor, vocês receberão a imperecível coroa da glória. (1 Pd 5.4).

I – JESUS, O SUMO PASTOR

1.1 Deus como Pastor. Com base na ideia de que o pastor é um protetor e líder do rebanho,
surgiu o conceito de Deus como o Pastor de Israel. Os homens piedosos, patriarcas, profetas e reis do
Antigo Testamento foram os primeiros a notar essa similaridade:

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação


Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

 Jacó. Mas o seu arco permaneceu firme, os seus braços fortes, ágeis para atirar, pela mão
do Poderoso de Jacó, pelo nome do Pastor, a Rocha de Israel (Gênesis 49:24).
 Davi. Davi, no Salmo 23, apresenta o Senhor como sendo o seu pastor e, como tal, o Senhor
não só garante o sustento, como também orienta, guia e se mantém ao lado do salmista em
todas as situações da sua vida.
 Asafe. No Salmo 80, o salmista Asafe, ao suplicar a presença do Senhor, chama-O de
“Pastor de Israel”, dizendo que, como tal, era Ele quem guiava o Seu povo como a um
rebanho e, por isso, tinha condições de salvar Israel. (Sl.80:1-3).
 Isaías. Como pastor ele cuida de seu rebanho, com o braço ajunta os cordeiros e os
carrega no colo; conduz com cuidado as ovelhas que amamentas suas crias. (Isaías 40:11).
 Jeremias. Ouvi a palavra do Senhor, ó nações, e anunciai-a nas ilhas longínquas, e dizei:
Aquele que espalhou a Israel o congregará e o guardará, como o pastor ao seu rebanho.
(Jeremias 31:10).
1.2 Jesus, o Bom Pastor. Jesus destacou quatro ministérios que realiza como Bom Pastor:

 Ele dá a vida pelas ovelhas (10-13). No antigo sistema sacrificial, as ovelhas morriam pelo
pastor; agora, o Bom Pastor dá a vida pelas ovelhas. Jesus não morreu como um mártir,
executado por homens, morreu como um substituto, entregando a sua vida voluntariamente
por nós. Nisto, conhecemos a diferença entre o falso e o verdadeiro pastor. O falso pastor
vive em virtude de si mesmo e ao primeiro sinal de perigo, ele foge. O verdadeiro pastor, em
muitas ocasiões, no exercício de seu dever, assume um ministério sacrificial.
 Ele conhece suas ovelhas (14,15). No evangelho de João, o termo conhecer significa muito
mais do que ter consciência intelectual. Refere-se ao relacionamento íntimo entre Deus e o
seu povo (Jo 17.3). No Oriente, os pastores conhecem as ovelhas individualmente, portanto
sabem qual é a melhor maneira de cuidar de cada uma delas. O nosso Sumo pastor conhece
o nosso nome, nossas necessidades, nossa natureza, medos, limitações, fragilidades e
anseios.

II – AS CARACTÉRISTICAS DO VERDADEIRO PASTOR

2.1 A bíblia diz: “E vos darei pastores conforme o meu coração, os quais irão vos alimentar com
conhecimento e entendimento. (Jeremias 3:15 KJF)”. Para ser um pastor conforme o coração de Deus, o
pastor deve atentar para alguns requisitos:

 O verdadeiro pastor sabe que foi chamado para servir e não para ser servido! - Mas
Jesus chamando-os, disse: Sabeis que os príncipes dos gentios exercem domínio sobre eles, e os
seus grandes exercem autoridade sobre eles. Mas não será assim entre vós; mas quem dentre vós
deseja ser grande, seja o vosso servidor; e, quem deseja ser o primeiro, seja o vosso servo; assim
como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate
de muitos. (Mateus 20: 25-28 KJF).
 O verdadeiro pastor deve ter um comportamento irrepreensível. Convém que o bispo seja
irrepreensível (1 Tm 3.2).
 O verdadeiro pastor é vigilante e sóbrio. Vigilante é qualidade de cuidadoso, atento,
prudente; característica essencial para evitar acidentes ou mal entendidos durante a
caminhada Sobriedade é qualidade da pessoa equilibrada, moderada, que tem domínio
próprio; outra característica essencial dentre as qualidades que um pastor deve ter para
que seja um exemplo de vida às ovelhas de Cristo.
 O verdadeiro pastor cultiva a virtude da humildade. Aquele que julga ser um pastor
escolhido por Deus, deve ele também andar como Cristo andou! (1Jo 2:6). Jesus é o maior
modelo de humildade que podemos ter como referência.

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação


Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

 O verdadeiro pastor dever ser apto para ensinar a palavra de Deus. É por esse motivo
que o pastor não pode ser um neófito. Os pastores devem ser homens amantes das
escrituras, pois com elas, eles guiam o povo de Deus.
 O verdadeiro pastor ama o Senhor. O pastor deve ter um amor pelo Senhor Jesus de tal
maneira que mova o seu coração a realizar a obra de Cristo! (Jo 21:15).
 O verdadeiro pastor está sempre caminhando em oração. O pastor verdadeiro sabe que
sem Cristo nada pode fazer (Jo 15: 3-5); por isso, ao conduzir seu rebanho, está sempre
humilhando-se diante de Deus e buscando-o em oração (Dn 6:10; 10:12).
 O verdadeiro pastor não é cobiçoso de lucro imundo. Mas a característica do verdadeiro
pastor é que ele não deve ser avarento e apegado ao dinheiro, pois sabe que isso é uma
idolatria (Cl 3:5), e se ele servir ao dinheiro, jamais poderá servir a Deus! (Mat 6:24).

III – O MINISTÉRIO PASTORAL

3.1 O conceito. É a habilidade sobrenatural de atuar como um pastor auxiliar escolhido pelo
Senhor para cuidar de um rebanho de Deus específico dado pelo bom (Jo 10.11), grande (Hb 13.20) e
sumo Pastor (1Pe 5.4).

3.2 O exercício do dom ministerial de pastor. A função do pastor, como ministério recebido de
Deus, compreende:

 Dirigir, presidir e administrar o rebanho do Senhor: Sem isso, as ovelhas se desviarão.


 Doutrinar: Para isso, o pastor precisa ser um estudante dedicado da Palavra de Deus,
especialmente no que concerne à Teologia Sistemática. Um grande segredo do progresso no
ministério pastoral está em doutrinar. Aqui, é preciso cuidado para não instituir "doutrinas de
homens" (Cl 2.22). O pastor, pela natureza do seu trabalho, está muito ligado ao ensino
bíblico (At 21.15-17).
 Proteger: Se o pastor não fizer essa parte, muitas ovelhas cairão vítimas de todo tipo de
males.
 Tratar das ovelhas: Muitas caem doentes espiritualmente.
 Alimentar as ovelhas: Uma ovelha faminta segue qualquer outro líder, além de outros males
que lhe atingem.
 Visitar: É outra função, exercida diretamente ou através de comissões.
 Disciplinar: O termo disciplina envolve primeiramente o sentido de instrução, admoestação e
correção, e não o de castigo e punição. Para fazer tudo isso, o pastor precisa estar sempre
cheio do amor de Deus pelas ovelhas, pelos perdidos, pelos fracos e faltosos, por todos.

CONCLUSÃO

Concluímos, portanto, mais uma aula da escola bíblica dominical com seguinte versículo: Obedecei
a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar
conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. (Hb 13.17).
Deus abençoe e até a próxima aula.

Brunelli, Walter. Teologia Sistemática para pentecostais. Acadêmico.


Gilberto, Antônio. Teologia Sistemática Pentecostal. CPAD.
Grudem, Wayne. Cessaram os Dons espirituais? VIDA. .
Stamps, Donald. Bíblia de Estudo Pentecostal. CPAD.

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação


Murilo Alencar | Subsídios Para Escola Bíblica Dominical

___________________________________________________________________________________________________

Conheça o curso para pregadores iniciantes: O Pregador e a Pregação

Você também pode gostar