Você está na página 1de 8

Romanos 8:29 – Fomos criados para ser

semelhantes a Jesus (NVI)


Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes
à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

[Oração]

INICIO
Estamos estudando sobre os 5 propósitos pelos
quais fomos criados: Adoração, Comunhão,
Discipulado, Evangelismo e Serviço. Em nosso
último encontro falamos sobre Comunhão, quanto
ao fato de “Você ter sido criado para fazer parte da
família de Deus” – antes mesmo de você nascer
Deus o amou e o escolheu para fazer parte da sua
família através de Cristo, e fazer parte de uma
família falamos do envolvimento. Neste dia iremos
falar sobre o terceiro propósito “Você foi criado
para ser semelhante a Jesus” – Precisamos
compreender que desde o princípio da criação
fomos concebidos para sermos a imagem e
semelhança de Deus (Genesis 1:26-27 (ARA)
“26Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa
semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus,
sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que
rastejam pela terra.27Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de

), contudo com o
Deus o criou; homem e mulher os criou.”

pecado veio a morte e a deformação dessa


verdade na humanidade, sendo restabelecida pelo
sacrifício de Cristo na Cruz. Por essa razão se faz
necessário se revestir dessa nova natureza como
escreveu Paulo aos Efésios (Efésios 4.24 (ACF) “E
vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça

)
e santidade.”

Precisamos compreender que o objetivo principal


do nosso Deus não é nos dar uma vida
confortável, mas como lemos inicialmente
desenvolver em nós o seu caráter (sua marca,
impressão) pela ação sobrenatural do Espírito
Santo (2 Co 3.18 (NTLH) "Portanto, todos nós, com o rosto
descoberto, refletimos a glória que vem do Senhor. Essa glória vai ficando cada
vez mais brilhante e vai nos tornando cada vez mais parecidos com o Senhor,

) e esse processo se chama


que é o Espírito."

“santificação” e não é possível ser reproduzido por


meio de regras ou esforço pessoal esse só é
possível mediante o poder do Espírito Santo
conforme o Paulo escreveu aos Filipenses (Fp
2.13 (ARA) “porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o
realizar, segundo a sua boa vontade.”).

Quero neste dia falar um pouco da razão de


infelizmente muitos cristãos não desenvolverem
um caráter à semelhança de Cristo, mas que creio
que Deus há de desenvolver em cada um de nós
pelo poder de seu Santo Espírito.

DESENVOLVIMENTO
Precisamos compreender que o homem natural
aprende pela imitação e repetição, mas o homem
espiritual pela habitação (Cl 1.27 (NTLH) “O plano de
Deus é fazer com que o seu povo conheça esse maravilhoso e glorioso segredo
que ele tem para revelar a todos os povos. E o segredo é este: Cristo está em
vocês, o que lhes dá a firme esperança de que vocês tomarão parte na glória de
Deus”).

Não existe esforço humano para a salvação, mas


para a santificação existe sim e Satanás
ardilosamente quer inverter essa verdade (criando
exigências para a salvação e frouxidão para a
santificação).
Conforme o texto de Romanos 8.29 em conjunto
com Efésios 4.22-24 quero estabelecer 2 verdades
essências para todo aquele que deseja cumprir o
propósito de ser semelhante a Jesus.

1 – A vontade de Deus - Rm 8.29 – “Pois aqueles que de


antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem


de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.”

permita que essa verdade preencha todo seu ser,


Deus intencionalmente o escolheu antes mesmo
de você nascer para ser a imagem de Cristo, não
estamos falando de um desejo, mas de uma ação
concreta e premeditada, a Cruz, o Espírito Santo
que habita e intercede por nós (Rm 8.26-27 “Também
o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não
sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós
sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. 27E aquele que sonda os corações
sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele
intercede pelos santos.”)

Mas se Deus já fez tudo e intercede pelos santos,


porque muitos cristãos não desenvolvem a
santificação? Aqui entra a segunda verdade.

Ef. 4.22-24 “Portanto, abandonem a velha natureza de vocês, que fazia


com que vocês vivessem uma vida de pecados e que estava sendo destruída
pelos seus desejos enganosos.23É preciso que o coração e a mente de vocês
sejam completamente renovados. 24Vistam-se com a nova natureza, criada por
Deus, que é parecida com a sua própria natureza e que se mostra na vida

2 – Santificação
verdadeira, a qual é correta e dedicada a ele.”

exigem assumir compromisso – Temos nossos 3


deveres: Abandonar, Renovar e Assumir

v.22 “Portanto, abandonem a velha natureza de vocês...” algumas


versões apresentam a palavra “despojeis”
(apotithemi – Gr) – tirar do caminho, remover,
desabitar. Somos destruídos pelos próprios
desejos enganosos, precisamos olhar para nossos
velhos hábitos e sentir repulsa e não nostalgia
(saudades) ou remorso (culpa).
Mas só decidir abandonar os velhos hábitos não é
suficiente, o que nos leva para o próximo
compromisso.

v.23 “É preciso que o coração e a mente de vocês sejam completamente


renovados.” devemos mudar nossa forma de

pensar e sentir. A Bíblia diz que somos


“transformados” pela renovação de nossa mente.
(Rm 12.2 “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos
pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa,

) a palavra grega para


agradável e perfeita vontade de Deus.”

transformado, metamorphosis (usada em


Romanos 12.2 e 2 Coríntios 3.18), é usada para
descrever a transformação sofrida pela lagarta ao
se tornar borboleta.
É uma bela descrição do que acontece
espiritualmente conosco quando permitimos que
Deus dirija nossos pensamentos.
Mudamos nossa alimentação (antes alimentava-se
da satisfação da carne, agora alimenta-se da
vontade de Deus), ambiente (vivia em trevas agora
vive na luz), de atitude (antes trazia morte agora
vida).
Neste processo de renovação, Deus usará sua
palavra, pessoas e circunstâncias, a pergunta é
quanto estou disposto a mudar “minhas verdades”
pela verdade de Deus. (Estudar e aplicar a
Palavra de Deus, se reunir regularmente com
outros crentes e aprender a confiar em Deus nos
momentos difíceis)
E somente com a mente renovada poderemos
avançar para nosso 3º compromisso

v.24 “Vistam-se com a nova natureza, criada por Deus, que é parecida com a
sua própria natureza e que se mostra na vida verdadeira, a qual é correta e

” – Assumir sua posição como pequeno


dedicada a ele.

Cristo, colocar uma nova roupa, estar visível e


identificável como um Cristão, não se trata de
vestimenta, mas de hábitos, James Hunter (No
livro O Monge e o Executivo) escreveu “Pensamentos
viram ações. Ações viram hábitos. Hábitos viram o caráter. E o caráter vira o seu

Não podemos dizer que nossa mente foi


destino.”

renovada até que coloquemos em prática e essa


ação continuada irá gerar hábito que então
marcarão nossa vida.

CONCLUSÃO
Diante da verdade que falamos neste dia, quero
convidá-lo a assumir um compromisso não comigo,
mas com Deus de aceitar apenas uma forma de
viver, uma vida que revele a Cristo em sua
plenitude, rejeitando todo e qualquer padrão que
esteja em desacordo com as escrituras (mentira,
ódio, ganância, desafeto), renovar a forma de
pensar e sentir tendo como parâmetro as
escrituras sobre Deus (amoroso e justo), você
(justificado e amado) e as pessoas (alvo do amor
de Deus) e finalmente assumir seu papel no reino
de Deus e não parar diante das tempestades e
frustrações.

Lembrando sempre que estamos em processo de


desenvolvimento, é um processo lento, doloroso,
mas não podemos permitir parar.

Quero finalizar com as palavras do Apostolo Pedro


1 Pedro 5:10 (NAA) “E o Deus de toda a graça, que em Cristo os
chamou à sua eterna glória, depois de vocês terem sofrido por um pouco, ele
mesmo irá aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar vocês.”