Sumário

Apresentação ...................................................................................................... 11
Mário Eduardo Martelotta

LINGÜÍSTICA E LINGUAGEM ................................................................13
Lingüística .......................................................................................................... 15
Angélica Furtado da Cunha, Marcos Antonio Costa e Mário Eduardo Martelotta

Conceituação ......................................................................................................... 15
A Lingüística como estudo científico .................................................................... 20
Aplicações ............................................................................................................... 26
Exercícios ............................................................................................................... 29

Funções da linguagem ....................................................................................... 31
Mário Eduardo Martelotta

As funções da linguagem segundo Jakobson ......................................................... 32
Exercícios ............................................................................................................... 35

Dupla articulação ............................................................................................... 37
Mário Eduardo Martelotta

A noção de articulação ........................................................................................... 37
A economia da articulação ..................................................................................... 40
Exercícios ............................................................................................................... 40

...................................................................................... 71 Victoria Wilson e Mário Eduardo Martelotta Os estudos em semiótica ...................... 53 Gramática gerativa ..................................................................... 84 Motivações pragmáticas ...............................................................Conceitos de gramática . 68 Arbitrariedade e iconicidade ..................................................111 Estruturalismo ..................................................................... 43 Mário Eduardo Martelotta Gramática tradicional ................. 113 Marcos Antonio Costa O legado de Saussure ...............................................109 ABORDAGENS LINGÜÍSTICAS ........................................................................................................................................................................................................................................................... 96 Análise da conversação ..................................................................................................................................................................130 A gramática como sistema de regras ......138 Exercícios ............................................................................................................................................................................................ 127 O modelo teórico ..............................126 Gerativismo ........................................................ 72 Os estudos em lingüística ............................................................................................................................................................ 90 Teoria dos atos de fala ..135 O FOXP2 e a genética da linguagem ...................................................................................................................... 45 Gramática histórico-comparativa ......................................................................................... 73 Exercícios .............................................................. 62 Exercícios ........................................................................123 Exercícios ........................................................................................................................................... 47 Gramática estrutural ....................................... 127 Eduardo Kenedy A faculdade da linguagem ... 105 Exercícios ........ 92 Teorias da polidez ........................................................................................................................................................................139 ...................................................................................................................................... 131 A gramática universal: princípios e parâmetros ................ 113 A corrente norte-americana ........................................................................................................... 87 Victoria Wilson Implicaturas conversacionais ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 58 Gramática cognitivo-funcional ...

... 208 Hipóteses construtivistas e interacionistas ...................................................................................... 187 Mesclagem .............................................................................................147 Sociedade e linguagem .................................................................................................................................................................................................................................................. 141 Maria Maura Cezario e Sebastião Votre O advento da corrente sociolingüística variacionista ................................................................................................................................................................153 Funcionalismo ...................................................................................... 193 Mariangela Rios de Oliveira Coesão ...................................................191 Lingüística textual ............................................................................................................149 Expansão da sociolingüística ...............215 ............................................................................................................................... 159 O funcionalismo norte-americano ....................................................................................... 157 Angélica Furtado da Cunha O funcionalismo europeu ................ 207 Hipótese do inatismo .................................................................................................. 146 Os precursores da sociolingüística .............................................................................174 Lingüística cognitiva ...........................................................................................178 O caráter interacional da construção do significado .......................................................................................................................................................... PROCESSAMENTO E ENSINO ............................................................................................................................................. 177 Mário Eduardo Martelotta e Roza Palomanes Repensando a questão da modularidade ................................... 152 Exercícios .............................................................................. 181 O pensamento corporificado ..........................212 Exercícios .....200 Exercícios .......................Sociolingüística .................................163 Exercícios ..............203 AQUISIÇÃO................................. 189 Exercícios ........................................................................................................................................................................195 Coerência ............... 207 Maria Maura Cezario e Mário Eduardo Martelotta Hipótese behaviorista ..205 Aquisição da linguagem ........................................181 A organização do conhecimento .....................................................................................................................................183 O princípio de projeção ............................................................................................................................................................ 147 Aspectos teórico-metodológicos da sociolingüística .................................................

........................................... 235 Mariangela Rios de Oliveira e Victoria Wilson Concepções de linguagem ...................................................................... 217 A psicolingüística experimental .................................................................................................... 217 Márcio Martins Leitão Um breve resumo histórico ................................... 235 Exercícios ............................... 227 Considerações finais ........................................... 224 Explorando a metodologia experimental: descrição de experimentos off-line e on-line em PB ................................................................ 220 Modelos teóricos associados ao processamento sentencial ..................................................................................................... 232 Exercícios ..................................Psicolingüística experimental: focalizando o processamento da linguagem ............................ 251 Os autores .............................................................................. 253 ............................................................................................................................................................................................. 241 Bibliografia .................................................................................. 233 Lingüística e ensino ....................................................................................... 243 O organizador ....................

convidando-o a se aprofundar em seus estudos no sentido de participar de projetos de iniciação científica e. seus conceitos mais básicos e gerais. assim como os pontos em que apresenta interface com outras áreas . como fonoaudiologia e comunicação social. suas principais escolas teóricas. Desse modo. se pensarmos na imensa quantidade de informação disponível – que tal tarefa impõe aos que tentam executála. partir para a pós-graduação. Em outras palavras. Nesse sentido. resolvemos juntar esforços para elaborar um manual que nos fornecesse meios mais eficazes de executar a difícil tarefa de introduzir informações básicas acerca de uma ciência que é inteiramente desconhecida para a imensa maioria dos estudantes brasileiros que ingressam em uma universidade.Apresentação Mário Eduardo Martelotta Este livro foi concebido para suprir as necessidades de alunos e professores nas salas de aula de lingüística e de língua portuguesa em cursos de graduação em letras e em outras áreas. com reflexões mais modernas. Cientes das dificuldades – ou até da impossibilidade. este manual introdutório aos princípios da lingüística discute os aspectos que caracterizam esse ramo do conhecimento como uma ciência. apontando as tendências que atualmente estão se delineando nas pesquisas acerca da linguagem. buscamos selecionar o conteúdo transmitido a fim de harmonizar tradição e modernidade. buscando dialogar com outros manuais já publicados de conteúdo semelhante. E mais: pretendemos cumprir essa tarefa. através de uma abordagem instigante. em seguida. buscando estimular o estudante a fazer reflexões sobre a natureza e o funcionamento da linguagem. além de apresentar uma série de discussões acerca da natureza da linguagem que ajudarão na formação desses alunos no decorrer de sua graduação. apresenta sua história e desenvolvimento. o livro tenta conciliar algumas informações de caráter tradicional.

Ao final de cada capítulo. espero que este livro consiga atingir seu objetivo e contribuir.12 Manual de lingüística de pesquisa. em outras fontes. de alguma forma. e aos colegas professores da UFRJ e de outras instituições por sua contribuição crítica em alguns textos. é oferecida uma série de exercícios. não impede que ele busque. Na maioria dos casos. tarefas que o aluno conseguirá resolver com uma mera revisão do texto. não apenas por terem feito um ótimo trabalho em seus textos. como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Por tudo isso. Isso. por uma equipe de professores – todos especialistas nos assuntos sobre os quais escreveram – com grande experiência no ensino de lingüística e língua portuguesa e que trabalham em várias universidades brasileiras. agradeço aos bolsistas de iniciação científica. mas também por terem ajudado com uma leitura crítica dos outros capítulos. para a divulgação das teorias lingüísticas entre os alunos de graduação. ou seja. . Finalizo agradecendo aos autores que participaram do livro. é claro. aos mestrandos e doutorandos ligados ao Grupo de Estudos Discurso & Gramática. Pelo mesmo motivo. trata-se de exercícios de fixação. as informações necessárias para uma resposta mais aprofundada. incluindo aí o ensino de línguas. Universidade Federal Fluminense (UFF). como também não impede que o docente proponha outras tarefas acadêmicas em torno dos pontos tratados em cada capítulo. bem como para a preparação dos alunos para a pós-graduação em lingüística e língua portuguesa. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tudo escrito em uma linguagem simples e objetiva.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful