Você está na página 1de 2

Visita Técnica a Droga Center

A visita foi realizada na Droga Center de Quatá LTDA ME. E seu nome
fantasia é Droga Center, com o CNPJ: 96.664.990/0001-31, a Droga Center estava
localizada na Av. Rui Barbosa N° 683, e mudou recentemente para Rua Nicola
Carone N° 96, Vila Palazzi, Quatá-SP
A proprietária da empresa se chama Viviane Dalla Pria, e esta empresa surgiu
no dia 06/05/1993 e está no mercado a mais de vinte e três anos, a empresa atua
com três funcionários sendo um caixa que controla entrada e saída de mercadorias,
conferência de notas fiscais e entrada e saída de dinheiro, e duas farmacêuticas
atendentes de balcão que auxilia os clientes na compra de remédios.
As propagandas da farmácia são feitas por panfletagem e anúncios na rádio
local, a empresa trabalha com diversos tipos de pagamento onde atrai a atenção dos
clientes, parcelam em até seis vezes no cartão, à vista com descontos promocionais
e ainda utilizam notas promissórias para 30 e 60 dias dependendo da compra.
Quando à necessidade do cliente tomar algum medicamento mais forte ou
alguma injeção os clientes ligam para a farmácia e solicitam uma farmacêutica para
que possam ir até o local e fazer o serviço, eles também possuem um serviço de
entrega de remédios, onde um motoboy vai até a residência e entrega as
mercadorias, já levando consigo uma maquineta de cartão onde são realizados os
pagamentos.
A Droga Center solicitou a uma empresa de software um sistema
informatizado e adquiriu um programa que registra toda a entrada e saída de
produtos, calculando o valor à vista e a prazo, eles lançam um percentual e já
calcula automaticamente o lucro de cada produto, e os seus preços são tabelados
com uma margem pequena de diferença entre outra farmácia.
O caixa da loja faz um relatório diário para ver se bateu seu caixa e se não
houve diferença de valores, e conferir se as notas foram lançadas corretamente, no
final do mês a farmácia manda todas as suas notas fiscais, contas da administração
e o livro de ponto dos funcionário para um escritório de contabilidade da própria
cidade e quem vai retirar esses documentos é um funcionário do escritório.
Os documentos devolvidos a farmácia são as guias de impostos que serão
pagos no decorrer do mês, o recibo de honorários do escritório e a folha de
pagamento dos funcionários. Os pagamentos dos funcionários são feitos por
depósito bancário por ser um jeito mais seguro para ambas as partes, e os valores
são liberados no quinto dia útil de cada mês e eles assinam suas folhas de
pagamento sendo que uma via fica com eles e a outra via fica com a empresa, para
comprovar que eles receberam.
Os dados foram coletados por entrevista com a gerente da farmácia e seu
nome é Edilma de Campos, ela me relatou que para alcançar o sucesso de vendas é
o bom tratamento e a paciência com os clientes de mais idade, e as formas de
pagamento que atrai bastante.

Você também pode gostar