Você está na página 1de 2

Como sabemos o corpo da mulher e a sua fisiologia, é ciclico.

Temos um ciclo que dura em média de 28 dias. Em que nesses 28 dias


passamos por 4 fases, ou seja, nos dias em que não temos menstruação há
outras coisas a acontecer de forma cíclica também, o ciclo menstrual
continua ao longo do mês.
e todas as fases do ciclo podem influenciar as mais diversas funções do
corpo desde a fertilidade, ao humor à memória, ao cansaço...
É cada vez mais evidente que o rastreamento dos nosso ciclos individuais
e a sua sincronização nos podem ajudar não apenas a entender melhor o
nosso corpo, mas também a gerir os sintomas de TPM, SOP e muito mais .

o ciclo menstrual tem 2 partes divididas em quatro fases:

A primeira metade do ciclo, do dia 1 (primeiro dia do período) ao 14º onde


ocorre a fase da menstruação, media de 5 dias
nA primeira metade do ciclo o nosso corpo é inundado pelos estrogénios.

A segunda semana a fase folicular, é caracterizada por um tremendo aumento da


energia. Os estrogénios melhoram a qualidade da nossa pele e do cabelo. A
hiperatividade reflete-se no facto de nos cansarmos menos e rendermos mais
Do dia 7 ao dia 13, ocorre a fase folicular, na qual o corpo produz
hormônios que estimulam as estruturas do ovo a começarem a se formar
dentro dos folículos nos ovários. 

A ovulação está próxima e a libido aumenta.

A segunda metade do ciclo, do 15º ao 28º dia. 


No dia 14, os óvulos são liberados e emergem nas trompas de Falópio,
também conhecido como ovulação. dá-se um aumento da progesterona,
 progesterona provoca-nos nervosismo, resseca a pele e incita-nos a comer mais.
Há que aproveitar estes dias para tentar queimar mais adrenalina, para que nos
tranquilize, indo ao ginásio ou praticando o nosso desporto favorito.
Na quarta e última semana do ciclo estas na fase lútea,.

Os dias pré-menstrual pode causar-nos angústia e quebra física. A acumulação de


líquidos pode fazer com que engordemos um ou outro quilo e provocar alguns
transtornos digestivos, tais como, inchaço, náuseas ou obstipação.
Os benefícios de saber exatamente em que momento estas do teu ciclo e
como isso te afeta em cada estágio podem ser inúmeros sintomas: por
exemplo a névoa cerebral, fadiga e síndrome pré - menstrual.

o corpo NATURALMENTE está sempre a tentar equilibrar as nossas flutações, criar e


destruir. Então com este conhecimento , podemos começar a viver e apoiar nossos
corpos de uma forma mais harmoniosa e eficaz.

Dois aspectos principais da gestão da endometriose de forma natural é focar na


otimização da inflamação e desintoxicação em pontos específicos do ciclo (fases 1 e
2 para inflamação, fases 3 e 4 para desintoxicação). Isso permite que o sistema
endócrino, as crises inflamatórias, a regulação do açúcar no sangue, o sistema
imunológico e as supra-renais sejam apoiados para funcionarem da melhor maneira
possível.
E isso faz-se de muitas maneiras possíveis, desde uma alimentação que apoie os nossos
órgãos na desintoxicação até mover o corpo de maneira diferente, até a maneira como
tratamos a saúde emocional e mental a cada mês.
O que irá fazer com que sejas mais compassiva e gentil contigo mesma.
Isso acaba por ser uma abordagem para o resto a vida ... mas de uma forma que pareça
controlável porque você está fluindo com a corrente do seu ciclo.

Viver em sincronia com o teu ciclo tem tudo a ver com o te reconectars com quem
é scomo uma mulher intuitiva, vivificante e poderosa no mundo
Iras conectar-te mais contigo mesma ao honrar o teu ciclo natural e ao te
conectares com o teu fluxo feminino selvagem, natura. Será como um novo
sentimento de poder, que naturalmente se irá tornar parte da tua vida.
Terás um impacto maior na tua carreira, família e em tudo. E à medida que as
mudanças positivas tomam forma, iras desbloquear uma nova maneira de ser.