Você está na página 1de 12

Alfabetização e Letramento

Atividade anterior

Iniciado em
sábado, 5 Out 2019, 15:33

Estado
Finalizada

Concluída em
sábado, 5 Out 2019, 15:46

Avaliar
10,00 de um máximo de 10,00(100%)

/
Questão 1 

Correto

É comum o fato de algumas pessoas dizerem que a escrita é a transcrição da fala ou


que se escreve tal como se fala. Não há dúvidas de que a escrita é a representação
grá ca da linguagem falada, porém essa representação se realiza de uma forma
especial. Vale salientar que não existe uma correspondência unívoca entre a
linguagem falada e escrita, ou seja, apesar de cada som possuir um correspondente
grá co, nem sempre o mesmo fonema é representado pelo mesmo grafema e nem
sempre a mesma forma grá ca representa o mesmo som. Assim, nota-se que há
muitas diferenças entre a fala e a escrita devido à própria natureza das duas
modalidades. Considerando o tema abordado no texto, assinale a opção correta
sobre a língua escrita e a falada:

Escolha uma:

a. Sempre que se quiser aprender uma língua, basta saber como ela é escrita
gra camente, para saber sua pronúncia oral.

b. Memorizar a gra a de determinadas palavras garantirá que jamais sejam


cometidos erros ortográ cos.

c. Como não existem referências concretas na linguagem falada sobre sua utilização,

a criança sempre cometerá erros graves de pontuação, impedindo sua
aprendizagem.

d. Assim como a aquisição da fala acontece naturalmente não é preciso ensinar a


leitura e a escrita. A criança aprenderá sozinha.

e. A fala e a escrita não coincidem, mesmo sendo modalidades da mesma língua,


uma vez que cada uma tem as suas próprias regras de realização.
 Assim, neste capítulo, discute-se que a fala e a escrita não coincidem, mesmo sendo
modalidades da mesma língua, uma vez que cada uma tem as suas próprias regras de
realização.

A resposta correta é: A fala e a escrita não coincidem, mesmo sendo modalidades da


mesma língua, uma vez que cada uma tem as suas próprias regras de realização..

/
Questão 2 

Correto

A tendência construtivista vem ao encontro da solução para os desa os resistentes


no ensino tradicional, que desconsidera o desenvolvimento da criança, os ritmos
diferenciados dos indivíduos e reduz a alfabetização à mera decodi cação dos sons
falados, correspondendo ao enfoque da escrita como sistema especí co e de sua
aquisição como processo de desenvolvimento da prática de ler e escrever. Trata-se
de uma maneira diferente de ver a criança e entender seus erros anteriormente
considerados absurdos como uma demonstração do seu grau de conhecimento e
como um pré-requisito para chegar ao acerto. Emília Ferreiro aborda muitas
maneiras de fazer a correção sem bloquear ou retardar um processo de
aprendizagem. Das assertivas abaixo, assinale a qual não faz parte da teoria
construtivista defendida pela autora:

Escolha uma:

a. O professor corrige e destaca com caneta vermelha ou marcador de texto e


solicita ao aluno que escreve a palavra errada trinta vezes, pois assim jamais irá
esquecer a gra a correta.
 Segundo as teorias de Emília Ferreiro abordadas neste capítulo, existem muitas
maneiras de fazer a correção sem bloquear ou retardar um processo de aprendizagem.
Exemplos: Correção em grupo, na qual cada aluno escreve uma resposta na lousa, enquanto 
os outros corrigem seu próprio trabalho; Os alunos trocam seus trabalhos com colegas da
leira ao lado, e estes fazem uma correção a lápis. Em seguida, o dono do trabalho faz sua
própria correção. Um aluno é escolhido para ser o professor na hora da correção. O
professor pode começar a aula lembrando as correções mais comuns das atividades do dia
anterior, a m de avaliar se os erros foram corrigidos e compreendidos, em nenhum
momento o texto da autora aborda a metodologia de destacar o erro do aluno, ou ainda que
a repetição exaustiva e mecânica produza efeitos positivos.

b. O professor pode começar a aula lembrando as correções mais comuns das


atividades do dia anterior, a m de avaliar se os erros foram corrigidos e
compreendidos.

c. Correção em grupo, na qual cada aluno escreve uma resposta na lousa, enquanto
os outros corrigem seu próprio trabalho.

d. O professor estimula a correção coletiva, trocando trabalho entre os alunos, que


fazem a correção do trabalho do colega à lápis.

e. Os alunos trocam seus trabalhos com colegas da leira ao lado, e estes fazem uma
correção a lápis. Em seguida, o dono do trabalho faz sua própria correção.

/
A resposta correta é: O professor corrige e destaca com caneta vermelha ou marcador de

texto e solicita ao aluno que escreve a palavra errada trinta vezes, pois assim jamais irá
esquecer a gra a correta..

Questão 3

Correto

O professor deve ter em mente a importância de atividades bem elaboradas no


período da alfabetização. As atividades precisam ser trabalhadas de acordo com a
necessidade de cada criança, associadas às várias áreas. Também, o professor
precisa estar atento e ter conhecimentos e habilidades necessárias, já que classes
homogêneas não existem. Cada atividade deve ser planejada para que a criança
interaja, em todos os momentos, com seus pares, seu professor, seu ambiente, a m
de efetivamente “compreender”. O processo de compreensão deve envolver a
construção de representações dos atos de fala, das interações comunicativas, da
situação contextual, tendo como resultado o movimento ativo de recepção e
construção de leitura do texto, do discurso, do outro. A maioria das atividades na
alfabetização deve ter caráter lúdico, precisam despertar o interesse das crianças em
participar, sem impor regrar rígidas, permitindo atingir o objetivo maior que é:

Escolha uma:

a. Que as crianças se alfabetizem o mais rápido possível.

b. Que as crianças se tornem crianças-leitoras.


 A maioria das atividades na alfabetização deve ter caráter lúdico, que, sem impor regrar
rígidas, permite atingir o objetivo maior: que as crianças se tornem crianças-leitoras. Cada
atividade deve ser um evento de letramento, cada ideia deve ser um caminho de libertação,
um passo para a formação real de um leitor competente, pois, ao ativar a imaginação e dar
ao aluno um contexto efetivo, considera-se a história de leitura das crianças e as diferenças
individuais.

c. Que as crianças decorem as regras da gramática.

d. Que as crianças não cometam mais erros.

e. Que todas as crianças da turma dominem a leitura e a escrita ao mesmo tempo.

A resposta correta é: Que as crianças se tornem crianças-leitoras..

/
Questão 4 

Correto

Segundo Russo e Vian (2001, p. 53), a primeira preocupação no processo de


alfabetização deve ser a de procurar trabalhar com elementos signi cativos para o
aluno, e sabe-se que o que tem mais signi cado para uma criança é seu próprio
nome, que a identi ca e lhe dá identidade. A lista de chamada dos alunos de uma
classe é um material didático importantíssimo e pode ser aproveitada para
atividades diversi cadas dentro das áreas de estudo, nos primeiros anos. Para
trabalhar com os nomes dos alunos o professor pode dispor de dois recursos
impressos onde os nomes são registrados. Essa metodologia é bastante interessante
e conhecida pelos educadores experientes, sendo elas:

Escolha uma:

a. Cartazes e tirinhas.

b. Crachás e prismas.
 Os crachás e os prismas serão recolhidos diariamente. No início da aula, todos os dias,
os crachás e os prismas serão entregues aos seus respectivos donos. Como existem várias
maneiras de se fazer essa entrega, o professor deve procurar dar variedade à atividade.

c. Dobraduras e prismas.

d. Dobraduras e recortes.

e. Cartazes e banners.

A resposta correta é: Crachás e prismas..

/
Questão 5 

Correto

A diferença entre a fala e a escrita ca evidente devido à própria natureza das


modalidades, sendo assim, complete a frase abaixo:
Tendo em vista que a fala ocorre por um canal ____________ e a escrita por um canal
____________, então, a fala tem um caráter ______________, enquanto que a escrita tem
um caráter ________________.
Assinale a alternativa que completa corretamente a frase:

Escolha uma:

a. Visual, auditiva, efêmero e circunstancial.

b. Auditiva, vocal, efêmero e duradouro.

c. Auditiva, visual, duradouro e circunstancial.

d. Auditiva, visual, efêmero e duradouro.


 A língua escrita e a língua falada,. Tendo em vista que a fala ocorre por um canal
auditivo e a escrita por um canal visual, então, a fala tem um caráter efêmero, enquanto que
a escrita tem um caráter duradouro.

e. Visual, auditiva, circunstancial e duradouro.


A resposta correta é: Auditiva, visual, efêmero e duradouro..

/
Questão 6 

Correto

Por meio das atividades envolvendo o letramento, o professor terá, no dia a dia,
grandes possibilidades de perceber o desenvolvimento de cada aluno e de adaptá-
las em consonância com as necessidades efetivas de sua classe. Poderá, a partir
dessa percepção fundamental, planejar as tarefas subsequentes de leitura, já que
colherá dados para veri car quais estratégias utilizadas pelas crianças, quais
informações são usadas e quais representações mentais são construídas no
processo de “brincar” de ler e escrever. Rossana Ramos, na sua obra 200 dias de
leitura e escrita na escola, explicita-nos que os professores devem incentivar os
alunos a escrever e a ler em todos os dias letivos. Lendo o próprio texto ou textos
alheios, o aluno passa a ter intimidade com a leitura e faz desse recurso um modo
efetivo de construir conhecimento. Considerando o contexto, avalie quais das
sugestões abaixo são atividades para auxiliar a leitura e a escrita:

I. Trazer livros para a sala ou levar os alunos frequentemente à biblioteca da escola


ou do bairro.

II. Incentivar os alunos a fazer releitura e reescrita de seus textos, para que criem
mecanismos próprios de autocorreção.

III. Fazer com que a criança decore as regras gramaticais.



IV. Sempre criticar os alunos por não saberem algo.

Estão todas corretas:

Escolha uma:

a. Nenhuma das alternativas.

b. III e IV.

c. I, II e II.

d. Todas as alternativas.

e. I e II.
 Algumas sugestões teóricas e práticas para auxiliar a escrita e a leitura: Incentivar os
alunos a fazer releitura e reescrita de seus textos, para que criem mecanismos próprios de
autocorreção. A produção de textos coletivos é uma forma bastante e ciente de promover o
desenvolvimento da escrita. Trazer livros para a sala ou levar os alunos frequentemente à
biblioteca da escola ou do bairro. Nunca criticar os alunos por não saberem algo; tentar
descobrir o que eles precisam para vencer alguns obstáculos e serem bons leitores e
escribas.
/
A resposta correta é: I e II..

Questão 7

Correto

Sobre as diferenças nas condições de produção da fala e da escrita, relacione as


características correspondentes:

1 Fala

2 Escrita

( ) Planejamento anterior à produção

( ) Impossibilidade de apagamento

( ) Acesso imediato às relações do interlocutor

( ) Livre consulta

( ) interação a distância (espaço-temporal)

( ) O texto mostra todo o seu processo de criação

Assinale a alternativa que corresponde a sequência correta:


Escolha uma:

a. 1, 2, 2, 1, 1, 2

b. 2, 1, 1, 2, 2, 1
 Características da FALA: Impossibilidade de apagamento, acesso imediato às relações do
interlocutor, o texto mostra todo o processo de criação. Características da ESCRITA:
planejamento anterior à produção, livre consulta e interação a distância (espaço-temporal).

c. 1, 2, 2, 2, 2, 1

d. 2, 1, 1, 2, 1, 2

e. 2, 2, 1, 2, 1, 1

A resposta correta é: 2, 1, 1, 2, 2, 1.

/
Questão 8 

Correto

Não precisamos ensinar ninguém a falar, visto que a aquisição da linguagem oral
ocorre de maneira natural, bastando que se tenha contato com falantes de uma
língua. Já, a escrita, precisa ser ensinada.Por este motivo, a maioria das pessoas
passa por um processo escolar de letramento para aprender a ler e a escrever.
Neste caso, assinale a alternativa INCORRETA:

Escolha uma:

a. A fala e a escrita divergem em muitas dimensões: nos seus modos de aquisição;


nas condições de produção; transmissão e recepção; nos meios pelos quais os
elementos de estrutura são organizados.

b. A fala e a escrita também possuem muitas semelhanças, como por exemplo, a


interação, que pode ser face a face ou a distância, também a reformulação
promovida pelo falante e pelo interlocutor.
 A língua escrita e a língua falada, página 67 e a resposta correta é a letra D. As
diferenças não param na forma de aquisição e manipulação, também acontecem na
interação, no planejamento, na criação e na reformulação.

c. A escrita, mesmo sendo instrumento de manipulação físico, motor e cognitivo, é


“irremediavelmente arti cial”, enquanto que a fala é “um processo natural, fazendo 
uso dos meios assim chamados “órgãos da fala’”.

d. Muitas pessoas, excluindo os casos de patologias, aprendem a falar, porém,


muitas jamais terão acesso a escrita, tendo em vista que possuem muitas
comunidades ágrafas, embora utilizem a linguagem oral.

e. Ao escrever, o pensamento é traduzido em unidades linguísticas que são


nitidamente separadas por espaços em branco. Já na fala, o pensamento é expresso
de forma contínua.

A resposta correta é: A fala e a escrita também possuem muitas semelhanças, como por
exemplo, a interação, que pode ser face a face ou a distância, também a reformulação
promovida pelo falante e pelo interlocutor..

/
Questão 9 

Correto

As autoras Emília Ferreiro e Ana Teberosky de niram o processo evolutivo de


aprendizagem da leitura em níveis de conceituação, os quais revelam as hipóteses
que a criança chegou. Neste caso, sobre os níveis de evolução da criança, assinale V
para verdadeiro e F para falso:

( ) Em cada nível de evolução, a criança elabora suposições a respeito dos processos


de leitura e escrita, baseando-se na compreensão que possui desses processos.

( ) A passagem de um nível para outro nunca ocorrerá por mérito apenas da criança,
pois a mesma jamais conseguirá fazer esta transição sozinha, sempre será orientada
por um pro ssional, isto é, as hipóteses são do pensamento do educador, não do
educando.

( ) As mudanças de níveis só ocorrerão quando a criança se deparar com questões


que o nível em que ela se encontra não puder explicar: ela irá elaborar novas
suposições e novas questões e assim por diante.

( ) Os níveis de evolução são barreiras de desenvolvimento da leitura e escrita, nas


quais a criança se sentirá insegura para prosseguir e necessitará de
acompanhamento integral.

Assinale a alternativa correta: 

Escolha uma:

a. V, F, V, F.
 Em cada nível de evolução, a criança elabora suposições a respeito dos processos de
leitura e escrita, baseando-se na compreensão que possui desses processos. As mudanças
de níveis só ocorrerão quando a criança se deparar com questões que o nível em que ela se
encontra não puder explicar: ela irá elaborar novas suposições e novas questões e assim por
diante.

b. V, V, F, F.

c. F, V, V, V.

d. F, V, F, V.

e. V, V, V, F

A resposta correta é: V, F, V, F..

/
Questão 10 

Correto

A pesquisadora Emília Ferreiro faz ponderações fundamentadas cienti camente e,


em termos pedagógicos, o professor ca incumbido de auxiliar os alunos da melhor
maneira possível a construir sua aprendizagem, adaptando a prática metodológica à
teoria comprovada pelos pesquisadores, oportunizando situações em que as
crianças sintam-se seguras para questionar e criar suas próprias hipóteses,
progredindo na escrita. Neste sentido, sobre as características da sistematização de
Emília Ferreiro, assinale a alternativa correta:

Escolha uma:

a. Emília Ferreiro propõe práticas pedagógicas e metodologias especí cas para o


ensino da escrita.

b. Emília Ferreiro acredita que a aprendizagem não está relacionada ao raciocínio


lógico.

c. Para Emília Ferreiro, é necessário ver a criança e entender seus erros de uma
forma diferente, ou seja, como demonstração do seu grau de conhecimento e como
um pré-requisito para chegar ao acerto.
 Emília Ferreiro não propõe práticas pedagógicas nem técnicas metodológicas, mas sim,
uma maneira diferente de ver a criança entender seus erros, como uma demonstração do 
seu grau de conhecimento e como pré-requisito para chegar ao acerto, o que anteriormente
era considerado um absurdo. Emília Ferreiro e Ana Teberosky destacam o processo de
leitura e escrita em cinco níveis.

d. Emília Ferreiro destaca que o processo evolutivo de aprender a ler e escrever


passa por apenas dois níveis de conceituação que revelam as hipóteses a que a
criança chegou.

e. A pesquisadora Emília Ferreiro utiliza uma metodologia especí ca, a qual os


professores devem se adaptar para melhor atender seus educandos.

A resposta correta é: Para Emília Ferreiro, é necessário ver a criança e entender seus erros
de uma forma diferente, ou seja, como demonstração do seu grau de conhecimento e
como um pré-requisito para chegar ao acerto..

/