Você está na página 1de 23

FARMÁCIA HOSPITALAR:

CONCEITO, OBJETIVOS E
ATRIBUIÇÕES

EUGENIE DESIRÈE RABELO NÉRI


FARMACÊUTICA HOSPITALAR
CONSULTORA EM FARMÁCIA HOSPITALAR
Na Presenç
Presença Do Amor,
Milagres Acontecem.

ROBERT
ROBERT SCHULLER
SCHULLER
PROGRAMA
• I

• Farmácia hospitalar:
• Conceito, Objetivos e Atribuições essenciais
– Padrões Mínimos para Farmácia Hospitalar
– Setores de uma Farmácia Hospitalar
• CAF
• DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS E DE
MATERIAL MÉDICO-HOSPITALAR
• FARMACOTÉCNICA HOSPITALAR
• CENTRAL DE MISTURAS INTRAVENOSAS
• FARMÁCIA AMBULATORIAL
PROGRAMA

• II

– NOVAS ÁREAS DE ATUAÇÃO


• Farmácia em Centro Cirúrgico
– Órteses e Próteses
• Farmácia em Unidade de Terapia
Intensiva
PROGRAMA
• III
– ATUAÇÃO CLÍNICA DO FARMACÊUTICO
HOSPITALAR
• O PAPEL DO FARMACÊUTICO NAS COMISSÕES
MULTIPROFISSIONAIS
– CFT
» Comissões de Protocolos Clínicos
– CCIH
– Comissões de Riscos
• FARMÁCIA CLÍNICA E ATENÇÃO
FARMACÊUTICA NA PRÁTICA HOSPITALAR
AULA 1 :

FARMÁCIA HOSPITALAR:
CONCEITO E
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS
“ A verdadeira descoberta não está
em encontrar novas terras,
mas em ver as mesmas coisas
com outros olhos.”
Marcel Proust
FARMÁCIA HOSPITALAR

• “Se você não sabe onde quer ir,


• então qualquer caminho serve para
você.”

• Mas se você sabe onde quer ir e trilha o caminho


da capacitação, certamente quando as
oportunidades chegarem, você poderá escolher
o melhor caminho e não qualquer caminho.
FARMÁCIA HOSPITALAR
• “Unidade tecnicamente aparelhada
para prover às clínicas e demais
serviços, dos medicamentos e
produtos afins de que necessitam
para seu normal funcionamento”
• Cimino
1973
FARMÁCIA HOSPITALAR
• “É uma unidade clínica administrativa
e econômica, dirigida por profissional
farmacêutico, ligada
hierarquicamente à direção do
hospital e integrada funcionalmente
com as demais unidades de
assistência ao paciente.”
SBRAFH
PADRÕES MÍNIMOS, 1997
PRINCIPAIS OBJETIVOS
• “Contribuir para a qualidade da
assistência prestada ao paciente,
promovendo o uso racional de
medicamentos e correlatos”

• “A FH deve estar comprometida com


os resultados da assistência prestada
ao paciente e não apenas com a
provisão de produtos e serviços.”
SBRAFH
PADRÕES MÍNIMOS, 1997
FOCO

O PACIENTE E SUAS
NECESSIDADES
Objetivos ...

• “ o simples fato de atendê-los, não


significa muito. O importante é o modo
como são alcançados e a seriedade em
seus cumprimentos”

• Maia Neto
» 2005
FARMÁ
FARMÁCIA HOSPITALAR:
ATRIBUIÇ
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS
Maia Neto
2005
• PLANEJAMENTO, AQUISIÇÃO, ANÁLISE, ARMAZENAMENTO,
DISTRIBUIÇÃO E CONTROLE DE MEDICAMENTOS E CORRELATOS;

• CONTROLE DE ESTOQUES;

• DESENVOLVIMENTO E OU MANIPULAÇÃO DE FÓRMULAS MAGISTRAIS E


OFICINAIS;

• PRODUÇÃO DE MEDICAMENTOS E CORRELATOS;

• DESENVOLVIMENTO DE PESQUISAS;

• DESENVOLVER ATIVIDADES DIDÁTICAS;

• ADEQUAR-SE AOS PROBLEMAS POLÍTICOS, FINANCEIROS E


CULTURAIS DO HOSPITAL;

• ESTIMULAR A IMPLANTAÇÃO DA FARMÁCIA CLÍNICA.


ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS
Maia Neto
2005
• PLANEJAMENTO, AQUISIÇÃO, ANÁLISE,
ARMAZENAMENTO, DISTRIBUIÇÃO E CONTROLE DE
MEDICAMENTOS E CORRELATOS
– PLANEJAR - utilizar método definido; conhecer a realidade da
instituição e do mercado; conhecer as necessdiades da instituição;
– AQUISIÇÃO – Ágil, compatível com as necessidades da instituição,
baseada em especificações corretas, utilizando ferramentas que
assegurem a qualidade dos produtos
– ANÁLISE – Laudo de controle de qualidade, Fluxos e POPs de
recepção bem definidos, análise macroscópica dos produtos.
– ARMAZENAMENTO – Condições adequadas, controles, Fluxos e POPs,
área e equipamentos compatíveis com o volume armazenado.
– DISTRIBUIÇÃO/DISPENSAÇÃO – Tipos de sistemas, eficácia,
economia, segurança e comodidade.
– CONTROLE – VITAL, manual ou informatizado, registro temporal
organizado.

CONTROLE DE ESTOQUES;
•DESENVOLVIMENTO E OU MANIPULAÇÃO DE
FÓRMULAS MAGISTRAIS E OFICINAIS;
•Adequação às necessidade do hospital;
•Economia;
•Adequação às Boas Práticas de Manipulação em
Farmácia
RDC 33/2000

•PRODUÇÃO DE MEDICAMENTOS E CORRELATOS;

• NPT
QT
DESENVOLVIMENTO DE PESQUISAS
Campo vasto
Pesquisas: aplicadas, clínicas, etc.

DESENVOLVER ATIVIDADES DIDÁTICAS;


estágios: curricular, extra-curricular, residência,
especilaização, mestrado, doutorado, cursos de atualização.

ADEQUAR-SE AOS PROBLEMAS POLÍTICOS,


FINANCEIROS E CULTURAIS DO HOSPITAL;
Adaptabilidade, versatilidade, iniciativa, visão
empreendedora, curiosidade, conhecimento administrativo.

ESTIMULAR A IMPLANTAÇÃO DA FARMÁCIA CLÍNICA


1979 – 1º serviço Onofre Lopes - UFRN
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS
SBRAFH
PADRÕES MÍNIMOS, 1997

• GERENCIAMENTO;
• DESENVOLVIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA;
• PREPARO, DISTRIBUIÇÃO, DISPENSAÇÃO E
CONTROLE DE MEDICAMENTOS E
CORRELATOS;
• OTIMIZAÇÃO DA TERAPIA MEDICAMENTOSA;
• INFORMAÇÃO SOBRE MEDICAMENTOS E
CORRELATOS;
• PESQUISA E
• ENSINO.
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS DA FARMÁCIA HOSPITALAR

• GERENCIAMENTO ... Focada no desenvolvimento da Assistência


Farmacêutica, gestão de custos, planejamento estratégico,
educação continuada e padrões de qualidade.

• DESENVOLVIMENTO DA INFRA-ESTRUTURA;

• PREPARO, DISTRIBUIÇÃO, DISPENSAÇÃO E CONTROLE DE


MEDICAMENTOS E CORRELATOS ... Laboratório de manipulação,
fracionamento, sistemas de distribuição de medicamentos,
controles de estoque e consumo.

• OTIMIZAÇÃO DA TERAPIA MEDICAMENTOSA ...


Acompanhamento e monitorização
• de pacientes, análise da prescrição médica, farmacovigilância.
ATRIBUIÇÕES ESSENCIAIS DA FARMÁCIA HOSPITALAR

• INFORMAÇÕES SOBRE MEDICAMENTOS E CORRELATOS ...


“O saber é a única ferramenta de produção que não está sujeita a
rendimentos decrescentes” (J. M. Clark)

• ENSINO E PESQUISA ...


“ Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um
dia. Ensine-o a pescar e você o estará alimentando pelo resto
da vida.” (provérbio chinês)

“SOMOS O QUE REPETIDAMENTE FAZEMOS,


PORTANTO, A EXCELÊNCIA NÃO É UM FEITO,
MAS UM HÁBITO” (ALBERTO ESCUDERO)
PADRÕES MÍNIMOS PARA
FARMÁCIA HOSPITALAR
PADRÕES MÍNIMOS
• PARÂMETROS MÍNIMOS: PARA
AMBIENTES
– ÁREA DE FÁCIL ACESSO A PROVISÃO DE
SERVIÇOS A PACIENTES;
– DEVE CONTAR COM RECURSOS DE
COMUNICAÇÃO E TRANSPORTE

• AMBIENTES MÍNIMOS:
– ÁREA PARA ADMINISTRAÇÃO
– ÁREA PARA ARMAZENAMENTO;
– ÁREA DE DISPENSAÇÃO E ORIENTAÇÃO
FARMACÊUTICA
– ÁREA PRIVATIVA PARA CHEFIA
– RECURSOS PARA INOFORMAÇÃO
SOBRE MEDICAMENTOS

• PARÂMETROS MÍNIMOS PARA RH:


– 1 FARMACÊUTICO PARA CADA 50 LEITOS
– 1 AUXILIAR PARA CADA 10 LEITOS