Você está na página 1de 17

CAMPUS DE NAVIRAÍ-MS

ACADÊMICO/A

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISINADO NA EDUCAÇÃO


INFANTIL I

Naviraí-MS
2019
ACADÊMICO/A

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISINADO NA EDUCAÇÃO


INFANTIL I
Trabalho apresentado à disciplina Estágio
Obrigatório em Educação Infantil I, realizado
no Xº. semestre do Curso de Pedagogia, da
Universidade Federal de Mato Grosso do sul,
sob a orientação da Profa. Dra. Ana Carolina
Faustino.

Naviraí-MS
2019
SUMÁRIO
1.INTRODUÇÃO ................................................................................................ 02
2. EDUCAR, CUIDAR E BRINCAR NA CRECHE........................... 02
3.CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA............................................................... 02
4.OBSERVAÇÃO E COPARTICIPAÇÃO NO TURMA............................... 02
4.1 Observação e coparticipação - 1°. dia: 23/05/2018........................................ 02
4.2 Observação e coparticipação - 2°. dia: 23/05/2018........................................ 02
4.3 Observação e coparticipação - 3°. dia: 23/05/2018........................................ 02
4.4 Observação e coparticipação - 4°. dia: 23/05/2018........................................ 02
5.OBSERVAÇÃO E COPARTICIPAÇÃO NO TURMA............................... 02
5.1 Observação e coparticipação - 1°. dia: 23/05/2018........................................ 02
5.2 Observação e coparticipação - 2°. dia: 23/05/2018........................................ 02
5.3 Observação e coparticipação - 3°. dia: 23/05/2018........................................ 02
5.4 Observação e coparticipação - 4°. dia: 23/05/2018........................................ 02
6. PLANOS DE AULA
7.REGÊNCIA....................................................................................................... 02
7.1 Relatos de regência - 1° dia: dia: 23/05/2018............................................... 02
7.2 Relatos de regência - 2° dia: dia: 23/05/2018................................................ 02
7.3 Relatos de regência - 3° dia: dia: 23/05/2018............................................... 02
8.CONSIDERAÇÕES FINAIS ........................................................................... 02
9.REFERÊNCIAS................................................................................................ 02
10.ANEXOS.......................................................................................................... 02
.

1. INTRODUÇÃO

No presente texto consta o relatório de estágio exigido pela disciplina de Estágio


Obrigatório na Educação Infantil II, que foi desenvolvido na escola municipal...............,
de Naviraí-MS. Este estágio conta com uma carga horária de 85 horas que foram
distribuídas da seguinte forma: 22 horas de fundamentação teórica e orientação de
estágio; seis horas para a caracterização da escola; 16 horas de observação e
coparticipação no ..................... ; 16 horas de observação e coparticipação
no ........................; 12 horas de regência realizada na turma ..........;e, por fim, 13 horas
para a elaboração e entrega dos relatórios parcial e final.
O estágio é de suma importância para a formação do pedagogo, pois é durante
esta fase que o acadêmico vai ter um contato com a realialidade da escola e da sala de
aula. O estágio tem como objetivo proporcionar ao acadêmico a oportunidade de
conhecer a prática de ensino realizada nas escolas e também de colocar em prática o que
aprendeu nas disciplinas do curso. De acordo com as Diretrizes Curriculares do curso de
Pedagogia (Resolucao CNE/CP n°. 01/2006) em seu Art. 7°. Inciso IV o “[...] estágio
curricular a ser realizado, ao longo do curso, vem assegurar aos graduandos, experiência
de exércicio profissional, em ambientes escolares e não-escolares que ampliem e
fortaleçam atitudes éticas, conhecimentos e competências”. Assim, o estágio contribui
para que o acadêmico vivencie experiencias na sua área de atuação.
O presente relatório de estágio obrigatório na Educação Infantil I está
organizado de modo que atende tanto aos quesitos teóricos quanto aos práticos do
exercício da docência em turmas ..........e jardim .............da Educação Infantil.
Na primeira parte apresenta-se ......... Na sequência, há o relato da observação e
coparticipação nas salas do ........... , e os relatos das vivências diárias da rotina do
trabalho pedagógico na instituição.
Durante a realização da regência, desenvolvemos (...... ??) planos de aula,
contemplando as disciplinas..... e os conteúdos .......
Enfim, o estágio supervisionado proporciona.....
Finalize a escrita ! .

2. O BRINCAR NA EDUCAÇÂO INFANTIL: RELAÇÃO ENTRE A


TEORIA, A PRÁTICA E O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
3. CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA
3.1 DADOS GERAIS DA ESCOLA

Os dados gerais da Escola podem ser obtidos junto à Direção e/ou Coordenação
Pedagógica ou diretamente no Projeto Pedagógico da Escola. São informações que
permitem a identificação da unidade escolar e de sua história.

3.1.1 Nome da Instituição (Foto)

3.1.2 Endereço

3.1.3 Histórico (Motivos da fundação, fundadores, atos legais, mudanças significativas


ao longo da existência da escola...)

3.1.4 Delimitação da área (MAPA) - Indicação da região da cidade em que está situada
a escola

3.1.5 Identificação de atendimento dos alunos (faixa etária)

3.1.6 Horários de Funcionamento

3.2 O ENTORNO DA ESCOLA – BAIRRO

As informações sobre os arredores da escola podem ser obtidas com a observação do


local, registro fotográfico e entrevistas junto aos moradores ou profissionais da escola
que conheçam o entorno e, preferencialmente, morem no bairro.

3.2.1 Aspectos socioeconômicos

Nível socioeconômico da população, tipo de construções, meios de transporte, bens de


consumo e duráveis evidentes...); Atividades profissionais da maioria dos moradores

3. 2.2 Urbanização

Abastecimento de água, captação, tratamento; Rede de esgoto extensão; Coleta de lixo


(forma/frequência); Atividades econômicas desenvolvidas no local (comércio,
indústria...).
3.3 ESTRUTURA ADMINISTRATIVA FÍSICA E MATERIAL DO CENTRO
Os dados sobre a estrutura física e material da escola podem ser obtidos com observação
direta e registro fotográfico; por meio de entrevista junto à Direção e/ou Coordenação
Pedagógica, ou diretamente no Projeto Pedagógico da Escola.

3.3.1 Edifício

3.3.1.2. Tipo de construção (própria para escola ou adaptada/dimensões do prédio/áreas


cobertas e abertas/situação de conservação)

3.3.1.3 Sala de aula (quantidade/ tipos de salas/ condições ambientais: iluminação,


ventilação, espaço compatível ao número de alunos)

3.3.1.4 Salas para o corpo técnico-administrativo: (quantidade - suficiente, insuficiente/


adequada às finalidades das atividades desenvolvidas no local/ estado de conservação)

3.3.1.5 Salas e ambientes (laboratórios, biblioteca, parque infantil, etc). Verificar


conservação/ adequação às atividades desenvolvidas e à quantidade de alunos que as
ocupam.

3.3.1.6 Instalações sanitárias: (quantidade, condições de higiene, forma de escoamento


dos detritos, bebedouro, água tratada, áreas externas cobertas ou descobertas)

3.3.2 Mobiliário - Carteiras, mesas, cadeiras, berços, colchões, armários (suficiência,


adequação, conservação)

3.3.3 Equipamentos – (verificar condições de uso) - Computador, retro projetor,


televisor, vídeos, aparelho de som entre outros (suficiência, adequação, conservação)

3.4 Quadro de pessoal

3.4.1 Funcionários técnico-administrativos (suficiência, habilitação para a


função/jornada de trabalho)

3.4.2 Professores (quantidade/qualificação/jornada de trabalho)


3.4.3 Especialistas (quantidade/qualificação/jornada de trabalho)
3.4.4 Estagiários (quantidade/qualificação/jornada de trabalho)
3.4.5 Citar outros que trabalham no centro (cozinheira, zelador, atendente...)
3.4 ASPECTOS ORGANIZACIONAIS

Os dados sobre os aspectos organizacionais podem ser obtidos junto à Direção e/ou
Coordenação Pedagógica, ou por consulta aos documentos da escola: Projeto
Pedagógico e Regimento Interno.

3.4.1 Organograma da Escola

3.4.2 Principais atribuições de cada setor (Verificar a estrutura formal no regimento


interno e a estrutura não-formal por meio de observação e conversas com os membros
da escola)

3.4.3 Formas de gestão e de relacionamento entre os setores (Formas de tomada de


decisão, tipos de trabalho individual e coletivo, comunicação, clima do centro).

3.4.4 Projeto Pedagógico da Escola (Como foi elaborado? Qual é a sua vigência? É
conhecido pelos membros da comunidade escolar? Como é executado e acompanhado
pelos membros da escola).

3.4.4 Regimento Escolar (Como foi elaborado? É do conhecimento da comunidade


escolar? Como é posto em prática).
4.OBSERVAÇÃO E COPARTICIPAÇÃO NO JARDIM II
4.1. Observação e coparticipação - 1°. dia: 23/05/2018

4.2. Observação e coparticipação - 2°. dia: 23/05/2018

4.3. Observação e coparticipação - 3°. dia: 23/05/2018

4.4. Observação e coparticipação - 4°. dia: 23/05/2018


5.OBSERVAÇÃO E COPARTICIPAÇÃO NO JARDIM III

5.1. Observação e coparticipação - 1°. dia: 23/05/2018

5.2. Observação e coparticipação - 2°. dia: 23/05/2018

5.3. Observação e coparticipação - 3°. dia: 23/05/2018

5.4. Observação e coparticipação - 4°. dia: 23/05/2018


6. PLANOS DE AULA

PLANOS DE AULA PARA A REGÊNCIA


Professoras/alunas: nome das estagiárias
Regente: Maria de Souza
Projeto: ........
Turma:...................
Turno: Matutino
Carga horária/tempo: 4h/a.
Quantidade de aulas: 4
1. TEMA
A matemática pode ser divertida
2. OBJETIVO GERAL
Desenvolver conteúdos matemáticos de forma lúdica, estimulando o gosto pela
matemática através da culinária.

3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Apresentam os detalhes e/ou desdobramento do objetivo geral. Sempre serão mais de um
objetivo, todos iniciando com verbo no infinitivo que apresente tarefas parciais em prol da
execução do objetivo geral.

- Desenvolver o raciocino logico;


- Reconhecer símbolos matemáticos;
- Estimular a contagem;
- compreender a comparação entre quantidades;
- estimular a higiene pessoas.

4 CONTEÚDOS
Ordem numérica; escrita numérica.
5. METODOLOGIA
Ex.:1°. dia (09/03/2017) : UTILIZAR OS VERBOS NO FUTURO, POIS VOCÊ ESTÁ
ESCREVENDO SOBRE ALGO QUE PRETENDE REALIZAR (NO FUTURO).
2°. dia (10/03/2017) :

6. RECURSOS DIDÁTICOS
Crachás com números;
Lápis de cor;
Ingredientes para realizar a receita;
Pincel para lousa.

7. AVALIAÇÃO
A avaliação ocorrerá mediante .....
7. RELATOS DA REGÊNCIA
7.1 1°. DIA : 09 DE MARÇO DE 2018, QUINTA-FEIRA
Ex.: No primeiro dia de regência chegamos à instituição aproximadamente as
6h20min para organizar o ambiente bem como dar os ajustes finais em alguns materiais.
Logo em seguida, a professora chegou e as crianças também começaram a chegar, como
de costume, atendendo a rotina das crianças, iniciei a atividade auxiliando a professora
na recepção delas. Vieram no total 14 crianças.
Após esse momento de acolhida, organizamos a sala para iniciar as atividades.
Primeiramente.....
RELATOS DA REGÊNCIA
7.2 2°. DIA : 09 DE MARÇO DE 2018, QUINTA-FEIRA

Ex.: No segundo dia de regência chegamos à instituição aproximadamente as


6h20min para organizar o ambiente bem como dar os ajustes finais em alguns materiais.
Logo em seguida, a professora chegou e as crianças também começaram a chegar, como
de costume, atendendo a rotina das crianças, iniciei a atividade auxiliando a professora
na recepção delas. Vieram no total 14 crianças.
Primeiramente.....
RELATOS DA REGÊNCIA
7.3 3°. DIA : 09 DE MARÇO DE 2018, QUINTA-FEIRA

Ex.: No terceiro dia de regência chegamos à instituição novamente


aproximadamente às 06h30min para organizar o ambiente bem como dar os ajustes
finais em alguns materiais que foram utilizados nas atividades propostas. Logo em
seguida, após alguns reparos, a professora chegou e as crianças também começaram a
chegar.....
CONSIDERAÇÕES FINAIS
ESTA É A ÚNICA PARTE QUE VOCES FARÃO INDIVIDUALMENTE.
NÃO SE ESQUEÇA DE RELATAR AQUI AS CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO
PARA SUA ATUAÇÃO ENQUANTO FUTURO/A PROFESSOR/A
APONTEM OS PONTOS FORTES E FRACOS DE SUAS VIVÊNCIAS, AS
MAIORES DIFICULDADE E ALEGRIAS.
ESTE É O MOMENTO DE REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DO ESTÁGIO EM
NOSSO PROCESSO DE FORMAÇÃO INICIAL...

BOM TRABALHO A TODOS/AS!!! ....


REFERÊNCIAS
Exemplos de referências
Livros:
PEREIRA, José. A era da informática. 1.d. São Paulo: Atlas, 2009.
Livro com organizadores:
PINHO, Diva Benevides; VASCONCELOS, Marco Antonio Sandoval de. (Orgs.).
Manual de Economia. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 1997.
Capítulos de livros:
SEVERINO, Antônio Joaquim. Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de
textos. In: ______. Metodologia do trabalho científico. 21 ed. rev. e ampl. São Paulo:
Cortez, 2000, p. 47-61.

Artigos:
GUIMARÃES, Célia M.; MARIN, Fátima A. D. Gomes. Projeto pedagógico:
considerações necessárias a sua construção, Nuances, Presidente Prudente, v.4, n. 4, p.
35-47, set. 1998.

Artigos em meio eletrônico:


MORTATTI, Maria do Rosário Longo . O livro de Alzira. Educação, UFSM, v. 38,
n.1, p. 55-73, jan./abr. 2013. Disponível em:< http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-
2.2.2/index.php/reveducacao/article/view/5864/4530>. Acesso em: 30 mar. 2015.

Legislação
SÃO PAULO. (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Tratados e organizações
ambientais em matéria de meio ambiente. In: Entendendo o meio ambiente. São Paulo,
1999. v. 1. Disponível em: <http://www.bdt.org.br/sma/entendendo/atual.htm> . Acesso
em: 8 mar. 1999.
ANEXOS
EXISTEM ALGUNS DOCUMENTOS QUE PRECISAM ESTAR NOS ANEXOS
DO RELATÓRIO, SENDO ELES:

1º) TERMO DE COMPROMISSO DE ESTAGIO (ORIGINAL COM


ASSINATURAS);

2º) PLANO DE ATIVIDADES (ORIGINAL COM ASSINATURAS);

3º) FICHA DE FREQUÊNCIA DE ESTÁGIO (COM AS ASSINATURAS DOS


RESPONSÁVEIS POR CADA ATIVIDADE, BEM COMO COM A CARGA
HORÁRIO DE 85 HORAS PARA O ESTÁGIO NAEDUCAÇÃO INFANTIL II);

4º) FICHA DE AVALIAÇÃO DAS REGÊNTES 1 e 2.