Você está na página 1de 10

PROJETO MEIO

AMBIENTE E
SUSTENTABILIDADE

2017 Educação Ambiental na Escola

Ronaty Silva Sousa


Engenheiro Agrônomo
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

PROJETO MEIO AMBIENTE E


SUSTENTABILIDADE
EDUCAÇÃO AMBIENTAL N A ES COL A

SUMÁRIO

1. Introdução ____________________________________________________ 02

2. Justificativa ___________________________________________________ 04

3. Objetivos _____________________________________________________ 06

3.1 Geral _____________________________________________________ 06

3.2 Específicos _________________________________________________ 06

4. Ações e Atividades _____________________________________________ 07

5. Metodologia __________________________________________________ 08

6. Resultados Esperados ___________________________________________ 09

Página 1
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO

A crescente preocupação com a qualidade de vida envolve a preocupação


ambiental, pois a sociedade, por meio da evolução científica e tecnológica, descobriu que
as condições ambientais são importantes para a saúde e para o seu bem-estar, tanto em
curto, como também em longo prazo. Compreendemos que o Meio Ambiente tem sido alvo
de inúmeras reflexões, prova disso são as discussões e projetos desenvolvidos por
diferentes instituições, dentre elas escolas, ONG’s, governos, etc. Essa afirmação faz-se
necessária à medida que articulamos os posicionamentos dos indivíduos diante da
perspectiva da qualidade de vida na contemporaneidade com vistas às futuras gerações.
O planeta Terra é um sistema autorregulador, constituído da totalidade dos
organismos, rochas das superfícies, oceano e atmosfera estreitamento unidos, no entanto
esse sistema está em contínuo processo de evolução, com o objetivo da manutenção do
equilíbrio das condições da superfície, para que sejam sempre os mais favoráveis
possíveis à vida.
A qualidade do ar, a ausência de contaminantes na água e no solo, a preservação
da biodiversidade são quesitos que os cálculos econômicos não contemplam, mas que
representam a garantia da saúde humana e o bom desempenho do ser humano na
realização das suas atividades.
Diversos acontecimentos entraram para literatura por se tratarem de problemas
ambientais, e que alertam sobre a importância das questões do Meio Ambiente. As
previsões de acordo com o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas – IPCC,
relatam sobre as alterações no clima e para o aquecimento global, sofrendo um aumento
de 1° a 3,5°C, nos próximos anos. Os efeitos de tais mudanças geram, principalmente,
modificações nos padrões regionais de chuva, transferência de áreas produtivas para os
polos, elevação dos níveis dos mares ameaçando zonas costeiras densamente povoadas,
intensificação das tempestades, propagação de doenças, desertificação das regiões
áridas, entre outras consequências.
O Brasil possui vastos recursos naturais que devem ser cuidadosamente explorados
e utilizados. A busca do desenvolvimento socioeconômico é tarefa difícil num país cuja
grande parte da população ainda cresce em condições mínimas de sobrevivência. Várias
Conferência já realizadas sobre Meio Ambiente e o Desenvolvimento, sempre buscaram
meios de conciliar o desenvolvimento socioeconômico com a conservação e a proteção dos
ecossistemas da Terra, visando a conscientização sobre os danos causados ao Meio

Página 2
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

Ambiente, e a necessidade dos países em desenvolvimento receberem apoio financeiro e


tecnológico, para prosseguirem na direção do Desenvolvimento Sustentável.

“A Educação Ambiental deve ser um processo contínuo e


permanente, iniciando em nível pré-escolar e estendendo-se por
todas as etapas da educação formal ou informal”.
M. Guimarães

Entende-se como Educação Ambiental, o processo pelo qual o educando começa


a obter conhecimentos acerca das questões ambientais, onde ele passa a ter uma nova
visão sobre o Meio Ambiente, podendo chegar a ser denominado de Agente
Transformador em relação à Conservação Ambiental.
As questões ambientais estão cada vez mais inseridas no cotidiano da sociedade,
contudo, a Educação Ambiental é essencial em todos os níveis dos processos educativos e
em especial nas séries iniciais da escolarização, tendo em vista que é mais fácil
conscientizar as crianças sobre as questões ambientais do que os adultos.
Com o mundo cada vez mais globalizado, com a sociedade tão violente e com o
crescimento acelerado da população que substituem os espaços verdes pelo concreto, vem
diminuindo o contato direto das crianças com todos os elementos da natureza. Nesse
paradigma a cada dia que se passa as crianças passam a ter espaço cada vez mais
restrito para contato com os elementos ambientais. Como já dizia Alves (1999) “há
crianças que nunca viram uma galinha de verdade, nunca sentiram cheiro do Meio
Ambiente, nunca ouviram o canto dos pássaros e nunca tiveram o prazer em brincar com
a terra, ao contrário, pensam que terra é sujeira, enfim, não sabem o que é Vida!”.
A cada dia passado, a questão ambiental tem sido considerada como um fato
que precisa ser trabalhada com toda a sociedade e principalmente nas escolas, pois as
crianças bem informadas sobre os problemas ambientais se tornarão pessoas adultas
preocupadas com o Meio Ambiente, sem esquecer que serão transmissoras de
conhecimentos que obtiveram na escola sobre as questões ambientais em sua casa, família
e vizinhos.
A Educação Ambiental deve incluir valores, capacidades, conhecimentos,
responsabilidades e aspectos que promovam o progresso das relações éticas entre as
pessoas, seres vivos e a vida no planeta, tendo em vista que a Educação Ambiental busca
assegurar que o futuro do planeta esteja equilibrado no que se refere à Natureza.

“A Educação Ambiental é o conjunto de práticas e conceitos voltadas para a busca da


qualidade de vida”.

Página 3
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

2. JUSTIFICATIVA

De acordo com os Planos Curriculares Nacionais (PCNs), o convívio escolar é um


fator determinante para a aprendizagem dos valores e atitudes, considerando a escola
um dos ambientes mais imediatos do aluno, relação a elas se darão a partir do próprio
cotidiano da vida escolar do aluno.
Cuidar do destino do nosso Meio Ambiente é responsabilidade de todos. A escola
é um lugar favorável à Educação Ambiental pelo fato de ser grande geradora de
resíduos. Então, é importante trabalhar no sentido de envolver nossos alunos, pais,
educadores e funcionários para que esta situação modifique, formando novos hábitos.
Partindo do princípio que a Educação Ambiental é um processo sobretudo, contínuo,
devemos mudar os hábitos e atitudes de maneira espontânea.
A Educação Ambiental é muito mais do que conscientizar sobre o lixo, a reciclagem
e a poluição. É trabalhar situações que possibilitem a comunidade escolar pensar
propostas de intervenção na realidade nos cerca. Ela será o elo entre todas as disciplinas
que favorecerá a valorização da vida e, consequentemente do Meio Ambiente.
Entretanto, na criança é mais fácil desenvolver a sensibilidade, o gosto e o amor pela
natureza, já no adulto, algumas vezes, é preciso inicialmente desenvolver o respeito.
A Educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano dos
alunos, mas como parte de suas vidas. É de suma importância a conscientização da
preservação do Meio Ambiente para nossa vida e todos os seres viso, afinal vivemos nele
e precisamos que todos os seus recursos naturais sejam sempre puros. A conscientização
quanto a essa preservação deve iniciar cedo, pois é muito mais fácil fazer as crianças
entenderem a importância da natureza e quando esse ensinamento inicia logo elas com
certeza vão crescer com essa ideia bem formada.
Sabemos que o Meio Ambiente não é destruído por falta de conhecimento, mas
sim, devido ao estágio de desenvolvimento existente no mundo. O trabalho de
conscientização sobre as práticas de destruição do Meio Ambiente na Escola, será para
resgatar a necessidade de conciliar a teoria com a prática no dia a dia, garantindo, o
futuro do planeta e da humanidade.
Sabendo também que as escolas são grandes geradoras de resíduos sólidos, é de
grande relevância trabalhar para envolver os alunos e educadores para mudarmos a
situação e criar novos hábitos, pois uma gestão de resíduos beneficiará o Meio Ambiente,
tendo em vista os incentivos à reciclagem do material.

Página 4
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

Desta forma, terá noção que tudo está interligado. Somos parte da natureza e
não devemos esquecer isto. Inserir-se na escola mostra uma preocupação com a formação
e conduta daqueles que ela compõe, podendo colaborar com a formação íntegra de
crianças, adolescentes, professores e funcionários.

Página 5
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

3. OBJETIVOS

3.1 Geral

Disseminar técnicas e hábitos sustentáveis através da Educação Ambiental,


colaborando para a formação de cidadãos responsáveis e ativos, com envolvimento dos
alunos para sensibilização sobre a preservação do Meio Ambiente, identificando as
situações que causam danos à Ecologia, tais como: poluição, desmatamento, queimadas,
extinção de animais e outros, estimulando assim o interesse pela natureza e também
enfatizar a problemática do lixo e as soluções para reciclagem.

3.2 Específicos
- Criação do Espaço Horta;
- Conscientizar os alunos quanto as cores básicas de lixeiras aos lixos
correspondentes;
- Desenvolver com os alunos uma lista de atitudes benéficas para o Meio
Ambiente;
- Construir do Alfabeto Ecológico;
- Entender o processo de reciclagem;
- Incentivar à pratica de reflorestamento e arborização;
- Conscientizar os alunos através de palestras e debates sobre a Educação
Ambiental;
- Resgatar juntos aos alunos a importância de vivermos e convivermos em um
ambiente limpo;
- Estimular a participação da comunidade escolar e de entorno para as
atividades;
- Estimular a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com
relação a utilização dos recursos naturais favorecendo a reflexão sobre a
responsabilidade ética de nossa espécie e o próprio planeta como um todo, auxiliando
para que a sociedade possua um ambiente sustentável, garantindo a vida no planeta;

Página 6
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

4. AÇÕES E ATIVIDADES
- Realização do Ciclo de Palestras sobre Meio Ambiente;
- Realização de práticas que favoreçam a redução do consumo de energia
elétrica;
- Disponibilização de lixeiras para coleta de resíduos seletivos para escolas;
- Realização de Oficina sobre Uso Consciente da Água;
- Realização de Oficinas sobre Reciclagem de Materiais;
- Realização de Oficinas sobre Reflorestamento;
- Realização de Oficinas sobre Arborização;
- Realização de Oficinas sobre Hortas Orgânicas;
- Realização de Oficinas sobre Produção Orgânica de Alimentos;

Página 7
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

5. METODOLOGIA
- Uso de dinâmicas/atividades educativas no desenvolvimento das práticas;
- Disponibilização de lixeiras para coleta de resíduos seletivos para escolas;
- Construção Educativa do Alfabeto Ecológico, com uso de material de expediente
da própria escola, executada pela turma com supervisão dos educadores;
- Construção de cartazes, com uso de material de expediente da própria escola,
incentivando os alunos a jogar lixo na lixeira, cuidar e preservar os materiais escolares e
cultivas bons hábitos de higiene humana.
- Produção de mídias durante as atividades executadas pelos alunos para
servirem de arquivo para divulgação das ações realizadas;
- Uso de mídias educativas, como músicas e vídeos que relatem as práticas de
conscientização quanto à preservação do Meio Ambiente
- Atividades teatrais sobre Meio Ambiente e seus problemas;
- Atividades teatrais sobre Biodiversidade;
- Passeios ecológicos para verificação do entorno, incluindo situações de captação
e uso da água, produção de alimento orgânico e práticas de conservação do solo.
- Produção de brinquedos e jogos educativos baseados no Meio Ambiente e
Biodiversidade;
- Produção de experimentos que levam à conscientização sobre o Meio Ambiente,
Qualidade de Vida e Desenvolvimento Sustentável.
- Produção de mudas para reflorestamento e arborização;
- Envolver disciplinas, tais como: Português, como incentivo à produção coletiva de
textos com os temas relacionados, ainda tirinhas e cartazes; Educação Física: envolvimento
e apresentações de música e movimento; Matemática: produção de jogos, gráficos e
tabelas com resultados da escola frente ao projeto; Biologia ou Ciências: água,
biodiversidade, saneamento básico, controles e desperdícios; Geografia: uso da água
para geração de energia, impactos ambientais, biomas e desenvolvimento sustentável;
Ética e Cidadania (Filosofia e Sociologia): práticas e pesquisas em campo na identificação
de ações predatórias para o meio ambiente.

Página 8
PROJETO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

6. RESULTADOS ESPERADOS

As ações e atividades acima dispostos ajudarão às crianças, adolescente,


educadores/professores e funcionários a desenvolver seus próprios conceitos sobre o que
acontece com o Meio Ambiente, fazendo entender o porquê devemos cuidar e proteger,
além de informar, ajudar no desenvolvimento, fazendo com que possam criar formas
prazerosas de aprender e entender o que pode ser feito por um mundo melhor.
Defendemos este Projeto com vista que o progresso com sustentabilidade, é
possível, desde que as ideias propostas sejam trabalhadas em escolas em todos os níveis
de ensino, visando formar cidadãos conscientes com seus deveres com a preservação do
Meio Ambiente, Qualidade de Vida e Desenvolvimento Sustentável, pois à medida que a
humanidade aumenta sua capacidade de intervir na natureza para satisfação de
necessidades e desejos crescentes, surgem tensões e conflitos quanto ao uso do espaço e
dos recursos nele contidos.
Portanto, com a execução das atividades propostas, espera-se promover uma
política de gestão ambiental dentro das escolas, estabelecendo com isso uma ação
sistemática de ação, que possa servir de referência para a comunidade em geral.
Estimular a conscientização do aluno sobre os problemas atuais em relação aos impactos
ambientais em geral, ainda identificar os problemas e implementar ações de cuidado com
o Meio Ambiente na vida pessoal, em casa, na escola e na comunidade, fazendo com que
o próprio aluno passe a ser o sujeito responsável por uma mudança efetiva da situação
atual.

Página 9

Você também pode gostar