Você está na página 1de 2

Universidade Federal de Santa Catarina

Curso de Licenciatura em Matemática na Modalidade à Distância


Disciplina de Psicologia Educacional
Professora: Nicia L. D. da Silva
Aluno: Paulo Roberto Bernardes - Matrícula: 06402330
Aluna: Thayse Salvador Ramos - Matrícula: 06402220

CAPÍTULO 3 - A CONTRIBUIÇÃO DA PSICOLOGIA PARA A EDUCAÇÃO

(Pólo Palhoça) - Qual é a importância do papel do professor como um coordenador


de grupo?

Para entendermos a importância do professor como um coordenador de grupo,


primeiramente, temos que compreender qual é a verdadeira função do professor.
Tradicionalmente pensamos no professor como aquele indivíduo que transmite
conhecimentos específicos de sua área para os alunos; chega à sala de aula “como um
general”, orienta os discentes a sentarem em suas carteiras enfileiradas, em silêncio, e
explica sua matéria; avaliando-os, unicamente, através da aplicação de provas.
O mundo em que vivemos está em constante evolução e os alunos também.
Adicionalmente, o corpo discente é oriundo dos mais diferentes ambientes e com
personalidades bastante distintas. Neste contexto, não se pode mais qualificar de eficiente
aquele professor que busca transmitir conhecimento de uma forma técnica e formal.
Existe a necessidade do professor ser, não prioritariamante um transmissor, e sim um
mediador do conhecimento; aquele que dialoga e aprende com seus alunos, aceita
opiniões e oferece uma aula mais dinâmica. Entretanto, para isso, o professor precisa se
conhecer, saber de suas reações nas mais diversas situações do convívio social, como
tristeza, felicidade, raiva, angústia, entre tantas outras. A partir do auto-conhecimento e
desarmado de pré-conceitos, o professor estará mais apto a estabelecer vínculos com os
alunos.
Segundo Freire (pg. 25, 1996), “ensinar não é apenas transferir o conhecimento,
mas criar possibilidades para a sua produção e construção”.
Quando começamos a enxergar a função do professor desta forma, como
mediador de conhecimento, fica mais fácil de entendermos a função e importância dele
como “coordenador de grupo” .Seria como dirigir um grupo, no qual, todos convivem
num processo de desenvolvimento e de aprendizagem.
O professor, para mediar o conhecimento, deve permitir um ambiente dinâmico
e eficiente e orientar os alunos a fazerem parte desta troca de saberes, compreendendo a
importân
cia de estarem estudando determinado assunto. Para isso é necessária uma boa
convivência entre aluno e professor, permitindo a crítica e o questionamento de forma
respeitosa e organizada, favorecendo o aprendizado em conjunto. Para ser mediador do
conhecimento o professor tem que se permitir aprender.
Avaliar a importância da função do professor como coordenador de grupo é
pensar que o ensino não depende somente do professor, e a aprendizagem não é apenas
para aluno, pois “quem ensina aprende ao ensinar, e quem aprende ensina ao aprender”
(FREIRE, pg. 25, 1996). Isso contradiz a educação tradicional onde o professor é a única
fonte do saber e o aluno tem o dever de apenas aprender aquilo que foi dito pelo
educador. Essa troca de saberes, e a permissão de um ambiente agradável para
aprendizagem são algumas das vantagens desse tipo de visão de ser professor.
Pode-se concluir que o professor coordenador de grupo e o professor mediador
do saber estão associados e são de grande importância para o desenvolvimento do ensino
aprendizagem através de uma forma de boa convivência entre os sujeitos relacionados. O
professor, dirigente de um grupo e preocupado com um ensino democrático e de trocas de
saberes, caminha para uma educação complexa e que busca uma verdadeira forma de lhe
dar com a pessoa aprendiz que vive em sociedade.