Você está na página 1de 9

Data 03/05/2021

Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0


Folha 1 de 9

Verificação da Documentação de Tanques – NR-13 port. 915

STATUS
Item NR-13 Descrição Não
Conforme Inexistente
Conforme
13.7.1.1 O Tanque possui um programa e um plano de inspeção?
O Tanque possui folhas de dados com as especificações dos tanques necessárias ao
13.7.1.4 a)
planejamento.
13.7.1.4 b) O Tanque possui desenho geral ?
Quando aplicável, o tanque possui projeto de alteração ou reparo em conformidade
13.7.1.4 c)
com os subitens 13.3.3.3 e 13.3.3.4;.
O Tanque possui relatórios de inspeção de segurança anteriores a esta inspeção, em
13.7.1.4 d)
conformidade com o subitem 13.7.3.7.
13.7.1.4 e) Registro de Segurança em conformidade com o subitem 13.7.1.5.
Os documentos referidos no subitem 13.7.1.4, se inexistentes ou extraviados, foram
13.7.1.6
reconstituídos pelo empregador por um responsável técnico formalmente designado?
Os dispositivos contra sobrepressão e vácuo, e válvulas corta-chamas, quando
13.7.2.1 aplicáveis, estão em boas condições operacionais e calibrados, de acordo com um
plano de manutenção elaborado pelo empregador.
A instrumentação de controle dos tanques está em boas condições operacionais e
13.7.2.2
calibrados, de acordo com um plano de manutenção elaborado pelo empregador.
O tanque está identificado conforme padronização formalmente instituída pelo
13.7.2.3
empregador.
Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 2 de 9

Verificação de Campo – Básica para o IEq

Item Descrição O que procurar Motivo


Emitir croqui onde possam ser localizados:
a) Os cruzamentos de soldas;
b) A quantidade de virolas;
c) Bocais e Bocas de Visita, no costado, bocais e teto,
bem como a função de cada um deles;
Realizar inspeção dimensional de todo o tanque quando
1 Ver Figura 1 d) Tipo do teto;
não houver desenho geral.
e) Tipo do fundo;
f) Bacia de drenagem;
g) Tipo de acessos (escadas e plataformas);
h) Mapeamento dos dispositivos de segurança;
i) Mapeamento das vigas de suportação do teto
a) O tanque deve ser ≥ 15,25 m de Ø
b) O ângulo do teto não deve exceder a 50,8 mm em 304,8
mm, que equivale a 9,46° (tangente inversa).
c) O Teto deve ser soldado com uma solda contínua que
suas dimensões (perna) não exceda a 5 mm.
d) Os dispositivos de suporte do teto não deverão estar A fragilidade da solda entre o teto ao costado deve ser
fixados as chapas do mesmo.
2 Realizar inspeção de solda frágil para teto suportado. frágil, atuando como mais um dispositivos de segurança em
e) O anel de compressão é limitado aos detalhes da Figura
caso de sinistros, conforme API-650 item 5.10.2.6
F-2 do API-650.
f) O ângulo superior pode ser menor do que o requerido em
5.1.5.9, e), (3” x 3” x 3/8”), desde que atenda 10.2.6 b).
g) Todos os membros na região da junção do teto ao
costado, incluindo anéis de reforço serão considerados
para a seção transversal (A).
Ver Figura 2

Verificar as dimensões e afastamento entre a borda e base civil, a A verificação tende a tomada de decisões para a instalação
3 Medir a borda externa do piso. fim de confirmar atendimento a API-650 5.4.2, onde não poderá
ser superior a 50mm. de chapa defletora de águas pluviais.
Ver Figura 3
a) Verticalidade;
b) Recalque ( ver também item 5 abaixo), recomendamos
Executar avaliação topográfica, conforme ANEXO B da A verificação de verticalidade e deformações do tipo barriga
boas práticas da N-1807 da PETROBRAS Tabela 3;
API-653. tem como intuito prevenir possíveis falhas pro flambagem.
c) Deformações no costado, “Barrigas” positivas e
No mínimo em 10 pontos. O recalque tem cmo objetivo prevenir a contribuição com a
4 negativas maiores que 15mm a cada 1000mm de
falha supracitada e possíveis deformações no fundo no
comprimento, conforme NBR 7821 9.3.3.
Ver Figura 4 tanque, o que poderia levar a falha catastrófica com o
vazamento do fluído contido.
Ver Figuras 5 e 6
Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 3 de 9

Verificação de Campo – Básica para o IEq (continuação)

Item Descrição O que procurar Motivo


a) Estas verificações tendem a detectar falhas
construtivas da base civil construída, as anomalias mais
Deformações de rebaixo ou suspenção do piso em relação ao comuns são:
nível normal onde esteja apoiado. b) Sedimentação do solo compactado dentro do anel
5 Inspeção do fundo no tocante a deformações.
periférico de concreto.
Ver Figura 7 e 8 c) Drenagem excessiva concomitante ao mau
dimensionamento de tubos instalados no anel
periférico de concreto.
Dentre outro detalhes explicitados na Figura 1, o acesso
Dimensões que permitam a queda de pessoas e ou dificultem a
deve atender o requisito da ABNT NBR-7821 Item 6.6.11 b),
manutenção.
6 Avaliação de acessos, escadas e guarda corpos. no tocante ao Tanque ter altura acima de 6 m não possuir
um patamar a cada 8 m de altura instalado na escada ao
Ver Figura 1
tanque.

Avaliação operacional e quantitativa dos dispositivos de Tipos, quantidade e condições operacionais dos dispositivos de
7 Combate a sinistros quando estes venham a acontecer.
combate a incêndios. ´combate a incêndios.

Tubulações de Entrada e Saída dentro da bacia de a) Falhas superficiais;


Prevenir possíveis vazamentos em soldas ou na superfície
contenção. b) Indícios de Vazamentos;
dos tubos por arranchamento de massa metálica que estará
c) Anomalias quanto a dilatação do sistema de tubulação;
8 atrelada a dilatação comprometida do sistema.
NOTA – Não há controvérsias em adotar que tubulações d) Suportes;
Prevenir incêndios por ignição eletrostática em ligações
dentro das bacias de contenção devem atender e) Proteção quanto a ignição eletrostática em ligações
flangeadas (pontos suscetíveis a vazamentos).
requisitos da NBR 7821 e NBR 17505-2. flangeadas, ver Foto 1
a) Avaliar o talude quanto a sua integridade, observando
possíveis desmoronamentos;
b) Avaliar a condição de vegetação (aumenta a possibilidade
de geração de fagulhas);
Executar inspeção visual e o ensaio dimensional na bacia Atender aso requisitos da NBR 17505-2 Item 5.2.3.2
9 c) Registrar a presença de corpos estranho dentro da bacia,
de contenção.
inclusive peças do próprio tanque;
d) Dimensionar a bacia quanto ao comprimento, largura,
ângulo de inclinação do talude e sua altura.
Ver Figura 9 e 10
Inícios de que não sejam intrinsecamente seguras para Grande Risco de causar explosões principalmente por
10 Verificar a iluminação de emergência e operacional.
incêndios. contato a “baforadas” da válvula corta chamas.
Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 4 de 9

Figura 1 – Dimensional em escada helicoidal com passadiço


Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 5 de 9

Figura 2 - Exemplo da medição de teto frágil

Figura 3 - Exemplo da medição de borda externa


Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 6 de 9

Figura 4 - API-653 Anexo B, pontos definidos para a


verticalidade.

Figura 5 - API-653 Anexo B, deformações na


“Zona Crítica”.
Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 7 de 9

Figura 6 - Exemplo da medição de recalque determinado pela API-653


Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 8 de 9

Figura 7 - API-653 Anexo B, Limites para deformações no


piso.

Figura 8 - API-653 Anexo B, Limites para


deformações no piso.
Data 03/05/2021
Roteiro básico de Inspeção Em Tanques API-650 Revisão 0
Folha 9 de 9

Figura 9 - Exemplo de medição de bacia de contenção.

Figura 10 - Exemplo de medição de bacia de contenção.

Você também pode gostar