Você está na página 1de 4

Poder Judiciário

Justiça do Trabalho
Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Dissídio Coletivo de Greve


0000312-40.2021.5.10.0000

Processo Judicial Eletrônico

Data da Autuação: 15/04/2021


Valor da causa: R$ 1.000,00

Partes:
SUSCITANTE: COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL METRO DF
SUSCITADO: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES
METROVIARIOS DO DF
ADVOGADO: RÉGIS CAJATY BARBOSA BRAGA
CUSTOS LEGIS: Ministério Público do Trabalho
PAGINA_CAPA_PROCESSO_PJE
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA DO TRABALHO
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 10ª REGIÃO
Desembargador Alexandre Nery de Oliveira
DCG 0000312-40.2021.5.10.0000
SUSCITANTE: COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL
METRO DF
SUSCITADO: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE
TRANSPORTES METROVIARIOS DO DF

O SINDMETRÔ/DF, ao contestar o dissídio coletivo de


greve suscitado pela empresa, apresentou, ainda, pedidos
contrapostos, em que busca indenização por danos causados à empresa
em razão de descontos salariais e benefícios não pagos, assim como
a manutenção de cláusulas contidas na norma coletiva pretérita,
inclusive em caráter liminar o pagamento dos salários e benefícios,
enquanto persistir a greve dos trabalhadores.

Observo, inicialmente, a aparente inadmissibilidade dos


pedidos contrapostos, ao instante em que o Sindicato obreiro já
apresentou o dissídio coletivo normativo (Processo 0000338-
38.2021.5.10.0000), questão a ser devidamente analisada, contudo,
apenas após a resposta patronal, em respeito ao regular
contraditório.

Não obstante isso, mas também por tal situação, não


vislumbro condições para o pedido liminar formulado, alusivo a
pleitos, inclusive, aparentemente em descompasso com a natureza
declaratória da via, que repudia as pretensões indenizatórias
formuladas em modo contraposto.

E não bastasse isso, como fundamento suficiente ao


indeferimento do pedido liminar, no que situado em relação à
prorrogação de efeitos da sentença normativa anterior e à garantia
de pagamento de salários e benefícios enquanto perdurar o movimento
paredista, não vislumbro o necessário “fumus boni iuris” ao
instante em que a greve, como movimento de força, resulta na ação

Assinado eletronicamente por: ALEXANDRE NERY DE OLIVEIRA - Juntado em: 07/06/2021 17:25:21 - 49efbe4
ou reação dos trabalhadores em relação ao patronato, sustentando a
resistência pela não-percepção de salários e benefícios enquanto
doutro lado não oferecem a contrapartida do trabalho e produção ao
empregador.

Nesse contexto, garantir salários e benefícios enquanto


em curso movimento paredista contradiz a índole do movimento
paredista, em sua essência, já que a desnaturação da resistência
patronal à negociação não se pode considerar apenas como fruto de
inobservância à norma coletiva pretérita, tanto mais porque
eventual descumprimento de norma coletiva deve ensejar, quando o
caso, a ação de cumprimento, individual, plúrima ou coletiva, e não
a seara do dissídio coletivo em que se pretende revelar os pedidos
ditos como contrapostos.

Também no contexto do exame liminar pretendido pela


parte obreira, há que se notar o efeito de ultratividade da norma
coletiva pretérita, repudiado, ao menos liminarmente, por parte do
c. Supremo Tribunal Federal, revelando seara na qual não pode este
Tribunal Regional adentrar, já que havido comando para sobrestar-se
questões assim correlatas, sem prejuízo, doutro lado, do exame dos
aspectos remanescentes.

Consequentemente, INDEFIRO O PEDIDO DE LIMINAR


formulado pelo Sindicato obreiro Suscitado em contestação, nos
termos da fundamentação, ao instante em que assino prazo de 10
(dez) dias à empresa Suscitante para, querendo, apresentar sua
resposta aos pedidos contrapostos formulados com a contestação.

Ciência ao METRÔ/DF diretamente pelo sistema.

Publique-se para ciência ao SINDIMETRÔ/DF, por seus


procuradores.

Brasília-DF, 07 de junho de 2021.

Assinado eletronicamente por: ALEXANDRE NERY DE OLIVEIRA - Juntado em: 07/06/2021 17:25:21 - 49efbe4
ALEXANDRE NERY DE OLIVEIRA
Desembargador do Trabalho

Assinado eletronicamente por: ALEXANDRE NERY DE OLIVEIRA - Juntado em: 07/06/2021 17:25:21 - 49efbe4
https://pje.trt10.jus.br/pjekz/validacao/21060717024399500000011075647?instancia=2
Número do processo: 0000312-40.2021.5.10.0000
Número do documento: 21060717024399500000011075647