Você está na página 1de 35

Universidade Federal do Piauí

Centro de Tecnologia
Departamento de Engenharia de Produção

Disciplina:
Planejamento e Controle
da Produção (PCP) I

O PCP e Sistemas Produtivos


Prof. Msc. Francismilton Teles
Planejamento e Controle da Produção I 1 INTRODUÇÃO

PCP ou PPCP ou PCPM?


Planejamento e Controle da Produção I 1 INTRODUÇÃO

Este primeiro capítulo tem por finalidade introduzir os conceitos


gerais associados aos sistemas produtivos e sua relação com as
funções de PCP. Os principais temas tratados são:

✓ decisão nas empresas a longo, médio e curto prazo e seus


objetivos;
✓ conceito de PCP como setor de apoio (estratégico, tático e
operacional);
✓ o grau de complexidade de cada uma destas funções
dependerá do tipo de sistema produtivo dentro do qual o PCP
está agindo.
Planejamento e Controle da Produção I 2 CONCEITOS

Para que um sistema produtivo transforme insumos em


produtos (bens e/ou serviços), ele precisa ser pensado
em termos de prazos.

De forma geral, pode-se dividir o horizonte de


planejamento de um sistema produtivo em três níveis:
✓o longo;
✓o médio; e
✓o curto prazo.
Planejamento e Controle da Produção I 2 CONCEITOS
2 CONCEITOS

Horizontes destes prazos:


Planejamento e Controle da Produção I

✓ longo prazo - é medido em meses ou trimestres com alcance


de anos;
✓ médio prazo - em semanas com a abrangência de meses à
frente;
✓ curto prazo - é medido em dias, para a semana em curso.

Estes prazos dependem da flexibilidade em se montar, manobrar


e operar o sistema produtivo. Em um estaleiro, por exemplo, se
terá prazos muito maiores do que em uma empresa que monta
computadores via solicitação pela Internet.
Planejamento e Controle da Produção I 2.1 O FLUXO DE INFORMAÇÕES E O PCP

Engenharia do
Produto

Recursos Engenharia do
Humanos Processo

PCP Marketing
Finanças

Compras/
Manutenção
Suprimentos

O PCP relaciona-se de forma direta como as áreas citadas acima, ou


de forma indireta, com praticamente com todas as funções do sistema.
2.1 O FLUXO DE
INFORMAÇÕES E O PCP
Planejamento e Controle da Produção I 2.1 O FLUXO DE INFORMAÇÕES E O PCP

Operacionalmente, estas funções executadas pelo PCP fazem parte


de sistemas de informações gerenciais integrados, adquiridos na
forma de pacotes comerciais de software, chamados de ERP
(Enterprise Resource Planning, ou planejamento dos recursos da
empresa ou negócios).
Planejamento e Controle da Produção I 2.1 O FLUXO DE INFORMAÇÕES E O PCP

Os atuais sistemas ERP tiveram sua evolução a partir do sistema


MRP (Material Requirements Planning ou planejamento das
necessidades de materiais), desenvolvidos na década de 1960, e de
seu desdobramento posterior, nos anos 1980, chamado de MRP-II
(Manufacturing Resource Planning, ou planejamento dos recursos de
manufatura).
Planejamento e Controle da Produção I 2.1 O FLUXO DE INFORMAÇÕES E O PCP

Apesar de as atividades desenvolvidas pelo PCP serem


basicamente quatro (Planejamento Estratégico, Planejamento
Mestre, Programação e Acompanhamento e Controle), o grau de
complexidade de cada uma delas dependerá do tipo de
sistema produtivo dentro do qual o PCP está agindo.
Planejamento e Controle da Produção I 2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

Tanto a manufatura de bens como a prestação de serviços são


similares quanto ao aspecto de transformar insumos em produtos úteis
aos clientes através da aplicação de um sistema de produção. Ambas
devem projetar seus produtos, prever sua demanda, balancear seu
sistema produtivo, treinar sua mão de obra, vender seus produtos,
alocar seus recursos e planejar e controlar suas operações.
Planejamento e Controle da Produção I 2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

A classificação mais significativa para entender a complexidade das


funções do PCP está relacionada com o grau de padronização dos
produtos e o consequente volume de produção demandado pelo
mercado.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

Características básicas dos


Planejamento e Controle da Produção I

sistemas produtivos
Planejamento e Controle da Produção I 2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP
Planejamento e Controle da Produção I 2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

De forma geral, à medida que a demanda se torna


mais diversificada, e os lotes diminuem, as funções
de planejamento e controle da produção ficam mais
complexas.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas contínuos


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
▪ grande quantidade de estoques de uma pequena variedade de matérias-
primas (MP) na entrada do sistema;
▪ outra grande quantidade de estoques de uma pequena variedade de
produtos acabados (PA) na saída;
▪ etapas necessárias estão relativamente niveladas, não exigindo estoques
reguladores;
▪ a montagem do Plano de Produção para os sistemas contínuos tem seu foco
no atendimento do critério de desempenho redução de custos;
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas contínuos


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
▪ Plano-mestre de Produção (PMP), com base em previsões de demanda,
obtidas do histórico do consumo dos PA, que servirá de base para analisar a
carga futura do sistema e para regular o fluxo atual do processo;
▪ não existe necessidade de se fazer uma programação da produção de curto
prazo com sequenciamento das ordens;
▪ O PMP é basicamente utilizado para calcular as necessidades de materiais,
via um sistema de cálculo das necessidades de materiais (MRP).
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas contínuos


Planejamento e Controle da Produção I

Com o dimensionamento dos dois pontos extremos do


processo (os volumes necessários de matérias-primas, via
cálculo das necessidades, e de produtos acabados, via PMP),
o foco principal do PCP recai em como administrar a
logística de abastecimento das MP e a de distribuição dos
PA. Tanto é assim que dificilmente em uma empresa com
processo contínuo se achará um departamento de PCP.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas em massa


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• No plano estratégico, a montagem do Plano de Produção para os sistemas
de produção em massa tem seu foco, assim como nos sistemas contínuos,
no atendimento do critério de desempenho redução de custos;
• grande quantidade de estoques de matérias-primas (MP) na entrada;
• na saída existe outra grande quantidade de estoques de uma pequena
variedade de produtos acabados (PA);
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas em massa


Planejamento e Controle da Produção I

• O TC é a variável-chave de controle deste sistema produtivo. Ele ditará o


ritmo de saída de produtos montados na linha, e é obtido pela divisão do
tempo disponível de trabalho (TD) pela demanda (D) a ser atendida pela
linha;
• o foco das atividades de planejamento e controle da produção está voltado
para a determinação do TC, que, por sua vez, tem sua origem na função de
Planejamento-mestre da Produção;
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas em massa


Planejamento e Controle da Produção I

• Como nos processos contínuos, o PMP é utilizado para calcular as


necessidades de materiais (MP e/ou Supermercados), via um sistema de
cálculo das necessidades de materiais (MRP), ou, em linhas muito simples
que montam um único produto, por uma planilha de cálculo;
• o foco principal do PCP recai, também aqui, em como administrar a logística
de abastecimento das MP e dos Supermercados junto aos fornecedores
internos ou externos e a de distribuição dos PA, cuja responsabilidade é
atribuída à área de logística da empresa, geralmente em nível de Diretoria.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção repetitivo em lotes


Planejamento e Controle da Produção I
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção repetitivo em lotes


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• Em função da diversidade de produção e da baixa sincronização entre as
operações, quando comparada aos sistemas em massa, este sistema
produtivo trabalha com a lógica de manter estoques como forma de garantir o
atendimento da etapa seguinte de produção. Estes estoques podem estar
centralizados em almoxarifados ou espalhados dentro da fábrica na forma de
supermercados de abastecimento;
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção repetitivo em lotes


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• o Plano de Produção busca privilegiar os critérios associados ao
desempenho de entrega (confiabilidade e velocidade) e à flexibilidade;
• o foco do PCP nos sistemas repetitivos em lotes está na função de
programação da produção, que busca organizar o sequenciamento das
ordens de produção em cada grupo de recursos do centro de trabalho de
forma a reduzir estoques e lead times produtivos.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção repetitivo em lotes


Planejamento e Controle da Produção I
Planejamento e Controle da Produção I 2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

Dinâmica da programação empurrada.


2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

Dinâmica da programação puxada


Planejamento e Controle da Produção I
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção sob encomenda


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• Exige-se, em termos de critérios na montagem do Plano de Produção, alta
flexibilidade dos recursos produtivos com foco no atendimento de
especificidades dos clientes, normalmente à custa de certa ociosidade
enquanto a demanda por bens ou serviços não ocorrer, gerando custos
produtivos mais altos que os sistemas anteriores.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção sob encomenda


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• Para que a empresa se comprometa com datas de entrega confiáveis, o
PCP deve dispor de um sistema de informações (APS) baseado no conceito
de capacidade finita, ou seja, com um calendário do carregamento dos
recursos (gráfico de Gantt), que permita simular o novo pedido frente ao
carregamento atual do sistema e visualizar a data de conclusão da nova
encomenda;
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção sob encomenda


Planejamento e Controle da Produção I

Características:
• Quando o produto a ser fabricado possui tempos operacionais altos, como
semanas ou até meses, como no caso da indústria da construção civil, o
PCP é realizado através do conceito de rede, aplicando-se a técnica de
PERT/CPM, que permite identificar o chamado caminho crítico, que deve ser
acompanhado no detalhe para evitar atrasos.
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção sob encomenda


Planejamento e Controle da Produção I
2.2 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS PRODUTIVOS E O PCP

PCP e sistemas de produção sob encomenda

Gráfico de gantt de um software de PCP (FONTE: Zênite sistemas)


Planejamento e Controle da Produção I BIBLIOGRAFIA

Tubino, Dalvio Ferrari. Planejamento e


controle da produção: teoria e prática. 3ª.
ed. – São Paulo: Atlas, 2017 (Cap. 1).
Planejamento e Controle da Produção I AGRADECIMENTO

Prof. Dr. Francismilton Teles


francismilton@ufpi.edu.br

Fone/whatsapp: 85 99115.9547