Você está na página 1de 3

PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO

MÓDULO 2 – VYGOTSKY
FERNANDA ARASHIRO

01. Após ler os textos e assistir a aula de Vygotsky faça um resumo dos principais
aspectos da teoria, enfatizando os conceitos: Internalização, Zona de Desenvolvimento
Proximal (ZDP), Funções Psíquicas Superiores, Mediação Semiótica, Aprendizagem,
Desenvolvimento.
A teoria de Vygotsky vê o mundo psíquico como uma construção histórica e social, por
isso foi nomeada como psicologia sócio-histórica, que afirma que o ser humano não nasce
com uma essência universal, como algo pronto esperando para se desenvolver. Segundo
sua teoria então, o indivíduo é visto como um ser ativo e social construído ao longo de sua
vida por meio das relações com outros indivíduos e com o meio que o cerca.

Segundo o autor, não é possível separar o âmbito psicológico do mundo material e


social, pois o pensamento vai ter a forma que a cultura o fazer ter e que é através do contato
com a cultura já construída que vai se dar o desenvolvimento. A existência é primeiramente
exterior e social, para depois ser internalizada como pensamento. Sendo assim, num
processo de apropriação do mundo externo, por meio das relações sociais, que se
desenvolve, o mundo interno da individualidade. Esse, é um processo bilateral: a medida em
que o indivíduo atua no mundo e se relaciona com os outros, esse mundo social vai sendo
construído, numa relação de troca e transformação mútua. E é essa característica que
classifica Vygotsky como um autor interacionista.

Vygotsky via o desenvolvimento baseado em dois processos que são, ao mesmo


tempo, diferentes e complementares: a maturação e o aprendizado. O primeiro, cria
capacidades que torna possível a aprendizagem. Nesse processo, a linguagem (falada ou
pensada) tem um papel de destaque e se desenvolve, primeiro pelo pensamento sincrético,
depois pelos pensamentos por complexos e, por fim, pela criação de conceitos simbólicos.

O papel da escola é fundamental nessa fase, na função formal, em ajudar o


desenvolvimento e criação dos conceitos simbólicos. Nessa fase é imprescindível entender
que nem toda pessoa aprende da mesma forma e que cada pessoa tem um nível de
desenvolvimento real diferente, ou seja, sua capacidade de resolver problemas de maneira
independente através das funções já amadurecidas. Ao comprar o nível de desenvolvimento
real com o potencial (capacidade de solução de problemas com orientação ou em conjunto
com outra pessoa de maior capacidade) identificou-se a Zona de Desenvolvimento Proximal
(ZDP) (zona onde as função ainda não estão amadurecidas, sendo elas as que devem ser
estimuladas pelos professores, na escola).

Para Vygotsky, a intervenção pedagógica é muito importante para direcionar o


desenvolvimento, e a escola é o local mais indicado para a orientação do sujeito.

02.Partindo do conceito teórico de ZDP, como este conceito pode nos ajudar no
processo de aprendizagem em sala de aula? Dê exemplos.

Crianças com diferentes níveis de ZDP podem e devem interagir para potencializar o
processo de aprendizagem. A troca de experiências entre essas crianças, além de tirar o foco
do professor como a única fonte de saber na aula, também proporciona às crianças uma
oportunidade rica onde todos saem ganhando: a criança menos experiente se sente
desafiada pela mais experiente e, com o seu auxílio, consegue realizar tarefas que não
conseguiria sozinha. E, também, a criança mais experiente ganha discernimento e aprefeiçoa
suas habilidades ao auxiliar os colegas.

Exemplos de como podemos proporcionar essa interação em sala de aula são: o professor
pode dividir duplas ou pequenos grupos mesclando alunos que apresentem desenvolvimento
dentro da média com outros mais adiantados, que avançam mais rápido. Os professores
podem também realizar um rodízio entre os ajudantes de classe, com discernimento ao
eleger cada um para atividades nas quais se sente desafiado e ao mesmo tempo, consigam
realizar com seu grupo.

03.Apresente três (3) propostas para atividade em sala de aula que considere a teoria
sócio-histórica de Vygotsky. Justifique teoricamente a sua proposta.

“Para Vygotsky, o professor auxilia na formação da criança e ele vê a educação como algo
capaz de realmente interferir no desenvolvimento do educando, através da intervenção na
Zona de Desenvolvimento Proximal.

Apoio ao desenvolvimento através da brincadeira


Nas brincadeiras de faz-de-conta para desenvolver as crianças, o professor deve:
1. Dar a criança a oportunidade de criar uma situação imaginária, oferecendo objetos não
estruturados e multifuncionais, e junto a criança moldar o uso desse objeto em um contexto
(por exemplo, um prato de papel pode ser usado para brincar de restaurante, mas pode ser
um visor em uma nave espacial ou um espelho no banheiro).
2. Encorajar a criança a trocar de papel na brincadeira, pela introdução de diferentes temas e
cenários (a criança pode ser o vendedor da loja, a pessoa que organiza as prateleiras, o
caixa, o cliente, etc).
3. Se certificar que as crianças estejam certas das regras que governam as relações entre os
papéis específicos (se estiver brincando de casinha, o filho não deve mandar na mãe).”
Fonte: www.empresayes.com.br

Você também pode gostar