Você está na página 1de 629

1

5
CARTA DO PREFEITO........05 SUMÁRIO DETALHADO.....09 MODELOS TEÓRICOS........31 CONTEXTO LOCAL.............48
CARTA DA CÂMARA.........06 SUMÁRIO EXECUTIVO.......15 REFERÊNCIAS DE FROTA DE VEÍCULOS ..........89
CARTA DA CPTRANS........07 MARCOS LEGAIS..............18 DESENVOLVIMENTO.........35 VIAS.................................98
EQUIPE DE DIRETRIZES PARTICIPAÇÃO RODOVIAS.......................158
DESENVOLVIMENTO.........08 FUNDAMENTAIS...............22 POPULAR........................39 PESQUISAS.......................201
CRONOLOGIA..................42 ANÁLISE DE FLUXOS..........230

SUMÁRIO POR ÁREA……….244 CICLO P – D – C – A ..…….583 FINANCIAMENTO............589 FONTES INTERATIVAS........596


DOT’S……………………….584 PENDÊNCIAS EXTERNAS....591 BIBLIOGRAFIA.................. 602
REVISÃO PERIÓDICA…….…585 PLANO DE AÇÃO ...........594 ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES .....612
TRATAMENTO DE NC’S.….585
CARTA DO CARTA DA CARTA DA EQUIPE DE
PREFEITO CÂMARA CPTRANS DESENVOLVIMENTO
SUMÁRIO SUMÁRIO MARCOS DIRETRIZES
DETALHADO EXECUTIVO LEGAIS FUNDAMENTAIS
O PlanMob

















1 CENTRO









3 CENTRO


4 ALTO DA SERRA














6 BINGEN






• •


• •

8CASCATINHA

 •








10 POSSE
MODELOS REFERÊNCIAS DE PARTICIPAÇÃO CRONOLOGIA DE
TEÓRICOS DESENVOLVIMENTO POPULAR DESENVOLVIMENTO
MDR.......36 COMUTRAN...40
MP RJ.....37
WRI........38
O MÉTODO
 


 



PREPARAÇÃO
AVALIAÇÃO E DEFINIÇÃO E
REVISÃO ESCOPO

PROCEDIMENTOS
IMPLANTAÇÃO GERENCIAIS

APROVAÇÃO ELABORAÇÃO
12 DIAGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO PLANMOB
PETRÓPOLIS
FONTE: WRI, 2018
14CASCATINHA


16 PEDRO DO RIO





18 PESQUISA DE SATISFAÇÃO EM ANDAMENTO

20PESQUISA PRESENCIAL - 2017

21PESQUISA PRESENCIAL - 2017






 MUNICIPAL DE TRÂNSITO E TRANSPORTES 2018


24 CONFERÊNCIA
22 CATEDRAL SÃO PEDRO DE ALCANTARA

25 CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO E TRANSPORTES 2018












26CMTT 2018

28CMTT 2017
30 PAULO MARTINS ( A ESQUERDA)S, SENDO HOMENAGEADO EM 2018 POR MAURINHO
BRANCO ( A DIREITA)
40EVANDRO E MAURINHO BRANCO NHA CMTT 2018

40 EQUIPE CPTRANS NA SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO 2018

40 CAMINHA PEL A VIDA MAIO AMARELO 2017 40CMTT 2017

FIGURA 1 - CRONOGRAMA PROPOSTOIGURA 2 - CONVITE PARA UMA DAS CONSULTASPÚBLICAS


42CASCATINHA
44 ALTO DA SERRA
CONTEXTO ANÁLISE DA FROTA DE SISTEMA PONTOS CRÍTICOS DE
GERAL VEÍCULOS CONTROLE
VIÁRIO

RODOVIAS DA RESULTADO DE ANÁLISES DE RESULTADOS


CIDADE PESQUISAS FLUXO CPTRANS
A CIDADE


 
 

 
 
Coordenadas Geográficas
22° 30' 18" S 43° 10' 44" O
WGS84
-22.505, -43.178889
UTM/UPS 23K 687326 7510135




Informações Gerais
Aniversário 16 de março
16 de março de 1843
Fundação
(176 anos)
Gentílico petropolitano
Altiora Semper Petens
Lema "Buscando sempre
o mais elevado"
Prefeito Bernardo Chim Rossi
75,7
Expectativa de vida (2010)
Anos
População total (2019) 305 Mil
R$ 31,0
PIB per capita (2010)
Mil
ECI (2017) 3,43




46 RELEVO DE PETRÓPOLIS

• 
• 
• 
• 
48OBELISCO DURANTE ENCHENTE POR VOLTA DE 1970 • 

49OBELISCO DURANTE ENCHENTE POR VOLTA DE 1970


DIAGNOSTICO POPULACIONAL RESUMO DO CRESCIMENTO POPULACIONAL X DISTRITO
hab./
1991 2000 2010 % 2019 domicilios 2021 2023 2025 2027 2029
domicilio
Petrópolis 164.816 181.638 185.876 62.8% 192.013 20.764 3,11
Petrópolis 192.866 193.689 194.499 195.281 196.037
Cascatinha 67.378 67.665 67.949 68.222 68.486

Distritos
Urbana 164.816 181.638 185.876 62.8% 192.013 20.764 3,11
Rural - - - - - - - Itaipava 21.213 21.303 21.392 21.478 21.562
Cascatinha 56.937 61.939 64.936 21.9% 67.080 6.615 3,08 Pedro do Rio 14.608 14.671 14.732 14.791 14.849
Urbana 56.937 61.939 64.936 21.9% 67.080 4.505 3,06
Rural - - - - - 2.11 3,13
Posse 10.980 11.027 11.073 11.117 11.160
Itaipava 13.088 18.862 20.444 6.9% 21.119 61.33 3,02 Total 307.046 308.355 309.645 310.890 312.094
Distritos

Urbana 12.893 12.436 13.843 4.7% 14.300 61.33 3,02


Rural 0.195 6.426 6.601 2.2% 6.819 - -
Pedro do Rio 14.549 14.079 4.8% 14.544 4.398 3,20
Urbana 8.063 7.824 8.694 2.9% 8.981 2.734 3,18
Rural 4.509 6.725 5.385 1.8% 5.563 1.664 3,23
Posse 9.549 10.582 3.6% 10.931 3.212 3,29
Urbana 6.371 6.834 7.937 2.7% 8.199 2.422 3,27
Rural 1.684 2.715 2.645 0.9% 2.732 790 3,35
Total 255.468 286.537 295.917 305.687 96.319 3.07

Prognóstico Popolacional - Metodologia do PlanSab com valores atualizados para 2019 - horizonte de 10 anos
2021 2023 2025 2027 2029
Petrópolis 62.81% 192.866 62.81% 193.689 62.81% 194.499 62.81% 195.281 # 196.037
Urbana 62.81% 192.866 62.81% 193.689 62.81% 194.499 62.81% 195.281 # 196.037
Rural - - - - - - - - - -
Cascatinha 21.94% 67.378 21.94% 67.665 21.94% 67.949 21.94% 68.222 # 68.486
Urbana 21.94% 67.378 21.94% 67.665 21.94% 67.949 21.94% 68.222 # 68.486
Rural - - - - - - - - - -
Itaipava 6.91% 21.213 6.91% 21.303 6.91% 21.392 6.91% 21.478 # 21.562
Distritos

Urbana 4.68% 14.364 4.68% 14.425 4.68% 14.485 4.68% 14.543 # 14.600
Rural 2.23% 6.849 2.23% 6.878 2.23% 6.907 2.23% 6.935 # 6.962
Pedro do Rio 4.76% 14.608 4.76% 14.671 4.76% 14.732 4.76% 14.791 # 14.849
Urbana 2.94% 9.021 2.94% 9.059 2.94% 9.097 2.94% 9.134 # 9.169
Rural 1.82% 5.588 1.82% 5.611 1.82% 5.635 1.82% 5.657 # 5.679
Posse 3.58% 10.980 3.58% 11.027 3.58% 11.073 3.58% 11.117 # 11.160
50 ITAIPAVA
Urbana 2.68% 8.235 2.68% 8.271 2.68% 8.305 2.68% 8.339 # 8.371
Rural 0.89% 2.744 0.89% 2.756 0.89% 2.768 0.89% 2.779 # 2.790
Total 307.046 308.355 309.645 310.890 312.094

52WASHINGTON LUIS AO INAUGURAR A RIO - PETRÓPOLIS

53WASHINGTON LUIS AO INAUGURAR A RIO - PETRÓPOLIS














• •

• •


















 






54FEIRA DO CENTRO















Local UHs. LEITOS N. HOTÉIS
Arredores do Centro Histórico: BINGEN, MOSELA, MORIN, QUITANDINHA, RETIRO E VALPARAÍSO 439 1215 25
CENTRO HISTÓRICO 788 1992 32
FAZENDA INGLESA, PEDRA BONITA, RIO DA CIDADE, VALE FLORIDO,V.BONSUCESSO 140 390 6
CASCATINHA, CORRÊAS, NOGUEIRA, BONSUCESSO E SAMAMBAIA 187 663 10
ARARAS, VALE DAS VIDEIRAS 92 230 10
ITAIPAVA, SANTA MÔNICA, VALE DO CUIABÁ 559 1469 25
PEDRO DO RIO, SECRETÁRIO, TAQUARIL 118 295 8
POSSE, BREJAL 36 101 2
TOTAL 2359 6355 118









56 PRINCIPAIS DELITOS 2018 - 2018 FONTE: ISP


58PRINCIPAIS DELITOS 2018 - 2018 FONTE: ISP




59 APA'S






61 MANANCIAIS E ÁREAS DE ABASTECIMENTO


  



 

 63 CENTRO
ÁREA
NÍVEL FEDERAL ESTADUAL MUNICIPAL AGÊNCIAS
REGULADORAS
MANUTENÇÃO
VIÁRIA
SEC OBRAS

METROLOGIA

RECURSOS DE
INFRAÇÃO

SEGURANÇA
VIÁRIA

TRÂNSITO SAÚDE

TRANSPORTES

CONTROLE
URBANISMO
CPGE
SOCIAL
SECRETARIAS
SEC SSOP
EXECUTIVAS
A FROTA


65CARRO A GASOGENIIO
AS VIAS


𝑀𝑜𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑎 𝑣𝑖𝑎
𝐻𝑖𝑒𝑟𝑎𝑟𝑞𝑢𝑖𝑎 𝑉𝑖á𝑟𝑖𝑎 =
𝐴𝑐𝑒𝑠𝑠𝑖𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑎 𝑣𝑖𝑎
Arterial Principal (Rodovias) 129,8 12,8
Arterial Secundária 59,2 5,86
Coletora 64,5 6,38
Local 757,4 74,92

67HIERARQUIZAÇÀO ESPACIAL - 1O DISTRITO


69HIERARQUIZAÇÃO ESPACIAL - 2O DISTRITO
71 HIERARQUIZAÇÃO ESPACIAL - ITAIPAVA
72HIERARQUIZAÇÃO ESPACIAL -
PEDRO DO RIO E POSSE

73HIERARQUIZAÇÃO ESPACIAL -
PEDRO DO RIO E POSSE
74 NÚMERO DE FAIXAS – 1º DISTRITO
76 NUMERO DE FAIXAS - 2O DISTRITO
78 NÚMERO DE FAXIAS - 3O DISTRITO
80 NÚMERO DE FAIXAS - 4O DISTRITO
82 NÚMERO DE FAIXAS - 5O DISTRITO
Asfalto 136,4 13%
Paralelepípedo 684,3 68%
Terra 190,2 19%

84AÇÃO DA COMPANHIA UNIÃO E INDÚSTRIA, EM 1852. SOB A GUARDA DO ARQUIVO


NACIONAL.

85AÇÃO DA COMPANHIA UNIÃO E INDÚSTRIA, EM 1852. SOB A GUARDA DO ARQUIVO


NACIONAL.

86PAVIMENTAÇÃO 1O DISTRITO
88 PAVIMENTAÇÃO 2O DISTRITO
90 PAVIMENTAÇÃO 3O DISTRITO

91 PAVIMENTAÇÃO 3O DISTRITO
92 PAVIMENTAÇÃO 4O E 5O DISTRITOS

93 PAVIMENTAÇÃO 4O E 5O DISTRITOS
Mão Dupla 801 79.23%
Mão Única 210 20.77%

94 INTERSEÇÃO POR HIERARQUIA DA VIA

95 INTERSEÇÃO POR HIERARQUIA DA VIA


Km %
Total de vias 1011.5 -
Trânsito Rapido 129.8 12.83%
Arterial 59.8 5.91%
Hierarquização Funcional Coletora 64.5 6.38%
Local 757.4 74.88%
Asfalto 136.4 13.48%
Tipo de Pavimento Paralelepípedo 684.3 67.65%
Terra 190.2 18.80%

Numero de Faixas Pista Única 928.6 91.80%

por Sentido Pista Dupla 82.3 8.14%

Dupla 801 79.19%


Mão de Direção
Única 210 20.76%

96 ITAIPAVA

97 ITAIPAVA
98 ALTO DA SERRA

99 ALTO DA SERRA
100 CENTRO



102 CENTRO

104 PONTOS CRITICOS I

105 PONTOS CRITICOS I


106 PONTOS CRÍTICOS II

107 PONTOS CRÍTICOS II


108PONTOS CRÍTICOS III

109PONTOS CRÍTICOS III


110 PONTOS CRÍTICOS IV

111 PONTOS CRÍTICOS IV


112 PONTOS CRÍTICOS V

113 PONTOS CRÍTICOS V


114 PONTOS CRÍTICOS VI

115 PONTOS CRÍTICOS VI


116 PONTOS CRÍTICOS VII

117 PONTOS CRÍTICOS VII


118 PONTOS CRÍTICOS VIII

119 PONTOS CRÍTICOS VIII


120 PONTOS CRÍTICOS IX

121 PONTOS CRÍTICOS IX


122 PONTOS CRÍTICOS X

123 PONTOS CRÍTICOS X


124 POMTOS CRÍTICOS XI

125 POMTOS CRÍTICOS XI


126 PONTOS CRÍTICOS XII

127 PONTOS CRÍTICOS XII


128PONTOS CRÍTICOS XIII

129PONTOS CRÍTICOS XIII


130 PONTOS CRÍTICOS XIV

131 PONTOS CRÍTICOS XIV


132 PONTOS CRÍTICOS XV

133 PONTOS CRÍTICOS XV


134 PONTOS CRÍTICOS XVI

135 PONTOS CRÍTICOS XVI


136PONTOS CRÍTICOS XVII

137PONTOS CRÍTICOS XVII


138 PONTOS CRÍTICOS XVIII

139 PONTOS CRÍTICOS XVIII


Características Polo Gerador Acesso Externo
Google
Ponto Crítico de Eixo Interseção Alta Noturno Comerci Verã Google
Fiscalização Control Serviços Ensino Eventos Street
Controle Viário gargalo Complexidade [Bares] o o Maps
View
Acesso Serra Alto da
1 - - S - - - - - - -  
Velha Serra
Alto da
2 Praça Pasteur S - - S - - - - - -  
Serra
R. Cel. Albino
Alto da
3 Siqueira x Rua S - - - - - - - - -  
Serra
Teresa
R. Visc. Souza
Alto da
4 Franco x R. Visc. S S - - - - - S -  
Serra
Bom Retiro
R. Padre Feijó, x
Av. Gen. Alto da
5 S S - - - - - - - -  
Marciano Serra
Magalhães
R. Teresa x R.
Fernando
Alto da
6 Fernandes Lima S S - S - S S - - -  
Serra
(Polo Gerador
Terefrutas)
R. Dr. Sá Earp x Alto da
7 S S - - - - - S - -  
R. Santos Dumont Serra

Alto da
8 Rua Teresa S S S - S - - - -  
Serra
Araras - Estr.
9 Bernardo Araras S S - - - S S - - -  
Coutinho
10 Bairro Castrioto Bingen - S - - - - - - - -  
Características Polo Gerador Acesso Externo
Google
Ponto Crítico de Eixo Interseção Alta Noturno Comerci Verã Google
Fiscalização Control Serviços Ensino Eventos Street
Controle Viário gargalo Complexidade [Bares] o o Maps
View
Hospital Sta
11 Bingen S S S S - S S S - -  
Teresa

12 Manoel Torres Bingen - S - - - - - - - -  

Pórtico de
13 Bingen - - S - - - - - - -  
Entrada Bingen
R. Bingen, 100
(Polo Gerador
14 Bingen S S - - S - - S - S  
Conjunto Senai -
Estácio)
15 R. Jorge Justen Bingen S S - - - S - - - -  

Rocio - Fazenda
16 Bingen - S - - - - - - S -  
Inglesa
Rua Bingen x Rua
17 Cel. Duarte da Bingen S S - - - S S - - -  
Silveira
Rua Dr. Paulo
18 Herve x Rua Bingen S S - - - S - - - -  
Henrique Rafarde
Terminal
Rodoviário
Intermunicipal
19
Governador
Bingen S S S - - S S - - -  
Leonel Brizola -
Polo Gerador
Google
Ponto Crítico de Interseção Alta Noturno Google
Controle
Eixo Viário
gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares]
Comercio Serviços Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View
Curva do S -
20 R. Quissamã x Cascatinha S S - - - S - - - -  
R. Dr. Bonjean
Hospital
21 Alcides Cascatinha S S S S - S S S - -  
Carneiro
R. Bernardo
Proença (Polo
22 Gerador - Cascatinha S S - - - S S - - -  
Comercio e
Serviços)
R. Hyvio
23 Naliato - Polo Cascatinha S S - - - S S - - -  
gerador
R. Quissamã
(Polo Gerador
24 Cascatinha S S - - - S S - - -  
- Comercio e
Serviços)
R. Quissamã x
25 R. Joaquim Cascatinha S - - - - - - - - -  
Murtinho
26 R. Silva Jardim Cascatinha - S - - - - - - - -  
Terminal
27 Itamaraty - Cascatinha S S - S S S - - -  
Polo Gerador
Transcarneirão
28 - Estr. José Cascatinha - S - - - - - S - -  
Carneiro Dias
UPA -
29 Cascatinha S S - - - - - - - -  
Cascatinha
Google
Ponto Crítico de Eixo Interseção Alta Noturno Google
Fiscalização Control Comercio Serviços Ensino Verão Eventos Street
Controle Viário gargalo Complexidade [Bares] Maps
View
Av. Piabanha
(sentido Centro) x
30 Av. Piabanha Centro S - - - - - - - - -  
(sentido R.
Alfredo Pachá)
Av. Roberto
31 Silveira x R. Centro S S - - - - - - - -  
Padre Siqueira
Av. Roberto
32 Silveira x Praça Centro S S - - S - - - - -  
da Liberdade
Catedral São
Pedro de
33 Centro S - - S - - - - - -  
Alcântara - Polo
Gerador
34 Museu Imperial Centro S S - - - - S - - -  

Praça Bosque do
35 Centro S S - - - S S - - -  
Imperador
Praça Mariano
Procópio - Rua
36 Treze de Maio x Centro S S - - - - - - - -  
Av. Barão do Rio
Branco
Praça Duque de
37 Centro S - - - - - - - - -  
Caxias
Praça Oswaldo
38 Centro S S - S - - - - - S  
Cruz
Praça Tabelião
39 Centro S - - S - - - - - -  
Moret
R. 13 de Maio
40 (Conjunto Polo Centro - S - - S - - - - -  
Gerador - Bares)
Google
Ponto Crítico de Eixo Interseção Alta Noturno Google
Fiscalização Control Comercio Serviços Ensino Verão Eventos Street
Controle Viário gargalo Complexidade [Bares] Maps
View
R. Ipiranga
(Conjunto polo
41 Centro - S - - - - - S - -  
Gerador -
Escolas)
R. Ipiranga, x R.
42 Centro S - - - - - - - - -  
13 de Maio
R. Monsenhor
Bacelar x R.
43 Centro S - - - - - - - - -  
Visconde de
Itaboraí
R. Montecaseros
(Conjunto Polo
44 Centro - S - - S S S S - -  
Gerador -
Comercio)
R. Nelson Sá Earp
45 (Conjunto polo Centro S S - - S S S S - -  
Gerador - Bares)
R. Nilo Peçanha x
46 Centro S S - S - S S - - -  
R. da Imperatriz
R. Paulo Barbosa
(Conjunto Polo
47 Centro S S - S S S S S - -  
Gerador -
Comercio)
Rua 16 de Março
x Rua Irmãos
D'Angelo
48 (Conjunto Polo Centro S S - - - S S - - -  
Gerador -
Comércio e
Serviços)
Características Polo Gerador Acesso Externo
Google
Ponto Crítico de Eixo Interseção Alta Noturno Google
Fiscalização Control Comercio Serviços Ensino Verão Eventos Street
Controle Viário gargalo Complexidade [Bares] Maps
View
Rua do
Imperador e
adjacências
49 (Conjunto Polo Centro S S S S S S S S S  
Gerador -
Comércio e
Serviços)
Rua Paulino
50 Centro S S - - - S S - - -  
Afonso
`Rua Mal.
51 Centro S S - S S S - - -  
Deodoro
Universidade
Católica de
52 Petrópolis - Centro S S - - - - - S S  
Campus BA -
Polo Gerador
Universidade
Católica de
53 Petrópolis - Centro S S - - - - - S - S  
Campus BC -
Polo Gerador
UPA - Centro
54 Centro S S - - - - - - - -  
(Polo Gerador)

55 Bataillard Mosela S S - - - - - - - -  

56 Moinho Preto Mosela - S S - - - - - - -  


Praça da Mosela
57 - Polo Gerador - Mosela S S - S S S S - - -  
Bares
Acesso
Características Polo Gerador
Externo
Google
Interseção Alta Noturno Comerci Serviço Google
Ponto Crítico de Controle Eixo Viário
gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares] o s
Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View

58 Alberto de Oliveira Mosela - S - - - - - - - -  

59 Av. Portugal Quitandinha - S - - - S S - - -  

Batata Frita - Av. Portugal x


60 Quitandinha S S S S - - - - - -  
Av. Getulio Vargas
Duas Pontes (Cruzamento R.
Cel. Veiga x R. Washington Luis
61 Quitandinha S S - - - S S - - -  
x R. Saldanha Marinho x R.
Gonçalves Dias)
62 Estr. Da Independência Quitandinha S S - - - - - - - -  

Estr. Da Independência x R.
63 Quitandinha S - - - - - - - - -  
Gen. Rondon
Gulf (R. Cel. Veiga x R. João
64 Quitandinha S S - - - - - - - -  
Macedo)
Ponte Fones (R. Cel. Veiga x R.
65 Quitandinha S S S S - S S - - -  
Olavo Bilac)

66 Pórtico Quitandinha Quitandinha - - S - - - - - - -  

67 R. Cel Land x R. Gonçalves Dias Quitandinha S - - - - - - - - -  


Acesso
Características Polo Gerador
Externo
Google
Interseção Alta Noturno Google
Ponto Crítico de Controle Eixo Viário
gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares]
Comercio Serviços Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View
R. Cel. Veiga x R. Marques de
68 Quitandinha S - - - - - - - - -  
Paraná

69 R. Dr. Thouzet x R. Cel. Veiga Quitandinha S S - - - - - - - -  

R. Gen. Rondon x R. Pedro


70 Quitandinha S - - - - - - - - -  
Américo
R. Gen. Rondon, 214 (Polo
71 Quitandinha S - - - - - - - - -  
gerador Greenfruit)

72 Estr. Presidente Sodré Quitandinha - S - - - - - - - -  

73 R. São Sebastião Quitandinha - S - - - S - - - -  

74 Poço da Rocinha Secretario - S - - - - - - S -  

Secretario - Estr. Do Secretário x


75 Secretario - S - - - S S - S -  
R. Barros Franco
União e
76 Acesso BR-040 - Carangola - - S - - - - - - -  
Industria
Acesso
Características Polo Gerador
Externo
Google
Eixo Interseção Alta Noturno Google
Ponto Crítico de Controle
Viário gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares]
Comercio Serviços Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View
Atílio Marotti - R. Miguel dos União e
77 - S - - - - - - - -  
Passos Industria
Av. Barão do Rio Branco (Polo
União e
78 Gerador Centro Administrativo - - - - - - S - - S  
Industria
da PMP)
Av. Barão do Rio Branco (Polo União e
79 - - - - - - S - - S  
Gerador Fórum) Industria
Av. Barão do Rio Branco (Polo União e
80 - - - - - - S - - S  
Gerador FASE) Industria
União e
81 Bonfim - Parnaso (Polo Gerador) - S - - - - - - S -  
Industria
Entrada de Nogueira (Estr. União União e
82 S S - - - - - - - -  
e Industria x R. Bahia) Industria
Estr. União e Industria x Estr. do União e
83 S - - - - - - - - -  
Carangola Industria
Estrada do Contorno - Trevo de União e
84 S - - - - - - - - -  
Bonsucesso Industria
Itaipava - Conjunto Polo Gerador
- Comercio e Serviços - Estr.
União e
85 União e Industria do trevo de S - - - S S S S - S  
Industria
Bonsucesso até interseção com
estr. Das arcas
Acesso
Características Polo Gerador
Externo
Google
Eixo Interseção Alta Noturno Google
Ponto Crítico de Controle
Viário gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares]
Comercio Serviços Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View
Parque Municipal Prefeito Paulo União e
86 S S - - - - - - S S  
Rattes e Hortomercado Industria
Pedro do Rio - R. Dr. Barros Branco x União e
87 S S - - - S S - - -  
Estr. União e Industria Industria
Ponte Branca - Estr. União e Industria União e
88 S - - - - - - - - -  
x R. Durval de Souza Industria
Ponte de Correas - Estr. União e União e
89 S - - - - - - - - -  
Industria x R. Princesa Dona Paula Industria
União e
90 Ponte do Arranha-céu S S S - - - - - - -  
Industria
Posse - Estr. União e Industria x Estr. União e
91 S - S - - S S - - -  
Silveira da Mota Industria
Praça de Correas - Polo Gerador União e
92 S - - S S S S - - -  
Comercio e Serviços Industria
União e
93 Praça de Nogueira - S - - S S S - - -  
Industria
R. Hermogênio Silva (Conjunto Polo União e
94 S S - - - S S - - -  
Gerador - Comércio) Industria
Acesso
Características Polo Gerador
Externo
Google
Eixo Interseção Alta Noturno Google
Ponto Crítico de Controle
Viário gargalo
Fiscalização Control Complexidade [Bares]
Comercio Serviços Ensino Verão Eventos
Maps
Street
View
R. Hermogenio Silva x R. Felipe União e
95 S S - - - - - - - -  
Camarão Industria
União e
96 R. Visconde de Taunai - S - - - - - - - -  
Industria
Roseiral - Estr. União e Industria x União e
97 - S - - - - - - - -  
R. Virgilio de Sá Pereira Junior Industria
União e
98 Terminal Itaipava S S S S - - S S - -  
Industria
União e
99 Terminal de Correas S S S S - - S - - -  
Industria
Trevo de Bonsucesso - Estr. União União e
100 S S S S - S S - - -  
e Industria x Estr. De Bonsucesso Industria

140 CENTRO
AS RODOVIAS

142MAPA MULTIMODAL DO RJ

143MAPA MULTIMODAL DO RJ
144 DETALHAMENTO DO MAPA MULTIMODAL RJ -
PETRÓPOLIS

145 DETALHAMENTO DO MAPA MULTIMODAL RJ -


PETRÓPOLIS








 





148 MAPA SUBIDA DA SERRA COM
ACESSO A CÄMERAS

149 MAPA SUBIDA DA SERRA COM


• ACESSO A CÄMERAS




















150 CRATERA N ABR-040


152 ACESSO AO VIDEO NOVA SUBIDA DA SERRA

153 ACESSO AO VIDEO NOVA SUBIDA DA SERRA


154 ISS POR MUNICIPIO - PEDÁGIO

155 ISS POR MUNICIPIO - PEDÁGIO







156 ISS POR MUNICIPIO


FONTE: CONCER

157 ISS POR MUNICIPIO


FONTE: CONCER
km km Custo Auto Custo Auto Custo / 100 km Custo / 100 km
km apróx. caminh 3 Onibus 2 Custo / 100 km
Inicio Praça do Trecho UF Concessão Acumulado acumulado auto Moto Acumulado da Acumulado da acumulado na acumulado na
No Trecho eixos eixos no Trecho
Concessão Rodovia Concessão Rodovia Concessão Rodovia
DF /
Brasilia Cristalina INVEPAR 101 101 101 $ - $ - $ - $ - $ - $ - $ - $ - $ -
GO
GO /
Cristalina Paracatu INVEPAR 81.2 182.2 182.2 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 5.30 $ 5.30 $ 6.53 $ 2.91 $ 2.91
MG
Paracatu Lagoa Grande MG INVEPAR 81.8 264 264 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 10.60 $ 10.60 $ 6.48 $ 4.02 $ 4.02
Lagoa Grande João Pinheiro MG INVEPAR 81.2 345.2 345.2 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 15.90 $ 15.90 $ 6.53 $ 4.61 $ 4.61
São Gonçalo de
João Pinheiro MG INVEPAR 74.4 419.6 419.6 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 21.20 $ 21.20 $ 7.12 $ 5.05 $ 5.05
Abaeté
São Gonçalo de
Felixlandia MG INVEPAR 160 579.6 579.6 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 26.50 $ 26.50 $ 3.31 $ 4.57 $ 4.57
Abaeté
Felixlandia Capim Branco MG INVEPAR 89 668.6 668.6 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 31.80 $ 31.80 $ 5.96 $ 4.76 $ 4.76
Capim Branco Itabirito MG INVEPAR 65.9 734.5 734.5 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 37.10 $ 37.10 $ 8.04 $ 5.05 $ 5.05
Itabirito Conselheiro Lafaiete MG INVEPAR 71.4 805.9 805.9 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 42.40 $ 42.40 $ 7.42 $ 5.26 $ 5.26
Conselheiro Lafaiete Barbacena MG INVEPAR 119 924.9 924.9 $ 5.30 $2.65 $ 10.60 $ 15.90 $ 47.70 $ 47.70 $ 4.45 $ 5.16 $ 5.16
Barbacena Juiz de Fora MG INVEPAR 76.6 1001.5 1001.5 $ - $ - $ - $ - $ 47.70 $ 47.70 $ - $ 4.76 $ 4.76
alteração da concessionária
Juiz de Fora Simão Pereira MG CONCER 17.4 17.4 1018.9 $11.60 $5.80 $ 34.80 $ 23.20 $ 11.60 $ 59.30 $ 66.67 $ 66.67 $ 5.82
MG /
Simão pereira Areal CONCER 58.7 76.1 1077.6 $11.60 $5.80 $ 34.80 $ 23.20 $ 23.20 $ 70.90 $ 19.76 $ 30.49 $ 6.58
RJ
Areal Xerem RJ CONCER 56.7 132.8 1134.3 $11.60 $5.80 $ 34.80 $ 23.20 $ 34.80 $ 82.50 $ 20.46 $ 26.20 $ 7.27
Xerem Rio** RJ CONCER 24.8 157.6 1159.1 $ - $ - $ - $ - $ 34.80 $ 82.50 $ - $ 22.08 $ 7.12
** trecho comcomitante com BR-101 (Av. Brasil até Rod. Novo Rio) despresado
Trecho Rodoviária de Petrópolis até Washington luiz, km 0 tem 42.4 km, o que pelo custo de R$ 11.60 da praça de pedagio, gera ao petropolitano médio um custo de R$ 27.36/ 100 km,
média mundial 9.35 / 100 km (Fonte: Banco Mundial - 2016)
média brasil 8.87 / 100 km (Fonte: IPEA-2016)
158 PROPOSTA SIMPLES LIGAÇÃO BINGEN QUITANDINHA

159 PROPOSTA SIMPLES LIGAÇÃO BINGEN QUITANDINHA


PESQUISAS
160ALTO DA SERRA
162 BINGEN
164 CASCATINHA
166 CENTRO
168 ITAIPAVA

169 ITAIPAVA
170 PEDRO DO RIO
172 POSSE
O FLUXO






176 CONTAGEM DO ALTO DA SERRA

178 CONTAGEM ALTO DA SERRA

179 CONTAGEM ALTO DA SERRA


180 CONTAGEM ALTO DA SERRA

174 ALTO DA SERRA

175 ALTO DA SERRA


181 FLUXO DE VEÍCULOS NA ÁREA CENTRAL - COPPETEC 2007
182 EXEMPLO DE ELEMENTOS INTERAREA E TRANSVERSAIS
Área Descrição
portarias, regulações e ferramentas administrativas
Administrativa
necessárias
Ações para garantir que o PlanMob seja executado da
Controle e Monitoramento
melhor forma possível
Estabelece ações que melhorem o conhecimento, as
Educação para o trânsito
habilidades e os comportamentos das pessoas no trânsito

Estacionamento Ações que tratem de estacionamento na cidade


Ações que visem melhorar a fiscalização de trânsito e
Fiscalização
transportes na cidade
Ações que tratem do fretamento privado de transporte
Fretamento de Passageiros de passageiros para fins de trabalho, exclui-se veículos
turísticos
Infraestrutura viária Ações voltadas a obras
Ações que indiquem necessidade de revisão ou criação de
Legal instrumentos legais perenes, onde portarias não são
suficientes
Ações que visem a redução do número de acidentes de
Segurança no trânsito
trânsito
Ações vinculadas a transporte sobre trilhos, como trens e
Sobre Trilhos
VLT's.
Ações voltadas para o sistema de transporte individual
STIPP público de passageiros, incluindo Taxi e transporte
mediado por aplicativos
Ações do Sistema de Transporte Público de Passageiros,
STPP
especificamente ônibus em Petrópolis atualmente.
Ações que tratem de desenvolvimento, implantação ou
Tecnologia e Informação
implementação de tecnologias voltadas para o transporte

Ações voltadas para o transporte ativo não motorizado,


Transporte Ativo ou seja, aquele que depende de esforço humano para ser
utilizado, como bicicletas, patins, skape, skate, e similares.
Ações voltadas a melhorar o transporte de cargas no
Transporte de Cargas município. Podem ser moto frete a caminhão, passando
por supercargas e veículos a frete.
Ações vinculadas ao transporte escolar, podendo ser
Transporte Escolar ônibus ou vans em Petrópolis, público ou privado, e
especifico para áreas de difícil acesso.
Transporte Intermunicipal Trata de ações vinculadas ao transporte entre cidades
Trata de ações voltas ao turismo, a grandes eventos, a
eventos sazonais, incluindo circuitos de lazer e
Turismo e Grandes Eventos competições esportivas da área de mobilidade, como
corridas a pé, stock car, montain bike entre diversas
outras.
AS CALÇADAS


“(...)a falta de policiamento, medo de assalto,


presença de mendigos / drogados /’nóias’na rua’,
além de “ruas desertas com pouca gente no local”
(...)
Extensão das Calçadas x Extensão das Vias
Sem qualquer calçada na via 10
Entre 1/10 e 1/3 da extençào da via 26
Metade da Extensão da via 976
Entre 2/3 a 3/4 da extensão da via 50
Calçada Existente em toda a extensão da via 228
184 RUA PADRE SIQUEIRA 183 RUA DOUTOR HERMOGÊNIO SILVA, BAIRRO RETIRO – VIA ARTERIAL .
185RUA ANANIAS DE MORAIS, BAIRRO CORRÊAS – VIA LOCAL.

186 RUA MANOEL FRANCISCO DE PAULA, BAIRRO SIMÉRIA – VIA LOCALMÉRIA – VIA LOCAL
188 ESTRADA UNIÃO E INDÚSTRIA, BAIRRO ITAIPAVA – VIA ARTERIAL
187 RUA CORONEL DUARTE DA SILVEIRA, BAIRRO DUARTE DA SILVEIRA – VIA COLETORA
189 RUA CALDAS VIANA – DIFERENÇA DE NÍVEL EM TRECHO CONTÍNUO, COM O AGRAVANTE
QUE ESSA CALÇADA TEM UM INTENSO FLUXO DE PESSOAS

190RUA CORONEL VEIGA – PISO IRREGULAR


“Aumento das larguras dos passeios em benefício dos
Pedestres, de modo a criar novas áreas de circulação
na Rua do Imperador e adjacências e integração do
eixo central com as praças, bem como aos
equipamentos urbanos: teatro, restaurantes, cafés e
outros que venham a incorporar-se ao projeto.”
(Petrópolis, 1997)

191 PROPOSIÇÃO DO PROGRAMA PRÓ-CENTRO


192 PROPOSIÇÃO DO PROGRAMA PRÓ-CENTRO

193 PROPOSIÇÃO DO PROGRAMA PRÓ-CENTRO


194PROPOSIÇÃO DOS PROJETOS BÁSICOS PARA O PAC II - CAL-ÇADA CONJUGADA COM 195 PROPOSIÇÃO DOS PROJETOS BÁSICOS PARA O PAC II - CALÇADA E CICLOVIA
CICLOVIA – TRECHO DA GENERAL RONDON X ESTRADA DO INDEPENDÊNCIA TOTALMENTE SEGREGADOS
Indicador
Tipo de Via
quantitativo
Local >= 1.0
Coletora >= 1.2
Arterial >= 1.5
Estradas e rodovias em trechos urbanizados >= 1.5

Fórmula do Indicador:
metro linear de calçadas* / metro linear de via

Obs.: Só entrarão no somatório dos metros lineares, as calçadas existentes


de no mínimo 1,00m de largura.
Peso
Aspecto
sugerido
Atratividade Visual (Pav) 0,14
Conforto (Pc) 0,20
Continuidade (Pco) 0,18
Segurança (Ps) 0,23
Seguridade (Pse) 0,25
Tipo de Via Média dos níveis de serviço
TOTAL 1,0
50% das calçadas existentes ou
levantadas estejam no nível D (ou
Local
maior) e 50% no nível E (ou
menor)
60% das calçadas existentes ou
Coletora levantadas no nível C (ou maior) e
40% no nível D (ou menor)
80% das calçadas existentes ou
Arterial levantadas no nível C (ou maior) e
20% no nível D (ou menor)
50% das calçadas existentes ou
Estradas e rodovias em levantadas estejam no nível D (ou
trechos urbanizados maior) e 50% no nível E (ou
menor)
Área mais Eixo mais Responsável pelo
Ação Prazo Custeio TAG
impactante impactante Monitoramento
Infraestrutura Pesquisa quantitativa para atualização dos dados já mensurados em 2012, em
Acessibilidade Curto CPTrans Público Calçadas
Viária todos os tipos de vias da cidade, especialmente acessibilidade.
Pesquisa Qualitativa – Parte 1: após à conclusão da pesquisa quantitativa, dentro de
Infraestrutura
Acessibilidade um cronograma que não ultrapasse 6 (seis) meses, que seja executada pesquisa nas Curto CPTrans Público Calçadas
Viária
principais vias da cidade (coletoras e arteriais).
Pesquisa Qualitativa – Parte 2: dentro do prazo de 12 (doze) meses, após à
Infraestrutura
Acessibilidade conclusão da parte 1, que seja executa a pesquisa qualitativa nas vias locais e em Medio CPTrans Público Calçadas
Viária
trechos de vias rurais (estradas e ro-dovias) que estejam urbanizadas;
Adequação dos projetos existentes para aderência ao Manual de Calçadas
Infraestrutura
Acessibilidade Acessíveis, determinando finalmente os parâmtros contrutivos da calçadas de Medio CPTrans Parcerias Calçadas
Viária
Petrópolis, incluindo seus responsáveis.
Infraestrutura Proposição de novos projetos para melhorias nas calçadas que obtiverem os piores
Acessibilidade Longo CPTrans Parcerias Calçadas
Viária níveis de serviço tanto na parte 1 quanto na parte 2 da pesquisa qualitativa.

Estabelcer portaria que determine o fluxo do processo de manutenção das calçadas,


Infraestrutura desde a apuração das irregularidades até sua efetiva manutenção, incluindo prazos,
Acessibilidade Médio CPTrans Público Calçadas
Viária responsáveis, medidas mitigadoras para acesso durante a manutenção e
consequencias para o não atendimento das açòes determinadas aos responsáveis,
INFRA ESTRUTURA
196 CENTRO
197 CENTRO
198 TESTE PAULINO AFONSO
FONTE: PMP
199 TESTE PEDRO AMÉRICO
FONTE: TRIBUNA DE PETRÓPOLIS
200 TESTE PEDRO AMÉRICO
FONTE: G1
201 TESTES EM ITAIPAVA
FONTE: PMP
202 R. IPIRANGA
FONTE: DIÁRIO DE PETRÓPLIS
203 TRECHO DA REVISTA PEQUENA ILUSTRAÇÃO, DE 1941, TRATANDO DA LIGAÇÃO BINGEN
QUITANDINHA

IDENTIFICADO INICIALMENTE PELO CIDADÃO FERNANDO MACEDO
















205 TRECHO DE ALÇA DE ACESSO FUTURA PARA ESTRADA DO CATOBIRA 204 BINGEN

FONTE: GOOGLE MAPS


206 CASCATINHA
207 GOOGLE MAPS DO TRECHO - LINK
208 GOOGLE MAPS DO TRECH O – SATÉLETE - LINK
209 CASCATINHA




• 210 ITAIPAVA
211 PROPOSTA DE NOVO SISTEMA VIÁRIO PARA ÁREA DO PARQUE MUNICIPAL
212 PAC2 - DISTRITOS -I
213 PAC2 - DISTRITOS -II
214 PAC2 - DISTRITOS -III
215 PAC2 - DISTRITOS -IIV
216CONTAGENS ÁREA CENTRAL
217 OPERAÇÕES ÁREA CENTRAL
218 CENTRO
22129 EQUIPAMENTOS PRÓPRIOS DE SINALIZAÇÃO NA CMTT 2018 221 EQUIPAMENTOS PRÓPRIOS DE SINALIZAÇÀO NA CMTT 2018

221 RESULTADOS SINALIZA 2017 E 2018


Resultados Divisão de Manutenção e Sinalização - CPTrans 2017 e 2018
Tipo de Serviço jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez total

Abrigos STPP 1 5 8 2 11 7 4 6 16 9 7 8 84
Eventos 9 27 26 24 33 31 30 42 48 50 59 37 416
Urgências e Emergências 7 9 11 2 7 3 9 14 12 16 18 10 118
Manutenção Predial 12 11 20 7 15 24 22 21 30 24 11 12 209
Outros 6 10 16 26 21 19 14 24 14 39 9 13 211
Sin. Eletrônica 7 9 10 6 8 5 13 10 5 18 12 13 116
Sin. Horizontal 11 32 44 33 31 11 14 26 10 17 24 36 289
Sin. Vertical 15 16 28 26 44 17 19 42 21 33 36 21 318

Especificações de sin. jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez total
Total m linear branco 278 3161 4010 3451 811 66 314 229 290 1 461 1032 14104
Total m linear amarelo 345 961 693 600 619 330 148 650 212 139 185 1283 6165
Total m linear geral 623 4122 4703 4051 1430 396 462 879 502 140 646 2315 20269
Total de placas instaladas 20 30 46 26 99 23 33 43 18 58 41 29 466







222 SERVIÇO DE SINALIZAÇÃO NO CENTRO •


Área mais Eixo mais Responsável pelo
Ação Prazo Custeio TAG
impactante impactante Monitoramento
Infraestrutura Pesquisa quantitativa para atualização dos dados já mensurados em 2012, em
Acessibilidade Curto CPTrans Público Calçadas
Viária todos os tipos de vias da cidade, especialmente acessibilidade.
Pesquisa Qualitativa – Parte 1: após à conclusão da pesquisa quantitativa, dentro de
Infraestrutura
Acessibilidade um cronograma que não ultrapasse 6 (seis) meses, que seja executada pesquisa nas Curto CPTrans Público Calçadas
Viária
principais vias da cidade (coletoras e arteriais).
Pesquisa Qualitativa – Parte 2: dentro do prazo de 12 (doze) meses, após à
Infraestrutura
Acessibilidade conclusão da parte 1, que seja executa a pesquisa qualitativa nas vias locais e em Medio CPTrans Público Calçadas
Viária
trechos de vias rurais (estradas e ro-dovias) que estejam urbanizadas;
Adequação dos projetos existentes para aderência ao Manual de Calçadas
Infraestrutura
Acessibilidade Acessíveis, determinando finalmente os parâmtros contrutivos da calçadas de Medio CPTrans Parcerias Calçadas
Viária
Petrópolis, incluindo seus responsáveis.
Infraestrutura Proposição de novos projetos para melhorias nas calçadas que obtiverem os piores
Acessibilidade Longo CPTrans Parcerias Calçadas
Viária níveis de serviço tanto na parte 1 quanto na parte 2 da pesquisa qualitativa.

Estabelcer portaria que determine o fluxo do processo de manutenção das calçadas,


Infraestrutura desde a apuração das irregularidades até sua efetiva manutenção, incluindo prazos,
Acessibilidade Médio CPTrans Público Calçadas
Viária responsáveis, medidas mitigadoras para acesso durante a manutenção e
consequencias para o não atendimento das açòes determinadas aos responsáveis,
EDUCAÇÃO




223 REALIZAÇÃO DE SIMULADO DE ACIDENTE – MAIO AMARELO 2018 – CPTRANS, GCM, CBMERJ E SAMU





224 BEBÊ SENDO CARREGADO EM MOTOCICLETA

FONTE: REVISTA VEJA – ESPECIAL SOBRE TRÂNSITO – EDIÇÃO DE 7/8/2013







225 SISTEMA SEGURO
FONTE: WRI












• 226 ESTABELECIMENTO DE ÍNDICES DE REDUÇÃO DE MORTES
227 FLUXOGRAMA DA METODOLOGIA DE TRATAMENTO DOS DADOS ESTATÍSTICOS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO
228 CMTT 2018 – DIVISÃO DE TRÂNSITO

229 CMTT 2018 - DIVISÃO DE ATENDIMENTO


230 CMTT 2018 - MINICIDADE DO TRÂNSITO
232 STANDS RIOCARD E SINALPARK CMTT 2018

231 CMTT 2018 - STANDS RIOCARD E SINALVIDA




233 VIDAS EM TRÄNSITO 2017 FONTEÇ CBMERJ – LINK



234 SIMBOLO INTERNACIONAL PARA DEFICIENCIA
AUDITIVA
Eixo mais Prazo Responsável pelo
Ação Prioridade Complexidade Custeio TAG
impactante Esperado Monitoramento
Estabelecer comissão composta de diversas instituições para avaliar e monitorar o
Participação desempenho de Petrópolis na redução dos acidentes de trânsito e aplicação da Curto Média Baixa CPTrans Público
sistemática de trânsito seguro, podendo estar, ou não, vinculada ao COMUTRAN.
Buscar parcerias para ampliar o número de autoescolas preparadas para atender
Acessibilidade Dependente Média Média CPTrans Parcerias
portadores de necessidades especiais em Petrópolis.
Fornecer adesivos diferenciados para portadores de deficiência auditiva e deficiência
Acessibilidade Curto Alta Baixa CPTrans CPTrans
física para colocação em veículos
Estabelecer programa voltado para a educação para o trânsito nas escolas, focado
em público dos 14 aos 21 anos, que estão começando a dirigir. Este treinamento
Mobilidade Médio Média Média CPTrans Parcerias
deve suprir as necessidades de conhecimento voltados para a civilidade e redução
de acidentes, entre outros temas.
Realizar simulado de acidente de trânsito e tempo de resposta a emergências
Mobilidade anualmente, com participação de diversas instituições, preferencialmente durante o Curto Alta Baixa CPTrans Parcerias
Maio Amarelo
Estabelecer os parâmetros técnicos obrigatórios ao Anuário Estatístico de Acidentes
de Trânsito e determinar sua publicação anual a partir destes parâmetros, que
Mobilidade devem incluir os indicadores e mapas já existentes além de adicionar parâmetros de Médio Média Baixa CPTrans CPTrans
comparação periódica e plano de ação para reduzir acidentes em locais onde mapas
de calor demonstrem ocorrência sistêmica.
Mobilidade Realizar campanha municipal todo Maio Amarelo Curto Alta Baixa CPTrans CPTrans

Mobilidade Realizar campanha municipal toda Semana Nacional do Trânsito Curto Alta Baixa CPTrans CPTrans
Estabelecer Plano de Contingência para bloqueios de via no município, análogo aos
Mobilidade Planos de Contingência para Eventos de Médio Porte, incluindo informações à Médio Média Média CPTrans CPTrans
população.
Inserir tópicos específicos de acessibilidade nas campanhas de conscientização
Acessibilidade Curto Média Baixa CPTrans CPTrans
promovidas na cidade
Inserir tópicos específicos de Sustentabilidade nas campanhas de conscientização
Sustentabilidade Curto Média Baixa CPTrans CPTrans
promovidas na cidade
FISCALIZAÇÃO


235 PEDRO DO RIO












236 CENTRO
Procedimentos Adotados Total
Advertências por escrito 944
Notificações 2440
Remoções 155
Laudos de Remoção 719
Laudos Encerrados 533
Remoções de Abandonados 57
Obras em via pública 33
Acidentes de Trânsito 58
Veículos Abandonados 1599

TIPO TOTAL
Atendimento ao Usuário 1328
Protocolos realizados 1157
Rondas 588
Laudos e avaliações 196
Operações de Config. Viária 24
Eventos - At. a Nada a Opor 730
Operações Planejadas 214
Serviço de Escolta 23
Urgência e Emergência 299









Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
VELOCIDADE SUPERIOR À M ÁXIM A EM ATÉ 20% (vinte por cento) 3808 47215 38857 22851 0 0 0 112731
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO -ESTACIONAM ENTO ROTATIVO 2285 2544 1702 1755 8780 18821 20451 56338
ESTACIONAR LOCAL/HORÁRIO DE ESTACIONAM ENTO E PARADA PROIBIDOS PELA SINALIZAÇÃO 2667 3583 4057 3359 1764 1353 1560 18343
ESTACIONAR NO PASSEIO 2477 3656 3259 3019 1107 1235 1616 16369
DIRIGIR VEÍCULO UTILIZANDO-SE DE TELEFONE CELULAR 4030 2162 2221 2207 1310 934 293 13157
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO -VAGA DE CARGA/DESCARGA 1903 1791 1932 2414 1941 1002 1020 12003
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO ESPECIFICADA PELA SINALIZAÇÃO 1708 1383 1709 1690 1002 714 945 9151
VEL SUP À M ÁXIM A EM M AIS DE 20%(vinte por cento) ATÉ 50%(cinqüenta por cento) 398 3960 2930 1630 0 0 0 8918
ESTACIONAR EM LOCAL/HORÁRIO PROIBIDO ESPECIFICAM ENTE PELA SINALIZAÇÃO 1407 877 1290 1242 1236 499 593 7144
ESTACIONAR NO PONTO DE EM BARQUE/DESEM BARQUE DE PASSAGEIROS TRANSPORTE COLETIVO 699 937 1019 1281 466 572 444 5418
DEIXAR O CONDUTOR DE USAR O CINTO SEGURANÇA 282 570 1724 1163 176 350 180 4445
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO -PONTO OU VAGA DE TÁXI 706 613 746 701 330 254 180 3530
AVANÇAR O SINAL VERM ELHO DO SEM ÁFORO 448 329 492 374 243 439 223 2548
ESTACIONAR IM PEDINDO A M OVIM ENTACAO DE OUTRO VEICULO 230 211 471 511 426 264 121 2234
ESTACIONAR SOBRE FAIXA DESTINADA A PEDESTRE 298 374 401 424 186 164 171 2018
ESTACIONAR AO LADO DE OUTRO VEÍCULO EM FILA DUPLA 268 300 450 475 184 206 161 2044
ESTACIONAR AO LADO OU SOBRE M ARCAS DE CANALIZAÇÃO 371 341 374 304 168 127 214 1899
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO -VAGA PORTADOR NECESSID ESPECIAIS 420 332 333 364 97 44 0 1590
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO -VAGA IDOSO 234 309 322 348 99 42 0 1354
ESTACIONAR EM GUIA DE CALÇADA REBAIXADA DESTINADA À ENTRADA/SAÍDA DE VEÍCULOS 240 224 196 291 144 169 154 1418
ESTACIONAR NAS ESQUINAS E A M ENOS DE 5M DO ALINHAM ENTO DA VIA TRANSVERSAL 203 234 348 288 81 61 76 1291
TRANSITAR NA FAIXA/PISTA DA ESQUERDA REGUL CIRCULAÇÃO EXCLUSIVA DETERM VEÍCULO 246 230 192 358 85 123 90 1324
DESOBEDECER ÀS ORDENS EM ANADAS DA AUTORID COM PET DE TRÂNSITO OU DE SEUS AGENTES 302 155 181 161 123 144 99 1165
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR TRANSPORTANDO PASSAGEIRO S/ CAPACETE 226 135 195 249 148 155 62 1170
DIRIGIR VEÍCULO SEGURANDO TELEFONE CELULAR 0 0 0 0 62 1638 921 2621
ESTACIONAR VEICULO NA CONTRAM AO DE DIRECAO 142 188 217 185 101 127 119 1079
TRANSITAR PELA CONTRAM ÃO DE DIREÇÃO EM VIA C/ SINALIZAÇÃO DE REGUL SENTIDO ÚNICO 159 89 168 178 108 210 105 1017
EXECUTAR OPERAÇÃO DE CONVERSÃO À ESQUERDA EM LOCAL PROIBIDO PELA SINALIZACÃO 146 89 202 151 66 242 79 975
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR SEM CAPACETE DE SEGURANÇA 163 65 130 129 70 89 48 694
VELOCIDADE SUPERIOR A M ÁXIM A EM M AIS DE 50% (cinquenta por cento) 36 313 167 93 0 0 0 609
DIRIGIR VEÍCULO M ANUSEANDO TELEFONE CELULAR 0 0 0 0 50 835 494 1379
TRANSPORTAR CRIANÇA SEM OBSERVÂNCIA DAS NORM AS DE SEGURANÇA ESTABELECIDAS P/ CTB 173 61 77 38 54 107 84 594
DIRIGIR AM EAÇANDO OS DEM AIS VEÍCULOS 109 69 58 44 32 48 35 395
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO EM LOCAIS PROIBIDOS PELA SINALIZAÇÃO 123 33 70 62 37 40 21 386
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM CALÇADAS, PASSEIOS 64 57 70 86 28 35 32 372
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM M ARCAS DE CANALIZAÇÃO 94 51 44 39 66 58 30 382
ESTACIONAR EM DESACORDO COM AS POSIÇÕES ESTABELECIDAS NO CTB 52 57 99 59 38 28 20 353
TRANSPOR BLOQUEIO VIÁRIO COM OU SEM SINALIZAÇÃO OU DISPOSITIVOS AUXILIARES 21 45 111 32 40 14 47 310
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR COM OS FARÓIS APAGADOS 61 21 92 23 11 59 38 305
DIRIGIR O VEÍCULO UTILIZANDO-SE DE FONES NOS OUVIDOS CONEC A APARELHAGEM SONORA 50 42 53 75 13 20 10 263
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA A PEDESTRE/VEIC Ñ M OTORIZADO NA FAIXA A ELE DESTINADA 79 39 33 29 19 26 28 253
DIRIGIR AM EAÇANDO OS PEDESTRES QUE ESTEJAM ATRAVESSANDO A VIA PÚBLICA 66 45 36 25 30 33 21 256
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA A PEDESTRE/VEIC Ñ M OT QUE Ñ HAJA CONCLUÍDO A TRAVESSIA 73 29 46 24 24 12 15 223
DIRIGIR SEM ATENÇÃO OU SEM OS CUIDADOS INDISPENSÁVEIS À SEGURANÇA 36 32 42 40 28 54 34 266
TRANSITAR EFETUANDO TRANSPORTE REM UNERADO DE PESSOAS QDO Ñ LICENCIADO P/ESSE FIM 22 129 13 22 5 80 16 287
DEIXAR O PASSAGEIRO DE USAR O CINTO SEGURANÇA 41 21 48 37 26 25 19 217
ESTACIONAR JUNTO/SOBRE HIDR DE INCÊNDIO, REG DE ÁGUA/TAM PA DE POÇO VISIT GAL SUB 37 65 18 23 25 8 5 181
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO LINHA DE DIVISÃO DE FLUXOS OPOSTOS, CONTÍNUA AM ARELA 45 38 17 30 24 33 13 200
PARAR NA ÁREA DE CRUZAM ENTO DE VIAS 20 18 36 46 38 13 11 182
DEIXAR DE DESLOCAR C/ANTECEDÊNCIA VEÍC P/ FAIXA M AIS À DIREITA QDO FOR M ANOBRAR 43 37 54 9 2 11 11 167
BLOQUEAR VIA COM VEÍCULO 36 25 28 23 5 3 14 134
USAR BUZINA PROLONGADA E SUCESSIVAM ENTE A QUALQUER PRETEXTO 35 15 23 21 10 21 21 146
TRANSITAR EM M ARCHA RÉ, SALVO NA DISTÂNCIA NECESSÁRIA A PEQUENAS M ANOBRAS 30 14 11 18 9 12 21 115
EXECUTAR RETORNO C/PREJUÍZO DA CIRCULAÇÃO/SEGURANÇA AINDA QUE EM LOCAL PERM ITIDO 25 9 28 4 4 18 29 117
TRANSITAR PELA CONTRAM ÃO DE DIREÇÃO EM VIA COM DUPLO SENTIDO DE CIRCULAÇÃO 20 9 15 11 16 16 11 98
ESTACIONAR NAS PONTES 9 21 15 18 4 9 12 88
AVANÇAR O SINAL DE PARADA OBRIGATÓRIA 18 7 16 10 15 9 3 78
CONDUZIR O VEÍCULO TRANSPORTANDO PASSAGEIROS EM COM PARTIM ENTO DE CARGA 15 6 11 17 15 17 10 91
ESTACIONAR AO LADO OU SOBRE CANTEIRO CENTRAL / DIVISORES DE PISTA DE ROLAM ENTO 4 10 11 25 6 23 20 99
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO PASSANDO POR CIM A DE FAIXA DE PEDESTRES 17 9 13 5 5 20 6 75
EXECUTAR OPERAÇÃO DE CONVERSÃO À DIREITA EM LOCAL PROIBIDO PELA SINALIZAÇÃO 18 2 2 21 26 17 5 91
PARAR SOBRE FAIXA DESTINADA A PEDESTRES 10 3 18 26 4 4 1 66
ESTACIONAR NAS VAGAS RESERVADAS A IDOSOS S/ CREDENCIAL 0 0 0 0 8 64 56 128
ESTACIONAR NAS ILHAS OU REFÚGIOS 6 16 10 7 8 7 5 59
ESTACINAR NAS VAGAS RESERVADAS ÀS PESS C/ DEFICIÊNCIA, S/ CREDENCIAL 0 0 0 0 9 94 48 151
ULTRAPASSAR PELA DIREITA, SALVO QDO VEÍC DA FRENTE DER SINAL P/ ENTRAR ESQUERDA 25 9 6 3 3 3 11 60
USAR NO VEÍCULO EQUIP C/ SOM EM VOLUM E/FREQÜÊNCIA NÃO AUTORIZADOS PELO CONTRAN 2 0 1 1 5 49 47 105
CONDUZIR M OTOC/M OTON/CICLOM OTOR FAZENDO M ALABARISM O/EQUILIBRANDOSE EM UM A RODA 7 6 10 5 8 17 14 67
PARAR NAS ESQUINAS E A M ENOS 5M DO BORDO DO ALINHAM ENTO DA VIA TRANSVERSAL 11 12 7 5 2 9 10 56
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
ESTACIONAR NA ÁREA DE CRUZAM ENTO DE VIAS 3 8 7 1 22 15 1 57
PARAR AFASTADO DA GUIA DA CALÇADA (M EIO-FIO) A M AIS DE 1M 7 18 6 11 4 1 0 47
ESTACIONAR AO LADO OU SOBRE GRAM ADO OU JARDIM PÚBLICO 4 2 9 15 14 5 2 51
PARAR NO PASSEIO/CALÇADA 5 8 5 17 4 6 7 52
PARAR NAS M ARCAS DE CANALIZAÇÃO 8 0 5 3 21 6 0 43
ESTACIONAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS VIAS DE TRÂNSITO RÁPIDO 3 10 22 1 2 3 0 41
EXECUTAR RETORNO NAS INTERSEÇÕES, ENTRANDO NA CONTRAM ÃO DA VIA TRANSVERSAL 8 2 8 8 3 5 6 40
PARAR VEIC. EM LOCAIS E HORARIOS PROIBIDOS PELA SINALIZACAO 20 0 7 10 0 5 1 43
DEIXAR DE INDICAR C/ ANTEC, M ED GESTO DE BRAÇO/LUZ INDICADORA, M UDANÇA DIREÇÃO 7 2 15 3 3 1 4 35
USAR BUZINA QUE NÃO A DE TOQUE BREVE COM O ADVERTÊNCIA A PEDESTRE OU CONDUTORES 8 5 10 6 1 4 2 36
PARTICIPAR COM O CONDUTOR EXIB/DEM ONST PERÍCIA EM M ANOBRA DE VEIC, S/ PERMISSÃO 12 5 4 5 3 4 3 36
ESTACIONAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS ESTRADAS 6 2 9 11 3 11 1 43
TRANSITAR AO LADO DE OUTRO VEÍCULO, INTERROM PENDO OU PERTURBANDO O TRÂNSITO 6 0 1 1 0 3 6 17
CONDUZIR PESSOAS NAS PARTES EXTERNAS DO VEÍCULO 11 3 9 3 2 2 1 31
PARAR NAS ILHAS OU REFÚGIOS 7 1 8 1 9 8 0 34
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO PASSANDO POR CIMA DE CANTEIRO DE DIVISOR DE PISTA 1 2 7 6 1 4 8 29
DEIXAR DE DESLOCAR C/ANTECEDÊNCIA VEÍC P/ FAIXA M AIS À ESQUERDA QDO FOR M ANOBRAR 1 5 10 2 5 2 0 25
TRANSITAR EM LOCAL/HORÁRIO NÃO PERMITIDO PELA REGUL ESTABELECIDA PELA AUTORIDADE 5 4 1 14 1 0 0 25
ATIRAR DO VEÍCULO OBJETOS OU SUBSTÂNCIAS 3 1 8 5 2 3 4 26
PARAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS DEM AIS VIAS DOTADAS ACOSTAM ENTO 6 6 4 2 3 3 3 27
CONDUZIR M OTOCICLETA/M OTONETA/CICLOM OTOR C/ CAPACETE S/ VISEIRA/ÓCULOS PROTEÇÃO 2 9 7 6 0 1 0 25
ESTACIONAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS VIAS DOTADAS DE ACOSTAM ENTO 1 3 4 4 4 1 5 22
TRANSITAR COM VEICULO COM EXCESSO DE LOTACAO 7 2 3 3 3 10 3 31
DIRIGIR COM BRACO DO LADO DE FORA DO VEICULO 5 1 4 4 2 2 4 22
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO NAS PONTES 3 8 4 2 1 1 2 21
USAR QQ VEICULO PARA DELIBERADAM ENTE, RESTRINGIR CIRCULACAO NA VIA SEM AUT ORGAO 0 0 0 0 6 48 12 66
TRANSITAR NA FAIXA/PISTA DA DIREITA REGUL CIRCULAÇÃO EXCLUSIVA DETERM VEÍCULO 3 4 4 1 3 0 1 16
DEIXAR GUARDAR DIST SEGURANÇA LAT/FRONT ENTRE SEU VEÍC E DEM AIS E AO BORDO PISTA 4 2 2 2 1 3 6 20
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO VEÍC PARADO EM FILA JUNTO QQ IM PEDIM ENTO À CIRCULAÇÃO 3 2 5 3 0 1 4 18
ULTRAPASSAR VEÍCULOS M OTORIZADOS EM FILA, PARADOS EM RAZÃO DE QUALQUER OBSTÁCULO 7 1 1 0 5 0 2 16
UTILIZAR O PISCA-ALERTA, EXCETO EM IM OBILIZAÇÕES OU SITUAÇÕES DE EM ERGÊNCIA 0 0 0 6 5 4 5 20
ULTRAPASSAR PELO ACOSTAM ENTO 5 3 1 0 1 1 4 15
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM CANTEIROS CENTRAIS / DIVISORES DE PISTA DE ROLAM ENTO 2 2 7 1 1 5 1 19
TRANSITAR C/VEICULO DANIFICANDO A VIA E SUAS INSTALACOES 3 2 4 2 1 1 1 14
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM PASSARELAS 4 2 2 1 5 3 0 17
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
FORÇAR PASSAGEM ENTRE VEÍCS TRANS SENT OPOSTOS NA IM INÊNCIA REALIZ ULTRAPASSAGEM 1 3 1 5 4 2 0 16
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA A PEDESTRE PORT DEFICIÊNCIA FÍS/CRIANÇA/IDOSO/GESTANTE 6 0 1 5 2 1 0 15
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO NAS PONTES 3 1 0 2 0 1 5 12
AVANÇAR O SINAL VERM ELHO DO SEM ÁFORO -FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA 1 1 4 4 1 5 2 18
ESTACIONAR AFASTADO DA GUIA DA CALÇADA (M EIO-FIO) A M AIS DE 1M 1 2 1 3 4 1 2 14
PARAR EM DESACORDO COM AS POSIÇÕES ESTABELECIDAS NO CTB 2 2 1 4 2 2 1 14
DISPUTAR CORRIDA POR ESPIRITO DE EM ULACAO 1 4 3 0 4 1 0 13
DEIXAR DE DAR PASSAGEM PELA ESQUERDA QUANDO SOLICITADO 4 1 2 4 2 0 0 13
TRANSPOR BLOQUEIO VIARIO POLICIAL, SEM AUTORIZACAO 4 0 3 5 1 2 0 15
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO PASSANDO POR CIM A DE ILHA, REFÚGIO 1 1 2 0 1 3 7 15
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR SEM VESTUÁRIO APROVADO PELO CONTRAN 1 4 4 2 0 1 1 13
TER SEU VEÍCULO IM OBILIZADO NA VIA POR FALTA DE COM BUSTÍVEL 3 1 1 2 2 0 0 9
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA NAS INTERSEÇÕES COM SINALIZAÇÃO DE DÊ A PREFERÊNCIA 5 1 1 1 0 2 2 12
CONDUZIR CICLO FAZENDO M ALABARISM O OU EQUILIBRANDO-SE EM UM A RODA 5 2 2 0 1 3 1 14
DEIXAR DE DAR PASSAGEM A VEÍC DE OPERAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSITO DEVID IDENT 3 2 2 1 3 0 0 11
PARTICIPAR NA VIA COM O CONDUTOR EM COM PETIÇÃO SEM PERM ISSÃO 1 7 1 0 0 0 0 9
PARAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS VIAS DE TRÂNSITO RÁPIDO 2 0 1 2 1 2 2 10
ESTACIONAR VEICULO NO ACOSTAM ENTO 0 3 0 7 0 0 0 10
PARAR SOBRE FAIXA DE PEDESTRES NA M UDANÇA DE SINAL LUM INOSO 1 0 3 5 0 1 0 10
ULTRAPASSAR VEÍC M OTORIZADOS EM FILA PARADOS EM RAZÃO DE BLOQUEIO VIÁRIO PARCIAL 1 1 0 4 0 0 3 9
CONDUZIR M OTOCICLETA/M OTONETA/CICLOM OTOR TRANSPORTANDO CRIANÇA M ENOR DE 7 ANOS 4 0 0 2 1 4 1 12
DEIXAR DE INDICAR C/ ANTEC, M ED GESTO DE BRAÇO/LUZ INDICADORA, M UDANÇA DE FAIXA 1 0 4 2 1 0 1 9
ESTACIONAR AFASTADO DA GUIA DA CALÇADA (M EIO-FIO) DE 50CM A 1M 4 0 3 0 0 3 1 11
PROM OVER NA VIA EXIBIÇÃO E DEM ONSTRAÇÃO DE PERÍCIA EM M ANOBRA DE VEÍCULO 0 0 1 1 5 5 1 13
ESTACIONAR SOBRE CICLOVIA OU CICLOFAIXA 2 0 2 1 4 2 0 11
PARAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS ESTRADAS 4 3 1 1 0 1 0 10
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM AO NA FAIXA PEDESTRE 1 3 1 0 0 1 2 8
CONDUZIR M OTOC/M OTON/CICLOM TRANSP CRIANÇA S/ CONDIÇÃO CUIDAR PRÓPRIA SEGURANÇA 3 0 1 1 2 2 1 10
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM ILHAS, REFÚGIOS 3 2 0 0 1 1 1 8
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO PASSANDO POR CIM A DE CALÇADA, PASSEIO 0 1 2 4 0 4 0 11
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA A PEDESTRE/VEIC NÃO M OT ATRAVESSANDO A VIA TRANSVERSAL 1 0 1 0 0 0 5 7
CONDUZIR M OTOCICLETA/M OTONETA/CICLOM OTOR TRANSPORTANDO PAS. FORA DO ASSENTO 3 1 1 0 0 1 2 8
ULTRAPASSAR PELA DIREITA VEÍC DE TRANSP COLETIVO / ESCOLAR PARADO PARA EM B/DESEM B PASSAGEI 0 2 4 0 0 0 1 7
CONDUZIR M OTOCICLETA/M OTONETA/CICLOM OTOR SEM SEGURAR O GUIDOM COM AM BAS AS M ÃOS 1 3 0 0 3 0 0 7
DEIXAR O CONDUTOR ENVOLVIDO EM ACIDENTE S/ VÍTIM A, DE REM OVER O VEÍCULO DO LOCAL 1 1 2 1 1 2 0 8
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
PARAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS RODOVIAS 0 0 4 2 1 0 0 7
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM ACOSTAM ENTOS 4 0 1 0 0 2 0 7
DEIXAR DE REDUZIR A VELOC ONDE O TRÂNSITO ESTEJA SENDO CONTROLADO PELO AGENTE 1 1 0 3 0 3 1 9
TRANSITAR COM VEÍCULO DERRAM ANDO A CARGA QUE ESTEJA TRANSPORTANDO 1 1 1 0 1 0 1 5
DEIXAR DE CONSERVAR O VEÍCULO NA FAIXA A ELE DESTINADA PELA SINALIZAÇÃO DE REGUL 0 0 3 1 2 2 0 8
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM AJARDINAM ENTOS, GRAM ADOS, JARDINS PÚBLICOS 3 0 1 1 1 1 0 7
FAZER/DEIXAR QUE SE FAÇA REPARO EM VEÍC NAS VIAS (Q NÃO RODOVIA/TRANSITO RAPIDO) 2 2 2 0 0 0 0 6
EM M OVIM ENTO, DEIXAR DE M ANTER ACESA A LUZ BAIXA DURANTE À NOITE 0 0 1 1 0 4 3 9
USAR BUZINA EM DESACORDO C/ OS PADRÕES E FREQÜÊNCIAS ESTABELECIDAS PELO CONTRAN 1 1 0 0 0 0 3 5
CONDUZIR CARGA NAS PARTES EXTERNAS DO VEÍCULO 1 0 1 1 0 0 2 5
REBOCAR OUTRO VEÍCULO COM CABO FLEXÍVEL OU CORDA 1 1 0 1 1 2 1 7
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO NAS CURVAS SEM VISIBILIDADE SUFICIENTE 2 0 1 1 0 1 1 6
PARAR VEICULO NA CONTRAM AO DE DIRECAO 0 0 1 2 2 6 0 11
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA A PEDESTRE/VEIC Ñ M OT QDO INICIADA TRAVESSIA S/SINALIZ 1 3 0 0 1 0 0 5
USAR QQ VEICULO PARA, DELIBERADAM ENTE, PERTUBAR A CIRCULACAO NA VIA SEM AUT DO ÓRGÃO 0 0 0 0 0 15 3 18
ESTACIONAR EM DESACORDO COM A REGULAM ENTAÇÃO - VAGA DE CURTA DURAÇÃO 0 0 0 0 4 0 0 4
TRANSITAR C/ VEÍC E/OU CARGA C/ DIM ENSÕES SUPERIORES LIM ITE LEGAL S/ AUTORIZAÇÃO 1 0 0 1 2 0 0 4
ABANDONAR NA VIA OBJETOS OU SUBSTÂNCIAS 0 1 2 0 1 0 0 4
ESTACIONAR NA PISTA DE ROLAM ENTO DAS RODOVIAS 1 0 0 2 1 0 0 4
DEIXAR DE DAR PREFER EM INTERSEÇÃO NÃO SINALIZADA, A VEÍCULO QUE VIER DA DIREITA 1 2 0 1 0 0 0 4
DEIXAR DE INDICAR C/ ANTEC, M ED GESTO DE BRAÇO/LUZ INDICADORA, M ANOBRA DE PARAR 1 1 1 1 0 0 0 4
TRANSITAR COM O VEÍCULO EM CICLOVIAS, CICLOFAIXAS 1 2 0 1 0 0 0 4
USAR VEÍCULO PARA ARREM ESSAR SOBRE OS PEDESTRES ÁGUA OU DETRITOS 2 1 0 0 0 1 0 4
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO VEÍCULO PARADO EM FILA JUNTO SINAL LUM INOSO 0 1 2 0 0 1 0 4
DIRIGIR O VEÍCULO TRANSPORT ANIM AIS À SUA ESQUERDA OU ENTRE OS BRAÇOS E PERNAS 0 0 0 0 1 1 2 4
EM M OVIM ENTO, DEIXAR DE M ANTER ACESA LUZ BAIXA DO CICLOM OTOR 0 0 1 0 0 0 2 3
DEIXAR DE DAR PASSAGEM A VEÍC DE POLÍCIA EM SERVIÇO DE URGÊNCIA DEVID IDENTIF 1 0 1 0 0 0 1 3
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO NAS CURVAS 1 1 0 0 0 0 1 3
PARAR NAS PONTES 0 0 0 2 0 0 1 3
TRANSITAR C/ VEÍC DERRAM ANDO/LANÇANDO/ARRASTANDO QQ OBJETO COM RISCO DE ACIDENTE 0 0 1 0 1 0 1 3
ULTRAPASSAR VEÍCULO EM M OVIM ENTO QUE INTEGRE CORTEJO/DESFILE/FORM AÇÃO M ILITAR 1 0 1 0 0 0 1 3
USAR QQ VEICULO PARA, DELIBERADAM ENTE, INTERROM PER CIRCULACAO NA VIA SEM AUT DO ORGÃO 0 0 0 0 2 5 1 8
SEGUIR VEÍCULO EM SERV URGÊNCIA DEVID IDENTIFIC P/ ALARM E SONORO/ILUM VERM ELHA 2 0 0 0 1 1 0 4
ENTRAR/SAIR DE FILA DE VEÍCULOS ESTACIONADOS SEM DAR PREF A PEDESTRES/VEÍCULOS 0 1 0 2 0 0 0 3
DEIXAR DE INDICAR C/ ANTEC, M ED GESTO DE BRAÇO/LUZ INDICADORA, INÍCIO DA M ARCHA 0 0 2 1 0 0 0 3
TRANSITAR EM LOCAL/HORÁRIO NÃO PERM ITIDO PELA REGULAM ENTAÇÃO - CAM INHÃO 2 0 1 0 0 0 0 3
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO VEÍCULO PARADO EM FILA JUNTO A CRUZAM ENTO 0 2 1 0 0 0 0 3
ULTRAPASSAR VEÍCULOS M OTORIZADOS EM FILA, PARADOS EM RAZÃO DE SINAL LUM INOSO 1 1 1 0 0 0 0 3
TRANSITAR COM VEÍCULO LANÇANDO A CARGA QUE ESTEJA TRANSPORTANDO 1 2 0 0 0 0 0 3
TRANSITAR EFETUANDO TRANSPORTE REM UNERADO DE BENS QDO NÃO LICENCIADO P/ ESSE FIM 3 0 0 0 0 0 0 3
UTILIZAR A VIA PARA DEPÓSITO DE M ERCADORIAS, M ATERIAIS OU EQUIPAM ENTOS 0 0 0 1 0 0 1 2
CONDUZIR O VEICULO SEM CNH OU SEM PERM ISSAO PARA DIRIGIR 0 0 0 1 1 1 0 3
DEIXAR DE REDUZIR VELOC ONDE HAJA INTENSA M OVIM ENTAÇÃO DE PEDESTRES 0 0 1 0 1 1 0 3
DEIXAR DE REDUZIR VELOC AO APROXIM AR LOCAL SINALIZ ADVERT DE OBRAS/TRABALHADORES 1 0 0 1 0 0 0 2
DEIXAR DE REDUZIR VELOC QDO PAVIM ENTO SE APRESENTAR ESCORREG/DEFEITUOSO/AVARIADO 0 0 2 0 0 0 0 2
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
TRANSITAR EM LOCAL/HORÁRIO NÃO PERM ITIDO PELA REGULAM ENTAÇÃO -RODÍZIO 0 0 2 0 0 0 0 2
CONDUZIR ANIM AIS NAS PARTES EXTERNAS DO VEÍCULO 1 0 1 0 0 0 0 2
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR TRANSPORTANDO CARGA INCOM PATÍVEL 1 0 1 0 0 1 0 3
DEIXAR DE SINALIZAR VIA P/ TORNAR VISÍVEL LOCAL QDO TIVER REM OVER VEÍC DA PISTA 0 1 1 0 0 0 0 2
CONDUZIR CICLO SEM SEGURAR O GUIDOM COM AM BAS AS M ÃOS 0 0 0 0 0 1 1 2
DEIXAR DE REDUZIR A VELOCIDADE NAS PROXIM IDADES DE ESCOLAS 0 0 0 0 0 0 1 1
TRANSITAR COM AUTORIZAÇÃO VENCIDA, EXPEDIDA P/ VEÍCULO C/ DIM ENSÕES EXCEDENTES 0 0 0 0 0 0 1 1
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO VEÍCULO PARADO EM FILA JUNTO A CANCELA/PORTEIRA 0 0 0 0 0 0 1 1
CONDUZIR VEICULO S/DOCUM ENTOS DE PORTE OBRIGATORIOS 0 0 0 0 1 0 0 1
DEIXAR DE M ANTER ACESAS À NOITE AS LUZES POSIÇÃO QDO O VEÍCULO ESTIVER PARADO 0 0 0 0 1 0 0 1
DEIXAR O COND ENVOLVIDO EM ACID, DE IDENTIFICAR-SE POLICIAL E PRESTAR INF P/O BO 0 0 0 0 1 0 0 1
ULTRAPASSAR EM PASSAGEM DE NÍVEL 0 0 0 0 1 0 0 1
BUZINAR EM LOCAIS E HORARIOS PROIBIDOS PELA SINALIZACAO 0 0 0 1 0 0 0 1
CONDUZIR O VEÍCULO COM QUALQUER UM A DAS PLACAS SEM LEGIBILIDADE E VISIBILIDADE 0 0 0 1 0 0 0 1
CONDUZIR O VEÍCULO REGISTRADO QUE NÃO ESTEJA DEVIDAM ENTE LICENCIADO 0 0 0 1 0 1 0 2
CONDUZIR O VEÍCULO SEM PORTAR A AUTORIZAÇÃO PARA CONDUÇÃO DE ESCOLARES 0 0 0 1 0 0 0 1
DEIXAR DE CONSERVAR NAS FAIXAS DA DIREITA O VEÍCULO LENTO E DE M AIOR PORTE 0 0 0 1 0 0 0 1
ESTACIONAR ACLIVE/DECLIVE Ñ FREADO E SEM CALÇO SEGURANÇA, PBT SUPERIOR A 3500KG 0 0 0 1 0 0 0 1
FAZER USO DO FACHO DE LUZ ALTA DOS FARÓIS EM VIAS PROVIDAS DE ILUM INAÇÃO PÚBLICA 0 0 0 1 0 0 0 1
PARAR NOS CANTEIROS CENTRAIS / DIVISORES DE PISTA DE ROLAM ENTO 0 0 0 1 0 0 0 1
ULTRAPASSAR EM INTERSEÇÕES 0 0 0 1 0 0 0 1
BUZINAR ENTRE AS 22:00 E 06:00 HORAS 0 0 1 0 0 0 0 1
CONDUZIR CICLO TRANSPORTANDO CRIANÇA S/ CONDIÇÃO DE CUIDAR PRÓPRIA SEGURANÇA 0 0 1 0 0 0 0 1
DEIXAR DE GUARDAR A DISTÂNCIA LATERAL DE 1,50M AO PASSAR/ULTRAPASSAR BICICLETA 0 0 1 0 0 0 0 1
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO PASSANDO POR CIM A DE AJARDINAM ENTO 0 0 1 0 0 0 0 1
PARAR AFASTADO DA GUIA DA CALÇADA (M EIO-FIO) DE 50CM A 1M 0 0 1 0 0 0 0 1
RETIRAR DO LOCAL VEÍCULO LEGALM ENTE RETIDO PARA REGULARIZAÇÃO, SEM PERM ISSÃO 0 0 1 0 0 0 0 1
TRANSITAR COM VEÍC DERRAM ANDO/LANÇANDO COM BUSTÍVEL/LUBRIF QUE ESTEJA UTILIZANDO 0 0 1 0 0 0 0 1
CONDUZIR M OTOCICLETA, M OTONETA E CICLOM OTOR REBOCANDO OUTRO VEÍCULO 0 1 0 0 0 0 0 1
ENTRAR/SAIR ÁREA LINDEIRA SEM PRECAUÇÃO COM A SEGURANÇA DE PEDESTRES E VEÍCULOS 0 1 0 0 0 0 0 1
ULTRAPASSAR PELA CONTRAM ÃO NOS ACLIVES OU DECLIVES, SEM VISIBILIDADE SUFICIENTE 0 1 0 0 0 0 0 1
CONFEC/DISTRIBUIR/COLOCAR VEÍC PRÓPRIO/TERCEIRO PLACA IDENTIF DESACORDO CONTRAN 1 0 0 0 0 0 0 1
DEIXAR DE DAR PASSAGEM A AM BULÂNCIA EM SERVIÇO DE URGÊNCIA DEVID IDENTIFICADA 1 0 0 0 0 0 0 1
DEIXAR DE DAR PREFERÊNCIA EM INTERSEÇÃO Ñ SINALIZ, VEÍC CIRCULANDO POR ROTATÓRIA 1 0 0 0 0 0 0 1
DEIXAR DE PARAR NO ACOSTAM ENTO À DIREITA, P/ CRUZAR PISTA OU ENTRAR À ESQUERDA 1 0 0 0 0 0 0 1
Total por
INFRAÇÃO 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
infração
DEIXAR DE REDUZIR A VELOC QDO SE APROXIM AR DE PASSEATA/AGLOM ERAÇÃO/DESFILE/ETC 1 0 0 0 0 1 0 2
DEIXAR DE REDUZIR A VELOCIDADE NAS PROXIM IDADES DE HOSPITAIS 1 0 0 0 0 0 0 1
DEIXAR DE REDUZIR A VELOCIDADE NOS TRECHOS EM CURVA DE PEQUENO RAIO 1 0 0 0 0 0 0 1
EM M OV DEIXAR DE M ANTER ACESAS LUZES DE POSIÇÃO SOB CHUVA FORTE/NEBLINA/CERRAÇÃO 1 0 0 0 0 0 0 1
ESTACIONAR NOS TÚNEIS 1 0 0 0 0 0 0 1
ESTACIONAR NOS VIADUTOS 1 0 0 0 0 0 0 1
EXECUTAR OPERAÇÃO DE RETORNO NOS ACLIVES OU DECLIVES 1 0 0 0 0 0 0 1
PARAR NOS VIADUTOS 1 0 0 0 0 0 0 1
PARAR SOBRE FAIXA DE PEDESTRES NA M UDANÇA DE SINAL LUM INOSO (FISC ELETRÔNICA) 1 0 0 0 0 0 0 1
TRANSITAR COM VEÍCULO PRODUZINDO FUM AÇA, GASES OU PARTÍCULAS EM DESAC C/ CONTRAN 1 0 0 0 0 0 0 1
Total por ano 28306 74476 67831 49423 21470 32205 31424 192404

237 CASCATINHA
Área mais Eixo mais Prazo Responsável pelo
Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio
impactante impactante Esperado Monitoramento
Fiscalização Mobilidade Reforçar o efetivo de agentes de trânsito da CPTrans Médio Média Alta A iniciar CPTrans CPTrans
Fiscalização Mobilidade Reforçar o efetivo de trânsito da GCM Médio Média Alta A iniciar CPTrans Público
Fiscalização Mobilidade Firmar convenio com as instituições parceiras Curto Média Baixa A iniciar CPTrans Público
Fiscalização Mobilidade Apresentar projeto para criação de fundo de mobilidade urbana Curto Baixa Média A iniciar CPTrans CPTrans
Avaliar resultados administrativos e financeiros para emissão direta e indireta de notificações,
Fiscalização Mobilidade Curto Média Média A iniciar CPTrans CPTrans
escolhendo a melhor alternativa para o município
Utilizar sistema de equipamentos eletrônicos para fiscalização, incluindo dispositivos móveis
Fiscalização Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans CPTrans
variados, como palm tops, smart phones e similares
Fiscalização Mobilidade Utilizar sistema de equipamentos eletrônicos para fiscalização, incluindo radares e similares Médio Média Média A iniciar CPTrans CPTrans
Utilizar sistema de equipamentos eletrônicos para fiscalização, incluindo câmeras de
Fiscalização Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans CPTrans
monitoramento

238 CENTRO
ESTACIONAMENTO



239 CENTRO






LISTAGEM DE VAGAS ESTACIONAMENTO ROTATIVO PÚBLICO
Qtde. Vagas Qtde. Vagas Classificação
Bairros Logradouros
Integrais Compensadas Setor
Rua Marechal Floriano Peixoto 34 27 Azul
Área do Bosque 18 18 Azul
Rua da Imperatriz 15 8 Azul
Avenida Tiradentes 54 53 Azul
Rua Raul de Leoni 17 17 Azul
Rua São Pedro de Alcântara - Catedral 73 71 Azul
Praça Princesa Isabel 13 13 Azul
Rua Irmãos D' Angelo 30 25 Azul
Praça Dom Pedro II 4 1 Azul
Rua Oscar Weinschenck 5 5 Azul
Rua Doutor Moreira da Fonseca 8 3 Azul
Praça Visconde de Mauá - Câmara Municipal 75 49 Azul
Rua Professor Pinto Ferreira 18 18 Azul
Rua Dr. Nelson de Sá Earp 32 28 Azul
Rua Engenheiro Miguel Detsi 46 43 Branca
Rua Roberto da Silveira 39 39 Azul
Rua Barão do Amazonas 38 38 Azul
Rua Sete de Abril 16 16 Azul
Rua Montecaseros 16 16 Azul
Centro Rua Padre Siqueira 27 27 Azul
Rua Alfredo Pachá 27 27 Azul
Rua General Osório 29 21 Azul
Rua Aureliano Coutinho 19 19 Azul
Rua Marechal Deodoro 16 6 Azul
Rua Visconde Souza Franco 57 45 Branca
Rua Teresa (até o cruz. C/ Padre Feijó) 217 212 Azul
Rua Visconde do Bom Retiro 11 10 Azul
Rua Benjamin Constant 11 9 Branca
Rua Buenos Aires 78 78 Branca
Rua Paulo Barbosa 19 17 Azul
Avenida Koeler 83 40 Azul
Avenida Presidente Kennedy 119 119 Branca
Rua Frei Rogério 41 41 Branca
Rua Treze de Maio 13 13 Azul
Praça Ruy Barbosa 12 12 Azul
Estacionamento fechado R. Imperador 43 43 Vermelha
Rua do Imperador 4 2 Azul
Rua Paulino Afonso 21 21 Branca
Rua Francisco Manoel 55 54 Branca
Rua Teresa - após o Hipershopping 56 56 Branca
Serra
Rua Alynthor Werneck 31 31 Branca
Alto da
Rua Chile 23 23 Branca
Rua Gonçalves Dias 34 34 Branca
Rua João D' Escragnolle 20 20 Branca
Valparaíso
Rua Visconde do Uruguai 45 44 Branca
Rua Coronel Land 15 15 Branca
Rua Dr. Paulo Hervê 75 69 Branca
Bingen Av. Min. Lucio Meira 17 14 Branca
Rua Galdino Pimentel 12 12 Branca 240 ITAIPAVA
Rua Vigário Correa 22 20 Branca
Corrêas
Praça Luis Furtado da Rosa 23 23 Branca
* Quantitativo total de vagas considerando um peso pelas vagas que são utlizadas
apenas parcialmente durante a semana (por exemplo, as vagas de rotativo conjugadas com
carga e descarga comercial, tem peso = 0,5, pois só funcionam 6 horas por dia).
Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
estacionamento em áreas residenciais no centro, com tratamento diferenciado para
75 Estacionamento Circulação Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
moradores
Desenvolver portaria conjunta específica para regulamentar processo de utilização das vias
77 Estacionamento Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
públicas por comerciantes.
integrar controladores de estacionamento a outras funções relevantes além da emissão de
bilhetes, como dar informações turísticas e úteis de forma geral, como localização de
equipamentos urbanos de saúde, e até mesmo conhecer e receber treinamento para saber
78 Estacionamento Participação Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
como agirem no caso de presença de emergência ou emergência agravada, acionando os
órgãos responsáveis com mais velocidade e mais informações que um cidadão não preparado
para este objetivo.
Estabelecer parâmetros de estacionamento que possam funcionar de diferentes formas em
88 Estacionamento Circulação diferentes momentos do dia. Ex.; Estabelecer horários para estacionamento na rua 13 de maio, Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
e proibir a parada durante horário de pico, permitindo a criação de faixa adicional.
114 Estacionamento Mobilidade Realizar PMI para avaliar soluções de estacionamento na área do Bonfim no Verão. Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Desenvolver forma de pagamento antecipado programado, para pessoas que utilizam vagas a
177 Estacionamento Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
noite e não desejam utilizar o sistema pela manhã













Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Transporte Estabelecer análises e ações para avaliação do sistema de transporte intermunicipal quando
39 Participação Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Intermunicipal integrado ao atual sistema da região metropolitana.
Transporte Realizar análise da atual portaria de fretamento junto com o setor, afim de entender as
40 Mobilidade Curto Alta Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Intermunicipal dificuldades para sua adesão e flexibilizando a portaria caso justificado.
Elaborar resolução que preveja rigor maior para fiscalização de empresas que, sem justificativas
Transporte
41 Mobilidade válidas, optem pela não regularização, inclusive multas a pessoa jurídica e aos veículos Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Intermunicipal
utilizados.
Transporte Estabelecer novo marco regulatório municipal para o setor, que atenda as demais ação deste
42 Mobilidade Curto Alta Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Intermunicipal modal aqui descritas.
Avaliar as diretrizes metropolitanas e interestaduais, assim como nossas operadoras
Transporte
44 Acessibilidade intermunicipais, no tocante a acessibilidade e sustentabilidade, e ajustando caso haja Médio Baixa Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Intermunicipal
disparidade entre as diretrizes municipais e as demais.

241 ALTO DA SEERRA


SUSTENTABILIDADE


242 REUSO DE ÁGUA
FONTE: SETRANSPETRO




243 CENTRO

Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Educação para o Inserir tópicos específicos de Sustentabilidade nas campanhas de conscientização promovidas
30 Sustentabilidade Curto Média Baixa A iniciar CPTrans CPTrans Inicial Inicial
trânsito na cidade
Tecnologia e
89 Sustentabilidade buscar parcerias para veículos elétricos compartilhados Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
90 Transporte Ativo Sustentabilidade buscar parcerias para sistema de bicicletas compartilhadas, com ou sem estações. Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Incluir no manual de frota expectativa para aquisição de ônibus elétrico para estudo dos
91 STPP Sustentabilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
resultados obtidos com ele na cidade
95 Transporte Ativo Sustentabilidade Elaborar o plano Cicloviário Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Educação para o Estabelecer campanhas educativas, integradas as demais, especialmente voltadas ao
96 Sustentabilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
trânsito transporte ativo
implantar as ciclorotas sinalizadas pela área de zona 30 da cidade, integrando os modais e
97 Transporte Ativo Sustentabilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
evitando a disputa por espaço especifico.
TECNOLOGIA
ARQUITETURA DE ITS E SUAS 12 ÁREAS DE APLICAÇÃO
FONTE:USP
244 FLUXOGRAMA BÁSICO DOS SERVIÇOS DE ITS
ANTP – Série Cadernos Técnicos Volume 8 (2012)

245 CENTRO INTEGRADO DE OPERAÇÕES DE PETRÓPOLIS (2018)



246 CENTRO INTEGRADO DE OPERAÇÕES DE PETRÓPOLIS (2018)
247 MODELO DE LEITOR PARA BILHETAGEM ELETRÔNICA, COM CÂMERA PARA FUNÇÃO DE
BIOMETRIA.

FONTE: FETRANSPOR (2016)


248 PÁGINA DE INTERNET DO APLICATIVO “VÁ DE ÔNIBUS”, MOSTRANDO UMA FUNÇÃO DE PESQUISA DE ITINERÁRIO EM PETRÓPOLIS-RJ
FONTE: WWW.VADEONIBUS.COM.BR
249 EXEMPLO DE CENTRAL SEMAFÓRICA
FONTE WWW.NEWSTEC.COM.BR
Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Tecnologia e
89 Sustentabilidade buscar parcerias para veículos elétricos compartilhados Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
Tecnologia e
140 Mobilidade Implantar instrumentos para deficientes visuais em travessias metaforizadas Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
Tecnologia e Estimular a utilização de tecnologias, e buscar integrar as informações da agenda pública e
156 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação demais eventos à tecnologia do WAZE e similares, como Moovit.
Tecnologia e
157 Mobilidade Cadastrar e integrar os serviços de transporte publico ao Google Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
Fomentar desenvolvimento de app's que integrem turismo e mobilidade, por exemplo criando
Tecnologia e
158 Mobilidade notificações de informação virtual em circuitos feitos a pé, orientados por smartphone em Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
multilinguagem.
Tecnologia e Transformar os pontos de ônibus em pontos e informação sobre o sistema de transporte da
159 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação cidade, incluindo dispositivos que busquem acessibilidade para a informação.
Tecnologia e Disponibilizar informação de GPS e Transporte em API's que permitam desenvolvimento de
160 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação tecnologia pelo usuário final.
Modernizar o sistema semafórico a partir da utilização de semáforos com sensores de pista e
Tecnologia e
168 Mobilidade câmeras, podendo regular a si mesmos a partir destes sensores, e também disponibilizar Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
controle e monitoramento remoto dos semáforos pelo CIOP.
Estabelecer politica tarifária que maximize a utilização de dispositivos eletrônicos que permitem
Tecnologia e
171 Mobilidade maior capacidade analítica para determinar oferta/demanda e origem/destino, assim como Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação
aumenta a velocidade de embarque dos passageiros.
Tecnologia e Implantar medidas de compras de passagem temporal, diária, semanal, quinzenal, por
173 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Informação exemplo, com valores diferenciados.
TRANSPORTE ATIVO
250 COMPARAÇÃO DE ESPAÇO UTILIZADO POR ÔNIBUS, BICICLETAS E AUTOMÓVEIS E SEUS RESPECTIVOS CONDUTORES
FONTE: ADAPTADO DE CARTILHA DO CICLISTAS – MINISTÉRIO DAS CIDADES.
251 CICLOFAIXA AV. BARÃO DO RIO BRANCO
253 CICLOFAIXA OCUPADA POR VEÍCULOS

252 CICLOFAIXA NA AV. BARÃO DO RIO BRANCO –


255 PARQUE FLUVIAL DO RIO PIABANHA – PLANTA BAIXA - TRECHO INICIAL - RETIRO

254 PARQUE FLUVIAL DO RIO PIABANHA – PLANTA BAIXA - TRECHO INICIAL – RETIRO
FONTE: PMP / INEA (2012)
256 PARQUE FLUVIAL DO RIO PIABANHA – PLANO GERAL - TRECHO PRÓXIMO À PRAÇA DE CORRÊAS
FONTE: PMP / INEA (2012)
257 TRECHO DA CICLOVIA PROJETADA PARA GEN. RONDON - PAC II

258 PARQUE FLUVIAL DO RIO PIABANHA – SEÇÃO TÍPICA


FONTE: PMP / INEA (2012)

259 TRECHO DA CICLOVIA PROJETADA PARA GEN. RONDON - PAC II


261 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – PLANO GERAL – PARTE 2 –RUA ARNALDO DE
AZEVEDO, RUA PREF. JOÃO CALDARA E RUA VISCONDE DE SOUZA FRANCO.
FONTE: PMP / THEOPRATIQUE (2014)

260 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – PLANO GERAL – PARTE 1 – RUA TERESA / RUA PADRE
FEIJÓ E RUA ARNALDO DE AZEVEDO
FONTE: PMP / THEOPRATIQUE (2014)
264 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – SEÇÃO TÍPICA - RUA TERESA, TRECHO PRÓXIMO AO
POSTO DE SAÚDE.

263 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – SEÇÃO TÍPICA - RUA TERESA, TRECHO PRÓXIMO AO 262 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – SEÇÃO TÍPICA - RUA ARNALDO DE AZEVEDO, TRECHO
HIPERSHOPPING INICIAL PRÓXIMO AO CRUZAMENTO COM A RUA PADRE FEIJÓ
266 CICLOVIA DO RETIRO – TRECHO INICIAL

265 CICLOVIA DO ALTO DA SERRA – SEÇÃO TÍPICA - RUA PREFEITO JOÃO CALDARA
(ANTIGA LINHA FÉRREA)

267 CICLOVIA DO RETIRO – TRECHO FINAL


268 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 2

269 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 1

270 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 3


271 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 5

272 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 4


273 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIA 6

274 CICLOVIA DO RETIRO – TIPOLOGIAS 8 E 9


276 CICLOVIA DO BINGEN – TRECHO INTERMEDIÁRIO, NO INÍCIO DA RUA DOUTOR PAULO HERVÊ.

275–CTICLOVIA
277 CICLOVIA DO BINGEN DO RETIRO
RECHO INICIAL – TIPOLOGIA
, PRÓXIMO 7
AO TERMINAL LEONEL BRIZOLA
279 CICLOVIA DO BINGEN – TRECHO INTERMEDIÁRIO, NO CRUZAMENTO DA RUA
MONTECASEROS COM A AV.PRES. KENNEDY

278 CICLOVIA DO BINGEN – TRECHO INTERMEDIÁRIO, PRÓXIMO AO HOSPITAL SANTA TERESA -


ÁREA INTERMODAL
282 CICLOVIA DO BINGEN – TIPOLOGIA 1 281 CICLOVIA DO BINGEN – TIPOLOGIA 3

280 CICLOVIA DO BINGEN – TIPOLOGIA 2


283 CICLOVIA DO BINGEN – TIPOLOGIA 4
284 CICLORROTAS – TIPOLOGIA 1


285 CICLORROTAS – TIPOLOGIA 2




286 EXEMPLO DE PASSEIO COMPARTILHADO EM CURITIBA



Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
50 Transporte Ativo Mobilidade Ciclovia - Barão do Rio Branco Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
51 Transporte Ativo Mobilidade Ciclovia - Bingen x Retiro (Exceto Barão do Rio Branco) Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
52 Transporte Ativo Mobilidade Ciclovia - Alto da Serra x Centro Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
90 Transporte Ativo Sustentabilidade buscar parcerias para sistema de bicicletas compartilhadas, com ou sem estações. Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
95 Transporte Ativo Sustentabilidade Elaborar o plano Cicloviário Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
implantar as ciclorotas sinalizadas pela área de zona 30 da cidade, integrando os modais e
97 Transporte Ativo Sustentabilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
evitando a disputa por espaço especifico.
Implantar integração entre bicicletas e ônibus, incluindo bicicletários e estrutura para parada e
172 Transporte Ativo Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
embarque nos coletivos.
ESCOLAR





 
287 FISCALIZAÇÃO ESCOLAR 

Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
98 Transporte Escolar Mobilidade Revisar portaria de transporte escolar privado, integrando as sugestões do PlanMob na revisão Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
99 Transporte Escolar Mobilidade Criar parceria com Sebrae para aumentar o profissionalizar do setor de transporte escolar Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Estabelecer novo cadastro para transporte escolar, incluindo itinerário dos autorizados e
134 Transporte Escolar Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
informações dos auxiliares
Fomentar a existência de transporte escolar especialmente preparado para atender demandas
135 Transporte Escolar Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
de acessibilidade
CARGAS












288 CENTRO


289 CENTRO
290 SUPERCARGA 2017

291 SUPERCARGA 2017




292 CASCATINHA




Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Transporte de
66 Mobilidade terminal de cargas - Avaliar implantação Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas
Transporte de
100 Mobilidade Atualizar projeto de Cargas do Município - conforme instruções do PlanMob na seção especifica Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas
Transporte de
101 Mobilidade Estabelecer plano de circulação para transporte de cargas Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas
Transporte de Desenvolver marco regulatório para o setor de cargas, orientando e instruindo o modal a
102 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas manter bons resultados e ainda assim respeitar a fluidez do tráfego.
Transporte de Estabelecer características construtivas de postes e sinalização aérea, assim como elementos
103 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas fiscalizadores a nível municipal para fiação com altura inferior a 6m.
Transporte de
106 Mobilidade Revisar a portaria de serviços de moto frete, atendo-se a lei federal. Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas
Transporte de Realizar ação de comunicação para informar aos contratantes e aos prestadores de serviço de
107 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas moto frete sobre as exigências da lei federal
Transporte de Estabelecer instrumento normativo quanto a veículos a frete, incluindo sinalização de vagas e
110 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas espaço utilizado, regras para cadastro, etc.
Transporte de Divulgar o estabelecimento de regulamento para veículos a frete; garantindo tempo de
111 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas adequação caso a caso;
Fomentar desenvolvimento de procedimento e entrega último km, e também a utilização de
Transporte de
163 Mobilidade aplicativos que sinalizem áreas disponíveis para carga e descarga, especialmente na área central Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Cargas
por veículos de carga recorrentes.
SOBRE TRILHOS
294 TRAÇADO MAGLEV

293 PROF. DAVID, COM O MOLDE EM 2009 E O PROTÓTIPO CONSTRUIDO EM 2014


Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Fomentar fornencendo dados e informações os projetos existentes, tanto no goveerno do
60 Sobre Trilhos Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
estado, como na União e na sociedade civil.
Realizar PMI para transporte sobre trilhos, sem qualquer Custo, ônus ou desembolso do
115 Sobre Trilhos Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
município pelos projetos apresentados.
TAXI









Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Desenvolver programa continuo de treinamento para os principais condutores profissionais
144 STIPP Mobilidade vinculados a estrutura pública, sejam motoristas da prefeitura, motoristas de ônibus ou taxi e Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
similares, até mesmo ambulâncias e veículos de emergência.
ÔNIBUS 







295 CASCATINHA

296 BINGEN

INDICES RELATIVOS POR PASSAGEIRO/KM1
MODO Energia2 Poluição3 Custo Total4 Área de via
Ônibus 1 1 1 1
Motocicleta 4,6 32,3 3,9 4,2
Automóvel 12,7 17,0 8 6,4
Fonte: Associação Nacional dos Transportes Públicos - ANTP
1 ocupação de 1 pessoa por moto, 1,3 por automóvel e 50 por ônibus.

2 Base calculada em gramas equivalentes de petróleo (diesel e gasolina).
3 Monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos (HC), óxidos de nitrogênio (NOx) •
e material particulado (MP).

4 Custos totais, fixos e variáveis.



297 CENTRO

































Tarifa Último link link
Cidade Tarifa anterior Var. Observações
atual reajuste 1 2
Além de usar tarifa paramétrica, conta com diversos
Belo Horizonte $4.50 30-12-18 $4.05 10.00%  
modais e valores distintos entre eles
Apresentou alternativas entre vários projetos para a a
Porto Alegre $4.30 13-03-18 $4.05 5.81% população, mostrando quanto cada um impacta na tarifa  
Elaborou sistema simulador tarifário 

Gasta 2, 69 bilhões de reais em subsídios por ano.


São Paulo $4.30 07-01-19 $4.00 6.98%  
Possui diversa formas de pagamento distintas.

Já anunciou que deve ir para R$ 4,50 e não existe


integração temporal. A Tarifa técnica está em R$ 4.79,
sendo esta diferença subsidiada pela cidade, que está
Curitiba $4.25 06-02-17 $3.70 12.94%  
anunciando tarifas metropolitanas. Também trabalhava
com tarifa diferenciada aos domingos, mas findou tal
política recentemente.
Florianópolis $4.18 01-01-19 $3.98 4.78%
Cuiabá $4.10 02-01-19 $3.85 6.10%
Rio de Janeiro $4.05 02-02-19 $3.95 2.47%  

Teresina $3.85 10-01-19 $3.60 6.49% Paga 0,86 centavos de subsidio por viagem 

Também apresentou pagamento por integração, reduziu


Fortaleza $3.60 26-01-19 $3.40 5.56% 
gratuidades e trocadores.

Sem trocadores implantou política tarifária que cobra R$


Maringá $3.90 09-07-18 $3.60 7.69% 
4,50 no dinheiro, e R$ 3,90 no cartão.
298 CENTRO
299 PROJETO GEOMÉTRICO ALTO DA SERRA



300 CENTRO
301 ABRIGO PARA PONTO DE ÖNIBUS
302 ABRIGO PARA PONTO DE ÖNIBUS
303 ABRIGO PARA PONTO DE ÖNIBUS
304 PONTOS DE TRANSFERÊNCIA PAC 2
305 305 PONTOS DE TRANSFERÊNCIA PAC 2
307 PONTOS DE TRANSFERÊNCIA PAC 2

306 CENTRO
308 NOVO TERMINAL CENTRO








309 ALTO DA SERRA


310 ALTO DA SERRA
 311 EXEMPLO DE VEÓCILO EM SANTA CRUZ DO SUL / RS
FONTE: VIA TROLEBUS

312 ÁREA INTERNA PARA BIKE EM BUS


FONTE: NEOBUS


313 CAMPANHA AGASALHO SETRANSPETRO


315 IMAGEM DA CAMPANHA MEU CORPO NÃO É PÚBLICO

314 SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO 2018





317 ÔNIBUS NO NATAL IMPERIAL FONTE: PMP

319 DECORAÇÃO INTERNA PARA DIA DAS CRIANÇAS FONTE: CIDADE DAS HORTÊNSIAS

318 ÔNIBUS E MOTORISTA NO NATAL IMPERIAL FONTE: FETRANSPOR

316 VE'ICULO DECORADO PARA A COPA FONTE: CIDADE DAS HORTÊNSIAS


320 CENTRO
Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação

1 NTU - Requalificar a infra estrutura viária para transporte coletivo, fomentando as faixas
45 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
exclusiva e trechos específicas do transporte coletivo

2 NTU - Requalificar a infra estrutura viária para transporte coletivo, fomentando as faixas
46 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
exclusiva e trechos específicas do transporte coletivo

3 NTU - Buscar novas fontes de custeio da tarifa, considerando desonerações, receitas


47 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
acessórias, realocações orçamentárias, e vinculação de taxas sobre transporte individual

4 NTU - Transformar áreas de transporte publico, como os pontos de parada e até mesmo os
48 STPP Mobilidade veículos em áreas de convívio social, valorizando o passageiro e o modal, inclusive com Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
campanhas para este fim.
5 NTU - Garantir transparência do sistema de transporte, apresentando com periodicidade
49 STPP Mobilidade inferior a anual, mas ainda a ser estipulada por portaria própria, as receitas, custos, demandas Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
e ofertas do sistema de transporte público.

53 STPP Mobilidade Terminal - Centro Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

54 STPP Mobilidade Terminal - Correas Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

55 STPP Mobilidade Terminal - Itaipava Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

56 STPP Mobilidade Terminal - Quitandinha Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

57 STPP Mobilidade Terminal - Gen. Rondon Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

58 STPP Mobilidade Terminal - Bingen Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

59 STPP Mobilidade Terminal - Alto da Serra Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

61 STPP Mobilidade fonte de custeio tarifa - especialmente gratuidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

69 STPP Mobilidade horários de ônibus melhor adaptados para leitura Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

criar novos modelos de pagamento de tarifas de transporte, incluindo passes turísticos e


72 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
diários, e passes baseados em tempos e distâncias, por exemplo.

Realizar contratação de empresas para operação de transporte público de passageiros para


81 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
2025, devido ao fim dos contratos das empresas Cascatinha, Petroita e Cidade das Hortênsias.

Viabilizar a manutenção do terminal Itamaraty para manutenção do sistema otimizado da


82 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
região

83 STPP Mobilidade avaliar processos dos terminais sinart e Itamaraty Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

melhorar informação de horários aos usuários, incluindo mapa de horários por região e por
85 STPP Mobilidade sentido, e não apenas por linha. Incluindo horário no local, e não apenas inicio e fim de Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
viagem. Incluindo range no horário quando for o caso

Incluir no manual de frota expectativa para aquisição de ônibus elétrico para estudo dos
91 STPP Sustentabilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
resultados obtidos com ele na cidade

Adquirir software de monitoramento do STPP que, além de servir de apoio ao CCO CPTrans,
92 STPP Participação que possa manter dados de avaliação do sistema sempre disponíveis à população, Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
aumentando a transparência dada aos processos de mobilidade.

Reorganizar os sistema de transporte coletivo, otimizando-o para gerar mais viagens e maior
117 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
velocidade média em detrimento à duração das viagens.

Elaborar manual com especificações da frota de transporte público, buscando, entre outras
118 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
ações, melhorar o nível de serviço dos elevadores

Analisar dados de renovação de frota considerando km rodados e condições gerais do veículo


119 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
em inspeção

Promover ações de valorização do transporte coletivo aos olhos do público em geral, buscando
120 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
reaver demanda perdida nas últimas décadas

121 STPP Mobilidade implantar sistema de otimização das linhas de transporte público Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

122 STPP Mobilidade implantar faixas exclusivas de transporte público Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

125 STPP Mobilidade Desenvolver simulador tarifário e realizar pesquisa junto à população. Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

126 STPP Mobilidade Instalar abrigos de ônibus conforme projetos conceituais apresentados Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

Estabelecer investimento para construção de abrigos de ônibus em pontos finais, com


127 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
banheiros custeados pela cessão do espaço para comercio ou similares.

138 STPP Mobilidade Adequar a acessibilidade dos terminais Correas e Itaipava Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

139 STPP Mobilidade Desenvolver forma de comunicação para utilização em abrigos de ônibus Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial

Buscar viabilizar subsídios e desonerações que vão de encontro às necessidades de politicas


155 STPP Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
tarifárias que reduzam seu custo ao usuário pagante final.
TURISMO




322 BAUERNFEST FONTE: PMP

 

321 BAUERNFEST FONTE: PMP




324 ALTERAÇÕES VIÁRIAS NA BAUERNFEST FONTE: TRIBUNA DE PETRÓPOLIS

323 DESFILE DA BAUERNFEST 2018 FONTE: DIVULGAÇÃO/EDGAR PUJOL/PREFEITURA DE


PETRÓPOLIS


325 MOÇÃO AOS AGENTES DA BAUERNFEST 2018
327 CENTRO
326 REUNIÃO DAS FORÇAS DE SEGURANÇA PARA BAUERNFEST 2018
328 MAPA TURÍSTICO COM PONTOS DE REUNIÃO BAUERNFEST 2018
330 NATAL IMPERIAL FONTE: PMP 329 TÚNEL DE LUZ - R. 16 DE MARÇO
332 PLANO A-B-C DO SHOW NO NATAL IMPERIAL
331 DESFILE NATAL IMPERIAL 2018 FONTEÇ PMP




333 SHOW DNSA EXPO


FONTE: @ FACEBOOK.COM/EXPOSIÇÀOAGROPECUARIAPETROPOLIS


335 SERRA SERTA FONTE: DIVULGAÇÃO

334 BUNKA - SAI FONTE: PMP



337 LOGO DO EVENTO
FONTE: SITE DO AGROSERRA










336 FEIRA DEGUSTE FONTE: @ FEIRA DEGUSTE NO FACEBOOK










338 SERRA BUGS NO PARQUE DE ITAIPAVA 2017 •


FONTE: SERRA BUGS AIR COLLED @ FACEBOOK








339 POÇO DO PARNASO FONTE: TRIPADVISOR




341 POÇO DA ROCINHA - SECRETÁRIO FONTE: ACONTECE EM PETRÓPOLIS 340 PEDRO DO RIO
342 AGENTE ATUANDO DEVIDO AO RETORNO ÀS AULAS FONTE: PMP 
   


343 ETAPA ESTADUAL DE ESGRIMA - PETRÓPOLIS FONTE: PMP



344 CIMTB MICHELIN FONTE: THIAGO LEMOS CIMTB MICHELIN



345 CORRIDA NA BARÃO FONTE: PMP

346 CENTRO
347 CORRIDA NA BARÃO FONTE: PMP
 






348 EXEMPLO DE APR DA AUTORIZAÇÀO VINCULADA PARA EVENTOS - CPTRANS
O Presidente da CPTrans - Companhia Petropolitana de Trânsito e Trânsito, o Sr. Mauro Henrique Ribeiro de
Oliveira, no uso de suas atribuições legais e estatutárias que lhe conferem as Leis Municipais nº 4.790/90,
5.331/97, 5.398/98 e 5.971/03, concede esta

AUTORIZAÇÃO VINCULADA PARA EVENTOS


a Luciano Moreira
Para Petrópolis Beer Festival
A ocorrer
na data
31/02/2019
Com
Rua Al fredo Pa chá – Pa l á ci o de Cri s ta l
itinerário

Esta autorização somente é válida caso as seguintes condicionantes sejam totalmente atendidas:
1. Toda a legislação, normas e portarias cabíveis, em âmbito federal, estadual e municipal estão plenamente atendidas.
2. Todos os itens indicados como ações necessárias presentes na APR - Análise Preliminar de Riscos presente no verso desta autorização estão
plenamente realizadas.
3. Está apresentada em conjunto com as autorizações emitidas pela Fundação de Cultura e Turismo vinculada a Prefeitura Municipal de
Petrópolis, autorização da GCM - Guarda Civil Municipal, quando necessário, assim como autorizações de âmbito estadual, quando necessárias,
emitidas pela PMERJ - Polícia Militar do RJ, pelo CBMERJ- Corpo de Bombeiros do RJ, e demais instituições citadas.
4. Está apresentada em conjunto com documento de identidade do organizador, com cartão CNPJ para o caso de pessoa jurídica.
5. Está devidamente assinada pelo Presidente da CPTrans, pela equipe realizadora da APR e pelo próprio organizador.

DECLARAÇÃO DO ORGANIZADOR
Eu, organizador deste evento, declaro automaticamente ao receber este Autorização Vinculada que reconheço a veracidade das
informações apresentadas por mim e que tenho plena ciência do art. 299 do Código Penal Brasileiro, que dispões sobre
omissões e falsas declarações em documentos públicos.
Declaro ainda, para quaisquer fins, de que me comprometo a atender as ações necessárias para a validade desta autorização, e
que buscarei eliminar ou mitigar todo risco ou perigo que possa afetar a vida ou a saúde das pessoas, assim como nosso meio
ambiente e a mobilidade urbana de nossa cidade, sob risco de sanções legais a mim imputáveis.

Organizador

JAIRO DA CUNHA PEREIRA


Diretor Presidente

Rodrigo Sodré de Moura Magalhães Antônio Carlos Corrêa


Chefe da Divisão do Apoio ao Trânsito Gerente de Trânsito
Equipe Elaboradora da APR Revisor da APR
349 CENTRO






350 ÔNIBUS NO PALACIO QUITANDINHA


351 ESTACIONAMENTO NO ENTORNO DO QUITANDINHA FONTE: PMP

352 AV. TIRADENTES RESERVADA PARA TURISMO NA BAUERNFEST 2018


353 ÔNIBUS NA R. TERESA




354 BINGEN
355 CASCATINHA




356 CIRCUITO DE LASER NA BARÃO FONTE: PMP


Eixo mais Prazo Responsável pelo Data de
CD Área mais impactante Ação Prioridade Complexidade Situação Custeio Autor
impactante Esperado Monitoramento Criação
Turismo e Grandes
67 Mobilidade tratamento especifico para atrativos turísticos e equipamentos hoteleiros Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Eventos
Turismo e Grandes Ampliar o circuito de lazer, seja aumentando o atual, seja utilizando outras áreas para este fim,
143 Mobilidade Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Eventos dentro dos limites operacionais disponíveis.
Buscar transferir as atribuições responsabilidades de sinalização turística, dos nomes de rua e de
Turismo e Grandes
166 Mobilidade circuitos a pé, para que sejam obtidos ganhos de escala nesta produção, assim como garantir Médio Média Média A iniciar CPTrans Público Inicial Inicial
Eventos
respeito dos parâmetros construtivos pela sinalização instalada na cidade.
CONTROLE
357 OS OITOS ELEMENTOS DO DOTS
FONTE: WRI
358 CENTRO
359 CENTRO
PRÓXIMOS PASSOS












Nome: Cód.: ICAO:


PETRÓPOLIS/FAZENDA MARAMBAIA SDNM
PETRÓPOLIS/FAZENDA MATA PORCOS SIKS
PETRÓPOLIS/SAMAMBAIA SDNS
PETRÓPOLIS/FAZENDA MÃE D´ÁGUA SJDH
PETRÓPOLIS/FAZENDA SANTA TEREZA SJTQ
PETRÓPOLIS/HOSPITAL SANTA TERESA SIFK
PETRÓPOLIS/VILA REAL SDVD
360 CENTRO

Item Acesso
IBGE - Panorama - Petrópolis 
LEGACY. Data Viva - Petrópolis - 
Data Viva Beta - Petrópolis 
Atlas Brasil - Petrópolis 
Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal - Petrópolis 

Croquis e Projetos
Acessibilidade - Fotomontagem - Alto da Serra - CPTrans - 2018 
Acessibilidade do Projeto Geométrico do Alto da Serra - PMP - 2018 
CD - Programa Pró Centro - 1999 
Croqui Área Quitandinha - Mão Única- CPTrans 
Faixa Exclusiva no Alto da Serra - Geométrico - CPTrans - 2018 
Intervenções Faixa Livre - CPTrans - 2009 
Ligação Bingen Quitandinha Layout 1 - CPTrans - 2009 
Ligação Bingen Quitandinha Layout 2- CPTrans - 2009 
MagLev Cidades Piloto - Eduardo David - 2018 
Maglev Metropolitano - Eduardo David - 2017 
Mapa base ações melhorias no trânsito CENTRO - CPTrans - 2019 
Novo Terminal Centro - CPTrans - 2019 
PAC2 - 1o Distrito - PMP - 2012 
PAC2 - Carta Consulta Distritos - PMP - 2012 
PAC2 - Demais distritos - PMP - 2012 
Croquis e Projetos Mapas Temáticos não georrefenciados
Ponto de Ônibus Adaptação do Centro Histórico-Prancha 01 - Abairramento Informal - PMP 

CPTrans - 2018 Área de Proteção Ambiental - PMP 
Ponto de Ônibus Adaptação do Centro Histórico-Prancha 02 - Áreas de Preservação Ambiental - PMP 

CPTrans - 2018 Áreas tombadas e de entorno dos rios - IPHAN 
Ponto de Ônibus Adaptação do Centro Histórico-Prancha 03 - Áreas tombadas no centro histórico - IPHAN 

CPTrans - 2018 Base Econômica - PMP 
Programa Avançar Cidades - PMP - 2018  Cadastro Vias Município - Rev. 05 10.000 - CPTrans 
Projeto TT Noguita SESC Nogueira - Pastori - 2018  Centros de Referência em Assistência Social - PMP 
Revitalização Paulo Barbosa - PMP - 2018  Dinâmica de Ocupação - PMP 
Rotatória Bramil e entorno 1 - R2 - ZD Arquitetura - 2018  Distribuição de Energia - PMP 
Rotatória Bramil e entorno 2 - R2 - ZD Arquitetura - 2018  Escolas - PMP 
Sumário Executivo Noguita SESC Nogueira - Pastori - 2018  Estações de Tratamento de Efluentes - PMP 
Tipologias para entrada de garagem - CPTrans  Limites das Áreas Integradas de Segurança Pública - ISP 
Vias troncais de transporte público - CPTrans - 2009  Mananciais de Abastecimento - PMP 
VLT Petrópolis Alto da Serra - Flavia Carvalho - 2018  Mapa Físico RJ - GOVRJ 
mapa multimodal RJ - DNIT - 2013 
Mapa Rio Transportes da Região Metropolitana - GOVRJ - 2019 
Mapa RJ - GOVRJ 
Mapa Rodoviário RJ - GOVRJ 
Mapa Viário - GOVRJ 
KML - Mapas geográficos Plano Koeler - Petrópolis - 1846 
Linhas Petrópolis - CPTrans  Postos Policiais - PMP 
Pontos de onibus_Petropolis - CPTrans  Postos de Saúde - PMP 
Sistema Nacional de Vias - DNIT - 2018  Sistema Viário Estruturante - PMP 
Tombamentos - PMP 
Mapas Temáticos não georrefenciados Simulação Alto da Serra 00'48'' 
Vagas Adicionais para ônibus de turismo- Bauernfest 2017 - Simulação Otimização Alto da Serra 02'03'' 

CPTrans - 2017 Simulação Trevo de Bonsucesso 00'49'' 
Vagas de Carga e Descarga - Área central - CPTrans - 2016  Simulação Trevo de Bonsucesso 02'41'' 
video_de_abertura_do_planmob_petropolis_versao_interativa 

Planos e Calendários Municipais Legislação local


Calendário de Eventos Oficiais - 2018  Decreto Municipal 648 - Serviço de Taxi 
Calendário Esportivo - Agita - 2019  Lei Municipal 6386 2006 - Feiras e Eventos 
Diagnóstico inicial do Plano Diretor - PMP - 2013  Lei Municipal 6019 - Legislação do Taxi 
Guia do Investidor - PMP - 2012  Lei Municipal 6090 2003 Transporte público 
Plano Diretor - 2014  Lei Municipal 6387 2006 Gratuidade e bilhetagem eletrônica 
Plano Diretor de Turismo 2010 a 2019 - 2010  Lei Municipal 6919 2011 Aparelhos Sonoros nos Coletivos 
Plano Municipal de Educação - 2015  Lei Municipal 7243 Proibi cobrança pelo motorista 
Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos - 2014  Portaria CPTrans 03 de 2006 - Compensação Tarifária 
Plano Municipal de Redução de Riscos - Defesa Civil  Portaria CPTrans 13 de 2012 - Fretamento 
Plano Municipal de Saneamento Básico - 2014  Portaria CPTrans 24 2018 - Regulamentação Rotativo 
Plano Municipal de Saúde - 2018 a 2021  Portaria CPTrans 24 2018 - Regulamentação Rotativo 

Vídeos Relatórios
Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito - 2016 - Petrópolis - Análise Frota e Taxa de Motorização - CPTrans - 2019 
 Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito - CPTrans - 2016 
Prévia - CPTrans
BR 040 Rio Petrópolis Nova Subida da Serra apresentado em 2013 Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito - CPTrans - 2017 

- CONCER Cadastro de Logradouros Petrópolis - hierarquização 
Construindo hoje o amanhã - Propostas para o transporte público Contagem de Tráfego União e Indústria - DNIT 2018 

no Brasil - NTU Dados_linhas_STPP Petrópolis 2019 
Estacionamento  Anuário Multi Cidades - Finanças nos Municípios do brasil - FNP -

Fichas Técnicas por modal - Resumo para consultas públicas  2017
Levantamento pontos de ônibus - Bairros e Corredores  anuário NTU 2017-2018 - NTU - 2017 
Multas-por-Tipo-Infração - Consolidado desde 2012  Caderno de Referência para Desenvolvimento do Plano de

Pesquisa CPTrans 2017 - Respostas - Sugestões e Reclamações  Mobilidade Urbana - MCidades - 2007
Plano Viário - DNIT - 2010  Caderno de Referência para Desenvolvimento do Plano de

Relatório Mobilidade Urbana COPPETEC Vol I - 2007  Mobilidade Urbana - MCidades - 2015
Relatório Mobilidade Urbana COPPETEC Vol II - 2007  Cadernos Técnicos - Cidades a pé - ANTP - 2015 
Relatório Mobilidade Urbana COPPETEC Vol III - 2007  Cadernos Técnicos - Sistemas de Prioridade ao Ônibus - MCidades e

Relatório Mobilidade Urbana COPPETEC Vol IV - 2007  WRI - 2017
Resultado Contagens - Trevo de Bonsucesso - Rev. 01 - CPTrans  Cadernos Técnicos - Transporte Ativo - MCidades e WRI - 2017 
Sistema viário de Itaipava revisado  Cadernos Técnicos - Veículo Leve sobre Trilhos - MCidades e WRI -

SNV Resumo - DNIT - 2017  2017
Tabela Final dos Hotéis - Turispetro - fevereiro 2019  Cartilha Arla 32 - AEA 
Tabelas Dados Turísticos  Cartilha Lei 12587 M Cidades 2013 
Taxa Média de Ocupação Hoteleira - Observatório do turismo - Construindo hoje o amanhã - NTU - 2019 

2017 CONTRAN - Resoluções mais recorrentes 
Taxa Média de Ocupação Hoteleira -dezembro 2018  Curso Gestão Integrada da Mobilidade Urbana - MCidades - 2006 
TERMO DE REFERÊNCIA_PlanMob - CPTrans - 2014  Custo dos Serviços de Transporte Público por ônibus - instruções

Tratamento de Obras em vias Públicas - CPTrans - 2004  práticas - ANTP - 2017
custos_acidentes_trânsito - IPEA e DENATRAN - 2006 
Diagnóstico Conselho Petrópolis - FIRJAN 
Publicações de Referência
Publicações de Referência
Dimensionamento de Rotundas - Estradas de Portugal 
Abordagem sistêmica da mobilidade urbana - artigo acadêmico -
 Documentos de Referência MP RJ - GATE 
Pluris 2008
DOTS nos Planos Diretores - WRI - 2018 
Análise da capacidade e nível de serviço de rodovias de pista
 Educação para o trânsito - Conjunto para alunos e professores -
simples - Artigo Acadêmico - Demarchi 
DENATRAN
Manual de Resgate de Acidentados - DNER - 2007 
Estratégias de Mobilidade Urbana para Organizações - WRI - 2017 
Manual de Sinalização de obras e emergências - DNER - 1996 
Estudo de viabilidade de PPP BR - 116 - BNDES - 2006  Manual de Sinalização Rodoviária - DNER - 2009 
Estudo de viabilidade de PPP BR - 116 - BNDES  Manual de sinalização rodoviária - DNIT - 2010 
Estudos de Projeção de Tráfego - BR-040 - ANTT - 2008  Manual de Sinalização Rodoviária - Vol. I Projeto - DER SP - 2006 
Estudos Socioeconômicos - Petrópolis - TCE - 2011  Manual de Sinalização Rodoviária - Vol. II Confecção de Sinais - DER

Fontes de Financiamento para planos de Mobilidade Urbana - SP - 2006

Isadora Ruiz - 2015 Manual de Sinalização Rodoviária - Vol. III Obras, Conservação e

Emergências - DER SP - 2006
Guia Básico para gestão Municipal de Trânsito - DENATRAN - 2017 
Manual de Tratamento para Polos Geradores - DENATRAN - 2001 
Guia da Mobilidade e desenvolvimento Inteligente - FETRANSPOR -  Manual do Cálculo Tarifário do Serviço de Taxi de Criciúma -

Guia do Transporte Escolar - MEC  Prefeitura de Criciúma - 2014
Guia Incluindo a Bicicleta nos planos  Manual Estrada Segura - FIBRIA - 2012 
Impacto do PROCONVE 30 anos - IBAMA - 2016  Manual para Elaboração de Estudo - Vol. I - Estudos de Tráfego,

Impactos do Arco Metropolitano- - FIRJAN - 2008  Capacidade e Níveis de Serviço - DER MG
Manual de Custos de Infraestrutura de Transportes - DNIT  Manual para integração dos municípios - MCidades e DENATRAN -

Manual de Elaboração de Projetos Viários para o Município de BH - 2016

Prefeitura de BH - 2011 Manual Sinalização I - Vertical de regulamentação - CONTRAN -

Manual de Especificações de Frota - Curitiba - 2013  2007
Manual de Estudos de Tráfego - DNIT  Manual Sinalização II - Vertical Advertência - CONTRAN - 2007 
Manual de Fiscalização de Frota - ARTESP - 2010  Manual Sinalização III- Vertical Indicação - CONTRAN - 2007 
Manual de Frota de Pelotas - Prefeitura de Pelotas - RS  Publicações de Referência
Publicações de Referência Manual Sinalização III- Vertical Indicação - CONTRAN - 2007 
Manual de Infraestrutura Básica para Garagem - SPTrans - 2012  Manual Sinalização IV - Horizontal - CONTRAN - 2007 
Manual de Pavimentação - DNIT - 2010  Manual Sinalização V - Semáforos - CONTRAN - 2014 
Manual de Placas de Obras - DNIT 
Manual Sinalização VI- Dispositivos Auxiliares - CONTRAN - 2016 
Manual de Projeto Geométrico de Travessias Urbanas - DNIT - 2010 
Manual de projetos e programas para incentivar o uso de bicicletas
 Manual Sinalização VII- Sinalização Temporária - CONTRAN - 2017 
em comunidades -Embarq - 2011
Manual_Traffic_Calming - BHTRANS  Publicações de Referência
Material Termoplástico para sinalização Rodoviária - DNER  Práticas de Estacionamento Belo Horizonte - DDI - 2010 
Mobilidade e política urbana subsídios para uma gestão integrada - Rodovias brasileiras - IPEA - 2012 

MCidades - 2005 Roteiro de Municipalização - DENATRAN - 2017 
Mobilidade e Política Urbana - Gesto Integrada - MCidades - 2005  Saving lives with sustainable transport - WRI 
Mobilidade Urbana- CREA PR - 2011  Segurança viária em sistemas prioritários para ônibus - Embarq 
Mobilidade Urbana para um Brasil urbano - ANTP - 2017  Sete Passos - Como construir um Plano de Mobilidade Urbana - WRI

Municipalização do Trânsito - CNM - 2013  - 2018
norma de rebaixamento de calçada - CET SP - 2003  Sistema Nacional de Trânsito - Roteiro de Municipalização -

O Desenho de Cidades Seguras - WRI  DENATRAN
Passo a Passo Plano de Mobilidade - WRI Brasil 
Sistema Semi-urbano - Manual de Cálculo Tarifário - ANTT - 2007 
Plano de Mobilidade Urbana - GIZ 
Substituição de ônibus por veículos menos poluentes - ANTP - 2016 

TechTrends Report - FTI - 2019 


TomTom Traffic Index - TomTom - 2013 
Vidas em trânsito 2017 - CBMERJ - 2018 
Volume II - Estudos de Segurança de Trânsito - Manual para

Elaboração de Estudos e Projetos - DER
Your guide to becoming a taxi driver - Driver Agency 

Você também pode gostar