Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ

CAMPUS DE ITABIRA
BAC009 – QUÍMICA
Prof. Dr. Edison A. Laurindo

2a LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÍMICA

2.1 – Em um frasco de 250 mL são colocados 100 mL de água e 10 mL de tetracloreto de


carbono (CCl4). Considere que o tetracloreto de carbono é mais denso do que a água e
ambos não se misturam. A seguir, adicionam-se 2 g de cloreto de sódio, e o sistema é
agitado e colocado em repouso para voltar ao equilíbrio. Avalie quantas fases e quantos
componentes há no sistema.
2.2 – Um operário deseja estimar a massa de um lingote de ferro produzido pela
siderúrgica onde trabalha. Sabendo-se que o lingote tem as dimensões de 5 m x 1 m x 40
cm, qual seria a sua massa?
2.3 – Em um início de noite de agosto de 1986, na pequena cidade Nyos, em um vale da
República dos Camarões, aconteceu um acidente ecológico natural. Subitamente, uma
nuvem baixa, formada por uma imensa bolha de um certo gás (300 milhões de metros
cúbicos), vinda do Lago de Nyos (situado no morro acima da cidade), espalhou-se pela
cidade e pelo vale, alterando tragicamente a atmosfera. O gás da nuvem mortífera, por
ser uma vez e meia mais denso que o ar, expulsou o ar da região, matando por asfixia,
em poucos minutos, mais de 1200 pessoas, milhares de vacas e aves, centenas de
cabras e carneiros. Com base na densidade dos gases e do ar, entre as opções abaixo,
qual foi o gás que causou tal acidente?
Gás (0 ºC, 1 atm) Densidade / g cm-3
CO2 1,98
NH3 0,78
O2 1,43
He 0,18
H2 0,09
Ar seco 1,29
2.4 – Um operário recebeu uma amostra na forma de um pó branco, constituída por uma
mistura das substâncias sólidas A e B, que na água comportam-se da seguinte maneira:
Sólido Comportamento em água
Água a 25 ºC Água fervente
A Insolúvel Insolúvel
B Insolúvel Solúvel
Sugira um procedimento experimental para separar os sólidos A e B.
2.5 – Nas Estações de Tratamento de Água (ETAs), entre as várias etapas de purificação
da água, uma consiste em passar a mistura através de um banco de areia. Qual o nome
desse tipo de separação? Quando podemos utilizar esse procedimento?
2.6 – Os gases nitrogênio, oxigênio e argônio, principais componentes do ar, são obtidos
industrialmente por meio da destilação fracionada do ar liquefeito. Por que podemos
utilizar esse método para separar essas substâncias?
2.7 – Dada a seguinte tabela:
Composto PF (1 atm, 0 ºC) PE (1 atm, ºC)
Pentano -130 36,1
Fenol 43 182
Clorofórmio -63 61
Cloro -101 -34,5
A 25 ºC e 1 atm, qual o estado físico dos compostos?
2.8 – Dalton, que elaborou uma teoria atômica em 1803, propôs, entre outras hipóteses,
que: “Os átomos de um determinado elemento são idênticos em massa”. À luz dos
conhecimentos atuais, faça uma crítica à afirmação de Dalton.
2.9 – Por que o modelo de 'pudim de passas' de Thomson teve de ser descartado em prol
de um modelo nuclear, baseado no experimento realizado por Rutherford e seus
colaboradores?
2.10 – Se dois átomos tiverem núcleos iguais, eles serão totalmente idênticos. Em
seguida, diz-se que um mesmo átomo pode estar em um estado normal ou em um estado
excitado. As duas afirmações do texto são coerentes? Explique.
2.11 – No final do século XIX, J. J. Thomson determinou, pela primeira vez, a relação
entre massa e a carga do elétron, o que pode ser considerado a descoberta do elétron.
Que contribuição essa descoberta teve para o entendimento da estrutura atômica?
2.12 – Para interpretar a grande maioria dos processos químicos, é suficiente considerar
o átomo como sendo constituído por apenas três partículas: o próton, o nêutron e o
elétron. Essas três partículas não estão distruibuídas ao acaso; elas interagem entre si, e
essa interação produz um conjunto organizado, o átomo. A respeito do átomo, julgue os
itens em verdadeiro e falso.
(I) Prótons e nêutrons são encontrados no núcleo, que é a parte do átomo com carga
elétrica positiva e que contém praticamente toda a massa do átomo.
(II) Os elétrons, partículas de carga elétrica negativa, distribuem-se em torno do núcleo
em diversos níveis e subníveis energéticos (camadas e subcamdas).
(III) Se o número de elétrons em um átomo for igual ao número de prótons, o átomo será
neutro; se for maior, será um ânion; se for menor, será um cátion.
(IV) O número de prótons de um átomo é denominado número atômico e é representado
pela letra Z.
(V) O núcleo dos átomos será sempre formado por igual número de prótons e nêutrons.
(VI) A soma dos prótons e dos nêutrons de um átomo é conhecida como número de
massa, representada pela letra A.
2.13 – No diagnóstico da septicemia, utilizamos um exame chamado de hemocultura, cujo
resultado é dado em 48 horas. Hoje, com a utilização de computadores e a introdução de
um ativador químico, o resultado pode ser dado em aproximadamente 8 horas, ajudando,
dessa maneira, a salvar muitas vidas. O ativador químico usado nos meios de
hemoculturas é ativado por meio do CO 2, produzido pelas bactérias, que faz com que um
elétron de uma camada interna salta para a camadas mais externas, ficando o elétrons
em uma posição instável. O que acontece quando o elétron volta ao seu estado original?
2.13 – As diferentes cores produzidas por elementos distintos são resultados de
transições eletrônicas. Ao mudar de camadas, em torno do núcleo atômico, os elétrons
emitem energia nos diferentes comprimentos de ondas, as cores. A partir de qual modelo
atômico esse fenômeno pode ser explicado? Justifique.
2.14 – Em um artigo publicado em 1905 sobre o efeito fotoelétrico, temos a primeira
importante aplicação da hipótese de quantum de Planck. Explique, de maneira simples, o
que vem a ser o efeito fotoelétrico.
2.15 – Considere um determinado elemento químico cujo subnível mais energético é o
5s2. Qual o número de elétrons que ele possui e qual o número atômico desse elemento?
2.16 – O argônio é um gás nobre que apresenta número atômico igual a 18. Quantas
camadas eletrônicas ele apresenta e quantos elétrons possui em cada uma dessas
camadas?
2.17 – Avalie se as afirmações abaixo são verdadeiras ou falsas a respeito de um átomo
neutro cuja configuração eletrônica seja 1s2 2s2 2p5 3s1: (I) O átomo encontra-se com a
configuração mais estável; (II) O atomo emite radiação eletromagnética ao passar a 1s2
2s2 2p6 3s0; (III) O átomo deve receber energia para passar a 1s2 2s2 2p6 3s0; (IV) Na
configuração mais estável, o átomo é diamagnético (todos os elétrons estão
emparelhados).
2.18 – (a) Quais as principais partículas subatômicas de um átomo? (b) Qual a carga, em
unidades de carga eletrônica, de cada uma dessas partículas? (c) Qual a partícula mais
pesada?
2.19 – O cálcio é um elemento muito encontrado na forma iônica Ca 2+. Sabendo que
nessa forma ele apresenta 18 elétrons, qual é o número atômico do cálcio?
2.20 – Qual o número de elétrons das espécies abaixo? (a) NH4+; (b) NO3-; (c) SO42-.
Dado: número atômico: N = 7; H = 1; O = 8; S = 16.
2.21 – Quando um átomo neutro de bromo ( 8035Br) recebe um elétron, transforma-se no
íon 8035Br-, que possui, em sua estrutura, qual número de prótons, de nêutrons e de
elétrons?
2.22 – Qual a diferença entre uma propriedade periódica e outra aperiódica? Indique duas
propriedades periódicas e explique como elas variam ao longo de um período da tabela
periódica.
2.23 – Quando Mendeleiev organizou a tabela periódica, a colocação dos elementos
obedecia à ordem crescente de massas atômicas. Atualmente, qual é o critério de
organização dos elementos no sistema periódico?
2.24 – O que são elétrons de valência?
2.25 – Para melhorar a tenacidade, a resistência à corrosão e também a resistência
mecânica, costuma-se colocar vanádio como constituinte do aço. Faça a distribuição
eletrônica do vanádio (Z = 23) e encontre sua posição na tabela periódica.
2.26 – Quantos elétrons estão desemparelhados no estado fundamental de um átomo de
ferro-26?
2.27 – Usando somente a tabela periódica, disponha em ordem crescente de tamanho os
seguintes átomos: (a) P, N e F; (b) K, Be e Li. Justifique sua resposta.
2.28 – (a) Qual das duas espécies possui a maior energia de ionização: potássio (K) ou
iodo (I)? Explique sua resposta. (b) Por que a segunda energia de ionização de qualquer
átomo sempre é maior do que a primeira?
2.29 – Qual espécie é maior em cada um dos seguintes pares? Utilize, para seus
argumentos, a quantidade de elétrons e suas respectivas configurações eletrônicas,
comparadas com a carga de cada núcleo. (a) 11Na e 11Na+; (b) 8O2- e 9F-.
2.30 – O duralumínio é uma liga metálica formada pela mistura de vários metais,
principalmente o alumínio e o cobre. Por ser leve, mas resistente ao desgaste, é usado na
fabricação de peças de bicicleta, carros e aviões. Comente sobre a energia de ionização
e a eletronegatividade desse metais.
2.31 – As espécies representadas abaixo são isoeletrônicas, isto é, possuem a mesma
quantidade de elétrons. Coloque-as em ordem crescente de raios: Ne, F -, Na+, O2-, Mg2+.
2.32 – De acordo com o sistema oso-ico, dê nome para: (a) Fe3+, (b) Fe2+, (c) Cr3+, (d)
Cr2+, (e) Co3+, (f) Co2+, (g) Sn4+, (h) Sn2+, (i) Au3+, (j) Au+. Em seguida, de acordo com o
sistema Stock, dê o nome para os mesmos íons.
2.33 – Diferencie número de oxidação de um elemento de carga de um íon.
2.34 – Escreva a fórmula dos ácidos: (a) clorídrico, cloroso, hipocloroso, clórico e
perclórico; (b) cianídrico, sulfídrico, fluorídrico e iodídrico.
2.35 – Escreva a fórmula das bases: (a) hidróxido de sódio, (b) hidróxido de bário, (c)
hidróxido de alumínio, (d) hidróxido de zinco, (e) hidróxido de ferro II, (f) hidróxido de ferro
III, (g) hidróxido de cobre I e (h) hidróxído de cobre II.
2.36 – Quando o cátion sódio (Na+) forma sais com os seguintes ânions – cloreto, sulfeto,
sulfato, bicarbonato, fosfato, perclorato e nitrato, como fica a fórmula de cada um deles?
2.37 – No processo de produção de sal refinado, a lavagem do sal marinho provoca a
perda do iodo natural, sendo necessário, depois, acrescentá-lo na forma de iodeto de
potássio. Outra perda significativa é a de íons magnésio, presentes no sal marinho na
forma de cloreto de magnésio e sulfato de magnésio. Durante esse processo, é também
adicionado o alvejante carbonato de sódio. Escreva as fórmulas de cada substância
citada no texto.
2.38 – Complete e balanceie as seguintes equações, supondo haver neutralização parcial
do ácido e total da base. Dê o nome dos sais formados: (a) NaOH(aq) + H2CO3(aq) →; (b)
NH4OH(aq) + H2SO4(aq) →
2.39 – A hidroxiapatita, mineral presente em ossos e dentes, é composta por íons cálcio
(Ca2+), íons fosfato (PO43-) e íons hidroxila (OH-). A sua fórmula química pode ser
representada por Cax(PO4)3(OH). Qual é o valor de x nessa fórmula?
2.40 – Utilizando o método adequado, faça o balanceamento das seguintes equações
químicas, e, em seguida, dê o nome de cada um dos elementos e/ou compostos
químicos:
(a) N2(g) + H2(g) → NH3(g)
(b) O2(g) + PCl3(g) → POCl3(g)
(c) P4(s) + N2O(g) → P4O6(s) + N2(g)
(d) Ca3(PO4)2(s) + H3PO4(aq) → Ca(H2PO4)2(aq)
(e) Al(s) + O2(g) → Al2O3(s)
(f) Cr(s) + HNO3(aq) → Cr(NO3)3(aq) + NO(g) + H2O(l)
(g) C2H5OH(l) + K2Cr2O7(aq) + H2SO4(aq) → CH3COOH(aq) + Cr2(SO4)3(aq) + K2SO4(aq) + H2O(l)
(h) NO2(g) + H2O(l) → HNO3(aq) + NO(g)
(i) NH3(aq) + H2O(l) + Al3+(aq) → NH4+(aq) + Al(OH)3(s)
(j) CO32-(aq) + H+(aq) → H2O(l)+ CO2(g)
(k) C2H6(g) + O2(g) → CO2(g) + H2O(l)
(l) KClO3(s) → KCl(s) + O2(g)
(m) Br2(l) + OH-(aq) → Br-(aq) + BrO3-(aq) + H2O(l)
(n) KMnO4(aq) + H2C2O4(s) + HCl(aq) → MnCl2(aq) + CO2(g) + KCl(aq) + H2O(l)
(o) MnO4-(aq) + I-(aq) + H3O+(aq) → Mn2+(aq) + I2(s) + H2O(l)