Você está na página 1de 2

Hematologia.

Prof. Fabio Cachem.

Correlacione:

1- Hemoglobina (g/dL).
2- Macrocitose.
3- Policromatofilia.
4- Drepanócitos ou eritrócitos falciformes.
5- Dacriócitos.
6- Hematócrito (%).
7- RDW (%).
8- Microcitose e hipocromia.
9- Poiquilocitose.
10- Volume corpuscular médio.
11- Concentração de hemoglobina corpuscular média.
12- Estomatócito.
13- Eritroblasto.
14- Pontilhado basofílico.
15- Hematimetria.
16- Eritrograma.
17- Corpos de Howell-Jolly.
18- Esferócitos.
19- Hemograma Completo.
20- Acantócitos.

( 7 ) Valores elevados indicam excessiva heterogeneidade no que se refere a


variação no tamanho das hemácias.
( 10 ) Apresenta-se elevado nas anemias macrocíticas; normal nas anemias
normocíticas; e baixo nas anemias microcíticas.
( 12 ) Está presente nas doenças hepáticas e no sangue periférico de recém natos.
Sua concavidade unilateral é vista como uma fenda alongada.
( 1 ) Quando seus valores estão abaixo do nível de referência, define a presença da
anemia.
( 3 ) Pode apresentar relação com número elevado de reticulócitos. Caracteriza-se
pela presença de eritrócitos acizentados ou azulados.
( 4 ) Decorre da presença de hemoglobina S. Apresenta forma de foice.
( 20 ) Possuem espículas de dimensão e distribuição irregulares.
( 13 ) Célula nucleada, que dá origem as hemácias.
( 15 ) Contagem do número total de eritrócitos por mm3 de sangue.
( 8 ) Diminuição do volume (tamanho) das hemácias, que, nesse caso, também
apresentam-se descoradas quando observadas ao microscópio.
( 17 ) São corpúsculos redondos e pequenos que resultam de fragmentos
cromossômicos.
( 19 ) É o exame laboratorial de rotina para avaliação quantitativa e qualitativa dos
elementos figurados do sangue, no caso, hemácias e leucócitos.
( 16 ) Refere-se as alterações qualitativas e quantitativas em eritrócitos , se
relacionando com a taxa de hemoglobina, hematócrito, índices globulares e
morfologia eritrocitária.
( 18 ) São eritrócitos pequenos (microcíticos), de coloração intensa, tem elasticidade
insuficiente para a passagem pela circulação esplênica.
( 14 ) Quando grosseiro, relaciona-se com possível intoxicação por chumbo, quando
tênue é constantemente visto nos policromatofilias.
( 5 ) São produzidos no baço, principalmente nas mielofibroses. Possuem forma de
lágrima ou gota.
( 9 ) Diz respeito a presença de formas anormais dos eritrócitos, a maioria tem
denominação específicas.
( 11 ) Trata-se da concentração (em peso por volume) da hemoglobina dentro de
cada eritrócito.
( 6 ) É o volume da massa eritróide de uma amostra de sangue expressa em
percentual.
( 2 ) É percebida quando o VCM está aumentado. Representa o aumento de volume
das hemácias.

Você também pode gostar