Você está na página 1de 96

Geração de Energia Elétrica

Eólica

Paulo Andrade Souza


Tópicos
1. Tipos de Aerogeradores
2. Tecnologias
3. Sistemas de Controle
4. Conexão
5. Micrositing
6. Considerações Finais
Energia eólica no Mundo
Energia eólica no Mundo
Energia eólica no Mundo
Energia eólica no Brasil
Energia eólica no Brasil
Tecnologia dos
Aerogeradores
Aerogeradores
• Eixo vertical
– Menor eficiência
– Complexidade operacional
– Poucos fabricantes

• Eixo horizontal
– Maior velocidade de
partida inicial
– Tecnologia comercial
– Melhores aproveitamentos
Tecnologia dos aerogeradores
• Tipos dos
aerogeradores
– Eixo Horizontal
• Uma pá
• Duas pás
• Três pás
• Multipás
Aerogeradores
Aerogeradores

Fonte: HowStuffWorks (2006)


Tecnologia dos aerogeradores

• Componentes do
aerogerador:
– Nacele
– Torre
– Pás
– Cubo
Tecnologia
• Componentes do
aerogerador:
– Pás
• Resinas reforçadas com
fibra de vidro/carbono
– Pode incluir aço na
composição
Tecnologia
• Componentes do
aerogerador:
– Cubo
– Torre
– Caixa mul8plicadora
– Geradores
• CC
• CA – síncrono
• CA – assíncrono
• Imã permanente
• DIFG
Vista Cubo
Tecnologia dos aerogeradores
• Componentes do
aerogerador:
– Nacele
Vista Nascele
Vista GearBox
Aerogerador tipo GIGE
Aerogerador tipo GSRB
Acoplamento Mecânico
Aerogerador tipo DIFG

Fonte: Diagrama de uma turbina DIFG (SINGH, FARIA e SANTOSO, 2009)


Aerogerador Cpo DFIG
Aerogerador Cpo GSIP
Geradores de Imã Permanente
Aerogerador tipo GICP
Aspectos Transitórios
Curto-Circuito
Crowbar
Turbinas mais Vendidas

Empresa País MW negociado % Gerador Elétrico


Vestas Dinamarca 5.647 19,0 DFIG
GE Energy Estados Unidos 5.350 18,0 DFIG
Gamesa Espanha 3.270 11,0 DFIG
Enercon Alemanha 2.675 9,0 EESG
Suzlon Índia 2.080 7,0 DFIG
Siemens Alemanha 2.080 7,0 DFIG
Sinovel China 1.486 5,0 DFIG
Goldwind China 1.189 4,0 PMSG
Acciona WP Espanha 1.189 4,0 DFIG
Nordex Alemanha 1.189 4,0 DFIG
Total 29.724 100
Tecnologia de aerogeradores
Offshore X Onshore
Tecnologia
• Classes de turbinas
– Fatores determinantes (IEC 61400)
• Velocidade média anual
• Turbulência

Fonte: Atlas Eólico da


Bahia (2013)
Tecnologia dos aerogeradores
• Classes de turbinas
– Fatores determinantes (IEC 61400)
• Velocidade média anual
• Turbulência
WTG Class I II III IV
Vave average wind speed at hub-height
10.0 8.5 7.5 6.0
(m/s)

V50 extreme 50-year gust (m/s) 70 59.5 52.5 42.0

I15 characteristic turbulence Class A 18%

I15 characteristic turbulence Class B 16%

α wind shear exponent 0.20


Aerogeradores Instalados
Controle das Pás
CaracterísCcas das Pás
• O comprimento que determina a área varrida pelo
rotor;
• O perfil das pás que é semelhante ao perfil das pás
aeronáuEcas;
• A largura que é determinada pelo comprimento da
corda do perfil (afeta a velocidade de arranque);
• A corda (distância entre os pontos extremos do
perfil);
• O ângulo que forma a corda do perfil e a direção da
corrente de ar.
Movimento das Pás
• A força produzida advém então da diferença de
pressão criada entre o extradorso - região de baixa
pressão e o intradorso - região de alta pressão (parte
inferior da pá).
Rotação Eólica
Rotação Eólica
Exemplo Modelagem
Exemplo Modelagem
Exemplo Modelagem
Sistema de Controle – Exemplo 1
Sistema de Controle – Exemplo 2
Esforços
Evolução
Aerogeradores
• Evolução dos aerogeradores

Fonte: DEWI (2005)


Aerogeradores
• Evolução dos aerogeradores
Aerogeradores

O equipamento Siemens está em


implantação no campo de Osterild na
Dinamarca e cada uma das pás mede 75
metros de comprimento, o rotor de 154
metros produzirá 6 MW.
Altura e Rotor
Offshore
Offshore
Barulho
Conexão
Conexão dos Aerogeradores
Conexão dos Aerogeradores
Conexão dos Aerogeradores
Geração
Conceitos
• Fatores que influenciam o regime dos ventos
– Velocidade
• Altura
– Rugosidade
• Vegetação, relevo, construções

Fonte: Eletrobras (1998)


Recurso eólico
• Energia cinéEca

• Potencia eólica

– Potência mecânica

Fonte: Cresesb
Tecnologia dos aerogeradores

Potência (kW)
Velocidade nominal Velocidade de corte

Potência Nominal - P

Velocidade
Mínima

Conteúdo energético
A partir de 3,5 m/s
Recurso eólico
• Lei da con2nuidade de
fluxo

• Cp: Coeficiente de Betz


– Téorico (59,26%)
– PráEco
• Efeito esteira
• Número de pás e perdas na
ponta associada
• Força de arrasto não nula
• Perfil aerodinâmico das pás

Fonte: Cresesb Fonte: Megajoule


Densidade do Ar
Recurso eólico
• Variação da potência
com a altura

– Vo = velocidade na altura
de referência
– a = coeficiente
caracterís8co do local
(rugosidade)
Rugosidade do Solo
Recurso eólico
Fator K
Weibull
• Como alternaEva surge a distribuição de Weibull que
é biparamétrica exigindo, para sua definição
(parâmetros c e k), o conhecimento da velocidade
média e do desvio padrão. A função densidade de
probabilidade de Weibull é dada por:
Cálculo
Cálculo
1 < K < 3 // K=2
Cálculo
Cálculo
Tecnologia dos aerogeradores
• Curva de potência

• Mecanismos de
controle
– Passo (Pitch)
– Estol (Stall)
Cálculo da Energia

X
Perdas
Fator de Capacidade
Energia
Micrositing
Distância entre Aerogeradores
Incertezas
SoWwares
Rosa dos Ventos

86
Cenários
Exemplo
Exemplo
Vortex
Obrigado!
Paulo Andrade Souza

Você também pode gostar