Você está na página 1de 97

Caderno de

Exercícios
Escrivão da PC/DF
3ª Fase - Intensivo
Sumário

Legislação................................................................................................................................... 3
Lei 8.112/90 ................................................................................................................... 3
Direito Constitucional ................................................................................................................ 6
Direitos Fundamentais .................................................................................................. 6
Direito Penal .............................................................................................................................. 15
Crimes contra a Vida .................................................................................................... 15
Crimes contra a Honra ................................................................................................. 15
Crimes Sexuais ............................................................................................................ 16
Crimes contra a Administração Pública ........................................................................ 16
Direitos Humanos ..................................................................................................................... 25
Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos .............................................. 25
Informática ............................................................................................................................... 27
Segurança da Informação ............................................................................................ 27
Inglês (Língua Inglesa) ............................................................................................................. 37
Português ................................................................................................................................. 45
Sitaxe .......................................................................................................................... 45
Pontuação ................................................................................................................... 51
Concordância Verbal e Nominal ................................................................................. 70
Tipologia Textual ........................................................................................................ 93
Gabarito ................................................................................................................................... 97
Legislação
Lei 8.112/90
Questão 1: CEBRASPE (CESPE) - Escr (PC BA)/PC BA/2013
Assunto: Disposições preliminares e abrangência (Lei 8.112 - arts. 1º a 4º)
No que se refere ao que dispõe a Lei n.º 8.112/1990 e aos princípios que regem a administração
pública, julgue o item subsecutivo.
As empresas públicas são submetidas ao regime jurídico instituído pela Lei n.º 8.112/1990.
Certo
Errado

Questão 2: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Formas de provimento (Lei 8.112 - arts. 5º a 32)
No que concerne ao regime jurídico do servidor público federal, julgue o próximo item.
Anulado o ato de demissão, o servidor estável será reintegrado ao cargo por ele ocupado
anteriormente, exceto se o cargo estiver ocupado, hipótese em que ficará em disponibilidade
até aproveitamento posterior em cargo de atribuições e vencimentos compatíveis.
Certo
Errado

Questão 3: CEBRASPE (CESPE) - PCF/PF/Área 18/2013


Assunto: Formas de provimento (Lei 8.112 - arts. 5º a 32)
Com relação ao direito administrativo, julgue o item a seguir.
A posse de um candidato aprovado em concurso público somente poderá ocorrer
pessoalmente.
Certo
Errado

Questão 4: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Formas de provimento (Lei 8.112 - arts. 5º a 32)
No que se refere a agentes públicos, julgue o item seguinte.
O servidor público estável de autarquia federal que, mediante aprovação em novo concurso
público, ocupe cargo em órgão do Poder Judiciário poderá optar, durante o estágio probatório
no novo cargo, pelo retorno ao cargo anteriormente ocupado.
Certo
Errado

Questão 5: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Remoção, redistribuição e substituição (Lei 8.112 - arts. 36 a 39)
No que se refere a agentes públicos, julgue o item seguinte.
A remoção é uma forma de provimento.
Certo
Errado

Questão 6: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Das licenças, afastamentos e concessões (Lei 8.112 - arts. 81 a 99)
No que concerne ao regime jurídico único dos servidores públicos federais e a ética no serviço
público, julgue o próximo item.
É concedida licença ao servidor por motivo de doença em pessoa da família, desde que
precedida de exame dessa pessoa por médico ou junta médica oficial.
Certo
Errado

Questão 7: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Das licenças, afastamentos e concessões (Lei 8.112 - arts. 81 a 99)
Julgue o item subsecutivo, referentes ao regime jurídico dos funcionários policiais civis da
União e do DF.
Se um indivíduo, admitido por concurso público na carreira de agente da PCDF, requerer, após
um ano de efetivo exercício, licença para tratar de interesses particulares, o requerimento
deverá ser indeferido de imediato, ainda que a concessão da licença não se mostre
inconveniente ao interesse do serviço.
Certo
Errado

Questão 8: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Do regime disciplinar (Lei 8.112 - arts. 116 a 142)
Considerando o disposto no Decreto n.º 7.133/2010 e na Lei n.º 8.112/1990, além da avaliação
de desempenho, julgue o item a seguir.
De acordo com a Lei n.º 8.112/1990, é dever do servidor atender o público em geral com
presteza, fornecendo as informações requeridas, salvo aquelas protegidas por sigilo.
Certo
Errado

Questão 9: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Do regime disciplinar (Lei 8.112 - arts. 116 a 142)
Um PRF, ao desviar de um cachorro que surgiu inesperadamente na pista em que ele trafegava
com a viatura de polícia, colidiu com veículo que trafegava em sentido contrário, o que
ocasionou a morte do condutor desse veículo.
Com base nessa situação hipotética, julgue o item a seguir.
Ainda que seja absolvido por ausência de provas em processo penal, o PRF poderá ser
processado administrativamente por eventual infração disciplinar cometida em razão do
acidente.
Certo
Errado

Questão 10: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Do regime disciplinar (Lei 8.112 - arts. 116 a 142)
No que concerne ao regime jurídico do servidor público federal, julgue o próximo item.
Não é possível a aplicação de penalidade a servidor inativo, ainda que a infração funcional
tenha sido praticada anteriormente à sua aposentadoria.
Certo
Errado

Questão 11: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Do regime disciplinar (Lei 8.112 - arts. 116 a 142)
Acerca do regime jurídico dos servidores públicos, julgue o item subsecutivo.
Caso um servidor ocupante de cargo em comissão seja exonerado desse cargo a pedido,
eventuais denúncias de infrações por ele praticadas deverão ser arquivadas, uma vez que, nessa
hipótese, a aplicação de penalidade não surtirá efeitos na esfera administrativa.
Certo
Errado

Questão 12: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Do processo administrativo disciplinar (Lei 8.112 - arts. 143 a 182)
No que se refere ao que dispõe a Lei n.º 8.112/1990 e aos princípios que regem a administração
pública, julgue o item subsecutivo.
Na composição de comissão de processo disciplinar, é possível a designação de servidores
lotados em unidade da Federação diversa daquela em que atua o servidor investigado.
Certo
Errado

Questão 13: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Do processo administrativo disciplinar (Lei 8.112 - arts. 143 a 182)
Com relação a controle administrativo, julgue o item abaixo.
O recurso administrativo poderá ser apresentado voluntariamente pelo interessado, por meio
de petição escrita, dispensando-se a participação de advogados, salvo no caso de defesa
técnica a ser apresentada em processos administrativos disciplinares.
Certo
Errado

Direito Constitucional
Direitos Fundamentais
Questão 14: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019
Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
À luz da Constituição Federal de 1988, julgue o item que se segue, a respeito de direitos e
garantias fundamentais e da defesa do Estado e das instituições democráticas.
Em caso de iminente perigo público, autoridade pública competente poderá usar a
propriedade particular, desde que assegure a consequente indenização, independentemente
da comprovação da existência de dano, que, nesse caso, é presumido.
Certo
Errado

Questão 15: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
À luz da Constituição Federal de 1988, julgue o item que se segue, a respeito de direitos e
garantias fundamentais e da defesa do Estado e das instituições democráticas.
São constitucionalmente assegurados ao preso o direito à identificação dos agentes estatais
responsáveis pela sua prisão e o direito de permanecer em silêncio.
Certo
Errado

Questão 16: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
A respeito do tratamento constitucional dos tratados internacionais de direitos humanos, julgue
o item que se segue.
Conforme a maneira como são internalizados, os tratados internacionais sobre direitos
humanos podem receber status normativo-hierárquico constitucional ou legal.
Certo
Errado

Questão 17: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
A respeito do tratamento constitucional dos tratados internacionais de direitos humanos, julgue
o item que se segue.
A hierarquia constitucional dos tratados internacionais de direitos humanos depende de sua
aprovação por três quintos dos membros de cada casa do Congresso Nacional.
Certo
Errado

Questão 18: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 2/2018


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
A respeito dos direitos e das garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
Conforme a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, a gravação de conversa telefônica
feita por um dos interlocutores sem o conhecimento do outro não é considerada prova ilícita,
desde que ausente causa legal específica de sigilo.
Certo
Errado

Questão 19: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 2/2018


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
A respeito dos direitos e das garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
De acordo com o entendimento do Supremo Tribunal Federal, a denúncia anônima não pode
ser base exclusiva para a propositura de ação penal e para a instauração de processo
administrativo disciplinar.
Certo
Errado

Questão 20: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Com relação aos direitos e às garantias fundamentais constitucionalmente assegurados, julgue
o item que se segue.
Em regra, indivíduo civilmente identificado não será submetido à identificação criminal.
Certo
Errado

Questão 21: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Um agente da Polícia Federal foi escalado para atuar em operação para cumprimento de
mandado judicial de prisão e de busca e apreensão, durante o dia, de documentos no escritório
profissional do investigado.
A respeito da atuação do agente na situação descrita acima, julgue o item a seguir.
O agente poderá acessar o conteúdo de correspondências encontradas no escritório
profissional do investigado, uma vez que está prevista na CF, de forma expressa, a possibilidade
de violação do sigilo das correspondências quando houver ordem judicial em processo penal.
Certo
Errado

Questão 22: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Um agente da Polícia Federal foi escalado para atuar em operação para cumprimento de
mandado judicial de prisão e de busca e apreensão, durante o dia, de documentos no escritório
profissional do investigado.
A respeito da atuação do agente na situação descrita acima, julgue o item a seguir.
Mesmo que o investigado ofereça resistência à ordem de prisão, não será possível o uso de
algemas para conduzi-lo, uma vez que a CF garante que nenhum cidadão será submetido a
tratamento desumano ou degradante.
Certo
Errado

Questão 23: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Um agente da Polícia Federal foi escalado para atuar em operação para cumprimento de
mandado judicial de prisão e de busca e apreensão, durante o dia, de documentos no escritório
profissional do investigado.
A respeito da atuação do agente na situação descrita acima, julgue o item a seguir.
Mesmo sem o consentimento do proprietário, é permitido ao agente entrar no escritório
profissional onde se encontrem os objetos de busca e apreensão.
Certo
Errado

Questão 24: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Acerca dos direitos e deveres individuais e coletivos previstos na Constituição Federal (CF)
bem como do que dispõe a Constituição do Estado da Bahia, julgue o próximo item.
O crime de racismo é inafiançável, imprescritível e insuscetível de graça ou anistia.
Certo
Errado

Questão 25: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
A previsão constitucional da prática de tortura como crime inafiançável e insuscetível de graça
ou anistia expressa um dever de proteção identificado pelo constituinte e traduz-se em
mandado de criminalização dirigido ao legislador.
Certo
Errado

Questão 26: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
Gravar clandestinamente conversa entre agentes policiais e presos, com o objetivo de obter
confissão de crime, constitui prova ilícita e viola o direito ao silêncio, previsto
constitucionalmente.
Certo
Errado

Questão 27: CEBRASPE (CESPE) - Escr (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
O direito à liberdade de reunião deve ser exercido de forma pacífica e sem armas, sendo
desnecessária autorização ou prévio aviso à autoridade competente.
Certo
Errado

Questão 28: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
O acesso amplo de qualquer advogado aos elementos de prova produzidos por órgão com
competência de polícia judiciária, independentemente da sua transcrição nos autos, é
expressão do direito à ampla defesa, previsto na CF.
Certo
Errado

Questão 29: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
A quebra do sigilo bancário dos indivíduos pode ser decretada por autoridade policial, desde
que autorizada pelo MP, dada a inexistência de proteção constitucional específica acerca do
assunto.
Certo
Errado
Questão 30: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013
Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item subsequente, relativo aos direitos e garantias fundamentais previstos na CF.
No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade
particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.
Certo
Errado

Questão 31: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item subsequente, relativo aos direitos e garantias fundamentais previstos na CF.
Aos que comprovem insuficiência de recursos é assegurada a gratuidade na prestação de
assistência jurídica integral pelo Estado.
Certo
Errado

Questão 32: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item subsequente, relativo aos direitos e garantias fundamentais previstos na CF.
omente aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país é assegurado o direito de petição
em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder.
Certo
Errado

Questão 33: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
À luz da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue, acerca de direitos e
garantias fundamentais.
O direito de petição aos poderes públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou
abuso de poder é assegurado a todos, desde que paga a respectiva taxa.
Certo
Errado

Questão 34: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
À luz da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue, acerca de direitos e
garantias fundamentais.
Uma lei complementar não pode subtrair da instituição do júri a competência para julgamento
dos crimes dolosos contra a vida.
Certo
Errado

Questão 35: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
À luz da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue, acerca de direitos e
garantias fundamentais.
Havendo iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade
particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior se houver dano.
Certo
Errado

Questão 36: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Acerca dos direitos e deveres individuais e coletivos, julgue o item subsequente.
O direito ao silêncio, constitucionalmente assegurado ao preso, estende-se a pessoa
denunciada ou investigada em qualquer processo criminal, em inquérito policial, em processo
administrativo disciplinar e àquela que for convocada a prestar depoimento perante comissão
parlamentar de inquérito.
Certo
Errado

Questão 37: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Acerca dos direitos e deveres individuais e coletivos, julgue o item subsequente.
O exercício do direito à liberdade de reunião em locais abertos ao público, previsto na
Constituição Federal, condiciona-se a dois requisitos expressos: o encontro não pode frustrar
outro anteriormente convocado para o mesmo local e a autoridade competente deve ser
previamente avisada a respeito de sua realização.
Certo
Errado

Questão 38: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item que se segue, acerca do direito constitucional, considerando a Constituição da
República de 1988 (CF).
Considere que uma manifestação pública realizada por determinado grupo religioso tenha
atraído uma multidão hostil e que, quando a polícia foi chamada a intervir, o líder do grupo
tenha chamado os policiais de fascistas, criando uma situação de perigo de pronta e violenta
retaliação por parte dos policiais. Nessa situação, o líder do movimento está amparado pela
garantia constitucional que assegura a liberdade de expressão.
Certo
Errado

Questão 39: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Acerca da Constituição Federal e dos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
No Brasil, a pena é personalíssima, não podendo passar da pessoa do condenado, razão por
que a obrigação de reparar o dano não pode ser estendida aos sucessores do condenado ou
contra eles executada.
Certo
Errado

Questão 40: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Acerca da Constituição Federal e dos direitos e garantias fundamentais, julgue o item a seguir.
O uso de algemas durante audiência de instrução e julgamento pode ser determinado pelo
magistrado quando presentes, de maneira concreta, riscos a segurança do acusado ou das
pessoas ao ato presentes.
Certo
Errado

Questão 41: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos princípios, direitos e garantias fundamentais, estabelecidos na
Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item a seguir.
O direito à não produção de provas contra si decorre do princípio do devido processo legal,
devidamente consagrado no nosso sistema constitucional.
Certo
Errado

Questão 42: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos princípios, direitos e garantias fundamentais, estabelecidos na
Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item a seguir.
Dado o direito à liberdade, um dos direitos fundamentais, a prisão de um indivíduo é medida
excepcional.
Certo
Errado

Questão 43: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos princípios, direitos e garantias fundamentais, estabelecidos na
Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item a seguir.
A lei penal pode retroagir para beneficiar ou prejudicar o réu.
Certo
Errado

Questão 44: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
No que concerne aos princípios, direitos e garantias fundamentais, estabelecidos na
Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item a seguir.
O brasileiro naturalizado poderá ser extraditado em caso de crime comum, ainda que praticado
após a naturalização.
Certo
Errado

Questão 45: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item a seguir, acerca dos direitos sociais.
Os sindicatos têm legitimidade para atuar na defesa dos direitos coletivos dos integrantes da
categoria por eles representada, mas não na defesa dos direitos subjetivos individuais destes.
Certo
Errado

Questão 46: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Julgue o item que se segue, relativo à garantia dos direitos coletivos.
São legitimados para a propositura do mandado de segurança coletivo os partidos políticos
com representação no Congresso Nacional, as entidades de classe, as associações e as
organizações sindicais em funcionamento há pelo menos um ano, na defesa dos interesses
coletivos e dos interesses individuais homogêneos.
Certo
Errado
Questão 47: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011
Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Tendo em vista a disciplina constitucional sobre os direitos à liberdade e à propriedade, julgue
o item.
A propriedade poderá ser desapropriada por necessidade ou utilidade pública, ou por
interesse social, mas sempre mediante justa e prévia indenização em dinheiro.
Certo
Errado

Questão 48: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (art. 5º da CF/1988)
Tendo em vista a disciplina constitucional sobre os direitos à liberdade e à propriedade, julgue
o item.
A Constituição Federal de 1988 confere à liberdade de locomoção caráter absoluto, que não
comporta restrição de qualquer natureza.
Certo
Errado

Questão 49: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Mandado de Injunção
Julgue o item a seguir, acerca dos direitos sociais.
Na condição de direitos fundamentais, os direitos sociais são autoaplicáveis e suscetíveis de
defesa mediante ajuizamento de mandado de injunção sempre que a omissão do poder público
inviabilize seu exercício.
Certo
Errado
Direito Penal
Crimes contra a Vida
Questão 50: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014
Assunto: Homicídio
Com relação a crimes contra a pessoa, contra o patrimônio e contra a administração pública,
julgue o item que se segue.
No crime de homicídio, admite-se a incidência concomitante de circunstância qualificadora de
caráter objetivo referente aos meios e modos de execução com o reconhecimento do
privilégio, desde que este seja de natureza subjetiva.
Certo
Errado

Questão 51: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Homicídio
Julgue o item subsecutivo, acerca de crimes contra a pessoa.
Considere a seguinte situação hipotética.
Lúcia, maior, capaz, no final do expediente, ao abrir o carro no estacionamento do local onde
trabalhava, percebeu que esquecera seu filho de seis meses de idade na cadeirinha de bebê
do banco traseiro do automóvel, que permanecera fechado durante todo o turno de trabalho,
fato que causou o falecimento do bebê.
Nessa situação, Lúcia praticou o crime de abandono de incapaz, na forma culposa, qualificado
pelo resultado morte.
Certo
Errado

Questão 52: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Homicídio
No que concerne a crimes, julgue o item a seguir.
Considere a seguinte situação hipotética.
Alex agrediu fisicamente seu desafeto Lúcio, causando-lhe vários ferimentos, e, durante a
briga, decidiu matá-lo, efetuando um disparo com sua arma de fogo, sem, contudo, acertá-lo.
Nessa situação hipotética, Alex responderá pelos crimes de lesão corporal em concurso
material com tentativa de homicídio.
Certo
Errado

Crimes contra a Honra


Questão 53: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013
Assunto: Dos crimes contra a honra
Julgue o item subsecutivo, acerca de crimes contra a pessoa.
Nos crimes contra a honra calúnia, difamação e injúria , o Código Penal admite a
retratação como causa extintiva de punibilidade, desde que ocorra antes da sentença penal,
seja cabal e abarque tudo o que o agente imputou à vítima.
Certo
Errado

Crimes Sexuais
Questão 54: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012
Assunto: Dos crimes Sexuais contra Vulnerável
No que concerne a concurso de crimes, crimes contra o patrimônio e crimes contra a dignidade
sexual, julgue o item a seguir.
Conforme o disposto no CP, manter relações sexuais com menores de dezoito anos de idade,
ainda que com o consentimento da vítima, caracteriza, em qualquer caso, estupro de
vulnerável.
Certo
Errado

Crimes contra a Administração Pública


Questão 55: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018
Assunto: Peculato
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue o item a seguir.
O crime de peculato pode ser praticado por quem exerce emprego público, ainda que sua
atividade seja transitória ou sem remuneração.
Certo
Errado

Questão 56: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Peculato
No que se refere aos delitos previstos na parte especial do CP, julgue o item.
Considere a seguinte situação hipotética.
Aproveitando-se da facilidade do cargo por ele exercido em determinado órgão público, Artur,
servidor público, em conluio com Maria, penalmente responsável, subtraiu dinheiro da
repartição pública onde trabalha. Maria, que recebeu parte do dinheiro subtraído, desconhecia
ser Artur funcionário público. Nessa situação hipotética, Artur cometeu o crime de peculato e
Maria, o delito de furto.
Certo
Errado
Questão 57: CEBRASPE (CESPE) - PCF/PF/Área 18/2013
Assunto: Peculato
No que concerne a infração penal, fato típico e seus elementos, formas consumadas e tentadas
do crime, culpabilidade, ilicitude e imputabilidade penal, julgue o item que se segue.
O peculato é conceituado doutrinariamente como crime funcional impróprio ou misto,
porquanto na hipótese de não ser praticado por funcionário público, opera tipicidade relativa,
passando a constituir tipo penal diverso.
Certo
Errado

Questão 58: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Peculato
No item é apresentada uma situação hipotética, acerca dos crimes contra a pessoa, contra o
patrimônio, contra a fé pública e contra a administração pública, seguida de uma assertiva a
ser julgada.
No curso de investigação policial para apurar a prática de estelionato contra banco público,
foi constatado que um de seus empregados concorreu culposamente para que outrem
praticasse a infração. Logo após a descoberta dos fatos, o empregado reparou integralmente
o dano causado, restituindo os valores devidamente corrigidos e atualizados antes do
encerramento do inquérito policial. Nessa situação, está extinta a punibilidade do agente.
Certo
Errado

Questão 59: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Peculato
Com relação aos crimes contra a Administração Pública, julgue o item subsequente.
O particular pode ser sujeito ativo do crime de peculato, se agir em concurso de agentes com
servidor público, no caso de o particular estar ciente dessa condição do comparsa.
Certo
Errado

Questão 60: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Concussão e Excesso de Exação
No que concerne aos crimes contra a administração pública, julgue o item que se segue.
O crime de concussão é delito próprio e consiste na exigência do agente, direta ou indireta,
em obter da vítima vantagem indevida, para si ou para outrem, e consuma-se com a mera
exigência, sendo o recebimento da vantagem considerado como exaurimento do crime.
Certo
Errado
Questão 61: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013
Assunto: Concussão e Excesso de Exação
No que se refere aos delitos previstos na parte especial do CP, julgue o item.
O crime de concussão configura-se com a exigência, por funcionário público, de vantagem
indevida, ao passo que, para a configuração do crime de corrupção passiva, basta que ele
solicite ou receba a vantagem, ou, ainda, aceite promessa de recebê-la.
Certo
Errado

Questão 62: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Corrupção Passiva
No que concerne aos crimes contra a administração pública, julgue o item que se segue.
A consumação do crime de corrupção passiva ocorre quando o agente deixa efetivamente de
praticar ou retarda ato de ofício, com infração de dever funcional, cedendo a pedido ou
influência de outrem, em troca de vantagem indevida anteriormente percebida.
Certo
Errado

Questão 63: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Corrupção Passiva
A respeito de crimes contra a fé pública e a administração pública, julgue o item subsequente.
Pratica crime de corrupção passiva o funcionário público que, em razão da função, solicita,
recebe ou aceita vantagem indevida, ao passo que pratica crime de concussão o funcionário
que, também em razão da função, impõe, ordena ou exige vantagem indevida.
Certo
Errado

Questão 64: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Corrupção Passiva
Com relação aos crimes contra a Administração Pública, julgue o item subsequente.
Pratica corrupção passiva um agente de polícia que recebe dinheiro da vítima para utilizá-lo
na aquisição de gasolina para a viatura, a fim de ir ao local do crime investigar.
Certo
Errado

Questão 65: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Prevaricação
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue o item a seguir.
Para a configuração do crime de prevaricação faz-se necessário um ajuste de vontade entre o
agente do Estado e o beneficiário do seu ato.
Certo
Errado

Questão 66: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Prevaricação
No que concerne a crimes, julgue o item a seguir.
O agente de polícia que deixar de cumprir seu dever de vedar ao preso o acesso a telefone
celular, permitindo que este mantenha contato com pessoas fora do estabelecimento prisional,
cometerá o crime de condescendência criminosa.
Certo
Errado

Questão 67: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Prevaricação
Em relação aos crimes contra a administração pública, julgue o item abaixo.
Praticará o crime de prevaricação a autoridade administrativa que, ao tomar conhecimento de
irregularidades no serviço público, não proceder à sua apuração ou deixar de comunicá-la à
autoridade que tiver competência para promover os atos apuratórios.
Certo
Errado

Questão 68: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Condescendência Criminosa
No que concerne aos crimes contra a administração pública, julgue o item que se segue.
Incorrem na prática de condescendência criminosa tanto o servidor público hierarquicamente
superior que deixe, por indulgência, de responsabilizar subordinado que tenha cometido
infração no exercício do cargo quanto os funcionários públicos de mesma hierarquia que não
levem o fato ao conhecimento da autoridade competente para sancionar o agente faltoso.
Certo
Errado

Questão 69: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Facilitação de Contrabando ou Descaminho
Em uma rodovia federal, próxima à fronteira do Brasil com o Paraguai, um caminhão foi parado
e vistoriado por policiais rodoviários federais. Além do motorista e de um passageiro, o veículo
transportava, ilegalmente, grande quantidade de mercadoria lícita de procedência estrangeira,
mas sem o pagamento dos devidos impostos de importação. O motorista, penalmente
imputável e proprietário do caminhão, admitiu a propriedade dos produtos. O passageiro, que
se identificou como servidor público alfandegário lotado no posto de fiscalização fronteiriço
pelo qual o veículo havia passado para adentrar no território nacional, alegou desconhecer a
existência dos produtos no caminhão e que apenas pegou carona com o motorista.
Tendo como referência essa situação hipotética, julgue o item a seguir.
Caso fique comprovada a participação do servidor público na conduta delituosa, ele
responderá pelo delito de descaminho em sua forma qualificada: ela tinha o dever funcional de
prevenir e de reprimir o crime.
Certo
Errado

Questão 70: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Violação de Sigilo Funcional
No que se refere aos tipos penais, julgue o próximo item.
O crime de violação de sigilo funcional é subsidiário, apenas se caracterizando se a revelação
de fato sigiloso conhecido em razão do cargo não constituir crime mais grave.
Certo
Errado

Questão 71: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 2/2018


Assunto: Violação de Sigilo Funcional
Valdemar, empresário do setor de frigoríficos, emprega estratégias, como a utilização de
produtos químicos, para disfarçar o estado de putrefação de carnes que vende fora do prazo
de validade. Ele garante uma mesada a Odair, empregado de agência reguladora do setor e
encarregado de elaborar os registros de fiscalização, em troca de ser avisado de qualquer ação
não programada do órgão. De posse desse tipo de informação, Valdemar toma providências
para que os fiscais não encontrem a carne de má qualidade. Durante a investigação de um caso
referente a uma pessoa que sofrera prejuízo à saúde em razão do consumo de carne estragada,
escuta telefônica autorizada gera as provas da existência do esquema.
A respeito da situação hipotética apresentada, julgue o item a seguir.
Odair cometeu os crimes de corrupção passiva e de violação de sigilo funcional qualificado
pelo dano a outrem.
Certo
Errado

Questão 72: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
Em uma rodovia federal, próxima à fronteira do Brasil com o Paraguai, um caminhão foi parado
e vistoriado por policiais rodoviários federais. Além do motorista e de um passageiro, o veículo
transportava, ilegalmente, grande quantidade de mercadoria lícita de procedência estrangeira,
mas sem o pagamento dos devidos impostos de importação. O motorista, penalmente
imputável e proprietário do caminhão, admitiu a propriedade dos produtos. O passageiro, que
se identificou como servidor público alfandegário lotado no posto de fiscalização fronteiriço
pelo qual o veículo havia passado para adentrar no território nacional, alegou desconhecer a
existência dos produtos no caminhão e que apenas pegou carona com o motorista.
Tendo como referência essa situação hipotética, julgue o item a seguir.
A conduta do motorista configura crime de descaminho em sua forma consumada, ainda que
não tenha havido constituição definitiva do crédito tributário e a ocorrência de efetivo prejuízo
ao erário.
Certo
Errado

Questão 73: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 2/2018


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
A respeito de crimes contra a administração pública, julgue o item seguinte.
O Superior Tribunal de Justiça entende que manter a tipificação do crime de desacato no
sistema jurídico brasileiro não ofende a Convenção Americana sobre Direitos Humanos.
Certo
Errado

Questão 74: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue o item a seguir.
O crime de corrupção ativa e o de corrupção passiva são considerados crimes próprios
praticados contra a administração pública.
Certo
Errado

Questão 75: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
João integra uma organização criminosa que, além de contrabandear e armazenar, vende,
clandestinamente, cigarros de origem estrangeira nas ruas de determinada cidade brasileira.
A partir dessa situação hipotética, julgue o item subsequente.
O crime de contrabando, como o praticado por João e sua organização criminosa, foi
tipificado no Código Penal brasileiro em decorrência do princípio da continuidade normativo-
típica.
Certo
Errado

Questão 76: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
João integra uma organização criminosa que, além de contrabandear e armazenar, vende,
clandestinamente, cigarros de origem estrangeira nas ruas de determinada cidade brasileira.
A partir dessa situação hipotética, julgue o item subsequente.
Considere que João e sua organização criminosa utilizem transporte marítimo clandestino para
fazer ingressarem no território brasileiro os cigarros contrabandeados. Nessa situação, a pena
pelo crime de contrabando será aumentada pela metade.
Certo
Errado

Questão 77: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
Com relação a crimes contra a pessoa, contra o patrimônio e contra a administração pública,
julgue o item que se segue.
Considere a seguinte situação hipotética.
Carlos praticou o crime de sonegação previdenciária, mas, antes do início da ação fiscal,
confessou o crime e declarou espontaneamente os corretos valores devidos, bem como
prestou as devidas informações à previdência social.
Nessa situação, a atitude de Carlos ensejará a extinção da punibilidade, independentemente
do pagamento dos débitos previdenciários.
Certo
Errado

Questão 78: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
A respeito de crimes contra a fé pública e a administração pública, julgue o item subsequente.
Não se configura o crime de desobediência se o agente, apesar do dever de cumprir a ordem
legal emitida por funcionário público, não tiver possibilidade ou condições efetivas de cumpri-
la.
Certo
Errado

Questão 79: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
No item é apresentada uma situação hipotética, acerca dos crimes contra a pessoa, contra o
patrimônio, contra a fé pública e contra a administração pública, seguida de uma assertiva a
ser julgada.
Pedro se opôs à execução de diligência policial cujo objetivo era investigá-lo e recusou-se a
colaborar com os agentes que a realizaram, razão por que a diligência não pôde ser executada.
Nessa situação, Pedro não pode ser responsabilizado criminalmente por não ter atendido às
ordens policiais, uma vez que o sistema penal brasileiro não pune a resistência passiva,
tampouco a caracteriza como delito de desobediência.
Certo
Errado

Questão 80: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
Com relação aos crimes contra a Administração Pública, julgue o item subsequente.
Caracteriza corrupção ativa oferecer vantagem indevida a policial militar, ainda que em horário
de folga e à paisana, para que este se omita quanto a flagrante que presenciou.
Certo
Errado

Questão 81: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Dos Crimes Praticados por Particular Contra a Administração em Geral
Acerca do direito penal, julgue o item subsequente.
No crime de desacato, o sujeito passivo é o funcionário público ofendido, e o bem jurídico
tutelado é a honra do funcionário público.
Certo
Errado

Questão 82: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Dos Crimes Contra a Administração da Justiça
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue o item a seguir.
Situação hipotética: Com o intuito de prejudicar a candidatura de Flávio, seu concorrente
eleitoral, Alberto procurou uma delegacia de polícia e imputou falsamente a Flávio os crimes
de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Reduzida a termo essas declarações, a autoridade
policial instaurou inquérito policial para apurar os delitos. Assertiva: Nessa situação, Alberto
responderá pelo crime de fraude processual.
Certo
Errado

Questão 83: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Dos Crimes Contra a Administração da Justiça
Acerca dos crimes contra a administração pública, julgue o item a seguir.
Situação hipotética: Gustavo, sabedor de um crime praticado por seu filho Cácio, procurou a
autoridade policial e assumiu a autoria do delito, com o objetivo de impedir que ele fosse
processado e condenado. Assertiva: Nessa situação, a conduta de Gustavo configura o tipo
penal de autoacusação falsa.
Certo
Errado
Questão 84: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012
Assunto: Dos Crimes Contra a Administração da Justiça
No item é apresentada uma situação hipotética, acerca dos crimes contra a pessoa, contra o
patrimônio, contra a fé pública e contra a administração pública, seguida de uma assertiva a
ser julgada.
Juan, cidadão espanhol, que havia sido expulso do Brasil após cumprimento de pena por
tráfico internacional de drogas, retornou ao país, sem autorização de autoridade competente,
para visitar sua companheira e seu filho, nascido no curso do cumprimento da pena. Nessa
situação, para que o simples reingresso de Juan ao Brasil configurasse crime, seria necessário
que ele praticasse nova infração, de natureza dolosa, em território nacional.
Certo
Errado

Questão 85: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Dos Crimes Contra a Administração da Justiça
No item apresenta uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada, com relação
ao direito penal.
Frederico, na condição de advogado constituído por um investigado, recebeu das mãos do
escrivão da delegacia os autos do inquérito policial para exame e, ao final da consulta, deixou
de restituí-los ao cartório da delegacia, levando-os consigo, sem autorização para tanto. Nessa
situação, caracterizou-se o crime de sonegação de papel ou objeto de valor probatório.
Certo
Errado
Direitos Humanos
Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
Questão 86: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013
Assunto: Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
No que se refere à fundamentação dos direitos humanos e à sua afirmação histórica, julgue o
item subsecutivo.
A expressão direitos humanos de primeira geração refere-se aos direitos sociais, culturais e
econômicos.
Certo
Errado

Questão 87: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
No que se refere à fundamentação dos direitos humanos e à sua afirmação histórica, julgue o
item subsecutivo.
Conforme a teoria positivista, os direitos humanos fundamentam-se em uma ordem superior,
universal, imutável e inderrogável.
Certo
Errado

Questão 88: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
Julgue o próximo item, relativo aos direitos humanos, à responsabilidade do Estado e à Política
Nacional de Direitos Humanos.
A aplicação das normas de direito internacional humanitário e de direito internacional dos
refugiados impossibilita a aplicação das normas básicas do direito internacional dos direitos
humanos.
Certo
Errado

Questão 89: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
Julgue o próximo item, relativo aos direitos humanos, à responsabilidade do Estado e à Política
Nacional de Direitos Humanos.
O sistema global de proteção dos direitos humanos foi instaurado pela Carta Internacional dos
Direitos Humanos.
Certo
Errado
Questão 90: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012
Assunto: Conceitos, Histórico e Gerações dos Direitos Humanos
Acerca da teoria geral dos direitos humanos e da dignidade da pessoa humana, julgue o item a
seguir.
O direito internacional dos direitos humanos, fenômeno que antecedeu à Primeira Guerra
Mundial, pode ser conceituado como uma construção consciente vocacionada a assegurar a
dignidade humana.
Certo
Errado
Informática
Segurança da Informação
Questão 91: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019
Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Acerca de proteção e segurança da informação, julgue o seguinte item.
No acesso a uma página web que contenha o código de um vírus de script, pode ocorrer a
execução automática desse vírus, conforme as configurações do navegador.
Certo
Errado

Questão 92: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Acerca de redes de computadores e segurança, julgue o item que se segue.
Uma das partes de um vírus de computador é o mecanismo de infecção, que determina quando
a carga útil do vírus será ativada no dispositivo infectado.
Certo
Errado

Questão 93: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Acerca de redes de computadores e segurança, julgue o item que se segue.
No processo conhecido como scanning, o worm, em sua fase de propagação, procura outros
sistemas para infectar.
Certo
Errado

Questão 94: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Acerca de redes de computadores e segurança, julgue o item que se segue.
Os softwares de spyware têm como principal objetivo adquirir informações confidenciais de
empresas e são usados como uma forma de espionagem empresarial.
Certo
Errado

Questão 95: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Julgue o próximo item, acerca de vírus, worms, pragas virtuais e aplicativos para segurança.
Computadores infectados por botnets podem ser controlados remotamente bem como
podem atacar outros computadores sem que os usuários percebam.
Certo
Errado

Questão 96: CEBRASPE (CESPE) - Escr (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Considerando conceitos básicos de informática e aspectos relacionados à segurança da
informação, julgue o item a seguir.
uso
de redes sociais, visto que dados para construção de perfis falsos de usuário são facilmente

Certo
Errado

Questão 97: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)

Tendo como referência a figura acima, que mostra uma janela do Google Chrome, julgue o
item subsequente, a respeito de redes de computadores e segurança da informação.
Ao contrário de um vírus de computador, que é capaz de se autorreplicar e não necessita de
um programa hospedeiro para se propagar, um worm não pode se replicar automaticamente e
necessita de um programa hospedeiro.
Certo
Errado

Questão 98: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Julgue o item que se segue, que diz respeito ao armazenamento de dados em nuvem e a pragas
virtuais.
Rootkit é um tipo de praga virtual de difícil detecção, visto que é ativado antes que o sistema
operacional tenha sido completamente inicializado.
Certo
Errado

Questão 99: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
O uso de recursos de tecnologias da informação e das comunicações encontra-se difundido e
disseminado em toda sociedade. Nesse contexto, ações de investigação criminal necessitam
estar adaptadas para identificar e processar evidências digitais de modo a produzir provas
materiais. Para tanto, existem diversos tipos de exames técnico-científicos utilizados em
investigações. Acerca desses exames, julgue o item a seguir.
Computadores infectados com vírus não podem ser examinados em uma investigação, pois o
programa malicioso instalado compromete a integridade do sistema operacional.
Certo
Errado

Questão 100: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Malware é qualquer tipo de software que pode causar algum impacto negativo sobre a
informação, podendo afetar sua disponibilidade, integridade e confidencialidade. Outros
softwares são produzidos para oferecer proteção contra os ataques provenientes dos
malwares. Com relação a esse tema, julgue o próximo item.
Os vírus, ao se propagarem, inserem cópias de seu próprio código em outros programas,
enquanto os worms se propagam pelas redes, explorando, geralmente, alguma vulnerabilidade
de outros softwares.
Certo
Errado

Questão 101: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Ameaças (Vírus, Worms, Trojans, Malware, etc.)
Acerca de segurança da informação, julgue o seguinte item.
Os phishings, usados para aplicar golpes contra usuários de computadores, são enviados
exclusivamente por meio de emails.
Os navegadores, contudo, têm ferramentas que, algumas vezes, identificam esses golpes.
Certo
Errado
Questão 102: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018
Assunto: Firewall e Proxy
Acerca de redes de computadores e segurança, julgue o item que se segue.
Um firewall implementa uma política de controle de comportamento para determinar que tipos
de serviços de Internet podem ser acessados na rede.
Certo
Errado

Questão 103: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Firewall e Proxy
Julgue o próximo item, acerca de vírus, worms, pragas virtuais e aplicativos para segurança.
Embora os firewalls sejam equipamentos ou softwares utilizados no controle das conexões de
uma rede, eles não protegem computadores contra ataques internos.
Certo
Errado

Questão 104: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Firewall e Proxy

Com base na figura acima, que ilustra as configurações da rede local do navegador Internet
Explorer (IE), versão 9, julgue o próximo item.
Se o servidor proxy responder na porta 80 e a conexão passar por um firewall de rede, então o
firewall deverá permitir conexões de saída da estação do usuário com a porta 80 de destino no
endereço do proxy.
Certo
Errado

Questão 105: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Firewall e Proxy

Com base na figura acima, que ilustra as configurações da rede local do navegador Internet
Explorer (IE), versão 9, julgue o próximo item.
A opção Usar um servidor proxy para a rede local faz que o IE solicite autenticação em toda
conexão de Internet que for realizada.
Certo
Errado

Questão 106: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Firewall e Proxy
Aplicativos do tipo firewall são úteis para proteger de acessos indesejados computadores
conectados à Internet. A respeito do funcionamento básico de um firewall do tipo pessoal em
sistemas Windows 7 configurados e em funcionamento normal, julgue o próximo item.
Quando a solicitação de conexão do tipo UDP na porta 21 for recebida por estação com firewall
desligado, caberá ao sistema operacional habilitar o firewall, receber a conexão, processar a
requisição e desligar o firewall. Esse procedimento é realizado porque a função do UDP na
porta 21 é testar a conexão do firewall com a Internet.
Certo
Errado

Questão 107: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Firewall e Proxy
Aplicativos do tipo firewall são úteis para proteger de acessos indesejados computadores
conectados à Internet. A respeito do funcionamento básico de um firewall do tipo pessoal em
sistemas Windows 7 configurados e em funcionamento normal, julgue o próximo item.
Se uma estação com firewall habilitado receber solicitação de conexão do tipo TCP, a conexão
será automaticamente negada, porque, comumente, o protocolo TCP transporta vírus.
Certo
Errado

Questão 108: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Firewall e Proxy
No que se refere à segurança da informação em redes de computadores, julgue o item
seguinte.
Um firewall do tipo statefull não verifica o estado de uma conexão.
Certo
Errado

Questão 109: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC ES)/PC ES/2011


Assunto: Firewall e Proxy
Julgue o item seguinte, referente a problemas e soluções possíveis na utilização do
computador.
Se, ao acessar um endereço da Internet, o sítio correspondente mostrar-se inacessível, esse
problema poderá estar relacionado com o filtro de pacotes utilizado pelo administrador da rede
para aumentar a segurança do ambiente.
Certo
Errado

Questão 110: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Antivírus e Antispyware
Acerca de redes de computadores e segurança, julgue o item que se segue.
Os aplicativos de antivírus com escaneamento de segunda geração utilizam técnicas
heurísticas para identificar códigos maliciosos.
Certo
Errado

Questão 111: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Antivírus e Antispyware
Considerando conceitos básicos de informática e aspectos relacionados à segurança da
informação, julgue o item a seguir.
A necessidade de constante atualização automatizada de regras e assinaturas de ameaças
digitais é característica do funcionamento de antivírus, firewalls e anti-spywares em
computadores pessoais.
Certo
Errado

Questão 112: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Antivírus e Antispyware
Malware é qualquer tipo de software que pode causar algum impacto negativo sobre a
informação, podendo afetar sua disponibilidade, integridade e confidencialidade. Outros
softwares são produzidos para oferecer proteção contra os ataques provenientes dos
malwares. Com relação a esse tema, julgue o próximo item.
Firewalls são dispositivos de segurança que podem evitar a contaminação e a propagação de
vírus. Por outro lado, antivírus são ferramentas de segurança capazes de detectar e evitar
ataques provenientes de uma comunicação em rede.
Certo
Errado

Questão 113: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Antivírus e Antispyware
A figura acima apresenta as propriedades básicas de um arquivo em disco, no sistema
operacional Windows. A respeito da figura, julgue o item a seguir.
Marcar a caixa da opção Oculto, em Atributos; tornará o arquivo em questão inacessível para
softwares antivírus.
Certo
Errado

Questão 114: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Procedimentos de Segurança da Informação (Senhas, Autenticação Etc.)
Julgue o item subsequente, relativos a segurança da informação, procedimentos, práticas e
outros aspectos.
A política de mesa limpa e de tela limpa é medida essencial para a melhoria do controle de
acesso lógico e físico em um ambiente corporativo seguro. Uma política alternativa seria a
instalação de um sistema de single-sign-on no ambiente de sistemas de informações
corporativo.
Certo
Errado
Questão 115: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012
Assunto: Demais Recursos (IDS, VPN, etc.)
No que se refere à segurança da informação em redes de computadores, julgue o item
seguinte.
A rede privada virtual (VPN) do tipo site-to-site constitui-se, entre outros elementos, de um
canal de comunicação criptografado entre dois gateways de rede.
Certo
Errado

Questão 116: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Demais Recursos (IDS, VPN, etc.)
Acerca de segurança da informação, julgue o seguinte item.
As VPNs (virtual private network) são túneis criados em redes públicas para que essas redes
apresentem nível de segurança equivalente ao das redes privadas. Na criação desses túneis,
utilizam-se algoritmos criptográficos, devendo o gerenciamento de chaves criptográficas ser
eficiente, para garantir-se segurança.
Certo
Errado

Questão 117: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Criptografia, Assinatura e Certificado Digital
Considerando conceitos básicos de informática e aspectos relacionados à segurança da
informação, julgue o item a seguir.
Nos computadores com sistemas operacionais Linux e Windows, o extravio do disco rígido não
gera riscos de vazamento de informações, uma vez que, nesses sistemas, o armazenamento de
dados é realizado, por parâmetro padrão, com emprego de criptografia simétrica dos dados.
Certo
Errado

Questão 118: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Criptografia, Assinatura e Certificado Digital
Considerando conceitos básicos de informática e aspectos relacionados à segurança da
informação, julgue o item a seguir.
O uso de assinatura digital tem maior potencial de garantia de não repúdio que segurança de
sigilo sobre determinada informação digital.
Certo
Errado

Questão 119: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Backup
Considerando conceitos básicos de informática e aspectos relacionados à segurança da
informação, julgue o item a seguir.
Os comandos tar e gzip são utilizados para gerar pacotes de becape nas plataformas Windows
e Linux.
Certo
Errado

Questão 120: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Backup
Julgue o item subsequente, relativos a segurança da informação, procedimentos, práticas e
outros aspectos.
Imediatamente após a realização de um becape incremental utilizando-se um software próprio
de becape, há expectativa de que esteja ajustado o flag archive de todos os arquivos originais
que foram copiados para uma mídia de becape.
Certo
Errado

Questão 121: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Backup
Acerca de segurança da informação, julgue o seguinte item.
Em virtude de todos os becapes diferenciais executados incluírem todos os arquivos alterados
desde o último becape completo, a recuperação de dados é mais rápida utilizando-se becapes
diferenciais do que becapes incrementais.
Certo
Errado
Inglês (Língua Inglesa)
Questão 122: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018
Assunto: Gramática (inglês)
Text
Western intelligence agencies used to inhabit a parallel world where spy battled spy. Their
trade was stealing or guarding secrets. Their masters were the men and women in government.
task has been to protect
society from terrorists and criminals. They are increasingly held to account in the press,
parliaments and courts.
The intelligence revolution is partly the result of new technology. As recently as 1999, on
becoming director of the American National Security Agency (NSA), Michael Hayden asked to
send an e-

facility in Utah, the first of several, now stores


most code-
breaking was done on paper until well into the 1980s.
The revolution has brought spying closer to ordinary people. After the attacks on America on
September 11th 2001, counter-terrorism and counter-insurgency became the focus for the
American intelligence agencies. Almost two-
hired since 9/11. As the world has moved online, so the spooks have become involved in
monitoring organized crime and paedophiles as well as terrorists.
In a not very remote past, spies sent coded messages using short-wave radios and dead letter

shuttling between computers and smartphones that are identical to those on your desk and in
your pocket. Counter-terrorism, in particular, is pre-emptive. Hence the security services have
had to act as hunters of conspiracies rather than gatherers of evidence.
Western intelligence Shaken and stirred.
In: The Economist, 12/11/2016 (adapted).

Based on text, judge the following item.

prepo
Certo
Errado

Questão 123: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Western intelligence agencies used to inhabit a parallel world where spy battled spy. Their
trade was stealing or guarding secrets. Their masters were the men and women in government.
task has been to protect
society from terrorists and criminals. They are increasingly held to account in the press,
parliaments and courts.
The intelligence revolution is partly the result of new technology. As recently as 1999, on
becoming director of the American National Security Agency (NSA), Michael Hayden asked to
send an e-
computers to brea
facility in Utah, the first of several, now stores exabytes of data drawn from everyday
-breaking was done on paper until well into the
1980s.
The revolution has brought spying closer to ordinary people. After the attacks on America on
September 11th 2001, counter-terrorism and counter-insurgency became the focus for the
American intelligence agencies. Almost two- ce personnel have been
hired since 9/11. As the world has moved online, so the spooks have become involved in
monitoring organized crime and paedophiles as well as terrorists.
In a not very remote past, spies sent coded messages using short-wave radios and dead letter

shuttling between computers and smartphones that are identical to those on your desk and in
your pocket. Counter-terrorism, in particular, is pre-emptive. Hence the security services have
had to act as hunters of conspiracies rather than gatherers of evidence.
Western intelligence Shaken and stirred.
In: The Economist, 12/11/2016 (adapted).
Based on text, judge the following item.
The author defends the idea that the fight against organized and sexual crimes has diverted

combat against terrorism.


Certo
Errado

Questão 124: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Western intelligence agencies used to inhabit a parallel world where spy battled spy. Their
trade was stealing or guarding secrets. Their masters were the men and women in government.
task has been to protect
society from terrorists and criminals. They are increasingly held to account in the press,
parliaments and courts.
The intelligence revolution is partly the result of new technology. As recently as 1999, on
becoming director of the American National Security Agency (NSA), Michael Hayden asked to
send an e-
computers to break co
facility in Utah, the first of several, now stores exabytes of data drawn from everyday
-breaking was done on paper until well into the
1980s.
The revolution has brought spying closer to ordinary people. After the attacks on America on
September 11th 2001, counter-terrorism and counter-insurgency became the focus for the
American intelligence agencies. Almost two- ersonnel have been
hired since 9/11. As the world has moved online, so the spooks have become involved in
monitoring organized crime and paedophiles as well as terrorists.
In a not very remote past, spies sent coded messages using short-wave radios and dead letter

shuttling between computers and smartphones that are identical to those on your desk and in
your pocket. Counter-terrorism, in particular, is pre-emptive. Hence the security services have
had to act as hunters of conspiracies rather than gatherers of evidence.
Western intelligence Shaken and stirred.
In: The Economist, 12/11/2016 (adapted).
Based on text, judge the following item.
The idea expressed - -
proverb: It is better to prevent than to cure.
Certo
Errado

Questão 125: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Western intelligence agencies used to inhabit a parallel world where spy battled spy. Their
trade was stealing or guarding secrets. Their masters were the men and women in government.
task has been to protect
society from terrorists and criminals. They are increasingly held to account in the press,
parliaments and courts.
The intelligence revolution is partly the result of new technology. As recently as 1999, on
becoming director of the American National Security Agency (NSA), Michael Hayden asked to
send an e-mail to all staff organization used

facility in Utah, the first of several, now stores exabytes of data drawn from everyday
-breaking was done on paper until well into the
1980s.
The revolution has brought spying closer to ordinary people. After the attacks on America on
September 11th 2001, counter-terrorism and counter-insurgency became the focus for the
American intelligence agencies. Almost two- rsonnel have been
hired since 9/11. As the world has moved online, so the spooks have become involved in
monitoring organized crime and paedophiles as well as terrorists.
In a not very remote past, spies sent coded messages using short-wave radios and dead letter

shuttling between computers and smartphones that are identical to those on your desk and in
your pocket. Counter-terrorism, in particular, is pre-emptive. Hence the security services have
had to act as hunters of conspiracies rather than gatherers of evidence.
Western intelligence Shaken and stirred.
In: The Economist, 12/11/2016 (adapted).
Based on text, judge the following item.
ael Hayden asked to send an e-
paraphrased in the following terms: Michael Hayden enquired all his employees if he could send
an electronic message.
Certo
Errado

Questão 126: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Western intelligence agencies used to inhabit a parallel world where spy battled spy. Their
trade was stealing or guarding secrets. Their masters were the men and women in government.
to protect
society from terrorists and criminals. They are increasingly held to account in the press,
parliaments and courts.
The intelligence revolution is partly the result of new technology. As recently as 1999, on
becoming director of the American National Security Agency (NSA), Michael Hayden asked to
send an e-mail to all staff. He was to

facility in Utah, the first of several, now stores exabytes of data drawn from everyday
communications. At Brita -breaking was done on paper until well into the
1980s.
The revolution has brought spying closer to ordinary people. After the attacks on America on
September 11th 2001, counter-terrorism and counter-insurgency became the focus for the
American intelligence agencies. Almost two- rsonnel have been
hired since 9/11. As the world has moved online, so the spooks have become involved in
monitoring organized crime and paedophiles as well as terrorists.
In a not very remote past, spies sent coded messages using short-wave radios and dead letter

shuttling between computers and smartphones that are identical to those on your desk and in
your pocket. Counter-terrorism, in particular, is pre-emptive. Hence the security services have
had to act as hunters of conspiracies rather than gatherers of evidence.
Western intelligence Shaken and stirred.
In: The Economist, 12/11/2016 (adapted).
Based on text, judge the following item.
GCHQ experts decided to stop producing academic papers about code-breaking techniques
only in the two last decades of the last century.
Certo
Errado

Questão 127: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Cyber-cafés were once a favoured tool of Western intelligence and security agencies. They
were inconspicuous, cheap to establish and highly effective. Set up near and international
summit buzzing with targets, or close to a place where drug-dealers peddle their wares, these
facilities allowed their masters to monitor browsing habits, obtain target words,
and plant spyware for future use. This was legal: consent was buried in the terms and conditions
which users clicked on without reading. And in a neat twist, security-conscious people trying to
avoid using their own computers favoured such places. Some would hop between cafés,
unaware that all the convenient ones were run by the authorities.

(NSA) now living in Moscow, revealed the use of cyber-cafés to spy on the G20 summit in
London in 2009. Now people are wary. In many countries the cyber-cafés have been closed.
The staff who ran them have had to be moved (and in some cases given costly new identities).
The episode highlights one of the most important trends in modern intelligence work.
Collecting electronic information is generally getting easier. It is hard to lead a completely non-
digital life, and any activity using computers and networks creates openings for the watchers.
An e-mail is as easy to read as a postcard for anyone with modest technical skills. With a few
tweaks, mobile phones become tracking beacons and bugging devices. Most people readily
trade private information for convenience. And hacking into computers can yield vast amounts
of intelligence.
A lot of spying, however, has become trickier. It is much more difficult for intelligence officers
to maintain secrecy and create fake identities. And high expectations of privacy, especially in
the digital realm, mean that in many countries the work of intelligence and security agencies
arouses outrage, not gratitude. Intelligence and democracy a new age of espionage.
In: The Economist, 30/7/2015 (adapted).
Based on text, judge the following item.
refers to the irony of cyber-café patrons becoming victims of their
own security consciousness.
Certo
Errado

Questão 128: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Cyber-cafés were once a favoured tool of Western intelligence and security agencies. They
were inconspicuous, cheap to establish and highly effective. Set up near and international
summit buzzing with targets, or close to a place where drug-dealers peddle their wares, these
faciliti
and plant spyware for future use. This was legal: consent was buried in the terms and conditions
which users clicked on without reading. And in a neat twist, security-conscious people trying to
avoid using their own computers favoured such places. Some would hop between cafés,
unaware that all the convenient ones were run by the authorities.
curity Agency
(NSA) now living in Moscow, revealed the use of cyber-cafés to spy on the G20 summit in
London in 2009. Now people are wary. In many countries the cyber-cafés have been closed.
The staff who ran them have had to be moved (and in some cases given costly new identities).
The episode highlights one of the most important trends in modern intelligence work.
Collecting electronic information is generally getting easier. It is hard to lead a completely non-
digital life, and any activity using computers and networks creates openings for the watchers.
An e-mail is as easy to read as a postcard for anyone with modest technical skills. With a few
tweaks, mobile phones become tracking beacons and bugging devices. Most people readily
trade private information for convenience. And hacking into computers can yield vast amounts
of intelligence.
A lot of spying, however, has become trickier. It is much more difficult for intelligence officers
to maintain secrecy and create fake identities. And high expectations of privacy, especially in
the digital realm, mean that in many countries the work of intelligence and security agencies
arouses outrage, not gratitude. Intelligence and democracy a new age of espionage.
In: The Economist, 30/7/2015 (adapted).
Based on text, judge the following item.
The author of the text suggests that the old-fashioned way of sending messages on postcards
can be as dangerous as sending them through cyber-café computers.
Certo
Errado

Questão 129: CEBRASPE (CESPE) - OTI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
Cyber-cafés were once a favoured tool of Western intelligence and security agencies. They
were inconspicuous, cheap to establish and highly effective. Set up near and international
summit buzzing with targets, or close to a place where drug-dealers peddle their wares, these
facilities allowed their masters to monitor browsi
and plant spyware for future use. This was legal: consent was buried in the terms and conditions
which users clicked on without reading. And in a neat twist, security-conscious people trying to
avoid using their own computers favoured such places. Some would hop between cafés,
unaware that all the convenient ones were run by the authorities.

(NSA) now living in Moscow, revealed the use of cyber-cafés to spy on the G20 summit in
London in 2009. Now people are wary. In many countries the cyber-cafés have been closed.
The staff who ran them have had to be moved (and in some cases given costly new identities).
The episode highlights one of the most important trends in modern intelligence work.
Collecting electronic information is generally getting easier. It is hard to lead a completely non-
digital life, and any activity using computers and networks creates openings for the watchers.
An e-mail is as easy to read as a postcard for anyone with modest technical skills. With a few
tweaks, mobile phones become tracking beacons and bugging devices. Most people readily
trade private information for convenience. And hacking into computers can yield vast amounts
of intelligence.
A lot of spying, however, has become trickier. It is much more difficult for intelligence officers
to maintain secrecy and create fake identities. And high expectations of privacy, especially in
the digital realm, mean that in many countries the work of intelligence and security agencies
arouses outrage, not gratitude. Intelligence and democracy a new age of espionage.
In: The Economist, 30/7/2015 (adapted).
Based on text, judge the following item.
The author is critical of people who should be, but are not, thankful for the work intelligence
and security agents do.
Certo
Errado

Questão 130: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
The increase in scrutiny and reduction in powers for security agencies has to a considerable
extent been triggered by the revelations of the former National Security agency whistle-blower
Edward Snowden. These disclosures, along with other leaks from organizations such as
WikiLeaks, have shed light on a series of illegal practices adopted by intelligence agencies in
many countries, in particular the USA, Germany and the UK.
This has led to an unprecedented shift in the nature of intelligence legislation in many parts of
the world, with security services witnessing a reduction in their powers for the first time in the
post-9/11 era, rror.
However, despite claims that the agencies are working in the interest of national security, critics
counter that overbearing surveillance practices erode and restrict many civil liberties. In spite
of the introduction of restrictions in the USA and Germany, Great Britain appears to be heading

government putting forward plans to grant spy agencies yet more powers to deal with threats
to national security.
The British government has outlined its highly controversial plan to introduce the Investigatory
Powers Bill, which would grant agencies not only more power but also allow them to force
Internet companies to lo for the police
and security services access. It is thought the plan would also compel companies to collect and
hold data on mobile phone applications like WhatsApp and Snapchat.
Snowden: the legacy of the Leaks. Internet: <www.mintpressnews> (adapted).
Based on text, judge the following item.
According to the text, the events that followed the September 11th attacks, as well as the
systematic leaking of government classified material, have helped shape the way some
intelligence agencies have been operating.
Certo
Errado

Questão 131: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Interpretação de Textos (compreensão)
Text
The increase in scrutiny and reduction in powers for security agencies has to a considerable
extent been triggered by the revelations of the former National Security agency whistle-blower
Edward Snowden. These disclosures, along with other leaks from organizations such as
WikiLeaks, have shed light on a series of illegal practices adopted by intelligence agencies in
many countries, in particular the USA, Germany and the UK.
This has led to an unprecedented shift in the nature of intelligence legislation in many parts of
the world, with security services witnessing a reduction in their powers for the first time in the
post-
However, despite claims that the agencies are working in the interest of national security, critics
counter that overbearing surveillance practices erode and restrict many civil liberties. In spite
of the introduction of restrictions in the USA and Germany, Great Britain appears to be heading
in the opposite direction when
government putting forward plans to grant spy agencies yet more powers to deal with threats
to national security.
The British government has outlined its highly controversial plan to introduce the Investigatory
Powers Bill, which would grant agencies not only more power but also allow them to force

and security services access. It is thought the plan would also compel companies to collect and
hold data on mobile phone applications like WhatsApp and Snapchat.
Snowden: the legacy of the Leaks. Internet: <www.mintpressnews> (adapted).
Based on text, judge the following item.
The author of the text implies that the fight against terrorism is no longer a major priority for
Anglo-American intelligence services.
Certo
Errado
Português
Sitaxe
Questão 132: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019
Assunto: Funções sintáticas (sujeito, predicado, objeto, adjunto, complemento etc)
As atividades pertinentes ao trabalho relacionam-se intrinsecamente com a satisfação das
necessidades dos seres humanos alimentar-se, proteger-se do frio e do calor, ter o que
calçar etc. Estas colocam os homens em uma relação de dependência com a natureza, pois no
mundo natural estão os elementos que serão utilizados para atendê-las.
Se prestarmos atenção à nossa volta, perceberemos que quase tudo que vemos existe em
razão de atividades do trabalho humano. Os processos de produção dos objetos que nos
cercam movimentam relações diversas entre os indivíduos, assim como a organização do
trabalho alterou-se bastante entre diferentes sociedades e momentos da história.
De acordo com o cientista social norte-americano Marshall Sahlins, nas sociedades tribais, o
trabalho geralmente não tem a mesma concepção que vigora nas sociedades industrializadas.
Naquelas, o trabalho está integrado a outras dimensões da sociabilidade festas, ritos, artes,
mitos etc. , não representando, assim, um mundo à parte.
Nas sociedades tribais, o trabalho está em tudo, e praticamente todos trabalham. Sahlins

materiais se dá plenamente.
Thiago de Mello. Trabalho. Internet: <educacao.globo.com> (com adaptações).

Julgue o seguinte item, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto
apresentado
expressa uma ideia de causa.
Certo
Errado

Questão 133: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Funções sintáticas (sujeito, predicado, objeto, adjunto, complemento etc)
Texto
No começo dos anos 40, os submarinos alemães estavam dizimando os cargueiros dos aliados
no Atlântico Norte. O jogo virou apenas em 1943, quando Alan Turing desenvolveu a Bomba,
um aparelho capaz de desvendar os segredos da máquina de criptografia nazista chamada de
Enigma. A complexidade da Enigma uma máquina eletromagnética que substituía letras por
palavras aleatórias escolhidas de acordo com uma série de rotores estava no fato de que
seus elementos internos eram configurados em bilhões de combinações diferentes, sendo
impossível decodificar o texto sem saber as configurações originais. Após espiões poloneses
terem roubado uma cópia da máquina, Turing e o campeão de xadrez Gordon Welchman
construíram uma réplica da Enigma na base militar de Bletchey Park. A máquina replicava os
rotores do sistema alemão e tentava reproduzir diferentes combinações de posições dos
rotores para testar possíveis soluções. Após quatro anos de trabalho, Turing conseguiu quebrar
a Enigma, ao perceber que as mensagens alemãs criptografadas continham palavras previsíveis,
como nomes e títulos dos militares. Turing usava esses termos como ponto de partida,
procurando outras mensagens em que a mesma letra aparecia no mesmo espaço em seu
equivalente criptografado.
Gabriel Garcia. 5 descobertas de Alan Turing que mudaram o rumo da história.
In: Exame, 2/fev./2015. Internet: <https://exame.abril.com.br> (com adaptações).
Considerando os aspectos linguísticos do texto, julgue o item subsequente.

z
o

Certo
Errado

Questão 134: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Funções sintáticas (sujeito, predicado, objeto, adjunto, complemento etc)
Pavio do destino
Sérgio Sampaio
O bandido e o mocinho
São os dois do mesmo ninho
Correm nos estreitos trilhos
Lá no morro dos aflitos
Na Favela do Esqueleto
São filhos do primo pobre
A parcela do silêncio
Que encobre todos os gritos
E vão caminhando juntos
O mocinho e o bandido
De revólver de brinquedo
Porque ainda são meninos

Quem viu o pavio aceso do destino?

Com um pouco mais de idade


E já não são como antes
Depois que uma autoridade
Inventou-lhes um flagrante
Quanto mais escapa o tempo
Dos falsos educandários
Mais a dor é o documento
Que os agride e os separa
Não são mais dois inocentes
Não se falam cara a cara
Quem pode escapar ileso
Do medo e do desatino

Quem viu o pavio aceso do destino?

O tempo é pai de tudo


E surpresa não tem dia
Pode ser que haja no mundo
Outra maior ironia
O bandido veste a farda
Da suprema segurança
O mocinho agora amarga
Um bando, uma quadrilha
São os dois da mesma safra
Os dois são da mesma ilha
Dois meninos pelo avesso
Dois perdidos Valentinos

Quem viu o pavio aceso do destino?

Acerca de aspectos linguísticos do texto, julgue o item a seguir.

texto, quem pratica a ação de ver.


Certo
Errado

Questão 135: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Funções sintáticas (sujeito, predicado, objeto, adjunto, complemento etc)
Texto para o item
A figura do jovem revoltado precisa ser reexaminada. Seu comportamento não se explica pela
fome nem pela miséria absoluta. Pelos seus próprios depoimentos, recolhidos em conversas
fora dos inquéritos policiais, um grande móvel para sua adesão ao crime do tráfico de drogas
é o enriquecimento rápido. Após a gradual conversão aos valores da violência e da nova
organização criminosa montada no uso constante da arma de fogo, esse jovem descobre os
prazeres da vida de rico e com ela se identifica. Seu consumo passa a ser uma cópia exagerada,
orgiástica, do que entende ser o luxo do rico: muita roupa, carros, mulheres, uísque (bebida de
porque seu consumo orgiástico, excessivo, o deixa sempre de bolso vazio, a repetir
compulsivamente o ato criminoso; com o poder da arma de fogo, que o deixa viver por
instantes um poder absoluto sobre suas vítimas, mas que acaba colocando-o na mesma posição
diante dos quadrilheiros e policiais mais armados do que ele; com a possibilidade, enfim, de

É possível afirmar que, ao contrário do que se diz, a criminalidade violenta diminui, a médio e
longo prazos, a renda familiar dos pobres. O crime organizado, por suas características
empresariais ilegais, é altamente concentrador de renda. Não sofre nenhum tipo de limitação
das leis de mercado, de preços ajustados, de salários mínimos estipulados, de direitos
trabalhistas para os seus peões. O crime organizado trafega nos preços cartelizados e na
punição com a morte daqueles que ousam desobedecer à ordem e à vontade do chefe ou
simplesmente denunciá-lo. Os pequenos traficantes da favela, apesar de todo o aparato militar,
na verdade, estão ajudando a enriquecer aqueles que controlam o tráfico de drogas em
toneladas e o contrabando de armas, o receptador, o funcionário público corrupto, o advogado
criminal, e assim por diante. Pouquíssimos jovens saídos das camadas pobres conseguem se
estabelecer, mas todos contribuem para enriquecer outros personagens que continuam nas
sombras e que são os principais beneficiários das cifras da criminalidade. Os efeitos da guerra
clandestina já se fazem sentir na população que abriga os bandidos identificados como tal:
como as mortes violentas atingem principalmente homens jovens em idade produtiva, as
famílias se veem privadas daqueles que seriam os mais importantes contribuintes para a renda
familiar.
Alba Zaluar. Integração perversa: pobreza e tráfico de drogas.
Rio de Janeiro: FGV, 2004, p. 65-66 (com adaptações).
A respeito dos aspectos linguísticos do texto, julgue o item seguinte.

contrabando de armas, o receptador, o funcionário público corrupto, o advogad

Certo
Errado

Questão 136: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Orações subordinadas adjetivas
A vida humana só viceja sob algum tipo de luz, de preferência a do sol, tão óbvia quanto
essencial. Somos animais diurnos, por mais que boêmios da pá virada e vampiros em geral
discordem dessa afirmativa. Poucas vezes a gente pensa nisso, do mesmo jeito que devem ser
poucas as pessoas que acordam se sentindo primatas, mamíferos ou terráqueos, outros rótulos
que nos cabem por força da natureza das coisas.
A humanidade continua se aperfeiçoando na arte de afastar as trevas noturnas de todo hábitat
humano. Luz soa para muitos como sinônimo de civilização, e pode-se observar do espaço o
mapa das desigualdades econômicas mundiais desenhado na banda noturna do planeta. A
parcela ocidental do hemisfério norte é, de longe, a mais iluminada.
Dispor de tanta luz assim, porém, tem um custo ambiental muito alto, avisam os cientistas. Nos
humanos, o excesso de luz urbana que se infiltra no ambiente no qual dormimos pode reduzir
drasticamente os níveis de melatonina, que regula o nosso ciclo de sono-vigília.
Mesmo assim, sinto uma alegria quase infantil quando vejo se acenderem as luzes da cidade.
E repito para mim mesmo a pergunta que me faço desde que me conheço por gente: quem é
o responsável por acender as luzes da cidade? O mais plausível é imaginar que essa tarefa caiba
a sensores fotoelétricos espalhados pelos bairros. Mas e antes dos sensores, como é que se
fazia? Imagino que algum funcionário trepava na antena mais alta no topo do maior arranha-
céu e, ao constatar a falência da luz solar, acionava um interruptor, e a cidade toda se iluminava.
Não consigo pensar em um cargo público mais empolgante que o desse homem. Claro que o
cargo, se existia, já foi extinto, e o homem da luz já deve ter se transferido para o mundo das
trevas eternas.
Reinaldo Moraes. nal.com.br> (com adaptações).
No que se refere aos sentidos e às construções linguísticas do texto precedente, julgue o item
a seguir
A correção gramatical do texto seria mantida, mas seu sentido seria alterado, caso o trecho
las.
Certo
Errado

Questão 137: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Orações subordinadas adverbiais
Leio que a ciência deu agora mais um passo definitivo. É claro que o definitivo da ciência é
transitório, e não por deficiência da ciência (é ciência demais), que se supera a si mesma a cada
dia... Não indaguemos para que, já que a própria ciência não o faz o que, aliás, é a mais
moderna forma de objetividade de que dispomos.
Mas vamos ao definitivo transitório. Os cientistas afirmam que podem realmente construir
agora a bomba limpa. Sabemos todos que as bombas atômicas fabricadas até hoje são sujas
(aliás, imundas) porque, depois que explodem, deixam vagando pela atmosfera o já famoso e
temido estrôncio 90. Ora, isso é desagradável: pode mesmo acontecer que o próprio país que
lançou a bomba venha a sofrer, a longo prazo, as consequências mortíferas da proeza. O que
é, sem dúvida, uma sujeira.
Pois bem, essas bombas indisciplinadas, mal-educadas, serão em breve substituídas pelas
bombas n, que cumprirão sua missão com lisura: destruirão o inimigo, sem riscos para o
atacante. Trata-se, portanto, de uma fabulosa conquista, não?
Ferreira Gullar. Maravilha. In: A estranha vida banal. Rio de Janeiro: José Olympio, 1989, p.
109.
No que se refere aos sentidos e às estruturas linguísticas do texto acima, julgue o item a seguir.

Certo
Errado

Questão 138: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Orações subordinadas adverbiais
O filme sobre a vida de Vinicius de Moraes me fez pensar sobre a necessidade que temos de
recuperar a leveza.
Vinicius, por exemplo, era leve, tão leve que chegava a ser leviano na gravidade de suas
paixões. Tom Jobim era leve. Vinicius e Jobim eram leves e engraçados. Ser leve e engraçado
era uma característica daquela geração. Você podia estar com o Hélio Pellegrino que, sendo
analista, hora nenhuma nos passava a ideia de que estava analisando nossas neuroses, não
estava ali para julgar ninguém.
Com isto, as crônicas refletiam a leveza da vida. Não que não houvesse drama e tragédia, mas
as pessoas não eram baixo-astral nem a crônica era, como nos dias atuais, uma coisa chata e
pesada.
Também com um presidente leve como o Juscelino, que de tão leve vivia valsando e que botou
em aviões uma cidade inteira, levando-a para o Planalto Central, com ele tudo ficava mais fácil
e mais leve.
Af Tempo de delicadeza. p. 73-75 (com adaptações).
Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue o item seguinte.

a -se as vírgulas que a isolam, da seguinte forma:


embora fosse analista.
Certo
Errado

Questão 139: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Orações reduzidas
Texto para o item
O respeito às diferentes manifestações culturais é fundamental, ainda mais em um país como
o Brasil, que apresenta tradições e costumes muito variados em todo o seu território. Essa
diversidade é valorizada e preservada por ações da Secretaria da Identidade e da Diversidade
Cultural (SID), criada em 2003 e ligada ao Ministério da Cultura.
Cidadãos de áreas rurais que estejam ligados a atividades culturais e estudantes universitários
de todas as regiões do Brasil, por exemplo, são beneficiados por um dos projetos da SID: as
Redes Culturais. Essas redes abrangem associações e grupos culturais para divulgar e preservar
suas manifestações de cunho artístico. O projeto é guiado por parcerias entre órgãos
representativos do Estado brasileiro e as entidades culturais.
A Rede Cultural da Terra realiza oficinas de capacitação, cultura digital e atividades ligadas às
artes plásticas, cênicas e visuais, à literatura, à música e ao artesanato. Além disso, mapeia a
memória cultural dos trabalhadores do campo. A Rede Cultural dos Estudantes promove
eventos e mostras culturais e artísticas e apoia a criação de Centros Universitários de Cultura e
Arte.
Culturas populares e indígenas são outro foco de atenção das políticas de diversidade,
havendo editais públicos de premiação de atividades realizadas ou em andamento, o que
democratiza o acesso a recursos públicos.
O papel da cultura na humanização do tratamento psiquiátrico no Brasil é discutido em
seminários da SID. Além disso, iniciativas artísticas inovadoras nesse segmento são premiadas
com recursos do Edital Loucos pela Diversidade. Tais ações contribuem para a inclusão e
socializam o direito à criação e à produção cultural.
A participação de toda a sociedade civil na discussão de qualquer política cultural se dá em
reuniões da SID com grupos de trabalho e em seminários, oficinas e fóruns, nos quais são
apresentadas as demandas da população. Com base nesses encontros é que podem ser
planejadas e desenvolvidas ações que permitam o acesso dos cidadãos à cultura e a promoção
de suas manifestações, independentemente de cor, sexo, idade, etnia e orientação sexual.
Identidade e diversidade. Internet: <www.brasil.gov.br/sobre/cultura/> (com adaptações).
Considerando as ideias e aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item a seguir.

suas mani

Certo
Errado

Questão 140: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Funções sintáticas dos pronomes relativos
Todos nós, homens e mulheres, adultos e jovens, passamos boa parte da vida tendo de optar
entre o certo e o errado, entre o bem e o mal. Na realidade, entre o que consideramos bem e
o que consideramos mal. Apesar da longa permanência da questão, o que se considera certo
e o que se considera errado muda ao longo da história e ao redor do globo terrestre.
Ainda hoje, em certos lugares, a previsão da pena de morte autoriza o Estado a matar em nome
da justiça. Em outras sociedades, o direito à vida é inviolável e nem o Estado nem ninguém tem
o direito de tirar a vida alheia. Tempos atrás era tido como legítimo espancarem-se mulheres e
crianças, escravizarem-se povos. Hoje em dia, embora ainda se saiba de casos de
espancamento de mulheres e crianças, de trabalho escravo, esses comportamentos são
publicamente condenados na maior parte do mundo.
Mas a opção entre o certo e o errado não se coloca apenas na esfera de temas polêmicos que
atraem os holofotes da mídia. Muitas e muitas vezes é na solidão da consciência de cada um
de nós, homens e mulheres, pequenos e grandes, que certo e errado se enfrentam.
E a ética é o domínio desse enfrentamento.
Marisa Lajolo. Entre o bem e o mal. In: Histórias sobre a ética. 5.ª ed. São Paulo: Ática, 2008
(com adaptações).
A partir das ideias e das estruturas linguísticas do texto acima, julgue o item que se segue.
-se como pronome e exerce

Certo
Errado

Pontuação
Questão 141: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019
Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
As atividades pertinentes ao trabalho relacionam-se intrinsecamente com a satisfação das
necessidades dos seres humanos alimentar-se, proteger-se do frio e do calor, ter o que
calçar etc. Estas colocam os homens em uma relação de dependência com a natureza, pois no
mundo natural estão os elementos que serão utilizados para atendê-las.
Se prestarmos atenção à nossa volta, perceberemos que quase tudo que vemos existe em
razão de atividades do trabalho humano. Os processos de produção dos objetos que nos
cercam movimentam relações diversas entre os indivíduos, assim como a organização do
trabalho alterou-se bastante entre diferentes sociedades e momentos da história.
De acordo com o cientista social norte-americano Marshall Sahlins, nas sociedades tribais, o
trabalho geralmente não tem a mesma concepção que vigora nas sociedades industrializadas.
Naquelas, o trabalho está integrado a outras dimensões da sociabilidade festas, ritos, artes,
mitos etc. , não representando, assim, um mundo à parte.
Nas sociedades tribais, o trabalho está em tudo, e praticamente todos trabalham. Sahlins

o de que nelas a satisfação das necessidades básicas sociais e


materiais se dá plenamente.
Thiago de Mello. Trabalho. Internet: <educacao.globo.com> (com adaptações).
Julgue o seguinte item, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto
apresentado

seria alterada.
Certo
Errado

Questão 142: CEBRASPE (CESPE) - OI (ABIN)/ABIN/Área 1/2018


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto
No começo dos anos 40, os submarinos alemães estavam dizimando os cargueiros dos aliados
no Atlântico Norte. O jogo virou apenas em 1943, quando Alan Turing desenvolveu a Bomba,
um aparelho capaz de desvendar os segredos da máquina de criptografia nazista chamada de
Enigma. A complexidade da Enigma uma máquina eletromagnética que substituía letras por
palavras aleatórias escolhidas de acordo com uma série de rotores estava no fato de que
seus elementos internos eram configurados em bilhões de combinações diferentes, sendo
impossível decodificar o texto sem saber as configurações originais. Após espiões poloneses
terem roubado uma cópia da máquina, Turing e o campeão de xadrez Gordon Welchman
construíram uma réplica da Enigma na base militar de Bletchey Park. A máquina replicava os
rotores do sistema alemão e tentava reproduzir diferentes combinações de posições dos
rotores para testar possíveis soluções. Após quatro anos de trabalho, Turing conseguiu quebrar
a Enigma, ao perceber que as mensagens alemãs criptografadas continham palavras previsíveis,
como nomes e títulos dos militares. Turing usava esses termos como ponto de partida,
procurando outras mensagens em que a mesma letra aparecia no mesmo espaço em seu
equivalente criptografado.
Gabriel Garcia. 5 descobertas de Alan Turing que mudaram o rumo da história.
In: Exame, 2/fev./2015. Internet: <https://exame.abril.com.br> (com adaptações).
Considerando os aspectos linguísticos do texto, julgue o item subsequente.
A vírgula log
gramatical do período no qual ela aparece.
Certo
Errado

Questão 143: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto
A atividade de inteligência é o exercício de ações especializadas para a obtenção e análise de
dados, produção de conhecimentos e proteção de conhecimentos para o país. Inteligência e
contrainteligência são os dois ramos dessa atividade. A inteligência compreende ações de
obtenção de dados associadas à análise para a compreensão desses dados. A análise
transforma os dados em cenário compreensível para o entendimento do passado, do presente
e para a perspectiva de como tende a se configurar o futuro. Cabe à inteligência tratar
fundamentalmente da produção de conhecimentos com o objetivo específico de auxiliar o
usuário a tomar decisões de maneira mais fundamentada. A contrainteligência tem como
atribuições a produção de conhecimentos e a realização de ações voltadas à proteção de
dados, conhecimentos, infraestruturas críticas comunicações, transportes, tecnologias de
informação e outros ativos sensíveis e sigilosos de interesse do Estado e da sociedade. O
trabalho desenvolvido pela contrainteligência tem foco na defesa contra ameaças como a
espionagem, a sabotagem, o vazamento de informações e o terrorismo, patrocinadas por
instituições, grupos ou governos estrangeiros.
Internet: <www.abin.gov.br> (com adaptações).
Julgue o item seguinte, relativo às ideias e aos aspectos linguísticos do texto.
comunicações, transportes, tecnologias de
-lhe ênfase.
Certo
Errado

Questão 144: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2018


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto 12A1AAA
A polícia parisiense disse ele é extremamente hábil à sua maneira. Seus agentes são
perseverantes, engenhosos, astutos e perfeitamente versados nos conhecimentos que seus
deveres parecem exigir de modo especial. Assim, quando o delegado G... nos contou,
pormenorizadamente, a maneira pela qual realizou suas pesquisas no Hotel D..., não tive dúvida
de que efetuara uma investigação satisfatória (...) até o ponto a que chegou o seu trabalho.
Até o ponto a que chegou o seu trabalho? perguntei.
Sim respondeu Dupin. As medidas adotadas não foram apenas as melhores que
poderiam ser tomadas, mas realizadas com absoluta perfeição. Se a carta estivesse depositada
dentro do raio de suas investigações, esses rapazes, sem dúvida, a teriam encontrado.
Ri, simplesmente mas ele parecia haver dito tudo aquilo com a máxima seriedade.
As medidas, pois prosseguiu , eram boas em seu gênero, e foram bem executadas: seu
defeito residia em serem inaplicáveis ao caso e ao homem em questão. Um certo conjunto de
recursos altamente engenhosos é, para o delegado, uma espécie de leito de Procusto, ao qual
procura adaptar à força todos os seus planos. Mas, no caso em apreço, cometeu uma série de
erros, por ser demasiado profundo ou demasiado superficial. (...) E, se o delegado e toda a sua
corte têm cometido tantos enganos, isso se deve (...) a uma apreciação inexata, ou melhor, a
uma não apreciação da inteligência daqueles com quem se metem. Consideram engenhosas
apenas as suas próprias ideias e, ao procurar alguma coisa que se ache escondida, não pensam
senão nos meios que eles próprios teriam empregado para escondê-la. Estão certos apenas
num ponto: naquele em que sua engenhosidade representa fielmente a da massa; mas, quando
a astúcia do malfeitor é diferente da deles, o malfeitor, naturalmente, os engana. Isso sempre
acontece quando a astúcia deste último está acima da deles e, muito frequentemente, quando
está abaixo. Não variam seu sistema de investigação; na melhor das hipóteses, quando são
instigados por algum caso insólito, ou por alguma recompensa extraordinária, ampliam ou
exageram os seus modos de agir habituais, sem que se afastem, no entanto, de seus princípios.
(...) Você compreenderá, agora, o que eu queria dizer ao afirmar que, se a carta roubada tivesse
sido escondida dentro do raio de investigação do nosso delegado ou, em outras palavras,
se o princípio inspirador estivesse compreendido nos princípios do delegado , sua
descoberta seria uma questão inteiramente fora de dúvida. Este funcionário, porém, se
enganou por completo, e a fonte remota de seu fracasso reside na suposição de que o ministro
é um idiota, pois adquiriu renome de poeta. Segundo o delegado, todos os poetas são idiotas
e, neste caso, ele é apenas culpado de uma non distributio medii, ao inferir que todos os
poetas são idiotas.
Mas ele é realmente poeta? perguntei. Sei que são dois irmãos, e que ambos
adquiriram renome nas letras. O ministro, creio eu, escreveu eruditamente sobre o cálculo
diferencial. É um matemático, e não um poeta. Você está enganado. Conheço-o bem. E
ambas as coisas. Como poeta e matemático, raciocinaria bem; como mero matemático, não
raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, à mercê do delegado.
Você me surpreende respondi com essas opiniões, que têm sido desmentidas pela
voz do mundo. Naturalmente, não quererá destruir, de um golpe, ideias amadurecidas durante
tantos séculos. A razão matemática é há muito considerada como a razão par excellence.

Edgar Allan Poe. A carta roubada.


In: Histórias extraordinárias. Victor Civita, 1981. Tradução de Brenno Silveira e outros.
Julgue o seguinte item, relativo aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto 12A1AAA.
Feitas as devidas alterações de maiúsculas e minúsculas, o ponto e vírgula empregado logo

Certo
Errado

Questão 145: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2018


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto 12A1AAA
A polícia parisiense disse ele é extremamente hábil à sua maneira. Seus agentes são
perseverantes, engenhosos, astutos e perfeitamente versados nos conhecimentos que seus
deveres parecem exigir de modo especial. Assim, quando o delegado G... nos contou,
pormenorizadamente, a maneira pela qual realizou suas pesquisas no Hotel D..., não tive dúvida
de que efetuara uma investigação satisfatória (...) até o ponto a que chegou o seu trabalho.
Até o ponto a que chegou o seu trabalho? perguntei.
Sim respondeu Dupin. As medidas adotadas não foram apenas as melhores que
poderiam ser tomadas, mas realizadas com absoluta perfeição. Se a carta estivesse depositada
dentro do raio de suas investigações, esses rapazes, sem dúvida, a teriam encontrado.
Ri, simplesmente mas ele parecia haver dito tudo aquilo com a máxima seriedade.
As medidas, pois prosseguiu , eram boas em seu gênero, e foram bem executadas: seu
defeito residia em serem inaplicáveis ao caso e ao homem em questão. Um certo conjunto de
recursos altamente engenhosos é, para o delegado, uma espécie de leito de Procusto, ao qual
procura adaptar à força todos os seus planos. Mas, no caso em apreço, cometeu uma série de
erros, por ser demasiado profundo ou demasiado superficial. (...) E, se o delegado e toda a sua
corte têm cometido tantos enganos, isso se deve (...) a uma apreciação inexata, ou melhor, a
uma não apreciação da inteligência daqueles com quem se metem. Consideram engenhosas
apenas as suas próprias ideias e, ao procurar alguma coisa que se ache escondida, não pensam
senão nos meios que eles próprios teriam empregado para escondê-la. Estão certos apenas
num ponto: naquele em que sua engenhosidade representa fielmente a da massa; mas, quando
a astúcia do malfeitor é diferente da deles, o malfeitor, naturalmente, os engana. Isso sempre
acontece quando a astúcia deste último está acima da deles e, muito frequentemente, quando
está abaixo. Não variam seu sistema de investigação; na melhor das hipóteses, quando são
instigados por algum caso insólito, ou por alguma recompensa extraordinária, ampliam ou
exageram os seus modos de agir habituais, sem que se afastem, no entanto, de seus princípios.
(...) Você compreenderá, agora, o que eu queria dizer ao afirmar que, se a carta roubada tivesse
sido escondida dentro do raio de investigação do nosso delegado ou, em outras palavras,
se o princípio inspirador estivesse compreendido nos princípios do delegado , sua
descoberta seria uma questão inteiramente fora de dúvida. Este funcionário, porém, se
enganou por completo, e a fonte remota de seu fracasso reside na suposição de que o ministro
é um idiota, pois adquiriu renome de poeta. Segundo o delegado, todos os poetas são idiotas
e, neste caso, ele é apenas culpado de uma non distributio medii, ao inferir que todos os
poetas são idiotas.
Mas ele é realmente poeta? perguntei. Sei que são dois irmãos, e que ambos
adquiriram renome nas letras. O ministro, creio eu, escreveu eruditamente sobre o cálculo
diferencial. É um matemático, e não um poeta. Você está enganado. Conheço-o bem. E
ambas as coisas. Como poeta e matemático, raciocinaria bem; como mero matemático, não
raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, à mercê do delegado.
Você me surpreende respondi com essas opiniões, que têm sido desmentidas pela
voz do mundo. Naturalmente, não quererá destruir, de um golpe, ideias amadurecidas durante
tantos séculos. A razão matemática é há muito considerada como a razão par excellence.
Edgar Allan Poe. A carta roubada.
In: Histórias extraordinárias. Victor Civita, 1981. Tradução de Brenno Silveira e outros.
Julgue o seguinte item, relativo aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto 12A1AAA.

do texto.
Certo
Errado

Questão 146: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Como se pode imaginar, não foi o latim clássico, dos grandes escritores romanos e latinos e
falado pelas classes romanas mais abastadas, que penetrou na Península Ibérica e nos demais
espaços conquistados pelo ImpérioRomano. Foi o latim popular, falado pelas tropas invasoras,
que fez esse papel. Essa variante vulgar sobrepôs-se às línguas dos povos dominados e com
elas caldeou-se, dando origem aos dialetos que viriam a se chamar genericamente de
romanços ou romances (do latim romanice, isto é, à moda dos romanos).
No século V d.C., o Império Romano ruiu e os romanços passaram a diferenciar-se cada vez
mais, dando origem às chamadas línguas neolatinas ou românicas: francês, provençal,
espanhol, português, catalão, romeno, rético, sardo etc.
Séculos mais tarde, Portugal fundou-se como nação, ao mesmo tempo em que o português
ganhou seu estatuto de língua, da seguinte forma: enquanto Portugal estabelecia as suas
fronteiras no século XIII, o galego-português patenteava-se em forma literária.
Cerca de três séculos depois, Portugal lançou-se em uma expansão de conquistas que, à
imagem do que Roma fizera, levou a língua portuguesa a remotas regiões: Guiné-Bissau,
Angola, Moçambique, Cingapura, Índia e Brasil, para citar uns poucos exemplos em três
continentes.
Muito mais tarde, essas colônias tornaram-se independentes o Brasil no século XIX, as
demais no século XX , mas a língua de comunicação foi mantida e é hoje oficial em oito
nações independentes: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São
Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
Instituto Antônio Houaiss. José Carlos de Azevedo (Coord.).
Escrevendo pela nova ortografia: como usar as regras do Novo Acordo Ortográfico da Língua
Portuguesa. São Paulo: Publifolha, 2008, p. 16-7 (com adaptações).
Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o item seguinte.
A correção do texto seria mantida se as vírgulas q
substituídas por
travessões.
Certo
Errado

Questão 147: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
O que tanta gente foi fazer do lado de fora do tribunal onde foi julgado um dos mais famosos
casais acusados de assassinato no país? Torcer pela justiça, sim: as evidências permitiam uma
forte convicção sobre os culpados, muito antes do encerramento das investigações. Contudo,
para torcer pela justiça, não era necessário acampar na porta do tribunal, de onde ninguém
podia pressionar os jurados. Bastava fazer abaixo-assinados via Internet pela condenação do
pai e da madrasta da vítima. O que foram fazer lá, ao vivo? Penso que as pessoas não torceram
apenas pela condenação dos principais suspeitos. Torceram também para que a versão que
inculpou o pai e a madrasta fosse verdadeira.
O relativo alívio que se sente ao saber que um assassinato se explica a partir do círculo de
relações pessoais da vítima talvez tenha duas explicações. Primeiro, a fantasia de que em
nossas famílias isso nunca há de acontecer. Em geral temos mais controle sobre nossas
relações íntimas que sobre o acaso dos maus encontros que podem nos vitimar em uma cidade
grande. Segundo, porque o crime familiar permite o lenitivo da construção de uma narrativa.
Se toda morte violenta, ou súbita, nos deixa frente a frente com o real traumático, busca-se a
possibilidade de inscrever o acontecido em uma narrativa, ainda que terrível, capaz de produzir
sentido para o que não tem tamanho nem nunca terá, o que não tem conserto nem nunca terá,
o que não faz sentido.
Maria Rita Khel. A morte do sentido. Internet: <www.mariaritakehl.psc.br> (com adaptações).
Com base no texto acima, julgue o item.
Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido do tex

pontuação uma questão de estilo apenas.


Certo
Errado

Questão 148: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
A democracia há muito deixou de dizer respeito às regras do jogo político para se transformar
na força viva de construção de um mundo vasto e diferenciado, apto a conjugar tempos
passados e futuros, afinidades e diferenças, meios sociais imprescindíveis ao desenvolvimento
da autenticidade e da individualidade de cada pessoa. O espírito democrático desenvolve-se
na diversidade e estabelece o diálogo na pluralidade. Diversidade é a semente inesgotável da
autenticidade e da individualidade humana, que se expressam na subjetividade da liberdade
pessoal. Mas a condição de ser livre, ou seja, de desenvolver a autenticidade e a
individualidade, pressupõe o contexto da diversidade, somente atingível, em termos políticos,
no âmbito do espírito democrático, círculo que demonstra a intimidade e interdependência
entre democracia e liberdades fundamentais. A liberdade deve ser entendida em duplo
sentido: como o respeito e a aceitação das diferenças individuais e coletivas e como dever de
solidariedade e compromisso com as condições para a liberdade de todos, o que implica a
garantia do direito à não discriminação e do direito a políticas afirmativas, como formas de
manifestação do direito à diversidade, que representam novos padrões de proteção jurídica,
ensejadores da acessibilidade às condições materiais, sociais, culturais e intelectivas,
imprescindíveis à autodeterminação individual, denominadas direitos de acessibilidade,
requisito primeiro para o pleno exercício das liberdades de escolhas.
Idem, p. 97 (com adaptações).
Julgue o item que se segue, relativo às ideias e estruturas linguísticas do texto acima.
Estaria garantida a correção gramatical do texto caso fosse suprimida a vírgula empregada
-se a separação, por vírgula, do sujeito e do predicado da
oração.
Certo
Errado

Questão 149: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) aponta
redução de 39% nos casos de roubo com restrição de liberdade, o famoso sequestro-
relâmpago, ocorridos entre 1.º de janeiro e 31 de agosto deste ano, em comparação com o
mesmo período do ano passado foram 520 ocorrências em 2012 e 316 em 2013.
Em agosto deste ano, foram registrados 39 casos de sequestro-relâmpago em todo o DF, o que
representa redução de 32% do número de ocorrências dessa natureza criminal em relação ao
mesmo mês de 2012, período em que 57 casos foram registrados. Entre as 39 vítimas, 11 foram
abordadas no Plano Piloto, região que lidera a classificação de casos, seguida pela região
administrativa de Taguatinga, com oito ocorrências. Segundo a SSP, o cenário é diferente
daquele do mês de julho, em que Ce
crimes foram cometidos nos fins de semana, no período da noite, e quase 70% das vítimas eram
do sexo masculino, o que mostra que a escolha da vítima é baseada no princípio da
oportunidade e aleatória,
Ao todo, 82% das vítimas (32 pessoas) estavam sozinhas no momento da abordagem dos
bandidos, por isso as forças de segurança recomendam que as pessoas tomem alguns
cuidados, entre os quais, não estacionar em locais escuros e distantes, não ficar dentro de
carros estacionados e redobrar a atenção ao sair de residências, centros comerciais e outros
locais.
DF registra 316 ocorrências de sequestro-relâmpago nos primeiros oito meses deste ano.
R7, 6/9/2013. Internet: <http://noticias.r7.com> (com adaptações).

Julgue o próximo item, relativo ao sentido e aos aspectos linguísticos do texto acima.
- está entre vírgulas porque explica, em termos
populares, a expressão roubo com restrição d
Certo
Errado

Questão 150: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) aponta
redução de 39% nos casos de roubo com restrição de liberdade, o famoso sequestro-
relâmpago, ocorridos entre 1.º de janeiro e 31 de agosto deste ano, em comparação com o
mesmo período do ano passado foram 520 ocorrências em 2012 e 316 em 2013.
Em agosto deste ano, foram registrados 39 casos de sequestro-relâmpago em todo o DF, o
que representa redução de 32% do número de ocorrências dessa natureza criminal em relação
ao mesmo mês de 2012, período em que 57 casos foram registrados. Entre as 39 vítimas, 11 foram
abordadas no Plano Piloto, região que lidera a classificação de casos, seguida pela região
administrativa de Taguatinga, com oito ocorrências. Segundo a SSP, o cenário é diferente
daquele do mês de julho, em que Ceilândia e Gama tinham o ma
crimes foram cometidos nos fins de semana, no período da noite, e quase 70% das vítimas eram
do sexo masculino, o que mostra que a escolha da vítima é baseada no princípio da
oportunidade e aleatória, não em f
Ao todo, 82% das vítimas (32 pessoas) estavam sozinhas no momento da abordagem dos
bandidos, por isso as forças de segurança recomendam que as pessoas tomem alguns
cuidados, entre os quais, não estacionar em locais escuros e distantes, não ficar dentro de
carros estacionados e redobrar a atenção ao sair de residências, centros comerciais e outros
locais.
DF registra 316 ocorrências de sequestro-relâmpago nos primeiros oito meses deste ano.
R7, 6/9/2013. Internet: <http://noticias.r7.com> (com adaptações).
Julgue o próximo item, relativo ao sentido e aos aspectos linguísticos do texto acima.
A correção gramatical e o sentido do texto seriam preservados caso a vírgula imediatamente
ituída pelo sinal de dois-pontos.
Certo
Errado

Questão 151: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Dizem que Karl Marx descobriu o inconsciente três décadas antes de Freud. Se a afirmação não
é rigorosamente exata, não deixa de fazer sentido, uma vez que Marx, em O Capital, no
capítulo sobre o fetiche da mercadoria, estabelece dois parâmetros conceituais
imprescindíveis para explicar a transformação que o capitalismo produziu na subjetividade. São
eles os conceitos de fetichismo e de alienação, ambos tributários da descoberta da mais-valia
ou do inconsciente, como queiram.
A rigor, não há grande diferença entre o emprego dessas duas palavras na psicanálise e no
materialismo histórico. Em Freud, o fetiche organiza a gestão perversa do desejo sexual e, de
forma menos evidente, de todo desejo humano; já a alienação não passa de efeito da divisão
do sujeito, ou seja, da existência do inconsciente. Em Marx, o fetiche da mercadoria, fruto da
expropriação alienada do trabalho, tem um papel decisivo na produção "inconsciente" da mais-
valia. O sujeito das duas teorias é um só: aquele que sofre e se indaga sobre a origem
inconsciente de seus sintomas é o mesmo que desconhece, por efeito dessa mesma
inconsciência, que o poder encantatório das mercadorias é condição não de sua riqueza, mas
de sua miséria material e espiritual. Se a sociedade em que vivemos se diz "de mercado", é
porque a mercadoria é o grande organizador do laço social.
Maria Rita Kehl. 18 crônicas e mais algumas. São Paulo: Boitempo, 2011, p. 142 (com
adaptações).
Com relação às ideias desenvolvidas no texto acima e a seus aspectos gramaticais, julgue o
item subsequente.
Com correção gramatical, o período "A rigor (...) histórico" poderia, sem se contrariar a ideia
original do texto, ser assim reescrito: Caso se proceda com rigor, a análise desses conceitos,
verifica-se que não existe diferenças entre eles.
Certo
Errado

Questão 152: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto para o item
Em um momento em que os Estados-nação se dobram diante das forças do mercado, os
dirigentes políticos sonham com estabilidade. Ora, as formas de governo utilizadas pelos
impérios fascinam por sua resistência aos sobressaltos da história, sua plasticidade e sua
capacidade de unir populações diferentes.
Por que nos interessar pela noção de império? Não vivemos hoje em um mundo de Estados-
nação? São eles, por exemplo, que têm seus assentos na ONU, com suas bandeiras, seus selos
postais e suas instituições. No entanto, o estudo dos impérios, antigos ou recentes, permite
acessar as raízes do mundo contemporâneo e aprofundar nossa compreensão das modalidades

O conceito de Estado-nação baseia-se em uma ficção, a da homogeneidade: um povo, um


território, um governo. Os impérios nascem da extensão do poder através do espaço e se
assentam na diversidade: eles governam de maneiras diferentes povos diferentes, sob uma
dupla tensão. Por um lado, a vontade dos líderes políticos de estender seu controle territorial,
em um contexto em que os povos vivem realidades socioculturais variadas, alimenta o
expansionismo. Por outro, o fato de o império absorver povos diferentes faz que alguns de seus
componentes desejem destacar-se do conjunto. Isso explica por que os impérios perduram,
racham, reconfiguram-se e caem.
Pensar o império não significa ressuscitá-lo dos mundos passados. Trata-se de considerar a
multiplicidade de formas de exercício do poder sobre um dado espaço. Se pudermos
considerar a história como algo diferente da inexorável transição da forma império para a forma
Estado-nação, talvez possamos apreender o futuro de um ponto de vista mais vasto. E
considerar outras formas de soberania que respondam melhor a um mundo caracterizado ao
mesmo tempo pela desigualdade e pela diversidade.
Jane Burbank e Frederick Cooper. De Roma a Constantinopla, pensar o império para
entender o mundo. In: Le Monde Diplomatique. Brasil, 2011, ano 5, n.º 53, p. 24-5 (com
adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas e à pontuação do texto, julgue o item a seguir.
Caso se insira, antes de "caracterizado", o segmento que é, será necessário, para a
manutenção da correção gramatical e do sentido do período, o emprego de vírgula após
"mundo".
Certo
Errado

Questão 153: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto para o item
Em um momento em que os Estados-nação se dobram diante das forças do mercado, os
dirigentes políticos sonham com estabilidade. Ora, as formas de governo utilizadas pelos
impérios fascinam por sua resistência aos sobressaltos da história, sua plasticidade e sua
capacidade de unir populações diferentes.
Por que nos interessar pela noção de império? Não vivemos hoje em um mundo de Estados-
nação? São eles, por exemplo, que têm seus assentos na ONU, com suas bandeiras, seus selos
postais e suas instituições. No entanto, o estudo dos impérios, antigos ou recentes, permite
acessar as raízes do mundo contemporâneo e aprofundar nossa compreensão das modalidades

O conceito de Estado-nação baseia-se em uma ficção, a da homogeneidade: um povo, um


território, um governo. Os impérios nascem da extensão do poder através do espaço e se
assentam na diversidade: eles governam de maneiras diferentes povos diferentes, sob uma
dupla tensão. Por um lado, a vontade dos líderes políticos de estender seu controle territorial,
em um contexto em que os povos vivem realidades socioculturais variadas, alimenta o
expansionismo. Por outro, o fato de o império absorver povos diferentes faz que alguns de seus
componentes desejem destacar-se do conjunto. Isso explica por que os impérios perduram,
racham, reconfiguram-se e caem.
Pensar o império não significa ressuscitá-lo dos mundos passados. Trata-se de considerar a
multiplicidade de formas de exercício do poder sobre um dado espaço. Se pudermos
considerar a história como algo diferente da inexorável transição da forma império para a forma
Estado-nação, talvez possamos apreender o futuro de um ponto de vista mais vasto. E
considerar outras formas de soberania que respondam melhor a um mundo caracterizado ao
mesmo tempo pela desigualdade e pela diversidade.
Jane Burbank e Frederick Cooper. De Roma a Constantinopla, pensar o império para
entender o mundo. In: Le Monde Diplomatique. Brasil, 2011, ano 5, n.º 53, p. 24-5 (com
adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas e à pontuação do texto, julgue o item a seguir.
Com os devidos ajustes de maiúsculas e minúsculas, o ponto após "passados" pode ser
substituído por dois-pontos sem que haja prejuízo para a correção gramatical e o sentido
original do texto.
Certo
Errado

Questão 154: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto para o item
A figura do jovem revoltado precisa ser reexaminada. Seu comportamento não se explica pela
fome nem pela miséria absoluta. Pelos seus próprios depoimentos, recolhidos em conversas
fora dos inquéritos policiais, um grande móvel para sua adesão ao crime do tráfico de drogas
é o enriquecimento rápido. Após a gradual conversão aos valores da violência e da nova
organização criminosa montada no uso constante da arma de fogo, esse jovem descobre os
prazeres da vida de rico e com ela se identifica. Seu consumo passa a ser uma cópia exagerada,
orgiástica, do que entende ser o luxo do rico: muita roupa, carros, mulheres, uísque (bebida de
) e muita cocaína (coisa de gente fina). No entanto, é um iludido: com o ganhar fácil,
porque seu consumo orgiástico, excessivo, o deixa sempre de bolso vazio, a repetir
compulsivamente o ato criminoso; com o poder da arma de fogo, que o deixa viver por
instantes um poder absoluto sobre suas vítimas, mas que acaba colocando-o na mesma posição
diante dos quadrilheiros e policiais mais armados do que ele; com a possibilidade, enfim, de
que, apesar de jovem e pobre, vai e sair dessa vida de perigos e medos.
É possível afirmar que, ao contrário do que se diz, a criminalidade violenta diminui, a médio e
longo prazos, a renda familiar dos pobres. O crime organizado, por suas características
empresariais ilegais, é altamente concentrador de renda. Não sofre nenhum tipo de limitação
das leis de mercado, de preços ajustados, de salários mínimos estipulados, de direitos
trabalhistas para os seus peões. O crime organizado trafega nos preços cartelizados e na
punição com a morte daqueles que ousam desobedecer à ordem e à vontade do chefe ou
simplesmente denunciá-lo. Os pequenos traficantes da favela, apesar de todo o aparato militar,
na verdade, estão ajudando a enriquecer aqueles que controlam o tráfico de drogas em
toneladas e o contrabando de armas, o receptador, o funcionário público corrupto, o advogado
criminal, e assim por diante. Pouquíssimos jovens saídos das camadas pobres conseguem se
estabelecer, mas todos contribuem para enriquecer outros personagens que continuam nas
sombras e que são os principais beneficiários das cifras da criminalidade. Os efeitos da guerra
clandestina já se fazem sentir na população que abriga os bandidos identificados como tal:
como as mortes violentas atingem principalmente homens jovens em idade produtiva, as
famílias se veem privadas daqueles que seriam os mais importantes contribuintes para a renda
familiar.
Alba Zaluar. Integração perversa: pobreza e tráfico de drogas.
Rio de Janeiro: FGV, 2004, p. 65-66 (com adaptações).
A respeito dos aspectos linguísticos do texto, julgue o item seguinte.
-se por destacar o sentido conotativo
que essas expressões adquirem no texto.
Certo
Errado

Questão 155: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Texto para o item
Na cidade do Rio de Janeiro, são registrados, em média, 5.200 casos de desaparecimento por
ano. Alguns dos desaparecidos voltam para casa dias depois; outros, para desespero dos
familiares, são encontrados mortos em ocorrências que variam de acidentes, como
atropelamento ou afogamento, a assassinatos.
Centenas de casos, no entanto, ficam sem solução. Uma policial civil resolveu investigá-los
formalmente. Foram avaliados cerca de duzentos casos não solucionados de desaparecimento,

explica a policial.
De fato, o desaparecimento é tão diferente de outros crimes que nem se encaixa nessa
categoria ou seja, não é tipificado no Código Penal. Quando a família vai fazer o registro de
ocorrência, contecimento
administrativo.

destinado à maioria dos casos de desaparecimento não é prioritário; afinal, não se trata da
investigação de um crime. Entre apurar um crime e um fato atípico, na lógica policial, é

A policial civil defende que não apenas seja revisto o tipo de registro atribuído ao
desaparecimento, mas também que o próprio inquérito seja realizado com mais atenção pelos
p u não algum

Thiago Camelo. Desaparecidos sociais. Internet:


<http://cienciahoje.uol.com.br> (com adaptações).
Julgue o item subsequente, a respeito das ideias e estruturas linguísticas do texto.
eção gramatical
do texto.
Certo
Errado

Questão 156: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Pontuação (ponto, vírgula, travessão, aspas, parênteses etc)
Em alguns países, as porcentagens de ingresso de mulheres na força policial vêm se
incrementando consideravelmente nos últimos tempos. Na Alemanha, esse índice fica entre
40% e 50%. Ainda assim, não podemos falar de uma autêntica representatividade feminina na
polícia, pois, em outros países onde ela é também elevada, os percentuais chegam a apenas
20%. No caso das polícias metropolitanas de Londres, da Inglaterra e de Gales, por exemplo, a
participação das mulheres é de 14%; na Grécia e na Estônia, de 15%.
No Brasil, a concentração de entrada das mulheres na polícia deu-se na década de 80 do
século passado, coincidindo com um momento de crise da própria instituição policial, que, por
sua vez, refletia uma crise mais ampla do modo de organização do trabalho nas sociedades
contemporâneas. O trabalho policial, que vinha sendo visto, necessariamente, como uma
ocupação masculina, passa desde então por mudanças, na medida em que entram em crise
valores característicos da organização, como a força física e a identificação tradicional com a
figura masculina. Passou-se a buscar outros valores condizentes com a realidade atual, como a
inteligência, a capacidade de resolução de conflitos, a inovação e o trabalho em equipe.
Márcia Esteves de Calazans. Mulheres no policiamento ostensivo e a
perspectiva de uma segurança cidadã. Internet: <www.scielo.br> (com adaptações).

Julgue o item seguinte, com relação às ideias e às estruturas do texto.


alteraria o sentido original
do texto, mas manteria a sua correção gramatical.
Certo
Errado

Questão 157: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Regência Nominal e Verbal (casos gerais)
Texto
A atividade de inteligência é o exercício de ações especializadas para a obtenção e análise de
dados, produção de conhecimentos e proteção de conhecimentos para o país. Inteligência e
contrainteligência são os dois ramos dessa atividade. A inteligência compreende ações de
obtenção de dados associadas à análise para a compreensão desses dados. A análise
transforma os dados em cenário compreensível para o entendimento do passado, do presente
e para a perspectiva de como tende a se configurar o futuro. Cabe à inteligência tratar
fundamentalmente da produção de conhecimentos com o objetivo específico de auxiliar o
usuário a tomar decisões de maneira mais fundamentada. A contrainteligência tem como
atribuições a produção de conhecimentos e a realização de ações voltadas à proteção de
dados, conhecimentos, infraestruturas críticas comunicações, transportes, tecnologias de
informação e outros ativos sensíveis e sigilosos de interesse do Estado e da sociedade. O
trabalho desenvolvido pela contrainteligência tem foco na defesa contra ameaças como a
espionagem, a sabotagem, o vazamento de informações e o terrorismo, patrocinadas por
instituições, grupos ou governos estrangeiros.
Internet: <www.abin.gov.br> (com adaptações).

Julgue o item seguinte, relativo às ideias e aos aspectos linguísticos do texto.


O sentido do texto seria prejudicado, embora sua correção gramatical fosse preservada, caso
a pre posição de.
Certo
Errado

Questão 158: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Regência Nominal e Verbal (casos gerais)
Texto 13A1AAA
No fim do século XVIII e começo do XIX, a despeito de algumas grandes fogueiras, a
melancólica festa de punição de condenados foi-se extinguindo. Em algumas dezenas de anos,
desapareceu o corpo como alvo principal da repressão penal: o corpo supliciado,
esquartejado, amputado, marcado simbolicamente no rosto ou no ombro, exposto vivo ou

mantinha com ele afinidades espúrias: igualando-o, ou mesmo ultrapassando-o em selvageria,


acostumando os espectadores a uma ferocidade de que todos queriam vê-los afastados,
mostrando-lhes a frequência dos crimes, fazendo o carrasco se parecer com criminoso, os
juízes com assassinos, invertendo no último momento os papéis, fazendo do supliciado um
objeto de piedade e de admiração.
A punição vai-se tornando a parte mais velada do processo penal, provocando várias
consequências: deixa o campo da percepção quase diária e entra no da consciência abstrata;
sua eficácia é atribuída à sua fatalidade, não à sua intensidade visível; a certeza de ser punido
é que deve desviar o homem do crime, e não mais o abominável teatro.
Sob o nome de crimes e delitos, são sempre julgados corretamente os objetos jurídicos
definidos pelo Código. Porém julgam-se também as paixões, os instintos, as anomalias, as
enfermidades, as inadaptações, os efeitos de meio ambiente ou de hereditariedade. Punem-se
as agressões, mas, por meio delas, as agressividades, as violações e, ao mesmo tempo, as
perversões, os assassinatos que são, também, impulsos e desejos. Dir-se-ia que não são eles
que são julgados; se são invocados, é para explicar os fatos a serem julgados e determinar até
que ponto a vontade do réu estava envolvida no crime. As sombras que se escondem por trás
dos elementos da causa é que são, na realidade, julgadas e punidas.
O juiz de nossos dias magistrado ou jurado
ele não julga mais sozinho. Ao longo do processo penal, e da execução da pena, prolifera toda
uma série de instâncias anexas. Pequenas justiças e juízes paralelos se multiplicaram em torno
do julgamento principal: peritos psiquiátricos ou psicológicos, magistrados da aplicação das
penas, educadores, funcionários da administração penitenciária fracionam o poder legal de
punir. Dir-se-á, no entanto, que nenhum deles partilha realmente do direito de julgar; os peritos
não intervêm antes da sentença para fazer um julgamento, mas para esclarecer a decisão dos
juízes. Todo o aparelho que se desenvolveu há anos, em torno da aplicação das penas e de seu
ajustamento aos indivíduos, multiplica as instâncias da decisão judiciária, prolongando-a muito
além da sentença.
Michel Foucault. Vigiar e punir: nascimento
da prisão. Trad. Raquel Ramalhete. Petrópolis, Vozes, 1987, p. 8-26 (com adaptações).
A respeito das ideias e dos aspectos linguísticos do texto 13A1AAA, julgue o item.

os espectadores a uma ferocidade de que todos queriam vê- rreção


gramatical do texto.
Certo
Errado

Questão 159: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Regência Nominal e Verbal (casos gerais)
O uso indevido de drogas constitui, na atualidade, séria e persistente ameaça à humanidade e
à estabilidade das estruturas e valores políticos, econômicos, sociais e culturais de todos os
Estados e sociedades. Suas consequências infligem considerável prejuízo às nações do mundo
inteiro, e não são detidas por fronteiras: avançam por todos os cantos da sociedade e por todos
os espaços geográficos, afetando homens e mulheres de diferentes grupos étnicos,
independentemente de classe social e econômica ou mesmo de idade. Questão de relevância
na discussão dos efeitos adversos do uso indevido de drogas é a associação do tráfico de
drogas ilícitas e dos crimes conexos geralmente de caráter transnacional com a
criminalidade e a violência. Esses fatores ameaçam a soberania nacional e afetam a estrutura
social e econômica interna, devendo o governo adotar uma postura firme de combate ao
tráfico de drogas, articulando-se internamente e com a sociedade, de forma a aperfeiçoar e
otimizar seus mecanismos de prevenção e repressão e garantir o envolvimento e a aprovação
dos cidadãos.
Internet: <www.direitoshumanos.usp.br>.
No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo
item.
, deve-se à regência

Certo
Errado

Questão 160: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019


Assunto: Crase
A vida humana só viceja sob algum tipo de luz, de preferência a do sol, tão óbvia quanto
essencial. Somos animais diurnos, por mais que boêmios da pá virada e vampiros em geral
discordem dessa afirmativa. Poucas vezes a gente pensa nisso, do mesmo jeito que devem ser
poucas as pessoas que acordam se sentindo primatas, mamíferos ou terráqueos, outros rótulos
que nos cabem por força da natureza das coisas.
A humanidade continua se aperfeiçoando na arte de afastar as trevas noturnas de todo hábitat
humano. Luz soa para muitos como sinônimo de civilização, e pode-se observar do espaço o
mapa das desigualdades econômicas mundiais desenhado na banda noturna do planeta. A
parcela ocidental do hemisfério norte é, de longe, a mais iluminada.
Dispor de tanta luz assim, porém, tem um custo ambiental muito alto, avisam os cientistas. Nos
humanos, o excesso de luz urbana que se infiltra no ambiente no qual dormimos pode reduzir
drasticamente os níveis de melatonina, que regula o nosso ciclo de sono-vigília.
Mesmo assim, sinto uma alegria quase infantil quando vejo se acenderem as luzes da cidade.
E repito para mim mesmo a pergunta que me faço desde que me conheço por gente: quem é
o responsável por acender as luzes da cidade? O mais plausível é imaginar que essa tarefa caiba
a sensores fotoelétricos espalhados pelos bairros. Mas e antes dos sensores, como é que se
fazia? Imagino que algum funcionário trepava na antena mais alta no topo do maior arranha-
céu e, ao constatar a falência da luz solar, acionava um interruptor, e a cidade toda se iluminava.
Não consigo pensar em um cargo público mais empolgante que o desse homem. Claro que o
cargo, se existia, já foi extinto, e o homem da luz já deve ter se transferido para o mundo das
trevas eternas.
Reinaldo Moraes. r> (com adaptações).
No que se refere aos sentidos e às construções linguísticas do texto precedente, julgue o item
a seguir
Sem prejuízo da correção gramatical e dos sentidos do texto, o primeiro período do terceiro
parágrafo poderia ser assim reescrito: Contudo, os cientistas avisam que ter tanta luz à nosso
dispor custa muito caro ao meio ambiente.
Certo
Errado

Questão 161: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Crase
O uso indevido de drogas constitui, na atualidade, séria e persistente ameaça à humanidade e
à estabilidade das estruturas e valores políticos, econômicos, sociais e culturais de todos os
Estados e sociedades. Suas consequências infligem considerável prejuízo às nações do mundo
inteiro, e não são detidas por fronteiras: avançam por todos os cantos da sociedade e por todos
os espaços geográficos, afetando homens e mulheres de diferentes grupos étnicos,
independentemente de classe social e econômica ou mesmo de idade. Questão de relevância
na discussão dos efeitos adversos do uso indevido de drogas é a associação do tráfico de
drogas ilícitas e dos crimes conexos geralmente de caráter transnacional com a
criminalidade e a violência. Esses fatores ameaçam a soberania nacional e afetam a estrutura
social e econômica interna, devendo o governo adotar uma postura firme de combate ao
tráfico de drogas, articulando-se internamente e com a sociedade, de forma a aperfeiçoar e
otimizar seus mecanismos de prevenção e repressão e garantir o envolvimento e a aprovação
dos cidadãos.
Internet: <www.direitoshumanos.usp.br>.
No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo
item.
(l.1) é de uso facultativo,
razão por que sua supressão não prejudicaria a correção gramatical do texto.
Certo
Errado

Questão 162: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Crase
Texto para o item
O respeito às diferentes manifestações culturais é fundamental, ainda mais em um país como
o Brasil, que apresenta tradições e costumes muito variados em todo o seu território. Essa
diversidade é valorizada e preservada por ações da Secretaria da Identidade e da Diversidade
Cultural (SID), criada em 2003 e ligada ao Ministério da Cultura.
Cidadãos de áreas rurais que estejam ligados a atividades culturais e estudantes universitários
de todas as regiões do Brasil, por exemplo, são beneficiados por um dos projetos da SID: as
Redes Culturais. Essas redes abrangem associações e grupos culturais para divulgar e preservar
suas manifestações de cunho artístico. O projeto é guiado por parcerias entre órgãos
representativos do Estado brasileiro e as entidades culturais.
A Rede Cultural da Terra realiza oficinas de capacitação, cultura digital e atividades ligadas às
artes plásticas, cênicas e visuais, à literatura, à música e ao artesanato. Além disso, mapeia a
memória cultural dos trabalhadores do campo. A Rede Cultural dos Estudantes promove
eventos e mostras culturais e artísticas e apoia a criação de Centros Universitários de Cultura e
Arte.
Culturas populares e indígenas são outro foco de atenção das políticas de diversidade,
havendo editais públicos de premiação de atividades realizadas ou em andamento, o que
democratiza o acesso a recursos públicos.
O papel da cultura na humanização do tratamento psiquiátrico no Brasil é discutido em
seminários da SID. Além disso, iniciativas artísticas inovadoras nesse segmento são premiadas
com recursos do Edital Loucos pela Diversidade. Tais ações contribuem para a inclusão e
socializam o direito à criação e à produção cultural.
A participação de toda a sociedade civil na discussão de qualquer política cultural se dá em
reuniões da SID com grupos de trabalho e em seminários, oficinas e fóruns, nos quais são
apresentadas as demandas da população. Com base nesses encontros é que podem ser
planejadas e desenvolvidas ações que permitam o acesso dos cidadãos à cultura e a promoção
de suas manifestações, independentemente de cor, sexo, idade, etnia e orientação sexual.
Identidade e diversidade. Internet: <www.brasil.gov.br/sobre/cultura/> (com adaptações).
Considerando as ideias e aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item a seguir.
O emprego do si

Certo
Errado

Questão 163: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Crase
O problema intercultural não se resolve, como pretendem os multiculturalistas, pelo simples
reconhecimento da isonomia axiológica entre culturas distintas, mas, fundamentalmente, pelo
diálogo interpessoal entre indivíduos de culturas diferentes e, mais ainda, pelo acesso
individual à própria diversidade cultural, como condição para o exercício da liberdade de
pertencer a uma cultura, de assimilar novos valores culturais ou, simplesmente, de se reinventar
culturalmente. Aliás, o reconhecimento da isonomia axiológica entre culturas é importante não
porque limita a individualidade a uma estrita visão antropológica que projeta a condição
humana ao círculo concêntrico da cultura do agrupamento familiar e social a que pertence o
indivíduo, mas porque o liberta, ao lhe dar amplitude de opção cultural, que, transcendendo a
esfera da identidade individual como simples parte de uma cultura, dimensiona a
individualidade no campo da liberdade da liberdade de criar a si mesmo. Por fim, a passagem
para a democracia não totalitária, ou seja, democracia na e para a diversidade, decorre,
justamente, da sensibilização do político e da democratização do espaço pessoal, antes preso
à teia indizível do monismo cultural ocidental, tornando-se papel do Estado o oferecimento das
condições de acessibilidade à diversidade cultural, ambiente imprescindível à autogestão da
identidade pessoal.
Miguel Batista de Siqueira Filho. Democracia, direito e liberdade. Goiânia: Editora da PUC
Goiás, 2011, p. 95-6 (com adaptações).
Em relação ao texto acima, julgue o seguinte item.

a pessoa tornaria obrigatório o emprego do acento grave, indicativo de crase,

Certo
Errado

Questão 164: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Crase
A prisão, em vez de devolver à liberdade indivíduos corrigidos, espalha na população
delinquentes perigosos. A prisão não pode deixar de fabricar delinquentes. Fabrica-os pelo
tipo de existência que faz os detentos levarem: que fiquem isolados nas celas, ou que lhes seja

no homem em sociedade; é criar uma existência contra a natureza


que a prisão eduque os detentos, mas um sistema de educação que se dirige ao homem pode
ter razoavelmente como objetivo agir contra o desejo da natureza? A prisão fabrica também
delinquentes impondo aos detentos limitações violentas; ela se destina a aplicar as leis, a
ensinar o respeito por elas; ora, todo o seu funcionamento se desenrola no sentido do abuso
de poder. A prisão torna possível, ou melhor, favorece a organização de um meio de
delinquentes, solidários entre si, hierarquizados, prontos para todas as cumplicidades futuras.
Michel Foucault. Ilegalidade e delinquência. In: Michel Foucault. Vigiar e punir: nascimento
da prisão. 33.a ed. Petrópolis: Vozes, 1987, p. 221-2 (com adaptações).
O item seguinte apresenta proposta de reescritura de trechos do texto acima. Julgue-os
quanto à correção gramatical e à manutenção do sentido original do texto.

delinquentes. Ela é destinada a aplicação das leis e ao ensino do respeito por elas.
Certo
Errado

Questão 165: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Crase
Texto para o item
Na cidade do Rio de Janeiro, são registrados, em média, 5.200 casos de desaparecimento por
ano. Alguns dos desaparecidos voltam para casa dias depois; outros, para desespero dos
familiares, são encontrados mortos em ocorrências que variam de acidentes, como
atropelamento ou afogamento, a assassinatos.
Centenas de casos, no entanto, ficam sem solução. Uma policial civil resolveu investigá-los
formalmente. Foram avaliados cerca de duzentos casos não solucionados de desaparecimento,
ocorridos entre janeiro
o desaparecimento de
explica a policial.
De fato, o desaparecimento é tão diferente de outros crimes que nem se encaixa nessa
categoria ou seja, não é tipificado no Código Penal. Quando a família vai fazer o registro de

administrativo.
A consequência desse tipo de registro não é da
destinado à maioria dos casos de desaparecimento não é prioritário; afinal, não se trata da
investigação de um crime. Entre apurar um crime e um fato atípico, na lógica policial, é

A policial civil defende que não apenas seja revisto o tipo de registro atribuído ao
desaparecimento, mas também que o próprio inquérito seja realizado com mais atenção pelos

o grande não se preocupar em colocar esse dado

Thiago Camelo. Desaparecidos sociais. Internet:


<http://cienciahoje.uol.com.br> (com adaptações).
Julgue o item subsequente, a respeito das ideias e estruturas linguísticas do texto.

acarretaria prejuízo para a correção gramatical do texto.


Certo
Errado

Questão 166: CEBRASPE (CESPE) - Esc Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Crase
Não é segredo que a atividade física produz inúmeros benefícios para o corpo, e, agora, a
ciência reuniu provas suficientes para adicionar um novo e poderoso efeito à sua lista de ações
positivas: o aprimoramento do cérebro. As mais recentes descobertas indicam que a prática
regular de exercícios ajuda a pensar com mais clareza, melhora a memória e proporciona um
grande ganho na aprendizagem. Novos estudos sugerem que as mudanças podem ser ainda
maiores, alterando a própria estrutura do órgão ao incentivar o nascimento e o
desenvolvimento de neurônios.
Essas conclusões acabam de ser divulgadas nos Estados Unidos da América por uma das mais
renomadas cientistas no campo da neurogênese, Henriette van Praag (Ph.D.), do Laboratório
de Neurociências do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos da América. Em estudos
com ressonância magnética feitos em indivíduos, foi possível também observar que quem se
exercita regularmente produz uma intensa atividade no hipocampo. Essa região do cérebro
está relacionada à memória e à aprendizagem, e lá estão armazenadas as células tronco que
darão origem aos novos neurônios.
Mônica Tarantino e Monique Oliveira. Aumente o poder do cérebro
com exercícios. Internet: <www.istoe.com.br> (com adaptações).
A respeito do texto acima, julgue o item a seguir.
prejuízo à correção gramatical do texto.
Certo
Errado

Concordância Verbal e Nominal


Questão 167: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018
Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Como se pode imaginar, não foi o latim clássico, dos grandes escritores romanos e latinos e
falado pelas classes romanas mais abastadas, que penetrou na Península Ibérica e nos demais
espaços conquistados pelo Império Romano. Foi o latim popular, falado pelas tropas invasoras,
que fez esse papel. Essa variante vulgar sobrepôs-se às línguas dos povos dominados e com
elas caldeou-se, dando origem aos dialetos que viriam a se chamar genericamente de
romanços ou romances (do latim romanice, isto é, à moda dos romanos).
No século V d.C., o Império Romano ruiu e os romanços passaram a diferenciar-se cada vez
mais, dando origem às chamadas línguas neolatinas ou românicas: francês, provençal,
espanhol, português, catalão, romeno, rético, sardo etc.
Séculos mais tarde, Portugal fundou-se como nação, ao mesmo tempo em que o português
ganhou seu estatuto de língua, da seguinte forma: enquanto Portugal estabelecia as suas
fronteiras no século XIII, o galego- português patenteava-se em forma literária.
Cerca de três séculos depois, Portugal lançou-se em uma expansão de conquistas que, à
imagem do que Roma fizera, levou a língua portuguesa a remotas regiões: Guiné-Bissau,
Angola, Moçambique, Cingapura, Índia e Brasil, para citar uns poucos exemplos em três
continentes.
Muito mais tarde, essas colônias tornaram-se independentes o Brasil no século XIX, as
demais no século XX , mas a língua de comunicação foi mantida e é hoje oficial em oito
nações independentes: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São
Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
Instituto Antônio Houaiss. José Carlos de Azevedo (Coord.).
Escrevendo pela nova ortografia: como usar as regras do Novo Acordo Ortográfico da Língua
Portuguesa. São Paulo: Publifolha, 2008, p. 16-7 (com adaptações).
Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o item seguinte.
A correção grama
fosse substituída por levaram.
Certo
Errado

Questão 168: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Texto para o item
O respeito às diferentes manifestações culturais é fundamental, ainda mais em um país como
o Brasil, que apresenta tradições e costumes muito variados em todo o seu território. Essa
diversidade é valorizada e preservada por ações da Secretaria da Identidade e da Diversidade
Cultural (SID), criada em 2003 e ligada ao Ministério da Cultura.
Cidadãos de áreas rurais que estejam ligados a atividades culturais e estudantes universitários
de todas as regiões do Brasil, por exemplo, são beneficiados por um dos projetos da SID: as
Redes Culturais. Essas redes abrangem associações e grupos culturais para divulgar e preservar
suas manifestações de cunho artístico. O projeto é guiado por parcerias entre órgãos
representativos do Estado brasileiro e as entidades culturais.
A Rede Cultural da Terra realiza oficinas de capacitação, cultura digital e atividades ligadas às
artes plásticas, cênicas e visuais, à literatura, à música e ao artesanato. Além disso, mapeia a
memória cultural dos trabalhadores do campo. A Rede Cultural dos Estudantes promove
eventos e mostras culturais e artísticas e apoia a criação de Centros Universitários de Cultura e
Arte.
Culturas populares e indígenas são outro foco de atenção das políticas de diversidade,
havendo editais públicos de premiação de atividades realizadas ou em andamento, o que
democratiza o acesso a recursos públicos.
O papel da cultura na humanização do tratamento psiquiátrico no Brasil é discutido em
seminários da SID. Além disso, iniciativas artísticas inovadoras nesse segmento são premiadas
com recursos do Edital Loucos pela Diversidade. Tais ações contribuem para a inclusão e
socializam o direito à criação e à produção cultural.
A participação de toda a sociedade civil na discussão de qualquer política cultural se dá em
reuniões da SID com grupos de trabalho e em seminários, oficinas e fóruns, nos quais são
apresentadas as demandas da população. Com base nesses encontros é que podem ser
planejadas e desenvolvidas ações que permitam o acesso dos cidadãos à cultura e a promoção
de suas manifestações, independentemente de cor, sexo, idade, etnia e orientação sexual.
Identidade e diversidade. Internet: <www.brasil.gov.br/sobre/cultura/> (com adaptações).
Considerando as ideias e aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item a seguir.

fossem flexionadas no plu


Certo
Errado

Questão 169: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Pavio do destino
Sérgio Sampaio
O bandido e o mocinho
São os dois do mesmo ninho
Correm nos estreitos trilhos
Lá no morro dos aflitos
Na Favela do Esqueleto
São filhos do primo pobre
A parcela do silêncio
Que encobre todos os gritos
E vão caminhando juntos
O mocinho e o bandido
De revólver de brinquedo
Porque ainda são meninos

Quem viu o pavio aceso do destino?

Com um pouco mais de idade


E já não são como antes
Depois que uma autoridade
Inventou-lhes um flagrante
Quanto mais escapa o tempo
Dos falsos educandários
Mais a dor é o documento
Que os agride e os separa
Não são mais dois inocentes
Não se falam cara a cara
Quem pode escapar ileso
Do medo e do desatino

Quem viu o pavio aceso do destino?

O tempo é pai de tudo


E surpresa não tem dia
Pode ser que haja no mundo
Outra maior ironia
O bandido veste a farda
Da suprema segurança
O mocinho agora amarga
Um bando, uma quadrilha
São os dois da mesma safra
Os dois são da mesma ilha
Dois meninos pelo avesso
Dois perdidos Valentinos
Quem viu o pavio aceso do destino?
Acerca de aspectos linguísticos do texto, julgue o item a seguir.
O sentido original do texto seria alterado, mas a sua correção gramatical seria preservada caso

Podem ser que hajam no mundo / Outras maiores ironias.


Certo
Errado

Questão 170: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
A prisão, em vez de devolver à liberdade indivíduos corrigidos, espalha na população
delinquentes perigosos. A prisão não pode deixar de fabricar delinquentes. Fabrica-os pelo
tipo de existência que faz os detentos levarem: que fiquem isolados nas celas, ou que lhes seja

no homem em sociedade; é criar uma ; queremos


que a prisão eduque os detentos, mas um sistema de educação que se dirige ao homem pode
ter razoavelmente como objetivo agir contra o desejo da natureza? A prisão fabrica também
delinquentes impondo aos detentos limitações violentas; ela se destina a aplicar as leis, a
ensinar o respeito por elas; ora, todo o seu funcionamento se desenrola no sentido do abuso
de poder. A prisão torna possível, ou melhor, favorece a organização de um meio de
delinquentes, solidários entre si, hierarquizados, prontos para todas as cumplicidades futuras.
Michel Foucault. Ilegalidade e delinquência. In: Michel Foucault. Vigiar e punir: nascimento
da prisão. 33.a ed. Petrópolis: Vozes, 1987, p. 221-2 (com adaptações).
O item seguinte apresenta proposta de reescritura de trechos do texto acima. Julgue-os
quanto à correção gramatical e à manutenção do sentido original do texto.
- Fabrica-os pelo tipo de existência que impõem aos
detentos: que fiquem isolados nas celas, ou que sejam compelidos a um trabalho para o qual

Certo
Errado

Questão 171: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Imagine que um poder absoluto ou um texto sagrado declarem que quem roubar ou assaltar
será enforcado (ou terá a mão cortada). Nesse caso, puxar a corda, afiar a faca ou assistir à
execução seria simples, pois a responsabilidade moral do veredicto não estaria conosco. Nas
sociedades tradicionais, em que a punição é decidida por uma autoridade superior a todos, as
execuções podem ser públicas: a coletividade festeja o soberano que se encarregou da justiça

A coisa é mais complicada na modernidade, em que os cidadãos comuns (como você e eu)
são a fonte de toda autoridade jurídica e moral. Hoje, no mundo ocidental, se alguém é
executado, o braço que ma
condenado seja indiscutivelmente culpado, pairam mil dúvidas. Matar um condenado à morte
não é mais uma festa, pois é difícil celebrar o triunfo de uma moral tecida de perplexidade. As
execuções acontecem em lugares fechados, diante de poucas testemunhas: há uma espécie
de vergonha. Essa discrição é apresentada como um progresso: os povos civilizados não
executam seus condenados nas praças. Mas o dito progresso é, de fato, um corolário da
incerteza ética de nossa cultura.
Reprimimos em nós desejos e fantasias que nos parecem ameaçar o convívio social. Logo,
frustrados, zelamos pela prisão daqueles que não se impõem as mesmas renúncias. Mas a coisa
muda quando a pena é radical, pois há o risco de que a morte do culpado sirva para nos dar a
ilusão de liquidar, com ela, o que há de pior em nós. Nesse caso, a execução do condenado é
usada para limpar nossa alma. Em geral, a justiça sumária é isto: uma pressa em suprimir desejos
inconfessáveis de quem faz justiça. Como psicanalista, apenas gostaria que a morte dos

exorcismo seria ilusório. Contudo é possível que haja crimes hediondos nos quais não
reconhecemos nada de nossos desejos reprimidos.
Contardo Calligaris. São Paulo: Publifolha, 2004, p. 94-6
(com adaptações).
Com referência às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue o item.
No período "Nesse caso (...) estaria conosco", como o conector "ou" está empregado com
sentido aditivo, e não, de exclusão, a forma verbal do predicado seria simples poderia,
conforme faculta a prescrição gramatical, ter sido flexionada na terceira pessoa do plural:
seriam.
Certo
Errado

Questão 172: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Romance LXXXI ou Dos Ilustres Assassinos
Ó grandes oportunistas,
sobre o papel debruçados,
que calculais mundo e vida
em contos, doblas, cruzados,
que traçais vastas rubricas
e sinais entrelaçados,
com altas penas esguias
embebidas em pecados!

Ó personagens solenes
que arrastais os apelidos
como pavões auriverdes
seus rutilantes vestidos,
confunde os vossos sentidos:
a glória, que amais, é desses
que por vós são perseguidos.

Levantai-vos dessas mesas,


saí de vossas molduras,
vede que masmorras negras,
que fortalezas seguras,
que duro peso de algemas,
que profundas sepulturas
nascidas de vossas penas,
de vossas assinaturas!

Considerai no mistério
dos humanos desatinos,
e no polo sempre incerto
dos homens e dos destinos!
Por sentenças, por decretos,
pareceríeis divinos:
e hoje sois, no tempo eterno,
como ilustres assassinos.

Ó soberbos titulares,
tão desdenhosos e altivos!
Por fictícia autoridade,
vãs razões, falsos motivos,
inutilmente matastes:
vossos mortos são mais vivos;
e, sobre vós, de longe, abrem
grandes olhos pensativos.
Cecília Meireles. Romanceiro da Inconfidência. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989, p. 267-
8.
Com base no poema acima, julgue o item subsequente.
No verso 23, a forma verbal "nascidas", apesar de referir-se a todas as expressões nominais que
a antecedem, concorda apenas com a mais próxima, conforme faculta regra de concordância
nominal.
Certo
Errado

Questão 173: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Texto para o item
Muitos acreditam que chegamos à velhice do Estado nacional. Desde 1945, dizem, sua
soberania foi ultrapassada pelas redes transnacionais de poder, especialmente as do
capitalismo global e da cultura pós-moderna. Alguns pós-modernistas levam mais longe a
argumentação, afirmando que isso põe em risco a certeza e a racionalidade da civilização
moderna, entre cujos esteios principais se insere a noção segura e unidimensional de soberania
política absoluta, inserida no conceito de Estado nacional. No coração histórico da sociedade
moderna, a Comunidade Europeia (CE) supranacional parece dar especial crédito à tese de
que a soberania político-nacional vem fragmentando-se. Ali, tem-se às vezes anunciado a
morte efetiva do Estado nacional, embora, para essa visão, uma aposentadoria oportuna talvez
fosse a metáfora mais adequada. O cientista político Phillippe Schmitter argumentou que,
embora a situação europeia seja singular, seu progresso para além do Estado nacional tem uma
pertinência mais genérica, pois "o contexto contemporâneo favorece sistematicamente a
transformação dos Estados em confederatii, condominii ou federatii, numa variedade de
contextos".
É verdade que a CE vem desenvolvendo novas formas políticas, que trazem à memória algumas
formas mais antigas, como lembra o latim usado por Schmitter. Estas nos obrigam a rever
nossas ideias do que devem ser os Estados contemporâneos e suas inter relações. De fato, nos
últimos 25 anos, assistimos a reversões neoliberais e transnacionais de alguns poderes de
Estados nacionais. No entanto, alguns de seus poderes continuam a crescer. Ao longo desse
mesmo período recente, os Estados regularam cada vez mais as esferas privadas íntimas do
ciclo de vida e da família. A regulamentação estatal das relações entre homens e mulheres, da
violência familiar, do cuidado com os filhos, do aborto e de hábitos pessoais que costumavam
ser considerados particulares, como o fumo, continua a crescer. A política estatal de proteção
ao consumidor e ao meio ambiente continua a proliferar. Tudo indica que o enfraquecimento
do Estado nacional da Europa Ocidental é ligeiro, desigual e singular. Em partes do mundo
menos desenvolvido, alguns aspirantes a Estados nacionais também estão fraquejando, mas
por razões diferentes, essencialmente "pré-modernas". Na maior parte do mundo, os Estados
nacionais continuam a amadurecer ou, pelo menos, estão tentando fazê-lo. A Europa não é o
futuro do mundo. Os Estados do mundo são numerosos e continuam variados, tanto em suas
estruturas atuais quanto em suas trajetórias.
Michael Mann. Estados nacionais na Europa e noutros continentes: diversificar,
desenvolver, não morrer. In: Gopal Balakrishnan. Um mapa da questão nacional. Vera
Ribeiro (Trad.). Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, p. 311-4 (com adaptações).
Considerando as relações de sentido e as estruturas linguísticas do texto, julgue o seguinte
item.
No trecho "É verdade que a CE vem desenvolvendo novas formas políticas", o emprego da
forma verbal singular "É" justifica-se pelo fato de essa forma verbal não ter sujeito explícito.
Certo
Errado

Questão 174: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Concordância (Verbal e Nominal)
Texto para o item
Em um momento em que os Estados-nação se dobram diante das forças do mercado, os
dirigentes políticos sonham com estabilidade. Ora, as formas de governo utilizadas pelos
impérios fascinam por sua resistência aos sobressaltos da história, sua plasticidade e sua
capacidade de unir populações diferentes.
Por que nos interessar pela noção de império? Não vivemos hoje em um mundo de Estados-
nação? São eles, por exemplo, que têm seus assentos na ONU, com suas bandeiras, seus selos
postais e suas instituições. No entanto, o estudo dos impérios, antigos ou recentes, permite
acessar as raízes do mundo contemporâneo e aprofundar nossa compreensão das modalidades
de organização do poder político
O conceito de Estado-nação baseia-se em uma ficção, a da homogeneidade: um povo, um
território, um governo. Os impérios nascem da extensão do poder através do espaço e se
assentam na diversidade: eles governam de maneiras diferentes povos diferentes, sob uma
dupla tensão. Por um lado, a vontade dos líderes políticos de estender seu controle territorial,
em um contexto em que os povos vivem realidades socioculturais variadas, alimenta o
expansionismo. Por outro, o fato de o império absorver povos diferentes faz que alguns de seus
componentes desejem destacar-se do conjunto. Isso explica por que os impérios perduram,
racham, reconfiguram-se e caem.
Pensar o império não significa ressuscitá-lo dos mundos passados. Trata-se de considerar a
multiplicidade de formas de exercício do poder sobre um dado espaço. Se pudermos
considerar a história como algo diferente da inexorável transição da forma império para a forma
Estado-nação, talvez possamos apreender o futuro de um ponto de vista mais vasto. E
considerar outras formas de soberania que respondam melhor a um mundo caracterizado ao
mesmo tempo pela desigualdade e pela diversidade.

Jane Burbank e Frederick Cooper. De Roma a Constantinopla, pensar o império para


entender o mundo. In: Le Monde Diplomatique. Brasil, 2011, ano 5, n.º 53, p. 24-5 (com
adaptações).
No item a seguir, é apresentada proposta de reescrita do trecho "No entanto, o estudo dos
impérios, antigos ou recentes, permite acessar as raízes do mundo contemporâneo e
aprofundar nossa compreensão das modalidades de organização do poder político". Julgue-o
com relação à correção gramatical.
Porém, estudando-se os impérios, antigos ou recentes, permite-se que seja acessado as raízes
do mundo contemporâneo, e aprofundado, pela nossa compreensão, os modos como está
organizado o poder político.
Certo
Errado

Coesão e Coerência
Questão 175: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2019
Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
As atividades pertinentes ao trabalho relacionam-se intrinsecamente com a satisfação das
necessidades dos seres humanos alimentar-se, proteger-se do frio e do calor, ter o que
calçar etc. Estas colocam os homens em uma relação de dependência com a natureza, pois no
mundo natural estão os elementos que serão utilizados para atendê-las.
Se prestarmos atenção à nossa volta, perceberemos que quase tudo que vemos existe em
razão de atividades do trabalho humano. Os processos de produção dos objetos que nos
cercam movimentam relações diversas entre os indivíduos, assim como a organização do
trabalho alterou-se bastante entre diferentes sociedades e momentos da história.
De acordo com o cientista social norte-americano Marshall Sahlins, nas sociedades tribais, o
trabalho geralmente não tem a mesma concepção que vigora nas sociedades industrializadas.
Naquelas, o trabalho está integrado a outras dimensões da sociabilidade festas, ritos, artes,
mitos etc. , não representando, assim, um mundo à parte.
Nas sociedades tribais, o trabalho está em tudo, e praticamente todos trabalham. Sahlins

a satisfação das necessidades básicas sociais e


materiais se dá plenamente.
Thiago de Mello. Trabalho. Internet: <educacao.globo.com> (com adaptações).
Julgue o seguinte item, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto
apresentado.
-
Certo
Errado

Questão 176: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Texto
Na legislação interna dos países, a espionagem costuma ser juridicamente entendida como a
obtenção sub-reptícia e indevida de informação sigilosa do Estado. Esse tipo de conduta é
criminalizado pela legislação de cada país. O mesmo se pode dizer do vazamento, que guarda
estreita relação com a espionagem e que consiste na divulgação indevida de informações por
quem tem o dever legal do sigilo.
A espionagem é um dos poucos crimes na legislação brasileira que podem, em tempo de
guerra, levar à pena de morte, seja o condenado nacional ou estrangeiro, civil ou militar, além
de, em tempo de paz, sujeitar o militar que a pratique à indignidade para o oficialato.
Se praticada por autoridade superior, a espionagem pode configurar, além de infração penal,
crime de responsabilidade, que, a despeito do nome, não tem natureza de crime em sentido
técnico, mas, sim, de infração política sujeita a cassação de mandato e suspensão de direitos
políticos.
Fábio de Macedo Soares Pires Condeixa. Espionagem e direito. In:
Revista Brasileira de Inteligência, n.º 10, 2015, p. 25-6 (com adaptações).
A propósito das ideias e dos aspectos linguísticos do texto, julgue o item subsequente.

espionagem
Certo
Errado

Questão 177: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2018


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Texto 12A1AAA
A polícia parisiense disse ele é extremamente hábil à sua maneira. Seus agentes são
perseverantes, engenhosos, astutos e perfeitamente versados nos conhecimentos que seus
deveres parecem exigir de modo especial. Assim, quando o delegado G... nos contou,
pormenorizadamente, a maneira pela qual realizou suas pesquisas no Hotel D..., não tive dúvida
de que efetuara uma investigação satisfatória (...) até o ponto a que chegou o seu trabalho.
Até o ponto a que chegou o seu trabalho? perguntei.
Sim respondeu Dupin. As medidas adotadas não foram apenas as melhores que
poderiam ser tomadas, mas realizadas com absoluta perfeição. Se a carta estivesse depositada
dentro do raio de suas investigações, esses rapazes, sem dúvida, a teriam encontrado.
Ri, simplesmente mas ele parecia haver dito tudo aquilo com a máxima seriedade.
As medidas, pois prosseguiu , eram boas em seu gênero, e foram bem executadas: seu
defeito residia em serem inaplicáveis ao caso e ao homem em questão. Um certo conjunto de
recursos altamente engenhosos é, para o delegado, uma espécie de leito de Procusto, ao qual
procura adaptar à força todos os seus planos. Mas, no caso em apreço, cometeu uma série de
erros, por ser demasiado profundo ou demasiado superficial. (...) E, se o delegado e toda a sua
corte têm cometido tantos enganos, isso se deve (...) a uma apreciação inexata, ou melhor, a
uma não apreciação da inteligência daqueles com quem se metem. Consideram engenhosas
apenas as suas próprias ideias e, ao procurar alguma coisa que se ache escondida, não pensam
senão nos meios que eles próprios teriam empregado para escondê-la. Estão certos apenas
num ponto: naquele em que sua engenhosidade representa fielmente a da massa; mas, quando
a astúcia do malfeitor é diferente da deles, o malfeitor, naturalmente, os engana. Isso sempre
acontece quando a astúcia deste último está acima da deles e, muito frequentemente, quando
está abaixo. Não variam seu sistema de investigação; na melhor das hipóteses, quando são
instigados por algum caso insólito, ou por alguma recompensa extraordinária, ampliam ou
exageram os seus modos de agir habituais, sem que se afastem, no entanto, de seus princípios.
(...) Você compreenderá, agora, o que eu queria dizer ao afirmar que, se a carta roubada tivesse
sido escondida dentro do raio de investigação do nosso delegado ou, em outras palavras,
se o princípio inspirador estivesse compreendido nos princípios do delegado , sua
descoberta seria uma questão inteiramente fora de dúvida. Este funcionário, porém, se
enganou por completo, e a fonte remota de seu fracasso reside na suposição de que o ministro
é um idiota, pois adquiriu renome de poeta. Segundo o delegado, todos os poetas são idiotas
e, neste caso, ele é apenas culpado de uma non distributio medii, ao inferir que todos os
poetas são idiotas.
Mas ele é realmente poeta? perguntei. Sei que são dois irmãos, e que ambos
adquiriram renome nas letras. O ministro, creio eu, escreveu eruditamente sobre o cálculo
diferencial. É um matemático, e não um poeta. Você está enganado. Conheço-o bem. E
ambas as coisas. Como poeta e matemático, raciocinaria bem; como mero matemático, não
raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, à mercê do delegado.
Você me surpreende respondi com essas opiniões, que têm sido desmentidas pela
voz do mundo. Naturalmente, não quererá destruir, de um golpe, ideias amadurecidas durante
tantos séculos. A razão matemática é há muito considerada como a razão par excellence.
Edgar Allan Poe. A carta roubada.
In: Histórias extraordinárias. Victor Civita, 1981. Tradução de Brenno Silveira e outros.
Julgue o seguinte item, relativo aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto 12A1AAA.
-se a

Certo
Errado

Questão 178: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2018


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Como se pode imaginar, não foi o latim clássico, dos grandes escritores romanos e latinos e
falado pelas classes romanas mais abastadas, que penetrou na Península Ibérica e nos demais
espaços conquistados pelo Império Romano. Foi o latim popular, falado pelas tropas invasoras,
que fez esse papel. Essa variante vulgar sobrepôs-se às línguas dos povos dominados e com
elas caldeou-se, dando origem aos dialetos que viriam a se chamar genericamente de
romanços ou romances (do latim romanice, isto é, à moda dos romanos).
No século V d.C., o Império Romano ruiu e os romanços passaram a diferenciar-se cada vez
mais, dando origem às chamadas línguas neolatinas ou românicas: francês, provençal,
espanhol, português, catalão, romeno, rético, sardo etc.
Séculos mais tarde, Portugal fundou-se como nação, ao mesmo tempo em que o português
ganhou seu estatuto de língua, da seguinte forma: enquanto Portugal estabelecia as suas
fronteiras no século XIII, o galego-português patenteava-se em forma literária.
Cerca de três séculos depois, Portugal lançou-se em uma expansão de conquistas que, à
imagem do que Roma fizera, levou a língua portuguesa a remotas regiões: Guiné-Bissau,
Angola, Moçambique, Cingapura, Índia e Brasil, para citar uns poucos exemplos em três
continentes.
Muito mais tarde, essas colônias tornaram-se independentes o Brasil no século XIX, as
demais no século XX , mas a língua de comunicação foi mantida e é hoje oficial em oito
nações independentes: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São
Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
Instituto Antônio Houaiss. José Carlos de Azevedo (Coord.).
Escrevendo pela nova ortografia: como usar as regras do Novo Acordo Ortográfico da Língua
Portuguesa. São Paulo: Publifolha, 2008, p. 16-7 (com adaptações).
Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o item seguinte.
fere-

Certo
Errado
Questão 179: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014
Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Hoje, todos reconhecem, porque Marx O Capital, que
não há produção possível sem que seja assegurada a reprodução das condições materiais da
produção: a reprodução dos meios de produção.
Qualquer economista, que neste ponto não se distingue de qualquer capitalista, sabe que, ano
após ano, é preciso prever o que deve ser substituído, o que se gasta ou se usa na produção:
matéria-prima, instalações fixas (edifícios), instrumentos de produção (máquinas) etc.
Dizemos: qualquer economista é igual a qualquer capitalista, pois ambos exprimem o ponto de
vista da empresa.
Louis Althusser. Ideologia e aparelhos ideológicos
do Estado. 3.ª ed. Lisboa: Presença, 1980 (com adaptações).
Julgue o item a seguir, a respeito dos sentidos do texto acima.

Certo
Errado

Questão 180: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
O uso indevido de drogas constitui, na atualidade, séria e persistente ameaça à humanidade e
à estabilidade das estruturas e valores políticos, econômicos, sociais e culturais de todos os
Estados e sociedades. Suas consequências infligem considerável prejuízo às nações do mundo
inteiro, e não são detidas por fronteiras: avançam por todos os cantos da sociedade e por todos
os espaços geográficos, afetando homens e mulheres de diferentes grupos étnicos,
independentemente de classe social e econômica ou mesmo de idade. Questão de relevância
na discussão dos efeitos adversos do uso indevido de drogas é a associação do tráfico de
drogas ilícitas e dos crimes conexos geralmente de caráter transnacional com a
criminalidade e a violência. Esses fatores ameaçam a soberania nacional e afetam a estrutura
social e econômica interna, devendo o governo adotar uma postura firme de combate ao
tráfico de drogas, articulando-se internamente e com a sociedade, de forma a aperfeiçoar e
otimizar seus mecanismos de prevenção e repressão e garantir o envolvimento e a aprovação
dos cidadãos.
Internet: <www.direitoshumanos.usp.br>.
No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo
item.
- , que está

Certo
Errado
Questão 181: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014
Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
O uso indevido de drogas constitui, na atualidade, séria e persistente ameaça à humanidade e
à estabilidade das estruturas e valores políticos, econômicos, sociais e culturais de todos os
Estados e sociedades. Suas consequências infligem considerável prejuízo às nações do mundo
inteiro, e não são detidas por fronteiras: avançam por todos os cantos da sociedade e por todos
os espaços geográficos, afetando homens e mulheres de diferentes grupos étnicos,
independentemente de classe social e econômica ou mesmo de idade. Questão de relevância
na discussão dos efeitos adversos do uso indevido de drogas é a associação do tráfico de
drogas ilícitas e dos crimes conexos geralmente de caráter transnacional com a
criminalidade e a violência. Esses fatores ameaçam a soberania nacional e afetam a estrutura
social e econômica interna, devendo o governo adotar uma postura firme de combate ao
tráfico de drogas, articulando-se internamente e com a sociedade, de forma a aperfeiçoar e
otimizar seus mecanismos de prevenção e repressão e garantir o envolvimento e a aprovação
dos cidadãos.
Internet: <www.direitoshumanos.usp.br>.
No que se refere aos aspectos linguísticos do fragmento de texto acima, julgue o próximo
item.
O pron -
Certo
Errado

Questão 182: CEBRASPE (CESPE) - Inv (PC BA)/PC BA/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Texto para o item
O respeito às diferentes manifestações culturais é fundamental, ainda mais em um país como
o Brasil, que apresenta tradições e costumes muito variados em todo o seu território. Essa
diversidade é valorizada e preservada por ações da Secretaria da Identidade e da Diversidade
Cultural (SID), criada em 2003 e ligada ao Ministério da Cultura.
Cidadãos de áreas rurais que estejam ligados a atividades culturais e estudantes universitários
de todas as regiões do Brasil, por exemplo, são beneficiados por um dos projetos da SID: as
Redes Culturais. Essas redes abrangem associações e grupos culturais para divulgar e preservar
suas manifestações de cunho artístico. O projeto é guiado por parcerias entre órgãos
representativos do Estado brasileiro e as entidades culturais.
A Rede Cultural da Terra realiza oficinas de capacitação, cultura digital e atividades ligadas às
artes plásticas, cênicas e visuais, à literatura, à música e ao artesanato. Além disso, mapeia a
memória cultural dos trabalhadores do campo. A Rede Cultural dos Estudantes promove
eventos e mostras culturais e artísticas e apoia a criação de Centros Universitários de Cultura e
Arte.
Culturas populares e indígenas são outro foco de atenção das políticas de diversidade,
havendo editais públicos de premiação de atividades realizadas ou em andamento, o que
democratiza o acesso a recursos públicos.
O papel da cultura na humanização do tratamento psiquiátrico no Brasil é discutido em
seminários da SID. Além disso, iniciativas artísticas inovadoras nesse segmento são premiadas
com recursos do Edital Loucos pela Diversidade. Tais ações contribuem para a inclusão e
socializam o direito à criação e à produção cultural.
A participação de toda a sociedade civil na discussão de qualquer política cultural se dá em
reuniões da SID com grupos de trabalho e em seminários, oficinas e fóruns, nos quais são
apresentadas as demandas da população. Com base nesses encontros é que podem ser
planejadas e desenvolvidas ações que permitam o acesso dos cidadãos à cultura e a promoção
de suas manifestações, independentemente de cor, sexo, idade, etnia e orientação sexual.
Identidade e diversidade. Internet: <www.brasil.gov.br/sobre/cultura/> (com adaptações).
Considerando as ideias e aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item a seguir.

base nesses encontro


Certo
Errado

Questão 183: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Leio que a ciência deu agora mais um passo definitivo. É claro que o definitivo da ciência é
transitório, e não por deficiência da ciência (é ciência demais), que se supera a si mesma a cada
dia... Não indaguemos para que, já que a própria ciência não o faz o que, aliás, é a mais
moderna forma de objetividade de que dispomos.
Mas vamos ao definitivo transitório. Os cientistas afirmam que podem realmente construir
agora a bomba limpa. Sabemos todos que as bombas atômicas fabricadas até hoje são sujas
(aliás, imundas) porque, depois que explodem, deixam vagando pela atmosfera o já famoso e
temido estrôncio 90. Ora, isso é desagradável: pode mesmo acontecer que o próprio país que
lançou a bomba venha a sofrer, a longo prazo, as consequências mortíferas da proeza. O que
é, sem dúvida, uma sujeira.
Pois bem, essas bombas indisciplinadas, mal-educadas, serão em breve substituídas pelas
bombas n, que cumprirão sua missão com lisura: destruirão o inimigo, sem riscos para o
atacante. Trata-se, portanto, de uma fabulosa conquista, não?
Ferreira Gullar. Maravilha. In: A estranha vida banal. Rio de Janeiro: José Olympio, 1989, p.
109.
No que se refere aos sentidos e às estruturas linguísticas do texto acima, julgue o item a seguir.

poderia ser corretamente substituído por pois ou porque, sem prejuízo do sentido original do
período.
Certo
Errado

Questão 184: CEBRASPE (CESPE) - PRF/PRF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Todos nós, homens e mulheres, adultos e jovens, passamos boa parte da vida tendo de optar
entre o certo e o errado, entre o bem e o mal. Na realidade, entre o que consideramos bem e
o que consideramos mal. Apesar da longa permanência da questão, o que se considera certo
e o que se considera errado muda ao longo da história e ao redor do globo terrestre.
Ainda hoje, em certos lugares, a previsão da pena de morte autoriza o Estado a matar em nome
da justiça. Em outras sociedades, o direito à vida é inviolável e nem o Estado nem ninguém tem
o direito de tirar a vida alheia. Tempos atrás era tido como legítimo espancarem-se mulheres e
crianças, escravizarem-se povos. Hoje em dia, embora ainda se saiba de casos de
espancamento de mulheres e crianças, de trabalho escravo, esses comportamentos são
publicamente condenados na maior parte do mundo.
Mas a opção entre o certo e o errado não se coloca apenas na esfera de temas polêmicos que
atraem os holofotes da mídia. Muitas e muitas vezes é na solidão da consciência de cada um
de nós, homens e mulheres, pequenos e grandes, que certo e errado se enfrentam.
E a ética é o domínio desse enfrentamento.
Marisa Lajolo. Entre o bem e o mal. In: Histórias sobre a ética. 5.ª ed. São Paulo: Ática, 2008
(com adaptações).
A partir das ideias e das estruturas linguísticas do texto acima, julgue o item que se segue.
Dado o fato de que nem equivale a e não

Certo
Errado

Questão 185: CEBRASPE (CESPE) - PCF/PF/Área 18/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
O que tanta gente foi fazer do lado de fora do tribunal onde foi julgado um dos mais famosos
casais acusados de assassinato no país? Torcer pela justiça, sim: as evidências permitiam uma
forte convicção sobre os culpados, muito antes do encerramento das investigações. Contudo,
para torcer pela justiça, não era necessário acampar na porta do tribunal, de onde ninguém
podia pressionar os jurados. Bastava fazer abaixo-assinados via Internet pela condenação do
pai e da madrasta da vítima. O que foram fazer lá, ao vivo? Penso que as pessoas não torceram
apenas pela condenação dos principais suspeitos. Torceram também para que a versão que
inculpou o pai e a madrasta fosse verdadeira.
O relativo alívio que se sente ao saber que um assassinato se explica a partir do círculo de
relações pessoais da vítima talvez tenha duas explicações. Primeiro, a fantasia de que em
nossas famílias isso nunca há de acontecer. Em geral temos mais controle sobre nossas
relações íntimas que sobre o acaso dos maus encontros que podem nos vitimar em uma cidade
grande. Segundo, porque o crime familiar permite o lenitivo da construção de uma narrativa.
Se toda morte violenta, ou súbita, nos deixa frente a frente com o real traumático, busca-se a
possibilidade de inscrever o acontecido em uma narrativa, ainda que terrível, capaz de produzir
sentido para o que não tem tamanho nem nunca terá, o que não tem conserto nem nunca terá,
o que não faz sentido.
Maria Rita Khel. A morte do sentido. Internet: <www.mariaritakehl.psc.br> (com adaptações).
om base no texto acima, julgue o item.
o pai e a
-

Certo
Errado

Questão 186: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
O que tanta gente foi fazer do lado de fora do tribunal onde foi julgado um dos mais famosos
casais acusados de assassinato no país? Torcer pela justiça, sim: as evidências permitiam uma
forte convicção sobre os culpados, muito antes do encerramento das investigações. Contudo,
para torcer pela justiça, não era necessário acampar na porta do tribunal, de onde ninguém
podia pressionar os jurados. Bastava fazer abaixo-assinados via Internet pela condenação do
pai e da madrasta da vítima. O que foram fazer lá, ao vivo? Penso que as pessoas não torceram
apenas pela condenação dos principais suspeitos. Torceram também para que a versão que
inculpou o pai e a madrasta fosse verdadeira.
O relativo alívio que se sente ao saber que um assassinato se explica a partir do círculo de
relações pessoais da vítima talvez tenha duas explicações. Primeiro, a fantasia de que em
nossas famílias isso nunca há de acontecer. Em geral temos mais controle sobre nossas
relações íntimas que sobre o acaso dos maus encontros que podem nos vitimar em uma cidade
grande. Segundo, porque o crime familiar permite o lenitivo da construção de uma narrativa.
Se toda morte violenta, ou súbita, nos deixa frente a frente com o real traumático, busca-se a
possibilidade de inscrever o acontecido em uma narrativa, ainda que terrível, capaz de produzir
sentido para o que não tem tamanho nem nunca terá, o que não tem conserto nem nunca terá,
o que não faz sentido.
Maria Rita Khel. A morte do sentido. Internet: <www.mariaritakehl.psc.br> (com adaptações).
Com base no texto acima, julgue o item.
senão que terrível preservaria a correção
gramatical e o sentido original do texto.
Certo
Errado

Questão 187: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
O que tanta gente foi fazer do lado de fora do tribunal onde foi julgado um dos mais famosos
casais acusados de assassinato no país? Torcer pela justiça, sim: as evidências permitiam uma
forte convicção sobre os culpados, muito antes do encerramento das investigações. Contudo,
para torcer pela justiça, não era necessário acampar na porta do tribunal, de onde ninguém
podia pressionar os jurados. Bastava fazer abaixo-assinados via Internet pela condenação do
pai e da madrasta da vítima. O que foram fazer lá, ao vivo? Penso que as pessoas não torceram
apenas pela condenação dos principais suspeitos. Torceram também para que a versão que
inculpou o pai e a madrasta fosse verdadeira.
O relativo alívio que se sente ao saber que um assassinato se explica a partir do círculo de
relações pessoais da vítima talvez tenha duas explicações. Primeiro, a fantasia de que em
nossas famílias isso nunca há de acontecer. Em geral temos mais controle sobre nossas
relações íntimas que sobre o acaso dos maus encontros que podem nos vitimar em uma cidade
grande. Segundo, porque o crime familiar permite o lenitivo da construção de uma narrativa.
Se toda morte violenta, ou súbita, nos deixa frente a frente com o real traumático, busca-se a
possibilidade de inscrever o acontecido em uma narrativa, ainda que terrível, capaz de produzir
sentido para o que não tem tamanho nem nunca terá, o que não tem conserto nem nunca terá,
o que não faz sentido.
Maria Rita Khel. A morte do sentido. Internet: <www.mariaritakehl.psc.br> (com adaptações).
Com base no texto acima, julgue o item.
(l.3), no texto, é próprio da linguagem oral
informal, razão por que devem ser substituídos, respectivamente, por no qual e da qual, em
textos que requerem o emprego da norma padrão escrita.
Certo
Errado

Questão 188: CEBRASPE (CESPE) - EPF/PF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
A fim de solucionar o litígio, atos sucessivos e concatenados são praticados pelo escrivão. Entre
eles, estão os atos de comunicação, os quais são indispensáveis para que os sujeitos do
processo tomem conhecimento dos atos acontecidos no correr do procedimento e se
habilitem a exercer os direito que lhes cabem e a suportar os ônus que a lei lhes impõe.
Internet: <http://jus.com.br> (com adaptações).
No que se refere ao texto acima, julgue o item seguinte.

substituída por que ou fosse suprimida, desde que, nesse último caso, fosse suprimida também

Certo
Errado

Questão 189: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) aponta
redução de 39% nos casos de roubo com restrição de liberdade, o famoso sequestro-
relâmpago, ocorridos entre 1.º de janeiro e 31 de agosto deste ano, em comparação com o
mesmo período do ano passado foram 520 ocorrências em 2012 e 316 em 2013.
Em agosto deste ano, foram registrados 39 casos de sequestro-relâmpago em todo o DF, o
que representa redução de 32% do número de ocorrências dessa natureza criminal em relação
ao mesmo mês de 2012, período em que 57 casos foram registrados. Entre as 39 vítimas, 11 foram
abordadas no Plano Piloto, região que lidera a classificação de casos, seguida pela região
administrativa de Taguatinga, com oito ocorrências. Segundo a SSP, o cenário é diferente

crimes foram cometidos nos fins de semana, no período da noite, e quase 70% das vítimas eram
do sexo masculino, o que mostra que a escolha da vítima é baseada no princípio da

Ao todo, 82% das vítimas (32 pessoas) estavam sozinhas no momento da abordagem dos
bandidos, por isso as forças de segurança recomendam que as pessoas tomem alguns
cuidados, entre os quais, não estacionar em locais escuros e distantes, não ficar dentro de
carros estacionados e redobrar a atenção ao sair de residências, centros comerciais e outros
locais.
DF registra 316 ocorrências de sequestro-relâmpago nos primeiros oito meses deste ano.
R7, 6/9/2013. Internet: <http://noticias.r7.com> (com adaptações).
Julgue o próximo item, relativo ao sentido e aos aspectos linguísticos do texto acima.
or isso as forças de segurança recomendam que as pessoas tomem alguns
-se a correção gramatical e o
sentido do texto, ser iniciado pelo termo porquanto
Certo
Errado

Questão 190: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC DF)/PC DF/2013


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
A prisão, em vez de devolver à liberdade indivíduos corrigidos, espalha na população
delinquentes perigosos. A prisão não pode deixar de fabricar delinquentes. Fabrica-os pelo
tipo de existência que faz os detentos levarem: que fiquem isolados nas celas, ou que lhes seja

que a prisão eduque os detentos, mas um sistema de educação que se dirige ao homem pode
ter razoavelmente como objetivo agir contra o desejo da natureza? A prisão fabrica também
delinquentes impondo aos detentos limitações violentas; ela se destina a aplicar as leis, a
ensinar o respeito por elas; ora, todo o seu funcionamento se desenrola no sentido do abuso
de poder. A prisão torna possível, ou melhor, favorece a organização de um meio de
delinquentes, solidários entre si, hierarquizados, prontos para todas as cumplicidades futuras.
Michel Foucault. Ilegalidade e delinquência. In: Michel Foucault. Vigiar e punir: nascimento
da prisão. 33.a ed. Petrópolis: Vozes, 1987, p. 221-2 (com adaptações).
O item seguinte apresenta proposta de reescritura de trechos do texto acima. Julgue-os
quanto à correção gramatical e à manutenção do sentido original do texto.

a prisão dissemina delinquentes perigosos na população.


Certo
Errado

Questão 191: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Dizem que Karl Marx descobriu o inconsciente três décadas antes de Freud. Se a afirmação não
é rigorosamente exata, não deixa de fazer sentido, uma vez que Marx, em O Capital, no
capítulo sobre o fetiche da mercadoria, estabelece dois parâmetros conceituais
imprescindíveis para explicar a transformação que o capitalismo produziu na subjetividade. São
eles os conceitos de fetichismo e de alienação, ambos tributários da descoberta da mais-valia
inconsciente, como queiram.
A rigor, não há grande diferença entre o emprego dessas duas palavras na psicanálise e no
materialismo histórico. Em Freud, o fetiche organiza a gestão perversa do desejo sexual e, de
forma menos evidente, de todo desejo humano; já a alienação não passa de efeito da divisão
do sujeito, ou seja, da existência do inconsciente. Em Marx, o fetiche da mercadoria, fruto da
expropriação alienada do trabalho, tem um papel decisivo na produção "inconsciente" da mais-
valia. O sujeito das duas teorias é um só: aquele que sofre e se indaga sobre a origem
inconsciente de seus sintomas é o mesmo que desconhece, por efeito dessa mesma
inconsciência, que o poder encantatório das mercadorias é condição não de sua riqueza, mas
de sua miséria material e espiritual. Se a sociedade em que vivemos se diz "de mercado", é
porque a mercadoria é o grande organizador do laço social.
Maria Rita Kehl. 18 crônicas e mais algumas. São Paulo: Boitempo, 2011, p. 142 (com
adaptações).
Com relação às ideias desenvolvidas no texto acima e a seus aspectos gramaticais, julgue o
item subsequente.
A expressão "dessas duas palavras", como comprovam as ideias desenvolvidas no parágrafo
em que ela ocorre, remete não aos dois vocábulos que imediatamente a prec -

Certo
Errado

Questão 192: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Imagine que um poder absoluto ou um texto sagrado declarem que quem roubar ou assaltar
será enforcado (ou terá a mão cortada). Nesse caso, puxar a corda, afiar a faca ou assistir à
execução seria simples, pois a responsabilidade moral do veredicto não estaria conosco. Nas
sociedades tradicionais, em que a punição é decidida por uma autoridade superior a todos, as
execuções podem ser públicas: a coletividade festeja o soberano que se encarregou da justiça

A coisa é mais complicada na modernidade, em que os cidadãos comuns (como você e eu)
são a fonte de toda autoridade jurídica e moral. Hoje, no mundo ocidental, se alguém é

condenado seja indiscutivelmente culpado, pairam mil dúvidas. Matar um condenado à morte
não é mais uma festa, pois é difícil celebrar o triunfo de uma moral tecida de perplexidade. As
execuções acontecem em lugares fechados, diante de poucas testemunhas: há uma espécie
de vergonha. Essa discrição é apresentada como um progresso: os povos civilizados não
executam seus condenados nas praças. Mas o dito progresso é, de fato, um corolário da
incerteza ética de nossa cultura.
Reprimimos em nós desejos e fantasias que nos parecem ameaçar o convívio social. Logo,
frustrados, zelamos pela prisão daqueles que não se impõem as mesmas renúncias. Mas a coisa
muda quando a pena é radical, pois há o risco de que a morte do culpado sirva para nos dar a
ilusão de liquidar, com ela, o que há de pior em nós. Nesse caso, a execução do condenado é
usada para limpar nossa alma. Em geral, a justiça sumária é isto: uma pressa em suprimir desejos
inconfessáveis de quem faz justiça. Como psicanalista, apenas gostaria que a morte dos
culpados não servisse para exorcizar nossas piores fantasi
exorcismo seria ilusório. Contudo é possível que haja crimes hediondos nos quais não
reconhecemos nada de nossos desejos reprimidos.
Contardo Calligaris. São Paulo: Publifolha, 2004, p. 94-6
(com adaptações).
Com referência às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue o item.
O termo "Essa discrição" refere-se apenas ao que está expresso na primeira oração do período
que o antecede.
Certo
Errado

Questão 193: CEBRASPE (CESPE) - PPF/PF/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Romance LXXXI ou Dos Ilustres Assassinos
Ó grandes oportunistas,
sobre o papel debruçados,
que calculais mundo e vida
em contos, doblas, cruzados,
que traçais vastas rubricas
e sinais entrelaçados,
com altas penas esguias
embebidas em pecados!

Ó personagens solenes
que arrastais os apelidos
como pavões auriverdes
seus rutilantes vestidos,

confunde os vossos sentidos:


a glória, que amais, é desses
que por vós são perseguidos.

Levantai-vos dessas mesas,


saí de vossas molduras,
vede que masmorras negras,
que fortalezas seguras,
que duro peso de algemas,
que profundas sepulturas
nascidas de vossas penas,
de vossas assinaturas!

Considerai no mistério
dos humanos desatinos,
e no polo sempre incerto
dos homens e dos destinos!
Por sentenças, por decretos,
pareceríeis divinos:
e hoje sois, no tempo eterno,
como ilustres assassinos.

Ó soberbos titulares,
tão desdenhosos e altivos!
Por fictícia autoridade,
vãs razões, falsos motivos,
inutilmente matastes:
vossos mortos são mais vivos;
e, sobre vós, de longe, abrem
grandes olhos pensativos.
Cecília Meireles. Romanceiro da Inconfidência. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989, p. 267-
8.
Com base no poema acima, julgue o item subsequente.
O emprego do pronome possessivo em "seus rutilantes vestidos" (v.12) evidencia que essa
expressão corresponde à vestimenta usada por autoridades em eventos solenes.
Certo
Errado

Questão 194: CEBRASPE (CESPE) - Insp PC CE/PC CE/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Texto para o item
Muitos acreditam que chegamos à velhice do Estado nacional. Desde 1945, dizem, sua
soberania foi ultrapassada pelas redes transnacionais de poder, especialmente as do
capitalismo global e da cultura pós-moderna. Alguns pós-modernistas levam mais longe a
argumentação, afirmando que isso põe em risco a certeza e a racionalidade da civilização
moderna, entre cujos esteios principais se insere a noção segura e unidimensional de soberania
política absoluta, inserida no conceito de Estado nacional. No coração histórico da sociedade
moderna, a Comunidade Europeia (CE) supranacional parece dar especial crédito à tese de
que a soberania político-nacional vem fragmentando-se. Ali, tem-se às vezes anunciado a
morte efetiva do Estado nacional, embora, para essa visão, uma aposentadoria oportuna talvez
fosse a metáfora mais adequada. O cientista político Phillippe Schmitter argumentou que,
embora a situação europeia seja singular, seu progresso para além do Estado nacional tem uma
pertinência mais genérica, pois "o contexto contemporâneo favorece sistematicamente a
transformação dos Estados em confederatii, condominii ou federatii, numa variedade de
contextos".
É verdade que a CE vem desenvolvendo novas formas políticas, que trazem à memória algumas
formas mais antigas, como lembra o latim usado por Schmitter. Estas nos obrigam a rever
nossas ideias do que devem ser os Estados contemporâneos e suas inter relações. De fato, nos
últimos 25 anos, assistimos a reversões neoliberais e transnacionais de alguns poderes de
Estados nacionais. No entanto, alguns de seus poderes continuam a crescer. Ao longo desse
mesmo período recente, os Estados regularam cada vez mais as esferas privadas íntimas do
ciclo de vida e da família. A regulamentação estatal das relações entre homens e mulheres, da
violência familiar, do cuidado com os filhos, do aborto e de hábitos pessoais que costumavam
ser considerados particulares, como o fumo, continua a crescer. A política estatal de proteção
ao consumidor e ao meio ambiente continua a proliferar. Tudo indica que o enfraquecimento
do Estado nacional da Europa Ocidental é ligeiro, desigual e singular. Em partes do mundo
menos desenvolvido, alguns aspirantes a Estados nacionais também estão fraquejando, mas
por razões diferentes, essencialmente "pré-modernas". Na maior parte do mundo, os Estados
nacionais continuam a amadurecer ou, pelo menos, estão tentando fazê-lo. A Europa não é o
futuro do mundo. Os Estados do mundo são numerosos e continuam variados, tanto em suas
estruturas atuais quanto em suas trajetórias.
Michael Mann. Estados nacionais na Europa e noutros continentes: diversificar,
desenvolver, não morrer. In: Gopal Balakrishnan. Um mapa da questão nacional. Vera
Ribeiro (Trad.). Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, p. 311-4 (com adaptações).
Com relação aos mecanismos de coesão do texto, julgue o item subsequente.
Na linha 5, "Ali" tem como referente "sociedade moderna".
Certo
Errado

Questão 195: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Texto para o item
Na cidade do Rio de Janeiro, são registrados, em média, 5.200 casos de desaparecimento por
ano. Alguns dos desaparecidos voltam para casa dias depois; outros, para desespero dos
familiares, são encontrados mortos em ocorrências que variam de acidentes, como
atropelamento ou afogamento, a assassinatos.
Centenas de casos, no entanto, ficam sem solução. Uma policial civil resolveu investigá-los
formalmente. Foram avaliados cerca de duzentos casos não solucionados de desaparecimento,
ocorridos entre jane
o desapareciment
explica a policial.
De fato, o desaparecimento é tão diferente de outros crimes que nem se encaixa nessa
categoria ou seja, não é tipificado no Código Penal. Quando a família vai fazer o registro de

administrativo.
A consequência desse tipo de registro não é
destinado à maioria dos casos de desaparecimento não é prioritário; afinal, não se trata da
investigação de um crime. Entre apurar um crime e um fato atípico, na lógica policial, é
preferível apurar o primeir
A policial civil defende que não apenas seja revisto o tipo de registro atribuído ao
desaparecimento, mas também que o próprio inquérito seja realizado com mais atenção pelos
r exemplo, não se informa se o desaparecido tem ou não algum

Thiago Camelo. Desaparecidos sociais. Internet:


<http://cienciahoje.uol.com.br> (com adaptações).
Julgue o item subsequente, a respeito das ideias e estruturas linguísticas do texto.
-

Certo
Errado

Questão 196: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores - Pronomes relativos,
Conjunções etc)
Em alguns países, as porcentagens de ingresso de mulheres na força policial vêm se
incrementando consideravelmente nos últimos tempos. Na Alemanha, esse índice fica entre
40% e 50%. Ainda assim, não podemos falar de uma autêntica representatividade feminina na
polícia, pois, em outros países onde ela é também elevada, os percentuais chegam a apenas
20%. No caso das polícias metropolitanas de Londres, da Inglaterra e de Gales, por exemplo, a
participação das mulheres é de 14%; na Grécia e na Estônia, de 15%.
No Brasil, a concentração de entrada das mulheres na polícia deu-se na década de 80 do
século passado, coincidindo com um momento de crise da própria instituição policial, que, por
sua vez, refletia uma crise mais ampla do modo de organização do trabalho nas sociedades
contemporâneas. O trabalho policial, que vinha sendo visto, necessariamente, como uma
ocupação masculina, passa desde então por mudanças, na medida em que entram em crise
valores característicos da organização, como a força física e a identificação tradicional com a
figura masculina. Passou-se a buscar outros valores condizentes com a realidade atual, como a
inteligência, a capacidade de resolução de conflitos, a inovação e o trabalho em equipe.
Márcia Esteves de Calazans. Mulheres no policiamento ostensivo e a
perspectiva de uma segurança cidadã. Internet: <www.scielo.br> (com adaptações).
Julgue o item seguinte, com relação às ideias e às estruturas do texto.

Certo
Errado

Tipologia Textual
Questão 197: CEBRASPE (CESPE) - AI (ABIN)/ABIN/2018
Assunto: Tipologia Textual
Texto
A atividade de inteligência é o exercício de ações especializadas para a obtenção e análise de
dados, produção de conhecimentos e proteção de conhecimentos para o país. Inteligência e
contrainteligência são os dois ramos dessa atividade. A inteligência compreende ações de
obtenção de dados associadas à análise para a compreensão desses dados. A análise
transforma os dados em cenário compreensível para o entendimento do passado, do presente
e para a perspectiva de como tende a se configurar o futuro. Cabe à inteligência tratar
fundamentalmente da produção de conhecimentos com o objetivo específico de auxiliar o
usuário a tomar decisões de maneira mais fundamentada. A contrainteligência tem como
atribuições a produção de conhecimentos e a realização de ações voltadas à proteção de
dados, conhecimentos, infraestruturas críticas comunicações, transportes, tecnologias de
informação e outros ativos sensíveis e sigilosos de interesse do Estado e da sociedade. O
trabalho desenvolvido pela contrainteligência tem foco na defesa contra ameaças como a
espionagem, a sabotagem, o vazamento de informações e o terrorismo, patrocinadas por
instituições, grupos ou governos estrangeiros.
Internet: <www.abin.gov.br> (com adaptações).
Julgue o item seguinte, relativo às ideias e aos aspectos linguísticos do texto.
No texto, predomina a tipologia textual expositiva, dado o seu objetivo comunicativo de
transmitir ao leitor um conjunto de informações relativas às atividades desenvolvidas sob o
rótulo de inteligência.
Certo
Errado

Questão 198: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2018


Assunto: Tipologia Textual
Texto 12A1AAA
A polícia parisiense disse ele é extremamente hábil à sua maneira. Seus agentes são
perseverantes, engenhosos, astutos e perfeitamente versados nos conhecimentos que seus
deveres parecem exigir de modo especial. Assim, quando o delegado G... nos contou,
pormenorizadamente, a maneira pela qual realizou suas pesquisas no Hotel D..., não tive dúvida
de que efetuara uma investigação satisfatória (...) até o ponto a que chegou o seu trabalho.
Até o ponto a que chegou o seu trabalho? perguntei.
Sim respondeu Dupin. As medidas adotadas não foram apenas as melhores que
poderiam ser tomadas, mas realizadas com absoluta perfeição. Se a carta estivesse depositada
dentro do raio de suas investigações, esses rapazes, sem dúvida, a teriam encontrado.
Ri, simplesmente mas ele parecia haver dito tudo aquilo com a máxima seriedade.
As medidas, pois prosseguiu , eram boas em seu gênero, e foram bem executadas: seu
defeito residia em serem inaplicáveis ao caso e ao homem em questão. Um certo conjunto de
recursos altamente engenhosos é, para o delegado, uma espécie de leito de Procusto, ao qual
procura adaptar à força todos os seus planos. Mas, no caso em apreço, cometeu uma série de
erros, por ser demasiado profundo ou demasiado superficial. (...) E, se o delegado e toda a sua
corte têm cometido tantos enganos, isso se deve (...) a uma apreciação inexata, ou melhor, a
uma não apreciação da inteligência daqueles com quem se metem. Consideram engenhosas
apenas as suas próprias ideias e, ao procurar alguma coisa que se ache escondida, não pensam
senão nos meios que eles próprios teriam empregado para escondê-la. Estão certos apenas
num ponto: naquele em que sua engenhosidade representa fielmente a da massa; mas, quando
a astúcia do malfeitor é diferente da deles, o malfeitor, naturalmente, os engana. Isso sempre
acontece quando a astúcia deste último está acima da deles e, muito frequentemente, quando
está abaixo. Não variam seu sistema de investigação; na melhor das hipóteses, quando são
instigados por algum caso insólito, ou por alguma recompensa extraordinária, ampliam ou
exageram os seus modos de agir habituais, sem que se afastem, no entanto, de seus princípios.
(...) Você compreenderá, agora, o que eu queria dizer ao afirmar que, se a carta roubada tivesse
sido escondida dentro do raio de investigação do nosso delegado ou, em outras palavras,
se o princípio inspirador estivesse compreendido nos princípios do delegado , sua
descoberta seria uma questão inteiramente fora de dúvida. Este funcionário, porém, se
enganou por completo, e a fonte remota de seu fracasso reside na suposição de que o ministro
é um idiota, pois adquiriu renome de poeta. Segundo o delegado, todos os poetas são idiotas
e, neste caso, ele é apenas culpado de uma non distributio medii, ao inferir que todos os
poetas são idiotas.
Mas ele é realmente poeta? perguntei. Sei que são dois irmãos, e que ambos
adquiriram renome nas letras. O ministro, creio eu, escreveu eruditamente sobre o cálculo
diferencial. É um matemático, e não um poeta. Você está enganado. Conheço-o bem. E
ambas as coisas. Como poeta e matemático, raciocinaria bem; como mero matemático, não
raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, à mercê do delegado.
Você me surpreende respondi com essas opiniões, que têm sido desmentidas pela
voz do mundo. Naturalmente, não quererá destruir, de um golpe, ideias amadurecidas durante
tantos séculos. A razão matemática é há muito considerada como a razão par excellence.
Edgar Allan Poe. A carta roubada.
In: Histórias extraordinárias. Victor Civita, 1981. Tradução de Brenno Silveira e outros.
No que se refere à tipologia e aos sentidos do texto 12A1AAA, julgue o item.
O texto é predominant

Certo
Errado

Questão 199: CEBRASPE (CESPE) - APF/PF/2014


Assunto: Tipologia Textual
O tráfico internacional de drogas começou a desenvolver-se em meados da década de 70,
tendo tido o seu boom na década de 80. Esse desenvolvimento está estreitamente ligado à
crise econômica mundial. O narcotráfico determina as economias dos países produtores de
coca e, ao mesmo tempo, favorece principalmente o sistema financeiro mundial. O dinheiro
oriundo da droga corresponde à lógica do sistema financeiro, que é eminentemente
tráfico de drogas
do e se move
velozmente.
A América Latina participa do narcotráfico na qualidade de maior produtora mundial de
cocaína, e um de seus países, a Colômbia, detém o controle da maior parte do tráfico
ômicos e até mesmo nas
economias de alguns países, como nos bancos da Flórida, em algumas ilhas do Caribe ou nos
principais países produtores Peru, Bolívia e Colômbia, para citar apenas os casos de maior
destaque. Na Bolívia, os lucros com o narcotráfico chegam a US$ 1,5 bilhão contra US$ 2,5
bilhões das exportações legais. Na Colômbia, o narcotráfico gera de US$ 2 a 4 bilhões,
enquanto as exportações oficiais geram US$ 5,25 bilhões. Nesses países, a corrupção é
generalizada. Os narcotraficantes controlam o governo, as forças armadas, o corpo
diplomático e até as unidades encarregadas do combate ao tráfico. Não há setor da sociedade
que não tenha ligação com os traficantes e até mesmo a Igreja recebe contribuições destes.
Osvaldo Coggiola. O comércio de drogas hoje. In: Olho da
História, n.º 4. Internet: <www.oolhodahistoria.ufba.br> (com adaptações).
Julgue o próximo item, referente aos sentidos do texto acima.
O texto, que se classifica como dissertativo, expõe a articulação entre o tráfico internacional
de drogas e o sistema financeiro mundial.
Certo
Errado

Questão 200: CEBRASPE (CESPE) - Ag Pol (PC AL)/PC AL/2012


Assunto: Tipologia Textual
Texto para o item
A figura do jovem revoltado precisa ser reexaminada. Seu comportamento não se explica pela
fome nem pela miséria absoluta. Pelos seus próprios depoimentos, recolhidos em conversas
fora dos inquéritos policiais, um grande móvel para sua adesão ao crime do tráfico de drogas
é o enriquecimento rápido. Após a gradual conversão aos valores da violência e da nova
organização criminosa montada no uso constante da arma de fogo, esse jovem descobre os
prazeres da vida de rico e com ela se identifica. Seu consumo passa a ser uma cópia exagerada,
orgiástica, do que entende ser o luxo do rico: muita roupa, carros, mulheres, uísque (bebida de

porque seu consumo orgiástico, excessivo, o deixa sempre de bolso vazio, a repetir
compulsivamente o ato criminoso; com o poder da arma de fogo, que o deixa viver por
instantes um poder absoluto sobre suas vítimas, mas que acaba colocando-o na mesma posição
diante dos quadrilheiros e policiais mais armados do que ele; com a possibilidade, enfim, de
ir dessa vida de perigos e medos.
É possível afirmar que, ao contrário do que se diz, a criminalidade violenta diminui, a médio e
longo prazos, a renda familiar dos pobres. O crime organizado, por suas características
empresariais ilegais, é altamente concentrador de renda. Não sofre nenhum tipo de limitação
das leis de mercado, de preços ajustados, de salários mínimos estipulados, de direitos
trabalhistas para os seus peões. O crime organizado trafega nos preços cartelizados e na
punição com a morte daqueles que ousam desobedecer à ordem e à vontade do chefe ou
simplesmente denunciá-lo. Os pequenos traficantes da favela, apesar de todo o aparato militar,
na verdade, estão ajudando a enriquecer aqueles que controlam o tráfico de drogas em
toneladas e o contrabando de armas, o receptador, o funcionário público corrupto, o advogado
criminal, e assim por diante. Pouquíssimos jovens saídos das camadas pobres conseguem se
estabelecer, mas todos contribuem para enriquecer outros personagens que continuam nas
sombras e que são os principais beneficiários das cifras da criminalidade. Os efeitos da guerra
clandestina já se fazem sentir na população que abriga os bandidos identificados como tal:
como as mortes violentas atingem principalmente homens jovens em idade produtiva, as
famílias se veem privadas daqueles que seriam os mais importantes contribuintes para a renda
familiar.
Alba Zaluar. Integração perversa: pobreza e tráfico de drogas.
Rio de Janeiro: FGV, 2004, p. 65-66 (com adaptações).
Julgue o item a seguir, com base nas ideias do texto.
É possível identificar, no texto, uma estrutura dissertativa, com a defesa de ideias relacionadas
à causa do comportamento do jovem criminoso e às consequências desse comportamento na
vida financeira de sua família, adicionada de argumentação que visa sustentar os pontos de
vista apresentados.
Certo
Errado
Gabarito
1) Errado 2) Errado 3) Errado 4) Certo 5) Errado 6) Certo 7) Certo 8) Certo 9) Certo 10) Errado
11) Errado 12) Certo 13) Errado 14) Errado 15) Certo 16) Errado 17) Certo 18) Certo 19) Certo 20)
Certo 21) Errado 22) Errado 23) Certo 24) Errado 25) Certo 26) Certo 27) Errado 28) Errado 29)
Errado 30) Certo 31) Certo 32) Errado 33) Errado 34) Certo 35) Certo 36) Certo 37) Certo 38)
Errado 39) Errado 40) Certo 41) Certo 42) Certo 43) Errado 44) Errado 45) Errado 46) Errado
47) Errado 48) Errado 49) Certo 50) Certo 51) Errado 52) Errado 53) Errado 54) Errado 55) Certo
56) Certo 57) Certo 58) Errado 59) Certo 60) Certo 61) Certo 62) Errado 63) Certo 64) Errado
65) Errado 66) Errado 67) Errado 68) Certo 69) Errado 70) Certo 71) Certo 72) Certo 73) Certo
74) Errado 75) Certo 76) Errado 77) Certo 78) Certo 79) Certo 80) Certo 81) Errado 82) Errado
83) Certo 84) Errado 85) Certo 86) Errado 87) Errado 88) Errado 89) Certo 90) Errado 91) Certo
92) Errado 93) Certo 94) Errado 95) Certo 96) Certo 97) Errado 98) Certo 99) Errado 100) Certo
101) Errado 102) Errado 103) Certo 104) Certo 105) Errado 106) Errado 107) Errado 108) Errado
109) Certo 110) Certo 111) Errado 112) Errado 113) Errado 114) Errado 115) Certo 116) Certo 117)
Errado 118) Certo 119) Errado 120) Certo 121) Certo 122) Certo 123) Errado 124) Certo 125) Errado
126) Errado 127) Certo 128) Errado 129) Errado 130) Certo 131) Errado 132) Certo 133) Certo 134)
Errado 135) Errado 136) Certo 137) Certo 138) Certo 139) Certo 140) Certo 141) Errado 142)
Errado 143) Errado 144) Certo 145) Certo 146) Certo 147) Errado 148) Errado 149) Certo 150)
Certo 151) Errado 152) Errado 153) Certo 154) Errado 155) Certo 156) Certo 157) Certo 158)
Errado 159) Errado 160) Errado 161) Errado 162) Errado 163) Errado 164) Errado 165) Errado 166)
Errado 167) Certo 168) Errado 169) Errado 170) Errado 171) Errado 172) Errado 173) Errado 174)
Errado 175) Certo 176) Errado 177) Errado 178) Certo 179) Certo 180) Certo 181) Errado 182)
Certo 183) Errado 184) Errado 185) Errado 186) Errado 187) Errado 188) Certo 189) Errado 190)
Errado 191) Certo 192) Certo 193) Errado 194) Errado 195) Errado 196) Certo 197) Certo 198)
Errado 199) Certo 200) Certo

Você também pode gostar