Você está na página 1de 7

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO


INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS

ANÁLISE DOS ARTIGOS UNIDADE 2

ADEILTON CÉLIO CAETANO


LUIZ PAULO DE FREITAS CARNEIRO

​MARIANA
2021
Artigo 1

USO DA INFORMAÇÃO POR PROFISSIONAIS DE VENDAS: ESTUDO DE CASO EM


ORGANIZAÇÃO VAREJISTA BRASILEIRA DE GRANDE PORTE

Autores: Rômulo Braga Ramos Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ). Mestrado em


Gestão Empresarial; Luiz Antonio Joia Doutor em Ciências em Engenharia de Produção
pela COPPE/UFRJ. Professor associado da Escola Brasileira de Administração Pública e de
Empresas da Fundação Getulio Vargas; Rodrigo Baroni de Carvalho Professor Adjunto IV
da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

1. Questão de pesquisa e objetivo


O artigo busca identificar como os profissionais de vendas do varejo usam a
informação em sua rotina profissional, o estudo foi desenvolvido em uma grande
rede varejista de eletrônicos do nordeste. O período do estudo foca na entrada da
rede no segmento dos celulares de alto valor. Para aquisição dos dados foi feita
análise de procedimentos operacionais, conversas de rede social da rede e
entrevistas com gerentes das lojas piloto do projeto

2. Literatura
A literatura usada no texto é a linguagem não literária.

3. Método
O método de análise deste estudo é um estudo de caso.

4. Resultados
O estudo apresentou a dificuldade da rede de formar vendedores com boa base de
conhecimento sobre os produtos visto que o turnover dos empregados é alto
também a perda de oportunidades de tornar o conhecimento institucional dentro da
organização.
Foi abordado também a quebra de fluxo das informações quando o uso de
ferramentas não padronizadas e não institucionais da empresa, como por exemplo o
abandono do grupo de troca de experiências no aplicativo WhatsApp.
5. Implicações teóricas
● A importância de fluxos de comunicação eficientes dentro da construção do
conhecimento na organização
● A construção da consciência do mercado (sensemaking)

6. Implicações práticas
● Padrões de difusão de conhecimento quando bem implementados e
registrados geram maior engajamento e absorção dos funcionários
● O posicionamento da força de vendas em direção ao fechamento pelo menor
preço e com menores margens a partir das dificuldades de realização das
vendas por desconhecimento das qualidades dos produtos.

Artigo 2

UMA PROPOSIÇÃO DE ANÁLISE DO EMPREGO DE SISTEMAS DE GESTÃO


EMPRESARIAL À LUZ DA USABILIDADE DE SOFTWARE

Autores: André Andrade Longaray, Doutor em Engenharia de Produção (UFSC), Professor


na Universidade Federal do Rio Grande (FURG); Bruno Ferreira Da Silva, Bacharel em
Administração pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG; Paulo Roberto Munhoz,
Professor adjunto da Universidade Federal do Rio Grande (FURG); Catia Maria Dos Santos
Machado, Professora associada da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).; Vilmar
Gonçalves Tondolo, Professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

1. Questão de pesquisa e objetivo


O Artigo visa analisar e demonstrar a usabilidade de softwares de gestão
empresarial nos aspectos de eficiência e eficácia da tarefa. Foi feita uma pesquisa
aplicada analisando um software de gestão ambiental em uma empresa de óleo e
gás
2. Literatura
A literatura usada no texto é a linguagem não literária.
3. Método
O método de análise foi a pesquisa aplicada para estudo de caso, sendo aplicado
inicialmente um formulário de pesquisa para aquisição de dados e em seguida a
consulta de documentos com na NBR ISO 9241 Requisitos Ergonômicos para
Trabalho de Escritórios com Computadores Parte 11 – Orientações sobre
Usabilidade. Rio de Janeiro, ABNT, 2002

4. Resultados
O estudo demonstra como a ferramenta de pesquisa e análise da usabilidade de
software pode orientar o processo de seleção e escolha da ferramenta, assim como
basea a usabilidade no estudo da eficácia, eficiência e satisfação do usuário para
servir como ferramenta para a tomada de decisões pela organização.
Estudando as estatísticas destes fatores foram apontados pontos fortes e fracos
dentro da plataforma de modo que melhorias podem ser pensadas e implementadas
visando melhores resultados

5. Implicações teóricas
● Usabilidade de software sendo medida pelo fator desempenho (eficiência
e eficácia) e satisfação do usuário
● As medidas de eficácia referem-se a qualidade alcançada pleo trabalho
● As medidas de eficiência referem a facilidade de realização deste trabalho
pelo usuário.
● As medidas de satisfação do usuário demonstram o grau de desconforto ou
de gosto do usuário durante o uso do software.

6. Implicações práticas
● Necessidade de uso de uma população maior durante a etapa de pesquisa.
● Diversos pontos apresentados como negativos se inter relacionam nas várias
dimensões, consequentemente pequenas correções podem beneficiar toda a
cadeia.
Artigo 3

SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL: LIÇÕES APRENDIDAS EM UMA


IMPLANTAÇÃO NUMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA PÚBLICA

Autores: João Batista de Freitas, Mestre em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da


Informação pela Universidade Católica de Brasília; Eduardo Amadeu Dutra Moresi , Doutor
em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília.

1. Questão de pesquisa e objetivo


O artigo analisa a implementação de um sistema de ERP como objetivo de
descrever as dimensões que influenciam a utilização do sistema de gestão e as
variáveis influenciam a qualidade do projeto e os benefício relacionados a esta
implementação.

2. Literatura
A literatura usada no texto é a linguagem não literária.

3. Método
O método de análise foi o estudo de caso através de pesquisa qualitativa e
quantitativa. A pesquisa foi analisada com base no modelo ​Technology,
Organization and Environment (​ TOE) desenvolvido por Tornatzky e Fleischer
(1990) para explicar a adoção de uma inovação tecnológica por parte das empresas.
Este modelo identifica três aspectos do contexto de uma organização que
influenciam o processo pelo qual ela adota e implementa uma inovação tecnológica:
o contexto tecnológico, o contexto organizacional e o contexto ambiental.

4. Resultados
O estudo demonstrou dentro das dimensões as perspectivas que ajudaram ou
atrapalharam a implementação do sistema, aponta também como o engajamento da
liderança favorece o resultado final.
5. Implicações teóricas
● Os contextos ambientais são definidos pelas características da empresa
● Os contextos da organização são definidos por estruturas de ligação formais
e informais,processos de comunicação,seu tamanho e flexibilidade.
● O aspecto de tecnologia é definido pelas funcionalidades e características do
sistema
6. Implicações práticas
● Um bom clima organizacional favorece a implantação do sistema a medida que
os usuários se sentem mais empenhados no processo
● Em relação a empresa responsável pela implantação o engajamento e
aderência são fundamentais para atingir os no resultados

7. Análise comparativa dos resultados dos artigos estudados em cada unidade


● O Artigo 1 foi fundamentado numa pesquisa restrita de documentos , entrevistas
e e-mails e carece de uma maior base estatística e para melhor análise dos
resultados. Descreve indiretamente que a implantação do projeto careceu de um
framework adequado para determinação dos resultados almejados e os
métodos a serem seguidos.
● O Artigo 2 baseia seus resultados em uma pesquisa quantitativa baseada na
usabilidade (eficiência x eficácia x satisfação) do software sustentada por um
referencial teórico amplo. Foi feita uma pesquisa limitada pela população
entrevistada que gerou material para análise com diversas interações entre os
resultados e dimensões avaliadas.
● O Artigo 3 baseia seus estudos num trabalho estatístico direcionado pelas
dimensões contextuais e poderia ser melhor embasado com referenciais
teóricos dos passos de implantação do software. Adicionalmente os resultados
estatísticos geraram significativa quantidade de dados porém sem desdobrá-los
em informações.
Avaliando os três casos em perspectiva concluímos que para atingimento do
sucesso na implantação de determinado projeto é necessário a coleta adequada das
informações, com fontes padronizadas e significativas, a aquisição destas informações de
maneira que os dados apurados sejam significativos. Semelhantemente um bom referencial
teórico fortalece o processo de compreensão destes dados para geração de informações e
tomada de decisões acertadas.

Você também pode gostar