Você está na página 1de 1

Bebei, se tendes sede

Pe. Carlos Silva


Texto: F. Melro

             
Estrofes
  
  

      
Se - nhor quan - ta_a - le - gri - a_é en - con - trar - Te por - que_a tu - a pa -

         
               

 
  
la - vra_é a nas - cen - te, don - de cor - rem as á - guas a - bun -

       
     
         
dan - tes, que nos tra - zem a vi - da_e - ter - na - men - te.


    
   

       
Refrão
 
     

        

         
1. Be bei, se ten - des se - de das á - guas da ver - da - de! Ao
  
              
    

      
            
         
   
vos - so_en - con - tro vem a luz da_hu - ma - ni - da - de.

                 
    
  
2. Como são agradáveis as palavras 4. Tu conheces, Senhor, as nossas vidas,
que disseste à mulher samaritana! conheces nossas dores e pecados;
Saber que Tu bebeste a nossa água, de Ti nasceu a fonte de águas vivas,
sentiste como nós a sede humana! o rio em que do mal somos lavados.

3. Mais forte do que a sede que sentimos, 5. Procurai o Senhor que vos procura
em nosso frágil corpo, cada dia, vós os que tendes sede de esperança!
é a sede que temos da palavra Em Cristo encontrareis a eterna fonte
que nasce do Senhor e nos sacia. que vos dará a bem-aventurança.