Você está na página 1de 28

Curso de Formação

de Tutores

Módulo Introdutório

Guia de Estudos
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO ....................................................................2

1. IDENTIFICAÇÃO.................................................................3

2. INTRODUÇÃO ....................................................................4

3. CONTEXTUALIZAÇÃO ............................... .........................6

4. OBJETIVOS DO CURSO .......................................................7

5. CONHECIMENTOS PRÉVIOS.................................................8

6. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ...............................................8

7. METODOLOGIA ..................................................................9

8. PRA FALAR DE TEORIA ..................................................... 10

9. TEMAS DE ESTUDO .......................................................... 11

10. RECURSOS .................................................................... 17

11. SISTEMA DE TUTORIA .................................................... 18

12. TEMPO PARA ESTUDO..................................................... 18

13. ATIVIDADES.................................................................. 19

14. AVALIAÇÃO ................................................................... 23

15. RECOMENDAÇÕES E DICAS ............................................. 24

16. EQUIPE DOCENTE .......................................................... 25

REFERÊNCIAS ..................................................................... 26
APRESENTAÇÃO

Car@ cursista,

Seja bem-vindo ao Curso de Formação de Tutores – Módulo


Introdutório, da UAB/UnB!
Este Guia de Estudos traz informações importantes para você
sobre o Curso de Formação de Tutores – Módulo Introdutório, da
UAB/UnB. Nele, você encontrará orientações quanto às atividades,
leituras e conteúdos, a fim de que você possa conhecer melhor o curso
e obter sucesso ao final dele.
Este curso visa à formação básica para os profissionais que
atuarão como tutores presenciais e a distância em cursos da
UAB/UnB, com intuito de prepará-los para o desempenho das
atividades referentes ao processo de ensino e aprendizagem a
distância, bem como na melhoria dos processos de implantação desta
instituição.
Com essa finalidade, o curso está estruturado em 4 semanas, nas
quais discutiremos as seguintes temáticas: Ambiente de
Aprendizagem Moodle: características e usos, a tutoria na UAB/UnB, a
Prática da Tutoria na EaD e a Avaliação na Educação a Distância:
Desafios e Perspectivas com ênfase no Plano de Tutoria.
Sendo assim, desejamos um bom curso a tod@s, com o
compromisso de fortalecermos este espaço de formação
colaborativamente.

Saudações,

Equipe UAB/UnB

2
IDENTIFICAÇÃO

Curso: Formação de tutores - Módulo Introdutório

Ementa: Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle; A Tutoria na


UAB/UnB; a Prática da tutoria na EaD e a Avaliação na Educação a
Distância.

Carga horária: 40 h/a

Período de duração: 31/01 a 28/02/2011

Público-alvo: Licenciados e/ou bacharéis selecionados em processo


seletivo para tutores de cursos a distância da UAB/UnB

3
INTRODUÇÃO

Caro cursist@!

Este guia de orientação foi concebido com a intenção de fornecer


todas as informações necessárias de que você precisa para dar início à sua
participação no curso de Formação de Tutores - Módulo Introdutório.
É importante que você tenha uma visão geral dos objetivos, dos
princípios conceituais, das opções metodológicas e avaliativas que
nortearam a elaboração do curso e, também, do modo como ele está
estruturado. Pretendemos, com isso, auxiliá-lo no planejamento e
organização de seus estudos e atividades, de forma que você se sinta mais
à vontade e confiante na utilização dos recursos e materiais disponíveis.
Para nós, esse é um momento fundamental no processo de reflexão
e formação, afinal o curso que está sendo iniciado por você, requer
concepções de educação que fundamentam o exercício da docência.
Em primeiro lugar, é importante conhecer as motivações que
levaram a UAB/UnB a promover um curso de formação de tutores
introdutório. Partimos do diagnóstico e da avaliação das práticas de tutoria
desenvolvidas nos cursos ofertados pela UAB/UnB e sentimos a
necessidade de conceber um processo formativo que contemplasse os
candidatos a tutores que, ainda, não tinham familiaridade com a
organização administrativa e pedagógica da educação a distância ofertada
pela UAB/UnB.
A dimensão do trabalho orgânico e colaborativo integrando agentes
diferenciados no percurso da aprendizagem dos discentes é ponto chave
para a prática pedagógica comprometida com as responsabilidades
educacionais. Afinal, com a expansão da educação a distância e com as
diversas formas e maneiras de praticá-la, pretendemos não correr o risco
de formar profissionais que fiquem restritos à reprodução burocrática do
conhecimento, e portanto, avessos a construção de sujeitos autônomos,
críticos e propositores de novas perspectivas educativas.
Concebemos, então, este curso baseadas nos seguintes princípios:
conhecimento, observação, análise, crítica, participação, colaboração,
reflexão e prática. Daí, nossa preocupação em disponibilizar o conteúdo do
curso numa associação entre textos bases selecionados e o espaço Saiba
Mais, entendidos como meios de estudo, aprofundamento, observação e
análise.

4
INTRODUÇÃO

Compreendemos o ambiente virtual de aprendizagem como amplo


espaço de conexão de aprendizagens e compartilhamento de reflexões e
práticas entre você e seus colegas e tutores. O ambiente virtual de
aprendizagem Moodle, aliás, será objeto de nosso estudo, mais detido, na
primeira semana de trabalho e irá transpassar as 04 semanas do seu
processo formativo, na oficina intitulada: Hora de Praticar. Teoria e prática
se entrecruzam ora na familiaridade, ora no estranhamento com a explícita
intenção de instigá-los. Nossa proposta é produzir essa inter-relação
teoria e prática que sempre foi fundamental para o efetivo exercício
educativo.
Partimos da perspectiva construtivista, pois entendemos que você é
sujeito ativo e traz cabedais de conhecimentos imprescindíveis à
colaboração e ao compartilhamento. Nesse sentido, a concepção de
avaliação é formativa. Isso quer dizer que ao longo do curso foram
incluídas atividades que visam acompanhar o processo de cada um na
construção de seus conhecimentos e de suas competências. Portanto,
todas as atividades elaboradas estão comprometidas com a reflexão e a
prática de cada um de vocês.
Sabemos que a aquisição de um conhecimento específico que leve à
expansão da prática para além da técnica e do cumprimento de papéis
administrativos é algo que exige esforço, dedicação e trabalho. Nosso
propósito é fornecer um caminho dinâmico e provocá-los para a busca
incessante de práticas profissionais e pedagógicas comprometidas com a
qualidade da educação e, consequentemente, com a transformação
desigual da realidade que nos cerca.
Como nos ensina Freire (2000): não sou apenas objeto da história
mas seu sujeito igualmente. No mundo da história, da cultura, da política,
constato não para me adaptar, mas para mudar.

5
CONTEXTUALIZAÇÃO

Conhecer o contexto em que você está inserido é essencial para o


entendimento de que sua atuação como tutor a distância e como tutor
presencial faz parte do sistema nacional de expansão da universidade
pública e enquanto agente ativo desta política lhe cabe a
responsabilidade e o comprometimento com a qualidade do ensino que
estamos ofertando. Convidamos, então, a fazer um passeio histórico
num tempo nem tão distante assim...
No Brasil, no ano de 2005, foi criado pelo Ministério da Educação o
Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) em parceria com a
Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino
Superior (ANDIFES) e empresas estatais, no âmbito do Fórum das
Estatais pela Educação, com foco nas políticas e na gestão da educação
superior. O programa prevê a expansão da educação superior pública,
tendo por princípio dois pontos importantes: 1) os processos de
democratização, interiorização e acesso, 2) o aperfeiçoamento dos
processos de gestão das instituições de educação superior,
possibilitando sua expansão em consonância com as propostas
educacionais e demandas locais dos estados e municípios.
Com a criação do programa UAB, a Universidade pública brasileira
teve que adaptar e adequar sua infraestrutura e estrutura de pessoas
para a oferta de cursos na modalidade a distância. Esses cursos podem
ser de aperfeiçoamento, pós-graduação lato sensu ou de graduação. No
país, o programa conta com a participação e parceria de 88 Instituições
Universitárias Públicas, possui 720 polos de apoio presencial
distribuídos no território nacional, com aproximadamente 120 mil
alunos matriculados.
A partir dessa estrutura e da necessidade de formação de equipe
multidisciplinar para atuar no sistema UAB/UnB, o curso de formação de
tutores se insere neste contexto, expressando o esforço da Universidade
de Brasília (UnB) de proporcionar espaços de formação de profissionais
para atuarem em sistemas de educação a distância, destacando a
importância e o papel do tutor nesses processos formativos.

6
OBJETIVOS DO CURSO

O Curso Formação de Tutores - Módulo Introdutório, 40h, é um


curso de extensão direcionado a profissionais de diferentes áreas do
conhecimento e aprovados no processo seletivo para tutores
presencias e a distância das licenciaturas, UAB/UnB, em 2011. Seu
objetivo principal é:
O objetivo geral do Curso é formar tutores presenciais e a
distância dos cursos de Licenciatura, na modalidade a distância, a
respeito das boas práticas da tutoria necessárias para o desempenho
das funções pedagógicas, no âmbito da Universidade Aberta do
Brasil – UAB/UnB. Para tanto, será necessário atingir os seguintes
objetivos específicos:
1. Identificar os diferentes papéis e funções da tutoria na
Universidade Aberta do Brasil;
2. Diferenciar os papéis dos atores que compõem o processo de
ensino aprendizagem na UAB/UnB;
3. Empregar estratégias de intervenção/mediação de acordo
com a proposta metodológica da Universidade Aberta do
Brasil;
4. Utilizar as ferramentas de interação e de avaliação do
ambiente virtual de aprendizagem Moodle;
5. Aplicar estratégias de acompanhamento e avaliação da
aprendizagem online.

7
CONHECIMENTOS PRÉVIOS

O requisito exigido para o exercício da tutoria a distância de


acordo com a Resolução CD/FNDE n. 8 30/04/2010 é:
“[...] profissional selecionado pelas IPES vinculadas ao
Sistema UAB para o exercício das atividades típicas de tutoria,
sendo exigida formação de nível superior e experiência mínima
de 1 (um) ano no magistério do ensino básico ou superior, ou
ter formação pós-graduada, ou estar vinculado a programa de
pós-graduação”.

Outros requisitos exigidos pela UAB/UnB: dominar o conteúdo


da(s) disciplina(s) em que irá atuar; comunicar-se de modo claro,
formal, objetivo e cordial; dominar a norma culta da língua
portuguesa; e dominar as ferramentas do ambiente de aprendizagem
Moodle.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Ao longo do curso, abordaremos temáticas importantes para a sua atuação


como tutor na UAB/UnB. As temáticas selecionadas servirão como suporte à
prática da tutoria, visando aprimorar suas funções de tutor.

· Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle: Característica e


Usos;
· A Tutoria na UAB/UnB: aspectos conceituais;
· A Prática da tutoria na Educação a Distância;
· Avaliação na Educação a Distância: Desafios e Perspectivas.

8
METODOLOGIA

Este curso foi elaborado para ser realizado a distância. Isso significa
que dois aspectos importantes para a obtenção de um resultado
satisfatório será a autonomia e a organização que tiver os seus estudos.
Estudar a distância exige de você o desenvolvimento de algumas
competências específicas, tais como independência, responsabilidade e
disciplina intelectual, atributos pilares para o estabelecimento de um
método de estudo que assegure uma aprendizagem significativa.
Como se sabe, estudar a distância não é está sozinho no processo.
Durante todo o percurso do curso você contará com o auxílio dos tutores,
que o acompanharão de perto, orientando-o e estimulando-o.
Uma das faces importantes e interessantes no processo de
aprendizagem a distância: é o de compartilhar experiências e refletir em
conjunto. A metodologia que propomos se baseia na concepção do que o
conhecimento é melhor construído num processo que comporte a
colaboração e a socialização de experiências individuais. Para assegurar
uma aprendizagem significativa é preciso estar disposto a se envolver em
um processo onde colaborar, com todos e cada um, expresse um salto
coletivo no resultado do conhecimento adquirido.
Para que você se adapte à metodologia proposta pelo curso, foram
criadas as orientações iniciais contendo o fórum de apresentação, cuja
intenção é oferecer um espaço que propicie de imediato a interação entre
os participantes.
Bem, antes de tudo, é preciso que você conheça alguns
pressupostos teóricos que nortearam a elaboração deste curso.

9
PRA FALAR DE TEORIA

Todo o conteúdo do curso foi concebido e está estruturado a partir de


um núcleo central: a prática da tutoria na UAB/UnB. Esse núcleo é o cerne
irradiador de todos os temas e de todas as atividades propostas. O
processo de aprendizagem – organizado em 04 semanas temáticas –
desenvolve-se pelo crescimento gradual de sua complexidade e pelas
variadas dimensões do exercício prático/teórico da tutoria.
Por isso, é importante observar que a separação das semanas em 04
unidades temáticas tem um caráter didático, pois procuramos não
estabelecer separações e delimitações de fronteiras entre o contexto
histórico, o lócus de enunciação onde estamos inseridos e a prática da
mediação em si. Ao contrário, trabalhamos permanentemente no universo
das inter-relações. Esse princípio pode ser observado ao longo das 04
semanas de curso em todos os aspectos da estruturação de seu conteúdo:
da maneira como foi concebida a organização das semanas, às escolhas
dos textos bases e das referências do espaço saiba mais, até sua
proposição de temáticas nos fóruns e nas atividades sugeridas.
A forma que melhor sintetiza a estrutura de desenvolvimento do
curso é a de um espiral, o que o afasta de uma concepção de
aprendizagem linear. Portanto, suas quatro semanas não configuram,
propriamente, uma sucessiva adição de conteúdos, mas sim uma
articulação progressiva de competências em torno do núcleo central.
Dessa forma, produziremos diferentes camadas de conhecimentos
sobre o núcleo recorrente, processo, claro, que o envolve diretamente –
afinal, seu comprometimento na realização das leituras e na participação
ativa nas atividades é parte constituinte desse espiral.

10
TEMAS DE ESTUDOS

O curso está organizado em quatro semanas que foram definidas em


função dos objetivos pretendidos, das características do público-alvo e dos
pressupostos teóricos tomados como ponto de partida.
Na semana 1 – Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle –
Características e Usos – são estudados os aspectos conceitos do AVA
Moodle, sua história e seus usos nas práticas educativas com foco na
educação a distância. Nessa semana vocês já entrarão na oficina hora de
praticar e realizarão atividades que se relacionam com os objetivos
pedagógicos da semana.
Na semana 2 – A Tutoria na UAB/UnB – será feito um estudo
baseado em textos e em pesquisas em sites sugeridos, com o fito de
compreender o espaço educativo em que vocês estão inseridos e os
diferentes papéis e funções da tutoria na UAB/UnB. Numa perspectiva
mais teórica e no sentido da apropriação dos fazeres a semana 2
descortina a importância do trabalho em rede.
Na semana 3 – A Prática da tutoria na EaD – São estudadas as
diferentes funções que caracterizam o exercício da tutoria, tendo como
eixo a mediação pedagógica e as estratégias de intervenção que delineiam
o nosso trabalho. Apresentaremos aqui algumas situações problemas que,
certamente, vocês irão se defrontar e solicitamos a proposição de soluções
com base na fundamentação teórica.
Na semana 4 – Avaliação em EaD: Desafios e Perspectivas –
Abordamos o tema avaliação em suas especificidades e fragilidades, com
ênfase na educação a Distância. Sugerimos como atividade a elaboração
do plano de tutoria que, em linhas gerais, aglutina todos os temas tratados
ao longo do curso e materializa a consolidação de suas futuras ações na
tutoria a distância e na tutoria presencial.
Em síntese, apresentamos as 04 semanas temáticas

11
Encontro Presencial
Período de Realização:
31.01.2011
Objetivo:
Conhecer a dinâmica da UAB/UNB e do curso, os objetivos,
estratégias e recursos disponíveis para fomentar o processo
de ensino e aprendizagem a distância
Conteúdo:
A Universidade Aberta e o sistema de tutoria na UAB/UnB
Organização da Tutoria na UAB/UnB
Atividades Previstas
Abertura Oficial do Curso
Mesa Redonda
Encontro com Tutores
Carga Horária:
4h Presenciais

O Encontro Presencial iniciará as atividades do curso.


Nele, você terá a possibilidade de conhecer melhor a UAB/UnB,
sua estrutura e finalidade. Afinal de contas, este será o seu
espaço de atuação como tutor.
Neste encontro, você também terá a oportunidade de
conhecer a equipe docente do curso, bem como os seus
colegas de turma, que o ajudarão a tornar esse processo de
formação um espaço de colaboração.
Além disso, você receberá informações sobre o curso e
de procedimentos administrativos relativos à tutoria.
Sua presença é fundamental!

12
Semana 1: Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle -
Características e Usos

Período de Realização:
01 a 07.02.2011
Objetivo:
Reconhecer as características e as aplicabilidades do ambiente
virtual de aprendizagem: Moodle
Conteúdo:
Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle
Atividades Previstas
ü Estudo dos Textos Básicos: Moodle: hipertexto, fórum,
chat, tarefa e glossário
ü Fórum Temático da Semana 1
ü Oficina Moodle
ü Saiba Mais
Carga Horária: 8h Online

Esta é uma semana muito importante para desenvolver


com segurança o seu trabalho na tutoria da UAB/UnB.
Ao final desta semana de estudos, esperamos que seja
você capaz de:
1. Familiarizar-se com as ferramentas e recursos do
Moodle, identificando suas possibilidades e limitações;
2. Analisar e experimentar técnica e pedagogicamente
as ferramentas e recursos do Moodle.
Leiam o texto disponibilizado como leitura principal.
O espaço saiba mais traz importantes sugestões de
leituras que complementam a rede de conhecimentos que
estamos construindo. Além disso, fornecem subsídios para as
discussões nos fóruns e nas tarefas e para o exercício da
tutoria.

13
Semana 2: A Tutoria na UAB/UnB

Período de Realização:
08 a 14.02.2011
Objetivo:
Caracterizar os diferentes papéis e funções da tutoria na
UAB/UnB
Conteúdo:
A Tutoria na UAB/UnB
Atividades Previstas
ü Estudo do Texto Básico: Diferentes responsabilidades na
educação a distância: estudante, professor, professor-tutor
e coordenador de polo
ü Webconferência
ü Fórum Temático da Semana 2
ü Oficina Moodle
ü Saiba Mais
Carga Horária: 8h Online

Nesta semana temos como tema central: A tutoria na


Universidade Aberta do Brasil (UAB/UnB).
Esperamos, ao final desta semana de estudo, que você
seja capaz de:
1. Identificar os diferentes papéis e funções da tutoria na
UAB/UnB;
2. Diferenciar os papéis dos atores que compõem o
processo de ensino aprendizagem na UAB/UnB.
Para alcançarmos os nossos objetivos, teremos a
atividade fórum de discussão.
Lembrem-se que a compreensão da tutoria na
Universidade Aberta do Brasil transpassa dois assuntos
importantes e que merecem estudos convergentes: o que
significa ser tutor e o que é a Universidade Aberta do Brasil.

14
Semana 3: A Prática da Tutoria na EaD

Período de Realização:
15 a 21.02.2011
Objetivo:
Aplicar estratégias de mediações e intervenções considerando
análises de estudos de casos.
Conteúdo:
A Prática da Tutoria na UAB/UnB
Atividades Previstas
ü Estudo dos Textos Básicos: As funções do tutor on line
Tutoria – o percurso da prática
ü Tarefa – Estudo de Caso
ü Oficina Moodle
ü Saiba Mais
Carga Horária: 8h Online

Na terceira semana do nosso processo formativo,


vamos nos dedicar, mais detalhamente, ao trabalho
pedagógica da tutoria, tendo como centralidade a
mediação pedagógica e as diferentes estrátegias de
intervenções que estruturam nossas ações.
Esperamos que ao final dessa semana você seja
capaz de:
1. Empregar estratégias diferenciadas de
intervenção/mediação no trabalho pedagógico da
tutoria presencial e a distância.
2. Utilizar as ferramentas de interação e de
avaliação do ambiente virtual de aprendizagem moodle.
Após ler os textos, acesse a tarefa da semana,
analise as situações problema e proponha estratégias
de mediação para cada uma delas.

15
Semana 4: Avaliação em EaD: Desafios e Perspectivas

Período de Realização:
22 a 28.02.2011
Objetivo:
Empregar estratégias de avaliações em contextos específicos
da Educação a Distância.
Conteúdo:
Estratégias de Avaliação na Educação a Distância
Atividades Previstas
ü Estudo do Texto Básico: Avaliação da Aprendizagem em
EAD
ü Tarefa Plano de Tutoria
ü Oficina Moodle
ü Saiba Mais
Carga Horária: 8h Online

Na nossa última semana de estudos, trataremos de dois assuntos


importantes e complementares: avaliação da aprendizagem na Educação a
Distância e a elaboração do Plano de Tutoria.

Esperamos que ao final da semana você seja capaz de:

1. Aplicar estratégias de acompanhamento e avaliação da aprendizagem


no ambiente virtual e nos pólos de apoio presencial;

2. Elaborar o Plano de Tutoria tendo como referencial as leituras,


discussões e práticas construídas ao longo do processo formativo.

Imagine-se como tutor a distância do curso de formação de tutores que


está concluindo. Acesse a tarefa da semana e elabore o Plano de Tutoria para
nortear o seu trabalho de tutor. Lembre-se de preparar plano semelhante para
as disciplinas nas quais for tutor.

Lembre-se, também, de que estamos chegando ao final da formação e


a avaliação é fundamental. Verifique onde avançamos e onde precisamos
intervir para melhorarmos o processo, respondendo ao questionário de auto-
avaliação do curso disponibilizado na semana.

Contamos com o seu empenho e dedicação!!!!

16
RECURSOS

O curso será desenvolvido por meio de um ambiente de


aprendizagem cooperativo e criativo entre os participantes, de modo
a possibilitar a construção coletiva de conhecimentos afetos à
temática.
Para isso, utilizará atividades na modalidade a distância, por
meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem – Moodle
UAB/UnB (www.uab.unb.br) e na modalidade presencial. Assim,
serão utilizadas estratégias diversificadas, alternando as
ferramentas disponíveis no AVA, atividades individuais ou em grupo,
tomando por base a leitura/estudo dos textos disponibilizados e as
experiências dos estudantes nos seus campos de atuação.

Ainda no AVA, cada semana trará a opção Saiba Mais


para que você possa conhecer outros materiais sugeridos
para aprofundar a temática da semana.

Paralela às discussões e leituras, acontecerá a


Oficina Hora de Praticar que tem com objetivo
experimentar os recursos e ferramentas que o Moodle
disponibiliza.

Você também contará com o apoio dos


Professores Supervisores, que estarão
acompanhando o curso juntamente com os tutores e
estarão disponíveis para responder suas dúvidas. Além
disso, o curso conta com um Tutor para cada turma,
que atuará como mediador nas atividades no curso e
estará à sua disposição para ajudar no que for
necessário. O Tutor será responsável pelo contato
direto com você, fazendo o acompanhamento do seu
desempenho, da avaliação, orientações, discussões e
interações no ambiente virtual de aprendizagem.

17
SISTEMA DE TUTORIA

A UAB/UnB oferece um sistema de Tutoria que garante a


interação necessária para um excelente desenvolvimento do seu
processo de ensino e aprendizagem. Vocês serão acompanhados
pelos tutores a distância, responsáveis pelo atendimento direto,
pela criação de oportunidades de aprendizagem e pela sua
motivação. Ele o acompanhará durante a realização das
atividades, orientando-os na execução das mesmas. É o mediador,
responsável também pela avaliação, atribuindo notas nas tarefas
propostas. O tutor faz a abertura e o fechamento dos fóruns,
acompanha diariamente a colocação de mensagens e faz
interferências com o intuito de fomentar a rede de conhecimentos.

TEMPO PARA ESTUDO

Sugerimos para este curso uma dedicação mínima de 06


horas semanais para o desenvolvimento dos trabalhos(leitura,
participação nos fóruns e realização das atividades). Não se
esqueça de que o Curso Formação de Tutores – Módulo Introdutório
conta um momento presencial que dá início aos trabalhos. Nele
você terá a oportunidade de conhecer melhor a UAB/UnB, sua
estrutura e finalidade.

18
ATIVIDADES

A segunda semana possui dois textos base:


· Diferentes Responsabilidades na Educação a Distância: estudante,
professor, professor-tutor e coordenador de polo, da professora
Wilsa Ramos e Larissa Medeiros
· Tutoria presencial de polo de apoio em EAD: um diferencial para
educação a distância, de Estela Sobral Cortinhas.
Para leitura complementar encontra-se disponível no Saiba mais:
O sistema Universidade Aberta do Brasil na Consolidação da Oferta de Cursos
Superiores a Distância no Brasil reflete sobre o processo de criação e implantação
do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB, de Costa e Pimentel.
A Universidade Aberta do Brasil: uma política de Estado para o Ensino Superior a
Distância resgata o percurso histórico da consolidação da UAB destacando que o
projeto da Universidade Aberta esteve presente na sociedade desde 1986, de
Oreste Presti.
A atividade avaliativa da semana também é o fórum de discussão 2:
a tutoria na UAB/UNB discutirá o papel e a função da tutoria na educação
a distância, mas especificamente, na UAB/UNB buscando analisar e
compreender a função do tutor em EAD.

A terceira semana também possui dois textos bases:


· As funções do tutor online, de Gilmar Pereira Duarte e Jossivaldo de
Carvalho Pacheco
· Tutoria - o percurso da prática, de Edirles Mattje Backes
Para complementar o assunto outros textos foram disponibilizados
no saiba mais:
Interações discursivas em um fórum on-line, de Zulmira Medeiros;
Os desafios de ser tutor num curso a distância, de Vanderleia Leitzke, Gertrudes
Aparecida Dandolini e João Artur de Souza;
Estratégias de interação entre tutor em Educação a Distância, de Querte
Mehlecke e Alda Pereira;
Compreendendo a Mediação do Tutor a Distância, de Ana Vilma Tijiboy, Mára
Lúcia Fernandes Carneiro, Lediane Raquel Woiciechoski e Eliane Almeida Pereira.
A atividade avaliativa da semana consiste no envio de uma
atividade. Com base nas leituras e discussões desenvolvidas no curso o
aluno deverá analisar situações problema e propor estratégias de
mediação para cada uma delas.
Envio de arquivo: atividade que consistem em enviar uma atividade
previamente digitada e elaborada em um editor com anexo pela caixa de
envio disponível no campo da atividade.
20
ATIVIDADES

Este curso tem como eixo central a realização de atividades que


estão baseadas na leitura de textos, pesquisas e na sua participação
efetiva nas discussões dos fóruns, considerada imprescindível.
Compartilhar experiências e refletir coletivamente sobre
assuntos tratados ao longo das semanas favorecem a construção do
conhecimento.
Com essas atividades, espera-se que você tenha oportunidade de
percorrer um caminho que vai da análise da própria vivência, passe
pela sistematização de conhecimentos que já possui até chegar, no
confronto das ideias, a uma maior compreensão e reflexão a respeito
dos diferentes campos que compõem o exercício da tutoria. O desejo é
que você possa num processo de constante repensar aprimorar a sua
prática.

Para a primeira semana disponibilizamos como leitura principal


o texto Moodle: hipertexto, fórum, chat, tarefa e glossário de Wilsa
Maria Ramos e Larissa Medeiros.
Para leitura complementar encontra-se disponível no Saiba mais:
Das salas de aula aos ambientes virtuais de aprendizagem. Aborda as
principais mudanças ocorridas no processo de ensino aprendizagem com o uso
dos ambientes virtuais de aprendizagens de Vani Kenski Moreira (2005);
Introdução à EaD traz uma rica síntese das gerações da Educação a Distância e
dos Programas e/ou Projetos na modalidade a distância. Além disso, ressalta a
importância do papel da tutoria na construção do conhecimento, de Karem
Kolarik (2009).
A Universidade Aberta do Brasil (UAB): desafios da construção do ensino e
aprendizagem em ambientes virtuais, apresenta o percurso histórico da UAB,
as diretrizes políticas que sustentam o programa, bem como papel da formação
dos professores no sistema da Educação a distância, de Wilsa Ramos e Larissa
Medeiros.
A atividade avaliativa proposta para a semana é um fórum.
O Fórum é uma ferramenta de interação, em que professores
postam mensagens ou realizam discussões sobre um determinado
tópico. Sua realização permite a participação flexível durante o período
em que estiver disponibilizado.
No Fórum de discussão 1 – AVA Moodle: características e usos o
aluno deverá numa perspectiva propositiva, discutir os usos
pedagógicos de seus recursos e ferramentas.

19
ATIVIDADES

A última semana destina-se a aplicar as estratégias de avaliação da


aprendizagem na Educação a Distância e elaborar o Plano de Tutoria. Os
textos bases que subsidiarão as ações serão:
· Avaliação na EAD e o Contrato de Aprendizagem, de Querte Mehleck,
Adriana Torres Guedes e Margarete Lucca;
· Avaliação da aprendizagem em cursos a distância: delegando
responsabilidade aos tutores? de Oreste Preti
No Saiba Mais encontraremos os seguintes recursos de apoio:
Texto: Instrumento para Avaliação Discente em Fóruns on-line, de Ângela
Carrancho Silva
Texto: O que é o Aluno Virtual?, de Palloff e Prat
Vídeos: Avaliação na EaD e Afinal como avaliar na modalidade a distância?
Vídeos: Trata-se de um recurso pedagógico de rápida utilização e
com grande capacidade de ilustrar situações problemas e aplicação das
temáticas estudadas

Outros recursos utilizados no curso:

Fórum de Apresentação: Espaço de socialização e que tem como objetivo iniciar as


atividades a partir da apresentação das experiências profissionais e das expectativas em
relação ao curso. Constitui-se em um primeiro espaço de contato, de convivência e de
comunicação e expressão entre os participantes do curso.

Fórum tira-dúvidas: Espaço disponibilizado para esclarecimentos de dúvidas. É uma


ferramenta importante de esclarecimento. Serão disponibilizados novos tópicos de acordo
com as necessidades apresentadas ao longo do curso.

Chat: Ferramenta de interação síncrona. Permite o contato imediato (on-line) com os


participantes. Neste curso será utilizada para os plantões de dúvidas com os tutores.

Atividades de pesquisa: Implica análise, investigação e problematização. Caberá ao


cursista pesquisar em diferentes fontes, navegar na internet e aprofundar as temáticas
estudadas.

21
ATIVIDADES

HORA DE PRATICAR

A Oficina Moodle tem com objetivo possibilitar que o cursista


conheça e exercite as ferramentas de edição do ambiente de
aprendizagem acrescentando recursos, atividades e exercitando a
tutoria.
Essa oficina está dividida em 4 semanas

Semana 1 - Período: 01 a 07 de fevereiro


O aluno conhecerá alguns recursos disponíveis no Moodle e
deverá praticá-los em seu Box.

Semana 2 - Período: 08 a 14 de fevereiro


O aluno conhecerá algumas atividades disponíveis no Moodle
e deverá acrescentar duas atividades para exercitar e escolher uma
delas para ser utilizada na terceira semana.

Semana 3 - Período: 15 a 21 de fevereiro


Nessa semana, o aluno colocará em prática tudo que
aprendeu e discutiu sobre tutoria. A atividade consiste em exercitar
a tutoria na atividade que foi selecionada na semana anterior.

Semana 4 - Período: 22 a 28 de fevereiro


Na última semana o aluno deve atribuir nota às atividades da
semana anterior e visualizar os relatórios disponíveis no Moodle.

22
AVALIAÇÃO

A avaliação é um elemento fundamental do processo de ensino e


aprendizagem. Para você, é o momento de avaliar seu desempenho. É
importante que você saiba que o objetivo essencial da avaliação é repensar o
processo de aprendizagem para corrigir falhas e por isso, neste curso a
avaliação é entendida em sua dimensão formativa. Em outras palavras, são
avaliadas, ao longo das semanas as competências que você está
desenvolvendo e o domínio do conteúdo por meio de sua participação nos
fóruns, leitura dos textos, diálogo com as referências do Saiba Mais e
realização das tarefas individuais.

Atividade Pontuação Requisitos


· Participação regular, ativa e reflexiva.
· Fidelidade e pertinência ao tema.
· Atitude de propor novas indagações.
· Estabelece interação (debate) aluno-
Fórum temático:
aluno e aluno-tutor.
semana 1 15
· Demonstrar pelas intervenções e
interações estabelecidas, leitura dos
Fórum temático: 15
textos sugeridos.
semana 2
· Registrar, ao menos, duas intervenções
(responder ao questionamento central,
comentar criticamente a postagem de
um colega)
· Realização de todas as atividades
Oficina de
20 propostas no Moodle conforme
Moodle:
orientação das semanas
· Analise e proposição de ações e
atitudes a partir das situações
hipotéticas indicadas.
· Relação das ações propostas com o
Tarefa Resolvendo texto e as discussões realizadas no
Situações 20 curso.
Problemas · Postagem da tarefa solicitada,
analisando as resoluções propostas
com base no referencial teórico
estudado.

· Coerência em relação ao tema, aos


objetivos da atividade proposta e ao
contexto da disciplina de atuação.
Tarefa Plano de
· Clareza e registro linguístico adequado.
tutoria
30 · Fidelidade ao padrão estabelecido.
· Pontualidade na postagem da tarefa.
· Utilização de temáticas e estratégias
pedagógicas tratadas ao longo do
processo formativo.

23
RECOMENDAÇÕES E DICAS

Embora cada aluno tenha um ritmo próprio de estudar e de


aprender, selecionamos algumas sugestões para que este curso seja
melhor aproveitado. Leia-as com atenção:

· Em cada semana procure ler as orientações sugeridas para o


período, os textos bases e as referências do Saiba Mais.
· Participe dos fóruns respondendo as provocações do tutor e de seus
colegas. Fundamente seus argumentos na literatura proposta.
Avance nas discussões e crie redes colaborativas com os seus
colegas.
· Durante a leitura, registre análises, conexões que podem
estabelecer entre a teoria e sua prática, suas reflexões e
conclusões, pois elas poderão subsidiar sua participação nos fóruns
e a realização das tarefas.
· Comunique-se com a tutoria sempre que precisar esclarecer
dúvidas a respeito dos conteúdos tratados, solicitar novas leituras
para enriquecimento, buscar informações.
· Realize as atividades no momento solicitado e dentro do prazo
estipulado pelo tutor.
· Fixe um tempo mínimo de estudo diário.
· Não passe adiante algo não compreendido.

Lembre-se: O sucesso em cursos a distância depende, sobretudo,


da organização pessoal.

24
EQUIPE DOCENTE

Nosso curso contará com uma equipe docente que atuará como mediadores
nesse processo de aprendizagem colaborativa. Fazem parte desta equipe: a
coordenadora de tutoria da UAB/UnB, as professoras supervisoras e os tutores a
distância.

Coordenadora de Tutoria/Professora Supervisora: Lívia Veleda de


Sousa e Melo
Doutoranda em Educação, eixo de Políticas Públicas e Gestão da
Educação Superior, e Mestre pelo mesmo Programa, na Faculdade de
Educação da Universidade de Brasília (FE/UnB). Especialista em
Psicopedagogia e graduada em Letras pela Universidade Estadual do
Goiás (UEG). No Ministério da Educação, atuou em Programas de
Expansão das Universidades Públicas. Atua na UAB/UnB desde 2008,
como tutora, professora e coordenadora.

Professora Supervisora: Andréia Mello Lacé


Doutoranda na UnB, Faculdade de Educação, na linha Educação e
Comunicação. Desenvolve pesquisas na área da Educação a Distância
e da Universidade Aberta do Brasil. Mestre em História Social, pela
UFF/Niterói (2002), Especialista em Educação a Distância, pelo
SENAC/DF (2008), Especialista em História do Brasil UFF/Niterói
(2003). Atuou como professora da Educação Básica da Fundação
Municipal de Educação de Niterói, foi tutora do Consórcio CEDERJ e da
Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM/MG). Coordenou os cursos de
pós-graduação a distância do SENAC/DF. Tem experiência também
com avaliação, gestão e design instrucional para a EaD. Atualmente,
atua na coordenação do curso de pós-graduação a distância: Gestão
da Segurança da Informação e Comunicações da UnB.

Professora Supervisora: Danielle Xabregas Pamplona Nogueira


Doutoranda em Educação pela Universidade de Brasília. Mestre em
Educação pela Universidade de Brasília. Especialista em Administração
Escolar e Metodologia da Educação Superior. Licenciada Plena em Ed.
Artística-Hab. Música pela Universidade do Estado do Pará. É
professora da Universidade de Brasília - UnB, atuando principalmente
nos seguintes temas: políticas públicas, gestão da educação e
tecnologias.

Professora Supervisora: Karem Kolarik


Graduada em Pedagogia. Especialista em Docência do Ensino Superior
e em Educação a Distância. Atua na Docência Universitária a sete anos
nas áreas de Formação de professores, Gestão Educacional e Ensino
aprendizagem. Coordenou os cursos de pós-graduação a distância do
SENAC/DF. Elabora e implementa projetos de EAD em instituições
privadas de Ensino Superior.

25
REFERÊNCIAS

BÁSICA

BACKES, Edirles Mattje. Tutoria – o percurso da prática. Anais do VII


Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância – ESUD. Cuiabá:
ESUD, 2010.
COSTA, Celso José da. PIMENTEL, Nara Maria. O Sistema Universidade
Aberta do Brasil na Consolidação da Oferta de Cursos Superiores a
Distância no Brasil. Disponível em:
http://www.fae.unicamp.br/revista/index.php/etd/article/view/2030/1847. Acesso
em 09 jan 2011.
DUARTE, Gilmar Pereira; PACHECO, Jossivaldo de Carvalho. As funções
do tutor online. Anais do VII Congresso Brasileiro de Ensino Superior a
Distância – ESUD. Cuiabá: ESUD, 2010.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Indignação: Cartas Pedagógicas e Outros
Escritos. São Paulo: UNESP, 2000.
KOLARIK, Karem. Introdução à Educação a Distância. Brasília:
UnB/CESPE, 2009.
PINTO, Ibsen Mateus Bittencourt Santana. Avaliação da Aprendizagem
na EAD. Anais do 15º CIAED – Congresso Internacional ABED de
Educação a Distância. Fortaleza: ABED, 2009.
RAMOS, Wilsa Maria; MEDEIROS, Larissa. Diferentes responsabilidades
na educação a distância: estudante, professor, professor tutor e
coordenador de polo.Originais cedidos pelas autoras.
_____. Moodle: hipertexto, fórum, chat, tarefa e glossário. Originais
cedidos pelas autoras.
_____. A Universidade Aberta do Brasil: desafios da construção do
ensino e aprendizagem em ambientes virtuais. In: SOUZA, Amaralina
Miranda de; FIORENTINI, Leda Maria Rangearo; RODRIGUES, Maria
Alexandra Militão. Comunidade de Trabalho e Aprendizagem em Rede
(CTAR). Brasília: Universidade de Brasília, Faculdade de Educação,
2009.

26
REFERÊNCIAS

COMPLEMENTAR

AMIDAMI, Cassandra. Estratégia Tribunal: ação pedagógica inovadora


que contribui para a aprendizagem? Anais do 15º CIAED – Congresso
Internacional ABED de Educação a Distância. Fortaleza: ABED, 2009.
KENSKI, Vani Moreira. Das salas de aula aos ambientes virtuais de
aprendizagem. Disponível em:
http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/030tcc5.pdf. Acesso em 09 jan 2011.

LAGUARDIA, Josué; PORTELA, Margareth Crisóstomo;


VASCONCELLOS, Miguel Murat. Avaliação em ambientes virtuais de
aprendizagem. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v33n3/a09v33n3.pdf.
Acesso em 09 jan 2011.
LEITZKE, Vanderleia; DANDOLINI; Gertrudes Aparecida; SOUZA, João
Artur de. Os desafios de ser tutor num Curso a Distância. Disponível
em: http://seer.ufrgs.br/renote/ article/ view/14641/8554. Acesso em 09 jan 2011.
MEDEIROS, Zulmira; NASCIMENTO, Silvana. Interações discursivas em
um fórum on line. Anais do 15º CIAED – Congresso Internacional ABED
de Educação a Distância. Fortaleza: ABED, 2009.
MEHLECKE, Querte; GUEDES, Adriana Torres; LUCCA, Margarete
Fátima. Avaliação na EAD e o Contrato de Aprendizagem. Anais do 15º
CIAED – Congresso Internacional ABED de Educação a Distância.
Fortaleza: ABED, 2009.
MEHLECKE, Querte; PEREIRA, Alda; TAROUCO, Liane. Estratégias de
interação entre tutor e estudantes em Educação a Distância.
Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13787/7975. Acesso em 09
jan 2011.
OLIVEIRA, Sheila da Costa; LUCENA FILHO, Gentil José de. Animação
de fóruns virtuais de discussão – novo caminho para a aprendizagem
em EAD via web. Disponível em:
http: //seer.ufrgs.br/renote/article/view/14279/ 8195. Acesso em 09 jan 2011.

RAYOL, Ana Claudia Ferreira; SILVA, Christina Marília Texeira da;


SILVA, Angela Carrancho. Instrumento para Avaliação Discente em
Fóruns Online. Anais do VII Congresso Brasileiro de Ensino Superior a
Distância – ESUD. Cuiabá: ESUD, 2010.
TIJIBOY, Ana Vilma; CARNEIRO; Mára Lúcia Fernandes;
WOICIECHOSKI; Lediane Raquel. Compreendendo a mediação do tutor
a distância. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13913/7820.
Acesso em 09 jan 2011.

27