Você está na página 1de 45

MANUAL DO USUÁRIO

FLIR MODELO CM275


Medidor de grampo com captura de imagem com IGMTM e Bluetooth®
Índice
1. AVISOS 5
1.1 Direitos autorais 5
1.2 Garantia de qualidade 5
1.3 Documentação 5
1.4 Descarte de lixo eletrônico 5
2. SEGURANÇA 6
3. INTRODUÇÃO 8
3.1 Principais recursos 8
4. DESCRIÇÃO DO MEDIDOR 9
4.1 Descrições do medidor dianteiro e traseiro 9
4.2 Posições da chave de função 10
4.3 Botões de função e painel do seletor/navegação 10
4.3.1 Sequência de operações do botão MODO 11
4.3.2 Painel de navegação/botão OK 11
4.4 Ícones de exibição da barra de status 11
4.5 Outros ícones de exibição 12
5. POTÊNCIA DO MEDIDOR 13
5.1 Alimentando o medidor 13
5.2 Desligamento automático (APO) 13
5.3 Seleção do tipo de pilha 13
6. SISTEMA DO MENU 14
6.1 Usando o Sistema do menu 14
6.2 Opções do Menu Principal 14
6.2.1 Modo Imagem 14
6.2.2 Menu Configurações térmicas 14
6.2.3 Modo Galeria 15
6.2.4 Menu Funções avançadas 15
6.2.5 Menu Configurações gerais 15
7. CONFIGURAÇÕES GERAIS 16
7.1 Navegação pelas Configurações gerais 16
7.1.1 Diodo INTELIGENTE/CLÁSSICO 16
7.1.2 APO (Desligamento automático) 16
7.1.3 Taxa de amostra do Registrador de dados 16
7.1.4 Relógio em tempo real 17
7.1.5 Seleção de pilha 17
7.1.6 Bluetooth® ON/OFF (ligado/desligado) 17
7.1.7 Tom de pressionamento de botão ON/OFF (ligado/desligado) 17
7.1.8 Seleção de idioma 17
FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 2 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
7.1.9 Excluir todas as leituras do Registrador de dados 17
7.1.10 Excluir todas as imagens armazenadas 17
7.1.11 Exibir a tela AJUDA 17
7.1.12 Visualizando informações de componentes do medidor 17
8. TERMOVISÃO 18
8.1 Noções básicas do Termovisor 18
8.2 Operação do Termovisor 19
8.3 Menu Configurações térmicas (Paleta de cores, Emissividade, Unidades de
temperatura, Ponteiro a laser e Miras) 20
8.4 Menu do modo Imagem 21
8.5 Captura de imagem 21
8.6 Congelamento de imagem (retenção de dados) 21
9. OPERAÇÃO DO MEDIDOR DE GRAMPO 22
9.1 Modo de faixa Automática/Manual 22
9.2 Aviso de Fora de faixa (OL) 22
9.3 Retenção de dados 22
9.4 Modo VFD (filtro de baixa passagem) 22
9.5 Modo MÁX-MÍN 23
9.6 Modo VCC Zero 23
9.7 Registrador de dados 23
9.8 Medições de frequência e corrente 25
9.9 Medições de frequência e corrente do adaptador de grampo (FLEX) 26
9.10 Medidas de corrente de pico 27
9.11 Medições de frequência, tensão e Lo Z 28
9.12 Medição de resistência 29
9.13 Teste de continuidade 29
9.14 Teste de diodo clássico 30
9.15 Teste de diodo Inteligente 31
9.16 Medições de capacitância 32
10. COMUNICAÇÃO POR BLUETOOTH® 33
11. APÊNDICES 34
11.1 Fatores de emissividade para materiais comuns 34
11.2 Correção de não uniformidade 34
11.3 Visão geral de energia e termovisão de infravermelha 35
12. MANUTENÇÃO 36
12.1 Limpeza e armazenamento 36

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 3 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


12.2 Substituição de pilha 36
12.3 Descarte de lixo eletrônico 36
13. ESPECIFICAÇÕES 37
13.1 Especificações gerais 37
13.2 Especificações de termovisão 38
13.3 Especificações elétricas 39
14. SUPORTE TÉCNICO 43
15. GARANTIA 44

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 4 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


1. Avisos
1.1 Direitos autorais
© 2020, FLIR Systems, Inc. Todos os direitos reservados em todo o mundo. Nenhuma
parte do software, incluindo o código fonte, pode ser reproduzida, transcrita ou
traduzida para qualquer idioma ou linguagem de computador em qualquer forma ou por
qualquer meio, eletrônico, magnético, óptico, manual ou outro, sem a prévia permissão
por escrito da FLIR Systems.
A documentação, parcial ou integral, não pode ser copiada, fotocopiada, reproduzida,
traduzida ou transmitida a qualquer meio eletrônico ou formato legível por máquina sem
a prévia permissão por escrito da FLIR Systems.
Nomes e marcas que aparecem nos produtos aqui citados são marcas comerciais
registradas ou marcas comerciais da FLIR Systems e/ou de suas subsidiárias. Todas as
outras marcas comerciais, nomes comerciais ou nomes corporativos referenciados aqui
são usados para fins de identificação apenas e são propriedade de seus respectivos
donos.

1.2 Garantia de qualidade


O sistema de gestão de qualidade sob o qual esses produtos são desenvolvidos e
fabricados foi certificado de acordo com a norma ISO 9001.
A FLIR Systems está comprometida com uma política de desenvolvimento contínuo;
portanto, reservamo-nos ao direito de fazer mudanças e melhorias em todos os produtos
sem aviso prévio.

1.3 Documentação
Para acessar os manuais mais recentes e notificações, vá até a aba Download em:
http://support.flir.com. Leva apenas alguns minutos para fazer o registro online. Na área
de download, você também encontrará os mais recentes lançamentos de manuais para
os nossos outros produtos, bem como manuais para nossos produtos históricos e
obsoletos.

1.4 Descarte de lixo eletrônico


Tal como acontece com a maioria dos produtos eletrônicos, este
equipamento deve ser eliminado de forma ambientalmente correta e de
acordo com os regulamentos existentes para resíduos eletrônicos.
Por favor, contate o seu representante da FLIR Systems para mais detalhes.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 5 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


2. Segurança
Observações de segurança
 Antes de operar o dispositivo, você deve ler e entender os perigos e seguir todas as
instruções, avisos, precauções e notas.
 A FLIR Systems se reserva o direito de descontinuar modelos, peças ou acessórios
e outros itens, ou alterar especificações a qualquer momento e sem aviso prévio.
 Remova as pilhas se o dispositivo ficar armazenado por um período prolongado.

Advertências
 Não opere o dispositivo se você não tiver o conhecimento correto. A operação incorreta
do dispositivo pode causar danos, choques, ferimentos ou morte.
 Não inicie um procedimento de medição antes de colocar a chave de função na posição
correta. Deixar de fazer isso pode causar danos ao instrumento e ferimentos a pessoas.
 Não mude para o modo de resistência ao medir a tensão. Isso pode causar danos ao
instrumento e ferimentos a pessoas.
 Não meça a corrente em um circuito quando a tensão aumentar para acima de 1.000 V.
Isso pode causar danos ao instrumento e ferimentos a pessoas.
 Desconecte os cabos de teste do circuito em teste antes de alterar a faixa. A falha em
seguir esta advertência pode danificar o instrumento e causar lesões corporais.
 Não substitua as pilhas antes de remover os cabos de teste. Isso pode causar danos ao
instrumento e ferimentos a pessoas.
 Não use o dispositivo se os cabos de teste e/ou o dispositivo apresentar sinais de danos.
Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Tome cuidado ao tirar medidas se as tensões forem > 25 VCA rms ou 35 VCC. Essas
tensões apresentam risco de choque. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Não realize testes de diodo, resistência ou continuidade antes de ter removido a energia
dos capacitores e outros dispositivos em teste. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Tome cuidado ao fazer verificações de tensão nas tomadas elétricas. Essas verificações
são difíceis devido à incerteza da conexão aos contatos elétricos embutidos. Não confie
exclusivamente neste dispositivo para determinar se os terminais não estão ativos.
Há um risco de choque elétrico. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Não toque em pilhas vencidas/danificadas sem luvas. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Não provoque curto-circuito das pilhas. Isso pode causar danos ao instrumento e ferimentos
a pessoas.
 Não coloque as pilhas no fogo. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
 Tome um cuidado extremo quando o ponteiro do laser estiver ligado.
 Não aponte o feixe para o olho de ninguém nem permita que o feixe atinja o olho a partir
de uma superfície reflexiva.
 Não use o laser próximo a gases explosivos ou em outras áreas potencialmente explosivas.
 Consulte o rótulo em CUIDADO (mostrado abaixo) para obter informações importantes
de segurança.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 6 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Fig. 2.1 Informações importantes de laser

Cuidados
Não use o dispositivo de maneira não especificada pelo fabricante. Isso pode causar danos à proteção
fornecida.

Este símbolo, quando adjacente a outro símbolo ou terminal, indica que


o usuário deve consultar o manual do usuário para obter mais informações.

Este símbolo, quando adjacente a um terminal, indica que, sob uso normal,
pode haver tensões perigosas.

Isolamento duplo.

A lista UL não é uma indicação ou verificação da precisão do medidor

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 7 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


3. Introdução
Obrigado por selecionar o Medidor de grampo com captura de imagem com IGM FLIR
CM275TM (Medição por infravermelho) e Bluetooth®. O CM275 é um verdadeiro
medidor de grampo RMS de 600 A CA/CC com um sistema radiométrico de Termovisão
Lepton®, Modo VFD integrado, captura de corrente de pico, modo Lo Z para eliminar
tensões de “fantasmas”, recursos Bluetooth® de comunicação e vários outros, conforme
listado na seção Principais recursos abaixo. Esse dispositivo sai da fábrica inteiramente
testado e calibrado. Se for usado adequadamente, ele funcionará com toda a
confiabilidade durante anos.

3.1 Principais recursos


 Display TFT digital com contagem de 6000 com gráfico de barras
 Sensor de imagem infravermelho integrado com modo de galeria para armazenar, visualizar
e transmitir imagens via Bluetooth®
 Capture imagens térmicas totalmente radiométricas quando uma medição de temperatura é
salva para cada pixel de exibição
 O sensor de imagem tem ponteiro laser, segmentação de mira e um sistema de menu intuitivo
 Luzes de trabalho de alta potência integradas
 Recurso de faixa automática verdadeira RMS CA/CC de 600 A
 Recurso de faixa automática verdadeira RMS CA/CC de 1000 V
 Frequência de largura de banda CA (45 – 400 Hz)
 Medições de frequência para 60 KHz
 Entrada para adaptador de grampo flexível para FLIR TA72_TA74 e outros adaptadores
de grampo
 Aviso de sobretensão de entrada
 Memória de Registrador de dados automática (40 mil leituras em 10 conjuntos) com taxa
de amostragem selecionável e capacidade de transmissão por Bluetooth®
 Medições de resistência e continuidade
 Medições de capacitância e diodo
 RETENÇÃO de dados
 Corrente de pico
 Função zero VCC
 Modo Baixo Z (impedância)
 Memória mínima/máxima
 Modo VFD integrado (filtro de baixa passagem)
 Desligamento automático (pode ser desativado ou pré-cofigurado para 1, 2, 5 ou 10 minutos)
 Braçadeira com pinças 35 mm
 Mecanismo de tampa de pilha de fácil acesso
 Sistema de carregamento opcional de pilha FLIR TA04
 Porta micro USB (compartimento da pilha) para transferir imagens/registros de dados para o PC;
opera de forma similar a uma unidade de disco convencional
 Classificação de categoria de segurança: CAT IV-600V, CAT III-1.000V
 Equipado com pilhas, cabos de teste, bolso de transporte e livreto de Início Rápido.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 8 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


4. Descrição do medidor
4.1 Descrições do medidor dianteiro e traseiro
Fig. 4-1 Visão dianteira

1. Acionador de braçadeira com pinças


2. Painel de navegação/botão OK
3. Botão MODO
4. Botão FAIXA
5. Retenção de dados (pressionamento rápido)/
Luz de trabalho (pressionamento longo)
6. Chave giratória de função
7. COM (negativo -) Conexão para entrada de sonda
8. Positivo (+) Conexão para entrada de sonda
9. Botão Salvar imagem (pressionamento rápido)
10. Botão Voltar/sair
11. Botão IGMTM (pressionamento rápido)
12. Display TFT colorido
13. Grampo com pinças

14. Luzes de trabalho


15. Lente do apontador laser
16. Lente do Termovisor
17. Suporte para tripé
18. Compartimento de pilhas (porta micro USB)
19. Trava/destrava do compartimento de pilhas
Fig. 4-2 Visão traseira

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 9 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


4.2 Posições da chave de função
Selecione esta posição ao conectar um Adaptador de Grampo Flexível FLIR. Consulte a
Seção 9.9, Medições de frequência e corrente do adaptador de grampo (FLEX)

Selecione esta posição para medir no modo de baixa impedância. Consulte a Seção
9.11, Medições de frequência, tensão e Lo Z

Desligue o medidor (modo de economia de energia total).

Meça a tensão CA/CC pelas entradas da sonda. Consulte a Seção 9.11, Medições de
frequência, tensão e Lo Z

Meça a resistência e a continuidade pelas entradas da sonda. Consulte a Seção 9.12,


Medições de resistência e a Seção 9.13, Teste de continuidade

Meça a capacidade e o diodo pelas entradas da sonda. Consulte a Seção 9.16,


Medições de capacitância, Seção 9.14, Teste de diodo clássico, ou Seção 9.15, Teste de
diodo Inteligente

Meça a corrente CA/CC pelas pinças do grampo. Consulte a Seção 9.8, Medições de
frequência e corrente

4.3 Botões de função e painel do seletor/navegação


Use para selecionar uma sub-função da função primária. Consulte a Seção 4.3.1,
Operação do botão MODO, para saber mais detalhes

No modo de faixa Automática, pressione rapidamente para selecionar o modo


de faixa Manual.
No modo de faixa Manual, pressione rapidamente para alterar a faixa (escala).
Pressione prolongadamente para voltar ao modo de faixa Automática

Pressione rapidamente para ativar/desativar o Termovisor

Use o Painel de navegação para ativar/navegar as opções do menu

Pressione para voltar de uma tela de menu

Pressione rapidamente para entrar/sair do modo Retenção. Pressione


prolongadamente para ligar ou desligar as luzes de trabalho.

Pressione rapidamente para salvar uma imagem térmica totalmente radiométrica


ou uma tela de exibição do medidor. As imagens são salvas no sistema de arquivos
do dispositivo, acessível no modo Galeria. O dispositivo deve ser totalmente
inicializado (indicado pela exibição da
medição de temperatura por IR) antes que os dados radiométricos possam ser
capturados.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 10 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


4.3.1 Sequência de operações do botão MODO
Posição da chave giratória Sequência de operações do botão Modo

ACA > Frequência

VCA > VCD > Frequência

VCA > VCD > Frequência

Resistência < > continuidade


Capacitância < > Diodo

ACA > VCC > Frequência

4.3.2 Painel de navegação/botão OK


Há cinco (5) botões organizados em um quadrado que compõe o painel de Navegação,
conforme mostrado na Fig. 4-3.

Fig. 4-3 Painel de navegação

Botão OK (centro): abra o menu e selecione/altere as opções do menu


Botões ESQUERDO/DIREITO: navegue pelo sistema de menu
Botões PARA CIMA/PARA BAIXO: navegue pelo sistema de menu

4.4 Ícones de exibição da barra de status


A barra de status fica localizada no canto superior direito da tela.

Fig. 4-4 Ícones de exibição da barra de status


 Da esquerda para a direita, linha 1: Registrador de dados, Retenção de dados,
Faixa automática, Laser, Luz de Trabalho, APO e status da pilha
 Da esquerda para a direita, linha 2: Corrente de pico, VCC Zero, ícone e faixa
do Grampo flexível, VFD e modo Baixa impedância
 Observe que os símbolos de Diodo e Continuidade também aparecem na área da barra
de Status da tela.
FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 11 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
4.5 Outros ícones de exibição

Leitura MAX (máxima)

Leitura MIN (mínima)

oC, oF Unidade de temperatura

Ԑ Emissividade

Corrente ou tensão CA

Corrente ou tensão CC

Continuidade

Resistência

Diodo

V Tensão

A Corrente (ampères)

F Farad (para Capacitância)

Hz Hertz (frequência)

103 (quilo)

10-3 (mili)

10-6 (micro)

OL Aviso de Fora da faixa

Gráfico de barras

Indicador de sobrecarga do Gráfico de barras

O medidor está medindo a tensão > 30 V (CA ou CC)

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 12 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


5. Potência do medidor
5.1 Alimentando o medidor
1. Coloque a chave de função em qualquer posição para ligar o medidor.
2. Se o indicador da pilha mostrar que a tensão da pilha está baixa, se uma das telas
da pilha baixa aparecer (Fig. 5-1), ou se o medidor não ligar, substitua as três (3) pilhas
“AA”. Consulte a Seção 12.2, Substituição das pilhas. Se estiver usando o sistema de
carregamento Modelo TA04, recarregue a pilha recarregável.

FIG. 5-1 Alertas de pilha fraca

5.2 Desligamento automático (APO)


O medidor entra no modo de pausa após um período de inatividade programável. Para
personalizar essa configuração, consulte a Seção 7.1.2, APO (Desligamento automático).
O tempo limite padrão é de 10 minutos. O tempo pode ser configurado para 1, 2, 5
ou 10 minutos (selecione OFF (DESLIGAR) para desativar o APO). 20 segundos antes de
entrar no modo APO (Desligamento automático), o medidor emite um sinal sonoro;
nesse ponto, pressione qualquer botão ou gire a Chave giratória para reiniciar
o cronômetro de APO.

5.3 Seleção do tipo de pilha


O usuário deve inserir o tipo de pilha (Lítio ou Alcalina) no menu Configurações gerais
antes de usar. Isso permite que o medidor mostre o estado da pilha com a melhor
precisão possível. Consulte a Seção 7.1.5, Seleção de pilha.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 13 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


6. Sistema do menu
6.1 Usando o Sistema do menu
 Pressione OK para abrir o menu principal, como mostrado abaixo:

Fig. 6-1 Menu Principal


 Use as setas do para a direita/esquerda do Painel de navegação para destacar um
ícone. Da esquerda para a direita, os ícones são Modo Imagem, Configurações
Térmicas, Galeria (para ver registros de dados e imagens armazenadas), Menu
Avançado e Configurações gerais.
 Pressione OK para abrir um menu ou definir uma opção como ON (ativada) ou OFF
(desativada). Quando uma opção estiver ON, um ponto azul aparecerá ao lado do
ícone. Em alguns casos, use as setas de navegação para selecionar uma opção.
 Use o botão Voltar para sair dos níveis do menu e retornar ao modo
de exibição normal.
 O modo do medidor determina quais ícones estão disponíveis para uso.

6.2 Opções do Menu Principal


6.2.1 Modo Imagem
Este ícone do modo Imagem só está disponível no modo Termovisão. O modo
Imagem tem duas opções:
Modo Imagem + Grampo (padrão): a tela mostrará dados do medidor do
Grampo das imagens térmicas enquanto estiver no modo Termovisão.
Modo Somente Imagem : a tela mostra dados de imagem térmica somente no
modo Termovisão.
Pressione OK no ícone do modo Imagem para abrir o menu e use os botões de seta
para selecionar a opção desejada.
6.2.2 Menu Configurações térmicas
Pressione OK no ícone Configurações térmicas para acessar
as seguintes opções: Paleta de cores, Emissividade, Unidades
de temperatura, Ponteiro a laser ON/OFF e Miras ON/OFF.
Consulte a Seção 8.3, Menu Configurações térmicas (Paleta
de cores, Emissividade, Unidades de temperatura, Ponteiro
a laser e Miras) para obter informações detalhadas.

Fig. 6-2 Menu Configurações Térmicas

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 14 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


6.2.3 Modo Galeria
No modo Galeria , veja imagens armazenadas e leituras registradas.
 Pressione OK no ícone Galeria . A tela mostrará linhas de imagens
armazenadas na área inferior e os registros de dados na área superior.
 Use as setas para cima/para baixo para alternar entre as áreas da imagem
e de registro de leitura.
 Use as setas esquerda/direita para percorrer pelos registros de dados ou imagens.
 Pressione OK para abrir um registro de leitura ou uma imagem.
 Pressione OK novamente em uma imagem para exibir ícones que permitirão que
você exclua a imagem, transmita a imagem via Bluetooth®, e para redimensionar a
imagem para tela cheia.
 Pressione OK novamente em um conjunto de registro de dados para exibir
ícones que permitam excluir o registro ou transmiti-lo via Bluetooth®.
 Observe que há uma porta micro USB localizada no compartimento da pilha que
permite transferir imagens e registros de dados diretamente para o PC. Quando
conectado a um PC, use a memória interna do medidor da mesma maneira como
faria com uma unidade de armazenamento externo padrão.
 Para saber informações mais detalhadas, consulte a Seção 7.1.9, Excluir todas as
leituras do registro de dados, Seção 7.1.10, Excluir todas as imagens armazenadas,
a Seção 8.5, Captura de imagem e a Seção 9.7, Registrador de dados
6.2.4 Menu Funções avançadas
Pressione OK no ícone do menu Funções avançadas para acessar as funções listadas
abaixo. Destaque uma função usando os botões de seta e pressione OK para ativá-la.
Consulte a seção dedicada a cada uma, como listado abaixo, para obter informações
detalhadas:
 VFD (filtro de baixa passagem), consulte a Seção 9.4, Modo VFD
 Leituras MÁX-MÍN, Seção 9.5, Modo MÁX-MÍN
 Corrente de pico, Seção 9.10, modo Corrente de pico
 VCC Zero, Seção 9.6, modo VCC
 Registrador de dados, Seção 9.7, Registrador de dados
6.2.5 Menu Configurações gerais
1. Pressione OK para abrir o menu principal.
2. Pressione OK no ícone Configurações gerais para acessar as opções.
3. Consulte a próxima seção para obter informações detalhadas sobre o modo
Configurações gerais

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 15 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


7. Configurações gerais
7.1 Navegação pelas Configurações gerais
Em Configurações gerais, o usuário pode personalizar uma variedade de recursos.
1. Pressione OK para abrir o menu principal
2. Vá até o ícone e pressione OK para abrir o menu Configurações (consulte
a Fig. 7-1)
3. Pressione OK em um item de menu e personalize o item de acordo com a tabela
abaixo
4. Use o botão para sair das telas e retornar ao modo normal.
5. Um ponto azul ao lado de uma opção indica que uma opção está ativada

Fig. 7-1 Menu Configurações gerais


7.1.1 Diodo INTELIGENTE/CLÁSSICO
Pressione OK para alternar entre os modos de diodo INTELIGENTE/CLÁSSICO

7.1.2 APO (Desligamento automático)


Pressione OK para abrir o submenu. Vá até OFF (desligada), 1, 2, 5 ou 10 minutos para
o cronômetro de Desligamento automático e pressione OK para selecionar.
Pressione para sair do menu

7.1.3 Taxa de amostra do Registrador de dados


Pressione OK para acessar o seletor. Use os botões de seta para selecionar a taxa
de amostragem do registrador de dados desejada de 1 ~ 99 segundos. Pressione OK para
confirmar

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 16 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


7.1.4 Relógio em tempo real
Pressione OK para abrir a tela de configuração de data/hora. Use os botões de seta para
percorrer os campos de data e hora e selecionar a data e a hora atuais. Pressione OK para
confirmar

7.1.5 Seleção de pilha


Pressione OK para alternar entre os tipos de pilha LÍTIO AA e ALCALINA AA. Selecione o
tipo de pilha em uso.

7.1.6 Bluetooth® ON/OFF (ligado/desligado)


Pressione OK para alternar o Bluetooth® entre ON/OFF (ligado/desligado, o padrão é ON,
ligado). Consulte a Seção 10, Bluetooth®

7.1.7 Tom de pressionamento de botão ON/OFF (ligado/desligado)


Pressione OK para alternar entre ON/OFF (ligado/desligado)

7.1.8 Seleção de idioma


Pressione OK para abrir o menu. Vá até o idioma desejado e pressione OK. Pressione
para sair

7.1.9 Excluir todas as leituras do Registrador de dados


Pressione OK para excluir todos os registros do registrador de dados. O medidor pedirá
confirmação

7.1.10 Excluir todas as imagens armazenadas

Pressione OK para excluir todas as imagens salvas. O medidor pedirá confirmação

7.1.11 Exibir a tela AJUDA


Pressione OK para ver as informações de contato do suporte FLIR

7.1.12 Visualizando informações de componentes do medidor


Pressione OK para visualizar as informações da versão do firmware de componentes do
medidor e os dados do laser: Versão do firmware do medidor Versão de firmware da
interface da câmera Lepton® Versão de firmware do Bluetooth® . Dados do laser.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 17 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


8. Termovisão

8.1 Noções básicas do Termovisor


No modo de Termovisão, o usuário pode medir
a temperatura da superfície desejada detectando
a energia emitida pela superfície em teste. As variações
de cor refletem as variações de temperatura. Consulte
a Seção 11.3, Visão geral de energia infravermelha
e termovisão para obter informações detalhadas.
O ponteiro a laser e as miras da tela ajudam a definir
o alvo.
Pressione o botão IGM para abrir o Termovisor.
Na Fig 8-1 o medidor está configurado para a paleta
de cores FERRO. Selecione outras paletas no menu
Configurações térmicas (consulte a Seção 8.3,
Menu Configurações térmicas).
Fig. 8-1 Exemplo de imagem térmica

1. A medida de temperatura por IR representa a temperatura do local medida.


Observe que, enquanto o dispositivo é inicializado, traços serão exibidos.
2. Barra do ícone de Status
3. Exibições de medição do Medidor de grampo
4. Miras para pontos-alvo
5. Imagem térmica
6. Menu Principal
7. Leitura mais baixa medida no quadro atual
8. A escala térmica mostra a variedade de cores para a imagem térmica. Quanto
mais clara a cor, mais quente a temperatura; quanto mais escura a cor, mais fria
a temperatura.
9. Leitura mais alta medida no quadro atual.

Observação: use o menu Configurações térmicas para alterar a emissividade; consulte


a Seção 8.3, Menu Configurações térmicas. Consulte também a Seção 11.1, Fatores
de emissividade para materiais comuns.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 18 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


8.2 Operação do Termovisor
Para personalizar o Termovisor, consulte a Seção 8.3, Menu Configurações térmicas.
Para operação básica, siga estas etapas:
1. Coloque a chave de função em qualquer posição.
2. Pressione o botão IGM para ativar o Termovisor. Aponte a lente de termovisão
(na parte de trás do medidor) em direção a uma área a ser testada.
3. A tela mostrará a temperatura no canto superior esquerdo da área desejada.
4. No modo Termovisão, use o ponteiro a laser e exiba as miras para definir
o alvo. Isso pode ser ativado ou desativado no menu Configurações térmicas.
5. No modo Termovisão, o medidor continua funcionando normalmente como
Medidor de grampo. Observe que, no modo Termovisão, as medidas
e funções do grampo ficam no lado esquerdo da tela. Se desejar, o medidor
pode ser ajustado para o modo somente imagem no menu modo Imagem.
Consulte a Seção 8.4, Menu do modo Imagem.
6. A relação Distância-a-Ponto para o capturador de imagem é de 30:1, o que
significa que o ponto de medida é 30 vezes menor que a distância metro-a-
ponto (a uma distância de 76,2 cm (30 pol.), o medidor “vê” um ponto-alvo
de 2,54 cm (1 pol.)). Consulte a Fig. 8-2.
7. O FOV (Campo de visão) do termovisor é de 44 graus (vertical) e 57 graus (vista
superior). Consulte as Fig. 8-3 (a) e (b).

Fig. 8-2 Relação Distância-a-ponto 30: 1

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 19 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Fig. 8-3 (a) Campo de visão – Fig. 8-3 (b) Campo de visão – horizontal
vertical

8.3 Menu Configurações térmicas (Paleta de cores,


Emissividade, Unidades de temperatura, Ponteiro a laser e Miras)
1. Pressione OK para abrir o menu principal
2. Vá até o ícone Configurações térmicas e pressione OK
3. Consulte a captura de tela e detalhes das Configurações
térmicas abaixo
Fig. 8.4 Menu Configurações térmicas

Ícone Descrição Usar


Paleta de Pressione OK passar ver as paletas de cores de exibição (Ferro,
cores Arco-íris ou Cinza).
Emissividade Pressione OK e use setas para cima/para baixo para se deslocar
para uma predefinição (0,95, 0,85, 0,75 ou 0,65) ou para o ícone
de ajuste fino Ԑ. Para fazer ajustes finos, pressione OK no ícone de
ajuste fino e use os botões de setas para definir o valor; pressione
OK para confirmar. O alcance disponível é 0,10 a 0,99 em 0,01
passos.
Unidades de Pressione OK para alternar as unidades de temperatura (°C/°F)
temperatura
Ponteiro Pressione OK para ativar (ON) (círculo azul) ou desativar (OFF) o
a laser ponteiro laser
Miras Pressione OK para ativar (ON) ou desativar (OFF) as miras

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 20 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


8.4 Menu do modo Imagem
O menu Modo Imagem permite que você selecione:
Modo Imagem + Grampo onde você pode ver os dados do medidor de Grampo
sobrepostos nas imagens térmicas ou:
Modo Somente imagem onde as medições do medidor de Grampo são
removidas das imagens térmicas

8.5 Captura de imagem


Pressione rapidamente o botão Salvar exibição para armazenar uma imagem
térmica totalmente radiométrica exibida (ou uma tela de medidor de grampo) na
memória interna do medidor. Até 100 imagens podem ser armazenadas.

As imagens térmicas salvas são totalmente radiométricas (cada pixel inclui dados de
medição de temperatura). Observe que o dispositivo deve ser totalmente
inicializado (indicado pela exibição da medição de temperatura por IR em vez de
traços) antes que os dados radiométricos possam ser capturados. Para visualizar
dados radiométricos dentro das imagens térmicas capturadas, copie as imagens para
um PC e visualize-as usando o FLIR Tools.

Para ver imagens armazenadas:


1. Pressione OK para abrir o menu principal
2. Pressione OK no ícone Galeria
3. Use os botões de seta para a esquerda/direita para passar pelas imagens
(observe que os registros de dados também fica localizado aqui, na área
superior da tela)
4. Pressione OK para abrir uma imagem selecionada
5. Pressione OK para abrir um menu que permita reciclar imagem, dimensionar
em tela cheia e transmitir imagem via Bluetooth®
6. Use o botão VOLTAR para sair das telas e voltar ao modo de operação
normal

8.6 Congelamento de imagem (retenção de dados)


No modo Retenção de dados, a imagem térmica ou de leitura exibida está congelada.
Para entrar/sair do modo Retenção de dados, pressione o botão . No modo
Retenção, aparece o indicador .

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 21 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9. Operação do medidor de grampo
Cuidado: antes de operar o dispositivo, você deve ler e entender os perigos e seguir
todas as instruções, avisos, precauções e notas.
Cuidado: quando o medidor não estiver em uso, a chave de função deve ser ajustada
para a posição OFF (desligada).
Cuidado: ao conectar os cabos de sonda ao dispositivo em teste, conecte o cabo COM
(negativo) antes de conectar o cabo positivo. Ao remover os cabos de sonda, remova
o cabo positivo antes de remover o cabo COM (negativo).

9.1 Modo de faixa Automática/Manual


No modo de faixa Automática (padrão), o medidor seleciona a escala de medição mais
adequada. No modo de faixa Manual, o alcance desejado (escala) pode ser ajustado pelo
usuário.
O modo de faixa Automática é o modo de operação padrão. Quando uma nova função
é selecionada com a chave de função, o modo inicial é de faixa Automática e o indicador
é exibido.
1. Para entrar no modo de faixa Manual, pressione rapidamente o botão . Para
modificar a faixa, pressione o botão repetidamente até que faixa desejada
seja exibida.
2. Para retornar ao modo de faixa Automática, mantenha pressiono o botão
até que o indicador de faixa Automática seja exibido novamente.

9.2 Aviso de Fora de faixa (OL)


Se a entrada estiver acima/abaixo da faixa de escala total em modo de faixa Manual, ou se
o sinal ultrapassar a entrada máxima/mínima no modo de faixa Automática, “OL” é exibido.

9.3 Retenção de dados


No modo Retenção de dados, a imagem térmica ou de leitura exibida está congelada.
Para entrar/sair do modo Retenção de dados, pressione o botão . No modo
Retenção, aparece o indicador .

9.4 Modo VFD (filtro de baixa passagem)


O utilitário VFD (unidade de frequência variável) elimina o ruído de alta frequência das
medições de CA com um filtro de baixa passagem. O modo VFD fica disponível ao medir
a tensão CA ou corrente CA.
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone VFD
4. O ponto azul ao lado do ícone e o ícone de exibição VFD serão exibidos
5. Desmarque o modo VFD pressionando OK novamente. O ícone de exibição
do VFD e o ponto azul serão desligados quando desmarcados

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 22 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9.5 Modo MÁX-MÍN
O medidor captura e exibe as leituras máximas e mínimas, atualizando somente quando
for registrado um valor maior/menor.
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone MÁX-MÍN para mostrar as leituras Máxima
e Mínima .

9.6 Modo VCC Zero


O recurso CC zero remove os valores de deslocamento e melhora a precisão da corrente
CC. Antes de executar as etapas abaixo, ajuste o medidor de grampo para o modo de
medição de Corrente CC (consulte a Seção 9.8, Medições de frequência e corrente).
Observe que esse recurso não pode corrigir erros acima de 20 A.
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone ; a tela será zerada e o ícone de VCC aparecerá

9.7 Registrador de dados


Registre até 40 mil leituras no total em dez “séries” de memória. Cada vez que
o registrador de dados é iniciado, um novo conjunto de memória é aberto e o anterior
é arquivado.
Para começar a registrar:
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone para começar a armazenar leituras na taxa de
amostragem selecionada no menu Configurações gerais. Consulte a Seção 7.1.3,
Taxa de amostra do Registrador de dados. O ícone de exibição do registrador de
dados aparecerá enquanto o registro estiver em andamento
Para parar de registrar:
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone para parar. O ícone de exibição do registrador
de dados será desativado
Para ver os registros:
1. Pressione OK para acessar o menu Principal:
2. Pressione OK no ícone de Galeria
3. Use a seta para cima para mover o cursor para cima, até a área de registro da
tela (a área inferior é para imagens salvas). Vá para a esquerda/direita até um
“conjunto” de dados e pressione OK abri-lo. A lista das medições registradas
para o conjunto aparecerá.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 23 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Para excluir conjuntos de registros de dados:
1. Com um conjunto de registro de dados aberto, pressione OK. Dois ícones
aparecerão na parte inferior da tela, um para transmissão e outro para exclusão
de dados.
2. Vá até o ícone de Lixeira e pressione OK para excluir todas as leituras no conjunto
selecionado.
3. Para excluir TODOS os conjuntos de dados de uma só vez, consulte a Seção
7.1.9, Excluir todas as leituras de registro de dados.

Para transmitir um conjunto de registro de dados via Bluetooth®:


1. Transmita os registros de dados para um dispositivo remoto executando
o conjunto de software FLIR Tools. Consulte a Seção 10, Comunicação por
Bluetooth® para obter mais informações.
2. Com um “conjunto” de registro de dados aberto, pressione OK. Dois ícones
aparecerão na parte inferior da tela (para transmissão e exclusão).
3. Vá até o ícone de Transmissão e pressione OK para começar a transmitir todas
as leituras no conjunto selecionado.
4. Observe que há uma porta micro USB localizada no compartimento de pilhas.
Quando conectado a um PC, o CM275 funciona do mesmo modo que uma mídia
externa de armazenamento, em que você pode arrastar e soltar registros
de dados e imagens da memória interna do medidor para um PC.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 24 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9.8 Medições de frequência e corrente
AVISO Não meça a corrente em um circuito quando a tensão aumentar para acima
de 1000 V. Isso pode causar danos ao instrumento e ferimentos a pessoas.

Ao medir a corrente, as pinças devem incluir somente um condutor. Consulte a Fig. 9-1.

Fig. 9.1 Corrigido (imagem esquerda) e incorreto (imagem direita)

1. Desconecte os cabos da sonda do medidor.

2. Coloque a chave de função na posição .


3. Selecione CA ou CC usando o botão . Se estiver medindo a corrente CC, certifique-
se de ZERAR a tela, de acordo com a Seção 9.6, Modo VCC Zero.
4. Para selecionar manualmente a faixa de medição (escala), pressione o botão
repetidamente. Consulte a Seção 9.1, Modo de faixa Automática/Manual.
5. Pressione o acionador para abrir as pinças do grampo. Inclua totalmente um condutor.
Consulte a Fig. 9.2. Para obter resultados ideais, centralize o condutor nas pinças.
6. Leia o valor da corrente na tela.
7. Para ver a medição de Frequência para uma medição de corrente CA, use o botão
para avançar para a exibição de Hz.
8. Para a operação do modo VFD, consulte a Seção 9.4, Modo VFD.
9. Para operação MÁX-MÍN, consulte a Seção 9.5, Modo MÁX-MÍN.
FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 25 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
9.9 Medições de frequência e corrente do adaptador de grampo (FLEX)
AVISO Não meça a corrente em um circuito quando a tensão aumentar para acima
de 1000 V. Isso pode causar danos ao instrumento e ferimentos a pessoas.

Os Adaptadores de Grampo Flexível FLIR (modelos TA72 e TA74, por exemplo) e outros
adaptadores de fixação podem se conectar ao CM275 para exibir as medidas atuais.

Observação: ao medir a corrente, inclua apenas um condutor com as pinças.

1. Vire a chave de função para a posição .


2. Conecte um adaptador de Grampo, como mostrado na Fig. 9-2.
3. Defina a Faixa do Adaptador de Grampo Flexível de modo a corresponder à faixa do CM275.

4. Use o botão para selecionar a faixa do CM275 (1, 10, 100 mV/A). A faixa
selecionada aparece na tela CM275.
5. Opere o Grampo Flexível de acordo com as instruções fornecidas com o medidor de
Grampo Flexível.
6. Leia a corrente medida pelo Grampo Flexível no LCD CM275. Pressione rapidamente
o botão para ver a frequência (Hz).

Fig. 9-2 Aplicativo do Grampo Flexível


FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 26 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
9.10 Medidas de corrente de pico
No modo Corrente de pico, o medidor exibe a leitura da corrente CA RMS para
o primeiro período de 100 ms após ser alcançado o ponto de acionamento (limite
de detecção de corrente). Consulte a Fig. 9-3 abaixo.
Para a função de corrente Flexível:
O limite de detecção atual é de 0,5 A para 30,00 A
O limite de detecção atual é de 5 A para 300,0 A
O limite de detecção atual é de 50 A para 3.000 A
Para a função de corrente de GRAMPO:
O limite de detecção atual é de 0,5 A para 60,00 A
O limite de detecção atual é de 5 A para 600,0 A
O modo de corrente de pico fica disponível ao medir a corrente CA.
1. Pressione OK para acessar o menu Principal
2. Pressione OK no ícone do menu Avançado
3. Pressione OK no ícone Corrente de pico ; o ícone de exibição de Pico aparecerá
4. Conecte o medidor ao circuito sem energia em teste

5. Coloque o medidor na posição


6. Ligue a energia do circuito em teste
7. Quando atingir o limite, o medidor exibirá a leitura de RMS para o tempo
de integração de 100 ms.

Fig. 9-3 Corrente de pico

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 27 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9.11 Medições de frequência, tensão e Lo Z

Aviso: Se a tensão medida for > 30 V CC ou CA RMS, o indicador de será exibido.


1. Coloque a chave de função em um das seguintes posições:
 Medições de tensão CA/CC.
 Medições CA/CC de tensão com um circuito de baixa impedância, eliminando
as tensões fantasma. A impedância é de aproximadamente 2,5 kΩ. O indicador LoZ
aparece neste modo.
2. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda no
terminal positivo. Consulte a Fig. 9-4 abaixo.
3. Use o botão para selecionar a medição de CA ou CC.
 O indicador aparece para as medições CA.
 O indicador aparece para as medições CC.
4. Conecte os cabos da sonda paralelamente à peça em teste.
5. Leia o valor da tensão na tela.
6. Para ver a frequência (Hz) da tensão medida, pressione rapidamente o botão
até que a leitura de Hz apareça.
7. Para a operação do modo VFD, consulte a Seção 9.4, Modo VFD.
8. Para operação MÁX-MÍN, consulte a Seção 9.5, Modo MÁX-MÍN.

Fig. 9-4 Medições de frequência e tensão


FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 28 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
9.12 Medição de resistência
Aviso: não realize testes de diodo, resistência ou continuidade antes de remover
a energia dos capacitores e outros dispositivos em teste durante uma medição.
Isso pode causar ferimentos a pessoas.

1. Consulte a Fig. 9-5. Coloque a chave de função na posição .


2. Use para passar a exibição de kΩ, se necessário.
3. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda
no terminal positivo Ω.
4. Toque as pontas da sonda no circuito ou componente em teste.
5. Leia o valor da resistência na tela.
6. Para operação MÁX-MÍN, consulte a Seção 9.5, Modo MÁX-MÍN.

Fig. 9-5 Medições de resistência e continuidade


9.13 Teste de continuidade
Aviso: não realize testes de diodo, resistência ou continuidade antes de remover
a energia dos capacitores e outros dispositivos em teste durante uma medição.
Isso pode causar ferimentos a pessoas.

1. Consulte a Fig. 9-5. Coloque a chave de função na posição .


2. Use o botão para selecionar a continuidade. O indicador aparecerá.
3. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda
no terminal positivo .
FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 29 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
4. Toque as pontas da sonda no circuito ou componente em teste.
5. Se a resistência for < 30 Ω, o medidor emite um sinal sonoro. Se a resistência for >
150 Ω, o medidor não emite um sinal sonoro. > 30 Ω mas < 150 Ω, o sinal sonoro
para em um ponto não especificado.

9.14 Teste de diodo clássico


Aviso: não realize testes de diodo antes de remover a energia do diodo ou outros
dispositivos em teste durante uma medição. Isso pode causar ferimentos a pessoas.
1. Se ainda não estiver selecionado, escolha o modo de teste de diodo CLÁSSICO
no menu Configurações gerais (Seção 7.1.1, Diodo Inteligente/Clássico).
2. Coloque a chave de função na posição de diodo . Use o botão
para selecionar a função de diodo. O indicador de diodo aparecerá.
3. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda
no terminal positivo.
4. Toque as pontas da sonda no diodo ou junção de semicondutor em uma
polaridade (direção) e, em seguida, na polaridade oposta, como mostrado
na Fig. 9-6.
5. Se a leitura estiver entre 0,400 e 0,800 V em uma direção e OL (sobrecarga)
na direção oposta, o componente está bom. Se a medida for de 0 V nas duas
direções (em curto) ou OL nas duas direções (aberto), o componente está ruim.

Fig. 9-6 Teste de diodo clássico

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 30 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9.15 Teste de diodo Inteligente
Aviso: não realize testes de diodo antes de remover a energia dos capacitores
ou outros dispositivos em teste durante uma medição. Isso pode causar ferimentos
a pessoas.
1. Se ainda não estiver selecionado, escolha o modo de teste de diodo INTELIGENTE
no menu Configurações gerais (Seção 7.1.1, Diodo Inteligente/Clássico).
2. Coloque a chave de função na posição de diodo . Use o botão
para selecionar a função de teste de diodo. O indicador de diodo aparecerá.
3. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda
no terminal positivo Ω. Consulte a Fig. 9-6 acima.
4. Toque as pontas da sonda no diodo ou junção de semicondutor em teste.
5. Se a leitura estiver entre ± 0,400 ~ 0,800 V, o componente é bom; as telas RUIM
ou O.L indicam um componente com defeito.

OBSERVAÇÕES: No modo de diodo INTELIGENTE, o medidor verifica os diodos usando


um sinal alternativo de teste enviado pelo diodo nas duas direções. Isso permite que
o usuário verifique o diodo sem precisar inverter a polaridade manualmente. A tela
do medidor mostrará ± 0,400 ~ 0,800 V para um diodo bom, “RUIM” para um diodo
em curto e “O.L” para um diodo aberto. Veja a Fig. 9-7 abaixo:

Fig. 9-7 Teste de diodo INTELIGENTE

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 31 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


9.16 Medições de capacitância
Aviso: não realize testes de capacitância antes de remover a energia do capacitor
ou outros dispositivos em teste durante uma medição. Isso pode causar ferimentos
a pessoas.
1. Coloque a chave de função na posição .
2. Use o botão para selecionar a medição da capacitância. A unidade F (Farad)
da medição aparecerá.
3. Insira o cabo da sonda no terminal COM negativo e o cabo vermelho da sonda
no terminal positivo. Consulte a Fig. 9-8 abaixo.
4. Toque as pontas da sonda na peça em teste.
5. Leia o valor da capacitância na tela.
6. Para operação MÁX-MÍN, consulte a Seção 9.5, Modo MÁX-MÍN.
Observação: para valores de capacitância muito grandes, pode levar vários minutos
para a medição se estabelecer e a leitura final se estabilizar.

Fig. 9-8 Medições de capacitância


FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 32 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
10. Comunicação por Bluetooth®
Quando conectado a um dispositivo remoto executando o conjunto de sofware
FLIR Tools, o CM275 (usando o protocolo METERLiNK®) pode:
 Enviar leituras para exibir ao vivo no dispositivo remoto
 Enviar arquivos de registros de dados salvos ao dispositivo remoto
 Envie imagens de tela salvas (térmica e DMM) ao dispositivo remoto

Quando conectado a uma câmera FLIR remota compatível com Bluetooth® BLE
(Bluetooth® Low Energy), o CM275 pode:
 Enviar leituras do medidor para exibir ao vivo na tela da câmera

Baixe o conjunto de software FLIR Tools no link abaixo:

http://www1.flir.com/l/5392/2011-06-08/IUUE

1. Qualquer dispositivo Bluetooth® BLE que execute o FLIR Tools pode localizar o
CM275 e conectar-se a ele.
2. Quando for estabelecida uma comunicação bem-sucedida entre o medidor e um
dispositivo remoto ou a câmera FLIR, o ícone de Bluetooth® aparecerá na tela
do medidor.
3. Abra o menu principal (pressionando OK) e use o modo Galeria para localizar
as imagens armazenadas e os conjuntos de registros de dados. Você pode
transmitir imagens e conjuntos de registros de dados diretamente do modo
Galeria. Para mais informações, consulte a Seção 6.2.3, Modo Galeria e a Seção
9.7, Registrador de dados.
4. Consulte o utilitário de ajuda FLIR Tools (no conjunto de software) para obter
informações detalhadas e tutoriais sobre o aplicativo FLIR Tools.

Observação: o utilitário Bluetooth® é configurado como ON (ligado), mas pode ser desativado
no menu Configurações gerais (consulte a Seção 7, Configurações gerais).

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 33 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


11. Apêndices
11.1 Fatores de emissividade para materiais comuns
Material Emissividade Material Emissividade

Asfalto De 0,90 a 0,98 Pano (preto) 0,98

Concreto 0,94 Pele (humana) 0,98

Cimento 0,96 Couro De 0,75 a 0,80

Areia 0,90 Carvão (pó) 0.96

Solo De 0,92 a 0,96 Verniz De 0,80 a 0,95

Água De 0,92 a 0,96 Verniz (fosco) 0,97

Gelo De 0,96 a 0,98 Elástico (preto) 0,94

Neve 0,83 Plástico De 0,85 a 0,95

Vidro De 0,90 a 0,95 Madeira 0,90

Cerâmica De 0,90 a 0,94 Papel De 0,70 a 0,94

Mármore 0,94 Óxidos de cromo 0,81

Gesso De 0,80 a 0,90 Óxidos de cobre 0,78

Argamassa De 0,89 a 0,91 Óxidos de ferro De 0,78 a 0,82

Tijolo De 0,93 a 0,96 Têxteis 0,90

11.2 Correção de não uniformidade


Uma correção de não uniformidade (ou NUC) é uma correção de imagem feita pelo software
da câmera para compensar por diferentes sensibilidades de elementos detectores e outros
distúrbios ópticos e geométricos1.

O NUC é uma função automática que ocorre periodicamente (cerca de a cada 2-3 minutos)
ou sempre que o núcleo interno da câmera detecta uma mudança de temperatura de ±2 oC.
1. Definição da adoção internacional iminente de DIN 54190-3 (Testes não destrutivos – Testes termográficos – Parte 3: Termos e definições).

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 34 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


11.3 Visão geral de energia e termovisão de infravermelha
Um termovisor gera uma imagem com base nas diferenças de temperatura. Em uma imagem
térmica, o item mais quente da cena aparece em branco e o item mais frio em preto. Todos
os outros itens são representados como um valor de escala de cinza, entre branco e preto.
O CM275 também mostra imagens em cores para simular temperaturas quentes (cores mais
claras) e temperaturas mais frias (cores mais escuras).
Pode levar algum tempo para se acostumar com a termovisão. Ter uma compreensão básica das
diferenças entre as câmeras térmicas e de luz do dia pode ajudar a obter o melhor desempenho
do CM275.
Uma diferença entre as câmeras térmicas e de luz do dia está relacionada à origem da energia
para criar uma imagem. Ao ver uma imagem com uma câmera comum, deve haver alguma fonte
de luz visível (algo quente, como o sol ou outra luz) que reflita os objetos da cena na câmera.
O mesmo acontece com a visão humana; a grande maioria do que as pessoas veem tem base
na energia de luz refletida. Por outro lado, o termovisor detecta energia que é irradiada
diretamente de objetos da cena.
É por isso que objetos quentes, como peças em motores e tubos de escape, aparecem em
branco, enquanto o céu, poças de água e outros objetos frios aparecem escuros (ou frios).
Com um pouco de experiência, cenas com objetos familiares serão fáceis de interpretar.
A energia infravermelha faz parte de uma gama completa de radiação chamada espectro
eletromagnético. O espectro eletromagnético inclui raios gama, raios-X, ultravioleta, visível,
infravermelho, micro-ondas (RADAR) e ondas de rádio. A única diferença é o comprimento ou
frequência da onda. Todas essas formas de radiação viajam à velocidade da luz. A radiação
infravermelha fica entre as partes visíveis e de RADAR do espectro eletromagnético.
A fonte primária de radiação infravermelha é a radiação de calor ou térmica. Qualquer objeto
que tenha uma temperatura irradia na parte infravermelha do espectro eletromagnético. Até
mesmo os objetos que são muito frios, como um cubo de gelo, emitem infravermelhos. Quando
um objeto não é quente o suficiente para irradiar luz visível, ele emitirá a maior parte de sua
energia no infravermelho. Por exemplo, o carvão quente pode não produzir luz, mas emite
radiação infravermelha, que sentimos como calor. Quanto mais quente for o objeto, mais
radiação infravermelha ele emitirá.
Os dispositivos de imagem infravermelha produzem uma imagem de radiação infravermelha
invisível, ou “calor”, que não é vista pelo olho humano. Não há cores ou “tons” de cinza em
infravermelho, somente intensidades variáveis de energia irradiada. O termovisor converte
essa energia em uma imagem que podemos interpretar.
O Centro de treinamento de infravermelho da FLIR oferece treinamento (incluindo treinamento
online) e certificação em todos os aspectos da termografia: http://www.infraredtraining.com/.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 35 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


12. Manutenção
12.1 Limpeza e armazenamento
Limpe o compartimento com um pano úmido, conforme necessário. Use um limpador
de lentes de alta qualidade para remover sujeira ou manchas das lentes do medidor
e da janela de exibição. Não use abrasivos ou solventes para limpar o compartimento
do medidor, as lentes ou a janela de exibição.

Se o medidor não for utilizado por um longo período, remova as pilhas e guarde-as em
local à parte.

12.2 Substituição de pilha


O símbolo da pilha pisca sem “barras” quando as pilhas atingirem um nível crítico.
O medidor exibe leituras dentro das especificações quando o indicador de pilha fraca
está aceso. O medidor se desliga antes de exibir uma leitura de fora de tolerância.

AVISO: para evitar choque elétrico, desconecte o medidor de qualquer circuito


conectado, remova os cabos de teste dos terminais do medidor e ajuste a chave
de função para a posição OFF (desligada) antes de tentar trocar as pilhas.
1. Desaperte e remova a tampa do compartimento da pilha.
2. Substitua as três (3) pilhas AA padrão, observando a polaridade correta.
3. Se estiver usando o sistema de pilha de polímero de lítio recarregável Modelo
TA04, recarregue a pilha.
4. Prenda a tampa do compartimento da pilha.

Nunca descarte pilhas usadas ou recarregáveis no lixo doméstico.


Como consumidores, os usuários têm a obrigação legal de levar pilhas usadas para locais de coleta
adequados, a loja onde as pilhas foram compradas ou onde quer que pilhas sejam vendidas.

12.3 Descarte de lixo eletrônico


Assim como com a maioria dos produtos eletrônicos, este equipamento deve ser
descartado de maneira ecológica e de acordo com as normas existentes para o descarte
de eletrônicos. Entre em contato com seu representante da FLIR Systems para obter mais
detalhes.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 36 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


13. Especificações
13.1 Especificações gerais
Contagens da tela: 0~6000
Taxa de medição: 3 vezes por segundo
Indicação de sobrefaixa: OL ou –OL
Desligamento automático: Programável: OFF (Delisgado), 1, 2, 5 ou 10 minutos (padrão)
Indicadores de pilha fraca: e as telas de informações de pilha fraca aparecem
Requisitos de alimentação: 3 pilhas AA alcalinas/lítio de 1,5 V por pilha recarregável TA04
Vida aproximada da pilha para o termômetro:
● 2,5 horas: 3 pilhas AA alcalinas
● 12 horas: 3 pilhas AA Energizer L91 de lítio (Li/FeS2)
● 12 horas: pilha recarregável opcional: Polímero de lítio; FLIR PN: TA04-KIT
Calibração: Ciclo de calibração de 1 ano
Temperatura operacional:
De 0 a 30 °C (umidade relativa de ≤ 80%)
De 30 a 40 °C (umidade relativa de ≤ 75%)
De 40 a 50 °C (umidade relativa de ≤ 45%)
Temperatura de armazenamento: –20 a 60 °C (4 a 140 °F)
Umidade relativa: umidade relativa de 0 ~ 80% (pilhas não instaladas)
Coeficiente de temperatura: 0,2 × (precisão especificada)/°C, < 18 °C, > 28 °C
Altitude operacional: 2000 m (6562ʹ)
Abertura da pinça: 35 mm
Grau de poluição: 2
Classificação IP IP 40
Dimensões: (P × L × C): 48,5 × 97 × 255 mm
Peso: 460 g sem pilhas
Aprovações de agências: UL, CE, RCM

Categoria de sobretensão: EN 61010-1 CAT IV-600 V, CAT III-1000 V, EN 61010-2-032


CAT Campo do aplicativo

III Circuitos de distribuição, maquinário, dispositivos de ativação central próximos a


aparelhagens, instalações industriais e corrente alta próximo a circuitos de distribuição

IV Fontes de instalação, transformadores de utilitários, todos os condutores externos,


contadores, dispositivos de proteção em locais principais e medidores de eletricidade

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 37 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


13.2 Especificações de termovisão
Tipo de detector FLIR Lepton®; Matriz de plano focal de
microbolômetro (FPA)
Sensibilidade térmica 150 mK
Resolução de imagem 160 x 120 pixels
Campo de visão de captura de imagem IR 44o x 57o (vertical x horizontal)
Resposta espectral de captura de imagem IR 8 to 14μm
Frequência de captura de imagem IR 9Hz
Paletas de cores da imagem IR Programável: Ferro, Arco-íris e escala de Cinza
Redimensionamento Redimensionamento integrado e automático
Radiometria de imagem térmica armazenada Totalmente radiométrica
Apontador a laser Classe I (vermelho)
Faixa de medição de temperatura IR -10 °C ~ +150 °C
Indicação abaixo e acima da faixa OL
Estabilização da leitura da temperatura Traços são exibidos enquanto a leitura da
temperatura se estabiliza
Resolução de temperatura IR 0,1 °C
Precisão da temperatura IR ± 3 °C ou ± 3% da leitura; o que for maior
Relação Distância-a-ponto (D:S) 30:1
Análise de temperatura Contínua
Emissividade 4 predefinições mais uma configuração
personalizada (0,10 a 0,99)
Alvo Miras mostrando o centro do ponto de medição

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 38 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


13.3 Especificações elétricas
A precisão é de ± (% medição + número de dígitos (dgt)) a 23°C ±5 °C (73.4 °F ±9 °F), <80% RH.

Tabela 13.1 Tensão (TRMS)

Função FAIXA Precisão (de leitura)

60,00 V

VCD 600,0 V ± (1,0% + 5 dgt)

1.000 V

60,00 V
± (1,0% + 5 dgt)
VCA 600,0 V
45 ~ 400 Hz
1.000 V

60,00 V
± (1% + 5 dgt) 45 ~ 65 Hz
VFD VCA 600,0 V
± (5% + 5 dgt) 65 ~ 400 Hz
1.000 V

As especificações de faixa, resolução e precisão para medições de


Baixo Z (impedância baixa) baixa impedância (Lo Z) são as mesmas especificações para VCD,
VCA e VFD acima

Observações:
O LCD mostra “0” contagens quando a leitura de CA é < 10 contagens
Proteção contra sobrecarga: 1000 V (rms)
Impedância de entrada: 10 MΩ //, <100 pF
Impedância de entrada Lo Z: 2,5 kΩ
Tipo de conversão CA: CA acoplado, RMS real respondendo, calibrado para o valor de RMS de uma
entrada de onda sinusoidal. Precisões são dadas para ondas sinusoidais em escala total e as ondas
não sinusoidais abaixo de meia escala.
Se o medidor medir um sinal de contagem de 4000 e o Fator de Crista do sinal for mais que 3,0,
a leitura pode não atender às tolerâncias especificadas. Para ondas não sinusoidais (50/60 Hz),
adicione as seguintes correções de Fator de Crista:
Para ondas não sinusoidais (50/60 Hz), adicione as seguintes correções de Fator de Crista:
Para um fator de crista de 1,0 a 2,0, adicione 3,0% à precisão.
Para um fator de crista de 2,0 a 2,5, adicione 5,0% à precisão.
Para um fator de crista de 2,5 a 3,0, adicione 7,0% à precisão.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 39 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Tabela 13.2 Corrente (TRMS)
Função Faixa Precisão

60,00 A
VCC ± (2% + 5 dgt)
600,0 A

60,00 A
ACA ± (2% + 5 dgt) 45 ~ 400 Hz
600,0 A

60,00 A
VFD ACA ± (2% + 5 dgt) 45 ~ 65 Hz
± (6% + 5 dgt) 65 ~ 400 Hz
600,0 A
Observações:
A tela mostra “0” quando a medição CC < 10 contagens
Proteção contra sobrecarga: 600 A (rms)
Erro de posição: ±1% da leitura.
O tipo de conversão CA e a precisão adicional são iguais à tensão CA.
VCC afetado pela temperatura e pelo magnetismo residual; use a função VCC Zero para compensar.
Se o medidor medir um sinal de contagem de 4000 e o Fator de Crista do sinal for mais que 3,0,
a leitura pode não atender às tolerâncias especificadas. Para ondas não sinusoidais (50/60 Hz),
adicione as seguintes correções de Fator de Crista:
Para ondas não sinusoidais (50/60 Hz), adicione as seguintes correções de Fator de Crista:
Para um fator de crista de 1,0 a 2,0, adicione 3,0% à precisão.
Para um fator de crista de 2,0 a 2,5, adicione 5,0% à precisão.
Para um fator de crista de 2,5 a 3,0, adicione 7,0% à precisão.
Tabela 13.3 Frequência (ACA e VCA)
Função Faixa Precisão

10,0 ~ 600,0 Hz

Frequência 6.000 kHz ± (0,1% + 2 dgt)


60.00 kHz
Observações:
Proteção contra sobrecarga: 1000 V (rms) e 600 A (rms)
Sensibilidade do acionador:
Função de VCA:
> 6 V (rms) a uma faixa de 60,00 V para 10 Hz ~ 1 kHz
> 60 V (rms) a uma faixa de 600.0 V para 10 Hz ~ 1 kHz
> 60 V (rms) a uma faixa de 1000 V para 10 Hz ~ 1 kHz

Função de Hz a uma chave giratória de VCA:


> 6 V (rms) para 10 Hz ~ 10 kHz
> 30 V (rms) para 10 kHz ~ 60 kHz
FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 40 ID do documento: CM275-pt-BR_AC
Função de ACA:
> 60 V (rms) a uma faixa de 60.00 A para 10 Hz ~ 1 kHz
> 60 V (rms) a uma faixa de 600.0 A para 10 Hz ~ 1 kHz

Função de Hz a uma chave giratória de ACA:


> 6 A (rms) para 10 Hz ~ 10 kHz

A leitura será de 0,0 para sinais abaixo de 10,0 Hz


Tabela 13.4 Corrente de pico
Função Faixa Precisão

60,00 A ± (3% + 0,3 A)


Pico de ACA
600,0 A ± (3% + 5 dgt)
Limite de detecção de corrente de pico: 0,5 A para uma faixa de 60 A e 5,0 A para uma faixa de 600,0 A
Proteção contra sobrecarga: 1000 V (rms), 600 A (rms).
O tempo de integração é de 100 ms.
Tabela 13.5 Resistência, continuidade e diodo
Função Faixa Precisão

600,0 Ω
Resistência ± (1,0% + 5 dgt)
6.000 KΩ

Continuidade 600,0 Ω ± (1,0% + 5 dgt)

Diodo 1,5 V ± (1,5% + 5 dgt)

Proteção contra sobrecarga: 1000 V (rms).


Corrente de teste máxima: aprox. 0,1 mA.
Tensão máxima de circuito aberto para Ω: aprox. 1.8 V.
Tensão máxima de circuito aberto para diodo: aprox. 1,8 V.
Limite de continuidade:
< 30 Ω com sinal sonoro ativado.
> 150 Ω com sinal sonoro desativado.

Indicador de continuidade: 2,7 kHz com som de alarme.


Tempo de resposta de continuidade: < 100 ms.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 41 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Tabela 13.6 Capacitância
Função Faixa Precisão

Capacitância 1 μF a 1.000 μF ± (1,0% + 4 dgt)

Proteção contra sobrecarga: 1000 V (rms).

Tabela 13.7 Função do adaptador do Grampo Flexível


Função Faixa Precisão

30,00 A

Flex (ACA) 300,0 A ±(1% + 5 dgt) 45 ~ 400 Hz

3.000 A
O LCD mostra “0” contagens quando a leitura é < 10 contagens
A precisão adicional para a função Flexível está listada nos Manuais do usuário do adaptador de
grampo FLIR (Modelos TA72_TA74).

Tabela 13.8 Função do adaptador do Grampo Flexível (frequência)


Função Faixa Precisão

600,0 Hz

Frequência (Flex) 6.000 kHz ± (0,1% + 2 dgt)

10,00 kHz
Sensibilidade:
Função flexível:
> 3 A (rms) a uma faixa de 30,00 A para 10 Hz ~ 1 kHz
> 60 V (rms) a uma faixa de 600.0 V para 10 Hz ~ 1 kHz
> 300 A (rms) a uma faixa de 3000 A para 10 Hz ~ 1 kHz

Função de Hz a uma chave giratória de Flex:


> 3 A (rms) para 10 Hz ~ 10 kHz
> 6 A (rms) para 10 kHz ~ 60 kHz

Luzes de trabalho
Temperatura por cor: 4.000-5.000°K
Ângulo do feixe: ± 20°
Saída de luz: 70 lúmens, mínimo
Potência: 0,5 Watt RMS

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 42 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


14. Suporte técnico
Site do Suporte técnico https://support.flir.com

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 43 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


15. Garantia
15.1 Garantia de 10 anos limitada

Este produto é protegido pela garantia de 10 anos limitada da FLIR. Visite


https://support.flir.com/prodreg para ler o documento da garantia de 10 anos
limitada.

FLIR CM275 –MANUAL DO USUÁRIO 44 ID do documento: CM275-pt-BR_AC


Sede Corporativa
FLIR Systems, Inc.
27700 SW Parkway Avenue
Wilsonville, OR 97070 EUA

Atendimento ao Cliente
Site do Suporte Técnico https://support.flir.com

No. de identificação da publicação: CM275-pt-BR


Versão: AC
Data da liberação: fevereiro de 2020
Idioma pt-BR

45

Você também pode gostar