Você está na página 1de 6

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

MINISTÉRIO DA SAÚDE
DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

PROGRAMA NACIONAL DE PREVENÇÃO E CONTROLO DO CANCRO DO COLO


UTERINO E DA MAMA

FORMAÇÃO DE FORMADORES
Maputo, de 25 a 29 de Outubro de 2010

PROGRAMAÇÃO

Local do curso: A definir

Descrição da formação

Esta formação de duas semanas (10 dias) foi concebida com a finalidade de
preparar o participante para ministrar formação clínica em prevenção e
controlo do cancro do colo uterino e da mama para prestadores de serviços,
com base numa abordagem participativa e humanística. A primeira semana
da formação, de aprendizagem de habilidades para formação clínica,
ocorrerá em outubro de 2010 e a segunda semana, de demonstração pratica
da aquisição das habilidades, ocorrerá em Março de 2011, quando os novos
formadores conduzirão um curso clínico para provedores de serviço das suas
respectivas regiões, sob a supervisão dos formadores seniors.

Objectivo da Formação

Preparar formadores competentes para ministrarem, à prestadores de


serviços, formação em prevenção e controlo do cancro do colo uterino e da
mama baseada em competências.

Objectivos de aprendizagem dos participantes

Ao final da formação, os participantes deverão ser capazes de:

1. Utilizar uma abordagem baseada em competência, participativa


e humanística à formação em prevenção e controlo do cancro do
colo uterino e da mama (CACUM).
2. Planear uma formação em prevenção e controlo do CACUM.

1
Formação de formadores em prevenção e controlo do CACUM, Maputo, 25 a 29 de Outubro de
2010
3. Planear, criar e manter um ambiente de aprendizagem positivo
durante uma formação clínica.
4. Preparar e utilizar adequadamente materiais audiovisuais.
5. Realizar apresentações interactivas.
6. Avaliar a aquisição de novos conhecimentos, habilidades e
atitudes, utilizando instrumentos de avaliação baseados em
conhecimentos e competências (questionários e listas de
verificação).
7. Facilitar o desenvolvimento de competências através de
demonstrações e de tutoria.
8. Gerir a componente de práctica clínica de uma formação em
prevenção e controlo do CACUM.
9. Conduzir uma formação em prevenção e controlo do CACUM
para prestadores de serviços.

Métodos de formação/aprendizagem

• Palestras ilustradas e discussões em pequenos grupos;


• Exercícios individuais e em pequenos grupos;
• Dramatização;
• Discussão de casos clínicos;
• Práticas simuladas em modelos anatómicos e estações de prática
clínica;
• Actividades prácticas de formação baseadas em competências na
prevenção e controlo do CACUM, com retroalimentação dos
participantes e formadores.

Materiais de aprendizagem.
• Manuais de referência:
o Formação de Formadores Clínicos (Jhpiego)
o Manual do participante e Manual do formador clínico (Jhpiego);
o Prevenção do Carcinoma do Colo Uterino: Diretrizes para
serviços de saúde em locais com recursos limitados (Jhpiego)
o Normas para a prevenção e controlo do cancro do colo uterino e
da mama (MISAU)
o Padrões de qualidade para serviços de prevenção e controlo do
CACUM
• Atlas de VIA: Inspecção Visual da Cérvix com uso do Ácido Acético
• Imagem do Colo uterino em CD-ROM e Cartões de imagens do Colo

2
Formação de formadores em prevenção e controlo do CACUM, Maputo, 25 a 29 de Outubro de
2010
uterino
• Materiais de IEC, Fluxogramas, Instrumentos de registos (MISAU)
• Simulador Ginecológico
• Modelo cervical para a crioterapia (sausage)
• Modelos anatómicos (pélvico e de mama), modelo cervical para a
crioterapia (salsicha), materiais para demonstrações que compõem as
estações de práctica (espéculos, pinças, luvas, ácido acetico a 5%,
anti-sépticos, materiais para lavagem das mãos, e outros).
• Vídeos, DVDs.

Equipamento Audiovisual
• Projector
• Tela para projecção
• Computador portátil com CD-ROM drive
• Camara fotográfica digital

Critérios para selecção de participantes

Devem ser prestadores de serviços (médicos, enfermeiras, técnicos)


experientes na implementação de práticas e procedimentos de prevenção
e controlo do CACUM.

Métodos de avaliação

Dos participantes
• Questionários pré-curso e de meio de curso;
• Listas de verificação de habilidades de formação (apresentação em
sala de aula, demonstrações de procedimentos e acompanhamento
dos participantes).

Da formação
• Avaliação da formação e do formador (formulário a ser preenchido por
cada participante).

Participantes da Formação

Prestadores de serviços (médicos, enfermeiras e técnicos) envolvidos com a


prevenção e controlo do CACUM, com experiência clínica nesta área e com
disponibilidade para envolver-se na formação de provedores clínicos a nível
nacional, regional e provincial.

Província US (Total - 15) CACUM Participantes


MAPUTO CIDADE Hospital Central de Maputo 1
Hospital Geral José Macamo 1
Hospital Geral de Mavalane 1
3
Formação de formadores em prevenção e controlo do CACUM, Maputo, 25 a 29 de Outubro de
2010
CS do Polana Caniço 1
MISAU Central 2
Padrinhos/Madrinhas 4
CS Matola II 1
MAPUTO PROVINCIA
CS de Boane 1
Hospital Central de Beira 2
SOFALA Centro de Saúde Macurrungo 1
Centro de saúde de Ponta Geá 1
Hospital Central de Nampula 2
NAMPULA Centro de Saúde 25 de Setembro 1
Centro de Saúde Namicopo (1ro Maio) 1
Hospital Provincial de Quelimane 1
Centro de Saúde de Namacurra 1
ZAMBEZIA
Centro de Saúde de Inhassunge 1
FGH (parceiro) 1
TOTAL DE PARTICIPANTES 24

Esses formadores serão responsáveis por implementar o processo de


formação e supervisão clínica em prevenção e controlo do cancro do colo
uterino e da mama para prestadores de serviços nas suas respectivas
regiões/províncias/Instituições. Estes cursos terão apoio técnico e financeiro
da USAID/MCHIP

Composição da equipa de facilitadores:


Profissionais que actuaram como facilitadores nos cursos clínicos de
VIA&Crioterapia e de Colposcopia&LEEP

Facilitadores:
MISAU Central: Dras Lidia Chongo, Carla Silva e Deolinda
Ginecologistas do Hospital Central de Maputo: Dras Manuela Cunha e Magda
Ribeiro
Jhpiego/MCHIP: Drs. Veronica Reis, Maria da Luz Vaz, Jorge Anez e Isabel
Nhatave

4
Formação de formadores em prevenção e controlo do CACUM, Maputo, 25 a 29 de Outubro de
2010
AGENDA DA FORMAÇÃO DE FORMADORES EM PREVENÇÃO E CONTROLO DO CACUM (1ª Semana) – 25 a
29 de Outubro de 2010
Hora DIA 1 SEGUNDA DIA 2 TERÇA DIA 3 QUARTA DIA 4 QUINTA DIA 5 SEXTA
8:00 Abertura: Agenda do dia Agenda do dia Agenda do dia Agenda do dia
Boas-vindas e Revisão: Cap 1, 3, 4, 5 Revisão: Cap 6 Revisão: Cap 7 Revisão: Cap 2, 8 e 9
apresentações
Visão geral da formação: Preparação da Actividade Capítulo 7: Continuação das Actividade:
objectivos, agenda, métodos em Grupo: Em grupos de 4 Desenvolvimento de Apresentações dos Questionário de meio
Entrega dos materiais do os participantes irão planear competências clínicas grupos de curso
curso uma palestra ilustrada  Transferência e
Expectativas dos (tópico curto), preparando avaliação de Actividade: Preparação de Plano
participantes os meios audiovisuais para competências  Apresentações de Acção: Organização
Instrucção sobre Plano de apoiar a apresentação no  O orientador eficaz  Mostra em vídeo e conducção dos cursos
Acção dia 2.  Tutoria  Retroalimentação regionais e plano de
Questionário pré-formação  Demonstrações de dos participantes supervisão (por região)
procedimentos em  Retroalimentação
Capítulo 1: Abordagem modelos dos formadores
para a formação clínica Demonstração:
 Domínio da Dramatizações
aprendizagem exemplificando
 Responsabilidades do competências eficazes de
formador e participantes demonstração e tutoria
10:0
Intervalo Intervalo Intervalo Intervalo Intervalo
0
10:1 Capítulo 3: Criação de um Actividade - Preparação de Capítulo 2: • Apresentaç
5 ambiente de Apresentações dos Apresentações Interactivas: Planeamento de uma ão dos
aprendizagem positivo grupos Em duplas os participantes formação Plano de
 Como as pessoas irão planear uma das  Considerações sobre Acção
aprendem  Retroalimentação e seguintes apresentações: planeamento de
 Entendimento da Discussão  Demonstração utilizando cursos • Acordo
dinâmica de grupo GA  Selecção dos sobre
 Competências para  Tutoria utilizando GA participantes próximos
apresentação eficaz  Avaliação de  Materiais da passos
competências utilizando formação
LV  Preparação da sala
 Discussão de Casos de aula
clínicos  Preparação de sítio
 Dramatização de práctica clínica
12:0
Almoço Almoço Almoço Almoço Almoço
0
13:0 Revisão do Pré-teste Cont. das apresentações Apresentações dos Capítulo 8: Gestão daResumo da
0 dos Grupos grupos práctica em serviço formação
Capítulo 4: Utilização de  Direitos do utente
meios audiovisuais: Capítulo 6: Utilização de Actividade:  O formador como Avaliação da
Quadros, Papel gigante, instrumentos de  Apresentações tutor formação
Multimédia, Vídeo e DVDs avaliação baseada em  Mostra em vídeo  O formador como
competências  Retroalimentação dos supervisor Cerimónia de
Capítulo 5:  Avaliações de participantes Capítulo 9: Aplicação encerramento
Apresentações conhecimentos  Retroalimentação dos de uma formação
interactivas: Palestras  Avaliações de formadores  Preparação e
ilustradas; Actividades de competências conducção de uma
pequenos grupos; Casos Avaliação do dia formação
Demonstração: Introdução
clínicos; Dramatizações;  Qualificação
a utilização dos
Discussões de grupo  Acompanhamento
instrumentos de avaliação pós-formação
baseada em competências
Designação da Avaliação do dia
na pratica em sala de aula.
Actividade em grupo
Avaliação do dia
Avaliação do dia
16:3 Tarefa: Leitura dos capítulos Tarefa: Leitura dos capítulos Tarefa: Leitura dos capítulos Tarefa: Finalização das
0 3, 4 e 5 1, 6 e 7 8e9 leituras
16:3 Reunião de Facilitadores Reunião de Facilitadores Reunião de
Reunião de Facilitadores Reunião de Facilitadores
0 Facilitadores