Você está na página 1de 2

Não Algum Dia, Mas Agora!

“O presente é o ponto onde o tempo toca a eternidade”.


Você está esperando e orando para ser curado algum dia? Para que algum dia venha a ser bem sucedido?
Mude essa esperança; mude essa oração de “algum dia” para agora!
Exatamente agora, você está vivendo na eternidade. Neste mesmo instante você é um filho de Deus.
Precisamente neste momento você é um com o seu bem.
Não pergunte: “Quando serei curado?” Neste mesmo instante, você está no meio da vida. Neste exato
momento, o poder curador de Deus está atuando poderosamente em você. Não limite o poder de Deus
pensando que Ele não pode vir agora. Não O negue pensando existir alguma condição além da sua ajuda,
pensando que alguma necessidade de cura é demasiadamente difícil para Ele. Toda vida curadora que
existe está presente em você, agora mesmo. Você está vivo em Deus. As células do seu corpo são uma
criação de Deus. O poder curador está presente onde quer que você se encontre. Deus é o seu curador no
presente instante.
Você sonha com o momento em que a sua embarcação chegue ao porto, quando então será próspero e bem
sucedido? Neste mesmo instante, você vive no meio da abundância. O suprimento de Deus não será maior
em qualquer tempo no futuro do que o é agora. O seu bem está sempre à mão. Por que adiar o seu
recebimento, por que sonhar com ele, em vez de reivindicá-lo? A substância de Deus se encontra ao seu
redor; as riquezas de Deus enchem o universo até transbordar. A bondade de Deus é concedida livremente.
Deus lhe diz: “Provai-me nisto (…) se não vos abrir eu as janelas dos céus e não derramar sobre vós uma
bênção até que não haja mais lugar para a recolherdes”.Qual é a sua necessidade? Prove o Senhor, agora,
confiando nEle e sabendo que o suprimento, para cada necessidade, já o está aguardando.
Você anseia por algum momento celestial, quando tudo será pacífico e sereno? A paz de Deus está aqui,
agora. A Sua paz jamais o deixou. A Sua paz está com você sempre. Você não precisa esperar até que as
condições em sua vida sejam perfeitas, a fim de que você experimente paz. A paz de Deus o cerca, enche-o,
permeia-o agora! Você não precisa esperar que os outros mudem a fim de serem harmoniosos. Serenidade
de espírito, harmonia mental e psíquica pertencem-lhe agora: são uma parte da sua natureza divina.
Onde você buscará sabedoria? “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”. A onisciente Mente de Deus está
em você. Nessa Mente está a sabedoria pura; dessa Mente vem divina orientação. Na comunhão com essa
Mente, você encontra as respostas para as suas perguntas, o fim de toda a sua busca.
O que passou não pode lhe roubar o júbilo. Nenhuma amargura, ressentimento ou emoção imperdoadora
pode permanecer em seu coração ou na sua vida, enquanto viver na presença de Deus.
O amor de Deus varre toda depressão ou medo e enche-o com um sentimento de fortaleza e de fé. Ele o
ergue das velhas maneiras de pensar e de reagir.
Veja que não é preciso procurar amor ou tentar conseguir a afeição dos outros. Você é um com o amor de
Deus, e nessa unidade você está ligado a todas as pessoas.
Nesse mesmo instante, Deus o está abençoando. Pode crer nisso? Qualquer que seja a sua necessidade,
poderá você assumir essa atitude? Fazer essa afirmação de Verdade e de Vida, para si mesmo? Se a sua
necessidade for de cura, permaneça com o pensamento de que, agora mesmo, Deus o está curando. Se você
está tendo problemas em suas relações com alguém, afirme que, neste momento, Deus está abençoando a
situação. Se a sua carteira parece-lhe vazia, negue a aparência e saiba que, neste mesmo instante, a
substância de Deus enche as suas atividades.
Neste justo momento, você tem fé, a fé que é dada por Deus, fé que não depende de sua capacidade para
receber, mas é tão grande, tão ilimitada quanto a capacidade de Deus para dar.
Neste mesmo instante você está na presença de Deus. Nada mais se faz necessário. Você tem tudo, porque
você tem Deus.
Como  você pode afirmar que o mal não existe, se o vemos evidenciado em tudo que nos rodeia?
.

RESPOSTA:
.
Dizer que o mal existe como um poder é negar a Deus como sendo o  poder único. Para que algo
pudesse ter poder sobre o homem, ele teria de preceder o homem. O mal não tinha poder ou
existência aparente, até que o homem, ele próprio, aceitasse a crença em um poder oposto a Deus.
Portanto, o mal não é um poder, sendo meramente uma crença falsa, retida pelo homem  em sua
própria imaginação. E uma vez seja o próprio homem o responsável pela falsa crença no mal,  pode
ele se  livrar deste suposto poder  simplesmente por se recusar a acreditar nele. Trate o poder do mal
tal como você o faria com qualquer outro problema, rejeitando-o como mentira cada vez que ele lhe
vier à mente. Se você se recusar a acreditar que o mal tenha um poder além daquele que você lhe
atribui , por nele acreditar,  logo se verá livre das várias formas sob as quais  o suposto “poder
maligno” aparenta manifestar-se. Você irá se livrar do medo da doença, da carência, de desarmonias
de toda espécie, tais como pecado,  velhice e morte, apenas para citar  algumas das suas assim
chamadas evidências. .Para se livrar da base da mentira, chamada  “mal”,  terá que se livrar da
preocupação mental que faz com que você viva a  negar e se esforçar para superar algo destituído de
qualquer existência. Você não  compreenderá que Deus é o único poder e única presença, enquanto
se mantiver acreditando num outro poder que se oponha a Deus. Além disso, você não conseguirá
negar a existência do mal simplesmente por afirmar  não acreditar nele. Há tempos que vemos
estudantes da Verdade  declarando que “o mal não existe”, mas sem saber o porquê daquilo estar
sendo dito. Você próprio terá de compreender a”totalidade de Deus” e a “nulidade do mal”, sozinho
e por você mesmo, e não apenas levar em consideração o fato de alguém ter-lhe feito tais afirmações.
É o que você realiza  em sua própria consciência que se torna manifesto como suas demonstrações.
Pare de acreditar no mal, e sua aparência de existência cessará, pois Deus é TUDO.

DO INTELECTO AO
DISCERNIMENTO
Vivian May Willams
.

Pergunta:
.
Eu entendo, intelectualmente, que eu sou já agora um ser espiritual no paraíso (um estado perfeito
da mente); porém, eu não aparento torná-lo prático. Como posso tornar esta Verdade mais prática
em meu dia-a-dia?
Resposta:
.
A dificuldade em avançar da crença intelectual em sua natureza espiritual para a realização da
verdade de sua existência é comum entre quem estuda a Verdade. Como você, provavelmente,
passou a vida toda aceitando que a matéria é realidade, terá, a partir de agora, de fazer uma
mudança em seu modo de pensar. Em vez de encarar o Universo como uma manifestação externa a
você, e a sua vida humana como um tipo de passagem através do tempo rumo à eternidade, você terá
de paralisar todo esse modo de pensar e achar a eternidade já no aqui e no agora. E você terá de
saber que o Universo espiritual em si, é o homem espiritual, ou a Consciência real de Deus. Se você
identificar-se com a Cristo-consciência, seu real Ser espiritual, logo passará a conhecer que o Amor
divino (entendimento) é o único Ego, Vida e Mente que você possui. Nada pode separá-lo desta
consciência harmoniosa ilimitada, a não ser sua adesão à crença de que é um ser humano e material.
Se Deus é o infinito “EU SOU”, a única individualidade, conclui-se que o “eu humano” não existe.
Você precisará resistir e dominar toda crença em homem material e em mundo material. Com
paciência, persistência e fé, esta crença humana irá diminuir, com o seu lugar se mostrando estar
preenchido com a consciência do Pai-Mãe-Deus, que seu ser real reflete e exprime.

Você também pode gostar