Você está na página 1de 3

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO CHICON SOBRINHO

ENSINO FUNDAMENTAL II- MATUTINO – 2021

ESTUDANTE:
8º ANO TURMA: ( ) DATA DE ENVIO: 10 e 11/06/2021 4º ETAPA
ATIVIDADE DOMICILIAR - ISOLAMENTO DEVIDO AS MEDIDAS RESTRITIVAS DE COMBATE AO COVID-19
VALOR: 2,0pts
ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE LÍNGUA PORTUGUESA – Nº04
PROFESSOR RESPONSÁVEL: DANIELA E JENICE NOTA:____________
Orientações:
• As respostas devem ser registradas na própria atividade A CANETA DE TINTA AZUL OU PRETA;
• A atividade deve ser respondida de forma clara e legível;
• A atividade será devolvida no período de entrega da próxima etapa;
• As atividades em PDFs, vídeo aulas e Link do formulário para responder on-line, estão disponibilizados
ao aluno nos seguintes canais:
Via aplicativo “ ESCOLA CHICON” no play store e sites:
http://sites.google.com/view/emacs-on-line(site EMACS)
http://sistemas.el.com.br/ba-teixeiradefreitas-pm( site do portal do aluno)
Leia o texto para responder às questões 1- 12:

OS OBJETOS QUE FALAM


De dentro de um armário podia-se ouvir a gritaria e o entusiasmo dos objetos, estavam eufóricos e animados,
pois o grande dia havia chegado. Por muito tempo haviam planejado realizar um concurso de canto para descobrir
quem cantava melhor.
No entanto, logo ali no andar de cima, estava uma bruxa a dormir muito cansada, porém qualquer barulho poderia
despertá-la. Pensando nisso, os objetos decidiram realizar o concurso ali mesmo, dentro do armário, para evitar que a
bruxa os ouvisse.
A xícara que estava bem entusiasmada foi a primeira a cantar. Cantava lindamente. Os outros objetos a aplaudia
bastante, e quantos mais eles a aclamava, mais ela cantava alto.
Estavam ali tão dispersos e alegres, que não deram conta da bruxa que despertara do sono profundo.
__ Quem ousa atrapalhar o meu sono de beleza com essas risadas insuportáveis? Disse a bruxa enfurecida.
Ao ver que o barulho vinha do andar de baixo, começou a descer as escadas lentamente, logo se dirigiu à
cozinha e parou em frente do armário.
Dirigiu suas mãos vagarosamente à porta e logo a abriu, lá dentro, encontrou apenas objetos de sua cozinha.
Pensou consigo mesma:
__ Acho que estou ficando maluca!
Logo, subiu novamente e continuou a dormir.
Mas os objetos? Ah! Eles estão em toda parte, nos ouvindo e observando. Até hoje continuam a cantar com toda
a alegria, só não podemos ouvi-los, pois só cantam alto quando têm certeza que não há ninguém por perto.
De Sousa, Ana Gabriele Barroso. Junho de 2017.
Escola João Moreira Barroso. Prof. Maurício Araújo

01) O texto da Ana Gabriele do 9° ano da Escola João Moreira Barroso é um conto, portanto, que características
desse gênero são identificadas em seu enredo?
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

02) Que fato dá início à narrativa?


______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

03) O que motivou a realização do concurso dentro do armário?

a) Pela falta de espaço da cozinha.


b) Já que os objetos não podiam sair do armário, resolveram fazer ali mesmo.
c) Estavam com medo da bruxa.
d) Porque estavam preocupados em não incomodar a bruxa que dormia profundamente.

04) A expressão “Pensando nisso...”substitui o termo

a) “Pensando...” b) “... porém qualquer barulho poderia despertá-la.”


c) “... estava uma bruxa a dormir muito cansada...” d) “... logo ali no andar de cima...”

05) A narradora:

a) participa do conto, já que o texto está narrado em 1ª pessoa.


b) não participa do conto, já que todo o texto está escrito em 3ª pessoa.
c) não participa do conto, mas os diálogos das personagens estão apenas em discurso indireto.
d) é uma das personagens que participa da história através do discurso direto.

06) Ao longo do texto, se observa que a narradora conversa com um provável ouvinte ou leitor. Localize e escreva
abaixo a frase do possível leitor ou ouvinte.
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

07) Na frase: “...pois só cantam alto quando têm certeza...” a palavra em destaque introduz

a) uma consequência. c) uma oposição.


b) uma adição. d) uma explicação.

08) Há um fato em

a) “__ Acho que estou ficando maluca!”


b) “Eles estão em toda parte, nos ouvindo e observando.”
c) “Cantava lindamente.”
d) “__ Quem ousa atrapalhar o meu sono de beleza com essas risadas insuportáveis?”

09) Por que a bruxa pensou que estava ficando maluca?

a) Porque acreditou ter ouvido risadas do armário. c) Porque viu os objetos cantando.
b) Por encontrou apenas os objetos no armário. d) Porque encontrou o armário vazio.

10) O Clímax do conto está em

a) “Os outros objetos a aplaudia bastante, e quantos mais eles a aclamava, mais ela cantava alto.”
b) “Ah! Eles estão em toda parte, nos ouvindo e observando.”
c) “Dirigiu suas mãos vagarosamente à porta e logo a abriu, lá dentro, encontrou apenas objetos de sua cozinha.”
d) “__Quem ousa atrapalhar o meu sono de beleza com essas risadas insuportáveis?”

11) Na frase: “... estavam eufóricos e animados...”, a palavra em destaque significa que

a) os objetos estavam desesperados. c) os objetos permaneciam muito felizes.


b) os objetos permaneciam tranquilos. d) os objetos estavam serenos.

12) A frase abaixo que introduz uma oposição é

a) “Logo, subiu novamente e continuou a dormir.”


b) “De dentro de um armário podia-se ouvir a gritaria e o entusiasmo dos objetos...”
c) “Ao ver que o barulho vinha do andar de baixo...”
d) “No entanto, logo ali no andar de cima...”

Leia para responder a questão 13.

-Vai ver a vida é isto

-Disse saiu

- O quê? Quiseram saber

Mas ele não voltou.

Então todos entenderam:

A vida é essa eterna falta de resposta.


13) Em relação ao foco narrativo, é possível afirmar que há:

a) narrador-personagem c) narrador onisciente


b) narrador- observador d) ausência de narrador

14) Use V para as afirmações verdadeira e F para as falsas.

( ) Sujeito composto é aquele que apresenta substantivos no plural.


( ) Há três formas de indeterminar o sujeito: flexionando o verbo na terceira pessoa do plural, utilizando o pronome
“se” com o verbo na terceira pessoa do singular, ou utilizando verbos no infinitivo impessoal.
( ) O sujeito oculto é um sujeito determinado, porque mesmo que não esteja expresso na oração, ele pode ser
facilmente identificado.
( ) O sujeito indeterminado também é chamado de sujeito inexistente.
( ) Toda oração que possui o verbo fazer é sem sujeito.

15) Analise o meme e marque qual é a classificação do sujeito dos verbos ficar e esquecer.

a) Indeterminado e simples.
b) Ambos são simples.
c) Ambos são desinenciais.
d) Não há sujeito.

16) A oração sem sujeito caracteriza-se por:

a) O sujeito está indeterminado. c) O sujeito está simplesmente oculto.


b) Não se atribui o fato a nenhum ser. d) O fato é atribuído a um ser determinado.

17) Em “A confiança de Carlos e Maria no filho está por um fio”, qual é o núcleo do sujeito?

a) Confiança c) Carlos, Maria


b) A confiança d) Carlos

18)Assinale a alternativa correta:

I. Sequestraram uma moça! – comentava-se dentro do salão.


II- Lá fora nevava muito forte.

a) I – sujeito indeterminado, II – sujeito simples;


b) I – oração sem sujeito, II – oração sem sujeito;
c) I – sujeito indeterminado, II – oração sem sujeito;
d) I – sujeito desinencial, II – oração sem sujeito;

19) Assinale a única oração que não possui sujeito:

a ) Choveu tomate sobre ele. c ) Havia saído o aluno.


b ) Queixou-se da prova. d ) Neva muito na Europa