Você está na página 1de 7

Universidade Federal de Rondonópolis – UFR

Instituto de ciências Agrárias e Tecnológicas – ICAT


Curso de Engenharia Mecânica
Transferência de Calor II

Prova # 2

PROF. ANGEL MALAGUERA

Prova # 2
09 / 03 / 2021
Problema # 1 (25%)

Um tanque cilíndrico de propano de 1,5 m de diâmetro e 4 m de


comprimento é inicialmente cheio com propano líquido, cuja
densidade é 581 𝑘𝑔 𝑚3 . O reservatório é exposto ao ar ambiente
a 25 °C em condições meteorológicas calmas. A superfície
externa do tanque é polida de modo que a transferência de calor
por radiação é desprezível. Agora, uma rachadura se desenvolve
na parte superior do tanque e a pressão no interior cai para 1 atm
enquanto a temperatura cai para -42 °C, que é a temperatura de
ebulição do propano a 1 atm. O calor de vaporização de propano
a 1 atm é 425 kJ/kg. O propano é lentamente vaporizado como
resultado da transferência de calor do ar ambiente para o
reservatório e seu vapor escapa do tanque a -42 °C através da
rachadura. Considerando que o tanque de propano está mais ou
menos na mesma temperatura que o propano no seu interior, em
qualquer momento, determinar quanto tempo vai demorar para o
tanque esvaziar se ele não estiver isolado.

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II


Cegel, 3era Edição

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II


Problema # 2 (25%)

O vapor no condensador de vapor de uma central elétrica deve ser condensado a uma temperatura de 50 °C
(ℎ𝑓𝑔 = 2305 𝑘𝐽/𝑘𝑔) com água de refrigeração (𝐶𝑝 = 4180 𝐽 𝑘𝑔 . ℃) de um lago nas proximidades, que
entra nos tubos do condensador a 18 °C e deixa-os a 27 . A superfície dos tubos é de 58 𝑚2 e o coeficiente
global ele transferência ele calor é 2400 𝑊 𝑚2 . ℃. Determinar a vazão mássica necessária da água de
resfriamento e a taxa de condensação do vapor no condensador.

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II


Problema # 3 (25%)

Um trocador de calor de tubo duplo em contracorrente resfria etileno glicol (𝐶𝑝 = 2560 𝐽 𝑘𝑔 . ℃) escoando
com uma taxa de 3,5 kg/s de 80 ℃ a 40 ℃ com água (𝐶𝑝 = 4180 𝐽 𝑘𝑔 . ℃) que entra a 20 ℃ e deixa-o a
55 °C. O coeficiente global de transferência de calor com base na superfície interna do tubo é de
250 𝑊 𝑚2 . ℃. Determinar (a) a taxa de transferência de calor, (b) a vazão mássica da água e (c) a
superfície de transferência de calor na face interna do tubo.

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II


Problema # 4 (25%)

Um trocador de calor de escoamento cruzado é


composto de 40 tubos de parede fina de 1 cm de
diâmetro localizados em um duto de 1 m x 1 m
de secção transversal. Não há aletas fixadas nos
tubos. A água fria (𝐶𝑝 = 4180 𝐽 𝑘𝑔 . ℃) entra
nos tubos a 18 °C com uma velocidade média de
3 m/s, enquanto o ar quente ( 𝐶𝑝 =
1010 𝐽 𝑘𝑔 . ℃) entra no canal a 130 °C e 105
kPa a uma velocidade média de 12 m/s. Se o
coeficiente global de transferência de calor é de
130 𝑊 𝑚2 ℃, determinar as temperaturas de
saída de ambos os fluidos e a taxa de
transferência de calor.

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II


DATA DE ENTREGA: 10 / 03 / 2021 até as 23:55 H (Horário de Cuiabá) no sistema AVA

FORMA DE ENTREGA:
 Individual
 Pode ser feita com caneta em folha branca (letra e figuras legíveis e não use folhas de cor),
convertida em formato PDF. Esforce-se por escrever com letra legível
 Para definir as propriedades dos fluidos use as tabelas indicadas na prova.
 Esforce-se por fazer sua própria prova, só isso garante que você assimilou a disciplina. Provas
idênticas com procedimentos idênticos, podem ser anuladas

Boa prova!

Prof. Angel Malaguera Transferência de Calor II

Você também pode gostar