Você está na página 1de 8

Exercícios Cinética e Equilíbrio

1 - Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir destacam-se três exemplos no
contexto da preparação e da conservação de alimentos:

1. A maioria dos produtos alimentícios se conserva por muito mais tempo quando submetidos à refrigeração.
Esse procedimento diminui a rapidez das reações que contribuem para a degradação de certos alimentos.

2. Um procedimento muito comum utilizado em práticas de culinária é o corte dos alimentos para acelerar o
seu cozimento, caso não se tenha uma panela de pressão.

3. Na preparação de iogurtes, adicionam-se ao leite bactérias produtoras de enzimas que aceleram as reações
envolvendo açúcares e proteínas lácteas.

Com base no texto, quais são os fatores que influenciam a rapidez das transformações químicas
relacionadas?

a) Temperatura, superfície de contato e concentração


b) Concentração, superfície de contato e catalisadores
c) Temperatura, superfície de contato e catalisadores
d) Superfície de contato, temperatura e concentração
e) Temperatura, concentração e catalisadores.

2 - O eugenol, extraído de plantas, pode ser transformado em seu isômero isoeugenol, muito utilizado na
indústria de perfumes. A transformação pode ser feita em solução alcoólica de KOH.

Foram feitos três experimentos de isomerização, à mesma temperatura, empregando-se massas iguais de
eugenol e volumes iguais de soluções alcoólicas de KOH de diferentes concentrações. O gráfico a seguir
mostra a porcentagem de conversão do eugenol em isoeugenol em função do tempo, para cada experimento.
Analisando-se o gráfico, pode-se concluir corretamente que:

a) a isomerização de eugenol em isoeugenol é exotérmica.


b) o aumento da concentração de KOH provoca o aumento da velocidade da reação de isomerização.
c) o aumento da concentração de KOH provoca a decomposição do isoeugenol.
d) a massa de isoeugenol na solução, duas horas após o início da reação, era maior do que a de eugenol
em dois dos experimentos realizados.
e) a conversão de eugenol em isoeugenol, três horas após o início da reação, era superior a 50% nos três
experimentos.

3 - Um comprimido efervescente, de 4,0 g de massa, contém bicarbonato de sódio, carbonato de sódio, ácido
cítrico e ácido acetilsalicílico, todos sólidos brancos solúveis em água. Ao adicionar o comprimido à água, o
ácido cítrico reage com o carbonato e o bicarbonato de sódio, gerando gás carbônico. Foram realizados 4
experimentos para estudar a cinética da reação envolvendo os reagentes presentes no comprimido
efervescente, sendo que a condição de cada experimento encontra-se descrita a seguir.

Experimento 1. O comprimido inteiro foi dissolvido em 200 mL de água a 25 °C.

Experimento 2. Dois comprimidos inteiros foram dissolvidos em 200 mL de água a 25 °C.

Experimento 3. O comprimido triturado (4,0 g) foi dissolvido em 200 mL de água a 25 °C.

Experimento 4. O comprimido inteiro foi dissolvido em 200 mL de água a 50 °C.

Em cada experimento recolheu-se gás carbônico produzido nas mesmas condições de temperatura e pressão,
até se obter 100 mL de gás, registrando-se o tempo decorrido (t).

A alternativa que apresenta adequadamente a comparação entre esses tempos é:

a) t1 > t2 ; t1 = t3 ; t1 > t4
b) t1 = t2 ; t1 > t3 ; t1 < t4
c) t1 > t2 ; t1 > t3 ; t1 > t4
d) t1 > t2 ; t1 < t3 ; t1 = t4

4 - Em uma aula experimental, dois grupos de alunos (G1 e G2) utilizaram dois procedimentos diferentes
para estudar a velocidade da reação de carbonato de cálcio com excesso de ácido clorídrico. As condições de
temperatura e pressão eram as mesmas nos dois procedimentos e, em cada um deles, os estudantes
empregaram a mesma massa inicial de carbonato de cálcio e o mesmo volume de solução de ácido clorídrico
de mesma concentração. O grupo G1 acompanhou a transformação ao longo do tempo, realizada em um
sistema aberto, determinando a variação de massa desse sistema (Figura 1 e Tabela). O grupo G2
acompanhou essa reação ao longo do tempo, porém determinando o volume de dióxido de carbono recolhido
(Figura 2).

Note e adote:
Massa molar do CO2: 44g/mol
Volume molar do CO2: 24 L/mol
Desconsidere a solubilidade do CO2 em água
Comparando os dois experimentos, os volumes aproximados de CO2, em litros, recolhidos pelo grupo G2
após 60, 180 e 240 segundos devem ter sido, respectivamente,

a) 0,14; 0,20 e 0,25


b) 0,14; 0,34 e 0,60
c) 0,34; 0,48 e 0,60
d) 0,34; 0,48 e 0,88
e) 0,62; 0,88 e 1,10

5 - A tabela mostra a variação da velocidade inicial da reação hipotética representada pela equação A2(g) +
2B → C(g), em função das concentrações iniciais dos reagentes utilizados no processo.

Interpretando-se a tabela, considere as afirmações I, II, III e IV abaixo.

I. O valor da constante de proporcionalidade k é igual para todos os experimentos.


II. A lei cinética da velocidade pode ser expressa pela equação v = k.[A].[B].
III. Trata-se de uma reação cuja ordem global é 2.
IV. As ordens para os reagentes A e B são, respectivamente, zero e 2.

São verdadeiras, apenas as afirmações:

a) I e III
b) I e IV
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

6 - O ânion bromato reage com o ânion brometo em meio ácido gerando a substância simples bromo
segundo a equação:
- - +
BrO3 (aq) + 5 Br (aq) + 6 H (aq) → 3 Br2(aq) + 3 H2O (l)
A cinética dessa reação foi estudada a partir do acompanhamento dessa reação a partir de diferentes
- - +
concentrações iniciais das espécies BrO3 , Br e H .
Ao analisar esse processo foram feitas as seguintes observações:

I. Trata-se de uma reação de oxidorredução.

II. O ânion brometo (Br-) é o agente oxidante do processo.

III. A lei cinética dessa reação é v = k[BrO3-][Br-][H+]2.

Pode-se afirmar que estão corretas:

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) I, II e III

7 - Em um exame clínico, monitorou-se a concentração de um hormônio no sangue de um paciente, das 14 h


de um dia às 10 h do dia seguinte. Os resultados do monitoramento, organizados em períodos de quatro
horas, estão apresentados no gráfico abaixo.

–1 –1
A maior taxa de produção do hormônio, em mol.mL .h , verificada em um dos cinco períodos do exame,
corresponde a:

a) 1,0 . 1010
b) 2,0 . 10-10
c) 4,0 . 10-10
d) 5,0 . 10-10
8 - A reação química entre dois reagentes ocorre de tal forma que, ao se triplicar a concentração do reagente
A, mantendo-se fixa a concentração do reagente B, observa-se o aumento de nove vezes na velocidade
inicial de reação. Por outro lado, a variação da concentração do reagente B não acarreta mudança da
velocidade inicial da reação. Assim, é correto afirmar que a equação geral da lei de velocidade da reação,
onde v é a velocidade inicial e k é a constante de velocidade, é:

a) V=k
b) V=k[A]
c) V=k[A]²
d) V=k[A]³
e) V=k[A][B]

9 - Uma reação química hipotética é representada pela seguinte equação:

A(g)+ B(g)→ C(g)+ D(g)

e ocorre em duas etapas:

A(g)→ E(g)+ D(g) (Etapa lenta)

E(g)+ B(g)→ C(g) (Etapa rápida)

A lei da velocidade da reação pode ser dada por:

a) V=k[A]
b) V=k[A][B]
c) V=k[C][D]
d) V=k[E][B]

10 - Considere o gráfico das etapas do processo de formação do H2SO4(l).

Analisando o gráfico, conclui-se que a etapa lenta do processo é a:

a) 2, porque apresenta menor energia de ativação


b) 2, porque apresenta maior energia de ativação
c) 1, porque apresenta maior energia de ativação
d) 1, e para retardá-la pode-se utilizar um catalisador
e) 2, e para retardá-la pode-se utilizar um catalisador
11 - A combustão da gasolina pode ser equacionada por:

C8H18+ O2→ CO2+ H2O

Considere que, após uma hora e meia de reação, foram produzidos 36 mols de CO2. Dessa forma, a
velocidade de reação, expressa em número de mols de gasolina consumida por minuto, é de:

a) 3,0
b) 4,5
c) 0,1
d) 0,4
e) 0,05

12 – A solubilidade do cloreto de prata, AgCℓ, é de 1,1.10-5 mol/L. O sal dissolvido é totalmente dissociado.
Seu Kps é:

a) 1,1.10-5
b) 2,0.10-5
c) 2,0.10-10
d) 1,21.10-10
e) 1,1

13 - Um sal, representado pela fórmula XY2, tem, a 25°C, Kps = 4.10-9.

Assinale a opção que identifica a quantidade de íons X+ e Y-, respectivamente, contidos em 500 mL da
solução saturada deste sal a 25°C.

a) 2.10-9 ; 4.10-9
b) 4.10-9 ; 8.10-9
c) 8.10-9 ; 4.10-9
d) 5.10-4 ; 1.10-3
e) 1.10-3 ; 5.10-4

14 - Considere os seguintes equilíbrios:

Ag+(aq) + Cℓ-(aq) ⇄ AgCℓ(s) K = 6,0 x 109

Ag+(aq) + I-(aq) ⇄ AgI(s) K = 1,0 x 1016

a) Qual dos sais de prata é mais solúvel? Justifique.

b) Calcule a concentração de íons Ag+(aq) numa solução saturada de AgI.

15 - Os sulfetos metálicos são encontrados em grande quantidade na natureza. Sabendo-se que a 25°C o
produto de solubilidade do sulfeto de zinco, ZnS, vale 1,3 . 10-23, determine sua solubilidade, em mol/L,
nessa temperatura.

a) 3,6.10-12
b) 3,6.10-8
c) 6,4.10-5
d) 3,49.105
e) 3,6.10-4

16 - O fluoreto de hidrogênio (HF) é um ácido que se encontra 10% ionizado em solução 0,1 mol.L-1.
Calcule o pH dessa solução.

a) 1
b) 2
c) 3
d) 5
e) 6

17 - A concentração hidrogeniônica do suco de limão puro é 10 -2 mol.L-1. O pH de um refresco preparado


com 30 mL de suco de limão e água suficiente para completar 300 mL é igual a:

a) 2
b) 3
c) 4
d) 6
e) 11

18 - Na água de um aquário, a concentração de um monoácido produzido pela decomposição de bactérias é


10-4 mol/L e sua constante de ionização Ka = 1,0 x 10-8. O pH da água do aquário é:

a) 2
b) 3
c) 4
d) 5
e) 6

19) Indique qual alternativa apresenta uma substância que pode ser adicionada a uma solução aquosa de
hidróxido de amônio, formando uma solução-tampão de pH alcalino:

a) hidróxido de sódio.
b) hidróxido de cálcio.
c) ácido clorídrico.
d) cloreto de sódio.
e) cloreto de amônio.

20) O pH do sangue humano de um indivíduo saudável situa-se na faixa de 7,35 a 7,45. Para manter essa
faixa de pH, o organismo utiliza vários tampões, sendo que o principal tampão do plasma sanguíneo consiste
de ácido carbônico e íon bicarbonato. A concentração de íons bicarbonato é aproximadamente vinte vezes
maior que a concentração de ácido carbônico, com a maior parte do ácido na forma de CO2 dissolvido. O
equilíbrio químico desse tampão pode ser representado pela equação:

CO2(g)+ H2O(l) ↔ H2CO3(aq) ↔ H+(aq)+ HCO-3(aq)

Analise as afirmações seguintes:


I. Quando uma pequena quantidade de base entra em contato com uma solução-tampão, os íons hidróxido
reagem com o ácido do tampão, não alterando praticamente o pH dessa solução.

II. Quando a concentração de íons bicarbonato no sangue aumenta, o pH também aumenta.

III. Quando a concentração de CO2 no sangue aumenta, o pH diminui.

São corretas as afirmações:

a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I, II e III.

RESPOSTAS:
1–C
2–B
3–C
4-C
5–C
6–B
7–D
8–C
9–A
10 – C
11 – E
12 – D
13 – D
14 – a) AgCl
b) 10-8 mol/L
15) A
16) B
17) B
18) E
19) E
20) E

Você também pode gostar