Você está na página 1de 132

ENSINO FUNDAMENTAL • ANOS FINAIS

matemática

7 º ano

ano
ENSINO
ENSINOFUNDAMENTAL
FUNDAMENTAL• ANOS
• ANOSFINAIS
FINAIS

matemática
matemática

7
6 ºº
ano
ano

ano
ano
Presidência: Paulo Serino Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Diretor Editorial: Lauri Cericato Acerta Brasil : Matemática : 7º ano : Ensino
Diretor de Unidade de Negócios - fundamental 2 / Obra coletiva. – 2. ed. – São Paulo :
Soluções para Governos: Volnei Korzenieski Ática, 2020.
Gestão de projeto editorial: Luciana Guimarães,
Maria Fernanda e Conrado Duclos Suplementado pelo manual do professor
Coordenação pedagógica: Erika Buch Bibliografia
Colaboração: Rafael Canesin ISBN: 978-85-0819-384-4 – aluno
ISBN: 978-85-0819-385-1 – professor
Edição: lab212
Revisão: lab212 1. Matemática (Ensino fundamental)
Ilustração: lab212
Cartografia: lab212 20-1240 CDD 372.7
Licenciamento de textos: lab212
Projeto gráfico de capa e miolo: lab212 Angélica Ilacqua – CRB-8/7057
Diagramação: lab212
Foto de capa: Miroslav Halama/Shutterstock

Todos os direitos reservados por Editora Ática S.A.


Avenida Paulista, 901, 4º andar 2020
Jardins – São Paulo - SP – CEP 01310-200 2ª edição
Tel.: (0xx11) 4003-3061 1ª impressão
www.edocente.com.br / atendimento@aticascipione.com.br
apresentação
Caro aluno,
Este livro foi escrito para você!
Página por página, você será convidado
a realizar diversas atividades com o objetivo
de facilitar sua aprendizagem.
Em cada Missão, você será apresentado a
situações que permitirão a você compreender
o quanto a Matemática faz parte do
nosso cotidiano.
Faça bom uso do seu livro. Esperamos que
você aprenda muito com ele.

3
conheça seu livro
Este livro apresenta situações que permitem aprender
Matemática de um jeito fácil, lúdico e divertido.

Abertura de Unidade
Cada Unidade começa com uma situação muito legal baseada no que você vai estudar!

Entendendo
a Unidade
Texto localizado na
abertura de cada Unidade
informando o que será
estudado nela.

Ponto de partida
São apresentados
alguns questionamentos
sobre a imagem de
abertura para discussão
com os colegas.

prepare-se!

Missão Para começar o estudo de


cada capítulo, são dadas
Cada capítulo é orientações de como ter
encarado como sucesso na Missão.
uma Missão a
ser cumprida.

aquecendo
Apresenta uma
atividade resolvida
para ajudar na
execução da Missão.

4
Veja como este livro foi
organizado e aproveite bem Baú do conhecimento
os seus estudos! Traz conteúdos teóricos como reforço
para a aprendizagem e auxílio na
resolução das atividades.

Valendo! sugestão
São propostas atividades Relacionada a determinada
relacionadas aos temas atividade, relembra conceitos
estudados na Missão. ou dá orientações importantes
para a resolução.

Missão
final
Para finalizar
cada Unidade,
são propostas
atividades que
integram
os temas
estudados nas
Missões.

5
sumário

LOCALIZACÃO
GLOBAL 8

Missão 1 ................................. 10
Missão 2 ................................ 14
Missão 3 .................................17
Missão 4 ................................ 19
Missão 5 ................................22
Missão 6 ................................25
Missão 7 ................................29
Missão 8 ................................33
Missão final ...........................37

SURPRESAS DA
MATEMÁTICA 38

Missão 1 ................................ 40
Missão 2 ................................44
Missão 3 ................................48
Missão 4 ................................52
Missão 5 ................................55
Missão 6 ................................58
Missão 7 ................................ 61
Missão 8 ................................64
Missão final ...........................70

6
enigmas e a
matemática 72

Missão 1 ................................. 74
Missão 2 ................................78
Missão 3 ................................ 81
Missão 4 ................................85
Missão 5 ............................... 88
Missão 6 ................................ 91
Missão 7 ................................93
Missão 8 ................................96
Missão final ......................... 100

Volume
percentual 102

Missão 1 ............................... 104


Missão 2 ...............................107
Missão 3 ............................... 110
Missão 4 ............................... 113
Missão 5 ............................... 116
Missão 6 ............................... 119
Missão 7 .............................. 122
Missão 8 .............................. 124
Missão final ..........................127

Referências 128

7
localização
global

Cidade do Recife, Pernambuco,


Brasil em 1o mar. 2014. Vista aérea.
CACIO MURILO/
SHUTTERSTOCK

Entendendo
a unidade
Nesta Unidade, o estudo
será sobre localização no plano
e sobre giros e mudanças de di-
reção. Os números inteiros serão
colocados sobre a reta numéri-
ca e serão retomados cálculos
elementares (adição, subtração,
multiplicação e divisão) com nú-
meros naturais. Também serão
abordados os números racionais
e suas representações (frações e
decimais). Por fim, serão analisa-
dos tabelas e gráficos estatísticos.

ponto de partida

1. Antônio mora em Recife, e viajou


de carro para visitar sua avó, que
mora na cidade de Manaus. O trajeto
completo da viagem é de 4 674 km
e até o momento ele percorreu
4 do trajeto. Exprima em números
5
decimais a fração percorrida.

9
missão
Esta Missão exigirá o posicionamento de pontos por meio de coordena-

1
das cartesianas, sendo eles fixos ou sujeitos a movimentação. Também será
necessário determinar distâncias mais próximas ou caminhos mais curtos.

EF04MA16

Prepare-se!

› Observe o posicionamento inicial e final do ponto ou objeto, se a atividade for relacionada à


movimentação.
› Atente-se à maneira como se representam as coordenadas cartesianas na figura ou no gráfico.

aquecendo
A figura mostra a localização de 11 cidades, representadas pelos pontos A até K, e as ferrovias
que as interligam. José está na cidade A e vai embarcar no trem com destino a uma dessas cidades.
C
B
D

A H I

E
G J
J
LAB212

F
K

a) Se José quiser ir de A até H, quais seriam todos os trajetos possíveis, sem passar por uma cidade
mais de uma vez? Qual caminho ele deveria seguir, de forma a passar pela menor quantidade
possível de cidades?
b) O trecho entre as cidades F e G está interditado para reparos. Hélio está na cidade F e precisa ir
para a cidade E. Qual é o caminho mais curto que poderá seguir?
c) Paulo César quer passar de trem por todas as linhas, sem repeti-las. Isso é possível? Se não for, é
possível retirar apenas o trecho entre duas cidades para que o trajeto de Paulo César se realize?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Estando em A, José pode ir até H pelos caminhos:
ACDBIH
ACJH

10
AEGFJH
AEGFKIH
O caminho mais curto é ACJH.
b) O caminho mais curto seria FG, que está interditado. Nesse caso, o trajeto mais curto é FJCAE.
c) Não é possível passar por todas as linhas sem repeti-las. Isso ocorre porque às cidades C, F, I e J chegam
três linhas de trem. Se um trem chega e parte de uma delas, ainda deverá retornar e terminar por aí sua
jornada (ou iniciar aí). Como são quatro cidades e só há uma cidade de partida e uma de chegada, não é
possível. Para que Paulo César consiga seu objetivo, deve desprezar a linha de trem entre C e J. Ainda assim,
deverá iniciar e terminar a jornada em F passando por I ou iniciar em F e terminar em G passando por I.

baú do conhecimento

Quando se necessita determinar a distância de um ponto A a uma reta r, deve-se tomar


o comprimento do segmento de reta com extremidades no ponto A e num ponto na reta r, de
modo que esse segmento seja perpendicular à reta. Esse é um princípio básico de posiciona-
mento, tanto no plano como no espaço.

Valendo!
1. Analise a cartela do jogo a seguir:

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

LAB212
A

11
Legenda do jogo:

LAB212
Submarino

Rebocador

Contratorpedeiro

Cruzador

a) Em quais coordenadas estão posicionados os quatro submarinos?

b) O rebocador foi atingido em quais coordenadas?

c) Se o tiro for dado nas coordenadas (8, F), qual embarcação será atingida?

2. No quadro, cada linha é representada por uma letra de A a D e cada coluna é representada por um
número de 1 a 6.

1 2 3 4 5 6

B X

O X está na posição:
(A) A3.
(B) B2.
(C) B3.
(D) C2.

12
3. Algumas quadras de uma cidade foram representadas na figura. Cada quadrado tem lado medindo
100 metros e as ruas Hipo e Pótamo estão destacadas em vermelho e azul, respectivamente. Alguns
alunos tecem algumas considerações sobre os três pontos (A, B e C) marcados na figura. Observe:
Alexandre: — O ponto A está mais próximo da rua Hipo do que da rua Pótamo.
Maurício: — O ponto B está mais próximo da rua Hipo do que da rua Pótamo.
Heraldo: — O ponto C é o mais distante da rua Hipo.
José: — O ponto A é o mais distante da rua Pótamo.

LAB212
B
Rua Hipo

Rua Pótamo

A única consideração correta foi dita por:


(A) Alexandre. (B) Maurício. (C) Heraldo. (D) José.

4. Ricardo desenhou uma “teia circular” com centro no ponto O, de onde partem 8 semirretas, nas
direções nomeadas com as letras do alfabeto, de A a H. Cada um dos pontos marcados possui
uma letra, que indica sua direção, e um número, que indica sua distância até o ponto O.
LAB212

A6

B5 H5
A3

B2 H2
C4 C3 O G2
G2 X

F2
D3
F4
E4

E6

O ponto X pode ser denominado:


(A) F5. (B) F6. (C) G5. (D) G6.

13
missão
Nesta Missão serão retomados os giros no sentido horário e anti-horário.

2
Algumas atividades exigirão que você divida o ângulo de 360o, para determinar
seus divisores.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre como identificar giros nos sentidos horário e anti-horário.


› Atente-se à divisão do ângulo de 360o por seus divisores.

aquecendo
A rosa dos ventos, ilustrada na figura, é utilizada para localização e N
navegação geográfica e é composta de quatro pontos cardeais — norte NO NE
NNO NNE
(N), sul (S), oeste (O) e leste (E) —, quatro pontos colaterais (representa-
dos por duas letras) e oito subcolaterais (representados por três letras), ONO ENE
todos igualmente espaçados.

LAB212
O E
Nessas condições, responda:
OSO ESE
a) A agulha de uma bússola quebrada com a rosa dos ventos
estava apontando na direção NE (Nordeste) e girou 135o no so SSO SSE SE
sentido horário. Após esse giro, a agulha da bússola passará
a apontar para que ponto geográfico? S

b) Um escoteiro utilizou uma bússola para se localizar no meio da floresta. A agulha apontava para
o norte, e ele ia começar a caminhar nessa direção, quando se lembrou de que o acampamento
estava a sul-sudeste (SSE). Quantos graus girou seu corpo para seguir esse sentido?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Se forem considerados apenas os pontos cardeais e colaterais, cada giro entre pontos consecutivos equi-
vale a 360o : 8 = 45o. Para girar 135o deve passar por 135o : 45o = 3 pontos no sentido horário, ou seja,
parará na posição S (sul).
Pode-se também pensar da seguinte maneira: 135o = 45o + 90o. Girando no sentido horário 45o a partir
de NE, chega-se a E, e com mais um giro de 90o atinge-se o ponto S (sul).
b) Se o escoteiro estava voltado para o norte e deveria seguir a direção sul-sudeste (SSE), precisou girar
quase 180o. De N até E girou 90o, de E até SE girou mais 45o e de SE até SSE teve que girar metade de 45o
(45o : 2 = 22,5o). Sendo assim:
90o + 45o + 22,5o = 157,5o

14
baú do conhecimento

Um círculo apresenta 360o em seu ângulo central. Esse número possui 24 divisores inteiros
e positivos, ou seja, podemos ”fatiá-lo” de 24 maneiras diferentes de modo que o ângulo central
de cada setor circular também seja um número inteiro e positivo. De 2 a 10, só não é possível
sua divisão exata por 7. Veja a divisão de 360o por alguns números:

360o 360o 360o 360o 360o


= 180o, = 120o, , = 40o , = 30o , = 20o
2 3 9 12 18

Valendo!
1. Nos relógios abaixo, indique o menor ângulo formado entre os ponteiros e escreva o horário indi-
cado pelo relógio (lembre-se: ponteiro pequeno → horas; ponteiro grande → minutos):

SHUTTERSTOCK/GZP_DESIGN
a) d) g)

b) e) h)

c) f) i)

15
2. A imagem mostra uma hélice de avião composta de três pás, igualmente dispostas em torno de
seu centro. As semirretas amarelas representam os eixos centrais de duas pás e o ângulo entre
elas está em vermelho.

LAB212
Esse ângulo mede:
(A) 60o. (C) 240o.
(B) 120o. (D) 360o.

3. Qual é o ângulo central de um pedaço de pizza em formato circular, se for dividida em 12 pe-
daços iguais?
(A) 30o. (C) 60o.
(B) 45o. (D) 90o.

4. A figura ilustra um seletor circular de ar-condicionado, cujas demarcações de temperaturas, em


graus Celsius (oC), foram igualmente espaçadas, girando no sentido anti-horário em torno do
ponto A. No momento, a temperatura escolhida é de 5oC.
o
C
LAB212

40 10

35 A 15

30
20

25

Se, a partir dessa configuração, o seletor for posicionado em 20oC, sem completar uma volta,
o ângulo de giro terá sido de:
(A) 90o. (C) 225o.
(B) 135o. (D) 270o.

16
missão
Nesta Missão serão propostas atividades para completar a reta numérica

3
com os números necessários, positivos e negativos, além de se deslocar sobre
ela, a fim de determinar o posicionamento final de pontos que se movimentam.

EF04MA16

Prepare-se!

› Complete a reta numérica com os números que faltam para se situar.


› Tome cuidado ao subtrair número positivo de número negativo, para determinar a diferença
entre marcações da reta numérica.

aquecendo
Observe a reta numérica:

A −8 −5

LAB212
a) Complete-a com os números que estão faltando.

b) Qual valor corresponde ao ponto A?

c) A partir do ponto A, desloque-se 12 marcações para a direita, 12 unidades para a esquerda e pare.
Qual é o valor indicado na reta numérica, após essas movimentações?

RESOLVENDO A QUESTÃO
Para preencher a reta numérica, será necessário saber os inteiros negativos.
a) A reta numérica preenchida é:

A
LAB212

−26 −23 −20 −17 −14 −11 −8 −5 −2 1 4 7 10 13 16 19

b) O ponto A equivale a −26.

c) Os pontos consecutivos da reta numérica estão separados por −5 − (−8) = 3 unidades. Deslocando-se
12 marcações do ponto A, alcançaremos − 26 + 12 ⋅ 3 = 10. Voltando-se 12 unidades para a esquerda,
pararemos em 10 − 12 = −2, ou seja, houve um deslocamento de 4 demarcações de 3 unidades cada.

17
baú do conhecimento

Quando há números negativos na reta numérica, muitas vezes a diferença entre marcas
consecutivas (ou não) é calculada erroneamente. Veja o exemplo:

LAB212
−2 3

Alguns alunos imaginam que a diferença seja de 1 unidade (3 − 2 = 1). No entanto, deve-se
efetuar a subtração: 3 − (−2) = 3 + 2 = 5. Isso significa que as marcas consecutivas diferem em
5 unidades. Os termos seguintes a 3 serão: 8, 13, 18, 23 etc.

Valendo!
1. Complete a reta numérica com os números que estão faltando nos pontos.

a) −9 −3

LAB212
1

b) −12 −8

LAB212
1

2. Na reta numérica, foram marcados os números −23 e −15 e os pontos A e B.


−23 A −15 B

LAB212
Qual é a distância entre os pontos A e B?
(A) 19. (B) 38. (C) 45. (D) 64.

3. Na reta numérica estão marcados o ponto A e os números −7 e −3.


A −7 −3 LAB212

São dados os comandos:


› Partindo de A, ande 10 marcações para a direita.
› Em seguida, ande 10 unidades para a esquerda.
› Por fim, ande 5 unidades para a direita e marque o ponto B.
O número da reta numérica associado ao ponto B é:
(A) 2. (B) 3. (C) 4. (D) 5.

4. Na reta numérica, a diferença entre os valores que representam os pontos A e B é 100.


O número associado ao ponto C é:
A C −3 B
LAB212

(A) −5. (B) −8. (C) −22. (D) −28.

18
missão
Nesta Missão serão retomados os conteúdos dos anos anteriores, uma

4
vez que será necessário efetuar cálculos de adição, subtração, multiplicação
e divisão de números naturais para resolver problemas.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre as operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.


› Leia e interprete o problema, a fim de determinar qual é a operação matemática necessária.

aquecendo
Quatro amigos estão conversando sobre a quantia em dinheiro que possuem. Observe.

Eu tenho 19 reais a Eu tenho 23 reais a Eu tenho 9 reais a É verdade, Carlos.


mais que Renato. menos que Carlos. mais que Marcelo. E nós dois, juntos,
temos 57 reais.

LAB212

a) Quantos reais tem cada um dos amigos?


b) Se eles forem a um restaurante e juntos gastarem R$ 100,00; reunindo todo o dinheiro que pos-
suem, será possível pagar a conta? Quanto sobrará ou faltará?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Vamos iniciar com a fala de Marcelo. Ele e Carlos têm, juntos, 57 reais, mas Carlos tem 9 reais a mais
que Marcelo. Isso significa que, se retirarmos 9 reais de Carlos, ele e Marcelo terão a mesma quantia.
Dessa forma, 57 − 9 = 48 reais, que dividindo por 2 resulta em 24 reais. Conclui-se que Marcelo tem
24 reais e Carlos tem 24 + 9 = 33 reais (devolvemos os 9 reais para ele).

19
Como Renato tem 23 reais a menos que Carlos, ele tem 33 − 23 = 10 reais. Por sua vez, Fábio tem 19 reais
a mais que Renato, o que resulta em 10 + 19 = 29 reais.
Logo: Fábio tem 29 reais, Renato tem 10 reais, Carlos tem 33 reais e Marcelo tem 24 reais.
b) Juntos, eles têm 29 + 10 + 33 + 24 = 96 reais. Se o total da conta no restaurante for 100 reais, não será
possível pagá-la, pois faltarão 100 − 96 = 4 reais.

baú do conhecimento

É possível transformar o produto de dois números, com dois algarismos cada um, em um
produto de um número com dois algarismos e outro com um algarismo, se um deles for par.
Veja os exemplos:
41 ⋅ 12 = 41 ⋅ 2 ⋅ 6 = 82 ⋅ 6
O número 12 pode ser fatorado em 2 ⋅ 6, e o termo 2 pode multiplicar o 41. Efetuar
82 ⋅ 6 é mais simples que 42 ⋅ 12.
Quando um dos números é 25, o “truque” pode auxiliar, ainda mais se o outro número
for múltiplo de 4:
25 ⋅ 68 = 25 ⋅ 2 ⋅ 34 = 50 ⋅ 34 = 50 ⋅ 2 ⋅ 17 = 100 ⋅ 17 = 1 700

Valendo!
1. Durvalina precisa de 5 sacos de cimento de 50 kg para terminar uma obra em sua casa. Cada saco
de cimento custa R$ 20,00.
MACROVECTOR/
FREEPIK.COM

R$
20
,00
R$
20
,00
R$
20
,00
R$
20
,00
R$
20
,00

a) Quanto Durvalina gastará com a compra dos 5 sacos de cimento?

b) Se R$ 20,00 equivalem a 2 000 centavos, quantos centavos custa 1 kg de cimento?

20
2. Em uma sessão de cinema, foram vendidas 23 entradas inteiras, que custam R$ 24,00 cada uma,
e 32 meias-entradas, ao custo de R$ 12,00 cada.
A arrecadação do cinema com essa sessão foi de:
(A) R$ 928,00.
(B) R$ 936,00.
(C) R$ 1 044,00.
(D) R$ 1 028,00.

3. Dona Gema recebe R$ 2 200,00 mensalmente pelo seu trabalho em um escritório. Para ir e voltar
gasta R$ 15,00, diariamente. Em determinado mês, foi e voltou 22 vezes ao trabalho.
Descontando o gasto com transporte, quanto dona Gema recebeu nesse mês, em reais?
(A) 1 870.
(B) 1 973.
(C) 2 050.
(D) 2 163.

4. Uma turma de 43 alunos resolveu homenagear sua professora e combinou de comprar-lhe um pre-
sente. Cada aluno deveria contribuir com 4 reais, no entanto, 4 alunos não puderam participar.
Qual foi o preço do presente da professora?
(A) R$ 152,00.
(B) R$ 154,00.
(C) R$ 156,00.
(D) R$ 158,00.

21
missão
Nesta Missão será explorada a conversão de números racionais na forma

5
decimal para a forma fracionária e vice-versa. Em todas as atividades, as
frações devem ser irredutíveis, ou seja, simplificadas até o máximo possível.

EF04MA16

Prepare-se!

› Observe o número de casas decimais para converter corretamente o número racional para
sua forma fracionária.
› Simplifique as frações, quando for possível.

aquecendo
A imagem mostra vários números decimais, alguns deles repetidos, como 0,624, 0,824 e 0,854.

CHEREZOFF/SHUTTERSTOCK
,
, ,

,
,
,
, ,
,
,
,
, ,
,
, ,
, ,
, ,
,
, ,
,
, ,
, ,

a) Exprima esses três números em forma de fração irredutível.

b) Os números 0,125 e 0,756 também aparecem repetidos. Quais são suas formas fracionárias?

22
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Os números decimais citados têm três casas após a vírgula. Sendo assim, a fração que os representa terá
denominador igual a 1 000, ou seja, com 3 zeros. Mas não vamos nos esquecer de simplificar as frações...

624 624 : 2 312 : 2 156 : 2 78


0,624 = = = = = (É possível simplificá-la, dividindo-a diretamente
1 000 1 000 500 : 2 250 : 2 125
por 8.)

0,824 = 824 = 824 : 8 = 103 (Nesse caso, foi dividida diretamente por 8.)
1 000 1 000 : 8 125

854 854 : 2 427


0,854 = = =
1 000 1 000 : 2 500

b) Os números 0,125 e 0,756 em suas formas fracionárias são:

125 125 : 5 25 : 5 5 : 5 1
0,125 = = = = =
1 000 1 000 : 5 200 : 5 40 : 5 8

0,756 = 756 = 756 : 2 = 378 : 2 = 189


1 000 1 000 : 2 500 : 2 250

baú do conhecimento

Para converter uma fração em um número decimal, basta dividir o numerador pelo deno-
minador. No entanto, há um truque interessante: se o denominador dividir 10, 100, 1 000 ou
qualquer múltiplo de 10, pode-se multiplicar o numerador e o denominador por determinado
3
número de modo a obter um desses denominadores. Por exemplo, o número :
5
3 3 2 6
= = = 0,6
5 5 2 10
7
Outro exemplo, agora com o número :
4
7 7 25 1 75
= = = 1,75
4 4 25 1 00

Valendo!
1. Determine a fração irredutível que equivale aos números decimais abaixo.
a) 0,25. b) 0,36. c) 1,025.

23
2. O número racional 10,075 equivale à fração:
31
(A) .
3

301
(B) .
30

43
(C) .
4

403
(D) .
40

3
3. A fração equivale a:
8

(A) 0,375.
(B) 0,38.
(C) 3,75.
(D) 3,8.

4. Pedro precisa pintar 720 m2 de parede de sua casa. Ele já pintou 540 m2.
O número decimal que exprime a fração que Pedro já pintou do total de m2 de parede de sua casa é:
(A) 0,54.
(B) 0,64.
(C) 0,72.
(D) 0,75.

24
missão
Esta Missão requer a identificação de frações a partir de várias represen-

6
tações, sobretudo gráficas. Dessa maneira, na maioria das atividades, essas
representações são apresentadas.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre o conceito de numerador e denominador.


› Durante a leitura, identifique os trechos do texto que correspondem às imagens apresentadas.
Grife-os ou contorne-os com lápis.

aquecendo
Observe as figuras a seguir.

NATTIYAPP/SHUTTERSTOCK

25
Se em cada figura considera-se a parte pintada como o numerador de uma fração e o total como o
seu denominador, responda:
1
a) Quais imagens representam a fração ?
4
b) Quais são as frações representadas na quarta linha? Imagine que fosse pintada mais uma sub-
divisão de cada figura, exceto nas que representam um inteiro. Quais seriam as novas frações?

RESOLVENDO A QUESTÃO
1
a) Das 49 imagens, em 6 delas está representada a fração . São elas:
4

NATTIYAPP/
SHUTTERSTOCK
b) A quarta linha está representada a seguir.

NATTIYAPP/
SHUTTERSTOCK
1 1 1 1 1 1 1
As frações são 1, , , , 1, , , , . Para obter as novas frações, deve-se adicionar uma unidade ao
2 4 10 2 4 8 16
numerador:
1 2
=1
2 2
1 2 1
=
4 4 2
1 2 1
=
10 10 5
1 2 1
=
8 8 4
1 2 1
=
16 16 8

baú do conhecimento

Muitas vezes, nas questões, as frações são escritas na forma irredutível. No entanto, nem sempre
é assim. Há casos em que as frações redutíveis é que devem ser assinaladas nas alternativas das
36
questões. Vamos supor, por exemplo, que a fração determinada como resultado seja . Simpli-
48
6 3
ficando por 6 (melhor seria simplificá-la por 12), obtém-se e, simplificando por 2, chega-se a .
8 4
3
No entanto, vamos imaginar que não haja essa opção entre as alternativas. Tome, então, a fração
4
e multiplique o numerador e o denominador por 3, por 4 ou por 5, até que obtenha o número
apresentado em uma das alternativas. Ou, então , simplifique as frações redutíveis das alterna-
3
tivas, até que encontre .
4

26
Valendo!
1. Observe o calendário de fevereiro de 2020.

FEVEREIRO 2020
Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
25: Carnaval 26: Cinzas

a) Se hoje é 12 de fevereiro de 2020, qual é a fração do mês que já se passou?

b) Marcos está contando os dias para o início do Carnaval, dia 22. Se ainda é dia 3, qual fração do
mês falta para que chegue o dia esperado por Marcos?

2. Um suco concentrado deve ser feito com 1 parte de suco e 2 partes de água.
Qual das figuras representa a situação corretamente, sendo o suco a parte vermelha e a água a
parte azul?
(A) (C)
ILUSTRAÇÕES: LAB212

(B) (D)

27
3. Jorge começou a montar um quebra-cabeça de 3 000 peças. No primeiro dia, conseguiu encaixar
120 peças; nos 3 dias seguintes, sempre 20 peças a mais que no dia anterior.
Após esses 4 dias, qual é a fração que já foi encaixada, em relação ao total?

6
(A) .
20
8
(B) .
20

6
(C) .
30
8
(D) .
30

Em muitas questões, são pedidas frações que “faltam”. Por exemplo: comi 3 pedaços de uma pizza
que foi cortada em 8 pedaços iguais. Qual fração sobrou da pizza?
5
Pode-se simplesmente calcular quantos pedaços não foram comidos (8 − 3 = 5) e escrever a fração: .
8
3
Também é possível calcular a fração consumida e completar um inteiro:
8

8 3 5
=
8 8 8

4. Uma corrida tem 64 voltas. Já foram completadas 36 voltas.


Qual fração representa o número de voltas que ainda faltam em relação ao total de voltas da corrida?
1
(A) .
36

1
(B) .
64

7
(C) .
16
9
(D) .
16

28
missão
Frações equivalentes são aquelas que, se simplificadas, igualam-se. Nesta

7
Missão, você deverá relembrar a tabuada e obedecer à regra de dividir o nu-
merador e o denominador da fração pelo mesmo número.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre a tabuada.
› Divida o numerador e o denominador de cada fração pelo mesmo número, quando for possível.

aquecendo
A fotografia mostra vários dados com frações em sua face superior, todas irredutíveis. São elas:
5 1 1
Dados vermelhos: , e

CHALERMPON POUNGPETH/SHUTTERSTOCK
12 3 12
1 3 1 1
Dados verdes: , , e
8 4 4 8
1
Dado branco:
2

Nessas condições, faça o que


se pede.
a) Escreva frações equivalentes
às mostradas na face supe-
rior dos dados vermelhos,
com denominador 24.
b) Escreva frações equivalentes
às mostradas na face supe-
rior dos dados verdes, com
denominador 24.

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Vejamos:

5 5 2 10 1 1 8 8 1 1 2 2
= = = = = =
12 12 2 24 3 3 8 24 12 12 2 24

29
b) Observe:
1 1 3 3 3 3 6 18 1 1 6 6
= = = = = =
8 8 3 24 4 4 6 24 4 4 6 24

baú do conhecimento

A representação gráfica de uma fração pode não corresponder exatamente à sua repre-
sentação escrita. Veja o exemplo:

LAB212
4 1
Há 4 quadradinhos pintados, em um total de 16, o que nos remete à fração = .
16 4
3 9
No entanto, pode-se também considerá-la como , ou até . Basta multiplicar o numerador
12 36
e o denominador pelo mesmo número.

Valendo!
1. Renata desenhou duas estrelas e dividiu a primeira em 8 triângulos congruentes, pintando
dois deles de azul. A segunda foi dividida em 12 triângulos congruentes, e ela pintou um deles
de vermelho.
ILUTRAÇÕES: LAB212

30
a) Qual fração representa os triângulos azuis do total de triângulos da primeira estrela?

b) Para que a fração que representa os triângulos vermelhos pintados em relação a todos os triân-
gulos da segunda estrela seja equivalente à fração do item anterior, quantos triângulos Renata
deve pintar de vermelho?

2. A figura representa um triângulo dividido em 16 triângulos menores congruentes, sendo 4 verme-


lhos e 12 brancos. Aisla escreveu o número de triângulos brancos no numerador de uma fração e o
total de triângulos menores no denominador.
LAB212

Uma fração equivalente à escrita por Aisla é:

4
(A) .
8

4
(B) .
12

6
(C) .
8

6
(D) .
12

31
144
3. Em qual figura a parte pintada em relação ao total representa a fração ?
240

(A) (C)

LAB212

LAB212
(B) (D)
LAB212

LAB212

4. A figura é formada por 6 triângulos brancos e 2 verdes.


Quatro pessoas opinam sobre a fração que é a razão
entre o número de triângulos verdes e o total de triân-
gulos congruentes a eles.
20
Luciano: — Tenho certeza de que é .
60
12
Elis: — Não, é .
48
12
Letícia: — Penso que seja .
36
LAB212

6
Rodrigo: — Só pode ser .
24
A dupla que acertou foi:
(A) Luciano e Elis.
(B) Luciano e Letícia.
(C) Elis e Rodrigo.
(D) Letícia e Rodrigo.

32
missão
Nesta Missão serão apresentadas tabelas, das quais você deverá identi-

8
ficar e extrair os dados mais relevantes. Também haverá gráficos de linha e
gráficos de colunas ou de barras, com dados a serem interpretados.

EF04MA16

Prepare-se!

› Em um gráfico de linha, verifique todos os pontos e suas coordenadas em x e y. Também


verifique em que trechos ele é crescente, constante e decrescente.
› Em um gráfico de colunas ou de barras, atente-se aos eixos horizontal e vertical, além da legenda.

aquecendo
O gráfico abaixo ilustra as médias salariais brasileiras no ano de 2017.

Médias salariais* no Brasil em 2017

LAB212

Brasil Mulheres Homens Brancos Pretos Pardos


R$ 2 178 R$ 1 868 R$ 2 410 R$ 2 814 R$ 1 570 R$ 1 606

* Rendimento médio mensal real de todos os trabalhos, da população ocupada (pessoas de 14 anos ou mais de idade que, na semana de referência da pesquisa,
trabalharam pelo menos uma hora em trabalho remunerado, ou em trabalho sem remuneração direta em ajuda à atividade econômica de parente, ou, ainda, as que
tinham trabalho remunerado do qual estavam temporariamente afastadas nessa semana).

Ilustração simplificada para fins pedagógicos

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2017.
Trabalho e rendimento. Disponível em: <https://educa.ibge.gov.br/criancas/brasil/nosso-povo/19626-trabalho-e-rendimento.html>. Acesso em: 24 abr. 2020.

Nessas condições, responda:


a) Qual é a diferença entre o salário médio de homens e o de mulheres?
b) Dos 5 grupos apresentados, quantos têm o salário médio abaixo da média do Brasil?

33
c) Excluindo-se a média brasileira, qual é a maior diferença de médias salariais e entre quais grupos
isso ocorre?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Para descobrir a diferença entre o salário médio de homens e o de mulheres, basta efetuar a subtração:
2 410 − 1 868 = 542 reais
Portanto, a diferença é de R$ 542,00, a favor dos homens.
b) Os grupos que têm salários abaixo da média nacional são mulheres, pretos e pardos.
c) A maior diferença está entre brancos (R$ 2 814,00) e pretos (R$ 1 570,00). A diferença é de:

2 814 − 1 570 = 1 244 reais

baú do conhecimento

Em gráficos de linha, é frequente que se pergunte sobre a diferença entre marcas consecu-
tivas, sobretudo qual seria o trecho com maior aumento e maior diminuição. Para determinar
ambos, basta observar a maior inclinação entre marcas consecutivas, ou seja, o trecho mais
inclinado. Para o maior aumento, deve-se observar o trecho crescente com maior inclinação, e,
para a maior diminuição, o trecho decrescente com maior inclinação. O gráfico a seguir repre-
senta uma situação fictícia:

Gráfico de linha

LAB212
16

14

12
Quantidade

10

Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Mês

Dados fictícios. Elaborado em 2020.

O maior aumento ocorre no trecho crescente mais inclinado, entre julho e agosto. Já a maior
diminuição ocorre entre setembro e outubro, que é o trecho decrescente mais inclinado.

34
Valendo!
1. Luciano determinou sua massa corporal, em kg, efetuando pesagens no início de cada um dos qua-
tro primeiros meses do ano, conforme ilustra a imagem.

Massa de Luciano

LAB212
123
122,5

122

121
120,3
Massa (kg)

120
119,4

119
118,5
118,2
118

117

116
1o/jan. 1o/fev. 1o/mar. 1o/abr. 1o/maio

Dia da pesagem

Dados fictícios. Elaborado em 2020.

a) Quando foi a maior massa atingida por Luciano nesse período?

b) Entre quais dias de pesagens consecutivas a perda de massa foi maior?

2. O gráfico de barras mostra o rendimento médio mensal, por região brasileira, no ano de 2017.

Rendimento médio mensal*, por Região (2017)


LAB212

Brasil R$ 2 112

Nordeste R$ 1 429

Norte R$ 1 514
R$ 2 373
Sul
R$ 2 459
Sudeste

Centro-Oeste R$ 2 479

R$ 0 R$ 1 000 R$ 2 000 R$ 3 000

* Rendimento médio mensal real da população residente, com rendimento,


efetivamente recebido no mês de referência, a preços médios do ano

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios
Contínua (PNAD Contínua) 2017. Trabalho e rendimento. Disponível em: <https://educa.ibge.gov.br/
jovens/conheca-o-brasil/populacao/18314-trabalho-e-rendimento.html>. Acesso em: 24 abr. 2020.

Calculando-se a diferença entre o maior e o menor rendimento médio mensal em 2017, obtém-se:
(A) 1 030. (B) 1 050. (C) 1 130. (D) 1 150.

35
3. A avaliação de uma disciplina é feita pela soma das notas de três provas, cada qual valendo no máxi-
mo 100 pontos. O quadro ilustra a nota média de homens e mulheres que cursaram essa disciplina.

Prova 1 Prova 2 Prova 3

Homens 79 77 82

Mulheres 81 84 76

Quatro alunos debateram sobre o resultado:


Maria: — Os homens foram melhores nessa disciplina.
Fernanda: — As mulheres foram melhores que os homens em 2 dessas provas.
José: — Homens e mulheres, na média, obtiveram as mesmas notas.
Rodolfo: — Na média, os alunos foram melhores na prova 3.
Quem concluiu corretamente foi:
(A) Maria.
(B) Fernanda.
(C) José.
(D) Rodolfo.

4. O gráfico de barras mostra a quantidade mensal de máquinas vendidas no primeiro quadrimestre


de determinado ano. Sabe-se que o total de máquinas vendidas nesse período foi de 120.

Máquinas vendidas
LAB212

abril

março 49
Mês

fevereiro 32

janeiro 12

0 20 40 60
Quantidade

Dados fictícios. Elaborado em 2020.

O número de máquinas vendidas em abril desse ano é:

(A) 24.
(B) 25.
(C) 26.
(D) 27.

36
missão final
1. A roleta colorida utilizada em um programa de TV representada na figura gira em torno do pon-
to A, no sentido anti-horário, e inicialmente está posicionada no ponto B, como indica a seta. Os
pontos B, C, D e E estão igualmente espaçados. A tabela mostra o prêmio em dinheiro recebido
por um participante, em reais, de acordo com a cor indicada pela seta após a roleta ser girada.
C
Prêmios da roleta
Cor Prêmio (R$)
Verde 100,00

LAB212
A B
D
Vermelho 200,00
Azul 300,00
Amarelo 400,00
E
Dados fictícios. Elaborada em 2020.

a) O participante receberá quantos reais, se o ângulo, após o giro da roleta, for igual a 260o?

b) Desenhe o gráfico de colunas que representa os prêmios da roleta.

c) Após girar 260o e parar, o candidato rodou novamente a roleta, que girou 2 voltas completas
e mais 120o. Quantos reais ele ganhou nessa segunda rodada?

37
surpresas da
matemática

Pirâmide do Louvre
em Paris, França. Monumento
inaugurado em 1989 e projetado
pelo arquiteto Ieoh Ming Pei.
TUPUNGATO/SHUTTERSTOCK

Entendendo
a unidade
Nesta Unidade, o estudo será
sobre a planificação de sólidos
geométricos. Outro assunto tra-
tado será o perímetro de polígo-
nos (inclusive em malha quadri-
culada), além da conversão de
unidades de áreas. Assim como
no ano anterior, será abordada
a posição de algarismos em nú-
meros decimais, que serão adici-
nados, subtraídos, multiplicados
e divididos em uma das Missões.
A proporção entre duas grande-
zas e o uso da regra de três serão
outros conteúdos a serem estu-
dados, bem como os gráficos de
barras, colunas e setores.

ponto de partida

1. O famoso monumento no Museu do


Louvre tem a forma de qual sólido
geométrico?
2. Faça uma pesquisa e descubra a altura
e a área da base desse monumento.

39
missão
Esta Missão compreende a comparação entre uma figura tridimensional

1
e sua planificação. Modelos em papel ou cartolina podem auxiliar a visualizar
a planificação e seu aspecto tridimensional.

EF04MA16

Prepare-se!

› As imagens são importantes para resolver cada atividade. No entanto, não se precipite: não
analise os elementos do sólido geométrico de forma aleatória.
› Ao sentir dificuldade em visualizar o sólido a partir da planificação, copie-a em uma folha de
papel e dobre-a a fim de montar o sólido.

aquecendo
A figura mostra quatro sólidos geométricos estudados em Matemática. O azul é um prisma com base
retangular, as demais são pirâmides, que diferem pela base: a verde tem base quadrangular, a rosa tem
base triangular e a laranja tem base pentagonal.

BESJUNIOR/SHUTTERSTOCK

a) Quantas faces e quantos vértices tem cada sólido?


b) Planifique o sólido que possui mais faces.

40
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) O quadro abaixo resume o número de faces e vértices de cada sólido:

Cor do sólido Número de faces Número de vértices


Azul 6 8
Verde 5 5
Rosa 4 4
Laranja 6 6

b) O sólido que possui mais faces é a pirâmide laranja, com base pentagonal. Observe a seguir sua planificação.

LAB212

baú do conhecimento

O número de vértices de um prisma cujo polígono da base tem n lados é sempre 2n, pois
cada base tem n vértices. Por exemplo: o prisma triangular tem 3 vértices em cada base, e um
total de 2 ⋅ 3 = 6 vértices.

Valendo!
1. A figura mostra uma caixa em formato de prisma hexagonal aberta.
FOTOSEN55/SHUTTERSTOCK

41
a) Quantas faces e quantos vértices tem esse prisma, ao ser fechado?

b) Qual é o formato das faces?

2. A figura mostra a planificação de um sólido de papelão, com 6 faces. As sete abas, em formato de
trapézio, servem para colar a peça.

LAB212

Qual sólido pode ser formado a partir dessa planificação?

(A) (C)
ILUSTRAÇÕES: LAB212

(B) (D)

42
3. A figura é um octaedro regular. Ele é composto por duas pirâmides regulares de base quadrada
conectadas.

LGORDA/SHUTTERSTOCK
O número de vértices do octaedro regular é:

(A) 5. (B) 6. (C) 8. (D) 10.

4. A imagem mostra vários cubos.

KOVALOV ANATOLII/SHUTTERSTOCK

A figura que NÃO representa a planificação de um cubo é:

(A) (C)

(B) (D)

43
missão
A redução e a ampliação de polígonos em malha quadriculada serão foco

2
de estudo desta Missão, em que serão comparadas as medidas lineares, ou
seja, de lados e de perímetros desses polígonos.

EF04MA16

Prepare-se!

› Fique atento às medidas de lados correspondentes entre os polígonos semelhantes.


› Determine a constante de proporcionalidade a partir da relação entre medidas lineares
correspondentes.

aquecendo
Maria Vitória desenhou a planta de sua casa em formato de retângulo em folha de papel quadricu-
lado, representada na figura pelo polígono ABCD. No interior da propriedade, há uma área construída,
representada pelo retângulo EFGH.
LAB212

A D

E H

F G

B C

Nessas condições, responda:


a) Os retângulos ABCD e EFGH são semelhantes, ou seja, um é a ampliação ou redução do outro?

b) Se o perímetro de EFGH é 53 m, qual é o perímetro de ABCD?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Para saber se os retângulos são semelhantes, basta comparar as medidas correspondentes:
AD (8 quadradinhos de comprimento) é o dobro de EH (4 quadradinhos de comprimento).
AB (4 quadradinhos de comprimento) é o dobro de EF (2 quadradinhos de comprimento).

44
As medidas dos lados do retângulo ABCD são o dobro das medidas dos lados do retângulo EFGH e, sendo
assim, os retângulos são semelhantes.
b) A relação entre os perímetros é a mesma que a relação entre os lados, ou seja, o perímetro do retângulo
ABCD é o dobro do perímetro do retângulo EFGH.
Perímetro de ABCD = 2 ⋅ perímetro de EFGH → 2 ⋅ 53 = 106 m
O perímetro do retângulo ABCD é 106 m.

baú do conhecimento

Quando se multiplicam todas as medidas lineares de um polígono por k, seu perímetro


também será multiplicado por k. Isso é fácil de provar em um retângulo, por exemplo, de lados
x e y. A medida de seu perímetro é x + y + x + y = 2x + 2y. Se dobrarmos as medidas de seus
lados, passarão a ser 2x e 2y e o novo perímetro será 2x + 2y + 2x + 2y = 4x + 4y, que é o
dobro de 2x + 2y. Vejamos um exemplo numérico:
Um retângulo tem lados medindo 3 e 4, ou seja, tem perímetro 3 + 4 + 3 + 4 = 14.
Dobrando-se essas medidas, seu novo perímetro será 6 + 8 + 6 + 8 = 28, o dobro do perí-
metro inicial.

Valendo!
1. Na figura, o polígono GHIJKL é uma ampliação do polígono ABCDEF.
LAB212

G L

A F K

C D I J

a) Qual é a constante de ampliação?

45
b) Se o perímetro do polígono GHIJKL é 15 cm, qual é o perímetro do polígono ABCDEF?

2. O retângulo EFGH foi obtido a partir da ampliação do retângulo ABCD, cujo perímetro mede 24 cm.

LAB212
A D E H

B C

F G

O perímetro do retângulo EFGH é, em cm, igual a:

(A) 6. (C) 48.


(B) 12. (D) 96.

3. Mariana desenhou o retângulo abaixo em papel quadriculado. Não contente com o desenho, mul-
tiplicou todas as suas dimensões por 2. Ainda assim, não ficou satisfeita e, então, multiplicou as
medidas da segunda figura por 3.
LAB212

46
O perímetro da figura final, após as duas ampliações, é o equivalente a quantas vezes o perímetro
do retângulo inicial?

1
(A) .
6

2
(B) .
3

3
(C) .
2

(D) 6.

4. No departamento de obras de uma cidade, foi recortada uma chapa de metal no formato de um
octógono regular, como descrito na figura. A chapa ficou muito pequena, e suas dimensões pre-
cisarão ser dobradas.

LAB212

O perímetro da nova chapa será:

(A) um quarto do perímetro da chapa inicial.


(B) metade do perímetro da chapa inicial.
(C) o dobro do perímetro da chapa inicial.
(D) o quádruplo do perímetro da chapa inicial.

47
missão
Nesta Missão, deve-se determinar o perímetro de figuras planas, tais como

3
quadrados, retângulos, triângulos e trapézios. Aproveite para relembrar cada
expressão referente ao perímetro desses polígonos.

EF04MA16

Prepare-se!

› Colete as dimensões do polígono da figura, se a atividade as apresentar.


› Relembre o perímetro de quadrados, retângulos, triângulos e trapézios.

aquecendo
Uma impressora desenhou as duas letras, com espessura de 1 centímetro, conforme a figura. Todo o
seu entorno foi impresso com segmentos horizontais ou verticais.

LAB212

5 cm

4 cm 4 cm

Nessas condições, responda:


a) Qual é o perímetro da letra L?
b) Qual é o perímetro da letra S?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Vamos redesenhar a letra L, com suas medidas (lembre-se de que a espessura da letra é 1 centímetro):

48
1 cm

4 cm
5 cm

3 cm

LAB212
1 cm

4 cm

O perímetro é:
1 + 4 + 3 + 1 + 4 + 5 = 18 cm
Observe que as duas medidas horizontais 1 cm e 3 cm, adicionadas, são iguais à medida horizontal
4 cm. Isso também ocorre com a altura: juntos, os segmentos que medem 1 cm e 4 cm perfazem a medida
vertical de 5 cm.
b) Novamente coloquemos as medidas, agora na letra S:

4 cm

LAB212
3 cm 1 cm

3 cm 1 cm

3 cm
3 cm

1 cm 3 cm

3 cm
1 cm

4 cm

O perímetro é:
4 + 1 + 3 + 1 + 3 + 3 + 4 + 1 + 3 + 1 + 3 + 3 = 30 cm

baú do conhecimento LAB212

Perímetro P do triângulo Perímetro P do trapézio


b

a b
a c

c d

P=a+b+c P=a+b+c+d

49
Valendo!
1. Determine qual dos polígonos a seguir possui o maior perímetro.
(A) (B) (C) (D)

ILUSTRA‚ÍES: LAB212
5 2 8
5 7
5 5 3 3
5 5
9
8
8
5

2. A imagem mostra o famoso quadro “A noite estrelada”, do artista holandês Vincent van Gogh.
Trata-se de uma tela retangular que mede 92 cm de largura e 74 cm de altura.

BUMBLE DEE/SHUTTERSTOCK

O comprimento mínimo da moldura de madeira que envolve a tela é:

(A) 166 cm.


(B) 296 cm.
(C) 332 cm.
(D) 368 cm.

50
3. A figura mostra a vista lateral de uma pista de obstáculos, que deve ser percorrida no sentido
ABCDEFGHIJKLMN, a pé, com auxílio de cordas. As medidas estão em metros.

H 2 I

D 6 E
10 10 L

7 7 9
B 5
3 4

LAB212
N
A 6 C 8 F 4 G 6 J 2 K 10 M 6

O comprimento do percurso de A até N, em metros, é:

(A) 42.
(B) 75.
(C) 112.
(D) 127.

4. O terreno ABEFGD da figura é composto por um quadrado ABCD com perímetro medindo 120 m,
outro quadrado CEFG com perímetro de 160 m e dois triângulos retângulos: BCE e CDG. As medi-
das de BE e DG são idênticas: 50 m.

A D

B C G
LAB212

E F

O perímetro desse terreno, em metros, é:

(A) 190.
(B) 240.
(C) 330.
(D) 380.

51
missão
Nesta Missão serão apresentados problemas que exigirão a conversão

4
de unidades de medida de tempo e de área.

EF04MA16

Prepare-se!

› Tenha em mãos a régua de conversão de unidades de área do sistema métrico (km2, hm2, dam2,
m2, dm2, cm2, mm2).
› Lembre-se de que, para converter unidades de área utilizando a régua de conversão, desloca-se
a vírgula por duas casas em unidades vizinhas.

aquecendo
Célia sabe que deve dormir pelo menos 8 horas por dia. Como tem uma rotina agitada e pouco tempo,
no horário em que se deita para dormir calcula exatamente 8 horas de sono, programando o despertador
para esse horário.

MONKEY BUSINESS IMAGES/SHUTTERSTOCK

52
a) Se for se deitar às 23 horas e 12 minutos, para qual horário deve programar seu despertador?

b) Em um dia, ela acordou às 8 horas e 13 minutos, percebendo que o despertador não tinha dispa-
rado no horário certo, o que a fez acordar 1 hora e 35 minutos além do que tinha programado.
A que horas ela se deitou para dormir no dia anterior?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Para determinar o horário em que Célia acordará no dia seguinte, basta adicionar 8 horas ao horário em
que ela se deitou:

23 horas e 12 minutos + 8 horas = 31 horas e 12 minutos

No entanto, esse horário não existe. Deve-se descontar 24 horas:

31 horas e 12 minutos − 24 horas = 7 horas e 12 minutos

Ela deverá colocar o despertador para 7 horas e 12 minutos.

b) Se o horário estivesse correto, ela teria se deitado 8 horas antes das 8 horas e 13 minutos, ou seja, à
0 hora e 13 minutos. No entanto, ela acordou 1 hora e 35 minutos após o horário correto. Devemos então
descontar esse tempo, mas para isso consideraremos 0 hora e 13 minutos como 24 horas e 13 minutos:

2 3
4 h 6
1 1
3 min

− 1 h 3 5 min

2 2 h 3 8 min

Ela se deitou às 22 horas e 38 minutos.

baú do conhecimento

Régua de conversão de unidades de medida de área

Ande 2 casas para a direita


LAB212

km2 hm2 dam2 m2 dm2 cm2 mm2

Ande 2 casas para a esquerda

53
Valendo!
1. Converta as unidades de área abaixo em m².
a) 1 300 dm2.

b) 0,00014 km2.

c) 3,2 cm2.

Quando se adicionam ou se subtraem unidades de tempo, às vezes é necessário “emprestar” horas


para minutos e minutos para segundos. Por exemplo: o cálculo de 8 h 12 min 14 s − 4 h 46 min 31 s
não é tão direto, pois não é possível efetuar 12 min − 46 min nem 14 s − 31 s. Comece transferindo
1 minuto para os segundos (ele ficará como 60 segundos), e o tempo pode ser lido como 8 h 11 min 74 s
(14 s + 60 s = 74 s). Proceda da mesma maneira com as horas: transfira uma hora (60 minutos)
para os minutos, que passarão a ser 11 min + 60 min = 71 min. Reescrevendo o cálculo:
7 h 71 min 74 s − 4 h 46 min 31 s = 3 h 25 min 43 s

2. Mariana e Maria Vitória estão assistindo a um filme com duração de 2 horas, 30 minutos e
15 segundos. Após transcorrida 1 hora 57 minutos e 47 segundos do início do filme, pausaram-no.
Quanto tempo falta, no mínimo, para terminarem de assistir ao filme?

(A) 27 minutos e 28 segundos.

(B) 27 minutos e 32 segundos.

(C) 32 minutos e 28 segundos.

(D) 32 minutos e 32 segundos.

3. Valter precisa contratar uma pessoa para colocar piso em sua casa. Um empreiteiro cobra
R$ 20,00 por m2. A área onde será colocado o piso comporta exatamente 1 500 pisos, cada um
com 900 cm2 de área.
O preço que Valter pagará, se contratar o empreiteiro, é:

(A) R$ 1 500,00.

(B) R$ 1 800,00.

(C) R$ 2 400,00.

(D) R$ 2 700,00.

54
missão
Você sabe o nome de cada posição dos algarismos que se encontram após
a vírgula em números decimais? Nesta Missão, as atividades exigirão essas

5 informações, por meio da representação de números decimais.

EF04MA16

Prepare-se!

› Identifique a parte inteira e a decimal dos números decimais.


› Relembre o nome de cada posição de algarismos após a vírgula.

aquecendo
O número ϕ é considerado áureo, pois é atribuído à razão entre medidas esteticamente harmônicas
em obras de arte, construções clássicas e na natureza, além de outras aplicações. Por se tratar de um
número irracional, possui infinitas casas decimais. Veja uma representação gráfica das medidas áureas.
04628 26
705

LAB212
18
2
62
02 9

Número 8
ϕ ( P hi) =

4
44

4
de ouro
135
970 7 20

1
39 1

72
762 8 6 2
04 1 8 9
1,6

9805
18
03

179

98
3

87
09

49
03

894 7 2
848
20458 8 1 17
683 4 3 6 5 6 3
55
a) Escreva o número ϕ por extenso até a casa de milionésimos.
b) Quatro alunos tiraram conclusões acerca do número ϕ:
Cláudio: — Tem 61 centésimos.
Andréa: — O primeiro zero após a vírgula ocupa a posição de milésimo.
Silvino: — Ele apresenta 6 183 centésimos de milésimos.
Luciano: — Há 618 milésimos.
Qual deles está correto?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) A casa de milionésimos está ocupada pelo algarismo 3, entre o algarismo 3 e o 9.
O número ϕ escrito até a sexta casa decimal (de milionésimos) é:
Um inteiro, seis décimos, um centésimo, oito milésimos, três centésimos de milésimos e três milionésimos.
b) Vejamos:
A afirmação de Cláudio é CORRETA. O algarismo 1 ocupa a casa de centésimos, mas pode-se concluir que
há 61 centésimos, pois o algarismo 6 é o número que ocupa e antecede a casa de centésimos, até a vírgula.
Já Andréa está INCORRETA em sua conclusão. O primeiro zero após a vírgula ocupa a casa de décimos
de milésimos.
Silvino fez uma afirmação INCORRETA. Não são 6 183 centésimos de milésimos, mas 61 803. Nesse caso,
o algarismo zero não pode ser desprezado.
Luciano está CORRETO. O número 618 ocupa e antecede a casa de milésimos.

baú do conhecimento

A posição de um algarismo em uma casa decimal tem nomenclatura própria. No número


4,567, por exemplo, o algarismo 7 está na casa de milésimos. No entanto, pode-se dizer que o
número 4,567 apresenta 567 milésimos. Também pode-se afirmar que há 56 centésimos no
número 4,567.

Valendo!
1. Determine a posição do algarismo 2 nos números decimais abaixo.
a) 0,231.

b) 0,1342.

c) 0,000002.

56
2. Qual dos números abaixo possui 45 milésimos?
(A) 1,45.
(B) 1,045.
(C) 1,0045.
(D) 1,00045.

3. O número descrito como 89 décimos de milésimos é:


(A) 0,89.
(B) 0,089.
(C) 0,0089.
(D) 0,00089.

4. Com o auxílio de um instrumento de precisão, quatro estudantes realizaram a medida do compri-


mento de um parafuso para construção, obtendo as medidas abaixo.

NUTTAPONG PHOTOGRAPHER/SHUTTERSTOCK

Marcel Bernardo Arnaldo SŽrgio


0,989 mm 1,005 mm 0,973 mm 1,013 mm

Quem realizou a medição com o maior algarismo ocupando a casa de milésimos?

(A) Marcel.
(B) Bernardo.
(C) Arnaldo.
(D) Sérgio.

57
missão
Nesta Missão, você realizará cálculos de adição, subtração e multiplicação

6 de números racionais, em sua forma fracionária e decimal.

EF04MA16

Prepare-se!

› Simplifique a fração após as operações com frações.


› Adicione o número de casas após a vírgula dos números decimais envolvidos em uma multi-
plicação, para determinar o número de casas decimais do produto.

aquecendo
Observe o cálculo escrito na lousa:

JRP STUDIO/SHUTTERSTOCK

a) Continue escrevendo passo a passo as linhas de cálculo abaixo da linha escrita na lousa acima.
b) O que acontece com o valor final se trocarmos o sinal de adição (+) por multiplicação ( ⋅ )?

58
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Continuando as linhas de cálculo, temos:

1 1 + 5⋅4− 7=
2 4 3 8
1 5 7
=1+ + − =
2 3 8

3 5 7
= + − =
2 3 8
36 + 40 − 21 55
= =
24 24

b) Vejamos:

1 1 ⋅ 5 ⋅ 4 − 7 = 3 ⋅ 5 − 7 = 15 − 7 = 120 − 42 = 78 = 13
2 4 3 8 2 3 8 6 8 48 48 8

O resultado seria diferente.

baú do conhecimento

Quando se multiplicam números decimais, seu produto deve ter o número de casas decimais
equivalente à soma do número de casas decimais dos números multiplicados. Por exemplo: a
multiplicação 2,3 ⋅ 1,43 ⋅ 4,91 = 16,14899. Observe que os números multiplicados têm 1, 2 e 2 casas
decimais, que, adicionadas, resultam em 5. Há uma exceção: se o último algarismo após a vírgula
for zero, ele pode ser descartado; por exemplo: 1,5 ⋅ 2,42 = 3,630 = 3,63.

Valendo!
1. Calcule:
a) 1,3 ⋅ 2,4.

b) 1,07 ⋅ 2,01.

c) 0,03 ⋅ 0,24.

59
2. O valor da expressão 1,97 ⋅ 2,35 + 0,9389 é:
(A) 4,6295.
(B) 5,5684.
(C) 6,4791.
(D) 7,8532.

Após a multiplicação de frações, deve-se simplificar o produto. No entanto, se não for possível
simplificar as frações na multiplicação, tampouco será possível simplificá-la depois.
Observe um exemplo em que isso acontece:
15 ⋅ 9 = 15 ⋅ 9 = 135
4 14 4 ⋅ 14 56
Note que a princípio não é possível simplificar 15 por 4 ou 14, nem 9 por 4 ou 14.
Ao final da multiplicação, 135 não pode ser simplificado por 56 e se configura em uma fração irredutível.

3. A expressão numérica 18 ⋅ 14 ⋅ 10 equivale a:


25 9 21

(A) 5 .
6

(B) 6 .
5

(C) 8 .
15

(D) 15 .
8

4. A expressão numérica 4 2 ⋅ 5 3 equivale a:


3 4

(A) 2 .
5

(B) 19 .
2

(C) 127 .
6

(D) 161 .
6

60
missão
Nesta Missão, são comparadas duas grandezas que devem ser identifica-

7
das como direta ou inversamente proporcionais. Você precisará determinar
suas quantidades, por meio de regra de três simples.

EF04MA16

Prepare-se!

› Identifique a proporção entre as grandezas: direta ou inversa.


› Escreva a regra de três: se forem diretamente proporcionais, multiplique em cruz, caso
contrário, multiplique "em linha".

aquecendo
Vini tem uma doçaria. Um bolo é sempre dividido em 8 pedaços, e, na promoção, cada dois pedaços
custam 10 reais.

KATARZYNA HUROVA/SHUTTERSTOCK

a) Mantidas as proporções, quanto custaria um pedaço desse mesmo bolo, se ele fosse dividido em
10 pedaços?
b) Em um dia, Vini vendeu 3 desses bolos e mais metade de outro, todos na promoção. Qual foi o valor
arrecadado?

61
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Precisamos determinar quanto custa o bolo inteiro:

Pedaços Reais
2 10
8 x

2x = 8 ⋅ 10
x = 40 reais
Dividindo em 10 pedaços, cada pedaço custaria 40 reais = 4 reais.
10

b) Três bolos e metade de outro implicam 3,5 bolos. Fazendo a regra de três:

Bolo Reais
1 40
3,5 x

x = 3,5 ⋅ 40
x = 140 reais
Vini arrecadou 140 reais.

baú do conhecimento

Em um enunciado em que aparece uma grandeza relacionada a área, cuidado quando as


dimensões dobram, triplicam etc. Se as dimensões dobram, a área quadruplica. Veja um exem-
plo: uma sala com 3 metros por 4 metros tem área de 3 ⋅ 4 = 12 m2. Já uma sala com o triplo
das dimensões tem 9 metros por 12 metros, ou seja, 108 m2, que é igual a 9 vezes 12 m2. Ou seja,
triplicam-se as dimensões e sua área fica multiplicada por 32 ou 9 vezes.

Valendo!
1. Duas doses de um remédio equivalem a 30 mL.
a) Quantos mililitros há em 10 doses?

b) Em 45 mL há quantas doses?

62
2. Lucas demoraria 4 dias para realizar uma tarefa, trabalhando 10 horas por dia. Ele concordou em
realizá-la, mas trabalhando 8 horas por dia.
Quantos dias ele demorou para realizar a tarefa?

(A) 5.
(B) 6.
(C) 7.
(D) 8.

3. Um jogador de futebol marca 20 gols em 30 partidas.


Mantida a proporção, quantos gols a mais ele marcaria em 45 partidas?

(A) 10.
(B) 20.
(C) 40.
(D) 50.

4. Um pedreiro demorou quatro horas para assentar um piso em uma sala retangular. Mantidas as
proporções, quanto tempo ele demorará para assentar esse tipo de piso em outra sala retangular
com o dobro das dimensões da anterior?
(A) 1.
(B) 2.
(C) 8.
(D) 16.

63
missão Nesta Missão, os dados de uma tabela devem ser relacionados a gráfi-
cos de colunas, de barras ou de setores. Algumas tabelas têm mais de uma

8
coluna, o que acarreta mudanças nos gráficos de colunas estudados até
agora (colunas duplas).

EF04MA16

Prepare-se!

› Leia o enunciado para extrair o que for relevante.


› Efetue cálculos simples, se for necessário.
› Revise como se constroem tabelas e gráficos de colunas, de barras e de setores.

aquecendo
O gráfico de setores a seguir ilustra a porcentagem de brasileiros que praticaram esportes ou ati-
vidades físicas em 2015. Já o gráfico de barras mostra a porcentagem de pessoas de cada gênero que
praticaram esportes ou atividades físicas no mesmo ano.

Porcentagem dos brasileiros Porcentagem dos indivíduos de cada


que praticaram esportes ou sexo que praticaram esportes ou
atividades físicas (2015) atividades físicas (Brasil – 2015)

ILUSTRAÇÕES: LAB212
45%
Taxa percentual

40%

35%

30%
37,9%
25%

62,1% 20%

15%

10%

5%

0%
Não praticaram Praticaram Feminino Masculino
Sexo

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2015. Prática de Esporte e Atividade Física.
Disponível em: <https://educa.ibge.gov.br/jovens/materias-especiais/19051-pnad-esportes-2015-pratica-de-esportes-e-atividades-fisicas.html>. Acessado em: 24 abr. 2020.

64
Nessas condições, construa o quadro referente ao gráfico de:
a) setores;
b) barras (de forma aproximada).

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) O quadro solicitado é:

Praticaram 37,9%

Não praticaram 62,1%

b) Para construir o quadro, é necessário estimar o percentual aproximado de cada categoria. Parece razoável
aproximar “Feminino” para 33% e “Masculino” para 43%.

Feminino 33%

Masculino 43%

baú do conhecimento

Tabelas que possuem algumas linhas e mais de uma coluna são representadas por gráficos
de colunas duplas ou triplas, localizadas lado a lado, como no exemplo, sobre faturamento, em
milhares de reais, das empresas A a D nos 3 primeiros meses de um determinado ano.

Faturamento no ano
LAB212

400
Faturamento (milhares de reais)

300

200

100

0
A B C D
Empresa
Janeiro Fevereiro Março

Dados fictícios. Elaborado em 2020.

65
Valendo!
1. Em uma vizinhança, foi contabilizado o número de pessoas por grupos de idade e gênero.

Moradores da vizinhança
Homens Mulheres
Crianças 20 25
Jovens 10 15
Adultos 30 25
Idosos 20 25
Dados fictícios. Elaborada em 2020.

a) Esboce o gráfico de colunas referente à tabela.

Moradores da vizinhança

b) Esboce o gráfico de barras com o total de pessoas de cada grupo de idade.

Moradores da vizinhança

66
2. Veja os dados estatísticos expressos em um gráfico de barras sobre a taxa de analfabetismo
em 2018.

Taxa de analfabetismo entre pessoas de 15 anos ou mais de idade (2018)

LAB212
Regiões

Brasil 6,8%

Sudeste 3,5%

Sul 3,6%

Centro-Oeste 5,4%

Norte 8,0%

Nordeste 13,9%

Porcentagem
0% 5% 10% 15% 20% de pessoas

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2018.
Educação. Disponível em: <https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18317-educacao.html>. Acesso em: 24 abr. 2020.

A tabela que melhor representa a situação descrita por região é:


(A) (C)
Taxa de analfabetismo entre pessoas Taxa de analfabetismo entre pessoas
de 15 anos ou mais de idade (2018) de 15 anos ou mais de idade (2018)
% %
Sudeste 3,5 Sudeste 3,5
Sul 8,0 Sul 3,6
Centro-Oeste 5,4 Centro-Oeste 5,4
Norte 3,6 Norte 8,0
Nordeste 13,9 Nordeste 13,9

(B) (D)
Taxa de analfabetismo entre pessoas Taxa de analfabetismo entre pessoas
de 15 anos ou mais de idade (2018) de 15 anos ou mais de idade (2018)
% %
Sudeste 3,5 Sudeste 3,5
Sul 8,0 Sul 5,4
Centro-Oeste 5,4 Centro-Oeste 8,0
Norte 3,6 Norte 3,6
Nordeste 13,9 Nordeste 13,9

67
3. A imagem mostra o equipamento utilizado para acesso à internet nos lares brasileiros em termos
percentuais.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA


Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional
por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2016-2017.
Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento. Disponível
em: <https://educa.ibge.gov.br/jovens/materias-especiais/20787-uso-de-
internet-televisao-e-celular-no-brasil.html>. Acesso em: 24 abr. 2020.

O gráfico de colunas que melhor ilustra essa situação é:


(A) (C)

ILUSTRAÇÕES: LAB212
Equipamento utilizado para acessar a internet (%) Equipamento utilizado para acessar a internet (%)
100 100
Taxa percentual

Taxa percentual

80 80
60 60
40 40
20 20
0 0
Celular Microcomputador Televisão Tablet Celular Microcomputador Televisão Tablet
Equipamentos Equipamentos
2016 2017 2016 2017

(B) (D)
Equipamento utilizado para acessar a internet (%) Equipamento utilizado para acessar a internet (%)
100 100
Taxa percentual
Taxa percentual

80 80

60 60

40 40

20 20

0 0
Celular Microcomputador Televisão Tablet Celular Microcomputador Televis‹o Tablet
Equipamentos Equipamentos
2016 2017 2016 2017

68
4. O gráfico mostra a porcentagem da população brasileira em 2018, por sexo.

Porcentagem da população, por sexo (Brasil, 2018)

LAB212
37,9% 62,1%

Sexo

Homens

Mulheres

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios
Contínua (PNAD Contínua) 2018. Quantidade de homens e mulheres. Disponível em:
<https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18320-quantidade-de-
homens-e-mulheres.html>. Acesso em: 24 abr. 2020.

A tabela que pode ser associada a esse gráfico é:

(A)
Porcentagem da população por sexo (Brasil, 2018)

Homens 37,9%

Mulheres 62,1%

(B)
Porcentagem da população por sexo (Brasil, 2018)

Homens 48,7%

Mulheres 51,3%

(C)
Porcentagem da população por sexo (Brasil, 2018)

Homens 51,7%

Mulheres 48,3%

(D)
Porcentagem da população por sexo (Brasil, 2018)

Homens 51,3%

Mulheres 48,7%

69
missão final
1. Logan recortou o sólido planificado em papelão conforme mostra a figura, que apresenta
algumas medidas.

2 338,3 cm2

30 cm

LAB212
40 cm

2 338,3 cm2

a) Desenhe esse sólido geométrico no espaço abaixo.

70
b) Qual é o sólido representado e quantas faces ele possui?

c) Qual é a área de papelão utilizada para confeccioná-lo, em m2?

d) Se 10 metros quadrados de papelão custam R$ 25,00, quanto custaria aproximadamente para


fabricar esse prisma?

71
enigmas e a
matemática

3
© VAARELY, VICTOR/AUTVIS, BRASIL, 2020/BRIDGEMAN IMAGES/FOTOARENA

Entendendo
a unidade
Nesta Unidade, serão abor-
dados a soma de ângulos internos
e o teorema do ângulo externo de
um triângulo. Serão retomados os
nomes e as propriedades de qua-
driláteros e também a localização
de pontos no plano cartesiano.
Será apresentada também a no-
menclatura de partes da circunfe-
rência. Será necessário localizar
números racionais na reta nume-
rada, efetuar cálculos e resolver
problemas envolvendo números
inteiros e, por fim, reconhecer
padrões em sequências lógicas.

ponto de partida

1. Identifique o nome dos quadriláte-


ros que podem ser observados na
imagem.
2. Observe os ângulos desses dois tipos
de quadrilátero. É correto afirmar
que eles têm todos os ângulos in-
ternos iguais?

73
missão
Esta Missão compreende dois teoremas: o da soma das medidas dos ân-

1
gulos internos e o do ângulo externo. As figuras apresentadas nos exercícios
fornecerão as medidas corretas de cada ângulo.

EF04MA16

Prepare-se!

› Estude o teorema da soma dos ângulos internos de um triângulo.


› Relembre o teorema do ângulo externo de um triângulo.

aquecendo
A imagem é referente ao telhado da HSBC Rain Vortex, a maior cachoeira coberta do mundo, locali-
zada no aeroporto Jewal Changi, em Singapura. Ele é formado por vários triângulos diferentes. Observe.

SAKDAM/SHUTTERSTOCK

74
Nessas condições, faça o que se pede:
a) Dois tipos de triângulo são o retângulo isósceles e o equilátero. Desenhe esses dois tipos de triân-
gulo, demarcando os ângulos internos.
b) Outro tipo de triângulo apresenta um ângulo externo medindo 105° e um ângulo interno medindo
70°. Esse triângulo é isósceles?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) As figuras dos triângulos são:

45°

90°
45°

LAB212
Triângulo retângulo isósceles

60°
LAB212

60° 60°

Triângulo equilátero

b) Pelo teorema do ângulo externo, a medida de um ângulo externo é a soma das medidas dos dois ângulos
internos não adjacentes. Sendo α, β e γ os ângulos internos do triângulo e φ o ângulo externo adjacente
a γ , conclui-se que:
α + β = φ
α + 70° = 105°
α = 35°
Pelo teorema da soma dos ângulos internos de um triângulo, tem-se que:
α + β + γ = 180°
35° + 70° + γ = 180°
γ = 75°
Os ângulos internos do triângulo são: 35°, 70° e 75°. Como não há dois ângulos congruentes, o triângulo
não é isósceles.

75
baú do conhecimento

TEOREMA DOS ÂNGULOS TEOREMA DO ÂNGULO


INTERNOS DE UM TRIÂNGULO EXTERNO DE UM TRIÂNGULO
A soma das medidas dos ângulos internos A medida do ângulo externo de um triân-
de um triângulo é igual a 1 80º. gulo é igual à soma dos ângulos internos não
adjacentes a ele.
α

LAB212
β
α

LAB212
γ

γ β

α + β + γ = 180º γ=α+β

Valendo!
1. Determine o valor de x.
a)
72°

68° x

b) 8°
x
ILUSTRAÇÕES: LAB212

12°

c)
90°

x x

76
2. Quatro alunos foram desafiados a desenhar um triângulo isósceles (que possui dois lados con-
gruentes e dois ângulos internos congruentes). O professor pediu a eles que dissessem as medidas
de dois ângulos internos:
Tim: — 67° e 57°.
Pedro: — 115° e 32°.
Paulo: — 90° e 45°.
Tita: — 61° e 59°.
O único que desenhou um triângulo isósceles foi:

(A) Tim. (C) Paulo.


(B) Pedro. (D) Tita.

3. Durante a decolagem, é desejável que um avião forme um ângulo de 15º com o solo. A figura mostra
a decolagem de um avião, em que o ângulo α indica o ângulo de decolagem.

KREATIVKOLORS/
FREEPI/LAB212
74°

90°
α

O ângulo de decolagem desse avião é:

(A) desejável. (C) 2° acima do desejável.


(B) 1° acima do desejável. (D) 1° abaixo do desejável.

4. Cláudio está confeccionando uma bandeira comemorativa para sua empresa em forma de triângulo.
Veja o projeto da bandeira desenhada por ele.

B
36°
LAB212

77° A

C
α

Nessa bandeira, a medida do ângulo α é:

(A) 103°. (C) 134°.


(B) 113°. (D) 144°.

77
missão Nesta Missão, você deve conhecer as propriedades relacionadas ao
paralelismo de lados dos quadriláteros mais usuais: quadrados, retângulos,

2
paralelogramos, trapézios e losangos.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre a nomenclatura de cada quadrilátero.


› Atente-se ao formato dos quadriláteros da figura, se houver.
› Relembre propriedades de paralelismo entre os lados dos quadriláteros.

aquecendo
A figura ilustra vários azulejos colocados sobre uma parede.

GEO MODULE/SHUTTERSTOCK

a) Quais quadriláteros podem ser observados? Destaque-os no desenho.


b) Quais deles têm dois pares de lados paralelos?

78
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Os quadriláteros são losango (azul), trapézio (vermelho) e paralelogramo (roxo).

GEO MODULE/SHUTTERSTOCK/LAB212
b) Apenas o trapézio não tem dois pares de lados paralelos. Ele possui apenas um par de lados paralelos.

baú do conhecimento

Os cinco quadriláteros — quadrados, retângulos, paralelogramos, trapézios e losangos —


têm pelo menos um par de lados paralelos, mas apenas o trapézio tem exatamente um par de
lados paralelos.

Valendo!
1. Sobre os quadriláteros, responda quais deles têm:
a) somente um par de lados paralelos.

b) dois pares de lados paralelos.

2. A figura mostra um piso composto por lajotas quadradas.


FERNANDO CORTES/SHUTTERSTOCK

79
Qual das características NÃO pertence ao quadrado?

(A) Tem os 4 ângulos internos congruentes. (C) Tem dois pares de lados paralelos.
(B) Tem os 4 lados congruentes. (D) Tem os 4 lados paralelos entre si.

3. Na figura, há dois tipos de quadrilátero: quadrados e trapézios retângulos.

MILEZAWAY/SHUTTERSTOCK
Uma propriedade comum entre eles é que têm:

(A) os 4 lados congruentes. (C) um par de lados paralelos.


(B) os 4 ângulos internos retos. (D) dois pares de lados paralelos.

4. A figura mostra uma grade de metal disposta de maneira a formar vários losangos.
NAPOLEONKA/SHUTTERSTOCK

Uma característica desse quadrilátero é que ele tem:

(A) os 4 ângulos internos congruentes. (C) dois pares de lados paralelos.


(B) pelo menos um ângulo reto. (D) lados não congruentes.

80
missão
Nesta Missão, deverão ser localizados pontos no plano cartesiano, mas

3
é necessário se atentar para não inverter as abscissas (coordenada x) com
as ordenadas (coordenada y) nem confundir os sinais.

EF04MA16

Prepare-se!

› Observe atentamente os pontos contidos nas imagens.


› Não inverta as coordenadas (abscissas por ordenadas e vice-versa).
› Verifique as demarcações nos eixos, se houver.

aquecendo
Bruno é arquiteto e desenhou no plano cartesiano 4 pontos (A, B, C e D), representando uma resi-
dência em um terreno, e os ligou, formando um quadrilátero. LAB212

3
C
2
D
1

−3 −2 −1 0 1 2 3 4 5 x

−1

−2 B

A −3

−4

−5

81
Nessas condições, responda:
a) Quais são as coordenadas dos pontos A, B, C e D?
b) Se Bruno alterar o projeto e fixar os pontos B e D como a diagonal de um retângulo ABCD, quais
deveriam ser as novas coordenadas de A e C, se CD deve ser horizontal? Desenhe o retângulo.

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) As coordenadas dos 4 pontos são:
A(−2, −3), B(5, −2), C(3, 2) e D(−3, 1)
b) Sendo B e D fixos, os pontos A e C devem ser deslocados para:
A(−3,− 2) e C(5, 1)
O desenho do retângulo é:

LAB212
y

2
D C
1

−3 −2 −1 0 1 2 3 4 5 x

−1

A −2 B

−3

−4

−5

Todo ponto sobre o eixo x tem ordenada nula (zero) e todo ponto sobre o eixo y tem abscissa nula.

baú do conhecimento

O que ocorre quando os pontos se deslocam no plano cartesiano? Vejamos o exemplo:


› 5 unidades para a direita: adicione 5 unidades à abscissa do ponto;
› 5 unidades para a esquerda: subtraia 5 unidades à abscissa do ponto;
› 5 unidades para cima: adicione 5 unidades da ordenada do ponto;
› 5 unidades para baixo: subtraia 5 unidades da ordenada do ponto.

82
Valendo!
1. Foram marcados os pontos A, B e C no plano cartesiano.

LAB212
y

3
A
2

1
B
−4 −3 −2 −1 0 1 2 x

−1

−2

−3

−4
C
−5

a) Determine as coordenadas dos pontos A e B.

b) Se adicionarmos 3 unidades à ordenada do ponto C, marcando o ponto D, quais serão suas


coordenadas?

2. O ponto A está demarcado no plano cartesiano como mostra a figura. O ponto B se encontra a
uma unidade para cima e 4 para a esquerda do ponto A.
LAB212

−3 −2 −1 0 1 2 x

−1

−2
A
−3

As coordenadas do ponto B são:

(A) (−3, −2). (C) (2, 1).


(B) (−3, −4). (D) (2, −4).

83
3. A figura mostra um plano cartesiano e 5 pontos. Rivelli deveria marcar o ponto A, mas inverteu a
abscissa com a ordenada, marcando outro ponto.

LAB212
y

A 4

B 3 C

−4 −3 −2 −1 0 1 2 3 4 5 x

−1

−2

−3 D

−4 E

Rivelli marcou o ponto:

(A) B. (B) C. (C) D. (D) E.

4. No plano cartesiano, destaca-se uma reta que passa pelos pontos A e B.


LAB212

6 B

−4 −3 −2 −1 0 1 2 3 4 x

−1

A −2

−3

−4

Outro ponto pertencente à reta é:

(A) (2, 0). (B) (0, 2). (C) (−1, 1). (D) (1, 3).

84
missão Você conhece as partes de uma circunferência? Raio, diâmetro, corda,
secante e setor circular são algumas delas. Nesta Missão, será retomada

4 toda essa nomenclatura. Também retomaremos a relação entre a medida do


diâmetro e a medida do raio.

EF04MA16

Prepare-se!

› Estude a nomenclatura das partes da circunferência.


› Lembre-se de que a medida do diâmetro é o dobro da medida do raio.

aquecendo
A figura mostra a vista superior de dois tubos de seção circular com centros em A e B encostados
um ao outro no ponto E. O segmento de reta CD mede 12 cm e a medida do raio do tubo com seção
menor é de 2 cm.

C A B
LAB212

E D

Nessas condições, responda:


a) Qual é a medida do segmento de reta DE? E de CE?
b) Determine a medida do segmento de reta AF.

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) O raio é o segmento de reta cujas extremidades são um ponto da circunferência e o centro. Dessa maneira,
existem infinitos raios em uma circunferência.
O diâmetro é um segmento de reta com extremidades em dois pontos da circunferência e com ponto médio
no centro. Ele mede o dobro do raio.

85
Na figura, conclui-se que a medida do raio do tubo menor é:

BE = BD = 2 cm

O segmento de reta DE é o diâmetro da circunferência menor e deve medir 2 ⋅ 2 cm = 4 cm, que é o dobro
da medida de seu raio.
O diâmetro do tubo maior é CE e mede:

CE = CD − DE = 12 cm − 4 cm = 8 cm.

b) O segmento de reta AF é um dos raios da circunferência maior e mede metade do diâmetro CE:

CE 8 cm
AF =  = = 4 cm
2 2

baú do conhecimento

A figura mostra uma circunferência com centro em A e C


D
contendo os pontos B, C e D. A reta que passa por C e B é
secante à circunferência. Já o segmento de reta CB tem me-
dida, ou seja, não é infinito, e se chama corda. A maior corda
A
da circunferência é o diâmetro.
Já a parte do comprimento da circunferência iniciando B

em C, passando por D e finalizando em B é a medida linear

LAB212
de um arco de circunferência.

Valendo!
1. Observe a circunferência abaixo, com centro em A e contendo os pontos B e C:
LAB212

Como se chama:

a) o segmento de reta AB ?

b) a região tracejada em azul?

86
2. Quatro pessoas opinaram sobre o segmento de reta BC da figura.
Jairo: — É o raio.
André: — É uma secante.
Anderson: — Tenho certeza de que é o diâmetro.
Antônio: — É uma corda.

LAB212
A

Quem afirmou corretamente?

(A) Jairo.
(B) André.
(C) Anderson.
(D) Antônio.

3. Observe a figura:
LAB212

O nome da curva delimitada pelos pontos C e D e que contém o ponto B é:

(A) corda.
(B) arco.
(C) setor circular.
(D) raio.

87
missão
Nesta Missão, serão propostas atividades que exigirão a localização de

5
números racionais em sua forma decimal na reta numérica. Em algumas delas,
são disponibilizadas duas demarcações vizinhas.

EF04MA16

Prepare-se!

› Determine a diferença entre demarcações consecutivas.


› Preencha as retas numéricas, quando for necessário, pois, às vezes, não há todas as demarcações.

aquecendo
Na reta numérica, estão indicados dois pontos:
1 1
− −
2 3

LAB212
Nessas condições, responda:
a) Quais números preencheriam os 12 pontos da reta ilustrada?
b) Dos 12 pontos desenhados, quantos deles representam números negativos?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Para preencher a reta numérica, é mais simples igualar o numerador dos dois pontos:

1 1⋅3 3
− = − =  −
2 2⋅3 6

1⋅2 2
− 1 = − =  −
3 3⋅2 6

Os 12 pontos deverão ser preenchidos com os números:

8 7 6 5 4 3 2 1 0 1 2 3
− , − , − , − , − , − , − , − , , , ,
6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6

Simplificando as frações, tem-se:

4 7 5 2 1 1 1 1 1 1
− , − , −1, − , − , − , − , − , 0, , ,
3 6 6 3 2 3 6 6 3 2

88
b) Dos 12 pontos, 8 são negativos:
4 7 5 2 1 1 1
− , − , − 1, − , − , − , − , −
3 6 6 3 2 3 6

baú do conhecimento

Quando a reta numérica é composta de frações, é mais simples preenchê-la igualando o


denominador das frações. Por exemplo, se forem dados dois pontos cujas demarcações são
1 1
e , determine o m.m.c. entre 4 e 6 (que no caso é 12) e transforme as frações:
6 4
1 1⋅2 2
= = 
6 6⋅2 12

1 1⋅3 3
= = 
4 4⋅3 12

4 5 6
As demais frações são: , , , ...
12 12 12

Valendo!
1. Preencha os pontos das retas numéricas abaixo.

a)
−3,1 −1,8

b)
−2,35 3,25

2. Observe um pedaço da reta numérica, contendo 10 pontos.

−2,7 −1,9

Dos 10 pontos, quantos são representados por números positivos?

(A) 4.
(B) 3.
(C) 2.
(D) 1.

89
26 9 2
3. Determine a posição das frações , , na reta numérica a seguir, indicando a letra
10 18 5
correspondente.

1 2 3

LAB212
A B C D

4. Na reta numérica, estão marcados dois pontos.

7 1
− −
A 10 2

LAB212
O ponto A é representado pelo número:

(A) −1.
5

(B) −1.
7

(C) −7.
5

(D) −9.
10

5. Observe a reta numérica e indique o número representado pelo ponto A.

3
− − 3
4 8 A
LAB212

(A) − 3.
16

(B) − 1 .
16

(C) 1 .
16

(D) 1 .
8

90
missão
Nesta Missão, serão exploradas expressões numéricas com as quatro ope-

6
rações básicas envolvendo os números inteiros, com colchetes e parênteses.
Será necessário utilizar a regra de sinais na multiplicação e na divisão.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre os algoritmos das quatro operações básicas.


› Efetue primeiramente os cálculos de expressões numéricas em parênteses, depois em colchetes.
Calcule primeiro multiplicações e divisões, por fim, adições e subtrações.

aquecendo
Em uma lousa, foram escritas duas expressões numéricas:
FREEPIK/LAB212

−[−(−32) − (−20)] : (−2)


−5 ⋅ [3 − (−2)] − (−2 − 3)

a) Obtenha o resultado da primeira expressão numérica.


b) Calcule o valor da segunda expressão numérica.

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Lembremos que, primeiramente, devem-se resolver parênteses e, depois, colchetes.
−[−(−32) − (−20)] : (−2) =
= − [32 + 20] : (−2) =
= −52 : (−2) = 26
b) Novamente iniciemos pelos parênteses:
−5 ⋅ [3 − (−2)] − (−2 − 3) =
= −5 ⋅ [3 + 2] − (−5) =
= −5 ⋅ 5 + 5 =
= −25 + 5 = −20

91
baú do conhecimento

Assim como na multiplicação, também se utiliza a regra de sinais na divisão. Veja o exemplo:
10 : 5 = 2 (“mais com mais dá mais”)
−10 : 5 = −2 (“menos com mais dá menos”)
10 : (−5) = −2 (“mais com menos dá menos”)
−10 : (−5) = 2 (“menos com menos dá mais”)

Valendo!
1. Efetue os cálculos abaixo.
Lembre-se:
a) −3 ⋅ (−7) − 4 ⋅ 7 + 8 ⋅ 7
+(−2) = −2
−(−2) = 2
b) 7 ⋅ (−10) + (−48) : (−6)

2. A expressão numérica
2 ⋅ (−37) − (−5) ⋅ (−10) − 240 : (−8)
equivale a:

(A) −154.
(B) −94.
(C) 94.
(D) 154.

3. Resolvendo
−3 ⋅ [(−4) ⋅ (−5) − (−7)]
obtém-se:

(A) −39. (C) −67.


(B) −53. (D) −81.

4. Seja a expressão numérica:


−(−28) : (−7) − 7 : (−1)
Seu valor é:

(A) −11. (C) 3.


(B) −3. (D) 11.

92
missão
Esta Missão contém atividades que ajudarão a retomar as quatro opera-

7
ções básicas da Matemática (adição, subtração, multiplicação e divisão) com
números inteiros, em sua maioria no formato de problemas contextualizados.

EF04MA16

Prepare-se!

› Relembre a tabuada.
› Extraia do enunciado os dados necessários para resolver as atividades e pense quais das
quatro operações básicas da Matemática devem ser empregadas.
› Tenha atenção aos sinais matemáticos.

aquecendo
Um jogo é composto por 6 dados cúbicos idênticos, em cujas faces estão marcados os números
−2, −1, 1, 2, 3, 4. Eles devem ser lançados e colocados conforme a figura abaixo, ou seja, formando
duas linhas e três colunas. Devem-se dividir os números indicados pelos dados da primeira coluna (o
de cima dividido pelo de baixo), multiplicar os resultados dos dados da segunda coluna e subtrair os
números obtidos nos dados da terceira coluna (o de cima menos o de baixo). Em seguida, somam-se
os três resultados, que é a pontuação final do jogador. A figura mostra o resultado do lançamento dos
dados por Débora.
OKSANA AKHTANINA/SHUTTERSTOCK

93
Nessas condições, responda:
a) Qual foi a pontuação final de Débora?
b) Giba também lançou os dados, obtendo na primeira linha os números −4, 3 e −1, nessa ordem, e
na segunda linha os números −2, −2 e 2, nessa ordem. Giba venceu Débora?

RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Vamos calcular o resultado de cada coluna:
Coluna 1 ⇒ 3 : (−1) = −3
Coluna 2 ⇒ (−2) ⋅ (−1) = 2
Coluna 3 ⇒ 3 − (−2) = 5
Adicionando os três resultados:
−3 + 2 + 5 = 4
A pontuação final de Débora foi 4.
b) Novamente será necessário calcular o resultado de cada coluna:
Coluna 1 ⇒ (−4) : (−2) = 2
Coluna 2 ⇒ 3 ⋅ (−2) = −6
Coluna 3 ⇒ −1 − 2 = −3
A soma dos três resultados é:
2 + (−6) + (−3) = −7
Giba obteve −7 pontos, o que é menor que 4, a pontuação de Débora. Então, quem venceu foi Débora.

baú do conhecimento

A regra de sinais também se aplica quando há dois sinais lado a lado. Veja os exemplos:
+(+2) = +2
+(−2) = −2
−(+2) = −2
−(−2) = +2

Valendo!
1. Determine o valor de:
a) −(+3) − (−3) b) −(+3) + (−3) c) +(−3) − (−3)

94
2. Na conta de um supermercado, o valor de cada produto vem precedido de números negativos e
o valor pago em números positivos. Quando a atendente do caixa digita um valor errado, é regis-
trado o mesmo valor abaixo, mas com um sinal de negativo à frente, para anular a compra. Por
exemplo, se foi digitado −35,00 incorretamente, é registrado −(−35,00) em seguida. O quadro
mostra uma compra feita nesse supermercado.

Produto Quantidade Valor unitário (R$)

A 2 −21,00
B 3 −32,00
C 2 −4,00
D 2 −(−4,00)
E 3 −5,00
F 2 −11,00
Valor pago 200,00

Assim, nessa compra, o valor do troco recebido foi:

(A) R$ 25,00. (C) R$ 35,00.

(B) R$ 30,00. (D) R$ 40,00.

3. Em muitas cidades, o número das residências é igual à distância, em metros, entre a casa e o
início da rua (marco zero). Normalmente os números ímpares ficam em um lado da rua e os pares
no outro lado. Em determinada rua, o número de uma casa é 189 e de outra é 457.

A distância entre as duas casas, em metros, é:

(A) 232.

(B) 268.

(C) 332.

(D) 368.

4. O professor Cicogna desenhou um sinal de menos, um sinal de multiplicação e os números −5,


−6 e −10, cada um em uma folha de sulfite, e lançou um desafio para os alunos: eles deveriam en-
contrar o menor número possível reorganizando as folhas. No entanto, as folhas deveriam conter
números e símbolos alternadamente.

O menor número encontrado foi:

(A) −40.

(B) −45.

(C) −65.

(D) −70.

95
missão
Nesta Missão serão apresentados enigmas que farão você pensar bas-

8
tante, na busca pelo próximo termo da sequência lógica de números ou de
figuras. Vamos para os desafios?

EF04MA16

Prepare-se!

› Observe atentamente as imagens que acompanham os enunciados.


› Subtraia termos consecutivos e verifique se o valor é constante.
› Converta os dados das imagens em números para facilitar a compreensão da questão.

aquecendo
Lúcio viu duas sequências em um livro de enigmas:

LAB212

SEQUÊNCIA 1

4 6 7 13 10 20 13 27 16 34 A B

SEQUÊNCIA 2

−1 6 −3 −12 −5 18 −7 −24 −9 30 C D

Nessas condições, responda qual é o valor de:

a) A e B?
b) C e D?

96
RESOLVENDO A QUESTÃO
a) Para determinar os valores de A e de B, deve-se primeiramente notar que há 2 sequências envolvidas e
intercaladas. Veja as células coloridas e em branco:

4 6 7 13 10 20 13 27 16 34 A B

A primeira sequência é:
4, 7, 10, 13, 16, A
Para chegar ao próximo termo, devem-se somar 3 unidades. Assim:
A = 16 + 3 = 19
Já a sequência 2 é formada pelos números:
6, 13, 20, 27, 34, B
Para determinar o próximo termo, somam-se 7 unidades, o que determina o valor de B:
B = 34 + 7 = 41
b) Novamente são duas sequências:

−1 6 −3 −12 −5 18 −7 −24 −9 30 C D

Na primeira sequência, subtraem-se 2 para chegar ao próximo termo:


−1, −3, −5, −7, −9, C
Assim:
C = −9 − 2 = −11
A segunda sequência é composta pelos números:
6, −12, 18, −24, 30, D
Somam-se 6 para determinar o próximo termo, mas alternam-se os sinais. Assim:
D= −(30 + 6) = −36

baú do conhecimento

Muitas sequências com figuras utilizam a ideia de deslocamento para a direita/esquerda


ou para baixo/cima. No exemplo, veja o deslocamento de 1 para baixo (quadradinho vermelho) e
2 para a direita (quadradinho verde):
LAB212

Observe que, quando uma linha termina, deve-se continuar contando na linha seguinte.
Isso também vale para colunas.

97
Valendo!
1. Determine o valor de x nas sequências numéricas abaixo.
a) (−7, −4, −1, 2, x)

b) (10, −25, 40, −55, x)

2. Observe a sequência de figuras que obedece a um padrão lógico.

ILUSTRAÇÕES: LAB212
?

A quinta figura da sequência é:


ILUSTRAÇÕES: LAB212

(A) (C)

(B) (D)

98
3. Encontre o próximo termo da sequência de figuras.

ILUSTRAÇÕES: LAB212
(A) (C)

ILUSTRAÇÕES: LAB212
(B) (D)

4. Observe os 5 elementos de uma sequência lógica:

ILUSTRAÇÕES: LAB212

O sexto termo da sequência é:

(A) (C)
ILUSTRAÇÕES: LAB212

(B) (D)

99
missão final
1. A figura mostra um plano cartesiano no qual foram desenhados um círculo com centro no
ponto A e um quadrilátero BCDE.

LAB212
y

5 G E

4
F
3
B
2
A
1

−8 −7 −6 −5 −4 −3 −2 −1 0 1 2 3 4 5 6 7 8 x

−1

−2

C −3 D

−4

Nessas condições, responda:

a) Como se chama o quadrilátero BCDE?

b) Quais são as coordenadas dos pontos que estão contidos no círculo, no quadrilátero e se
localizam sobre o eixo das ordenadas?

100
c) Como é denominado o segmento de reta FG em relação ao círculo? E a reta que passa pelos
pontos F e G?

d) Alguns números no eixo x estão circulados e formam, da esquerda para a direita, uma sequên-
cia lógica. Qual seria o próximo número, após o número 8?

2. Nas figuras a seguir cada lado do triângulo é formado por um palito de fósforo.

VIKTORIJA REUTA/
SHUTTERSTOCK/LAB212
Complete o quadro abaixo com o número de palitos necessários para formar a quantidade de triân-
gulos indicada.

Número de triângulos Número de palitos

1 3

101
volume
percentual

4
BOJSHA65/ISTOCKPHOTO/GETTY IMAGES

Entendendo
a unidade!
Nesta Unidade, você apren-
derá como calcular o número
de diagonais de um polígono, a
área de quadrados e retângulos,
o volume de cubos e a adição e
subtração de números racionais.
Também relembrará o conceito de
porcentagem, calculará o valor de
expressões algébricas e modelará
um problema, representando-o
em uma equação ou um sistema
de equações do 1o grau.

ponto de partida

1. Em uma pesquisa sobre o consumo


de frutas e hortaliças, foram entre-
vistadas 2 089 pessoas. Apenas 40%
delas consomem frutas diariamente.
Quantas são essas pessoas, aproxi-
madamente?
2. Recomenda-se o consumo diário de
400 g ou 5 porções de frutas e hor-
taliças. Qual é a massa por porção,
em gramas?
3. Você costuma comer frutas e horta-
liças em mais ou menos de 50% dos
dias de um mês?

103
missão Esta Missão contém questões acerca da soma das medidas dos ângulos
internos de um polígono qualquer e o cálculo da medida do ângulo interno

1
de um polígono regular. Você deverá conhecer as duas fórmulas matemáticas
relativas a esses conceitos.

EF04MA16

Prepare-se!

› Conte o número de lados do polígono.


› Calcule o número de diagonais do polígono.

aquecendo
A imagem mostra 5 polígonos e 2 circunferências. Em alguns polígonos foram traçadas todas
as diagonais.

ASHLEY VAN DYCK/SHUTTERSTOCK

Figura 1 Figura 2 Figura 3 Figura 4

Figura 5 Figura 6 Figura 7

a) Em quais polígonos estão desenhadas apenas as diagonais e os lados?

b) Quantas diagonais tem cada um deles?

104
RESOLVENDO A QUESTÃO
No item a, os polígonos com todas as diagonais traçadas são: o decágono (Figura 1) e o heptágono (Figura 4).
No item b, o decágono tem 10 lados e, sendo assim, n = 10. A fórmula para calcular o número de diagonais d
de um polígono é:

n(n−3) 10(10−3)
d= = = 35
2 2

Já o heptágono tem 7 lados, e n = 7:

n(n−3) 7(7−3)
d= = = 14
2 2
O decágono tem 35 diagonais e o heptágono tem 14.

baú do conhecimento

Número de diagonais de um polígono de n lados:


n(n−3)
d
2

Valendo!
1. Calcule o número de diagonais de um:
a) pentágono.

b) eneágono.

2. Calcule o número de diagonais do polígono abaixo e trace algumas delas.


LAB212

105
3. Na fotografia, pode-se visualizar uma área que abriga arranjos ecológicos, dividida por cercados
de madeira na forma de um polígono muito conhecido.

ALIAKSANDR ZOSIMAU/SHUTTERSTOCK
Quantas diagonais tem esse polígono?

(A) 3. (C) 9.
(B) 6. (D) 12.

4. O tampo de uma mesa antiga em forma de octógono está ilustrado a seguir.


SARI MUSTIKA/SHUTTERSTOCK

O número de diagonais desse polígono é:

(A) 16. (C) 24.


(B) 20. (D) 28.

5. Qual é o número de diagonais de um triângulo?


(A) 0. (C) 2.
(B) 1. (D) 3.

106
missão Esta Missão abrange o cálculo de área de quadrados e retângulos. No
dia a dia, o cálculo de áreas desses dois quadriláteros é muito solicitado, quer

2 seja para determinar um espaço ocupado por um cômodo ou a medida da


superfície de uma peça de madeira.

EF04MA16

Prepare-se!

› Revise as expressões para o cálculo da área de um quadrado e de um retângulo.


› Se não for fornecida alguma medida na figura, assuma a incógnita x como medida.

aquecendo
A figura mostra o perfil de uma peça de madeira ABCD que inicialmente era retangular, de lados
medindo 70 cm e 110 cm, em que foram retirados dois cantos, em forma de quadrado cuja medida do
lado é 30 cm.
LAB212

A D

30 cm

70 cm

30 cm

B C

110 cm

Nessas condições, responda:


a) Qual era a área da peça antes de serem retirados os cantos?
b) Determine a área da peça após a extração dos cantos.

RESOLVENDO A QUESTÃO
No item a, a área de um retângulo é calculada multiplicando-se suas duas dimensões a e b. A peça original-
mente era em formato retangular com medidas 70 cm e 110 cm. Sua área Ar era:

Ar = a · b = 70 ⋅ 110

Ar = 7 700 cm2

107
Antes de retirarem os cantos, a área da peça era 7 700 cm2.
Primeiramente, no item b, deve-se calcular a área de cada canto quadrado extraído. A área Aq é determinada
pelo quadrado da medida de seu lado x:
Aq = x2 = 302

Aq = 900 cm2
Para determinar a área A da peça ao final do processo, basta subtrair a área dos dois cantos da área original:
A = 7 700 − 2 ⋅ 900 = 5 900
A área da peça após a extração dos cantos é 5 900 cm2.

baú do conhecimento

LAB212
x
Área A de um quadrado de lado x A = x2

Área A de um retângulo b A a b
de lados a e b
a

Valendo!
1. Calcule a área de um:
a) quadrado com lado medindo 3 m.

b) retângulo com comprimento medindo 3 m e altura igual a 2 m.

2. Veja o diálogo abaixo:


André: — Meu jardim ocupa uma área retangular de dimensões 20 m por 5 m.
Renato: — O meu jardim tem formato quadrado e tem a mesma área que o seu.
A medida do lado do quadrado que comporta o jardim de Renato é, em metros:

(A) 100. (C) 10.


(B) 20. (D) 5.

108
3. Fabiana desenhou a planta de sua casa em malha quadriculada, na qual cada quadradinho tem
3 m de lado.

LAB212
F

E D

B C

A área da casa de Fabiana, em m2, é:

(A) 63.
(B) 64. Quando houver um polígono
não usual no problema,
(C) 192. tente dividi-lo em retângulos.
(D) 576.

4. Um desenho artístico de 3 776 cm2 foi desenhado sobre uma malha quadriculada, conforme a
figura.
LAB212

A J

  I H

F G
C B

D E

O lado de cada quadradinho da malha quadriculada mede:

(A) 6 cm. (C) 8 cm.


(B) 7 cm. (D) 9 cm.

109
missão
Esta Missão inclui questões sobre o volume do cubo, figura geométrica

3
clássica, encontrada na forma de caixas, dados de jogar, cubos de gelo, entre
outras representações.

EF04MA16

Prepare-se!

› Observe atentamente as imagens que acompanham o texto escrito.


› Revise a fórmula do volume de um cubo.
› Não utilize dados do enunciado sem ter certeza sobre a que medidas eles se referem.

aquecendo
Tia Lena precisa de 8 pedras cúbicas de gelo de 4 cm de aresta para gelar 2 litros de suco.

PARILOV/SHUTTERSTOCK

Nessas condições, responda:


a) Qual é o volume de gelo de que Tia Lena necessita?
b) Tia Lena poderia obter o mesmo volume de gelo a partir de um único cubo de gelo. Qual seria a
medida de sua aresta?

110
RESOLVENDO A QUESTÃO
No item a, o volume Vc de um cubo de aresta x é dado por:
Vc x3 43

Vc 64 cm3
Como são 8 pedras de gelo, o volume V total será:
V 8 64 512
3
Tia Lena necessita de 512 cm de gelo.
No item b, o volume é 512 cm3. Devemos determinar o número x elevado ao cubo que equivale a esse volume, pois:
V x3 512 cm3
Sendo 53 125, 63 216, 73 343 e 83 512, conclui-se que a aresta do cubo deve medir 8 cm.

baú do conhecimento

Volume V de um cubo de aresta x:

LAB212

V = x3

Valendo!
1. Determine o volume de um cubo cuja aresta mede:
a) 9 m. b) 11 m.

2.
VASTRAM/AGÊNCIA/SHUTTERSTOCK

Cada quadradinho que compõe as faces de um cubo mágico tem 1


cm de lado. Faça os cálculos necessários e depois assinale a alter-
nativa que apresenta o volume total do cubo mágico.
(A) 9 cm3.
(B) 19 cm3.
(C) 21 cm3.
(D) 27 cm3.

111
3. Um pacote contém 20 cubos de açúcar. Cada cubo tem 2 cm de aresta.

HAPPY AUTHOR/SHUTTERSTOCK
O volume total de açúcar nesse pacote, em cm3, é:

(A) 80.
(B) 160.
(C) 240.
(D) 320.

4. O logotipo de uma empresa é composto por 8 cubos de aresta medindo 10 cm, conforme a figura.
GIDUSTOCK/SHUTTERSTOCK

Se fosse feito um modelo tridimensional maciço, cada cubo ocuparia quantos cm3?

(A) 100.
(B) 1 000.
(C) 10 000.
(D) 100 000.

112
missão Esta Missão se caracteriza por problemas em que se deve adicionar,
subtrair, multiplicar e dividir números racionais, nas formas fracionária e

4 decimal. Em alguns deles, deve-se determinar o mínimo múltiplo comum


entre dois ou mais números inteiros.

EF04MA16

Prepare-se!

› Simplifique as frações, se necessário.


› Determine o mínimo múltiplo comum em adições e subtrações de frações.

aquecendo
Um emoji é uma figura divertida utilizada em mensagens de texto e representa uma palavra, frase
ou emoção. Foi feita uma pesquisa sobre o emoji preferido pelos alunos de uma escola. O resultado é
apresentado na tabela a seguir.

Emojis preferidos
Emoji Fra•‹o do total de alunos
HOBBIT/SHUTTERSTOCK/COUGARSAN/SHUTTERSTOCK

1
3

1
5

1
6

Dados fictícios. Elaborada em 2020.

O restante dos alunos prefere outros emojis. Sendo assim:

a) determine a fração que representa o total de alunos que preferem um dos três emojis da tabela;

b) qual é a fração de alunos que preferem emojis que não estão apresentados na tabela?

113
RESOLVENDO A QUESTÃO
Para determinar a fração total, no item a, é necessário adicionar as frações. Antes disso, deve-se determinar
o mínimo múltiplo comum (m.m.c.) entre os denominadores das três frações:

3, 5, 6 2
3, 5, 3 3
1, 5, 1 5
1, 1, 1 2 ⋅ 3 ⋅ 5 = 30

Adicionando as frações, temos:


1  1  1  10  6  5 21 7
 
3 5 6 30 30 10

A fração de alunos que preferem um dos três emojis é 7 .


10
No item b, a fração complementar é:
7 10 7 3
1 
10 10 10

A fração de alunos que preferem emojis diferentes dos da tabela é 3 .


10

baú do conhecimento

Para determinar a fração complementar, ou seja, o que falta de uma fração para atingir um
inteiro, deve-se subtrair a fração de uma unidade. Por exemplo:
2
Qual é a fração complementar de ?
5
2 5 2 3
1 
5 5 5

Existe um “truque matemático” para determinar a fração complementar: basta manter o deno-
minador e subtrair o numerador do denominador, e colocar a diferença no numerador. Por exemplo:
Qual é a fração complementar de 5 ?
8
3
Mantenha o 8 no denominador e, no numerador, coloque 8 − 5 = 3. A fração solicitada é .
8

Valendo
1. Em uma sala de aula, foi perguntado sobre o jogo de videogame preferido dos alunos. Cada aluno
votou em apenas um jogo:

3 1 1
8 6 4
preferem Jogo A prefere Jogo B prefere Jogo C

114
O restante não prefere nenhum dos três jogos. Responda:

a) Qual fração representa o total de alunos que preferem um dos três jogos citados?

b) Qual fração representa os alunos que não preferem nenhum dos três jogos?

2. Uma calça custa R$ 149,50 à vista, mas pode ser adquirida a prazo em 8 parcelas de R$ 21,50.
Se ela for comprada a prazo, serão pagos quantos reais a mais do que à vista?

(A) R$ 20,50.
(B) R$ 21,50.
(C) R$ 22,50.
(D) R$ 23,50.

3. Gertrudes precisa perder 15 kg e iniciou um regime em que perde 2,5 kg por mês. Se mantiver
esse ritmo de emagrecimento, em quantos meses ela atingirá seu objetivo?
(A) 4.
(B) 6.
(C) 8.
(D) 10.

1
4. Júlio gastou 1 de seu salário com aluguel e com alimentação. Após pagar as despesas com
3 4
salário e aluguel, qual fração sobrou do salário de Júlio?
1
(A) .
12

1
(B) .
7

7
(C) .
12

5
(D) .
12

115
missão
Nesta Missão, você desenvolverá habilidades relativas ao conteúdo de

5
porcentagem. Algumas questões exigirão o esboço da regra de três; e outras,
o cálculo de quantidades que restam após um desconto.

EF04MA16

Prepare-se!

› Interprete o enunciado com atenção para calcular as porcentagens.


› Atente-se à montagem da regra de três.

aquecendo
A figura mostra um resumo da ação dos profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas
no mês de janeiro de 2019. Eles prestaram 1 029 atendimentos, distribuídos em 8 categorias diferentes.
REPRODUÇÃO/CENTRO DE BOMBEIRO MILITAR DO AMAZONAS

CORPO de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM). Balanço/Infográfico 2019. Disponível


em: <http://www.cbm.am.gov.br/cbmam/index.php/janeiro-2019/>. Acesso em: 29 abr. 2020.

a) Que porcentagem exprime a fração de licenciamentos emitidos em relação ao total de atendi-


mentos nesse mês?

116
b) Dos atendimentos de combate a incêndios, qual é a porcentagem destinada a atender incêndios
em residências?
c) Se nesse mês houvesse 29 projetos analisados a menos, qual seria a sua porcentagem em relação
ao total de atendimentos?

RESOLVENDO A QUESTÃO
Nesta questão podemos utilizar a calculadora para determinar as informações necessárias.

No item a, sabemos que o total de atendimentos foi 1 029, sendo 297 licenciamentos emitidos, temos:
1 029 − 100%
297 − x

1 029x = 29 700
x ≈ 28,9%
Aproximadamente 28,9% foram de licenciamentos emitidos.

No item b, do total de atendimentos de combate a incêndios (53), 12 foram a residências. Sendo assim:
53 − 100%
12 − x

53x = 1 200
x ≈ 22,6%
Aproximadamente 22,6% foram de combate a incêndios em residências.

No item c, com 29 projetos analisados a menos, o total para essa categoria seria 279 − 29 = 250. O número
de atendimentos também cairia para 1 029 − 29 = 1 000. Assim:
1 000 − 100%
250 − x

1 000x = 25 000
x = 25%
Seriam 25% de projetos analisados.

Valendo!
1. A imagem mostra as frutas que Talita comprou.
TEREZA TARASOVA/SHUTTERSTOCK

117
a) Se Talita comer uma pera, qual porcentagem representará a quantidade de maçãs em relação
ao total de frutas?

b) Após comer a pera, Talita resolveu comer uma quantidade de maçãs, de forma que a porcenta-
gem de peras seja 50% do total. Qual foi a quantidade de maçãs ingerida?

2. Laurinda comprou um automóvel, pagando uma entrada de 30% do seu valor total. Resta ainda
pagar R$ 32 200,00.
O valor total do automóvel é:

(A) R$ 46 000,00.
(B) R$ 48 000,00.
(C) R$ 62 200,00.
(D) R$ 64 400,00.

Cuidado com questões que fornecem dados que correspondem ao restante do todo,
após um desconto. Por exemplo: Célia gastou 15% de seu salário e lhe sobraram R$ 4 250,00.
Isso significa que 85% do salário de Célia equivale a R$ 4 250,00. Monte a regra de três
e determine o salário de Célia (que por sinal é R$ 5 000,00).

3. Aline cumpriu 30% de sua caminhada diária, e ainda faltam 14 km para terminá-la.
Quantos quilômetros Aline caminha diariamente?

(A) 4,2.
(B) 9,8.
(C) 20.
(D) 44.

4. Jonas dispendeu 25% de um dia dormindo e 50% do restante estudando.


Quantas horas Jonas estudou nesse dia?

(A) 4.
(B) 6.
(C) 8.
(D) 9.

118
missão
Esta Missão compreende o cálculo de uma variável a partir de uma ou mais

6
variáveis. Para interligá-las, sempre será fornecida uma expressão algébrica
(que denominamos popularmente de “fórmula”).

EF04MA16

Prepare-se!

› Leia a expressão algébrica e identifique o que significa cada variável, a partir do enunciado
da questão.
› Verifique se as unidades de medida fornecidas pela questão são as mesmas utilizadas na
expressão algébrica.
› Se na expressão algébrica houver parênteses, resolva-os primeiramente.

aquecendo AFRICA STUDIO/SHUTTERSTOCK

Existem várias fórmulas matemáticas para calcular a massa corpórea ideal de uma pessoa. Uma delas
é a Fórmula de Lorentz, expressa a seguir.

h 150−
P (h 100) , sendo: P a massa, em kg;
K
h a altura, em cm;
K 4 (constante masculina) e K 2 (constante feminina).

119
Nessas condições, responda:
a) Elis tem 1,54 m de altura, ou seja, 154 cm. Qual seria sua massa corpórea ideal?
b) Renato tem 1,98 m e sua massa corpórea é 100 kg. Ele está com a massa corpórea ideal, acima
ou abaixo dela?

RESOLVENDO A QUESTÃO
Antes de utilizar a fórmula com sua altura, vamos calcular o que foi solicitado.
No item a, se Elis tem 154 cm de altura, h = 154, e se é mulher, K = 2. Utilizando a fórmula:

h 150 154 150


P = (h − 100) − = (154 − 100) − = 54 − 2 = 52; 52 kg
K 2

A massa corpórea ideal de Elis é 52 kg.


No item b, para Renato, sabe-se que h = 198 e K = 4. Vamos calcular sua massa ideal:

h 150 198 150


P = (h − 100) − = (198 − 100) − = 98 − 12 = 86; 86 kg
K 4

Como ele está com 100 kg, está com 100 − 86 = 14 kg acima do ideal.

baú do conhecimento

Quando a expressão apresentar parênteses, as operações dentro deles devem ser resolvidas
primeiramente. Veja a diferença:

2 ⋅ (3 + 5) = 2 ⋅ 8 = 16

2 ⋅ 3 + 5 = 6 + 5 = 11

Valendo
1. Sendo a = 3 e b = 5, calcule o valor de x nas expressões a seguir.
a) x = 3a + 2b

b) x = 3(a + 2b)

120
2.

JPC-PROD/SHUTTERSTOCK
Médicos brasileiros descobriram que a altura H, em
centímetros, de uma criança considerada com esta-
tura normal de 4 a 13 anos depende de sua idade x,
em anos, como mostrado na fórmula abaixo. Pode ha-
ver um erro de 10 cm para mais ou para menos.

H = 5,7 ⋅ x + 81,5

Marcos Daniel tem 12 anos. Se a altura dele é considerada normal, ele mede, no mínimo:

(A) 136,9 cm.


(B) 137,9 cm.
(C) 138,9 cm.
(D) 139,9 cm.

3. Uma das fórmulas matemáticas mais famosas é a do seno do ângulo x (sen x), que é uma relação
entre a medida do cateto oposto ao ângulo x (b) e a medida da hipotenusa (a) de um triângulo
retângulo. Veja:

b
sen x =
a

Em um desses triângulos, o cateto oposto a x mede 25 cm e a hipotenusa tem medida igual a 40 cm.
O valor de sen x é:

(A) 0,625.
(B) 1,6.
(C) 10.
(D) 70.

4. Seja a fórmula matemática abaixo:

1
b= 1 ⋅ a
a

Se a = 3, então b vale:

(A) 3.
(B) 4.
(C) 5.
(D) 6.

121
missão
Nesta Missão você deve transcrever os dados do problema e escrever

7
a equação do 1o grau relacionada. Não será necessário solucioná-la, ou seja,
não será preciso determinar o valor da incógnita x.

EF04MA16

Prepare-se!

› Represente a incógnita do problema pela letra x.


› Interprete o texto de forma a detectar qual é a incógnita e a que se refere.

aquecendo

TP71/SHUTTERSTOCK
A balança da imagem está perfeita-
mente equilibrada, ou seja, a massa da bola
vermelha é igual à massa de 27 bolas cro-
madas. A massa de uma bola cromada é x
(em gramas) e a da bola vermelha é 900 g.
Nessas condições, resolva:
a) Escreva a equação que represen-
ta a relação entre as massas da
bola cromada e da bola vermelha.
b) Foram colocadas mais 3 bolas cro-
madas do lado direito da balança e um "peso" de 100 g do lado esquerdo, mantendo a balança
equilibrada. Escreva uma equação referente a essa configuração.

RESOLVENDO A QUESTÃO
No item a, analisamos cada lado da balança para determinar a massa que há nele:
Lado esquerdo: massa de 27 bolas cromadas = 27x g
Lado direito: massa da bola vermelha = 900 g
Como a balança está equilibrada, a equação que relaciona as massas é:
27x = 900
No item b, novamente analisamos cada lado da balança:
Lado esquerdo: 27x + 100
Lado direito: 3x + 900
Para haver equilíbrio:
27x + 100 = 3x + 900

122
Valendo

Se um objeto A custa x reais e outro objeto B é 10 reais mais caro que A,


o preço de B é x + 10. Mas se o preço de B é x reais, então, o preço de A é x − 10.

1. Uma distribuidora de frutas vendeu 80 abacaxis e 100 mangas em determinado mês, arrecadando
400 reais com essa venda. O preço x de um abacaxi é 2 reais a mais que o preço de uma manga.
a) Quanto custa uma manga em função de x?

b) Qual equação descreve a situação?

2. Sônia faz tratamento fisioterápico e em determinado mês compareceu a 6 sessões, todas de mes-
mo valor, além de uma avaliação que custa 150 reais. Seu gasto total com o tratamento nesse mês
foi de 510 reais. Se x é o valor de uma sessão, qual equação representa corretamente a situação?
(A) 6x = 510.
(B) 6x + 150 = 510.
(C) 6x + 150 + 510 = 0.
(D) 6x − 150 = 510.

3. Em um show de prêmios, serão sorteados 3 carros e 2 motos, num total de 160 mil em prêmios.
O preço de um carro é o dobro do preço de uma moto.
KITTIPONG33/
SHUTTERSTOCK
RAWPIXEL.COM/
SHUTTERSTOCK

Sendo x o valor de um carro, a equação que modela o problema é:

(A) 3x + 2x = 160 000.


(B) 3x + 2 ⋅ 2x = 160 000.
(C) 3 ⋅ 2x + 2x = 160 000.
(D) 3x + 2x = 2 ⋅ 160 000.

123
missão Nesta Missão é trabalhada a habilidade em reconhecer um sistema de
equações do 1 o grau com duas equações e duas incógnitas que represen-

8 ta uma situação descrita no enunciado da questão. Não será necessário


resolver o sistema.

EF04MA16

Prepare-se!

› Logo de início, determine as incógnitas do problema.


› Relacione as incógnitas algebricamente a partir dos dados do problema.

aquecendo
Considere que no estacionamento mostrado na fotografia haja 30 carros, sendo a quantidade de
carros brancos a metade da quantidade de carros de outras cores.

MERRYMUUU/SHUTTERSTOCK

a) Determine o sistema de equações que representa a situação descrita.


b) Depois de uma hora, não saiu nenhum carro e ainda chegaram mais 2 carros brancos e 3 carros
de outras cores no estacionamento. Que sistema de equações representa essa nova situação?

RESOLVENDO A QUESTÃO
Vamos determinar os sistemas.
No item a, sendo b a quantidade de carros brancos e c a quantidade de carros de outras cores, temos que:

ìb + c = 30
ï
í c
ïb =
î 2

124
No item b, ao entrar mais 5 carros (2 brancos e 3 de outras cores), o estacionamento totaliza 30 + 5 = 35
carros. Dessa forma:
ìb + c = 35
ï
í c+3
ïb + 2 =
î 2

Valendo
1. Joaquim e Luciano correram 35 km. Luciano correu 5 km a mais que Joaquim.
a) Escreva o sistema de equações do 1o grau que representa a situação, sendo x a distância percor-
rida por Joaquim e y a percorrida por Luciano, em km.

b) Se Joaquim tivesse corrido 2 km a mais, qual seria o sistema de equações que representaria
essa situação?

2. Considere que no maço da fotografia haja 10 cédulas, sendo algumas de R$ 100,00 e as demais
de R$ 50,00, totalizando R$ 800,00.
GABRIEL_RAMOS/SHUTTERSTOCK

125
O sistema de equações que retrata essa situação é:
x  y 50 x  y 10
(A) (C)
x y 100 50x  100y 800

x  y 100 x  y 800
(B) (D)
x y 50 50x  100y 10

3. Dois jogadores de vôlei marcaram juntos 40 pontos em uma partida. Um deles conseguiu assinalar
4 pontos a mais que o outro. Um sistema de equações que traduz o problema é:

ìx + y = 40 ìx + y = 36
(A) í (C) í
îx −y = 36 îx −y = 4

ìx + y = 40 ìx + y = 36
(B) í (D) í
îx −y = 4 îx −y = 40

Em situações nas quais sabemos a quantidade de um produto e


o preço por unidade, devemos multiplicar esses valores. Por exemplo:
Danilo comprou 5 kg de carne, da qual custa R$ 27,00 o quilograma.
Conclui-se que Danilo gastou 5 ⋅ 27 = 135, ou seja, R$ 135,00.
No entanto, em situações como as aqui apresentadas, a quantidade comprada do produto
é desconhecida (representada pela incógnita x, por exemplo). Dessa forma, se Danilo comprou
carne a R$ 27,00 o quilograma, mas não se sabe a quantidade de carne comprada, ele gastou 27x reais.

4. Fabiana foi ao supermercado para comprar tomates, que custam R$ 6,00 por quilograma, e cebo-
las, que custam R$ 5,00 por quilograma. Ela comprou 5 kg de cebolas e tomates e gastou R$ 27,00.
O sistema de equações que resume essa situação é:

ìx + y = 5 ìx + y = 5
(A) í (C) í
î6x + 5y = 27 î5x + 6y = 27

ìx + y = 27 ìx + y = 27
(B) í (D) í
î6x + 5y = 5 î5x + 6y = 5

126
missão final
1. Uma calça custava R$ 79,50 na loja A e R$ 75,60 na loja B, mas, com a chegada do final de
ano, ambas resolveram aumentar o preço. Na loja A o aumento foi de R$ 10,70, e na loja B
o aumento foi x. Após o aumento, o preço da calça na loja A passou a ser 110% do preço da
calça na loja B.

PHOTOLINC/SHUTTERSTOCK
Loja A Loja B
R$ 79,50 R$ 75,60

a) Escreva a equação do 1o grau que representa o problema.

b) Determine o valor de x.

127
Referências
BRASIL, Ministério da Educação. Decreto n. 6.094, de 24 de abril de 2007. Plano de Metas Compro-
misso Todos pela Educação. Brasília, mar. 2007. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/
_ato2007-2010/2007/decreto/d6094.htm>. Acesso em: 30 abr. 2020.
_______ . SEB – Secretaria de Educação Básica. Inep – Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas
Educacionais Anísio Teixeira. Plano de Desenvolvimento da Educação. SAEB: ensino médio: matrizes
de referência, tópicos e descritores. Brasília: MEC: SEB: Inep, 2008. Disponível em: <http://portal.mec.
gov.br/dmdocuments/saeb_matriz2.pdf>. Acesso em: 30 abr. 2020.
_______ . SEF – Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: matemática.
Brasília: MEC/SEF, 1997. Disponível em: <https://cptstatic.s3.amazonaws.com/pdf/cpt/pcn/volume-
03-matematica.pdf>. Acesso em: 30 abr. 2020.

128
ALUNO 661214

Você também pode gostar