Você está na página 1de 5

EE SEBASTIÃO SANTANA DE OLIVEIRA

PROJETO INTERDISCIPLINAR

TEMA: MÚSICA

TÍTULO: EDUCAÇÃO ATRAVÉS DA MÚSICA

PESQUISADOR: CAIO CESAR MONTEIRO AGUIRRE

CLIENTELA ENVOLVIDA: ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO DA


EE SEBASTIÃO SANTANA DE OLIVEIRA.

PERÍODO DE PESQUISA:

INÍCIO: ABRIL 2008 TÉRMINO: NOVEMBRO 2008


JUSTIFICATIVA:

Desde que se estuda a história da Humanidade, tem-se observado que a música sempre fez
parte da vida do homem. Em qualquer parte do mundo, em todas as épocas, a música e o homem
sempre viveram juntos.

Podemos supor que, no princípio, o homem reproduzia os sons que ouvia na natureza como
o vento forte e seu sussurrar nas folhagens , a água dos rios, o estalar de galhos , o canto dos
pássaros e tantos outros, não só com a intenção de imitá-los, mas também porque essa era a música
que ele conhcia. É possivel que, depois, convivendo com outras pessoas, tenha sentido necessidade
de se comunicar, fazendo uso dessa música como meio de comunicação e expressão.

Segundo estudiosos o homem sempre soube expressar-se musicalmente, e o fazia antes


mesmo de saber ler e escrever. Isto é fácil de se constatar; os nossos índios, por exemplo, tem sua
música mas não cohecem a escrita e nem dominam a leitura.

Desde o início da civilização batendo palmas ritmicamente ou batendo com os pés nochão, o
homem acompanhava suas danças tribais. Além disso, criou instrumentos como os tambores feitos
de troncos de árvores, flautas e apitos de banbu ou de osso e muitos outros.

Tem-se notícia de que o homem sempre procutou expressar suas emoções, fossem alegres
ou tristes, relativas ao trabalho, a religião ou a qualquer outra atividade. Seu conhecimento crescia a
medida que criava novas formas ritmicas, melódicas e novos instrumentos musicais.

O mundo no qual vivemos oferece os mais diferentes tipos de sensações sonoras que nos
atingem permanentemente. Você já pensou em como são produzidas essas sensações? Em que se
diferenciam? Porque algumas são menos agradáveis que outras? Essas e outras indagações nos
conduzem a umestudo mais detalhado sobre os dois elementos essenciais da música: o som e o
ritmo.

Nestas ponderações, propomos o desenvolvimento de um projeto envolvendo toda a


comunidade escolar a fim de subsidiar através de atividades saudáveis como cantar e tocar e porque
não dizer dançar, promover facilitações para o estudo das linguagens (promovendo o estudo de
letras musicais), arte e estrutura corporal (fortalecendo a identificação de espaço e tempo), história e
geografia ( através da identificação da história da música e ritimos musicais), e principalmente da
matemática (reforçando a identificação que matemática é música).

OBJETIVO GERAL:

Reconhecer a música como elemento integrador e facilitador de atuação pedagógica nas


diversas áreas curriculares.

OBJETIVO ESTRATÉGICO:

• Percebe e organizar mentalmente as idéias, a gramática musical para criar obras novas e
para apreciação
• conhecer e utilizar as combinações, reelaborações imaginativas – criativs, intuitivas,
estéticas – a partir de divesos elementos da experiência sensível da vida cotidiana e dos
saberes sobre a natureza, cultura, história e seus contextos
• redigir textos musicais que, de forma original e criativa, se adequem as caracteristicas de
propostas e ao público para o qual estão especialmente dirigidas
• conhecer a história da música popular da nossa cultura e de outras culturas
• aplicar as ferramentas de composição na criação musical voltada para textos poéticos
• compreender a inserção das práticas musicais em projetos integrados, multimídia,
implicando imagem, cena, coreografia, movimento e dança
• mobilizar saberes técnicos e expressão intrumental/vocal em situação prática
• desenvolver técnicas de leitura e improvisação
• estabelecer relações entre características e tendências de oferta e consumo de produtos
musicais, no Brasil e no mundo, e fatores políticos, econômicos, sociais, culturais, e
tecnológicos em perspectiva histórica
• reconhecer a importância da música em estudos de matemática moderna

MÉTODO E DESENVOLVIMENTO:

Propomos aqui o desenvolvimento de um projeto organizado em etapas e seguimentações


que visam o melhor aproveitamento de estudo dentro do grupo de educandos considerando suas
diversas etapas de ensino, assim:
1. Ensino Fundamental – séries iniciais: deverá trabalhar o estudo da música através de
músicas folclóricas e cantigas de roda;
2. Ensino Fundamental – séries finais: deverá trabalhar o estudo da música através do estudo
da História do Brasil através dos ritmos Brasileiros, devendo:
a- 6º ano – trabalhar com o tema SAMBA
b- 7º ano - trabalhar com o tema BOSSA NOVA
c- 8º ano – trabalhar com o tema JOVEM GUARDA
d- 9º ano – trabalhar com o tema TROPICÁLIA
3. 1º Ano do Ensino Médio – Vespertino, trabalhar com o tema ROCK ANOS 80
4. ENSINO MÉDIO – Noturno: deverá atender o estudo dos ritmos regionais : forró, axé, hip-
hop, funk, chamamé
5. EJA, deverá trabalhar com a música Sulmatogrossense

Além destas atividades históricas e elementos figurativos musicais, a Escola também


promoverá o uso de oficinas pedagógicas envolvendo:
1. Estudo de flauta-doce
2. Estudo de violão
3. Formação de Coral
4. Estudo de Técnicas Vocais

O desenvolvimento do estudo das atividades musicais referentes aos agrupamentos e


modalidades de ensino deverão ser desenvolvidos em sala de aula com o acompanhamento técnico e
pedagógico do professor. O desenvolvimento das oficinas deverão compor um horário contraturno,
no formato de horas-atividades, com o apoio de profissionais e acadêmicos da área que promoverão
o estudo, a inserção e a formação de nossos educandos no mundo da música.

Lembramos que cada oficina deverá compor um sub-projeto contendo: apresentação,


objetivos específicos, metodologia a ser aplicada, carga horária, recursos envolvidos, profissional
responsável, e período de duração da oficina
FORMA DE AVALIAÇÃO:

Deverá ser observada o desenvolvimento de atitudes e habilidades promovidas pelos alunos


durante o período de realização de suas pesquisas em relação ao estudo desenvolvido em sala de
aula sobre a responsabilidade do professor, sendo o aproveitamento das atividades promovidas
neste projeto, inseridas no quadro de aproveitamento bimestral do aluno.

Em relação as oficinas o aluno deverá ser avaliado pelo profissional responsável a fim de
receber ao término de cada oficina, um certificado de participação, para tanto, caberá ao
profissional que desemvolverá cada oficina, estabelecer o conjunto de habilidades e atitudes ou
mesmo conceitos que espera desenvolver de seu cursista, do mesmo modo que deverá especificar a
forma de como este será avaliado.

CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO:

Nº Atividade Meses
04 05 06 07 08 09 10 11 12
01 Desenvolvimento teórico do projeto x
02 Aquisição de parceria para realização das atividades x x
propostas
03 Busca de elementos financiadores de recursos x x
necessários ao desenvolvimento do projeto
04 Desenvolvimento de atividades metodológicas de x x x x x x x
pesquisa
05 Processo de avaliação dos resultados obtidos x x x x x x x x
06 Apuração dos resultados obtidos e formatação da x
conclusão do processo de pesquisa e fatores
envolvidos

RECURSOS HUMANOS:

Nº Nome Função desempenhada


01 Caio Cesar Monteiro Aguirre Pesquisador
02 Maria Eliza de O da Silva Diretora
03 Luiz Carlos Coordenardor
04 Rosangela Linhares Coordenadora
05 Rozangela Barbosa Pereira Coordenadora
RECURSOS MATERIAIS:

Nº Material Função Custo R$ Observação

BIBLIOGRAFIA:

NESTROVSKI, Arthur – O LIVRO DA MÚSICA, Companhia das Letrinhas, SP, 2004.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – Educação Profissional, Referenciais Curriculares Nacionais da


Educação Profissional de Nível Técnico – ARTES, MEC, Brasilia/DF, 2001

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – Qualificação Profissional do Magistério, vol 4, MEC,


Brasília/DF, 1984